Você está na página 1de 46

CÍRCULO DOS POETAS DA LUZ

HINÁRIO 2014
CIFRAS E SOLOS

ORAÇÃO LAKOTA

Wakan Tanka, Grande Mistério


Ensina-me a confiar em meu coração
Em minha mente, em minha intuição
Em minha sabedoria interna
Nos sentidos do meu corpo
Nas bênçãos do meu espírito
Ensina-me a confiar nesses dons
Para que eu possa entrar
no meu espaço sagrado
e amar muito além do medo
E, assim, caminhar em beleza
Com o passo do glorioso Sol!

“Somos todos poetas da luz


Caminhantes da vida
Buscadores de pérolas
Caçadores de sonhos
Artesãos e artistas
Dançantes da pirâmide da Paz
Músicos da Aurora dourada da Deusa Rainha
Medicinas da Terra.
Cada poeta reencontrado
é uma nova morada da paz.”

Orei Ouá!

El Que Une La Verdad, 09 de Novembro de 2003


PRECE INDÍGENA

Óh! Grande Espírito,


cuja voz eu ouço nos ventos
e cujo alento dá vida ao mundo todo,
ouve-me!
Sou pequeno e fraco!
Necessito da tua força e sabedoria!
Deixa-me andar em beleza
e faz meus olhos contemplarem sempre
o vermelho e púrpura do pôr-do-sol.
Faz que minhas mãos respeitem as coisas que fizeste
e que meus ouvidos sejam sensíveis para ouvir a Tua voz.
Faz-me sábio para que eu possa compreender
as coisas que ensinaste ao meu povo!
Deixa-me aprender as lições
que escondeste em cada folha,
em cada rocha!
Busco forças,
não para ser maior que meu irmão,
mas para lutar contra meu maior inimigo... eu mesmo!
Faz-me sempre pronto para chegar a Ti,
com mãos limpas e olhar firme.
Assim, quando a vida se apagar,
como se apaga o pôr-do-sol
possa meu espírito chegar a Ti,
sem se envergonhar!
1. A CANÇÃO DE OLOWÁN
Introdução: 1ª voz ABCDEDEDGFEDE Am C G Am
EDCBAGABCBAGA C Am F Am
Arranjo CDEFGFGFCBAGA
AGFEDCDEGFEDE
Olho para o Leste nosso avô Sol Am C G Am
Ele está sentado olhando para o horizonte F G Am
Rezo a Ele, rezo a Ele F G Am
Ele está abençoando o Caminho F G Am
Olho para o Norte nosso avô Sol
Ele está sentado e olhando para o além
Rezo a Ele, rezo a Ele
Ele está abençoando o Caminho
Olho para o Oeste nosso avô Sol
Ele está sentado e olhando para o além
Rezo a Ele, rezo a Ele
Ele está abençoando o Caminho
Olho para o Sul nosso avô Sol
Ele está sentado e olhando para o além
Rezo a Ele, rezo a Ele
Ele está abençoando o Caminho
Introdução
Olho para o alto vejo o Grande Espírito
Ele está abraçando a todos nós
Rezo a Ele, rezo a Ele
Ele está abençoando o Caminho
Olho para baixo nossa avó Terra
Ela está sorrindo embaixo dos nossos pés
Rezo a Ela, rezo a Ela
Ela está sorrindo e escutando as orações
Olho para dentro e vejo o nosso Coração
Ele está pulsando e vibrando em todos nós
Sinto Ele, canto a Ele
Ele está feliz e amando a Vida em nós
2. SÃO JOÃO Orestes e Fabiano
C
São João CCC CFFECCDCDE
G7 C CCC CFFECCDCBC
Acende a fogueira na escuridão
G7 CCC CCC CCB
São João, São João, São João CFFECCDCDE
Abrindo os caminhos do meu coração CCC CCC CCB
CFFECCDCBC
São João, São João, São João
Não nos deixes cair em desilusão
São João, São João, São João
Acende a fogueira no meu coração
F CGCCCCFF FFF F F F EDC
São João era poeta CGCCCCFF FFF F F F EDC
C ECEEEEAA AAA A A A GFE
Saia pra trabalhar ECEEEEAA AAA A A A GFE
F
Ele ia buscar as almas
C
Para Jesus encaminhar
São João
acende a fogueira na escuridão
3 – NATUREZA AMIGA
Natureza amiga Bm FFBBCDD
acompanha os meus irmãos FFDDDCBB
A sentir-se felizes e plenos de amor FFBBCDD EFFDF
Natureza amiga D FFAFAF
acompanha os meus irmãos Bm FFDDDCBB
A sentir-se felizes e plenos de amor FFBBCDD FDDCB
Amanheceres nublados FFBBCDD
que se tornam luminosos FFDDDCBB
Tardes tranqüilas e pássaros cantando BBCDD FFDDDCBB
Noites cósmicas BFBFB
nutrindo o nosso espírito D FAAGAGFF
E um dia novo Bm BBBDEFF
chega cheio de esperanças BBBABB
Esperança divina que alegra nossa vida FFBBCDD FDDDCBB
Esperança divina que ilumina o caminho FFBBCDD DEFFEFF
Chama divina ser dentro de nós D BFFBF AAAGF
desperta com Tua luz Bm BBBDEF
aos que querem alcançar a Paz BBDDBBDCB
desperta com Tua luz BBBDEFAFEF
aos que querem alcançar a Paz BBDDBBDCB
Natureza amiga Bm FFBBCDD
acompanha os meus irmãos FFDDDCBB
A sentir-se felizes e plenos de amor FFBBCDD EFFDF
Natureza amiga D FFAFAF
acompanha os meus irmãos Bm FFDDDCBB
A sentir-se felizes e plenos de amor FFBBCDD FDDCB
4 - SENHORA APARECIDA Tita e Orestes
Introdução: Am Em Am Bm Em Am Bm Em (2x)
C C CB B CBCDDDB CBCDDDB
A A AG G AGABBBG AGABBBG

Senhora Aparecida Am Em
Senhora mãe protetora Am Bm Em
Senhora Aparecida Am Em
Senhora mãe e amiga Am B7 Em
Protege com tua luz
Aquele que em ti confia
Protege com tua luz
A quem contigo caminha
Senhora Aparecida
Senhora do meu destino
Senhora do meu caminho
Senhora do meu coração

5 – TUTUMBAIÊ Orestes El Que Une La Verdad


Am C G

Tutumbaiê hei hou, Tutumbaiê hei há

Tutumbaiê é o Sol, Tutumbaiê é a Lua


Tutumbaiê é o Vento, Tutumbaiê são os pássaros
Tutumbaiê é a Pedra, Tutumbaiê é o rio
Tutumbaiê é Bicho, Tutumbaiê é gente
Tutumbaiê é a Vida, Tutumbaiê é a viagem
Tutumbaiê é o Céu, Tutumbaiê é estrela
6 - EU SOU DAIME Orestes e Kika

C G Am
Eu sou Daime, eu sou amor 1ªv GGEEEDDC
F G Am C G Am 3w CCAGCC
Eu sou um Filho seu, eu sou um Filho seu CEEDCC

Eu sou a luz , eu sou a paz 2ªv CCGGGFFEDC


Eu sou um filho seu EEDDEE EGGFFE

Am C
A estrela que vem chegando
F
Ela vem me iluminando
G Am
Nesta estrada do amor

Eu sou daime...

Meu Pai Sol, minha Mãe Terra


Eles estão me ensinando
Para eu poder caminhar

Eu sou daime...

Guardo no peito uma prece


Consagrada na verdade
Da corrente universal

Eu sou daime...
7 – MEDICINA Orestes, 30 Mai 07, Patagônia

Eu tomo Daime Am C F Eu dou medicina


Eu sou do caminho Que vem da floresta
Do bom professor E limpa todo o mal
Meu anjo da guarda A nossa mãe Jibóia
Ele é quem me guia Que aqui chegou
Foi Pai quem mandou Veio nos ensinar

O fogo sagrado Somos todos filhos


Me protege e purifica Do Pai Criador
No meu coração Vamos nos firmar
Quem me acompanha A nossa Mãe Terra
É uma rosa branca Está nos ensinando
E um Beija flor Vamos nos amar

Meu Jaguar Dourado Meu avo Tabaco


Ele me defende Abre os caminhos
De todo o mal Do meu coração
Ele é quem me livra Mãezinha Ayahuasca
De todos inimigos Limpa e purifica
Do amor real Me de a visão

Eu sou um curandeiro
Eu venho trabalhar
Com os seres do astral
Para os meus irmãos
Que aqui chegaram
Para se curar
8 – SANTO DAIME Fabiano Canto Alegre jun/2003
Dm F
Ao Santo Daime eu peço força 1ªv DDDDDFAA
C Dm AABbFFFFEFD
eu peço força para atuar DDDDDDDG GGGEECFED
Gm 2ªv FFFFFACC CCDGGGGAF
Para atuar na Santa Luz FFFFFFFB BBBGGEAGF
A7 Dm 3ªv AAAAAFG GBbBbAC#FED
e receber a Santa Doutrina

E receber essa doutrina


é entrar em comunhão
É ser humilde e verdadeiro
nos auxílios aos meus irmãos

Seguindo nesta linha


não temos o que temer
Tem Jagube e tem Rainha
Santo Daime para beber

Dai-me luz e dai-me Amor


dai-me paz no coração
Na santíssima doutrina
possa eu sempre habitar
9 - HINO DE OGUM Fabiano Canto Alegre

ABCBAGE EEEDBCDE EAGEDCAACEDCBA

AABCC BGGE ABCCCCBGA CCDEEDCBC CDEEEEDBC


AABCC BGGE AABCBAGE CCDEEDCBC CDEEEEDBC

Seu Ogum que está de ronda Am


no templo da Deusa Mãe Em Am
Seu Ogum cruzou espada
para nos defender

Só quem é iluminado
é que vai conseguir vencer
Ele veio pra dar força
aqui dentro desta sessão

Ogum Dourado, Ogum Megê


Sete Espadas a nos proteger
Ogum da Mata, Ogum do Sol
São Jorge, Arcanjo São Miguel

Montado no seu cavalo


Ele veio lá do Sol
Portando seu estandarte
A Bandeira de Oxalá

Ogum Dourado...
10 - SANTA BEBIDA Felipe Lobo Sonhador 18-6-03
Am Em Am
Toma o Daime meu irmão EEEEGF#E CCCCEDC
Passaporte pra eternidade EEEEGF#E CCCCEDC
Ficar limpinho, ficar limpinho EEEEGF#E CCCCEDC
Para entrar no celestial EEF§DBG#GA CCDBG#EEA

Ficar firme e balancear


Neste mundo de balanço
Com amor para alcançar
A união da criação
Esta bebida sagrada
Tenho que ser humilde
Me entregar de coração
E esquecer da ilusão
Tendo fé e acreditando
Tudo vai curar
Com o poder do nosso Pai
E a luz da nossa Mãe

11 - A MISSÃO Felipe Lobo Sonhador


Vou receber esta Força
Com os mistérios do Universo
Vou levado pela Mãe
A Mãe de Caridade
Com meu Pai a me guiar
Para sempre receber
A Divina Luz eterna
Com meu Jesus Redentor
Peço força a Juramidam
Nossa Senhora da Conceição
Aqui dentro desta casa
Vou cumprir a minha missão
12 - A FORÇA DA UNIÃO Canto Alegre Guardião do Caminho da Estrela
Am Em Am
A Força vem surgindo AEEDFEE AEEDFE A AEEDFE
deixa ela trabalhar A AAAABC EECCB EEBBA
Te firma na corrente F FFFFGA CCBBG# BCDD#E
faz a tua oração

Am A7 Dm
Não se deixe abater
E7
Quem é filho meu
Am
Eu vou defender

Tem fé e tem confiança


Curas vão ocorrer
Visões para esclarecer
Te entrega pra este poder

Não se deixe abater...

Mestre Juramidam
Nossa Senhora da Conceição
São Bento e São João
Consagrando essa União

Não se deixe abater...


13 - A FORÇA DA FLORESTA
Felipe Lobo Sonhador

A Força da floresta nos traz a fé Am EmAm Am EmAm


É o Santo Daime que eu bebi Dm E Am

E pra Ele,pra Ele eu me entrego


Neste caminho de oração
Para ser um ser iluminado

Em minhas mãos se fazem curas


Para ajudar os meus irmãos
Me uno com a Irmandade Divinal

Venho aqui nesta casa


Me entregar de corpo e alma
Para ter amor no coração
14 – TRABALHA Orestes 28 Nov 2005
BBB BBD DDFFG#AB BBBBBDDDDFFG#AB
FGGGGFFFEEDEF FGGGGFFFFG#FG#AB
FGEEEFDDEEDEF FGEEEFDDEEDCD
Bm D
Toma o Daime trabalha Há perigos no caminho
F#m Bm Tem as pedras e os espinhos
Trabalha toma o Daime Também tem os enganos
Bm D
Tudo vem pra me provar
Trabalha nesta linha
F#m Bm
Eu me afirmo nesta força
Do nosso Rei Salomão
Do nosso Pai Criador
Em D Estou unido na estrela
Trabalha com firmeza Do meu Mestre Salvador
F#7 Bm
Esmero e atenção Firma bem a tua mente
Em D
Que o balanço já chegou
Trabalha com alegria
C#m F#7 Bm Balança com estas ondas
Pra seguir nesta união Pro barco não afundar

Empunha a tua espada


O Mestre está chamando
Pra o mal poder afastar
Veio aqui pra nos dizer
Esta espada vem do Mestre
A estrada é muito longa
Nele eu sei me defender
Não se pode esmorecer

É preciso relembrar
O sentido de viver
Os presentes que eu recebo
São conforme eu merecer
15 - AQUI EU ME APRESENTO (mazurka)
Orestes Outubro de 2007 Ofertado ao Canto Alegre e Puma Blanco

Dm
Estou me apresentando ADDDDEF AAAGGFEF
A7 Dm FAAAAD DDEEEDC#D
Eu vim aqui pra me curar DGGFEF AAAAAAAADD
Am Bb DGGBBA EFGGFGA
Venho com a proteção GBBAGA AEEEDC#D
C7 Dm
Do meu anjo guardião
Gm Dm
Sou filho da humanidade
Am Dm
E o meu fardo vou carregando
Gm Dm
Quem aqui me chamou
A7 D7
Foi meu mestre interior
Gm Dm
Quem aqui me chamou
Bbm7(5b) D7
Foi meu mestre interior

Meu mestre me cure


Dos males e doenças
Do corpo e da alma
Mostrai-me o bom caminho
Para eu ser um filho de Deus
Honrando a nossa humanidade
Sendo honesto e verdadeiro
Sendo justo e bom irmão
Eu quero compreender
Preciso me conhecer
Aceitar os meus irmãos
Assumir a minha missão
Quero ser a alegria
De meu pai e minha mãe
Sendo exemplo pra família
De amor e perfeição

Peço que me firmeza


Me dê fé, me dê coragem
Para eu me entregar
Aqui dentro destro deste poder
Das sagradas medicinas
Da mãe Terra e do pai Sol
Com as bênçãos da Natureza
E dos seres da luz astral

Aqui eu venho agradecer


Tão primorosa oportunidade
Poder passar este portal
Entrar no reino da verdade
Com amor no coração
Com respeito e humildade
Minha alma purificada
Eu recebo a minha lição
16 - GUERREIRO DA PAZ
Apolo 25/04/2005 Em homenagem a Tetê - o Falcão
dedicado à Madrinha Conceição
G F#m
Eu chamo a força, eu chamo a força eu chamo a força
Em
força das pedras para me firmar
G F#m
Eu chamo a terra, eu chamo a terra eu chamo a terra
Em
eu chamo a terra para me enraizar
Bm F#m
Eu chamo o vento, eu chamo o vento, eu chamo o vento
Bm
eu chamo o vento vem me elevar
Bm F#m
Eu chamo o fogo, eu chamo o fogo, eu chamo o fogo
Bm
eu chamo o fogo para me purificar
A
Eu chamo a Lua, chamo o Sol, chamo as estrelas
Bm
Chamo o universo para me iluminar
A
Eu chamo a água, chamo a chuva e chamo o rio
F#7 Bm
Eu chamo todos para me lavar
D A
Eu chamo o raio, o relâmpago e o trovão
Bm
Eu chamo todo o poder da criação
D A
Eu chamo o mar, chamo o céu e o infinito
F#7 Bm
Eu chamo todos para nos libertar
A
Eu chamo Cristo, eu chamo Budha, eu chamo Krishna
Bm
Eu chamo a força de todos orixás
A
Eu chamo todos com suas forças divinas
F#7 Bm
Eu quero ver o universo iluminar
D A
Eu agradeço pela vida e a coragem
Bm
Ao universo pela oportunidade
D A
E a minha vida eu dedico com amor
F#7 Bm
Ao sonho vivo da nossa humanidade
A
Sou mensageiro, sou cometa, eu sou indígena
Bm
Eu sou filho da nação do Arco Íris
A
Com meus irmãos eu vou ser mais um guerreiro
F#7 Bm
Na nobre causa do Inka Redentor
D A
Eu sou guerreiro, eu sou guerreiro e vou lutando
Bm
A minha espada é a palavra do amor
D A
O meu escudo é a bondade no meu peito
F#7 Bm
E o meu elmo são os dons do meu senhor
A
Eu agradeço a nossa Mãe e ao nosso Pai
Bm
E aos meus irmãos por todos me ajudar
A
A minha glória para todos eu entrego
F#7 Bm
Porque nós todos somos um nesta união

Ñdarei a sã, ñdarei a sã, ñdarei a sã


Desde o principio todos nós somos irmãos!
Orei ou’á, Orei ou’á, Orei ou’á
Viva o Poder de todo o universo!

*Nas estrofes finais se repetem as mesmas cifras de acordo à altura das vozes
17 - REI DAS MATAS Fabiano Canto Alegre
Março 2003
CCEEGGFEE CCCCDEE EEEEDC EEEEFGG GGGGFE
EAAAAA EEGEEDE CCCCDEE EDDDCC
ECCCCCC GGAGGEG EEEGGAA AGEEDE

Rei das matas, Rei das pedreiras Am C G Am


Levando seu cajado, erguendo a Justiça C G Am
Tem sempre ao seu lado um bom companheiro C G Am

Oxossi é guerreiro
Arqueiro e flechador
Xangô é justiceiro
É mestre ensinador

Ensina a quem procura a Justiça Divina

Oxossi é guerreiro...

Agradeço ao Grande Pai que soube escolher


Um nobre professor e um grande curador

Oxossi é guerreiro...

E na Força Divina eu sempre quero estar! } 8x


18 - FORÇAS DA MÃE NATUREZA
El Que Une La Verdad, 02/05/2005 Ofertado para o Pº Chico Correntes
Forças da Mãe Natureza F#m E F#m
Forças vêm nos ajudar E F#m
Mãe Natureza traz as medicinas D E F#m
Abre caminhos para nos curar D C#7 F#m

Mamãe Terra nos dá o alimento FFFFEFC AAAAGAF


Nos dá água e ar para viver FFFFEFC AAAAGAF
O Sol nos dá calor, a luz e a vida CCFFFFGGA AFEFEECEFC
O Céu e a Lua pra nós recordar CCFFFFGGA AFEFEECEFC
Mãe Natureza eu sou teu filho CCCCCCECA
Como as florestas e os animais CCCCCCBCA
Eu vou andando nos teus caminhos CCCDDDEEF
Bebo nas fontes dos teus mananciais FFFFFFFEEC

Sou filho do Sol e da Lua


Vento me leva para navegar
Velas brancas a minha vontade
O meu barquinho nas ondas do Mar
Gira Roda da Vida, gira
Giram mandalas na miração
Geram Luz das Forças Verdadeiras
Forças que vibram no meu coração
Meus corpos vestidos de luz Tutumbaiê
Mistérios que guardam segredos
São tesouros de jóias preciosas CCCF CCCF CCCFFEFC
Farol iluminando no Caminho CCCF CCCF CCAAGECBC
Mãe Natureza eu sou Teu filho
A minha Vida eu venho agradecer
Firmo com a Paz o meu compromisso
Trilhar a Verdadeira Humanidade
Mãe Natureza eu sou teu filho
Como as florestas e os animais
Firmo com a Paz o meu compromisso
Trilhar a Verdadeira Humanidade
19 - O LIMÃO El Que Une La Verdad

Vou espremer bem meu limão Am C G Am


Pra ser bem aproveitado C G Am
O limão é uma fruta C G Am
Purifica e limpa o sangue C G Am

Assim eu vou vivendo Em


Faço tudo intensamente Bm Em
A intenção eu trago dentro Bm
Ser mais sábio e bom irmão Dm Bm Em

O Jagube e a Rainha
Eles tão me ajudando
Assim nunca estou sozinho
Consagrando as Medicinas
Acendo o Fogo Sagrado
Vou cantando pros meus guias
Este Caminho é de luz
Paz, amor e alegria

Eu sou um curador
São Jorge é quem me guia
Com seu manto encarnado
Trazendo a luz de Maria
Meu reinado é das matas
Das pedras das cachoeiras
Eu sou filho da Jibóia
Nossa Mãe que nos clareia
20 – LUZ DIVINA Orestes

Na luz divina, na luz divina


Na luz divina eu sempre morar

No poder sagrado, no poder sagrado


No poder sagrado eu sempre estar

Com a força do Sol, a Lua e as estrelas


Na força da Terra eu me firmar

Com a benção divina eu vou me levantar


Com a benção divina eu já me curei

Seguindo na família do cipó e da rainha


Com as medicinas eu sempre consagrar

No poder do fogo eu me purificar


O poder do vento vem me inspirar

No poder da água eu vou me lavar


No poder do amor eu me guardar
21 - O CAMINHO SAGRADO El Que Une La Verdad
07 de janeiro 2007
O Caminho é eterno Bm BBBBDFFFFGGGFE
Todos hão de escutar B7 Em
A verdade já foi dita F#7 EEEEEEDDDDCCCCB
Todos queiram despertar Bm
Quem quiser seguir andando D BBBBBCDDDDEEEDC
Venha logo consagrar C#m7(5b)
Nosso tempo é contado F#7 CCCCCBA#AAAAG#AB
O Ceifador já vem ceifar Bm

São Jorge Guerreiro Bm


Os Oguns e os Orixás B7 Em
Todos Filhos de Maria F#7
Com Jesus vamos andar Bm
São as Forças Poderosas D
Que estão a nos provar C#m7(5b)
Vou tomar a minha espada F#7
Vamos todos batalhar Bm

_Esta guerra é do amor B BBBBDFFFFGGGFE


Ninguém temos que matar E C#m
Com a espada da verdade B EEEEEEDDDDCCDCB
O mal nós temos que cortar F# B
A mentira e a falsidade G#m
Deste mundo da ilusão C#m
São os nossos inimigos F#7
Escurecem o coração Bm

Vamos deixar de torpeza F#7


Levantar e nos firmar Bm
Esta é a hora da verdade F#7
Que anunciou meu São João Bm
Meus caboclos, meus poetas B
Curadores do Astral E C#m
Todos trabalhando juntos B
Vamos juntos lá chegar F# B
Na casa do nosso mestre G#m
Do reino celestial C#m
Ele é Krishna, ele é Budha F#7
É o Cristo imperial Bm

Ele é a Serpente Emplumada Bm


É o caminho do Tao B7 Em
O melodioso Orfeu F#7
Apolíneo rei Teseu Bm
Ele é o mestre Irineu D
Nosso rei Juramidam C#m7(5b)
Filho da virgem Maria F#7
Senhora da Conceição Bm

Nossa mãe Tonantzin Bm


Senhora de Aparecida B7 Em
A mãe de todos os nomes F#7
Isis, mãe celestial Bm
Quem quiser seguir falando D
Não podemos esperar C#m7(5b)
Ser honestos no caminho F#7
Começar logo a semear Bm

Vamos plantar o amor B


Que Jesus nos ensinou E C#m
Vamos respeitar a Terra B
Ela é sagrada é o nosso lar F# B
Foi assim que nos contaram G#m
Pena Branca e Washlow C#m
Os guardiões desta mãe Terra F#7
Da floresta e do deserto Bm
Vamos todos nos amar D
Toda esta humanidade A7
Levar a consagração Bm
Das medicinas da verdade F#7 Bm
Vamos todos recordar D
A missão da humanidade C#m7(5b)
Povo do sul, povo do norte F#7
Do ocidente e do oriente Bm

Pausa: A7 Dm
Todos uma só família D7
Da nação da humanidade Gm C7
Zelando e protegendo Dm
A árvore da vida A7 Dm
O jardim que nos foi dado F
Pra nossa felicidade Bbdim7
Ninguém vai comer dinheiro A7
Ninguém vai ficar calado Dm

Todos nós de um a um A7
Todos já estamos chamados Dm
Para nós prestarmos conta A7
Das ações lá do passado Dm

Quem tiver merecimento D


Com a luz será coroado G Em
Mas quem não quiser seguir D
Faça o favor de escutar A7 D
Que é pra não se lamentar Bm
Dizendo não foi avisado Em C#dim7
O caminho é o do amor F#7
Vencer a dor e o sofrimento Bm
Ser mais fortes que o medo F#7
Seguir firme a boa ação Bm
Recordando as mensagens F#7
Gravadas no coração Bm

Conhecer o bem e o mal


Escolher o que é melhor B7 Em
Concentrar-se no trabalho F#7
Não deixar se enganar Bm
Muitos ainda estão mentindo D
Mas vão ter de se calar C#dim7
Vamos prestar atenção F#7
Aprender e observar Bm

A verdade está em tudo


Está na Terra, está no mar B7 Em
Está no vento, está no fogo F#7
Vamos nos purificar Bm
Ninguém fique se queixando D
Por não poder caminhar C#dim7
O poder do Ser eterno F#7
A todos nos entregou Bm

Cada um com seus talentos B


Tem tudo que precisar E C#m
É ter consciência e lealdade B
Com o nosso Criador F# B
Empunhar o seu cajado G#m
E se pôr a trabalhar C#m
Pelo Caminho Sagrado F#7
A humanidade realizar (Bm) Final: B F#7 B Em B C#mF#7 B
22 – KAMBÔ Orestes, 01 de Dezembro de 2009

Mãe Natureza eu sou teu filho Em D Bm


Os animais são os meus irmãos Em D Bm
Os vegetais são os nossos mestres Em D Bm
Meu Pai me deu este lugar pra eu amar Em Bm D

Meus irmãozinhos vamos acordar Em D Bm


A vida toda tá mudando lá fora Em D Bm
O sino badalou quatro vezes Em D Bm
Mãe Natureza já pediu seu lugar Em Bm D

Os passarinhos tão morrendo lá fora A Bm


As geleiras tão se derretendo A Bm
As florestas tão desaparecendo A Bm
E agora como é que vai ficar? A F#7 Bm

Senhor lixeiro tá se contaminando Em D Bm


E os filhos dele também são meus irmãos Em D Bm
Eu tô jogando os dejetos lá fora Em D Bm
E ninguém quer se responsabilizar Em Bm D

Nossos irmãos tão se matando nas guerras Em D Bm


E os inocentes carregando um canhão Em D Bm
Não posso ser feliz sem o meu irmão Em D Bm
Suas feridas tão doendo em mim Em Bm D

Se sou rebelde e quero tudo pra mim Em Bm


E todo mundo só quer se aproveitar Em Bm
Só tão pensando no seu dinheiro Em Bm
Há indiferença com os meninos da rua Em Bm
Ninguém tá vendo a vida dos seus irmãos A F#7 Bm
Mãe Natureza ela tem muitos filhos Em D Bm
E todos eles ela está cuidando Em D Bm
Este jardim é da Mãe soberana Em D Bm
Eu vim aqui eu sou o seu jardineiro Em Bm D

Mas cada um só quer acusar o seu irmão Em Bm


E o que é que tu estás fazendo? A F#7 Bm

Vamos parar de nos contaminar A Bm


Reciclar e todos nos ajudar A Bm
A brincadeira de mau gosto acabar A Bm
Ou o pesadelo vai continuar A F#7 Bm

Todo mundo só pensa em si mesmo Em Bm


Mas ninguém quer se ajudar A F#7 Bm

O ancião me deu um conselho Em D Bm


Disse que a vida está na minha mão Em D Bm
Ninguém queira essa dor carregar Em D Bm
Porque o peso ninguém vai segurar Em Bm D

Só a minha Mãe pode nos ajudar Em D Bm


Chegou a hora vamos nos levantar Em D Bm
Este é o tempo vamos nos acordar Em D Bm
Vamos cantar que é pra nos recordar Em Bm D

Eu quero mesmo é falar de alegrias Em D Bm


E ter histórias de amor pra contar Em D Bm
Mas ninguém tá deixando um lugar Em D Bm
Ninguém tá vendo o que eu estou dizendo Em Bm D
Tudo está tão ligado maninhos A Bm
O ensinamento foi falado e cantado A Bm
Mestre Jesus, Budha e os Orixás A Bm
E os avataras que vieram na Terra A F#7 Bm

Seu Pena Branca e seu Pedra da Paz Em D Bm


Cervo Cocho e seu Cobra Coral Em D Bm
Pajé Banu e o senhor Krishnamurty Em D Bm
Mestre Irineu e todos os padrinhos Em Bm D

Tudo é um espelho do meu eu interior Em Bm


Meus irmãozinhos este é o nosso lar Em Bm
Simplicidade agora vai vigorar Em Bm
Todos juntos nós podemos mudar Em Bm

Ficar caldos aprendendo a olhar A F#7 Bm


Que é pra os bons Guias nós poder escutar A F#7 Bm
Os seus conselhos nós vamos precisar A F#7 Bm
Pra os nossos filhos poder continuar A F#7 Bm
A humanidade vai se revigorar A F#7 Bm
23 – A MONTANHA El Que Une La Verdad
20 de Fevereiro de 2011
Subi a montanha vou me retirar Dm D7 Gm
Eu vim aqui aprender
Que é pra deixar de sofrer C
Tirar toda a ilusão A7 Dm

A montanha é muito sério


É pra quem quer se iluminar
Venham todos os guerreiros
Venham os filhos de fé
Vamos todos se aprumar

Para abrir este caminho


Subi com muita fé
Cumpri minha oração
Vivi minha provação
Recordando os meus irmãos

Todo o dia toda hora


É preciso se firmar
Que o mundo está balançando
Tudo vai se transformar
Vamos todos se alinhar

Toda a Natureza vem nos ajudar


Todos os animais
As plantas os minerais
E o céu também
Do alto do astral
Nossos guias vem zelar
Porque é chegada a hora
De um ser humano
Se realizar

Amontanha nos dá força


Consciência e vigor
Para poder transitar
O caminho sagrado
Com firmeza e com valor

Agradeço ao Grande Espírito


E aos seres celestiais
Agradeço à Mãe Terra
E a todo ser divino
Por este presente
24 – CHAMADA El Que Une La Verdad878
Busca da visão de 9 dias 13 de Fevereiro de 2010

Ipiraiê, Ipiraiá
Ipiraiê, Ipiraiá

Raimundo venceu demônio


Ele veio nos ensinar
Que a força divina
está bem dentro de nós

Ipiraiê, Ipiraiá
Ipiraiê, Ipiraiá

É preciso trabalhar
Fazer muita oração
Consagrando as medicinas
Assim nós vamos alcançar
Com felicidade e alegria
Realizar nosso destino
Com toda a nossa familia

Ipiraiê, Ipiraiá
Ipiraiê, Ipiraiá
Ipiraiê, Ipiraiá
25 - CACHIMBERO Orestes, Kika e Fabiano

Cachimbê, cachimbero, cachimberê Am Dm


Cachimbê, cachimbando, cachimberê

Tô fazendo a minha reza Dm Am


Tô louvando ao Nosso senhor F C
Agradecendo à Nossa Senhora Dm Am
E a todos Orixás F Am

Trago o meu chapéu de palha


Venho na guarda de são Jorge
Com a benção do meu Pai Oxossi
Na Graça de Mãe iemanjá

Sou Preto Velho eu venho de angola


Meu cachimbo é de Marutá
Hoje trabalho nesta linha
Na guia do Pai Oxalá

Tô cachimbando meu cachimbo


É cachimbo pra nego rezá
Com Tabaco, Arruda e Guiné
Vou entregando o meu axé

Na fumaça do meu cachimbo


Expulso o mal que aqui está
E as demandas dos inimigos
Mando embora pra outro lugar
26 – RECOMEÇAR Orestes Apolo, 22 Nov 2006
Introd... Dm C Bb7 A7
Eu hoje amanheci diferente Dm Am
Eu hoje me senti cansado Bm
Cansado de ser maltratado Am
Cansado de ser escravo Bm

Eu hoje amanheci mais consciente Em Bm


Com vontade de ser diferente Am
Com vontade de não mais sofrer F#7 Bm
Com muito desejo de viver E7 Am A7

Eu quero começar a aprender D Em


Aprender a saber ser feliz Bm
Aprender a poder compreender Am
Compreender para poder bem viver F#7 Bm
Eu hoje estou voltando ao começo
Começo de novo a viver
É preciso voltar a nascer
Nascer todo instante, acordar
Sair da rotina e das prisões
Deixar as ilusões e o sofrer
Deixar a tristeza e as doenças
Vencer os fantasmas do medo e da dor
Eu agora vou realizar D Em
Vivendo a verdade e o amor Bm
Vou brilhar com a luz do meu ser Am
Caminhar pro horizonte infinito Bm
Vou seguindo as estrelas, a Lua e o Sol E7 Am Edim7 volta ao começo
 repete a última estrofe no final Conclui Edim7 F#7 Bm

27. GIGANTES DO ASTRAL Apolo Grokar, 16 de Out 2010

Esta noite eu tive um sonho Bm F#


Que tanto me consolou Bm
Encheu-me de alegria Em
Esperança e bom humor F# Bm

É que então eu vinha triste D A7


Tão cansado de lutar Bm
De ver tanta maldade F#
Tanta gente a injustiçar Bm

Esse sonho me falava D Em


Sobre um jeito de pensar A7 D
Ter calma e ter paciência Bm Em
Que um dia eu vou chegar F#7 Bm

Era tão divino ensino Bm F#


Tão humano e tão loquaz Bm
Que me faltam as palavras Em
Para eu poder explicar F# Bm

Ainda bem que eu tenho um céu D Em


Com espaço pra crescer A7 D
Não tenho aposentadoria Em
E nem tenho obrigação F# Bm
Não sou doutor, eu não sou mestre F#7
Eu só tenho que aprender Bm

O meu céu está vazio D Em


É um espaço iluminado A7 D
Não tem carreira, não tem curso Em
Não tem chefe, não tem dono F# Bm
Eu não sou titulado F#
Também não sou diplomado Bm
Não sou dono, não sou nada Em
Eu só tenho que crescer F#7 Bm
Por isso eu estou animado D Em
Porque um dia alcançarei A7 D
Eu sou um menino Em
Que só tenho que crescer F#7 Bm

Um dia eu chego lá D Em
Onde eu tenho que chegar A7 D
No céu dos iluminados Em
Dos gigantes do astral F#7 Bm
Mas um dia eu chego lá D Em
Onde eu tenho que chegar A7 D
No céu dos iluminados Em
Dos gigantes do astral F#7 Bm

Vou crescendo desde dentro F#


Do meu mundo interior Bm
Minha alma de poeta Em
Ela é quem vai me levar Bm

Eu não tenho plenitude D A7


Nem um mundo terminado Bm
Não sou doutor, eu não sou mestre F#7
Eu só tenho que aprender Bm

O meu céu está vazio D Em


É um espaço iluminado A7 D
Não tem carreira, não tem curso Em
Não tem chefe, não tem dono F# Bm
Eu não sou titulado F#
Também não sou diplomado Bm
Não sou dono, não sou nada Em
Eu só tenho que crescer F#7 Bm

Por isso eu estou animado D Em


Porque um dia alcançarei A7 D
Eu sou um menino Em
Que só tenho que crescer F#7 Bm
Um dia eu chego lá D Em
Onde eu tenho que chegar A7 D
No céu dos iluminados Em
Dos gigantes do astral F#7 Bm
Mas um dia eu chego lá D Em
Onde eu tenho que chegar A7 D
No céu dos iluminados Em
Dos gigantes do astral F#7 Bm

Este é um caminho simples F#


Que não tem complexidade Bm
Ser humilde e ter bondade Em
Bem tratar os seus irmãos Bm

Aprendendo direitinho Em
O que faz falta saber Bm
O coração de menino F#
Com alegria eu vou cantar F#7 Bm

Não tem autoridade F#


Nem ninguém pra me julgar Bm
Não tem regra nem fronteiras Em
Não tem carga pra levar F#7 Bm

Vou andando sempre em frente D Em


Vou sem pressa eu vou chegar Bm
Porque eu tenho os meus padrinhos F#
Para me aconselhar Bm

Por isso eu estou animado D Em


Porque um dia alcançarei A7 D
Eu sou um menino Em
Que só tenho que crescer F#7 Bm
Um dia eu chego lá D Em
Onde eu tenho que chegar A7 D
No céu dos iluminados Em
Dos gigantes do astral F#7 Bm
Mas um dia eu chego lá D Em
Onde eu tenho que chegar A7 D
No céu dos iluminados Em
Dos gigantes do astral F#7 Bm

28 - MENINOS DA PAZ Orestes


Festival da Paz para o novo Milênio 1999
Introdução: Am Am7 Dm7 Am/D Am Am7 Bm7(5b) Em7(5b) Dm
Rio mansinho que corre p’ro mar D7 Gm
E os peixinhos que nadam no rio C7 F
A selva vibrando com a vida Dm D7 Gm
Pássaros, árvores gente a cantar Bm7(5b) A7 Dm
Pássaros, árvores gente a cantar Am Dm
Ah! Ah! Ah! Ah! Am Dm

As cascatas, fonte cristalinas


Águas doces dançando no ar
Nos meus olhos o brilho da selva
De mãos dadas todos a rodar

O amor que surge das águas Dm A7


Reconhece com resplendor Dm A7 D7
O verde que brota da terra Gm F
e o azul do teu coração A7 Dm D7
O verde que brota da terra Gm F
e o azul do teu coração Em7 A7 Dm

volta Introdução
Águas brancas geladas no céu
Nas montanhas seus véus a brilhar
Vão surgindo os riachos e as matas
Cerros verdes se erguendo no ar
No orvalho sorrisos de Sol
Chuva alegre banhando o verão
Rio oculto entranhado na terra
Vale fértil, animais a pastar

O amor que surge das águas...

Poço vivo olho d’água no lar


Nos quintais, flores, frutos, pomar
Crianças, velhinhos e jovens
Todos juntos gente a trabalhar
Céu azul refletindo em teus olhos
Lua cheia dançando no mar
Barquinhos de gente a remar
Velas brancas ao vento empurrar

O amor que surge das águas...

Os meus olhos são fontes d’água


Tuas lágrimas gotas de luz
Protetores das águas nós somos
Filhos d’água meninos da paz
Águas que jorram do centro da terra
Águas que moram no fundo
Águas que calam profundo
Águas que curam, que lavam o mundo

O amor que surge das águas...


29 - DEUS É MAIOR El Que Une La Verdad, 27 Dezembro de 2013

A D
Deus é maior ABCD
C#m
Que toda falsidade DFFEDEC
Bm
Que toda maldade EEDCDB
A
Que toda violência BDDCBCA
E7
Que toda demanda CCBAGG
A
Deus é maior GABA

Bm
_ Seu amor é infinito AAAABCDB
D C#m
Sua bondade é generosa BDFFEDEC
E7
Sua verdade é sempre justa CDEEDCDB
A
Deus é maior GABA

D A
Deus é maior, Deus é maior GABC CBAG
C#m
Por isso a fé supera o medo ACEA AAGFEDC
Bm
O amor apaga o ódio CDFFEDBB
Bm/G#
E a verdade ilumina BBEEDCDB
E7 A
a escuridão da ignorância CDEDCBCBA
Fdim
Deus é maior AGFE#
Bm G
Fica firme em teu lugar BCDEFGFE
Bm G
O Universo te acompanha FFEDCBDC
C#7 F#m
E os Guardiões te protegem CDAG FE#GF

Fá sus Maior (F#, C#,G#,D#,A#)

F#
_ Nunca estás sozinho CBAGC
G#m Fdim
e a vitória sempre te espera CCDD DDDEE
C#7 F#
_ no final de cada prova EFGABAGF

Fdim A#m
Teu coração é puro FEDCDCC
G#m F#
Teu propósito é bom BCDEFEB
B
Tua entrega é p’ra o Bem Maior AGFEDCDEF
F #dim
És verdadeiramente FGFCDE
C#7 F# Bm F#
_ um Filho de Deus! CBGEF
30. VERDADEIRO AMOR dAMARu

C9 Dm F/C
Eu sinto este amor por toda criação CDBCDD DFDCDC
C9 C Bm7(5b) Dm7
Sinto esta luz que vem do coração DCBCC CDBCDD
F/C
Quando vejo a criação DDFDD C D C
C CD C B CCC C D B CDD
O amor do pai divino fez toda a união C9 C Bm7(5b) Dm
D D F D C DC
Quando estamos no amor Dm7 F/C
C DCC B C C
sentimos o coração C9 C
CD B B CDD DD F D C D C
Vivemos em alegria amizade e harmonia C9 Dm F/C
C C DC B C CC
Quando estamos no amor C9 C
C DB B C D D
sentimos o coração Bm7(5b) Dm
D F D D C D C C CC D C B C C
Vivemos em alegria amizade e harmonia Dm7 F/C C
C CD CD E F F
O amor é tão bonito C9 Bm7(5b) Dm7
F F A G F E F
É semente do jardim Bm7(5b) F/C
F F G F D FEE
Brotam flores coloridas Bm7(5b) C
E E E B C D D
Com perfume de Jahsmin C9 Dm
D DF DC D C C
O amor é tão bonito Dm7 F/C
CC D C B C C
É semente do jardim C
C C D B C DDD
Brotam flores coloridas C9 Dm
D D F D C D C
Com perfume de Jahsmin Dm7 F/C
D CB C CC C DB C D DD
No amor eu vivo no amor eu existo C9 C C9 Dm
D DF D C DC C
O amor é tão bonito Dm7 F/C
CC D C B C C
É a paz dentro de mim C9 C
C CD B C D DD
O amor é tão bonito C9 Dm
DDF D C D C
É a paz dentro de mim Dm7 F/C
C CD CB C C
O amor é tão bonito C
C C D BCDDDD
Ele é fonte infinita C9 Bm7(5b) Dm
D D F D C DC
Do nosso pai criador Dm7 F/C
C D C B C C
O verdadeiro amor C
C D C D E F
O verdadeiro amor C9 Bm7(5b) Dm
F A G F E F
esta no coração Bm7(5b) F/C
F G F D FE E E B CDD
O verdadeiro amor esta na união Bm7(5b) C C9 Dm
D F D C D C CD C B C C
O verdadeiro amor esta no coração F/C C9 C
C D B C D DD DF D CDC
O verdadeiro amor está na união Bm7(5b) Dm Dm7 F/C
C D C B C C C D B C D D
O verdadeiro amor, o verdadeiro amor C9 C Bm7(5b) Dm
D F D C D C
O verdadeiro amor... Dm7 F/C
31. PRIMAVERA DO AMOR dAMARu
GCEGGGFAGFED GCEGGGFAGFED
GCEDDC GCEDD GCEFEDBC

A primavera é a estação das flores C F G


A primavera vem trazendo as suas cores C F G
É primavera, é primavera Dm G Dm
É primavera do Amor G Dm G7 C

A primavera traz a luz e a alegria


A primavera nos dá toda a energia
É primavera, é primavera
É primavera todo dia

Dou viva a Deus e à Virgem Maria


Dou viva às flores, o Amor e a Alegria
Aqui estou, aqui estou
Estou na casa da Senhor
Aqui estou, aqui estou
Estou na casa do Alegria

A Nova Era que chegou na Primavera


A primavera que chegou e é tão bela
É Primavera, é Nova Era
É primavera do Amor
É Nova Era, é primavera
É Nova Era do Amor

32. CANON DA ALEGRIA


Eu gosto da vida
Porque ela me ensinou
Que existe a alegria
E também a tristeza
Que o melhor remédio
Pra uma alma adormecida
É cantar ao vento
Eu gosto da vida
Alegria, amizade
Harmonia e liberdade
Otimismo, muita entrega
Com carinho e lealdade

“Um dia a Terra vai adoecer.


os pássaros cairão do céu,
os mares irão escurecer
e os peixes aparecerão mortos
na correnteza dos rios.
Quando esse dia chegar,
os indígenas perderão seu espírito,
mas recuperá-lo-ão
para ensinar ao homem branco
a reverência pela sagrada Terra.
Ai, então, todas as raças hão de unir-se
sob o símbolo do Arco Íris
para terminar com as guerras
e a destruição.
Será o tempo dos
Guerreiros do Arco Íris.”