Você está na página 1de 3

NDTV Itajaí

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

NDTV Itajaí é uma emissora de televisão brasileira com


sede em Itajaí, SC. Retransmite a programação da
NDTV Itajaí
RecordTV, além de também gerar programas locais.
Opera nos canais 10 VHF analógico e 28 UHF digital.[1] TV Vale do Itajaí Ltda
[2] É uma das redes de transmissão regionais da NDTV,
que tem a central localizada em Florianópolis.

Índice
História
Início das operações
Rede OM / CNT - Central Nacional de
Televisão Itajaí, Santa Catarina
Brasil
Fim da RCE / Venda para a Record
Canais
Programas 10 VHF analógico
28 UHF[1] [2] digital
Referências
Outros canais Retransmissoras
Ligações externas
Sede Itajaí, SC
Rua Antônio Menezes de
Vasconcellos Drummond, 29 -
História Fazenda Morro da Cruz

Slogan Noite e dia com você


Rede RecordTV
Início das operações
Rede(s) Rede Bandeirantes (1986-
anterior(es) 1992)
A TV Vale do Itajaí, canal 10 VHF, foi fundada em 14 de Rede OM (1992-1993)
julho de 1986, em Itajaí, Santa Catarina. Desde essa data, CNT (1993-1995)
até o dia 2 de setembro do mesmo ano, a emissora Proprietário(s) Grupo Record
operava em caráter experimental. Controlador Grupo ND
No dia seguinte, em 3 de setembro do mesmo ano, a Fundação 14 de julho de 1986 (33 anos)
emissora passara a transmitir em caráter definitivo, sendo Prefixo ZYB 768
mais uma afiliada da Rede Bandeirantes de Televisão. As Nome(s) RCE TV Vale do Itajaí (1986-
primeiras instalações da TV Vale do Itajaí estavam anterior(es) 1995)
situadas na Rua Pedro Ferreira, nº 155, Centro de Itajaí TV Record Itajaí (1995-2008)
RICTV Itajaí (2008-2019)
(Edifício Comercial Genesio Miranda Lins - Redondo).
Elas totalizavam 600 m² - só o estúdio media 60 m² - e o Cobertura
quadro de funcionários variava de 33 (na época das
transmissões experimentais) a 50 profissionais (quando as
transmissões se tornaram definitivas).
A TV Vale do Itajaí era pertencente à RCE - Rede de Página oficial https://ndmais.com.br/ndtv/ao-
Comunicações Eldorado - segundo maior grupo de mídia vivo/itajai-e-regiao/
de Santa Catarina. Além dela, a TV Cultura -
Florianópolis, TV Eldorado - Criciúma e TV Xanxerê - Xanxerê formavam a rede de TV pertencente ao
conglomerado, que cobria todo o território catarinense. A presidência da RCE estava à cargo de Manoel
Dilor de Freitas, filho de Diomício Freitas, fundador do grupo e influente empresário e político do sul
catarinense.

Rede OM / CNT - Central Nacional de Televisão

Em 30 de março de 1992, a TV Vale do Itajaí (bem como as demais integrantes da RCE em Florianópolis,
Criciúma) começaram a retransmitir o sinal da Rede OM de Televisão, emissora de TV com sede em
Curitiba-Paraná, controlada pelos irmãos José Carlos Martinez e Flávio Martinez, e que iniciava suas
operações. No mesmo ano, a TV Xanxerê era inaugurada na cidade de mesmo nome no oeste de Santa
Catarina, após mudança de transmissor de Chapecó (onde era apenas estação retransmissora) para Xanxerê.

A grade de programação consistia na transmissão do sinal da rede, a partir da capital paranaense, e não tinha
espaço para programas locais, exceto para o telejornal Meio-dia (exibido de segunda a sexta, às 12h) e para
as inserções de intervalos comerciais.

Em 23 de maio de 1993, a Rede OM de Televisão mudou de nome, passando a se chamar Rede CNT -
Central Nacional de Televisão. O acordo da RCE com a emissora paranaense se estendeu até o dia 1º de
setembro de 1995.

Fim da RCE / Venda para a Record

1º de setembro de 1995. Esse dia for marcado pelo fim da RCE - Rede de Comunicações Eldorado. Nesta
data, houve a divisão das emissoras de TV do grupo. A TV Eldorado (de Criciúma) foi vendida para a RBS
TV, afiliada da Rede Globo de Televisão, e passava a ser a quinta emissora do grupo em Santa Catarina. Já a
TV Vale do Itajaí, a TV Cultura (de Florianópolis) e a TV Xanxerê foram adquiridas pela Rede Record de
Televisão.

O ano de 1996 reservou novidades para a TV Vale do Itajaí. A emissora se instalava em um novo endereço,
na Rua Antônio Meneses Vasconcelos Drumond, nº 29, no alto do Morro da Cruz, bairro Fazenda, em Itajaí.
O motivo da mudança, segundo os novos controladores, foi a intenção de integrar toda a sua estrutura de
operação e transmissão. Em 13 de março do mesmo ano, estreou o Record em Notícias, programa
jornalístico voltado a região de abrangência da emissora, comandado pelo jornalista Graciliano Rodrigues, e
veiculado (até os dias atuais) de segunda a sábado, às 12h.

Em agosto de 2003, Sandro Marcelo de Paula Cavalari assume a direção geral da TV Vale do Itajaí,
iniciando um processo de reestruturação na emissora, com a reforma das estruturas física e operacional, a
mudança de nome para TV Record Itajaí e o lançamento de novos programas, como o Time Record
(também pilotado por Graciliano Rodrigues). Em 2007, Sandro Cavalari foi transferido para a TV Record
Goiás.

Em 2007, a emissora passa a ser dirigida por Gustavo Paulus. Em 1º de fevereiro de 2008, a emissora passa
a integrar a RICTV, e passa a se chamar RICTV Itajaí. Com a nova administração, Alexandre G. da Rocha é
efetivado como o diretor regional.

Em 24 de abril de 2015, a RICTV Itajaí inaugurou a transmissão digital, no canal 28 UHF.[1] [1] [2]
Em 3 de dezembro de 2019, com o desmembramento do Grupo RIC em Santa Catarina e com a criação da
NDTV[3][4], passou a se chamar NDTV Itajaí.

Programas
Balanço Geral Itajaí (Calebe Moreno)
Ver Mais Itajaí (Christina Ramires)
Clube da Bola (Marcelo Mancha, Badu, Sérgio Badá, Fábio Machado, Marcelo Nunes, Juca
Miguel e Emerson Luiz)

Referências
1. Bernardes, Anderson (24 de abril de 2015). «RICTV Record inicia transmissão em HD em
Itajaí» (http://ndonline.com.br/vale/noticias/251404-rictv-record-inicia-transmissao-em-hd-em-it
ajai.html). Notícias do Dia. Consultado em 24 de abril de 2015
2. Silva, Joelson (6 de maio de 2015). «RIC TV Record Itajaí lança sinal digital» (http://www.sulbr
tv.com/2015/05/ric-tv-record-itajai-lanca-sinal-digital.html). Blog SulBRTV. Consultado em 23
de maio de 2015
3. «Grupo RIC muda para crescer e atender melhor ao seu público» (https://www.anj.org.br/site/c
omponent/k2/100-associados/24765-grupo-ric-muda-para-crescer-e-atender-melhor-ao-seu-pu
blico.html). ANJ (Associação Nacional de Jornais). 3 de dezembro de 2019. Consultado em 26
de dezembro de 2019
4. Levin, Teresa (4 de dezembro de 2019). «Grupo RIC separa operações do Paraná e Santa
Catarina» (https://www.meioemensagem.com.br/home/midia/2019/12/04/grupo-ric-separa-oper
acoes-do-parana-e-santa-catarina.html). Meio e Mensagem. Consultado em 26 de dezembro
de 2019

Ligações externas
Sítio oficial (https://ndmais.com.br/ndtv/ao-vivo/itajai-e-regiao/)
NDTV Itajaí (https://twitter.com/ndtvrecordtv) no Twitter
NDTV Itajaí (https://www.facebook.com/ndtvrecordtv) no Facebook
NDTV Itajaí (https://www.instagram.com/ndtvrecordtv/) no Instagram

Obtida de "https://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=NDTV_Itajaí&oldid=57464160"

Esta página foi editada pela última vez às 06h42min de 18 de fevereiro de 2020.

Este texto é disponibilizado nos termos da licença Atribuição-CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada (CC BY-SA 3.0) da
Creative Commons; pode estar sujeito a condições adicionais. Para mais detalhes, consulte as condições de utilização.