Você está na página 1de 120

415 por

8M0107762

150 FourStroke
Motor de popa
Operação
Manutenção
Garantia
Instalação
© 2015 Mercury Marine

Manual
por
Declaração de conformidade para motores de propulsão de barcos
recreativos com os requisitos da Diretriz 94/25/EC conforme emenda
2003/44/EC
Nome do fabricante do motor: Mercury Marine
Endereço: W6250 Pioneer Road, P.O. Box 1939
Cidade: Fond du Lac, WI Código postal: 54936-1939 País: EUA

Nome do representante autorizado: Brunswick Marine in EMEA Inc.


Endereço: Parc Industriel de Petit-Rechain
Cidade: Verviers Cep : B-4800 País: Bélgica

Nome do órgão notificado sobre a avaliação de emissões de escape: Det Norske Veritas AS
Endereço: Veritasveien 1
Cidade: Hovik Código postal: 1322 País: Noruega Número de ID: 0575

Nome da instituição notificada sobre a avaliação de emissões de ruído: Det Norske Veritas AS
Endereço: Veritasveien 1
Cidade: Hovik Código postal: 1322 País: Noruega Número de ID: 0575

Módulo usado para avaliação de con‐


formidade de emissões do escapa‐ ☐ B+C ☐ B+D ☐ B+E ☐ B+F ☐G ☒H
mento:
Módulo usado para avaliação de con‐ ☐ Um pon‐
☐ Aa ☐G ☒H
formidade de emissões de ruído: to de tinta
Outras Diretrizes da Comunidade aplicadas: Diretriz 2006/42/EC referente à segurança do equipamento;
Diretriz 2004/108/EC referente à compatibilidade eletromagnética

Descrição dos requisitos essenciais e dos motores

Tipo de motor Tipo de combustível Ciclo de combustão


☒ Motor de popa ☒ Gasolina ☒ 4 tempos

Identificação dos motores cobertos pela declaração de conformidade

Número de identificação
Número de certificado H do
Nome da família do motor: exclusivo do motor: Número
módulo EC
de série inicial
Verado 6 cilindros 200, 225, 250, 275,
0P401000 ou 1B227000 RCD-H-2 Rev. 4
300, 350, 400R hp
Verado 4 cilindros 135, 150, 175, 200 HP 0P401000 ou 1B227000 RCD-H-2 Rev. 4
L4NA 4 cilindros 75, 80, 90, 100, 115 hp
2B000000 RCD-H-2 Rev. 4
(2.1L)
150 HP FourStroke (3.0L) 0P401000 ou 1B227000 RCD-H-2 Rev. 4

por i
Outro do‐
cumento/ Arquivo Especifique com mais detalhes
Requisitos essenciais Normas
método técnico (* = padrão obrigatório)
normativo
Anexo 1.B—Emissões do escapamento
B.1 Identificação do motor ☐ ☐ ☒
B.2 Requisitos de emissões de escapa‐
☒* ☐ ☐ *EN ISO 8178-1:1996
mento
B.3 Durabilidade ☐ ☐ ☒ EN ISO 8178-1:1996
B.4 Manual do proprietário ☒ ☐ ☐ ISO 8665: 2006
Anexo 1.C—Emissões de ruído
Níveis de emissão de ruídos (C.1) ☒* ☐ ☐ EN ISO 14509
C.2 Manual do proprietário ☐ ☒ ☐ Manual do proprietário

Esta declaração de conformidade foi emitida sob a responsabilidade exclusiva do fabricante. Declaro em
nome do fabricante do motor que os motores mencionados anteriormente estão em conformidade com
todos os requisitos essenciais aplicáveis da maneira especificada.

Nome/cargo:
John Pfeifer, Presidente,
Mercury Marine

Data e local de publicação:


4 de dezembro de 2014
Fond du Lac, Wisconsin, EUA

Bem-vindo!
Você escolheu um dos melhores motores de popa disponíveis. Ele incorpora vários recursos projetados para
assegurar facilidade de operação e durabilidade.
Com a manutenção e os cuidados adequados, você aproveitará este produto por muito tempo. Para
assegurar máximo desempenho e uso sem problemas, é necessário que você leia este manual.
O Manual de Operação, Manutenção e Garantia contém instruções específicas quanto à utilização e
manutenção deste produto. Sugerimos que este manual seja mantido juntamente com o produto para que
possa ser lido no caso de qualquer dúvida durante a navegação.
Obrigado por comprar um de nossos produtos. Esperamos que você tenha uma excelente experiência de
navegação!
Mercury Marine

ii por
Regulamentos sobre Emissões da Agência de Proteção Ambiental
dos Estados Unidos (EPA)
Os motores de popa vendidos pela Mercury Marine nos Estados Unidos são certificados pelo Departamento
de Proteção Ambiental dos Estados Unidos, conforme os requisitos dos regulamentos de controle da
poluição do ar proveniente de motores de popa novos. Esta certificação depende de que a configuração de
certos ajustes seja feita de acordo com os padrões de fábrica. Por esta razão, o procedimento de fábrica
para manutenção do produto deve ser estritamente seguido e sempre que possível, restituído às
características originais do projeto. A manutenção, substituição, ou conserto dos dispositivos e sistemas de
controle de emissão podem ser executados por qualquer estabelecimento ou indivíduo especializado em
reparos de motores marítimos.
Os motores estão rotulados com um adesivo de Informações de Controle de Emissão como uma prova
permanente da certificação feita pela EPA.

! ADVERTÊNCIA
A fumaça do escapamento deste produto, segundo o Estado da Califórnia, contém elementos químicos
que podem causar câncer, doenças congênitas e outros riscos para a reprodução.

Mensagem de garantia
O produto adquirido conta com uma garantia limitada da Mercury Marine. Os termos da garantia estão
definidos na seção Informações sobre Garantia deste manual. A declaração de garantia contém uma
descrição do que está coberto, do que não está coberto, da duração da cobertura, de como obter a melhor
cobertura de garantia, de importantes isenções de responsabilidade e limitações dos danos e outras
informações afins. Leia atenciosamente estas informações importantes.
A descrição e especificações aqui contidas já vigoravam no momento em que este manual foi aprovado e
impresso. A Mercury Marine, cuja política visa a melhoria contínua dos seus produtos, se reserva o direito de
interromper a fabricação de modelos a qualquer tempo, de alterar especificações, projetos, métodos ou
procedimentos sem incorrer na obrigação de avisos prévios.
Mercury Marine, Fond du Lac, Wisconsin - EUA

Mercury Premier Service


A Mercury avalia o desempenho dos serviços dos seus concessionários e atribui a classificação mais alta da
Mercury Premier àqueles que demonstram um compromisso excepcional com a qualidade dos seus serviços.
Para receber a classificação Mercury Premier, um concessionário tem que:
• Recebe uma pontuação de serviços CSI (Índice de Satisfação do Cliente) de 12 meses acima da
média nacional para serviços de garantia.
• Possui todas as ferramentas de serviço necessárias, equipamentos de teste, manuais e catálogos de
peças.
• Emprega pelo menos um técnico certificado ou de nível mestre.
• Prestar serviços dentro dos prazos para todos os clientes Mercury Marine.
• Oferecer horários estendidos e atendimento móvel, quando necessário.
• Usa, exibe e mantém um estoque adequado de peças de precisão originais Mercury.
• Tem instalações limpas e apresentáveis com ferramentas bem organizadas e literatura técnica de
referência.

Informações sobre marcas registradas e direitos autorais


© MERCURY MARINE. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução integral ou parcial sem
permissão.

por iii
Alpha, Axius, Bravo One, Bravo Two, Bravo Three, o logotipo do M no círculo com as ondas, K-planes,
Mariner, MerCathode, MerCruiser, Mercury, Mercury com logotipos das ondas, Mercury Marine, Mercury
Precision Parts, Mercury Propellers, Mercury Racing, MotorGuide, OptiMax, Quicksilver, SeaCore, Skyhook,
SmartCraft, Sport-Jet, Verado, VesselView, Zero Effort, Zeus, #1 On the Water e We're Driven to Win são
marcas registradas da Brunswick Corporation. Pro XS é uma marca comercial da Brunswick Corporation. A
Mercury Product Protection é uma marca de serviço registrada da Brunswick Corporation.

iv por
INFORMAÇÕES SOBRE GARANTIA

Registro da garantia............................................................................................................................................ 1
Transferência da Garantia.................................................................................................................................. 1
Transferência do plano de proteção de produto Mercury (Cobertura estendida de serviços) nos EUA e
Canadá............................................................................................................................................................... 2
Garantia Limitada de 3 anos Contra Corrosão................................................................................................... 2
Cobertura de Garantia e Exclusões.................................................................................................................... 3
Garantia limitada de emissões de acordo com a EPA dos EUA........................................................................ 5
Componentes do Sistema de Controle de Emissões......................................................................................... 5
Garantia Limitada de Emissões para o Estado da Califórnia............................................................................. 6
Explicação da California Air Resources Board sobre a sua Cláusula de Garantia do Controle de Emissão do
Estado da Califórnia............................................................................................................................................ 7
Etiqueta de Certificação de Emissão de Estrelas............................................................................................... 8
Política de garantia — Austrália e Nova Zelândia.............................................................................................. 9
Tabelas de garantia global de motores de popa e jatos................................................................................... 11

Informações gerais

Responsabilidades do dono do barco............................................................................................................... 16


Antes de Operar o Motor de Popa.................................................................................................................... 16
Capacidade de Potência do Barco................................................................................................................... 16
Operações de Barcos de Alta Velocidade e de Alto Desempenho................................................................... 17
Escolha da Hélice............................................................................................................................................. 17
Motores de Popa com Controle Remoto .......................................................................................................... 19
Aviso sobre a Direção Remota......................................................................................................................... 19
Interruptor de desligamento por corda.............................................................................................................. 20
Proteção de pessoas na água.......................................................................................................................... 22
Mensagem de Segurança para os Passageiros ‑ Barcaças com Hélice e Barcos com Tombadilho............... 23
Saltar Ondas e Esteiras.................................................................................................................................... 24
Colisão com perigos submersos....................................................................................................................... 25
Emissões do escape......................................................................................................................................... 26
Seleção de acessórios para o seu motor de popa............................................................................................ 27
Recomendações de Segurança do Barco........................................................................................................ 27
Registro do número de série............................................................................................................................. 30
Especificações.................................................................................................................................................. 30
Identificação dos componentes........................................................................................................................ 31

Transporte

Reboque do Barco/Motor de Popa................................................................................................................... 32

por v
Combustível e óleo

Recomendações de combustível...................................................................................................................... 33
Aditivos de Combustível................................................................................................................................... 34
Exigências da mangueira de combustível de baixa permeabilidade ............................................................... 34
Requisitos do tanque de combustível portátil pressurizado EPA..................................................................... 34
Requisitos da válvula de demanda de combustível (FDV)............................................................................... 34
Tanque de combustível portátil pressurizado da Mercury Marine.................................................................... 34
Como Encher o Tanque de Combustível.......................................................................................................... 36
Recomendações de Óleo do Motor.................................................................................................................. 36
Como Verificar e Adicionar Óleo no Motor....................................................................................................... 37

Recursos e controles

Recursos do Controle Remoto.......................................................................................................................... 39


Sistema de advertência.................................................................................................................................... 39
Compensador e Sistema de Inclinação Hidráulicos......................................................................................... 41

Operação

Inspeção Diária Importante Antes de Cada Uso .............................................................................................. 44


Lista de Verificação Pré‑partida........................................................................................................................ 44
Operação em Temperaturas de Congelamento............................................................................................... 44
Operação em Água salgada ou Poluída........................................................................................................... 45
Operação em Regiões Elevadas...................................................................................................................... 45
Efeitos da elevação e clima sobre o desempenho........................................................................................... 45
Ajuste do Ângulo de Inclinação enquanto o Motor está à Velocidade de Marcha Lenta.................................. 46
Operação em Águas Rasas.............................................................................................................................. 46
Procedimento de amaciamento do motor......................................................................................................... 46
Como dar partida no motor............................................................................................................................... 46
Mudança de Marcha......................................................................................................................................... 49
Desligamento do motor..................................................................................................................................... 50

vi por
Manutenção

Cuidados com o Motor de Popa....................................................................................................................... 51


Regulamentos sobre Emissões da Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA).................... 51
Cronograma de inspeção e manutenção.......................................................................................................... 52
Adesivo da programação de manutenção (150 FourStroke)............................................................................ 54
Como Lavar o Sistema de Arrefecimento......................................................................................................... 55
Remoção e instalação da tampa superior........................................................................................................ 56
Cuidados de Limpeza para as Tampas Superior e Inferior.............................................................................. 56
Cuidados de Limpeza para a Cabeça do Motor (Uso em Água Salgada)........................................................ 57
Inspeção da Bateria ......................................................................................................................................... 57
Sistema de combustível.................................................................................................................................... 57
Ânodo de proteção contra de corrosão............................................................................................................. 59
Substituição da hélice....................................................................................................................................... 60
Inspeção e substituição da vela de ignição...................................................................................................... 63
Substituição de fusíveis.................................................................................................................................... 65
Inspeção da Correia de Tração do Alternador.................................................................................................. 66
Pontos de lubrificação....................................................................................................................................... 67
Verificação do Fluido de Compensação Hidráulica.......................................................................................... 69
Troca de óleo do motor .................................................................................................................................... 70
Lubrificação da caixa de câmbio....................................................................................................................... 72

Armazenamento

Preparação para armazenamento.................................................................................................................... 75


Como Proteger os Componentes Externos do Motor de Popa......................................................................... 75
Como proteger os componentes internos do motor.......................................................................................... 76
Caixa de câmbio............................................................................................................................................... 76
Posicionamento do motor de popa para o armazenamento............................................................................. 76
Armazenamento da bateria............................................................................................................................... 76

Solução de problemas

O Motor de Arranque não Aciona o Motor........................................................................................................ 77


O motor não liga............................................................................................................................................... 77
O motor funciona erraticamente....................................................................................................................... 77
Perda de Rendimento....................................................................................................................................... 78
A Bateria não Retém Carga.............................................................................................................................. 78

Assistência de serviço ao proprietário

Assistência Técnica.......................................................................................................................................... 79
Solicitação de Manuais Técnicos...................................................................................................................... 81

por vii
Instalação do motor de popa

Peças de Montagem do Motor Validadas pela Mercury Marine....................................................................... 82


Montagem aceitável de acessórios no suporte da abraçadeira do gio............................................................. 82
Informações importantes.................................................................................................................................. 85
Capacidade de Potência do Barco................................................................................................................... 85
Proteção contra arranque com o motor engrenado.......................................................................................... 86
Sistema de combustível.................................................................................................................................... 86
Especificações de Instalação............................................................................................................................ 89
Como Levantar o Motor de Popa...................................................................................................................... 90
Remoção do Suporte de Transporte................................................................................................................. 90
Cabo de direção – Cabo instalado no lado de estibordo.................................................................................. 91
Fixadores das Hastes de Articulação da Direção (se equipado)...................................................................... 92
Como Determinar a Altura Máxima de Montagem Recomendada do Motor de Popa...................................... 93
Como Fazer os Furos de Montagem do Motor de Popa................................................................................... 94
Fixação do motor de popa ao gio..................................................................................................................... 95
Cabos elétricos, mangueira de combustível e de controle............................................................................... 99

Registro de manutenção

........................................................................................................................................................................ 110

viii por
INFORMAÇÕES SOBRE GARANTIA
Registro da garantia
ESTADOS UNIDOS E CANADÁ
Para que possa estar coberto pela garantia, o produto deve estar registrado com a Mercury Marine.
No momento da venda, o concessionário deverá preencher o registro de garantia e enviá-lo imediatamente a
Mercury Marine, pelo MercNET, por e-mail, ou por carta. A Mercury Marine gravará o registro da garantia
quando o receber.
Seu concessionário deve lhe fornecer uma cópia do registro da garantia.
NOTA: As listas de registro devem ser mantidas pela Mercury Marine e por qualquer concessionário de
produtos marítimos vendidos nos Estados Unidos, no caso de uma notificação de rechamada nos termos do
Federal Safety Act (Ato Federal de Segurança).
Você pode alterar seu endereço registrado a qualquer momento, inclusive na ocasião do pedido de
pagamento de garantia, ligando para a Mercury Marine ou enviando uma carta ou um fax com o seu nome,
endereço antigo e o novo e também o número de série do motor, para o departamento de registro de
garantia da Mercury Marine. Seu concessionário também pode processar a alteração dessas informações.
Mercury Marine
A/C: Warranty Registration Department
W6250 W. Pioneer Road
P.O. Box 1939
Fond du Lac, WI 54936-1939
920-929-5054
Fax +1 920 907 6663

FORA DOS ESTADOS UNIDOS E CANADÁ


Para produtos comprados fora dos Estados Unidos e Canadá, entre em contato com o distribuidor no seu
país ou com o Centro de Manutenção da Marine Power mais próximo.

Transferência da Garantia
ESTADOS UNIDOS E CANADÁ
A garantia limitada pode ser transferida ao comprador subsequente, mas apenas pelo tempo restante não
utilizado da garantia limitada. Isso não se aplica aos produtos usados para aplicações comerciais.
Para transferir a garantia ao proprietário subsequente, envie ou mande por fax uma cópia da nota fiscal ou
do contrato de compra, nome do novo proprietário, endereço e o número de série do motor para o
departamento de registro de garantia da Mercury Marine. Nos Estados Unidos e Canadá, envie os
documentos indicados acima para:
Mercury Marine
A/C: Warranty Registration Department
W6250 W. Pioneer Road
P.O. Box 1939
Fond du Lac, WI 54936-1939
920-929-5054
Fax +1 920 907 6663
Durante o processamento da transferência da garantia a Mercury Marine registrará as informações do novo
usuário.
Não serão cobradas quaisquer despesas por esses serviços.

FORA DOS ESTADOS UNIDOS E CANADÁ


Para produtos comprados fora dos Estados Unidos e Canadá, entre em contato com o distribuidor no seu
país ou com o Centro de Manutenção da Marine Power mais próximo.

por 1
INFORMAÇÕES SOBRE GARANTIA
Transferência do plano de proteção de produto Mercury (Cobertura
estendida de serviços) nos EUA e Canadá
O restante do período de cobertura do Plano de Proteção do Produto pode ser transferido ao comprador
subsequente do motor dentro de trinta (30) dias da data da venda. Os contratos que não forem transferidos
dentro de trinta (30) dias da compra subsequente não serão mais válidos e o produto não terá direito de
cobertura sob os termos do contrato.
Para transferir ao proprietário subsequente, entre em contato com a Mercury Product Protection ou com um
concessionário autorizado para receber um formulário de Solicitação de Transferência. Envie um recibo/nota
de venda, um formulário de Solicitação de Transferência e um cheque de $50.00 (por motor) para pagar as
despesas de transferência à Mercury Product Protection.
A cobertura do plano não pode ser transferida de um produto para outro nem para aplicativos que não sejam
elegíveis.
Os planos de motores usados certificados não são transferíveis.
Para obter ajuda ou assistência, entre em contato com o Departamento de Proteção ao Produto da Mercury,
pelo telefone 1-888-427-5373 das 7:30 às 16:30 (Horário da Região Central dos Estados Unidos), de
segunda a sexta-feira, ou pelo e-mail mpp_support@mercmarine.com.

Garantia Limitada de 3 anos Contra Corrosão


O QUE É COBERTO: A Mercury Marine garante que todos os motores novos Mercury, Mariner, Motores de
popa Mercury Racing, Sport Jet, M2 Jet Drive, Tracker by Mercury Marine Outboard, MerCruiser Inboard ou
Sterndrive (doravante denominados apenas como Produto) não apresentarão avarias causadas por corrosão
dentro do período de tempo abaixo descrito.
DURAÇÃO DA COBERTURA: A presente garantia limitada contra corrosão oferece uma cobertura por três
anos (3) a partir da data da venda inicial do produto, ou da data em que o produto foi colocado em serviço
pela primeira vez, o que ocorrer primeiro. O reparo ou substituição de peças ou a realização de manutenção
sob os termos desta garantia não estendem a duração da garantia para além da data de vencimento original.
A cobertura da garantia não vencida pode ser transferida ao comprador subsequente (para uso não
comercial) desde que o produto seja devidamente registrado outra vez.
CONDIÇÕES QUE DEVEM SER SATISFEITAS PARA SE OBTER A COBERTURA DA GARANTIA: A
cobertura da garantia está disponível somente para os clientes de varejo que comprarem de um Revendedor
autorizado pela Mercury Marine a distribuir o produto no país em que a venda ocorreu, e somente após o
processo de inspeção de pré-entrega ter sido completado e documentado. A cobertura da garantia torna-se
disponível depois de o produto ser devidamente registrado por um revendedor autorizado. Os dispositivos de
prevenção contra corrosão especificados no Manual de Operação e Manutenção devem ser utilizados no
barco. As manutenções indicadas no Manual de Operação e Manutenção devem ser realizadas regularmente
(incluindo, entre outros, a substituição dos ânodos de sacrifício, o uso dos lubrificantes especificados e o
retoque de mossas e arranhões) a fim de manter a cobertura da garantia. A Mercury Marine se reserva o
direito de condicionar a cobertura de garantia à devida comprovação de manutenção.
O QUE A MERCURY FARÁ: A obrigação única e exclusiva da Mercury Marine nos termos desta garantia
limita-se, conforme nosso critério, ao reparo da peça corroída, à substituição de tal peça ou peças por peças
novas ou refabricadas e certificadas pela Mercury Marine, ou ao ressarcimento do valor de compra do
produto Mercury Marine. A Mercury Marine se reserva o direito de aperfeiçoar ou de modificar os produtos
sem incorrer na obrigação de modificar os produtos fabricados anteriormente.

2 por
INFORMAÇÕES SOBRE GARANTIA
COMO OBTER A COBERTURA DA GARANTIA: Para o serviço em garantia, o cliente deve dar à Mercury
Marine um prazo razoável para o conserto e permitir acesso adequado ao produto. Nos pedidos de conserto
durante o período de garantia, o produto deve ser entregue para inspeção a um concessionário da Mercury
Marine autorizado a consertar o produto. Se não puder entregar o produto ao concessionário, o comprador
deve apresentar um aviso por escrito à Mercury Marine. A Mercury Marine providenciará a inspeção e todos
os consertos cobertos pela garantia. O comprador, neste caso, deverá pagar todas as despesas de
transporte e tempo de viagem. Se a assistência técnica prestada não for coberta por esta garantia, o
comprador arcará com todas as despesas relacionadas ao material e à mão-de-obra e a quaisquer outras
despesas associadas a esse serviço. A não ser que solicitado pela Mercury Marine, o comprador não deve
enviar diretamente o produto ou suas peças. Por ocasião da solicitação dos serviços da garantia, para obter
a cobertura, o comprador deve apresentar um comprovante de registro de propriedade ao revendedor.
O QUE NÃO É COBERTO: Esta garantia limitada não cobre a corrosão do sistema elétrico; a corrosão
resultante de danos, a corrosão que cause danos cosméticos apenas, abuso ou manutenção incorreta; a
corrosão de acessórios, instrumentos, sistema de direção; a corrosão de unidades de tração a jato instaladas
na fábrica; danos causados pelo crescimento de organismos marinhos; produto vendido com menos de um
ano de garantia limitada do Produto; peças de reposição (peças compradas pelo cliente); produtos usados
em atividades comerciais. Define-se "uso comercial" como todo uso do produto relacionado com o trabalho
ou emprego, assim como qualquer uso do produto que gere renda, por qualquer parcela do prazo de
garantia, ainda que o produto seja utilizado apenas ocasionalmente para tais finalidades.
Os danos de corrosão causados por correntes elétricas de dispersão (conexões de alimentação em terra,
barcos próximos, metal submerso) não são cobertos pela garantia de corrosão e devem ser evitados por
meio da utilização de um sistema de proteção contra corrosão, tal como o Mercury Precision Parts ou
Sistema Quicksilver MerCathode e/ou Isolador Galvânico. Os danos de corrosão causados pela aplicação
inadequada de tintas anti-incrustantes à base de cobre também não são cobertos por esta garantia limitada.
Se for necessária a aplicação de uma tinta anti-incrustante, recomenda-se a utilização de tintas à base de
TBTA (Adipato de Tributila de Estanho) nas aplicações em barcos com motores de popa Outboard e
MerCruiser. Nas áreas onde as tintas à base de TBTA forem proibidas por lei, podem ser utilizadas tintas à
base de cobre no casco e no gio. Não aplique tinta no motor de popa nem em produtos MerCruiser. Além
disso, deve-se ter cuidado para evitar interconexões elétricas entre o produto coberto pela garantia e a tinta.
Para produtos MerCruiser, deixe uma folga sem pintar de pelo menos 38 mm (1,5 pol.) à volta do conjunto do
gio. Consulte o Manual de Operação e Manutenção para obter detalhes adicionais.
Para obter informações adicionais relacionadas a eventos e circunstâncias cobertos ou não cobertos por esta
garantia, consulte a seção Cobertura da Garantia do Manual de Operação e Manutenção, incorporado para
referência nesta garantia.

EXONERAÇÕES E LIMITAÇÕES DE RESPONSABILIDADE:


AS GARANTIAS IMPLÍCITAS DE COMERCIALIZAÇÃO E APTIDÃO PARA UMA FINALIDADE
PARTICULAR SÃO EXPRESSAMENTE REJEITADAS. SE NÃO PUDEREM SER REJEITADAS, AS
GARANTIAS IMPLÍCITAS ESTÃO LIMITADAS EM DURAÇÃO PELA DURAÇÃO DA GARANTIA
EXPRESSA. DANOS INCIDENTAIS E CONSEQUENCIAIS NÃO SÃO COBERTOS POR ESTA
GARANTIA. ALGUNS ESTADOS/PAÍSES NÃO PERMITEM AS EXONERAÇÕES, LIMITAÇÕES E
EXCLUSÕES IDENTIFICADAS ACIMA, PORTANTO ESTAS PODEM NÃO SE APLICAR AO SEU CASO.
ESTA GARANTIA LHE CONCEDE DIREITOS LEGAIS ESPECÍFICOS E VOCÊ PODE TER OUTROS
DIREITOS QUE VARIAM DE ESTADO PARA ESTADO E DE PAÍS PARA PAÍS.

Cobertura de Garantia e Exclusões


A finalidade desta seção é ajudar a eliminar alguns dos mal-entendidos mais comuns no que se refere à
cobertura da garantia. As informações a seguir explicam alguns dos tipos de serviços que não são cobertos
pela garantia. As disposições definidas a seguir foram incorporadas por referência na Garantia Limitada de
Três Anos Contra Falhas por Corrosão, na Garantia Limitada Internacional do Motor de Popa e na Garantia
Limitada do Motor de Popa dos EUA e do Canadá.
Lembre-se de que a garantia cobre os reparos de avarias causadas por defeitos de material e de mão-de-
obra dentro do período de garantia. Erros de instalação, acidentes, desgaste normal e várias outras causas
que afetam o produto não são cobertos pela garantia.

por 3
INFORMAÇÕES SOBRE GARANTIA
A garantia se limita a defeitos de material ou de mão-de-obra, mas somente quando a venda ao consumidor
é realizada em um país no qual a distribuição do produto é autorizada por nós.
Em caso de dúvidas sobre a cobertura da garantia, entre em contato com seu revendedor autorizado. Ele
terá prazer em responder quaisquer dúvidas que você tenha.

EXCLUSÕES GERAIS DA GARANTIA


1. Pequenos ajuste e regulagens, incluindo verificação, limpeza ou ajuste das velas de ignição, dos
componentes de ignição, regulagens do carburador, filtros, correias, controles, e verificação da
lubrificação feita em conexão com serviços normais.
2. Unidades de tração a jato instaladas em fábricas - As peças específicas excluídas da garantia são: o
impulsor da tração a jato e a camisa da tração a jato danificados por impacto ou desgaste, e os
rolamentos do eixo propulsor danificados pela água devido à manutenção inadequada.
3. Danos causados por negligência, falta de manutenção, acidente, operação anormal, ou instalação ou
serviços inadequados.
4. Despesas de retirada, de lançamento e de reboque; remoção e/ou substituição de compartimentos ou
materiais do barco devido a sua configuração, a fim de permitir o acesso necessário ao produto; todas
as despesas relacionadas ao transporte e/ou tempo de viagem, etc. O proprietário deve fornecer
acesso adequado ao produto para que os serviços da garantia possam ser efetuados. O cliente deve
entregar o produto a um revendedor autorizado.
5. Serviços de assistência técnica adicionais solicitados pelo cliente, além dos necessários para cumprir
com as obrigações da garantia.
6. Trabalhos realizados por outro que não seja um revendedor autorizado podem ser cobertos somente
sob as seguintes circunstâncias: quando realizados em caráter de emergência (desde que não haja
nenhum revendedor autorizado na área que possa realizar o trabalho necessário ou que não tenha
meios de retirar o barco da água, etc. e desde que a autorização prévia de fábrica tenha sido
concedida para que o trabalho seja realizado nesse local).
7. Todos os danos imprevistos e/ou emergentes (despesas de armazenamento, de telefone, de aluguel
ou de qualquer outro tipo; inconveniência ou perda de tempo ou de rendimentos) são de
responsabilidade do proprietário.
8. Uso de peças que não sejam Mercury Precision ou Quicksilver ao fazer os reparos de garantia.
9. Troca de óleos, lubrificantes ou fluidos como parte da manutenção normal é de responsabilidade do
cliente, a menos que a perda ou contaminação deles tenha sido causada por uma falha do produto
que possa ser coberta pela garantia.
10. Participação ou preparação para corrida ou outra atividade competitiva ou operação com uma rabeta
do tipo de corrida.
11. Ruídos do motor não indicam necessariamente um problema grave no motor. Se o diagnóstico indicar
um problema interno grave do motor que possa resultar em uma falha, a condição responsável pelos
ruídos deve ser corrigida sob a garantia.
12. Danos na rabeta e/ou hélice causados por colisão com objetos submersos são considerados um risco
marítimo.
13. Entrada de água no motor através da entrada de combustível, da admissão de ar ou do sistema de
escape ou submersão.
14. Falha de quaisquer peças causada por falta de água de resfriamento, provocada pela partida do motor
fora da água, obstrução dos orifícios de entrada por materiais estranhos, montagem muito alta ou
compensação excessivamente para fora do motor .
15. Uso de combustíveis e lubrificantes que não sejam adequados para utilização com ou no produto.
Consulte a seção Manutenção .
16. Nossa garantia limitada não se aplica a quaisquer danos nos nossos produtos causados pela
instalação ou uso de peças e acessórios que não são fabricados nem vendidos por nós. Falhas que
não estejam relacionadas com o uso dessas peças ou acessórios são cobertas pela garantia se
estiverem em conformidade com os termos da garantia limitada para aquele produto.

4 por
INFORMAÇÕES SOBRE GARANTIA
Garantia limitada de emissões de acordo com a EPA dos EUA
Nos termos das obrigações criadas pela 40 CFR Parte 1045, Subparte B, a Mercury Marine fornece uma
garantia de cinco anos ou 175 horas de uso do motor, o que ocorrer primeiro, para o comprador de varejo, de
que o motor foi projetado, fabricado e equipado para estar de acordo, no momento da venda, com os
regulamentos aplicáveis da seção 213 do Clean Air Act (Lei do Ar Puro) e de que o motor está livre de
defeitos materiais e de mão-de-obra que possam impedir que o motor funcione de acordo com os
regulamentos aplicáveis. Essas garantia relativa a emissões cobre todos os componentes indicados em
Componentes do Sistema de Controle de Emissões.

Componentes do Sistema de Controle de Emissões


A garantia relacionada a emissões EPA e da Califórnia cobre todos os itens da seguinte lista de
componentes:

COMPONENTES DO SISTEMA DE CONTROLE DE EMISSÕES:


1. Sistema de medição de combustível
a. Carburador e peças internas (e/ou regulador de pressão ou sistema de injeção de combustível)
b. Sistema auxiliar de partida em tempo frio
c. Válvulas de admissão
2. Sistema de indução de ar
a. Tubo de distribuição de admissão
b. Sistemas do turbocompressor ou supercompressor (onde for aplicável)
3. Sistema de ignição
a. Velas de ignição
b. Magneto ou sistema de ignição eletrônica
c. Sistema de aceleração/retardamento de faíscas das velas
d. Bobina de ignição e/ou módulo de controle
e. Fios de ignição
4. Sistema de Lubrificação (motores de 4 tempos excluídos)
a. Peças internas e da bomba de óleo
b. Injetores de óleo
c. Medidor de óleo
5. Sistema de escapamento
a. Tubo de distribuição do escapamento
b. Válvulas de escape
6. Itens diversos usados nos sistemas acima
a. Mangueiras, braçadeiras, pontos de lubrificação, tubulação, juntas ou dispositivos de vedação e
peças de montagem
b. Polias, correias e polias loucas
c. Válvulas e interruptores sensíveis ao vácuo, temperatura, retenção e sincronização
d. Controles eletrônicos
A garantia relativa às emissões não cobre os componentes cuja falha não aumentaria as emissões do motor
em qualquer poluente regulamentado.

por 5
INFORMAÇÕES SOBRE GARANTIA
Garantia Limitada de Emissões para o Estado da Califórnia
A California Air Resources Board (Associação de Recursos do Ar da Califórnia) promulgou os regulamentos
de emissões de ar para os motores de popa. Os regulamentos se aplicam a todos os motores de popa
vendidos aos consumidores na Califórnia e que foram fabricados a partir do ano 2001. A Mercury Marine, em
conformidade com esses regulamentos, fornece essa garantia limitada para sistemas de controle de
emissões (veja os componentes listados em Componentes do Sistema de Controle de Emissões) e garante
ainda que o motor de popa foi projetado, fabricado e equipado de acordo com todos os regulamentos
aplicáveis adotados pela Associação de Recursos do Ar da Califórnia conforme sua autoridade nos Capítulos
1 e 2, Parte 5, Divisão 26 do Código de Saúde e Segurança. Para obter informações relacionadas à garantia
limitada para os componentes não relacionados às emissões do motor de popa, por favor, consulte a
cláusula de garantia limitada do motor de popa.
O QUE É COBERTO: A Mercury Marine oferece garantia para os componentes dos sistemas de controle de
emissões (consulte os componentes listados em Componentes do Sistema de Controle de Emissões) dos
motores de popa novos e fabricados a partir do ano de 2001, vendidos por um concessionário na Califórnia
para clientes de varejo residentes na Califórnia, estão livres de defeitos materiais ou de mão-de-obra, que
causem os defeitos de uma peça garantida que seja idêntica em todos os aspectos materiais àquela peça
conforme descrito no pedido da Mercury Marine para certificação pela California Air Resources Board
(Associação de Recursos do Ar da Califórnia), para o período de tempo, e sob as condições identificadas
abaixo. O custo para diagnosticar um defeito de garantia é coberto pela garantia (se o pedido de garantia for
aprovado). Os danos a outros componentes do motor causados pelo defeito de uma peça coberta pela
garantia também serão pagos nos termos desta garantia.
DURAÇÃO DA COBERTURA: Esta garantia limitada fornece cobertura para os componentes dos sistemas
de controle de emissões dos motores de popa novos, fabricados a partir do ano 2001, vendidos a clientes de
varejo na Califórnia, por quatro (4) anos contados a partir da data da venda inicial ou da data de colocação
em serviço, o que ocorrer primeiro, ou do acúmulo de 250 horas de funcionamento do motor (a ser
determinado pelo horímetro, se houver um). Os itens de manutenção normal relacionados ao sistema de
emissão, como as velas de ignição e filtros, que não estão na lista de peças cobertas pela garantia, são
garantidos apenas até o final do primeiro intervalo de substituição obrigatório. Consulte a seção
Programação de Manutenção e Componentes do Sistema de Controle de Emissões. O reparo ou
substituição de peças ou a realização de manutenção sob os termos desta garantia, não estendem a
duração da garantia para além da data de vencimento original. A cobertura da garantia não vencida pode ser
transferida ao comprador subsequente. (Consulte as instruções sobre a transferência da garantia).
COMO OBTER A COBERTURA DA GARANTIA: É necessário que o cliente ofereça à Mercury uma
oportunidade razoável para o conserto e o acesso adequado ao produto para o serviço de garantia. Nos
pedidos de reparo durante o período de garantia, o produto deve ser entregue para inspeção a um
concessionário autorizado pela Mercury Marine para consertar o produto. Se não puder entregar o produto a
tal concessionário, o comprador deve notificar a Mercury Marine, e a Mercury providenciará a inspeção e
qualquer peça coberta pela garantia. Nesse caso, o comprador arcará com todas as despesas relacionadas
ao transporte e/ou tempo de viagem. Se a assistência técnica prestada não for coberta por esta garantia, o
comprador arcará com todas as despesas relacionadas ao material e à mão-de-obra e a quaisquer outras
despesas associadas a esse serviço. A não ser que solicitado pela Mercury Marine, o comprador não lhe
deve enviar diretamente o produto ou suas peças.
O QUE A MERCURY FARÁ: A única e exclusiva obrigação da Mercury Marine nos termos desta garantia
está limitada, à nossa discrição e despesa, a consertar ou substituir as peças com defeito por peças novas
ou refabricadas certificadas pela Mercury Marine, ou reembolsar o preço pago pelo produto da Mercury. A
Mercury se reserva o direito de aperfeiçoar ou de modificar os produtos eventualmente, sem assumir a
obrigação de modificar os produtos fabricados anteriormente.
O QUE NÃO É COBERTO: Esta garantia limitada não cobre os itens de manutenção de rotina, regulagens,
ajustes, desgaste e estragos normais, os danos causados por abuso, utilização anormal, a utilização de uma
hélice ou relação de marchas que não permita que o motor funcione dentro da faixa de RPMs de aceleração
máxima recomendada (consulte Informações Gerais - Especificações), operação do produto de maneira
inconsistente com os procedimentos de operação recomendados, negligência, acidente, submersão,
instalação incorreta (as especificações e técnicas de instalação corretas estão definidas nas instruções de
instalação do produto), manutenção inadequada, hélices de bomba a jato e revestimentos, operação com
combustíveis, óleos ou lubrificantes não adequados para o uso com o produto (consulte Combustível e óleo),
alterações ou remoção de peças.

6 por
INFORMAÇÕES SOBRE GARANTIA
As despesas relativas à retirada da água, lançamento na água, reboque, armazenamento, telefonemas,
aluguel, inconveniência, taxas de embarcadouro, cobertura de seguro, pagamentos de empréstimos, perda
de tempo, lucros cessantes ou qualquer outro tipo de danos fortuitos ou indiretos não são cobertos por esta
garantia. Além disso, despesas associadas à remoção e/ou substituição de seções ou material do barco
devido a projetos náuticos para permitir o acesso ao produto não são cobertas por esta garantia.
A manutenção, substituição, ou conserto dos dispositivos e sistemas de controle de emissão não cobertos
pela garantia podem ser executados por qualquer estabelecimento ou indivíduo especializado em reparos de
motores marítimos. A utilização de peças que não sejam da Mercury para manutenção ou reparos que não
cobertos pela garantia não serão condições para negar outro trabalho de garantia. O uso de peças adicionais
(como definidas na seção 1900 (b)(1) e (b)(10) do Título 13 dos Regulamentos do Código da Califórnia) ou
modificadas não isentas pela California Air Resources Board pode ser condição para negar um pedido de
garantia, à discrição da Mercury Marine. Os defeitos de peças cobertas pela garantia causados pelo uso de
peças adicionais ou modificadas não isentas não serão cobertos pela garantia.

ISENÇÕES DE RESPONSABILIDADES E LIMITAÇÕES


AS GARANTIAS IMPLÍCITAS DE COMERCIALIZAÇÃO E APTIDÃO PARA UMA FINALIDADE
PARTICULAR SÃO EXPRESSAMENTE REJEITADAS. SE NÃO PUDEREM SER REJEITADAS, AS
GARANTIAS IMPLÍCITAS ESTÃO LIMITADAS EM DURAÇÃO PELA DURAÇÃO DA GARANTIA
EXPRESSA. DANOS INCIDENTAIS E CONSEQUENCIAIS NÃO SÃO COBERTOS POR ESTA
GARANTIA. ALGUNS ESTADOS/PAÍSES NÃO PERMITEM AS EXONERAÇÕES, LIMITAÇÕES E
EXCLUSÕES IDENTIFICADAS ACIMA, PORTANTO ESTAS PODEM NÃO SE APLICAR AO SEU CASO.
ESTA GARANTIA LHE CONCEDE DIREITOS LEGAIS ESPECÍFICOS E VOCÊ PODE TER OUTROS
DIREITOS QUE VARIAM DE ESTADO PARA ESTADO E DE PAÍS PARA PAÍS.

Se tiver perguntas relativamente aos seus direitos e responsabilidade de garantia, contate a Mercury Marine
através do telefone 1-920-929-5040.

Explicação da California Air Resources Board sobre a sua Cláusula


de Garantia do Controle de Emissão do Estado da Califórnia
SEUS DIREITOS E OBRIGAÇÕES DE GARANTIA: A California Air Resources Board tem o prazer de
explicar a garantia do sistema de controle de emissão do seu motor de popa ano modelo 2014-2015. No
Estado da Califórnia, os novos motores popa devem ser projetados, fabricados e equipados para satisfazer
os padrões de níveis de emissão rigorosos do Estado. A Mercury Marine deve garantir o sistema de controle
de emissão do seu motor de popa pelos períodos indicados abaixo desde que não ocorram abuso,
negligência nem a manutenção inadequada do seu motor de popa.
Seu sistema de controle de emissão pode incluir peças como o carburador ou sistema de injeção de
combustível, o sistema de ignição e o conversor catalítico. Podem estar incluídos também: Mangueiras,
correias, conectores e outros conjuntos relacionados ao sistema de emissão.
Onde quer que exista uma condição coberta pela garantia, a Mercury Marine consertará o seu motor de popa
sem que isto represente qualquer despesa para você, incluindo diagnóstico, peças e mão-de-obra.
COBERTURA DE GARANTIA DO FABRICANTE: Algumas peças do controle de emissão dos motores de
popa fabricados a partir de 2001 são garantidas por quatro (4) anos, ou por 250 horas de uso, o que ocorrer
primeiro. Entretanto, a cobertura da garantia com base no período de horas é permitida apenas para motores
de popa e embarcações pessoais equipados com horímetros, conforme definido em s 2441 (a)(13) ou
equivalente. Caso qualquer peça do seu motor, relacionada à emissão de gases, apresente defeito no
período da garantia, a peça será consertada ou trocada pela Mercury Marine.
RESPONSABILIDADES DE GARANTIA DO PROPRIETÁRIO: Como proprietário do motor de popa, você é
responsável pela realização das manutenções necessárias indicadas na seção Manutenção do manual. A
Mercury Marine recomenda que você guarde os recibos relativos à manutenção do seu motor de popa,
contudo a Mercury Marine não pode recusar um pedido de garantia exclusivamente na falta de recibos ou
pelo proprietário não ter assegurado a realização das manutenções programadas.
Como proprietário de um motor de popa, você deve, contudo, estar ciente de que a Mercury Marine pode
recusar o seu pedido de cobertura de garantia se o seu motor de popa ou uma peça apresentar defeito
devido a abuso, negligência, manutenção inadequada ou modificações não aprovadas.

por 7
INFORMAÇÕES SOBRE GARANTIA
Você é responsável por apresentar o seu motor de popa ao concessionário Mercury autorizado para reparos
tão logo ocorra um problema. Os reparos de garantia serão realizados dentro de um espaço de tempo
razoável, sem exceder 30 dias.
Se tiver perguntas relativamente aos seus direitos e responsabilidade de garantia, contate a Mercury Marine
através do telefone 1-920-929-5040.

Etiqueta de Certificação de Emissão de Estrelas


Os motores de popa estão etiquetados na cobertura com uma das seguintes etiquetas de estrelas.
O símbolo para motores marítimos mais limpos significa:
Água e ar mais limpos - para um estilo de vida e ambiente mais saudáveis.
Melhor economia de combustível - queima até 30 a 40 por cento menos gasolina e óleo que os motores de
dois tempos com carburador, economizando dinheiro e recursos.
Garantia mais longa para emissão - protege o consumidor para um funcionamento livre de preocupações.

Uma Estrela - Baixa Emissão


A etiqueta de uma estrela identifica os motores que satisfazem os
padrões de emissão de escapamento 2001 da Air Resources Board. Os
motores que satisfazem estes padrões produzem 75% menos poluentes
que os motores de dois tempos com carburador normais. Esses
22531
motores são equivalentes às normas de 2006 do U.S. EPA para
motores marítimos.
Duas Estrelas - Emissão Muito Baixa

A etiqueta de duas estrelas identifica os motores que satisfazem os


padrões de emissão de escapamento 2004 de Embarcações Pessoais
e Motores Marítimos de Popa da Air Resources Board. Os motores que
atendem a essas normas produzem 20% menos emissões que os
42537 motores de Uma Estrela - Baixa Emissão.

Três Estrelas - Emissão Ultra Baixa

A etiqueta de três estrelas identifica os motores que satisfazem os


padrões de emissão de escapamento 2008 de Embarcações Pessoais
e Motores Marítimos de Popa, ou os padrões de emissão de
escapamento 2003-2008 de motores marítimos de rabeta e de bordo da
Air Resources Board. Os motores que atendem a essas normas
42538 produzem 65% menos emissões que os motores de Uma Estrela -
Baixa Emissão.

Quatro Estrelas - Emissão Super Ultra Baixa


A etiqueta com quatro estrelas identifica os motores que atendem às
normas de emissão de escapamento 2009 para motores internos e
unidade de tração de popa marítimos da Air Resources Board. Os
motores marítimos de popa e embarcações pessoais também devem
obedecer essas normas. Os motores que atendem a essas normas
42539 produzem 90% menos emissões que os motores de Uma Estrela -
Baixa Emissão.

8 por
INFORMAÇÕES SOBRE GARANTIA
Política de garantia — Austrália e Nova Zelândia
GARANTIA LIMITADA DE MOTORES DE POPA MERCURY/MARINER –
POLÍTICA DA AUSTRÁLIA E NOVA ZELÂNDIA
Essa garantia limitada é fornecida pela Marine Power International Pty Ltd ACN 003 100 007 of 41–71
Bessemer Drive, Dandenong South, Victoria 3175 Austrália (telefone (61) (3) 9791 5822) e-mail:
merc_info@mercmarine.com.

O que é coberto
A Mercury Marine garante que os produtos novos estão isentos de defeitos de material e de mão-de-obra
durante o período descrito abaixo. Os benefícios para o consumidor fornecidos pela garantia são adicionais
aos outros direitos e soluções do consumidor de acordo com a lei relativa aos bens ou serviços aos quais a
garantia se refere.

Garantias de acordo com a lei de consumidores da Austrália


Nossos bens vêm com garantias que não podem ser excluídas de acordo com as leis de consumidores da
Austrália. Você tem direito a uma substituição ou reembolso por uma falha importante e compensação por
qualquer outra perda ou dano razoavelmente previsível. Você também tem o direito de ter os bens reparados
ou substituídos caso não estejam com qualidade aceitável e a falha não corresponda a uma falha importante.

Período de garantia para uso recreativo


Esta Garantia Limitada oferece cobertura por três anos (3) a partir da data da venda inicial do produto de uso
recreativo para um comprador de varejo, ou da data em que o produto foi colocado em serviço pela primeira
vez, o que ocorrer primeiro. A cobertura da garantia não vencida pode ser transferida ao comprador
subsequente para uso recreativo mediante o registro adequado do produto.

Período de garantia para uso comercial


Os usuários comerciais deste produto recebem uma cobertura de garantia de acordo com esta Garantia
Limitada de um (1) ano a partir da data da primeira venda a varejo ou um (1) ano a partir da data em que o
produto foi colocado em serviço pela primeira vez, o que ocorrer primeiro. Define-se "uso comercial" como
todo uso do produto relacionado com o trabalho ou emprego, assim como, qualquer uso do produto que gere
renda, por qualquer parcela do prazo de garantia, ainda que o produto seja utilizado apenas ocasionalmente
para tais finalidades. A cobertura da garantia não vencida não pode ser transferida para um cliente de uso
comercial.

Condições Que Devem Ser Satisfeitas Para a Obtenção da Cobertura da Garantia


A cobertura da garantia de acordo com esta Garantia Limitada está disponível somente para os clientes de
varejo que comprarem de um Revendedor autorizado pela Mercury Marine a distribuir o produto no país em
que a venda ocorreu, e somente após o processo de inspeção de pré-entrega ter sido completado e
documentado. A cobertura da garantia torna-se disponível depois de o produto ser devidamente registrado
por uma concessionária autorizada. A Mercury Marine, a seu critério exclusivo, pode cancelar a garantia se
as informações de registro da garantia sobre a utilização recreativa forem incorretas ou se ocorrer mudança
subsequente de uso recreativo para comercial (a menos que o registro seja devidamente atualizado). Para
que a cobertura da garantia seja mantida, as manutenções de rotina descritas no Manual de Operação e
Manutenção devem ser executadas regularmente de acordo com o programa de manutenção. A Mercury
Marine se reserva o direito de condicionar a cobertura de garantia à devida comprovação de manutenção.

O que a Mercury fará


A única e exclusiva obrigação da Mercury Marine nos termos desta Garantia Limitada limita-se, conforme
nosso critério, ao reparo da peça defeituosa, à substituição de tal peça ou peças por peças novas ou
recondicionadas e certificadas pela Mercury Marine, ou ao reembolso do valor de compra do produto
Mercury Marine. A Mercury Marine se reserva o direito de aperfeiçoar ou de modificar os produtos sem
incorrer na obrigação de modificar os produtos fabricados anteriormente.

por 9
INFORMAÇÕES SOBRE GARANTIA
Como obter a cobertura da garantia de acordo com essa garantia limitada
Para o serviço em garantia, o cliente deve dar à Mercury Marine um prazo razoável para o conserto e
permitir acesso adequado ao produto. Nos pedidos de reparo durante o período de garantia, o produto deve
ser entregue para inspeção a um concessionário autorizado pela Mercury Marine para consertar o produto.
Há uma lista de concessionários e suas informações de contato disponível em www.mercurymarine.com.au.
Se não puder entregar o produto ao concessionário, o comprador deve apresentar um aviso por escrito à
Mercury Marine no endereço indicado acima. A Mercury Marine providenciará a inspeção e todos os
consertos cobertos pela garantia. Essa Garantia Limitada não dará cobertura ao comprador por todos os
custos de transporte e tempo de viagem correspondentes. Se o serviço fornecido não for coberto por esta
garantia limitada, o comprador pagará por todo o material e a mão de obra correspondentes e quaisquer
outras despesas associadas com o serviço, desde que o consumidor não seja obrigado a pagar no local em
que o serviço foi executado para compensar uma falha de uma garantia de qualidade aceitável vinculada à
Mercury Marine, de acordo com a Lei do consumidor australiano. A não ser que solicitado pela Mercury
Marine, o comprador não deve enviar diretamente o produto ou suas peças. Por ocasião da solicitação dos
serviços da garantia, para obter a cobertura, o comprador deve apresentar um comprovante de registro de
propriedade ao revendedor de acordo com esta garantia limitada.

O que não é coberto


Esta garantia limitada não cobre itens de manutenção de rotina, regulagens, ajustes, os desgastes normais
causados por abuso, uso indevido, uso de uma hélice ou relação de marchas que não permita ao motor
funcionar dentro da faixa de RPMs de aceleração máxima recomendada (consulte o Manual de Operação e
Manutenção), nem tão pouco cobre um produto operado de forma inconsistente com a seção de operação/
ciclo de atividade do Manual de Operação e Manutenção, negligência, acidente, imersão, instalação incorreta
(as especificações e técnicas de instalação corretas estão especificadas mais adiante nas instruções de
instalação para o produto). Esta garantia não cobre, ainda, a manutenção incorreta, o uso de um acessório
ou peça não fabricados nem vendidos por nós, hélices de bomba a jato e revestimentos, a operação com
combustíveis, óleos ou lubrificantes que não sejam adequados para serem utilizados com este produto
(consulte o Manual de Operação e Manutenção), alteração e remoção de peças, danos causados pela
entrada de água no motor através da admissão de combustível, entrada de ar ou sistema de escapamento,
nem danos causados ao produto por falta de água de arrefecimento causada pela obstrução do sistema de
arrefecimento por um corpo estranho, pelo funcionamento do motor sem água, pela montagem alta demais
do motor no gio, ou se o barco for colocado em funcionamento com o ajuste de compensação do motor feito
demais para fora. A utilização deste produto para corridas ou outras atividades competitivas, ou a operação
com uma unidade inferior do tipo de corrida, em qualquer momento, mesmo que por um proprietário anterior
do produto, anulará a garantia.
As despesas relativas à retirada da água, lançamento na água, reboque, armazenamento, telefonemas,
aluguel, inconveniência, taxas de embarcadouro, cobertura de seguro, pagamentos de empréstimos, perda
de tempo, lucros cessantes ou qualquer outro tipo de danos fortuitos ou indiretos não são cobertos por esta
garantia limitada. Além disso, despesas associadas à remoção e/ou substituição de seções ou material do
barco devido a projetos náuticos para permitir o acesso ao produto não são cobertas por esta garantia.
Nenhuma pessoa, física ou jurídica, incluindo os concessionários autorizados Mercury Marine, tem
autoridade para fazer qualquer declaração, representação ou garantia relacionada ao produto, além
daquelas contidas nesta garantia limitada; caso sejam feitas, não poderão ser executadas contra a Mercury
Marine. Para obter informações adicionais relacionadas a eventos e circunstâncias cobertos ou não cobertos
por esta garantia, consulte a seção Cobertura da Garantia do Manual de Operação e Manutenção,
incorporado para referência nesta garantia.

Despesas de reivindicação dessa garantia limitada


Essa garantia limitada não cobre nenhuma despesa que você possa ter ao reivindicar a garantia.

10 por
INFORMAÇÕES SOBRE GARANTIA
EXONERAÇÕES E LIMITAÇÕES DE RESPONSABILIDADE:
EXCETO PELAS GARANTIAS APLICÁVEIS OU OUTROS DIREITOS OU SOLUÇÕES QUE UM
CONSUMIDOR POSSA TER DE ACORDO COM A LEI DE CONSUMIDORES AUSTRALIANOS OU
OUTRAS LEIS RELATIVAS AOS PRODUTOS, AS GARANTIAS IMPLÍCITAS DE COMERCIABILIDADE E
ADEQUAÇÃO A UM FIM ESPECÍFICO SÃO EXPRESSAMENTE REJEITADAS. SE NÃO PUDEREM SER
REJEITADAS, AS GARANTIAS IMPLÍCITAS ESTÃO LIMITADAS EM DURAÇÃO PELA DURAÇÃO DA
GARANTIA EXPRESSA. DANOS INCIDENTAIS E CONSEQUENCIAIS NÃO SÃO COBERTOS POR
ESTA GARANTIA LIMITADA.

TRANSFERÊNCIA DE GARANTIA – POLÍTICA DA AUSTRÁLIA E NOVA


ZELÂNDIA
A garantia limitada pode ser transferida ao comprador subsequente, mas apenas pelo tempo restante não
utilizado da garantia limitada. Isso não se aplica aos produtos usados para aplicações comerciais.
Para transferir a garantia ao proprietário subsequente, envie ou mande por fax uma cópia da nota fiscal ou
do contrato de compra, nome do novo proprietário, endereço e o número de identificação do casco (HIN)
para o departamento de registro de garantia da Mercury Marine. Na Austrália e Nova Zelândia, envie a
correspondência para:

Mercury Marine
At: Warranty Registration Department
Brunswick Asia Pacific Group
Private Bag 1420
Dandenong South, Victoria 3164
Austrália

Depois do processamento da transferência de garantia, a Mercury Marine enviará a verificação do registro ao


novo comprador do produto pelo correio. Não serão cobradas quaisquer despesas por esses serviços.
Você pode mudar o seu endereço a qualquer momento, inclusive na ocasião do pedido de garantia,
telefonando para a Mercury Marine ou enviando uma carta ou fax com o seu nome, endereço antigo e novo e
o número de identificação do casco (HIN) para o departamento de registro de garantia da Mercury Marine.

Tabelas de garantia global de motores de popa e jatos


TABELAS DE GARANTIA DOS ESTADOS UNIDOS—MOTOR DE POPA E
JATO
Garantia contra
Garantia limitada
Produto corrosão limitada
padrão
padrão
FourStroke (2,5–350 hp incluindo Verado, Pro FourStroke
3 anos 3 anos
e motores de popa e jato)
OptiMax (75 – 250 cv incluindo Pro XS e motores de popa
3 anos 3 anos
e jato)
Propulsão a jato OptiMax (200 e 250 cv) 1 ano 3 anos

Produto de corrida
Garantia limitada padrão Garantia contra corrosão limitada padrão
(apenas uso recreativo)
OptiMax (250 XS) 2 anos 3 anos

por 11
INFORMAÇÕES SOBRE GARANTIA
Produto de corrida
Garantia limitada padrão Garantia contra corrosão limitada padrão
(apenas uso recreativo)
OptiMax (300 XS) 2 anos 3 anos
Verado (400R) 2 anos 3 anos

Fora dos Estados Unidos


Para produtos comprados fora dos Estados Unidos, entre em contato com o distribuidor de seu país ou com
o Centro de Manutenção da Marine Power autorizado mais próximo.

TABELAS DE GARANTIA DO CANADÁ—MOTOR DE POPA E JATO


Garantia contra
Garantia limitada
Produto corrosão limitada
padrão
padrão
2 tempos com carburador (50 – 90 cv) 1 ano 3 anos
2 tempos EFI (150 cv) 2 anos 3 anos
2 tempos com carburador (V6) 2 anos 3 anos
FourStroke (2,5–350 hp incluindo Verado, Pro
3 anos 3 anos
FourStroke e motores de popa e jato)
OptiMax (75 – 250 hp incluindo Pro XS e motores de
3 anos 3 anos
popa e jato)
Propulsão a jato OptiMax (200 e 250 cv) 1 ano 3 anos

Produto de corrida
Garantia limitada padrão Garantia contra corrosão limitada padrão
(apenas uso recreativo)
OptiMax (250 XS) 2 anos 3 anos
OptiMax (225 Sport XS) 2 anos 3 anos
OptiMax (300 XS) 2 anos 3 anos
Verado (400R) 2 anos 3 anos

Fora do Canadá
Para produtos comprados fora do Canadá, entre em contato com o distribuidor de seu país ou com o Centro
de Manutenção da Marine Power autorizado mais próximo.

TABELAS DE GARANTIA DA AUSTRÁLIA E NOVA ZELÂNDIA—MOTORES


DE POPA E JATO
Garantia contra
Garantia limitada
Produtos corrosão limitada Comercial leve
padrão
padrão
Entre em contato com o
Todos os motores de
3 anos 3 anos Centro de Manutenção da
popa
Marine Power mais próximo

Fora da Austrália e Nova Zelândia


Para produtos comprados fora da Austrália e Nova Zelândia, entre em contato com o distribuidor no seu país
ou com o Centro de Manutenção da Marine Power mais próximo.

12 por
INFORMAÇÕES SOBRE GARANTIA
TABELA DE GARANTIA DO PACÍFICO SUL—MOTOR DE POPA E JATO
Garantia contra
Garantia limitada
Produtos corrosão limitada Comercial leve
padrão
padrão
Entre em contato com o
Todos os motores de
2 anos 3 anos Centro de Manutenção da
popa
Marine Power mais próximo

Fora do Pacífico Sul


Para produtos comprados fora do Pacífico Sul, entre em contato com o distribuidor no seu país ou com o
Centro de Manutenção da Marine Power mais próximo.

TABELAS DE GARANTIA DA ÁSIA—MOTOR DE POPA E JATO


Garantia contra
Produto Garantia limitada
corrosão limitada Aplicação comercial
(apenas recreativo) padrão
padrão
Dois tempos 1 ano 3 anos
Quatro tempos 1 ano 3 anos Entre em contato com o
Centro de Manutenção da
OptiMax 1 ano 3 anos Marine Power mais próximo
Verado 1 ano 3 anos

Garantia contra
Produto de corrida Garantia limitada
corrosão limitada Aplicação comercial
(apenas recreativo) padrão
padrão
Verado 400R 1 ano 3 anos Nenhuma

Fora da Ásia
Para produtos comprados fora da região da Ásia, entre em contato com o distribuidor no seu país ou com o
Centro de Manutenção da Marine Power mais próximo.

TABELAS DE GARANTIA DA EUROPA E CONFEDERAÇÃO DOS ESTADOS


INDEPENDENTES (CIS)—MOTORES DE POPA E JATO
Garantia contra
Produto Garantia limitada
corrosão limitada Aplicação comercial
(apenas recreativo) padrão
padrão
Dois tempos 2 anos 3 anos
Quatro tempos 2 anos 3 anos
Entre em contato com o
OptiMax Centro de Manutenção da
3 anos 3 anos
(incluindo Pro XS) Marine Power mais próximo
Verado
3 anos 3 anos
(incluindo Pro)

por 13
INFORMAÇÕES SOBRE GARANTIA
Garantia contra
Produto de corrida Garantia limitada
corrosão limitada Aplicação comercial
(apenas recreativo) padrão
padrão
Entre em contato com o
Verado 400R 2 anos 3 anos Centro de Manutenção da
Marine Power mais próximo

Fora da Europa e CIS


Para produtos comprados fora da Europa e regiões da CIS, entre em contato com o distribuidor no seu país
ou com o Centro de Manutenção da Marine Power mais próximo.

TABELAS DE GARANTIA DO ORIENTE MÉDIO E ÁFRICA (EXCLUINDO


ÁFRICA DO SUL)—MOTORES DE POPA E JATO
Garantia contra
Produto Garantia limitada
corrosão limitada Aplicação comercial
(apenas recreativo) padrão
padrão
Dois tempos 1 ano 3 anos
Quatro tempos 2 anos 3 anos
Entre em contato com o
OptiMax Centro de Manutenção da
3 anos 3 anos
(incluindo Pro XS) Marine Power mais próximo
Verado
3 anos 3 anos
(incluindo Pro)

Produto de corrida
Garantia limitada padrão Garantia contra corrosão limitada padrão
(apenas recreativo)
Verado 400R 2 anos 3 anos

Fora do Oriente Médio e África


Para produtos comprados fora do Oriente Médio e regiões da África, entre em contato com o distribuidor no
seu país ou com o Centro de Manutenção da Marine Power mais próximo.

TABELA DE GARANTIA DA ÁFRICA DO SUL—MOTOR DE POPA E JATO


Garantia contra
Produto Garantia limitada
corrosão limitada Aplicação comercial
(apenas recreativo) padrão
padrão
Dois tempos 2 anos 3 anos
Quatro tempos 2 anos 3 anos
Entre em contato com o
OptiMax Centro de Manutenção da
3 anos 3 anos
(incluindo Pro XS) Marine Power mais próximo
Verado
3 anos 3 anos
(incluindo Pro)

Produto de corrida
Garantia limitada padrão Garantia contra corrosão limitada padrão
(apenas recreativo)
Verado 400R 2 anos 3 anos

14 por
INFORMAÇÕES SOBRE GARANTIA
Fora da África do Sul
Para produtos comprados fora da região da África do Sul, entre em contato com o distribuidor no seu país ou
com o Centro de Manutenção da Marine Power mais próximo.

por 15
INFORMAÇÕES GERAIS
Responsabilidades do dono do barco
O operador (piloto) é responsável pela operação correta e segura do barco e pela segurança de seus
ocupantes e do público em geral. É altamente recomendável que todo operador leia e compreenda este
manual na íntegra antes de operar o motor de popa.
Certifique-se de que pelo menos mais uma pessoa a bordo esteja instruída sobre os procedimentos básicos
de partida e de operação do motor de popa, bem como sobre o manejo do barco caso o piloto esteja
incapacitado de operá-lo.

Antes de Operar o Motor de Popa


Leia atentamente este manual. Aprenda como operar o seu motor de popa corretamente. Em caso de
dúvidas, entre em contato com o seu concessionário.
Colocar em prática as informações de segurança e operação e usar o bom senso são atitudes que podem
evitar ferimentos e danos materiais.
Este manual e os adesivos de segurança colocados no motor de popa usam os seguintes alertas de
segurança para chamar a sua atenção para as instruções especiais de segurança, que devem ser seguidas
à risca.

! PERIGO
Indica uma situação perigosa que, se não for evitada, resultará em ferimentos graves ou morte.

! ADVERTÊNCIA
Indica uma situação perigosa que, se não for evitada, pode resultar em ferimentos graves ou morte.

! CUIDADO
Indica uma situação perigosa que, se não for evitada, pode resultar em ferimentos pequenos ou
moderados.

AVISO
Indica uma situação que, se não for evitada, pode resultar em defeitos no motor ou nos principais
componentes do sistema.

Capacidade de Potência do Barco


! ADVERTÊNCIA
Exceder a capacidade máxima nominal de potência do barco pode causar ferimentos graves ou morte. O
uso de um motor de popa com potência superior à capacidade nominal pode afetar as características de
controle e de flutuação do barco ou quebrar o gio. Não instale um motor que ultrapasse a potência nominal
máxima do barco.

16 por
INFORMAÇÕES GERAIS
Não ultrapasse a potência ou a capacidade de carga do barco. A maioria dos barcos possui uma placa
indicando a capacidade máxima aceitável de potência e de carga, determinada pelo fabricante de acordo
com diretrizes federais. Em caso de dúvida, entre em contato com seu revendedor ou fabricante do barco.

U.S. COAST GUARD CAP ACITY


MAXIMUM HORSEPOWER XXX
MAXIMUM PERSON
CAPACITY (POUNDS) XXX
MAXIMUM WEIGHT
CAPACITY XXX
26777

Operações de Barcos de Alta Velocidade e de Alto Desempenho


Se o seu motor de popa for usado em um barco de alta velocidade ou de alto desempenho, com o qual você
não está familiarizado, recomendamos que você nunca o opere a alta velocidade, sem primeiro solicitar uma
orientação prática inicial de demonstração com o seu revendedor ou com um operador experiente nesse tipo
de barco/motor de popa. Para obter informações adicionais, solicite uma cópia do nosso Manual de
Operação de Barcos de Alto Desempenho ao seu revendedor, distribuidor ou Mercury Marine.

Escolha da Hélice
A hélice do seu motor de popa é um dos componentes mais importantes do sistema de propulsão. A escolha
de uma hélice inadequada pode afetar significativamente o desempenho do seu barco e pode causar danos
ao motor de popa.
Quando for escolher uma hélice, lembre-se de que existe uma grande variedade de hélices de alumínio e
aço inoxidável especificamente desenhadas para o seu motor disponíveis junto à Mercury Marine. Para obter
a lista completa de produtos e para encontrar a hélice correta para o seu equipamento, visite o website
www.mercmarinepropellers.com ou consulte o seu concessionário autorizado Mercury.

COMO SELECIONAR A HÉLICE CORRETA


É necessário um tacômetro preciso para medir a velocidade do motor para que se possa escolher a hélice
correta.
Escolha uma hélice que permita que o motor trabalhe dentro da faixa de operação de velocidade máxima
especificada. Quando operar o motor à velocidade de aceleração máxima sob as condições de carga
normais, as RPMs do motor devem estar na metade superior da faixa de RPMs de aceleração máxima
recomendada. Consulte Especificações. Se a rotação do motor estiver acima da faixa especificada, selecione
uma hélice de maior passo para reduzir a rotação do motor. Se a rotação do motor estiver abaixo da faixa
recomendada, selecione uma hélice de menor passo para aumentar a rotação do motor.
IMPORTANTE: Para assegurar o encaixe e o desempenho adequados, a Mercury Marine recomenda o uso
de hélices e de peças de fixação da marca Quicksilver.

por 17
INFORMAÇÕES GERAIS
As hélices são designadas por diâmetro, passo, número de pás e material. O diâmetro e o passo estão
estampados (gravados) na lateral ou na extremidade do cubo da hélice. O primeiro número representa o
diâmetro da hélice e o segundo número representa o passo. Por exemplo, 14x9 representa uma hélice de 14
polegadas de diâmetro e 19 polegadas de passo.

22669
b

a- Diâmetro
b- Passo - Deslocamento durante uma rotação

As informações a seguir são informações básicas que o ajudarão a determinar a hélice correta para o seu
equipamento.
Diâmetro - O diâmetro é a distância através do círculo imaginário que é feito quando a hélice gira. O diâmetro
correto para cada hélice foi predeterminado para o desenho do seu motor de popa. Contudo, quando mais de
um diâmetro estiver disponível para o mesmo passo, use um diâmetro maior para barcos pesados e um
diâmetro menor para barcos mais leves.
Passo - O passo é a distância teórica, em polegadas, que a hélice se desloca para a frente durante uma
rotação. Pode-se traçar uma relação entre o passo da hélice e as marchas de um carro. Quanto mais baixa
for a marcha, mais depressa o carro acelerará, mas com velocidade limite mais baixa. Da mesma forma, uma
hélice com passo menor acelerará rapidamente, mas a velocidade limite será mais baixa. Quando maior for o
passo da hélice, mais rápido o barco se deslocará, mas com aceleração mais lenta.
Determinação do tamanho correto do passo - Primeiro, verifique a rotação de aceleração máxima sob
condições normais de carga. Se a rotação de aceleração máxima estiver dentro da faixa recomendada,
selecione uma hélice de substituição ou de atualização com o mesmo passo que a hélice atual.
• Adicionar 1 polegada de inclinação reduzirá a rotação de aceleração máxima entre 150 a 200 rpm.
• Subtrair 1 polegada do passo aumentará a rotação de aceleração máxima entre 150 a 200 rpm.
• Passar de uma hélice de 3 pás para uma de 4 pás, de forma geral, reduzirá as RPMs de aceleração
máxima entre 50 a 100 rotações.
IMPORTANTE: Evite que sejam causados danos ao motor. Nunca use uma hélice que permita que o motor
exceda a faixa de RPMs de aceleração máxima sob condições normais de operação de aceleração máxima.

MATERIAL DA HÉLICE
A maioria das hélices fabricadas pela Mercury Marine são feitas de alumínio ou aço inoxidável. O alumínio é
adequado para fins gerais e é padrão em vários barcos novos. O aço inoxidável é, pelo menos, cinco vezes
mais durável que o alumínio e normalmente produz melhores desempenhos na aceleração e velocidade
máxima devido a aperfeiçoamentos do desenho. As hélices de aço inoxidável também estão disponíveis em
vários tamanhos e estilos que lhe permitem obter o melhor desempenho para o seu barco.

18 por
INFORMAÇÕES GERAIS
HÉLICE 3 PÁS EM COMPARAÇÃO COM HÉLICE 4 PÁS
Disponíveis em vários tamanhos, de alumínio e aço inoxidável, as hélices de 3 e 4 pás têm características de
desempenho exclusivas. De forma geral, as hélices de 3 pás oferecem um bom desempenho sob todos os
aspectos e velocidade máxima superior às hélices de 4 pás. Contudo, as hélices de 4 pás são normalmente
mais rápidas para planagem e mais eficientes a velocidades de cruzeiro, mas não alcançam a velocidade
máxima que as hélices de 3 pás alcançam.

Motores de Popa com Controle Remoto


O controle remoto que for conectado ao motor de popa deverá estar equipado com um dispositivo de
proteção para que o motor só possa ser ligado em ponto morto. Isto evita que o motor arranque quando o
câmbio é acionado em qualquer posição, exceto na posição de ponto morto.

! ADVERTÊNCIA
Ligar o motor com o câmbio engrenado pode causar ferimentos graves ou morte. Nunca opere um barco
que não tenha um dispositivo de segurança de ponto morto.

58237

Aviso sobre a Direção Remota


Modelos com tirante de ligação da direção - O tirante de ligação da direção que conecta o cabo de direção
ao motor deve ser ajustado utilizando-se porcas de autotravamento. Essas contraporcas de autotravamento
nunca devem ser substituídas por porcas normais (que não sejam de autotravamento), pois estas podem
ficar soltas e causar vibrações, soltando o tirante da ligação e causando o desengate.

por 19
INFORMAÇÕES GERAIS
! ADVERTÊNCIA
Peças incorretas de fixação ou procedimentos incorretos de instalação podem resultar no afrouxamento
ou desengate do tirante de ligação da direção. Isso pode causar uma perda inesperada e repentina do
controle do barco, resultando em ferimentos graves ou morte pois os ocupantes podem ser jogados para
fora do barco. Use sempre os componentes exigidos e siga as instruções e procedimentos de torque.

a- Porcas de autotravamento

a
a 47823

Interruptor de desligamento por corda


A finalidade de um interruptor de desligamento por corda é desligar o motor quando o operador se move para
longe da posição do operador (como numa ejeção acidental da posição do operador) para ativar o
interruptor. Os motores de popa com alavanca de leme e algumas unidades com controle remoto são
equipados com um interruptor de desligamento por corda. Um interruptor de desligamento por corda pode
ser instalado como um acessório, normalmente no painel de controles ou na lateral, ao lado da posição do
operador.
Um adesivo próximo do interruptor de desligamento por corda é um lembrete visual para o operador fixar a
corda ao seu dispositivo de flutuação pessoal (PFD) ou no pulso.

20 por
INFORMAÇÕES GERAIS
A corda, normalmente, mede de 122–152 cm (4–5 pés) quando esticada, com um elemento em uma
extremidade feito para ser inserido dentro do interruptor e uma presilha na outra extremidade para ser fixada
ao PFD ou ao pulso do operador. A corda é uma espiral para que fique tão curta quanto possível e para
diminuir a possibilidade de ficar presa em objetos. O seu comprimento alongado foi feito para minimizar a
probabilidade de ativação acidental no caso de o operador se mover dentro da área próxima à posição
normal do operador. Se quiser diminuir o comprimento da corda, enrole-a ao redor do pulso ou da perna do
operador ou dê um nó na corda.

ATTACH LANYARD
RUN
b
OFF

a
c

53910

a- Presilha da corda
b- Adesivo da corda
c- Interruptor de desligamento por corda

Leia as seguintes Informações de Segurança antes de continuar.


Informações de Segurança Importantes: O objetivo de um interruptor de desligamento por corda é desligar o
motor quando o operador se move para longe o suficiente da posição do operador para ativar o interruptor.
Isto ocorre se o operador for lançado acidentalmente para fora do barco e se ele se mover longe demais da
posição normal de operação. Quedas na água e ejeções acidentais são mais prováveis de acontecer em
certos tipos de barcos, tais como barcos infláveis, bass boats, barcos de alto desempenho, barcos de pesca
leves, sensíveis a manobras, operados por alavanca de leme. Quedas na água ou ejeções acidentais
também podem ocorrer como resultado de práticas de operação indevidas, tais como sentar no encosto do
assento ou alcatrate em velocidade de planagem, levantar-se em velocidade de planagem, sentar nos
tombadilhos de barcos de pesca, operação em velocidade de planagem em águas rasas ou onde existam
muitos obstáculos, soltar as mão do leme ou alavanca do leme que está puxando em uma direção, consumir
bebidas alcoólicas ou drogas, corridas ou desafios, manobrar o barco em alta velocidade.
Apesar do interruptor de desligamento por corda desligar o motor imediatamente, o barco continuará a se
mover a uma distância que dependerá da velocidade e do ângulo de viragem no momento do desligamento.
Contudo, o barco não completará uma volta de 360 graus. Enquanto continuar o seu movimento, o barco
poderá causar ferimentos a pessoas que estejam em sua trajetória tão graves quanto se estivesse em
funcionamento.
É altamente recomendável que os outros ocupantes da embarcação sejam instruídos sobre os
procedimentos de partida e operação corretos, caso precisem operar o motor em uma situação de
emergência (por exemplo, se o operador for atirado ao mar acidentalmente).

! ADVERTÊNCIA
Se o operador cair do barco, pare o motor imediatamente para reduzir a possibilidade de ferimentos
graves ou morte devido a uma colisão com o barco. Conecte sempre adequadamente, por uma corda, o
operador ao interruptor de desligamento.

por 21
INFORMAÇÕES GERAIS
! ADVERTÊNCIA
Evite ferimentos graves ou morte causados por forças de desaceleração resultantes da ativação acidental
ou não intencional do interruptor de desligamento. O operador do barco nunca deve deixar a estação de
operação sem antes soltar a corda do interruptor de desligamento de si.

O acionamento acidental ou não intencional do interruptor durante a operação normal também pode ocorrer.
Isso pode causar qualquer uma das situações potencialmente perigosas descritas a seguir (ou todas elas):
• Os ocupantes podem ser projetados para a frente devido à inércia do movimento - uma preocupação
particular para passageiros localizados na dianteira do barco que poderiam ser lançados à água e
posteriormente atingidos pela caixa de engrenagens ou hélice.
• Perda de potência e de controle direcional em mares bravios, correntes ou ventos fortes.
• Perda de controle enquanto o barco estiver sendo movido até a doca.

MATENHA O INTERRUPTOR DE DESLIGAMENTO POR CORDA E A CORDA


EM BOAS CONDIÇÕES DE OPERAÇÃO
Antes de cada uso, certifique-se de que o interruptor de desligamento por corta funciona corretamente. Ligue
o motor e desligue-o puxando a corda. Se o motor não desligar, conserte o interruptor antes de operar o
barco.
Antes de usar, inspecione a corda visualmente para certificar-se de que ela está em boas condições e que
não existem quebras, cortes ou desgastes na corda. Verifique se as presilhas nas extremidades da corda
estão em boas condições. Substitua cordas danificadas ou desgastadas.

Proteção de pessoas na água


QUANDO ESTIVER EM VELOCIDADE DE CRUZEIRO
Para uma pessoa que esteja em pé ou boiando na água, é muito difícil realizar uma ação rápida para evitar
ser atingida por um barco que venha em sua direção, mesmo que em baixa velocidade.

21604

Reduza a velocidade e tenha sempre muito cuidado quando estiver navegando numa área onde possa haver
pessoas na água.
Todas as vezes que um barco estiver em movimento (com o motor desligado) e o câmbio do motor estiver na
posição neutra, ainda existe força suficiente da água sobre a hélice para fazê-la girar. Essa rotação neutra da
hélice pode causar ferimentos graves.

ENQUANTO O BARCO ESTIVER PARADO

! ADVERTÊNCIA
Uma hélice em rotação, um barco em movimento ou qualquer dispositivo sólido preso ao barco podem
causar ferimentos graves ou morte a nadadores. Pare o motor imediatamente todas as vezes que alguém,
na água, esteja próximo do seu barco.

Antes de permitir que as pessoas nadem ou se aproximem do seu barco, coloque o motor de popa em neutro
e desligue-o.

22 por
INFORMAÇÕES GERAIS
Mensagem de Segurança para os Passageiros - Barcaças com
Hélice e Barcos com Tombadilho
Sempre que o barco estiver em movimento, observe a localização dos passageiros. Não permita que
nenhum passageiro fique em pé ou utilize assentos que não sejam aqueles designados para viajar em
velocidades mais rápidas do que as de marcha lenta. A redução repentina da velocidade do barco devido ao
choque com ondas ou ressacas, a uma redução súbita da aceleração, a mudanças agressivas de direção,
podem lançar os passageiros à frente do barco. Uma pessoa lançada à água, à frente do barco, pode ser
atropelada.

BARCOS QUE TENHAM UM CONVÉS DIANTEIRO ABERTO


Ninguém deve ficar no convés, à frente da cerca, enquanto o barco estiver em movimento. Mantenha todos
os passageiros atrás da cerca dianteira ou em um recinto fechado.
Qualquer pessoa no convés dianteiro pode ser facilmente lançada para fora do barco. As pessoas sentadas
no deck dianteiro com as pernas para fora do barco podem ser arrastadas por uma onda para dentro da
água.

26782

! ADVERTÊNCIA
Sentar-se ou manter-se em pé em uma área do barco que não seja adequada para passageiros durante o
movimento a velocidades acima de marcha pode causar ferimentos graves ou morte. Fique afastado da
extremidade dianteira do convés e de plataformas elevadas no barco e permaneça sentado enquanto o
barco estiver em movimento.

BARCOS QUE TENHAM ASSENTOS ELEVADOS EM PEDESTAL PARA


PESCARIA MONTADOS À FRENTE
Os assentos elevados em pedestal para pescaria não devem ser usados quando o barco estiver se movendo
à velocidade superior às velocidades de marcha lenta ou de pesca. Sente-se apenas nos assentos
designados para viajar a velocidades mais rápidas.

por 23
INFORMAÇÕES GERAIS
Qualquer redução inesperada ou repentina da velocidade do barco pode causar o lançamento do passageiro
à frente do barco.

26783

Saltar Ondas e Esteiras


A operação de barcos recreativos em ondas e marolas é uma parte natural da navegação. Contudo, quando
esta atividade é realizada com velocidade suficiente para lançar o barco parcial ou completamente para fora
da água, surgem certos riscos, particularmente quando o barco entra na água.

26784

A principal preocupação é a mudança de direção do barco durante o salto. Nesse caso, o pouso pode fazer
com que o barco dê uma guinada para uma nova direção. Essa mudança abrupta de direção pode fazer com
que os ocupantes sejam arremessados para fora de seus assentos ou do barco.

! ADVERTÊNCIA
Saltar ondas ou esteiras pode causar ferimentos graves ou morte de ocupantes que são lançados de um
lado a outro dentro do barco ou para fora dele. Sempre que possível, evite ondas ou esteiras.

Há um outro perigo, menos comum, resultante do salto de seu barco sobre uma onda ou esteira. Se a proa
de seu barco arfar o suficiente enquanto estiver no ar, ao entrar em contato com a água novamente ele
poderá penetrar na superfície da água e submergir por um instante. Isso causará uma parada quase
instantânea do barco e poderá arremessar os ocupantes para a frente. O barco também poderá girar
bruscamente para um lado.

24 por
INFORMAÇÕES GERAIS
Colisão com perigos submersos
Reduza a velocidade e continue com cuidado sempre que estiver dirigindo o barco em áreas rasas, ou em
áreas onde você suspeite que existam obstáculos submersos que possam se chocar contra o motor de popa
ou contra o fundo do barco. A coisa mais importante que pode ajudá-lo a reduzir ferimentos ou danos
causados por impacto com objetos flutuantes ou submersos é controlar a velocidade do barco. Nestas
condições, a velocidade do barco deve ser mantida à velocidade de planagem mínima de 24 a 40 km/h
(15 - 25 MPH)..

26785

A colisão com objetos flutuantes ou submersos pode resultar num número infinito de situações. Algumas
destas situações podem causar os seguintes problemas:
• Parte do motor de popa ou todo o motor de popa pode se soltar e invadir o barco.
• O barco pode mover-se repentinamente para uma nova direção. Tal mudança abrupta de direção
pode fazer com que os ocupantes sejam arremessados para fora dos seus assentos ou para fora do
barco.
• Uma redução rápida na velocidade. Isto fará com que os ocupantes sejam arremessados para a frente
ou mesmo para fora do barco.
• Danos de impacto ao motor de popa e/ou barco.
Lembre-se! A coisa mais importante que pode ajudá-lo a reduzir os danos que podem ser causados durante
um impacto é controlar a velocidade do barco. Mantenha a velocidade do barco à velocidade de planagem
mínima quando estiver pilotando em águas que possam ter obstáculos submersos.
Depois de colidir com um objeto submerso, desligue o motor imediatamente e verifique se existem peças
quebradas ou soltas. Se existirem danos ou suspeita de danos, o motor de popa deverá ser levado a um
concessionário autorizado para uma inspeção completa e, se for necessário, para reparos.
Verifique também se existem rachaduras, fraturas no casco ou vazamentos de água no casco.
Operar um motor de popa danificado pode causar danos adicionais a outras peças do motor de popa, ou
afetar o controle do barco. Se for necessário continuar a dirigir, faça-o a velocidades bem reduzidas.

! ADVERTÊNCIA
A operação de um barco ou motor com danos por impacto pode resultar em danos ao produto, ferimentos
graves ou morte. Se a embarcação sofreu qualquer tipo de impacto, leve-a a um concessionário Mercury
Marine para inspeção e reparo do barco ou do grupo de potência.

por 25
INFORMAÇÕES GERAIS
Emissões do escape
FIQUE ATENTO QUANTO AO ENVENENAMENTO POR MONÓXIDO DE
CARBONO
O monóxido de carbono (CO) é um gás mortal, presente na fumaça do escapamento (exaustão) dos motores
de combustão interna, inclusive dos motores que impulsionam barcos e também dos geradores que
alimentam acessórios dos barcos. O CO é inodoro, incolor e insípido, mas se conseguir sentir o cheiro ou o
sabor dos vapores de descarga, você está inalando CO.
Os primeiros sintomas de envenenamento por monóxido de carbono, similares aos de enjôo ou intoxicação,
incluem dor de cabeça, vertigens, sonolência e náusea.

! ADVERTÊNCIA
A inalação dos gases de escape do motor pode resultar em envenenamento por monóxido de carbono, o
que pode levar a perda de consciência, danos cerebrais ou morte. Evite a exposição prolongada ao
monóxido de carbono.
Afaste-se das áreas de exaustão quando o motor estiver em funcionamento. Se o barco estiver parado ou
navegando, mantenha-o bem ventilado.

MANTENHA-SE AFASTADO DAS ÁREAS DE EXAUSTÃO

41127

Os gases do escapamento de motores contêm monóxido de carbono prejudicial. Evite as áreas onde houver
concentração de gases do escapamento de motores. Quando os motores estiverem em funcionamento,
mantenha nadadores afastados do barco e não se sente, deite nem permaneça em plataformas de natação
ou escadas para subir a bordo. Durante a navegação, não permita que passageiros se posicionem
imediatamente atrás do barco (arrasto de plataforma, surfe em pranchas de madeira/corpo). Esta prática
perigosa, além de colocar uma pessoa em uma área de grande concentração de gases do escapamento,
também a sujeita ao risco de ferimentos pela hélice do barco.

BOA VENTILAÇÃO
Ventile a área dos passageiros, abra as cortinas laterais ou escotilhas para remover a fumaça.
Exemplo de fluxo de ar desejável no barco.

21622

26 por
INFORMAÇÕES GERAIS
VENTILAÇÃO DEFICIENTE
Sob certas condições, se o motor estiver funcionando e se houver uma brisa, as cabinas fechadas por lonas
ou permanentemente fechadas, ou cockpits com ventilação insuficiente, podem reter o monóxido de carbono.
Instale um ou mais detectores de monóxido de carbono no barco.
Embora a ocorrência seja rara, em dias de pouca brisa, nadadores e passageiros situados em um ambiente
aberto de um barco parado, onde haja um motor em funcionamento, mesmo que nas proximidades, podem
ficar expostos a níveis perigosos de monóxido de carbono.
1. Exemplos de ventilação deficiente com o barco parado:

a
b

21626

a- Operação do motor quando o barco está atracado em um espaço confinado


b- Atracar próximo a outro barco que tem o motor em funcionamento

2. Exemplos de ventilação deficiente com o barco em movimento:

a b

21628

a- Operação do barco com o ângulo de compensação da proa muito alto


b- Operação do barco sem escotilhas dianteiras abertas (efeito caminhonete)

Seleção de acessórios para o seu motor de popa


Os acessórios Mercury Precision ou Quicksilver autênticos foram especificamente projetados e testados para
seu motor de popa. Esses acessórios estão disponíveis por intermédio dos revendedores Mercury Marine.
IMPORTANTE: Verifique com seu concessionário antes de instalar os acessórios. O uso inadequado de
acessórios aprovados ou o uso não aprovado de acessórios pode danificar o produto.
Alguns acessórios não fabricados nem vendidos pela Mercury Marine não foram projetados para serem
usados com segurança neste motor de popa nem no sistema de operação do motor de popa. Leia os
manuais de instalação, operação e de manutenção de todos os acessórios selecionados.
Consulte Instalação do motor de popa - Acessórios montados no suporte da abraçadeira do gio para obter
informações importantes sobre os acessórios de montagem no suporte da abraçadeira do gio.

Recomendações de Segurança do Barco


Com o objetivo de aproveitar ao máximo os cursos d'água, familiarize-se com os regulamentos locais e com
todas as outras normas e restrições de navegação e leve em conta as seguintes sugestões.
Conheça e obedeça todas as regras e legislações náuticas das vias aquáticas.

por 27
INFORMAÇÕES GERAIS
• Recomendamos que todos os operadores de barcos a motor concluam o curso de segurança em
barcos. Nos Estados Unidos, cursos são oferecidos pela Guarda Costeira Auxiliar dos EUA, pela
Power Squadron, pela Cruz Vermelha e pelos órgãos governamentais estaduais responsáveis por
legislações e fiscalizações navais. Para obter mais informações nos EUA, ligue para a Boat U.S.
Foundation (Fundação de Barcos dos EUA) no telefone 1-800-336-BOAT (2628).
Faça as verificações de segurança e manutenção necessárias.
• Siga o cronograma de manutenção regular e certifique-se de que todos os reparos foram feitos
corretamente.
Verifique o equipamento de segurança a bordo.
• Eis algumas sugestões para os tipos de equipamento de segurança que devem estar disponíveis a
bordo:
Extintores de incêndio aprovados

Dispositivos de sinalização: lanterna, foguetes ou sinalizadores, bandeiras e apito ou buzina

Ferramentas necessárias para pequenos reparos

Âncora e linha de âncora extra

Bomba manual de porão e bujões de drenagem sobressalentes

Água potável

Rádio

Roda de pás ou remos

Hélice sobressalente, cubos de impulso e chaves adequadas.

Kit de primeiros socorros e instruções

Recipientes de armazenamento à prova d'água

Equipamentos operacionais, baterias, lâmpadas e fusíveis sobressalentes

Bússola e mapa ou carta marítima da área

Dispositivo de flutuação pessoal (1 por pessoa no barco)

Observe os sinais de alteração no tempo e evite navegar com tempo ruim e mar revolto.
Diga a alguém para onde você está indo e quando espera retornar.
Para permitir que passageiros subam a bordo.
• Desligue o motor sempre que os passageiros subirem a bordo, descerem do barco ou estiverem na
parte posterior (popa) da embarcação. Mudar a unidade de tração para ponto morto não é suficiente.
Utilize coletes salva-vidas.
• As leis federais dos EUA exigem que haja um colete salva-vidas (dispositivo de flutuação individual)
aprovado pela Guarda Costeira dos EUA, do tamanho certo e prontamente acessível para cada
indivíduo a bordo, além de uma boia ou almofada flutuante que possam ser jogadas na água.
Recomendamos enfaticamente que todos os passageiros usem coletes salva-vidas o tempo todo
durante a permanência no barco.
Prepare outras pessoas para operar o barco.
• Instrua pelo menos a uma pessoa a bordo sobre as regras básicas de partida, operação do motor e do
manejo do barco, para o caso de o piloto ficar incapacitado ou cair do barco.
Não exceda a capacidade de carga do barco.

28 por
INFORMAÇÕES GERAIS
• A maioria dos barcos é classificada e certificada quanto às suas capacidades de carga máxima
(consulte a placa de capacidade do seu barco). Conheça as limitações de operação e de carga do
barco. Saiba se o barco flutuará se estiver cheio de água. Se tiver dúvidas, entre em contato com o
concessionário autorizado Mercury Marine ou com o fabricante do barco.
Verifique se todos os ocupantes do barco estão devidamente sentados.
• Não permita que ninguém se sente nem seja transportado em qualquer parte do barco que não se
destine a esse fim. Isso inclui encosto dos assentos, alcatrates, gio, proa, deques, assentos de pesca
elevados e qualquer assento de pesca rotativo. Os passageiros não devem sentar ou andar em
qualquer local onde uma aceleração inesperada, uma parada brusca, uma perda inesperada do
controle do barco ou um movimento brusco possam fazer com que a pessoa seja arremessada na
água ou para dentro do barco. Antes de o barco começar a se mover, verifique se existe um assento
adequado para cada passageiro e se todos os passageiros estão devidamente sentados.
Jamais opere o barco sob influência de álcool ou drogas. É a lei.
• O consumo de álcool ou drogas compromete seu julgamento e reduz consideravelmente seu tempo
de reação.
Conheça a área do barco e evite locais perigosos.
Esteja sempre alerta.
• Por lei, o operador do barco é o responsável pela condução do barco e deve manter constante
vigilância auditiva e visual das redondezas. O operador deve ter visão desimpedida, principalmente à
frente. Nem os passageiros, nem a carga, nem os assentos de pescaria podem bloquear a visão do
condutor enquanto o barco estiver funcionando em velocidade superior à marcha lenta ou em
velocidade de transição ou planagem. Tenha cuidado com outras pessoas, com a água e com o rastro
da água deslocada pela embarcação.
Nunca dirija o barco diretamente atrás de alguém que esteja praticando esqui aquático.
• Um barco a 40 km/h (25 mph) atingirá um esquiador caindo que esteja a 61 m (200 pés) à frente do
barco em 5 segundos.
Esteja alerta a esquiadores que tenham caído.
• Ao utilizar seu barco para praticar esqui aquático ou atividades similares, sempre mantenha o
esquiador caído no lado do operador do barco enquanto retorna para buscá-lo. O operador deve
manter o esquiador que caiu na água em seu campo de visão e nunca deve manobrar em marcha à ré
para resgatar a pessoa que está na água.
Informe acidentes.
• Os operadores de barco devem, por exigência legal, notificar a ocorrência de acidentes de navegação
às autoridades marítimas quando seus barcos se envolverem em certos tipos de acidentes de
navegação. É necessário notificar a ocorrência de um acidente de navegação quando: 1) ocorrer
morte ou houver a probabilidade de morte, 2) ocorrer ferimentos que requeiram atenção médica além
de primeiros socorros, 3) ocorrer danos nos barcos ou outras propriedades em que o valor dos danos
exceda U$ 500,00 ou 4) ocorrer perda total do barco. Procure assistência das autoridades locais.

por 29
INFORMAÇÕES GERAIS
Registro do número de série
É importante que este número seja registrado para referência futura. Este número de série fica localizado no
motor de popa como indicado.

a OTXXXXXX a- Número de série


b- Designação do modelo
b c- Ano de fabricação
XXXX
d- Insígnia de certificação euro‐
peia (conforme aplicável)

c
d
XX
47822

Especificações
Modelos 150
Potência 150
Quilowatts 110
Faixa de RPMs em aceleração máxima 5000–5800

Velocidade de marcha lenta em ponto morto1. 650 RPMs

Número de cilindros 4
Deslocamento do pistão 3,0 L (183 cid)
Diâmetro interno do cilindro 101,6 mm (4,0 in)
Curso 92 mm (3,62 in)
Admissão 0,075 mm (0,003 in)
Folga da válvula
Escape 0,25 mm (0,010 in)
Vela de ignição recomendada NGK ZFR5F
Folga da vela de ignição 0,8 mm (0.032 in.)
Tamanho da vela de ignição hexagonal 16 mm (5/8 in)
Torque da vela de ignição 27 Nm (20 lb-pés)
Relação de engrenamento 1.92:1
Gasolina recomendada Consulte a seção Combustível e óleo
Óleo recomendado Consulte a seção Combustível e óleo
Rotação para a direita
Capacidade de lubrificante da
Rotação para a esquer‐ 830 mL (831,01 cm³)
caixa de engrenagens
da
Capacidade de óleo do motor com substituição do filtro de
6,0 litros (6,3 US qt)
óleo

1. Com o motor totalmente aquecido.

30 por
INFORMAÇÕES GERAIS
Modelos 150
1000 Ampères de arranque marítimo
Potência nominal da bateria (MCA), 800 A de arranque a frio (CCA) ou
180 ampères-hora (Ah)
Sistema de controle de emissão Controle eletrônico do motor (EC)
Som no ouvido do operador (ICOMIA 39-94) dBA 82.9

Identificação dos componentes

k c

j d
e
i
f f
h

g
47824

a- Tampa superior
b- Lavagem do motor
c- Tampa inferior
d- Interruptor auxiliar de inclinação
e- Suportes do gio
f- Orifícios de entrada de água de arrefecimento
g- Caixa de câmbio
h- Placa antiventilação
i- Alojamento do eixo de transmissão
j- Dreno do óleo do motor
k- Orifício do indicador da bomba de água

por 31
TRANSPORTE
Reboque do Barco/Motor de Popa
Reboque o seu barco com o motor de popa inclinado para baixo na posição de operação vertical.
Se for necessária uma folga adicional até o solo, o motor de popa deverá ser inclinado para cima utilizando-
se o dispositivo acessório de suporte do motor de popa. Consulte o seu revendedor local para obter
recomendações. Pode ser necessária folga adicional para cruzar trilhos de trem, calçadas e para a oscilação
do reboque.

47333

IMPORTANTE: Não confie no sistema de compensação/inclinação hidráulico nem na alavanca de suporte de


inclinação para manter o espaço livre entre o motor e o solo durante o reboque. A alavanca de suporte de
inclinação não foi concebida para suportar o motor de popa durante o reboque.
Engate uma marcha de deslocamento para a frente. Isto evitará que a hélice gire livremente.

32 por
COMBUSTÍVEL E ÓLEO
Recomendações de combustível
IMPORTANTE: O uso de gasolina inadequada pode danificar o seu motor. Danos ao motor causados pelo
uso de gasolina inadequada são considerados como mau uso do motor, portanto, danos ocorridos por esse
motivo não serão cobertos pela garantia limitada.

CLASSIFICAÇÕES DOS COMBUSTÍVEIS


Os motores Mercury Marine funcionarão satisfatoriamente se utilizados com gasolina sem chumbo, de boa
marca e que atenda às seguintes especificações:
Para os EUA e Canadá – Com Classificação de Octanagem divulgada na bomba de, no mínimo, 87 (R+M)/2.
A gasolina premium [92 (R+M)/2 octanas] também é aceitável. Não use gasolina que contenha chumbo.
Fora dos EUA e Canadá – Com Classificação de Octanagem divulgada na bomba de, no mínimo, 90 RON. A
gasolina premium (98 RON) também pode ser utilizada. Não use gasolina que contenha chumbo.

USO DE GASOLINAS REFORMULADAS (OXIGENADAS) (NOS EUA


SOMENTE)
Este tipo de gasolina é obrigatória em determinadas regiões dos EUA. Os dois tipos de compostos
oxigenados usados nestes combustíveis são o Álcool (Etanol) ou o Éter (MTBE ou ETBE). Se o etanol for o
elemento oxigenado usado na gasolina da sua região, consulte a seção Gasolinas que contêm álcool.
Essas Gasolinas Reformuladas são aceitáveis para uso em seu motor Mercury Marine.

GASOLINAS QUE CONTÊM ÁLCOOL


Se a gasolina disponível em sua região contiver metanol (álcool metílico) ou etanol (álcool etílico), saiba que
podem ocorrer certos efeitos adversos. Tais efeitos adversos são mais graves no caso do uso do metanol. O
aumento da porcentagem de álcool no combustível também pode intensificar tais efeitos adversos.
Alguns destes efeitos adversos são causados pelo fato de o álcool na gasolina ter a propriedade de absorver
umidade do ar. Isso resulta na separação da mistura água-álcool na gasolina dentro do tanque de
combustível.
Os componentes do sistema de combustível de seu motor Mercury Marine suportam até 10% de teor de
álcool na gasolina. Não temos como saber a porcentagem que o sistema de combustível de seu barco
suportará. Entre em contato com o fabricante do seu barco para obter as recomendações específicas dos
componentes do sistema de combustível do barco (tanques de combustível, linhas de combustível e
conexões). Saiba que as gasolinas que contêm álcool podem intensificar os seguintes efeitos:
• Corrosão de peças metálicas.
• Deterioração de peças de plástico e de borracha.
• infiltração de combustível através das linhas de combustível feitas de borracha
• Dificuldades de operação e partida do motor.

! ADVERTÊNCIA
O vazamento de combustível representa um risco de incêndio ou explosão, que pode causar ferimentos
graves ou morte. Inspecione periodicamente todos os componentes do sistema de combustível,
observando se há sinais de vazamento, amolecimento, endurecimento, dilatação ou corrosão,
principalmente após o período de armazenamento. Qualquer sinal de vazamento ou deterioração exige a
substituição antes que o motor seja operado novamente.

Devido aos possíveis efeitos adversos do álcool na gasolina, recomendamos apenas o uso de gasolina que
não contenha álcool, sempre que possível. Se estiver disponível somente combustível contendo álcool ou se
a presença de álcool for incerta, será necessário aumentar a frequência da inspeção de vazamentos e
anormalidades.

por 33
COMBUSTÍVEL E ÓLEO
IMPORTANTE: Ao operar um motor Mercury Marine com gasolina que contenha álcool, evite o
armazenamento de gasolina no tanque de combustível por períodos prolongados. Os períodos longos de
armazenamento, que ocorrem com frequência no caso dos barcos, criam problemas característicos. Nos
carros, normalmente os combustíveis que contêm álcool são consumidos antes que estes absorvam
umidade suficiente para causar problemas. Mas os barcos, quase sempre, permanecem sem funcionar por
tempo suficiente para que ocorra a separação das fases do combustível. Além disso, pode ocorrer corrosão
interna durante o armazenamento se o álcool conseguir retirar a película de proteção de óleo que se forma
nos componentes internos.

Aditivos de Combustível
Para minimizar o acúmulo de depósitos de carbono no motor, recomenda-se colocar o aditivo Mercury ou
Quicksilver Quickleen Engine Treatment no combustível do motor, a cada reabastecimento do tanque
durante a temporada náutica. Use o aditivo conforme as orientações apresentadas na embalagem.

Exigências da mangueira de combustível de baixa permeabilidade


Obrigatória para motores de popa fabricados para venda, vendidos ou oferecidos para venda nos Estados
Unidos.
• A Agência de Proteção Ambiental (Environmental Protection Agency, EPA) exige que a mangueira
principal que conecta o tanque de combustível ao motor de popa nos motores de popa fabricados
após 1º de janeiro de 2009 seja de baixa permeabilidade.
• A mangueira de baixa permeabilidade é do tipo USCG Tipo B1-15 ou A1-15, que não exceda
15/gm²/24 h com combustível CE 10 a 23 °C conforme especificado na SAE J 1527 – mangueira de
combustível para uso marítimo.

Requisitos do tanque de combustível portátil pressurizado EPA


A Agência de Proteção Ambiental (EPA) exige que os sistemas portáteis de combustível produzidos após 1
de janeiro de 2011 para uso com motores de popa permaneçam totalmente vedados (pressurizados) até
34,4 kPa (5.0 psi). Esses tanques podem conter o seguinte:
• Uma entrada de ar que se abre para permitir que o ar entre conforme o combustível é retirado do
tanque.
• Uma saída de ar se abre (ventila) para a atmosfera se a pressão ultrapassar 34,4 kPa (5.0 psi).

Requisitos da válvula de demanda de combustível (FDV)


Sempre que for usado um tanque de combustível, é necessária a instalação de uma válvula de demanda de
combustível na mangueira do combustível entre o tanque e o motor. A válvula de demanda de combustível
impede que o combustível pressurizado entre no motor e cause transbordo ou possível derramamento de
combustível.
A válvula de demanda de combustível tem uma liberação manual. A liberação manual pode ser usada
(pressionada) para abrir (desviar) a válvula em caso de bloqueio de combustível.

b a- Válvula de demanda de combustível - instalada na man‐


gueira de combustível entre o tanque de combustível e
a o motor
b- Liberação manual
c- Furos de drenagem de água/respiro
c 46273

Tanque de combustível portátil pressurizado da Mercury Marine


A Mercury Marine criou um novo tanque de combustível pressurizado portátil que atende as exigências EPA
precedentes. Esses tanques de combustível estão disponíveis como um acessório ou são fornecidos com
certos modelos de motores de popa portáteis.

34 por
COMBUSTÍVEL E ÓLEO
RECURSOS ESPECIAIS DO TANQUE DE COMBUSTÍVEL PORTÁTIL
• O tanque de combustível tem uma válvula de duas vias que permite que o ar entre no tanque
conforme o combustível é retirado para o motor e também abre o respiro para a atmosfera se a
pressão interna do tanque ultrapassar 34,4 kPa (5.0 psi). Um chiado pode ser ouvido conforme o
tanque ventila para a atmosfera. Isto é normal.
• O tanque de combustível inclui uma válvula de demanda de combustível que evita que o combustível
pressurizado entre no motor e cause transbordamento do sistema de combustível ou possível
derramamento de combustível.
• Ao instalar a tampa do tanque de combustível, vire-a para a direita até ouvir um clique. Isso sinaliza
que a tampa de combustível está totalmente assentada. Um dispositivo integrado evita o aperto
excessivo.
• O tanque de combustível tem um parafuso de respiro manual que deve ser fechado para o transporte
e aberto para a operação e remoção da tampa.
Como os tanques de combustível vedados não são ventilados, eles se expandem e se contraem conforme o
combustível se expande e se contrai durante os ciclos de aquecimento e resfriamento do ar externo. Isto é
normal.

REMOÇÃO DA TAMPA DE COMBUSTÍVEL.

b a- Tampa de combustível
a b- Parafuso do respiro manual
c- Lingueta de travamento

c
46290
IMPORTANTE: O conteúdo pode estar sob pressão. Gire a tampa de combustível 1/4 de volta para aliviar a
pressão antes de abri-la.
1. Abra o parafuso do respiro manual na parte superior da tampa de combustível.
2. Gire a tampa de combustível até que ela toque a lingueta de travamento
3. Pressione a lingueta de travamento. Gire a tampa de combustível 1/4 de volta para aliviar a pressão.
4. Pressione a lingueta de travamento novamente e remova a tampa.

INSTRUÇÕES PARA O USO DO TANQUE DE COMBUSTÍVEL PORTÁTIL


PRESSURIZADO
1. Ao instalar a tampa do tanque de combustível, vire-a para a direita até ouvir um clique. Isso sinaliza
que a tampa de combustível está totalmente assentada. Um dispositivo integrado evita o aperto
excessivo.
2. Abra o parafuso do respiro manual na parte superior da tampa para a operação e remoção da tampa.
Feche o parafuso do respiro manual para o transporte.
3. Para mangueiras de combustível que têm desconexões rápidas, desconecte a linha de combustível do
motor ou do tanque de combustível quando não estiver em uso.
4. Siga as instruções da seção Abastecimento do tanque de combustível para reabastecer.

por 35
COMBUSTÍVEL E ÓLEO
Como Encher o Tanque de Combustível
! ADVERTÊNCIA
Evite lesões corporais graves ou mortes resultantes do incêndio ou da explosão de gasolina. Tome
cuidado ao abastecer os tanques de combustível. Desligue sempre o motor e não fume nem se aproxime
de chamas expostas ou faíscas enquanto estiver abastecendo os tanques de combustível.

Encha os tanques de combustível ao ar livre, longe do calor, de faíscas e de chamas expostas.


Remova os tanques portáteis de combustível do barco para abastecê-los.
Desligue sempre o motor antes de abastecer os tanques.
Não encha os tanques de combustível completamente. Deixe aproximadamente 10% do volume do tanque
vazio. O combustível expandirá à medida que a temperatura se elevar e pode vazar sob pressão se o tanque
estiver completamente cheio.

SUBSTITUIÇÃO DO TANQUE DE COMBUSTÍVEL NO BARCO


Coloque o tanque de combustível no barco de forma que a abertura fique mais alta que o nível do
combustível em condições normais de operação do barco.

Recomendações de Óleo do Motor


O Óleo de motor marítimo de 4 tempos SAE 10W-30 da Mercury ou Quicksilver, certificado pela NMMA FC-
W ou catalisador compatível, é recomendado para uso geral e para todas as temperaturas. Como opções,
podem ser usados os óleos para motor marítimo 4 tempos Mercury ou Quicksilver SAE 25W-40 mineral ou
sintético SAE 25-W40. Se não houver óleos certificados pela FC-W NMMA Mercury ou Quicksilver
recomendados disponíveis, é possível usar um óleo de motor de popa de 4 tempos , de uma das melhores
marcas, de viscosidade similar e certificado pela FC-W NMMA.
IMPORTANTE: Não recomendamos a utilização de óleos não detergentes, óleos de multiviscosidade (que
não seja o óleo Mercury ou Quicksilver certificado pela FC-W NMMA ou um óleo de uma das melhores
marcas certificado pela FC-W NMMA), óleos sintéticos, óleos de baixa qualidade ou óleos que contenham
aditivos sólidos.

Engine Oil
+120 +49
+100 +38
25W-40
10W-30

+80 +27
+60 +16
+40 +4
+20 -7
0 -18
F C

6.0 L (6.3 U.S. qt.)


58246

36 por
COMBUSTÍVEL E ÓLEO
Como Verificar e Adicionar Óleo no Motor
IMPORTANTE: Não encha demais. Incline o motor de popa para fora/cima além da posição vertical por
aproximadamente um minuto para permitir que o óleo retido seja drenado de volta para o coletor de óleo.
Quando quiser verificar o óleo do motor, incline o motor de popa para a posição vertical (não inclinado). Para
obter leituras precisas, verifique o óleo somente quando o motor estiver frio ou se o motor não foi utilizado,
pelo menos, por uma hora.
1. Antes de ligar (motor frio), incline o motor de popa para fora/cima além da posição vertical para
permitir que o óleo retido seja drenado de volta para o coletor de óleo. Deixe o motor de popa
inclinado por aproximadamente um minuto.
2. Incline o motor de popa para a posição de funcionamento vertical.
3. Retire a tampa superior. Consulte Manutenção - Remoção e Instalação da Tampa Superior.
4. Retire a vareta medidora do nível do óleo. Limpe a extremidade da vareta medidora com um pano ou
toalha e empurre-a totalmente de volta.
5. Puxe a vareta medidora para fora novamente o verifique o nível do óleo. O óleo deve estar na faixa de
operação (entre a barra superior e a inferior).
IMPORTANTE: Não tente abastecer de óleo até a barra superior. O nível do óleo está correto desde que
esteja dentro da faixa de operação (entre a barra superior e a inferior).

d
a

c
47403

a- Faixa de operação do nível de óleo


b- Barra superior
c- Barra inferior
d- Nível 1/3 superior

por 37
COMBUSTÍVEL E ÓLEO
6. Se o nível do óleo estiver abaixo da barra inferior, remova o tampão de enchimento de óleo e adicione
aproximadamente 500 ml (16 oz) do óleo especificado para o motor de popa. Aguarde alguns minutos
para que o óleo chegue ao coletor de óleo e verifique novamente a vareta medidora. Se necessário,
adicione mais óleo para deixar o nível dentro do 1/3 superior da faixa de operação. Evite abastecer
em excesso e não tente colocar óleo até a barra superior.

47404

IMPORTANTE: Verifique se existem sinais de agentes contaminadores. O óleo contaminado com água terá
uma cor leitosa; o óleo contaminado com combustível terá um cheiro forte de combustível. Se o óleo estiver
contaminado, leve o motor ao seu revendedor para ser verificado.
7. Empurre a vareta completamente de volta para o lugar.
8. Instale o tampão de abastecimento de óleo e aperte-o com a mão.
9. Instale a tampa superior.

38 por
RECURSOS E CONTROLES
Recursos do Controle Remoto
O seu barco pode estar equipado com um dos controles remotos da Mercury Precision ou Quicksilver
mostrados. Se não estiver, consulte o seu revendedor para obter a descrição das funções e operações do
controle remoto.

a
a

c
c d c
58240

a- Interruptor de compensação/inclinação - Consulte a seção Compensador e Sistema de Inclinação


Hidráulicos
b- Interruptor da chave de ignição - "OFF" (desligado), "ON" (ligado), "START" (partida)
c- Botão do acelerador somente - Consulte Operação – Como Dar Partida no Motor
d- Interruptor de segurança de corda

Sistema de advertência
SINAIS DO ALARME DE ADVERTÊNCIA
Quando o interruptor da chave de ignição estiver na posição "ON" (ligada), o alarme será acionado por um
instante para indicar que o alarme está funcionando.
Existem dois tipos de alarmes sonoros para alertar o operador sobre a existência de um problema no sistema
de operação do motor.
1. Um bipe contínuo de seis segundos: Indica uma condição crítica do motor. Dependendo da condição,
o sistema de proteção do motor pode ser acionado e pode iniciar a proteção do motor, limitando a
potência do motor. Volte para o porto imediatamente e entre em contato com o seu revendedor para
obter assistência técnica.
2. Bipes curtos intermitentes por seis segundos: Indica uma condição não crítica do motor. Essa
condição não requer atenção imediata. Você pode continuar a usar o seu barco; contudo, dependendo
da natureza do problema, a potência do motor pode ser limitada pelo sistema de proteção do motor
(Sistema Guardian) (consulte Sistema de Proteção do Motor a seguir) para proteger o motor. Entre em
contato com seu revendedor o mais breve possível.
É importante observar que, em qualquer uma das situações descritas anteriormente, o alarme soará apenas
uma vez. Se o motor for desligado e ligado novamente, e se o defeito ainda não tiver sido solucionado, o
alarme soará novamente uma única vez. Para exibição visual das funções específicas do motor e dados
adicionais sobre o motor, consulte Informações sobre os Produtos SmartCraft a seguir.
Algumas das condições que não são críticas indicadas por bipes curtos intermitentes durante seis segundos
podem ser corrigidas pelo operador. Estas condições que podem ser corrigidas pelo operador são as
seguintes:
• Água no filtro de combustível montado no motor. Consulte Manutenção - Filtro de Combustível de
Separação de Água.

por 39
RECURSOS E CONTROLES
• Problema no sistema de resfriamento (pressão da água ou temperatura do motor). Desligue o motor e
verifique se há obstruções nos orifícios de entrada de água na unidade inferior.
• Nível de óleo do motor baixo. Consulte Combustível e Óleo - Verificação e Adição de Óleo do Motor.

SISTEMA DE VIGILÂNCIA DO MOTOR


O sistema de proteção do motor monitora os sensores mais importantes do motor para detectar quaisquer
indicações antecipadas de problemas. O sistema de proteção do motor é ativado sempre que o motor estiver
funcionando, portanto você nunca precisa se preocupar se o seu equipamento está protegido ou não. O
sistema responderá a um problema, produzindo um bipe durante seis segundos e/ou reduzindo a potência do
motor a fim de manter uma condição segura de funcionamento.
Se o sistema de proteção do motor tiver sido ativado, diminua a rotação do motor. O problema precisará ser
identificado e corrigido. O sistema deve ser reconfigurado antes de o motor ser operado em velocidades mais
altas. Mover a alavanca de aceleração de volta para a posição de marcha lenta restabelecerá o sistema de
proteção do motor. Se o sistema de proteção do motor (Guaqrdian) tiver determinado que o restabelecimento
não corrigiu o problema, ele permanecerá ativado, limitando a aceleração. O problema deve ser identificado
e corrigido antes que o sistema de proteção do motor (Guardian) permita que o motor atinja uma rotação de
operação normal.

LIMITE DE ROTAÇÕES EM EXCESSO DE VELOCIDADE


O limite de rotações em excesso de velocidade é definido em uma rotação maior do que a faixa de operação.
Caso o motor seja operado em uma rotação maior ou igual ao limite do excesso de velocidade, o PCM não
permitirá que o motor mantenha a potência solicitada pelo operador. Consulte Especificações para
determinar o limite de rotações do motor.
Ao atingir o início do limite de rotação, o sistema de proteção do motor cortará a ignição de cilindros
específicos. Se o operador não reduzir a rotação do motor, o sistema de proteção do motor corta a ignição
de todos os cilindros. Não há nenhuma advertência sonora enquanto o limite de excesso de rotação do
sistema de proteção do motor (Guardian) estiver ativo.
Para restabelecer o proteção do Sistema Guardian:
1. Reduza totalmente a aceleração por três segundos.
2. Acione o acelerador. Se o motor não responder, repita o passo um.

PRODUTO SMARTCRAFT
O pacote de instrumentos do Sistema SmartCraft da Mercury pode ser adquirido para este motor de popa.
Algumas das funções que o pacote de instrumentos exibirá são: RPM do motor, temperatura do fluido
refrigerante, pressão do óleo, pressão da água, voltagem da bateria, consumo de combustível e número de
horas de funcionamento do motor.
O conjunto de instrumentos SmartCraft também auxiliará nos diagnósticos do Sistema de Vigilância do
Motor. O conjunto de instrumentos SmartCraft exibirá também os dados críticos de alarme do motor e
problemas potenciais.

40 por
RECURSOS E CONTROLES
Compensador e Sistema de Inclinação Hidráulicos
COMPENSAÇÃO E INCLINAÇÃO HIDRÁULICAS
O motor de popa tem um controle de ajuste de compensação/inclinação chamado de compensação
hidráulica (Power Trim). Esse sistema permite ao operador ajustar a posição do motor de popa pressionando
o interruptor de ajuste de compensação. Mover o motor de popa para dentro, para mais perto do gio do barco
é chamado ajuste para dentro ou para baixo. Mover o motor de popa para longe do gio do barco é chamado
ajuste para fora ou para cima. O termo compensação normalmente se refere ao ajuste do motor de popa
dentro dos primeiro 20º da faixa de deslocamento. Essa é a faixa usada durante a operação do barco na
planagem. O termo inclinação geralmente é usado para referir-se ao ajuste do motor de popa mais para
cima, em direção à superfície da água. Com o motor desligado e a chave de ignição na posição ligada, o
motor de popa pode ser inclinado para fora da água. À velocidade de marcha lenta reduzida, o motor de
popa pode também ser inclinado para além da faixa de compensação como, por exemplo, em operação em
águas rasas.

a UP
DN

b
c 58238

a- Interruptor de ajuste de compensação


b- Faixa de inclinação
c- Faixa de compensação

OPERAÇÃO DA COMPENSAÇÃO HIDRÁULICA


Na maioria dos barcos, operar no meio da faixa intermediária produzirá resultados satisfatórios. Contudo,
para obter o máximo da capacidade de compensação, em alguns casos talvez seja necessário ajustar a
compensação totalmente para dentro ou para fora. Juntamente com a melhoria em algumas características
de desempenho advém uma maior responsabilidade para o operador, que é a de estar alerta a algumas
práticas de controle de risco.
O risco de controle mais significativo é um empuxo ou torque que podem ser sentidos na direção ou na
alavanca de leme. Esse torque da direção é causado pela compensação do motor de popa para que o eixo
da hélice não fique paralelo à superfície da água.

! ADVERTÊNCIA
Compensar o motor de popa além de uma condição de direção neutra pode resultar em uma tração ou
torque na direção ou na alavanca do leme e perda do controle do barco. Mantenha o controle do barco se
a compensação for além de uma condição de direção neutra.

Analise atentamente o seguinte.


1. A compensação para dentro ou para baixo pode:
• Baixar a proa.

por 41
RECURSOS E CONTROLES
• Causar uma planagem rápida, especialmente se o barco tiver uma carga pesada ou a popa
estiver pesada.
• Melhorar de modo geral a navegação em águas agitadas.
• Aumentar o torque de direção ou puxar para a direita (com a rotação normal da hélice para a
direita).
• Em excesso, pode fazer com que a proa de alguns barcos baixe até o ponto em que começam a
mergulhar na água durante a planagem. Isso pode fazer o barco virar inesperadamente em
qualquer direção (o que é chamado de viragem da proa ou viragem excessiva) caso seja tentada
qualquer viragem ou se uma onda forte vier de encontro ao barco.
2. A compensação para fora ou para cima pode:
• Elevar ainda mais a proa para fora da água.
• Aumentar de modo geral a velocidade máxima.
• Aumentar o espaço em relação aos objetos submersos ou ao fundo em águas rasas.
• Aumentar o torque de direção ou puxar para a esquerda à altura normal de instalação (com a
rotação normal para a direita da hélice).
• Em excesso. pode fazer o barco sacudir (pular) ou causar a ventilação da hélice.
• Causar o superaquecimento do motor se os orifícios de entrada de água de resfriamento
estiverem acima da superfície da água.

OPERAÇÃO DE INCLINAÇÃO
Para inclinar o motor de popa, desligue o motor e pressione o interruptor de compensação/inclinação ou o
interruptor de inclinação auxiliar na posição para cima. O motor de popa inclinará para cima até o interruptor
ser solto ou até atingir a posição de inclinação máxima.
1. Engate a alavanca de suporte de inclinação; para isso, gire o botão para mover a alavanca de suporte
para cima.
2. Abaixe o motor de popa para que descanse sobre a alavanca de suporte de inclinação.
3. Desengate a alavanca de suporte de inclinação suspendendo o motor de popa para fora da alavanca
de suporte e girando a alavanca para baixo. Abaixe o motor de popa.

a- Alavanca do suporte de inclinação


b- Botão

b
47705

INCLINAÇÃO MANUAL
Se o motor de popa não puder ser inclinado usando-se o interruptor de compensação/inclinação hidráulicas,
o motor de popa poderá ser inclinado manualmente.
NOTA: A válvula manual de liberação da inclinação deve ser apertada antes da operação do motor de popa
para evitar que ele vire para trás durante uma operação de marcha à ré.

42 por
RECURSOS E CONTROLES
Gire a válvula manual de liberação da inclinação três voltas no sentido anti-horário. Isso permite a inclinação
manual do motor. Incline o motor de popa para a posição desejada e aperte a válvula manual de liberação da
inclinação.

47663

INTERRUPTOR DE INCLINAÇÃO AUXILIAR


O interruptor de inclinação auxiliar pode ser usado para inclinar o motor de popa para cima ou para baixo
usando o sistema de compensação hidráulica.

a- Interruptor auxiliar de inclinação

47704

OPERAÇÃO EM ÁGUAS RASAS


Quando estiver operando o seu barco em águas rasas, o motor de popa pode ser inclinado para além da
faixa de inclinação máxima para evitar que bata o fundo.
1. Reduza o regime de rotações do motor abaixo de 2000 RPMs.
2. Incline o motor de popa para cima. Certifique-se de que os orifícios de entrada de água permaneçam
submersos durante todo o tempo.
3. Opere o motor a velocidades baixas apenas. Se a velocidade do motor exceder 2.000 RPMs, o motor
de popa voltará automaticamente para a faixa de compensação máxima.

por 43
OPERAÇÃO
Inspeção Diária Importante Antes de Cada Uso
Qualquer motor de popa montado no barco deve ter as peças de montagem inspecionadas e verificadas para
garantir que elas não se soltem. Um adesivo no suporte do gio lembra o proprietário de verificar os
prendedores que fixam o motor de popa no gio antes de cada uso.

51985

Adesivo no suporte do gio

Lista de Verificação Pré-partida


• O operador deve conhecer os procedimentos de segurança de navegação, condução e operação.
• Verifique se existe um colete salva-vidas de tamanho adequado e de fácil acesso para cada pessoa
que estiver a bordo (exigido por lei).
• Verifique se existe uma boia redonda concebida especialmente para ser lançada a uma pessoa na
água.
• O operador deve conhecer a capacidade máxima de carga dos barcos. Para obter essa informação,
verifique a placa de capacidade do barco.
• O suprimento de combustível deve estar OK.
• Organize os passageiros e a carga no barco de modo que o peso esteja distribuído igualmente e
todos estejam sentados em um assento adequado.
• Diga a alguém para onde você está indo e quando espera retornar.
• A operação do barco sob efeito de álcool ou drogas é ilegal.
• Informe-se sobre as condições das águas, da área, das marés, das correntes, dos bancos de areia,
rochas e outro perigos da região onde irá navegar.
• Inspecione os itens listados na seção Manutenção – Cronograma de Inspeção e Manutenção.

Operação em Temperaturas de Congelamento


Ao usar seu motor de popa ou quando estiver atracado em temperaturas congelantes ou próximas do
congelamento, mantenha-o sempre inclinado para baixo para que a caixa de engrenagens fique submersa.
Isso impedirá o congelamento da água presa na caixa de engrenagens, o que causaria possível dano à
bomba de água e a outros componentes.
Se houver possibilidade de formação de gelo na água, é necessário retirar o motor de popa da água e drená-
lo completamente. Caso ocorra formação de gelo no nível da água dentro do compartimento do eixo de
transmissão do motor de popa, o fluxo de água para o motor ficará obstruído, possivelmente danificando o
motor.

44 por
OPERAÇÃO
Operação em Água salgada ou Poluída
Recomendamos que você lave as passagens internas de água do seu motor de popa com água doce toda
vez que você operá-lo em água salgada ou poluída. Isso evitará que o acúmulo de sedimentos obstrua as
passagens de água. Consulte a seção Manutenção - Lavagem do Sistema de Resfriamento.
Se você mantiver o barco atracado na água, incline sempre o motor de popa para que a caixa de
engrenagens fique completamente fora da água (exceto em temperaturas de congelamento) quando não
estiver em uso.
Depois de cada utilização, lave a parte externa do motor de popa e enxágue a saída do escapamento da
hélice e da caixa de engrenagens com água doce. Uma vez por mês, borrife as superfícies metálicas
externas com Mercury Precision ou Quicksilver Corrosion Guard. Não borrife sobre os ânodos de controle de
corrosão, pois isso reduzirá sua eficiência.

Operação em Regiões Elevadas


O seu motor compensa automaticamente para as mudanças de altitude. Uma hélice de inclinação diferente
pode ajudar a reduzir um pouco da perda de desempenho causada pela redução de oxigênio do ar. Consulte
o seu concessionário.

Efeitos da elevação e clima sobre o desempenho


As condições a seguir diminuem o desempenho do motor e não podem ser compensadas pelos sistemas de
controle eletrônico ou de combustível do motor:
• Elevações acima do nível do mar
• Altas temperaturas
• Pressão barométrica baixa
• Umidade elevada
Essas condições acima reduzem a densidade do ar que entra no motor, o que diminui o seguinte:
• Pressão auxiliar em motores supercomprimidos
• Potência e torque em toda a faixa de rotação
• Rotação de pico
• Compressão de partida
EXEMPLO: Um motor que funcione a uma altitude de 8000 pés terá uma perda superior a 30% da potência
enquanto essa perda em um dia quente e úmido pode chegar a 14%. Essas perdas se aplicam normalmente
a motores aspirados e supercomprimidos.
Compensação para condições de roubo de potência:
• Mude para uma hélice com passo inferior.
• Mude a relação de engrenamento.
Um pouco do desempenho do barco pode ser obtido novamente ao se usar uma hélice com passo menor,
porém o desempenho do motor ainda permanecerá inferior. Em alguns casos, a redução da relação de
engrenamento pode ser mais benéfica. Para otimizar o desempenho do motor, equipe o motor com a hélice
correta a fim de permitir a sua operação na extremidade superior do regime recomendado de RPMs
máximas, ou próximo dele, com a aceleração máxima e carga normal no barco.
Outras vantagens das mudanças de hélice e relação de engrenamento:
• Reduz a possibilidade de detonação
• Melhora a confiabilidade e a durabilidade geral do motor

por 45
OPERAÇÃO
Ajuste do Ângulo de Inclinação enquanto o Motor está à Velocidade
de Marcha Lenta

a- Orifício de alívio submerso (errado)


b- Orifício de alívio acima da superfície
da água (correto)

a b

47821

Operação em Águas Rasas


Quando estiver operando o seu barco em águas rasas, o motor de popa pode ser inclinado para além da
faixa de compensação máxima para evitar que bata o fundo.

AVISO
Operar o motor com o motor de popa na faixa de inclinação pode danificar o motor ou o gio. Caso opere o
motor na faixa de inclinação, como em águas rasas, não ultrapasse 2000 RPMs.

1. Reduza o regime de rotações do motor abaixo de 2000 RPMs.


2. Incline o motor de popa para cima. Certifique-se de que os orifícios de entrada de água de
resfriamento permaneçam submersos durante todo o tempo.
3. Opere o motor a velocidades baixas apenas.
Modelos com um sistema de compensação de três aríetes: Se a velocidade do motor exceder 2.000 RPMs, o
motor de popa voltará automaticamente para a faixa de compensação máxima.
Modelos com um sistema de compensação de aríete único: O motor de popa permanecerá na posição de
inclinação selecionada, independentemente de sua rotação.

Procedimento de amaciamento do motor


IMPORTANTE: Se os procedimentos de amaciamento não forem seguidos, o motor poderá ter baixo
desempenho por toda a sua vida útil e sofrer danos. Siga sempre os procedimentos de amaciamento.
1. Durante as primeiras duas horas de operação, faça o motor trabalhar utilizando um ajuste de
aceleração de no máximo 4.500 RPM, e à aceleração máxima por aproximadamente um minuto a
cada dez minutos.
2. Para as próximas oito horas de operação, evite operações de aceleração máxima contínua por mais
de cinco minutos de cada vez.

Como dar partida no motor


Antes de iniciar, leia a Lista de verificação de pré-partidae os botões Procedimento de amaciamento do
motor nesta seção.

46 por
OPERAÇÃO
AVISO
Sem água de arrefecimento suficiente, o motor, a bomba de água e outros componentes sofrerão
superaquecimento e serão danificados. Durante o funcionamento, as entradas de água precisam receber
um volume adequado de água.

1. Verifique o nível de óleo do motor.

20783 47820

2. Certifique-se de que a entrada de água de resfriamento está submersa.

47412

3. Abra o parafuso de ventilação do tanque de combustível (na tampa de abastecimento) dos tanques de
combustível do tipo de ventilação manual.

19748

por 47
OPERAÇÃO
4. Coloque o interruptor de desligamento por corda na posição "RUN" (FUNCIONAMENTO). Consulte
Informações gerais – Interruptor de desligamento por corda.

19791

5. Coloque o câmbio em ponto morto (N).

58237

6. Partida com a chave de ignição - Gire a chave de ignição para a posição START (partida) e solte a
chave. O sistema de partida eletrônica dará partida no motor automaticamente. Se o motor não
"pegar", ele irá parar de dar partida. Gire a chave de ignição para a posição START (partida)
novamente até que o motor comece a funcionar.
NOTA: Ao ligar um motor novo pela primeira vez ou no caso de um motor que tenha ficado sem combustível
(ou cujo combustível tenha sido drenado), é necessário abastecer o sistema de combustível da seguinte
forma:
Coloque a chave de ignição na posição ON (ligada) por aproximadamente cinco segundos. Gire a chave
para a posição START (PARTIDA) e solte-a, o motor será acionado por um máximo de oito segundos. O
motor pode partir, funcionar irregularmente e morrer durante o abastecimento do sistema. Repita esse
procedimento de partida até que o motor permaneça funcionando. Deixe que o motor de arranque resfrie
por 20 a 30 segundos entre uma tentativa de partida e outra.

19804

7. Depois de o motor dar partida, verifique se há um fluxo contínuo de água saindo pelo orifício indicador
da bomba de água.
IMPORTANTE: Se não houver água saindo do orifício indicador da bomba de água, desligue o motor e
verifique se existe alguma obstrução na entrada de água de arrefecimento. Se não houver nenhuma
obstrução, isso pode indicar falha na bomba de água ou entupimento no sistema de arrefecimento. Estas
condições causarão o superaquecimento do motor. Providencie para que seu revendedor verifique o motor
de popa. Colocar o motor em funcionamento enquanto estiver superaquecido pode danificá-lo.

48 por
OPERAÇÃO
8. Se o motor não ligar, pressione apenas o botão do acelerador e avance a alavanca do controle remoto
levemente para abrir o acelerador. Gire o motor e esteja preparado para reduzir imediatamente a
aceleração após o motor partir.

58261

AQUECIMENTO DO MOTOR
Antes de começar a operação, permita que o motor aqueça à velocidade de marcha lenta durante três
minutos.

Mudança de Marcha
IMPORTANTE: Observe o seguinte:
• Nunca engate uma marcha sem que o motor esteja funcionando em marcha lenta.
• Não coloque o motor de popa em marcha à ré se o motor não estiver funcionando.
• O seu motor de popa tem três marchas para permitir a operação: Marcha à frente (F), ponto morto (N)
e marcha à ré (R).
• Para mudar de marcha, pare sempre na posição de ponto morto e deixe que a velocidade do motor
volte para marcha lenta.
• Para engatar uma marcha, use sempre um movimento rápido.
• Depois de engatar a marcha do motor de popa, mova a alavanca mais para a frente para aumentar a
velocidade.

N
F R

58239

por 49
OPERAÇÃO
Desligamento do motor
- Reduza a velocidade do motor e coloque o câmbio em ponto morto. Gire a chave da ignição para a posição
"OFF".

26843

50 por
MANUTENÇÃO
Cuidados com o Motor de Popa
Para manter o seu motor de popa na melhor condição de operação é muito importante que o seu motor de
popa receba manutenção e inspeção periódica, conforme está indicado na seção Cronograma de inspeção e
manutenção. Insistimos para que ele receba a manutenção adequada a fim de garantir a sua segurança e a
de seus passageiros, como também reter a confiabilidade dele.
Registre a manutenção executada no Registro de Manutenção na parte de trás deste livro. Guarde todos os
pedidos de trabalho de manutenção e respectivos recibos.

SELEÇÃO DE PEÇAS DE REPOSIÇÃO PARA O MOTOR DE POPA


Recomendamos a utilização de peças de reposição originais e lubrificantes genuínos Mercury Precision ou
Quicksilver.

Regulamentos sobre Emissões da Agência de Proteção Ambiental


dos Estados Unidos (EPA)
Todos os motores de popa novos fabricados pela Mercury Marine são certificados pela EPA (Agência de
Proteção ao Meio Ambiente) dos Estados Unidos e estão de acordo com os requisitos dos regulamentos
para controle de poluição do ar dos novos motores de popa. Esta certificação depende de que a
configuração de certos ajustes seja feita de acordo com os padrões de fábrica. Por esta razão, o
procedimento de fábrica para manutenção do produto deve ser estritamente seguido e sempre que possível,
restituído às características originais do projeto. A manutenção, substituição, ou conserto dos dispositivos e
sistemas de controle de emissão podem ser executados por qualquer estabelecimento ou indivíduo
especializado em reparos de velas de ignição (SI) de motores marítimos.

RÓTULO DE CERTIFICAÇÃO DE EMISSÃO


Um rótulo de certificação de emissão, indicando os níveis de emissão e especificações do motor diretamente
relacionadas às emissões, foi colocado no motor durante a fabricação.

EMISSION CONTROL
a INFORMATION
f
THIS ENGINE CONFORMS TO CALIFORNIA AND U.S. EPA

b
EMISSION REGULATIONS FOR SPARK IGNITION MARINE ENGINES
REFER TO OWNERS MANUAL FOR REQUIRED MAINTENANCE, g
SPECIFICATIONS, AND ADJUSTMENTS

c IDLE SPEED (in gear): FAMILY:


h
hp L HC+NOx:FEL: g/kWh

d kw
SPARK PLUG:
CO FEL: g/kWh
i
GAP:
e LOW PERM/HIGH PERM: j
43210

a- Velocidade de marcha lenta


b- Potência do motor
c- Deslocamento do pistão
d- Potência do motor - quilowatts
e- Data de fabricação
f- Número da família
g- Limite de emissão regulado para a família do motor
h- Limite de emissão regulado para a família do motor
i- Abertura e vela de ignição recomendadas
j- Porcentagem de permeação da linha de combustível

por 51
MANUTENÇÃO
RESPONSABILIDADE DO PROPRIETÁRIO
O proprietário ou operador deve se certificar de que o motor passa pelas manutenções de rotina para manter
o nível de emissão dentro dos padrões de certificação indicados.
O proprietário ou usuário não deve modificar o motor de qualquer forma que possa alterar os níveis de
potência ou de emissão excedendo as especificações predeterminadas de fábrica.

Cronograma de inspeção e manutenção


ANTES DE CADA UTILIZAÇÃO
• Verifique o nível de óleo do motor. Consulte Combustível e óleo - verificação e adição de óleo do
motor.
• Verifique se o interruptor de desligamento por corda desliga o motor.
• Verifique se o motor de popa está bem preso ao gio. Caso seja observado que o motor de popa ou os
elementos de fixação não estão devidamente apertados, aperte-os novamente com o torque
especificado. Quando estiver em busca de sinais de componentes soltos, verifique se há perda de
material ou tinta no suporte do gio causada pelo movimento entre os elementos de fixação de
montagem do motor de popa e os suportes do gio. Além disso, verifique se há sinais de movimento
entre os suportes do motor e do gio (placa de elevação/suporte de fixação para trás).

Descrição Nm lb.-pol. lb.-pé


Contraporcas e parafusos de montagem do motor
75 55
de popa – gio padrão para barcos
Contraporcas e parafusos de montagem do motor
de popa – placas de metal de elevação e suportes 122 90
de recuo
• Inspecione visualmente o sistema de combustível procurando por deterioração ou vazamentos.
• Verifique se existem componentes tortos ou soltos no sistema de direção.
• Verifique se existem danos nas lâminas da hélice.

APÓS CADA UTILIZAÇÃO


• Lave o sistema de resfriamento do motor de popa quando operar em águas salgadas, poluídas ou
lamacenta. Consulte a seção Como Lavar o Sistema de Resfriamento.
• Se esteve navegando em água salgada, lave com água doce para retirar todos os depósitos de sal da
saída do escapamento da hélice e caixa de engrenagens.
• Se o motor for trabalhar em água salgada, inspecione a cabeça do motor e os componentes da
cabeça do motor quanto ao acúmulo de sal. Consulte a seção Cuidados de Limpeza para a Cabeça
do Motor (Uso em Água Salgada).

A CADA 100 HORAS DE UTILIZAÇÃO OU UMA VEZ AO ANO, O QUE


ACONTECER PRIMEIRO
• Troque o óleo do motor e substitua o filtro do óleo. Se o motor trabalhar por longos períodos sob
condições adversas, como em pescaria de corrico, o óleo deve ser trocado com mais frequência.
Consulte a seção Troca de óleo do motor.
• Verifique visualmente se o termostato está corroído ou se a mola está quebrada. Certifique-se de que
o termostato fecha completamente à temperatura ambiente.1.
• Verifique se existem agentes contaminadores no filtro de combustível de baixa pressão. Substitua o
filtro se for necessário. Consulte a seção Sistema de combustível..
• Verifique se os elementos de fixação de montagem do motor de popa que prendem o motor ao gio.
Aperte os elementos de fixação com o torque especificado.1.

1. Caso seja necessária assistência técnica, esses itens deverão ser levados a um revendedor autorizado.

52 por
MANUTENÇÃO
Descrição Nm lb.-pol. lb.-pé
Contraporcas e parafusos de montagem do motor
75 55
de popa – gio padrão para barcos
Contraporcas e parafusos de montagem do motor
de popa – placas de metal de elevação e suportes 122 90
de recuo
• Verifique os ânodos de controle de corrosão. Verifique-os com mais frequência ao utilizar em água
salgada. Consulte Ânodo de proteção contra de corrosão.
• Drene e volte a encher a caixa de engrenagens com lubrificante. Consulte Lubrificação da caixa de
engrenagens.
• Inspecione a bateria. Consulte Inspeção da bateria.
• Em águas salgadas, remova as velas de ignição e aplique uma fina camada de Composto
Antiengripante somente nas roscas das velas de ignição. Recoloque as velas de ignição. Consulte a
seção Inspeção e Substituição da Vela de Ignição.

Nº de ref.
Descrição Onde é Usado Nº de peça
do tubo
Composto
81 Roscas da vela de ignição 92-898101385
Antiengripante
• Verifique a fiação e conectores.
• Verifique se os parafusos, porcas e outros elementos de fixação estão bem apertados.
• Verifique se as vedações da tampa estão intactas e sem danos.
• Verifique se a espuma interna de isolamento sonoro da tampa (se equipado) está intacta e sem
danos.
• Verifique se o silencioso de admissão (se equipado) está no lugar certo.
• Verifique se o abafador de alívio de marcha lenta (se equipado) está no lugar certo.
• Verifique se há braçadeiras de mangueiras ou foles de borracha soltos (se equipado) no conjunto de
admissão de ar.

A CADA 300 HORAS DE UTILIZAÇÃO OU A CADA TRÊS ANOS


• Verifique o fluido de compensação hidráulica. Consulte a seção Verificação do Fluido de
Compensação Hidráulica.
• Substitua a hélice da bomba de água (com maior frequência se ocorrer superaquecimento ou se for
detectada uma redução na pressão da água).1.
• Lubrifique as ranhuras do eixo de transmissão superior.1.
• Substitua a correia de tração do alternador. Consulte a seção Inspeção da Correia de Tração do
Alternador.1.

ANTES DOS PERÍODOS DE ARMAZENAMENTO


• Consulte a seção Armazenamento .

por 53
MANUTENÇÃO
Adesivo da programação de manutenção (150 FourStroke)
A tabela a seguir mostra os ícones e uma descrição geral do adesivo da programação de manutenção
localizado no motor.

58260

Ícone Definição Ícone Definição

Substituir Inspecionar
58249 58250

Lubrificante da caixa de
Filtro e óleo do motor
câmbio
58251 58252

Velas de ignição Termostato


58253
58254

Filtro de combustível de baixa pressão Anodos


58255 58256

54 por
MANUTENÇÃO
Ícone Definição Ícone Definição

Correia de acionamento de acessórios


Hélice da bomba de água

58257
58258

Como Lavar o Sistema de Arrefecimento


Lave as passagens internas de água do motor de popa com água doce, após cada uso em água salgada,
poluída ou barrenta. Isso ajudará a evitar que o acúmulo de sedimentos entupa as passagens internas de
água.
NOTA: O motor de popa pode ser inclinado ou colocado na posição de operação vertical durante a lavagem.
1. Com o motor desligado, coloque o motor de popa na posição de funcionamento (vertical) ou na
posição inclinada.
2. Remova o conector de enxágue da tampa inferior.
3. Remova a tampa do conector de enxágue e enrosque uma mangueira de água no conector de
enxágue.

47592

4. Abra a torneira (no máximo até a metade) e deixe a água correr através do sistema de resfriamento
por aproximadamente 15 minutos.
5. Quando o enxágue terminar, feche a torneira de água e desconecte a mangueira de água.
6. Instale a tampa no conector de enxágue. Coloque o conector de enxágue de volta na tampa inferior.

por 55
MANUTENÇÃO
Remoção e instalação da tampa superior
REMOÇÃO
Destrave a tampa superior puxando a trava da tampa traseira. Retire a tampa superior do motor.

47632

INSTALAÇÃO
1. Abaixe a tampa superior sobre o motor.
2. Abaixe a dianteira da tampa primeiro e engate o gancho dianteiro da tampa. Abaixe a tampa na sua
posição ajustada e aplique pressão na parte posterior da tampa para travá-la no local. Certifique-se de
que a tampa superior está bem presa tentando puxar a parte traseira da tampa para cima.

47633

Cuidados de Limpeza para as Tampas Superior e Inferior


IMPORTANTE: A limpeza a seco (limpeza da superfície plástica quando seca) resultará em pequenos
arranhões na superfície. Molhe sempre a superfície antes de limpá-la. Não use detergentes que contenham
ácido hidroclorídrico. Siga o procedimento de limpeza e enceramento.

PROCEDIMENTO DE LIMPEZA E DE ENCERAMENTO


1. Antes de lavar, enxágue as tampas com água limpa para remover a sujeira e a poeira que podem
arranhar a superfície.
2. Lave as tampas com água limpa e sabão neutro não abrasivo. Use um pano limpo e macio ao lavar.
3. Seque cuidadosamente com o pano limpo e macio.
4. Encere a superfície com um polidor automotivo não abrasivo (polidor formulado para acabamentos de
camada transparente). Usando um pano limpo e macio, remova à mão a cera aplicada.

56 por
MANUTENÇÃO
5. Para remover arranhões pequenos, use o Composto de Acabamento para Tampa da Mercury Marine
(92-859026K 1).

Cuidados de Limpeza para a Cabeça do Motor (Uso em Água


Salgada)
Se o motor de popa foi operado em água salgada, remova a tampa superior e a cobertura do volante.
Inspecione a cabeça do motor e os componentes da cabeça do motor quanto a acúmulos de sal. Lave bem
com água doce para retirar qualquer acúmulo de sal que exista na cabeça do motor e nos seus
componentes. Mantenha o spray de água longe do filtro/admissão e alternador. Depois de lavar, espere a
cabeça do motor e os componentes secarem. Aplique um spray de proteção contra corrosão Quicksilver ou
Mercury Precision nas superfícies de metal externas da cabeça do motor e nos componentes da cabeça do
motor. Não permita que o spray de proteção contra corrosão entre em contato com a correia de tração do
alternador ou com as polias da correia.
IMPORTANTE: Não permita que o lubrificante ou o spray de proteção contra corrosão entre em contato com
a correia de tração do alternador nem com as polias da correia. A correia de tração do alternador pode
patinar e ser danificada se entrar em contato com qualquer lubrificante ou spray de proteção contra corrosão.

Nº de ref. do
Descrição Onde é Usado Nº de peça
tubo
Proteção contra Superfícies de metal externas da cabeça do
120 92-802878Q55
corrosão motor e componentes da cabeça do motor.

Inspeção da Bateria
A bateria deverá ser inspecionada em intervalos periódicos para garantir a capacidade de arranque
adequada do motor.
IMPORTANTE: Leia as instruções de segurança e de manutenção que acompanham a sua bateria.
1. Desligue o motor antes de fazer a manutenção da bateria.
2. Certifique-se de que a bateria esteja bem presa para que não se movimente.
3. Os terminais dos cabos da bateria devem estar limpos, bem apertados e instalados corretamente. O
terminal positivo no polo positivo e o negativo no polo negativo.
4. Certifique-se de que a bateria esteja equipada com um protetor não condutivo para evitar curtos-
circuitos acidentais dos terminais da bateria.

Sistema de combustível
! ADVERTÊNCIA
O combustível é inflamável e explosivo. Certifique-se de que a chave está na posição desligada e a corda
de desligamento do motor está posicionada de forma que o motor não possa ser ligado. Durante a
manutenção, não fume nem permita fontes de faíscas ou chamas abertas na área. Mantenha a área de
trabalho bem ventilada e evite a exposição prolongada aos vapores. Antes de tentar ligar o motor,
verifique sempre se existem vazamentos e limpe qualquer combustível derramado imediatamente.

IMPORTANTE: Utilize um recipiente aprovado para armazenar o combustível. Limpe imediatamente o


combustível derramado. O material usado para conter combustível derramado deve ser descartado em um
recipiente aprovado.
Antes de fazer a manutenção de qualquer parte do sistema de combustível:
1. Desligue o motor e desconecte a bateria.
2. A manutenção do sistema de combustível deve ser sempre realizada em uma área bem ventilada.
3. Depois de completar a manutenção, verifique sempre se existe qualquer sinal de vazamento de
combustível.

por 57
MANUTENÇÃO
INSPEÇÃO DA LINHA DE COMBUSTÍVEL
Verifique visualmente se existem rachaduras, vazamentos, endurecimento ou outros sinais de deterioração
nas linhas de combustível. Se encontrar qualquer uma destas condições, a linha de combustível devem ser
substituídas.

FILTRO DE COMBUSTÍVEL DE BAIXA PRESSÃO


A manutenção do filtro de baixa pressão pode ser feita como um item de manutenção geral; contudo, o filtro
de alta pressão normalmente está sob alta pressão e a sua manutenção só deve ser realizada por um
revendedor autorizado.

Remoção
1. Gire a chave da ignição para a posição "OFF" (desligada).
2. Mova a alavanca de levantamento para que a lingueta de travamento se afaste do suporte.

47535

a- Alavanca de levantamento
b- Lingueta de travamento fixada sob o suporte

3. Use a alavanca de levantamento e puxe o filtro de combustível de sua abertura. Se necessário, mova
a mangueira de combustível de modo que ela se afaste do suporte durante o levantamento do filtro de
combustível.
4. Empurre as linguetas de liberação da mangueira de combustível e desconecte as mangueiras de
combustível do filtro de combustível.
5. Coloque a mangueira inferior no suporte de mangueira para evitar que ela caia no orifício do filtro.

58 por
MANUTENÇÃO
6. Remova o filtro de combustível da alavanca de levantamento.

b
a

c 47441

a- Lingueta de liberação da mangueira de combustível


b- Filtro de combustível de baixa pressão
c- Suporte de mangueira

Instalação
1. Coloque a alavanca de levantamento no filtro de combustível. Instale o novo filtro de combustível de
forma que a seta aponte na direção do motor.
2. Conecte as mangueiras de combustível ao filtro de combustível com as conexões de travamento da
mangueira.
3. Verifique visualmente se existem vazamentos no filtro de combustível girando a chave de ignição para
a posição de funcionamento "RUN", forçando o combustível para dentro do filtro. Conserte qualquer
vazamento de combustível se necessário.
4. Instale o filtro de combustível novamente na abertura. Posicione a alavanca de levantamento de modo
que a lingueta de travamento fique fixa sob o suporte.

Ânodo de proteção contra de corrosão


O motor de popa tem ânodos de controle de corrosão em diferentes locais. Um ânodo ajuda proteger o motor
de popa contra a corrosão galvânica sacrificando o seu metal que é corroído lentamente ao invés dos metais
do motor de popa.
Os ânodos precisam ser inspecionados periodicamente, especialmente em água salgada (que acelera a
corrosão). Para manter esta proteção, substitua o ânodo antes de sua corrosão completa. Nunca pinte nem
aplique revestimento de proteção no ânodo, pois isso reduzirá sua eficácia.

por 59
MANUTENÇÃO
Há dois ânodos em cada lado da caixa de engrenagens. Um outro ânodo está instalado na parte inferior do
conjunto do suporte do gio.

47569

Substituição da hélice
! ADVERTÊNCIA
Hélices em movimento podem causar ferimentos graves ou morte. Nunca opere o barco fora da água com
uma hélice instalada. Antes de instalar ou remover uma hélice, coloque a unidade de tração em ponto
morto e acione o interruptor de desligamento por corda para impedir a partida do motor. Coloque um bloco
de madeira entre a lâmina da hélice e a placa antiventilação da unidade de tração de popa.

1. Coloque o motor de popa em ponto morto (N).

58237

2. Endireite as linguetas do retentor da porca da hélice.

60 por
MANUTENÇÃO
3. Coloque um bloco de madeira entre a caixa de câmbio e a hélice para que ela não se mova e retire a
porca da hélice.

26901

4. Puxe a hélice diretamente para fora do eixo. Se a hélice estiver presa ao eixo e não puder ser
retirada, leve o motor a um revendedor autorizado para que a hélice possa ser retirada.
5. Aplique uma camada de graxa extrema ou 2-4-C com PTFE no eixo da hélice.

47623

Nº de ref.
Descrição Onde é Usado Nº de peça
do tubo

Graxa extrema Eixo da hélice 8M0071841

95 2-4-C com Teflon Eixo da hélice 92-802859Q 1

IMPORTANTE: Para evitar que o cubo da hélice fique corroído e fique preso ao eixo da hélice,
especialmente em água salgada, aplique sempre uma camada do lubrificante recomendado em toda a
extensão do eixo da hélice nos intervalos de manutenção recomendados, e também sempre que a hélice for
retirada.

HÉLICES FLO-TORQ II
1. Instale a hélice no eixo com os componentes fornecidos, conforme mostrado.
2. Coloque o retentor da contraporca sobre os pinos elevados do adaptador da camisa de tração e
aperte a contraporca com o torque especificado.

por 61
MANUTENÇÃO
3. Fixe a contraporca dobrando as linguetas para cima contra as contraporcas.

c
a b h
d e g

f 45232

a- Arruela de empuxo dianteiro


b- Camisa de tração
c- Hélice
d- Adaptador da camisa de tração
e- Retentor da contraporca
f- Contraporca
g- Pinos elevados
h- Linguetas dobradas contra a contraporca

Descrição Nm lb-in lb-pé


Porca da hélice 75 – 55.3

HÉLICES FLO-TORQ IV
1. Instale a hélice no eixo com os componentes fornecidos, conforme mostrado.
2. Aperte a contraporca de acordo com o torque especificado.

62 por
MANUTENÇÃO
3. Fixe a contraporca dobrando três das linguetas nas ranhuras do adaptador da camisa de tração.

c
a b
d e g

f 45248

a- Arruela de empuxo dianteiro


b- Camisa de tração
c- Hélice
d- Adaptador da camisa de tração
e- Retentor da contraporca
f- Contraporca
g- Linguetas dobradas nas ranhuras

Descrição Nm lb-in lb-pé


Porca da hélice 75 – 55.3

Inspeção e substituição da vela de ignição


1. Retire os fios das velas. Puxe os protetores de borracha para fora das velas de ignição.

47660

por 63
MANUTENÇÃO
2. Remova as velas de ignição para inspecioná-las.

47662

3. Substitua a vela de ignição se o eletrodo estiver desgastado ou se o isolador estiver irregular,


trincado, quebrado ou com bolhas ou se o metal precioso não estiver visível no eletrodo da vela.
IMPORTANTE: A cor da vela pode não refletir sua condição com precisão. Para diagnosticar uma vela com
defeito com precisão, inspecione o metal precioso em seu eletrodo. Se não houver metal precioso visível,
substitua a vela.

9381

a- Metal precioso

4. Regule a abertura da vela de ignição. Consulte Especificações.

27848

a. Todas as velas de ignição devem ter a folga verificada e corrigida conforme necessário, antes da
instalação.

64 por
MANUTENÇÃO
b. Meça a folga com um calibre apalpador ou calibrador de pinos. Nunca use uma ferramenta de
verificação de folga do tipo cunha para inspecionar ou ajustar a folga.
c. Se for necessário fazer algum ajuste, não force nem aplique força no eletrodo central. Isso é
muito importante com qualquer tipo de vela de ignição que tenha uma superfície de desgaste,
como platina ou irídio, adicionada ao eletrodo de aterramento ou ao eletrodo central.
d. Quando for necessário aumentar a folga, use uma ferramenta que apenas puxe o eletrodo de
aterramento sem tocar no eletrodo central, na porcelana ou na parte de desgaste do eletrodo de
aterramento.
e. Quando for necessário fechar a folga, bata delicadamente o eletrodo de aterramento da vela em
uma superfície rígida.
5. Uso em água salgada – Aplique uma fina camada de Composto Antiengripante nas roscas das velas
de ignição.

Nº de ref.
Descrição Onde é Usado Nº de peça
do tubo
Composto
81 Roscas da vela de ignição 92-898101385
Antiengripante
6. Antes de reinstalar as velas, limpe completamente a sujeira das sedes das velas. Instale as velas
apertando-as com a mão, em seguida, aperte-as mais 1/4 de volta ou com os torques especificados.

Descrição Nm lb.-pol. lb.-pé


Vela de ignição 27 – 20

Substituição de fusíveis
IMPORTANTE: Carregue sempre consigo fusíveis sobressalentes.
Os circuitos da fiação elétrica do motor de popa são protegidos contra sobrecargas por fusíveis. Se um
fusível queimar, localize e corrija a causa da sobrecarga. Se a causa não for encontrada, o fusível poderá
queimar outra vez.

por 65
MANUTENÇÃO
Abra o porta-fusível e olhe para o filamento prateado dentro do fusível. Se o filamento estiver quebrado,
substitua o fusível. Substitua-o por um novo de mesma capacidade.

a- Tampa
b- Porta-fusíveis sobressalen‐
b tes
c- Porta-fusíveis
a d- Fusível 4 - IGN. 20 A - sis‐
tema de ignição
e- Fusível 2 - COMBUSTÍVEL
20 A - suprimento de com‐
bustível
f- Fusível 1 - DIAG. 2 A - ca‐
bo de diagnóstico/barco
c (acessório)
g- Fusível 3 - LEME 15 A - ca‐
bo do controle remoto de
14 pinos/interruptor de
h compensação da tampa
g d h- Fusível em bom estado
i- Fusível queimado
20
15

i
20
2

f e
47408

Inspeção da Correia de Tração do Alternador


1. Remova os três parafusos que fixam a tampa do volante no motor. Levante a tampa do volante do
motor.

a b a- Tampa do volante
b- Parafusos (3)

47585

66 por
MANUTENÇÃO
2. Inspecione a correia de tração do alternador.

a a- Correia de tração do alternador

47588
3. Substitua a correia em um revendedor autorizado caso seja detectada qualquer das seguintes
condições:
• Rachaduras na parte posterior da correia ou na base das ranhuras em V.
• Desgaste excessivo nas bases das ranhuras.
• Partes da borracha envolvidas por óleo.
• Superfícies da correia danificadas.
• Sinais de desgastes nas bordas ou superfícies externas da correia.
4. Instale a tampa do volante com três parafusos. Aperte os parafusos de acordo com o torque
especificado.

Descrição Nm lb-in lb-ft


Parafusos da tampa do volante 8 71

Pontos de lubrificação
1. Lubrifique as peças a seguir com graxa extrema ou 2-4-C com PTFE.

Nº de ref.
Descrição Onde é Usado Nº de peça
do tubo

Graxa extrema Eixo da hélice 8M0071841

95 2-4-C com Teflon Eixo da hélice 92-802859Q 1

por 67
MANUTENÇÃO
• Eixo da hélice - Consulte a seção Substituição da Hélice para obter informações sobre como
remover e instalar a hélice. Cubra o eixo inteiro da hélice com lubrificante para evitar que o cubo
da hélice fique corroído e impeça o movimento do eixo.

47623

2. Lubrifique as peças a seguir com 2-4-C com PTFE ou graxa extrema.

Nº de ref.
Descrição Onde é Usado Nº de peça
do tubo

95 2-4-C com Teflon Cabo da direção 92-802859Q 1

Graxa extrema Cabo da direção 8M0071841

• Graxeira do cabo de direção (se instalada) - Gire o volante de direção para retrair completamente
a ponta do cabo de direção dentro do tubo de inclinação do motor de popa. Lubrifique através da
graxeira.

a b a- Conexão
b- Extremidade do cabo de
direção

47651

! ADVERTÊNCIA
A lubrificação incorreta dos cabos pode causar o travamento hidráulico, resultando em ferimentos
graves ou morte devido à perda de controle do barco. Retraia completamente a ponta do cabo de
direção antes de aplicar o lubrificante.

3. Lubrifique os seguintes pontos com óleo de baixa viscosidade.

68 por
MANUTENÇÃO
• Pontas do pivô do tirante de ligação da direção – lubrifique as pontas do pivô.

47652

Verificação do Fluido de Compensação Hidráulica


1. Incline o motor de popa para a posição superior máxima e engate a alavanca do suporte de
inclinação.

47646

2. Remova o tampão do bocal de enchimento e verifique o nível do fluido. O nível do fluido deve estar
nivelado com a parte inferior do orifício de enchimento. Acrescente Fluido para o Compensador
Hidráulico e Direção Quicksilver ou Mercury Precision Lubricants. Se não estiverem disponíveis, utilize
fluido de transmissão automática (ATF) para veículos automotores.

por 69
MANUTENÇÃO
Nº de ref.
Descrição Onde é Usado Nº de peça
do tubo
Fluido de
compensação
114 Reservatório de compensação hidráulica 92-802880Q1
hidráulica e de
direção

47647

Troca de óleo do motor


CAPACIDADE DE ÓLEO DO MOTOR
A capacidade de óleo do motor é aproximadamente 6 litros (6,3 US qt).
IMPORTANTE: Incline o motor de popa para fora/cima além da posição vertical por aproximadamente um
minuto para permitir que o óleo retido seja drenado de volta para o coletor de óleo.

PROCEDIMENTOS PARA TROCAR O ÓLEO


1. Incline o motor de popa para fora/cima além da posição vertical por aproximadamente um minuto para
permitir que o óleo retido seja drenado de volta para o coletor de óleo.
2. Incline o motor de popa na posição vertical.
3. Use uma chave de 16 mm (5/8 in) e solte a válvula de drenagem de óleo para que possa ser girada
com as mãos. Tenha cuidado para não abrir muito a válvula permitindo que o óleo drene.
4. Fixe uma mangueira de drenagem com D.I. de 12 mm (7/16 in) na válvula de drenagem de óleo.
Posicione a extremidade oposta da mangueira em um recipiente adequado.
5. Solte a válvula de drenagem de óleo 2-1/2 voltas para permitir que o óleo drene. Não ultrapasse 2-1/2
voltas.
IMPORTANTE: Não solte a válvula de drenagem de óleo mais do que 2-1/2 voltas. A vedação de óleo pode
ser danificada além de 2-1/2 voltas.
6. Depois da drenagem do óleo, aperte a válvula de drenagem de óleo (no sentido horário) com as mãos
e remova a mangueira de drenagem de óleo.
7. Aperte a válvula de drenagem de óleo com o torque especificado. Limpe todo o óleo da área da
válvula.

Descrição Nm lb.-pol. lb.-pé


Válvula de drenagem de óleo 15 133

70 por
MANUTENÇÃO
IMPORTANTE: O excesso de aperto da válvula de drenagem de óleo pode danificar o reservatório de óleo.

2-12
b
c

48870

a- Válvula de drenagem de óleo


b- Mangueira de drenagem
c- Solte no máximo 2-1/2 voltas

PARA TROCAR O FILTRO DE ÓLEO


1. Remova o bujão do óleo da calha de óleo e fixe uma mangueira de drenagem com D.I. de 12 mm
(7/16 in) na conexão. Posicione a extremidade oposta da mangueira em um recipiente adequado.
2. Desenrosque o filtro antigo, girando no sentido anti-horário.
3. Drene o óleo na calha e remova a mangueira de drenagem de óleo.
4. Remova todo o óleo da calha de óleo e instale o bujão.
5. Limpe a base de montagem do filtro de óleo. Aplique uma camada de óleo limpo na gaxeta do filtro.
Não utilize graxa. Enrosque o filtro novo até que a gaxeta entre em contato com a base e depois
aperte entre 3/4 a 1 volta.

a- Afrouxar
a b- Filtro de óleo
c- Calha de óleo
d- Mangueira de drenagem

b
c

d
47562

PARA ENCHER COM ÓLEO


1. Remova o tampão de enchimento de óleo e adicione aproximadamente 6 litros (6,3 US qt) do óleo
recomendado. Isso deixará o nível do óleo dentro do ponto intermediário da faixa de operação.

por 71
MANUTENÇÃO
2. Faça o motor trabalhar em marcha lenta por cinco minutos e verifique se há vazamentos. Desligue o
motor. Para obter uma indicação precisa do nível do óleo, deixe o motor esfriar por pelo menos uma
hora antes de verificar o nível do óleo. Consulte a seção Combustível e Óleo - Verificação e Adição de
Óleo do Motor.
NOTA: A verificação do nível do óleo dentro de cinco minutos após o desligamento do motor pode indicar
erroneamente a falta de até 1 litro (1 US qt) . Deixe que o motor esfrie por pelo menos uma hora antes de
verificar o nível do óleo.

47404

Lubrificação da caixa de câmbio


LUBRIFICAÇÃO DA CAIXA DE ENGRENAGENS
Verifique se existe água no lubrificante quando adicionar ou trocar o lubrificante da caixa de engrenagens. Se
houver água, esta pode ter se acumulado na parte inferior e será eliminada antes do lubrificante, ou pode se
misturar com o lubrificante adquirindo uma aparência leitosa. Se notar a existência de água, leve o motor ao
seu concessionário para que ele verifique a caixa de engrenagens. A existência de água no lubrificante pode
provocar defeitos prematuros nos mancais ou, durante períodos de temperaturas extremamente baixas,
congelará e danificará a caixa de engrenagens.
Verifique se existem partículas de metal no lubrificante da caixa de engrenagens. Uma pequena quantidade
de partículas de metal indica um desgaste normal das engrenagens. Uma quantidade excessiva de metal, ou
de partículas maiores (pedaços) pode indicar um desgaste anormal das engrenagens e deve ser verificado
por um concessionário autorizado.

DRENAGEM DA CAIXA DE CÂMBIO


1. Coloque o motor de popa na posição de funcionamento vertical.
2. Retire a hélice. Consulte a seção Substituição da hélice.
3. Coloque um recipiente para drenagem sob o motor de popa.

72 por
MANUTENÇÃO
4. Remova o tampão de ventilação, o tampão de drenagem/abastecimento e drene o lubrificante.

a
22692

a- Bujão de ventilação
b- Bujão de abastecimento/drenagem

CAPACIDADE DE LUBRIFICANTE DA CAIXA DE CÂMBIO


Capacidade de lubrificante da caixa de câmbio (aproximada)
Rotação para a direita
830 ml (831,01 cm³)
Rotação para a esquerda

RECOMENDAÇÃO DE LUBRIFICANTE PARA A CAIXA DE ENGRENAGENS


Lubrificante para Engrenagens de Alto Desempenho Mercury ou Quicksilver.

COMO VERIFICAR O NÍVEL DE LUBRIFICANTE E REABASTECIMENTO DA


CAIXA DE CÂMBIO
1. Coloque o motor de popa na posição de funcionamento vertical.
2. Remova o tampão de ventilação/arruela de vedação.
3. Remova o tampão de enchimento/drenagem. Coloque o tubo do lubrificante dentro do orifício de
enchimento e adicione lubrificante até que este apareça no furo de ventilação.

22693

a- Orifício de ventilação
b- Orifício de enchimento

por 73
MANUTENÇÃO
IMPORTANTE: Substitua as arruelas de vedação se estiverem danificadas.
4. Pare de adicionar o lubrificante. Instale o tampão de ventilação e a arruela de vedação antes de
remover o tubo do lubrificante.
5. Retire o tubo do lubrificante e instale o bujão de abastecimento/drenagem limpo e a arruela de
vedação.

74 por
ARMAZENAMENTO
Preparação para armazenamento
A consideração principal ao preparar o seu motor de popa para o armazenamento é protegê-lo contra
ferrugem, corrosão e danos causados pelo congelamento de água aprisionada.
Os seguintes procedimentos de armazenamento devem ser seguidos para preparar o seu motor de popa
para o armazenamento fora da temporada ou para o armazenamento por um período de tempo prolongado
(dois meses ou mais).

AVISO
Sem água de arrefecimento suficiente, o motor, a bomba de água e outros componentes sofrerão
superaquecimento e serão danificados. Durante o funcionamento, as entradas de água precisam receber
um volume adequado de água.

SISTEMA DE COMBUSTÍVEL.
IMPORTANTE: A gasolina que contém álcool (etanol ou metanol) pode causar a formação de ácido durante
o armazenamento e pode danificar o sistema de combustível. Se a gasolina que estiver sendo utilizada
contiver álcool, é aconselhável drenar, ao máximo possível, a gasolina restante do depósito de combustível,
linha de combustível remota e do sistema de combustível do motor.
IMPORTANTE: Este motor de popa está equipado com um sistema de combustível fechado quando o motor
não está funcionando. Com este sistema fechado, o combustível dentro do sistema de combustível do motor,
outro que não o tanque de combustível, permanecerá estável durante os períodos normais de
armazenamento sem a adição de estabilizadores de tratamento de combustível.
Encha o tanque de combustível e o sistema de combustível do motor com combustível tratado (estabilizado)
para ajudar a evitar a formação de verniz e goma. Continue com as seguintes instruções.
• Tanque de combustível portátil - Coloque as quantidades necessárias de estabilizador e produto de
tratamento do sistema de combustível (siga as instruções existentes na embalagem do produto) no
tanque de combustível. Incline o tanque de combustível para frente e para trás a fim de misturar o
estabilizador com o combustível.
• Tanque de combustível instalado permanentemente - Despeje a quantidade necessária de
estabilizador e produto de tratamento do sistema de combustível (siga as instruções contidas na
embalagem) dentro de um recipiente separado e misture-o com aproximadamente um litro de
gasolina. Coloque esta mistura dentro do tanque de combustível.

Nº de ref.
Descrição Onde é Usado Nº de peça
do tubo
Estabilizador e
Produto de
124 Tratamento do Tanque de combustível 92-8M0047922
Sistema de
Combustível

Como Proteger os Componentes Externos do Motor de Popa


• Retoque qualquer área onde a tinta esteja descascada. Consulte o seu concessionário para obter a
tinta para o retoque.
• Borrife as superfícies metálicas externas com um lubrificante de proteção contra corrosão Quicksilver
ou Mercury Precision (exceto os ânodos de controle de corrosão).

Nº de ref.
Descrição Onde é Usado Nº de peça
do tubo
Proteção contra
120 Superfícies de metal externas 92-802878Q55
corrosão

por 75
ARMAZENAMENTO
Como proteger os componentes internos do motor
IMPORTANTE: Consulte a seção Manutenção - Inspeção e Substituição das Velas de Ignição para obter
informações sobre o procedimento correto de remoção das velas de ignição.
• Troque o filtro e o óleo do motor.
• Remova as velas de ignição.
• Borrife aproximadamente 30 ml (1 fl oz) do Protetor Contra Ferrugem do Vedante de Armazenamento
dentro de cada orifício da vela de ignição.

Nº de ref.
Descrição Onde é Usado Nº de peça
do tubo
Protetor Contra
Ferrugem do
119 Orifícios da vela de ignição 92-858081Q03
Vedante de
Armazenamento
• Acione a chave/interruptor do botão de pressão para ligar o motor através de um ciclo de partida que
distribuirá o produto de vedação dentro dos cilindros.
• Instale as velas de ignição.

Caixa de câmbio
• Drene e volte a encher a caixa de engrenagens com lubrificante (consulte a seção Lubrificação da
Caixa de Câmbio).

Posicionamento do motor de popa para o armazenamento


Guarde o motor de popa na posição vertical para permitir que a água seja drenada.

AVISO
Armazenar o motor de popa em posição inclinada pode danificá-lo. A água retida nas passagens de
resfriamento ou água da chuva retida nas saídas de escapamento da hélice ou na caixa de engrenagens
pode congelar. Armazene o motor de popa na posição totalmente para baixo.

Armazenamento da bateria
• Siga as instruções do fabricante da bateria para fazer o armazenamento e a carga.
• Remova a bateria do barco e verifique o nível de água. Carregue se for necessário.
• Armazene-a em um local fresco e seco.
• Durante o armazenamento, verifique periodicamente o nível de água e carregue a bateria.

76 por
SOLUÇÃO DE PROBLEMAS
O Motor de Arranque não Aciona o Motor
CAUSAS POSSÍVEIS
• O interruptor de desligamento por corda não está na posição "RUN" (funcionamento).
• Fusível de 15 A queimado. Verifique o fusível do cabo do controle remoto de 14 pinos/interruptor de
compensação da tampa/relé da alimentação principal. Consulte a seção Manutenção .
• O câmbio de marchas do motor de popa não está em ponto morto.
• A bateria está fraca ou as suas conexões estão soltas ou corroídas.
• O interruptor da chave de ignição está com defeito.
• Falha nos fios ou na ligação elétrica.
• Defeito no solenoide do motor de arranque ou no solenoide escravo.

O motor não liga


CAUSAS POSSÍVEIS
• Procedimento de partida incorreto. Consulte a seçãoOperação .
• A gasolina está velha ou contaminada.
• O combustível não está chegando ao motor.
• O tanque de combustível está vazio.
• A ventilação do tanque de combustível não está aberta ou está obstruída.
• A mangueira de combustível está desconectada ou dobrada.
• O filtro de combustível está obstruído. Consulte a seçãoManutenção .
• Há um defeito na bomba de combustível.
• O filtro do tanque de combustível está obstruído.
• Algum dos componentes do sistema de ignição falhou.
• As velas de ignição estão sujas ou com defeito. Consulte a seçãoManutenção .

O motor funciona erraticamente


CAUSAS POSSÍVEIS
• Superaquecimento - Alarme sonoro não está funcionando.
• Baixa pressão de óleo. Verifique o nível de óleo.
• As velas de ignição estão sujas ou defeituosas. Consulte a seção de Manutenção.
• Ajuste ou regulagem incorreto.
• O combustível para o motor está sendo restringido.
a. O filtro de combustível do motor está entupido. Consulte a seção de Manutenção.
b. O filtro do tanque de combustível está obstruído.
c. A válvula anti-sifão, localizada nos tanques de combustível do tipo instalado permanentemente,
está presa.
d. A mangueira de combustível está dobrada ou beliscada.
• Falha da bomba de combustível.
• Falha do componente do sistema de ignição.

por 77
SOLUÇÃO DE PROBLEMAS
Perda de Rendimento
CAUSAS POSSÍVEIS
• Superaquecimento - O alarme de advertência não está funcionando.
• Pressão baixa de óleo. Verifique o nível de óleo.
• O acelerador não está totalmente aberto.
• A hélice está danificada ou é de tamanho incorreto.
• Sincronização do motor, ajuste ou configuração incorretos.
• Barco sobrecarregado ou carga distribuída incorretamente.
• Excesso de água no porão.
• O fundo do barco está sujo ou danificado.

A Bateria não Retém Carga


CAUSAS POSSÍVEIS
• As conexões da bateria estão soltas ou corroídas.
• Nível baixo de eletrólito na bateria.
• Bateria gasta ou ineficiente.
• Uso excessivo de acessórios elétricos.
• Retificador, alternador ou regulador de tensão com defeito.
• Circuito aberto no fio de saída do alternador (elo fundido).

78 por
ASSISTÊNCIA DE SERVIÇO AO PROPRIETÁRIO
Assistência Técnica
SERVIÇO DE REPARO LOCAL
Se for necessário fazer manutenção no seu barco Mercury com motor de popa, leve-o ao concessionário
autorizado. Somente os concessionários autorizados se especializam nos produtos Mercury e têm
mecânicos treinados na fábrica, o conhecimento, as ferramentas e equipamentos especiais, além de peças e
acessórios Quicksilver originais para prestar a assistência técnica adequada ao motor.
NOTA: Peças e acessórios Quicksilver são projetados e fabricados pela Mercury Marine especificamente
para seu conjunto de potência.

SERVIÇO LONGE DE CASA


Se você estiver longe do seu concessionário local e surgir a necessidade de fazer manutenção, contate o
concessionário mais próximo de você. Se, por algum motivo, você não conseguir obter o serviço necessário,
contate o Centro de Serviço Regional mais próximo. Fora dos Estados Unidos e Canadá, contate o Centro de
Serviços Internacional da Marine Power.

EM CASO DE FURTO DO CONJUNTO DE POTÊNCIA


Se o seu conjunto de potência for roubado, informe imediatamente o modelo e o número de série às
autoridades locais e à Mercury Marine, e indique quem deve ser comunicado no caso dele ser recuperado.
Essas informações são arquivadaa no banco de dados da Mercury Marine para ajudar as autoridades e os
concessionários na recuperação dos conjuntos de potência roubados.

ATENÇÃO NECESSÁRIA APÓS IMERSÃO


1. Antes da recuperação, contate um concessionário autorizado Mercury.
2. Após a recuperação, é necessário realizar um serviço de manutenção imediato em um concessionário
autorizado Mercury para evitar danos graves ao motor.

SUBSTITUIÇÃO DE PEÇAS SOBRESSALENTES

! ADVERTÊNCIA
Evite incêndios ou riscos de explosão. Os componentes elétricos, da ignição e do sistema de combustível
dos produtos Mercury Marine estão em conformidade com as normas federais e internacionais para
reduzir os riscos de incêndio ou explosão. Não use componentes de reposição do sistema elétrico ou de
combustível que não estejam de acordo com estas normas. Quando for fazer a manutenção do sistema
elétrico e de combustível, instale e aperte todos os componentes.

Os motores marítimos devem funcionar com aceleração igual ou próxima à máxima na maior parte de sua
vida útil. Eles devem também ser capazes de funcionar em ambientes de água doce e salgada. Essas
condições exigem várias peças especiais.

QUESTÕES SOBRE PEÇAS E ACESSÓRIOS


Direcione qualquer pergunta sobre o Mercury Precision Parts® original ou Peças marítimas Quicksilver e
Accessories® a um revendedor local autorizado. Os revendedores têm os sistemas adequados para solicitar
as peças e acessórios para você, caso não as tenham em estoque. Modelo do motor e número de série são
necessários para encomendar as peças corretas.

SOLUÇÃO DE UM PROBLEMA
Sua satisfação com o produto Mercury é muito importante para seu concessionário e para nós. Se você tiver
um problema, dúvida ou preocupação sobre o produto, contate seu concessionário ou qualquer
concessionário autorizado Mercury. Se necessitar de assistência adicional:
1. Fale com o gerente de vendas ou de serviço do revendedor.
2. Se a sua pergunta, preocupação ou problema que puderem ser resolvidos pelo seu concessionário,
contate o Escritório de Assistência Técnica para obter assistência. A Mercury Marine trabalhará junto
a você e seu concessionário para resolver quaisquer problemas.

por 79
ASSISTÊNCIA DE SERVIÇO AO PROPRIETÁRIO
As seguintes informações serão necessárias para o atendimento do cliente:
• Seu nome e endereço
• O número do seu telefone comercial
• O modelo e os números de série do conjunto de potência
• O nome e endereço do seu concessionário
• A natureza do problema

INFORMAÇÕES DE CONTATO PARA O SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO


CLIENTE DA MERCURY MARINE
Para obter assistência, ligue, envie um fax ou escreva para o escritório de sua área. Inclua seu telefone
comercial, fax e endereço para correspondência.

Nos Estados Unidos e Canadá


Inglês +1 920 929 5040 Mercury Marine
Telefone
Francês +1 905 636 4751 W6250 Pioneer Road
Inglês +1 920 929 5893 P.O. Box 1939
Fax Fond du Lac, WI 54936-1939
Francês +1 905 636 1704
Website: www.mercurymarine.com

Austrália, Pacífico
Telefone +61 3 9791 5822 Brunswick Asia Pacific Group
41–71 Bessemer Drive
Fax +61 3 9706 7228 Dandenong South, Victoria 3175
Austrália

Europa, Oriente Médio e África


Telefone +32 87 32 32 11 Brunswick Marine Europe
Parc Industriel de Petit-Rechain
Fax +32 87 31 19 65 B-4800 Verviers,
Bélgica

México, América Central, América do Sul, Caribe


Telefone +1 954 744 3500 Mercury Marine
11650 Interchange Circle North
Fax +1 954 744 3535 Miramar, FL 33025
EUA

Japão
Telefone +072 233 8888 Kisaka Co., Ltd.
4-130 Kannabecho, Sakai-ku
Fax +072 233 8833 Sakai-shi, Osaka 590-0984, Japão

Ásia, Cingapura
Telefone +65 65466160 Brunswick Asia Pacific Group
T/A Mercury Marine Singapore Pte Ltd
Fax +65 65467789 29 Loyang Drive
Cingapura, 508944

80 por
ASSISTÊNCIA DE SERVIÇO AO PROPRIETÁRIO
Solicitação de Manuais Técnicos
Antes de solicitar a literatura técnica, tenha em mãos as seguintes informações sobre o conjunto de potência:

Modelo Número de Série


Potência Ano

NOS ESTADOS UNIDOS E CANADÁ


Para obter informativos adicionais sobre seu conjunto de potência Mercury Marine, entre em contato com a
concessionária Mercury Marine mais próxima ou contate a:

Mercury Marine
Telefone Fax Endereço postal
Mercury Marine
(920) 929-5110 (920) 929-4894 A/C: Publications Department
(Estados Unidos somente) (Estados Unidos somente) P.O. Box 1939
Fond du Lac, WI 54935-1939

FORA DOS ESTADOS UNIDOS E CANADÁ


Entre em contato com a central autorizada de serviços Mercury Marine mais próxima para encomendar
informativos adicionais que estejam disponível para o seu conjunto de potência específico.

Mercury Marine
A/C: Publications Department
Envie o formulário de pedido a
W6250 West Pioneer Road
seguir com o pagamento para:
P.O. Box 1939
Fond du Lac, WI 54936-1939
Enviar para: (Faça uma cópia deste formulário e escreva em letras de forma ou à máquina – Esta é a sua
etiqueta de embarque).
Nome
Endereço
Cidade, Estado, Província
CEP
País

Quantidade Item Número de Estoque Preço Total


. .
. .
. .
. .
. .
Total Devido .

por 81
INSTALAÇÃO DO MOTOR DE POPA
Peças de Montagem do Motor Validadas pela Mercury Marine
IMPORTANTE: A Mercury Marine fornece instruções de instalação e fixadores validados, incluindo
especificações de torque, com todos os motores de popa para que possam ser fixados adequadamente aos
gios do barco. A instalação inadequada do motor de popa pode causar problemas de desempenho e
confiabilidade que podem levar a problemas de segurança. Siga todas as instruções relativas à instalação do
motor de popa. NÃO monte nenhum outro acessório no barco com os fixadores fornecidos com o motor de
popa. Por exemplo, não monte barras de reboque esportivo ou escadas para subir a bordo no barco usando
as peças de montagem incluídas com o motor de popa. A instalação de outros produtos no barco que
utilizem as peças de montagem do motor de popa comprometerá a capacidade dessas peças de fixar
adequada e seguramente o motor de popa no gio.
Motores de popa que requerem peças de montagem validadas terão o seguinte adesivo na braçadeira do
gio.

51965

Montagem aceitável de acessórios no suporte da abraçadeira do gio


Chegou ao conhecimento da Mercury Marine que certos acessórios marítimos de pós-venda, como escadas
de emergência para subir a bordo, âncoras para águas rasas, kits de cunhas do gio e dispositivos de fixação
esportivos de reboque foram montados no barco usando-se os mesmos fixadores que prendem o motor de
popa no gio ou placa de elevação. O uso dos mesmos fixadores para prender um acessório e o motor no
barco compromete a capacidade dos fixadores de manter a carga de fixação adequada. Um barco com
fixadores de montagem do motor soltos cria a possibilidade de problemas de desempenho, durabilidade e
segurança.

! ADVERTÊNCIA
Evite ferimentos graves ou morte causados pela perda de controle do barco. A soltura dos fixadores do
motor pode fazer com que o suporte do gio falhe, resultando na perda da capacidade do piloto de controlar
o barco. Certifique-se de que os fixadores do motor estejam apertados com o torque especificado.

MONTAGEM DE ACESSÓRIO ACEITÁVEL NO SUPORTE DA ABRAÇADEIRA


DO GIO
Após o motor ser montado no gio ou placa de elevação, de acordo com as instruções de instalação do motor,
é aceitável fixar um acessório no barco usando os furos dos parafusos não usados no suporte da
abraçadeira do gio como mostrado na Figura 1.
A lista de providências adicionais a seguir orienta a montagem dos acessórios no suporte da abraçadeira do
gio.

82 por
INSTALAÇÃO DO MOTOR DE POPA
• Os fixadores de acessórios devem passar pelo gio do barco ou placa de elevação.
• A instalação não deve criar problemas de interferência como uma placa de montagem de acessórios
apoiada no raio do suporte da abraçadeira do gio. Consulte a Figura 1.

a
f

b d 54624

Figura 1
a - Folga mínima 3,175 mm (0,125 pol.)
b - Borda do suporte do acessório
c - Parede do suporte da abraçadeira do gio
d - Raio
e - Fixadores de montagem fornecidos para o motor
f- Fixadores fornecidos pelo fabricante do acessório instalados através dos furos não usados do su‐
porte de montagem do motor

por 83
INSTALAÇÃO DO MOTOR DE POPA
MONTAGEM DE ACESSÓRIOS NÃO ACEITÁVEL
IMPORTANTE: Não use os fixadores que prendem o motor no marco (no gio ou na placa de elevação) para
qualquer outro fim que não fixar o motor ao barco.
1. Não monte um acessório no suporte da abraçadeira do gio em uma condição não suportada. Consulte
a Figura 2.

54625

Figura 2

2. Não fixe um acessório ao barco usando as ferragens de montagem do motor. Consulte a Figura 3.

Figura 3
a - Fixadores de montagem fornecidos para o motor
b c b - Suporte da abraçadeira do gio
c - Acessório

53523

84 por
INSTALAÇÃO DO MOTOR DE POPA
3. Não instale cunhas ou placas entre os suportes da abraçadeira do gio e o gio (ou placa de elevação).
Consulte a Figura 4.

Figura 4
a - Gio do barco ou placa de elevação
a b - Suporte da abraçadeira do gio
c - Cunha/placa
b

c
54058

Informações importantes
Equipar barcos, o que inclui a instalação adequada do motor se tornou mais complexo à medida que os anos
se passaram. Como resultado disso, a Mercury Marine recomenda que os motores sejam instalados somente
por revendedores autorizados Mercury. Se você pretende ignorar esta recomendação e instalar o motor por
si próprio, por favor, leia e siga estas instruções. Ferimentos graves ou morte poderão ocorrer se estas
instruções não forem seguidas.
NOTA: Não instale uma bomba de combustível elétrica acessória no sistema de combustível desse motor.

Capacidade de Potência do Barco


! ADVERTÊNCIA
Exceder a capacidade máxima nominal de potência do barco pode causar ferimentos graves ou morte. O
uso de um motor de popa com potência superior à capacidade nominal pode afetar as características de
controle e de flutuação do barco ou quebrar o gio. Não instale um motor que ultrapasse a potência nominal
máxima do barco.

Não ultrapasse a potência ou a capacidade de carga do barco. A maioria dos barcos possui uma placa
indicando a capacidade máxima aceitável de potência e de carga, determinada pelo fabricante de acordo
com diretrizes federais. Em caso de dúvida, entre em contato com seu revendedor ou fabricante do barco.

U.S. COAST GUARD CAP ACITY


MAXIMUM HORSEPOWER XXX
MAXIMUM PERSON
CAPACITY (POUNDS) XXX
MAXIMUM WEIGHT
CAPACITY XXX
26777

por 85
INSTALAÇÃO DO MOTOR DE POPA
Proteção contra arranque com o motor engrenado
! ADVERTÊNCIA
Ligar o motor com o câmbio engrenado pode causar ferimentos graves ou morte. Nunca opere um barco
que não tenha um dispositivo de segurança de ponto morto.

O controle remoto que for conectado ao motor de popa deverá estar equipado com um dispositivo de
proteção para que o motor só possa ser ligado em ponto morto. Isto evitará que o motor seja ligado enquanto
estiver engrenado.

Sistema de combustível
BOMBA DE COMBUSTÍVEL ELÉTRICA ACESSÓRIA
IMPORTANTE: Não instale uma bomba de combustível elétrica acessória no sistema de combustível desse
motor.

COMO EVITAR RESTRIÇÕES DO FLUXO DE COMBUSTÍVEL


IMPORTANTE: Adicionar componentes ao sistema de suprimento de combustível (filtros, válvulas, encaixes,
etc.), pode restringir o fluxo de combustível. Isto fazer o motor morrer em velocidades baixas e/ou em
condições de baixa octanagem a RPMs altas que podem danificar o motor.

EXIGÊNCIAS DA MANGUEIRA DE COMBUSTÍVEL DE BAIXA


PERMEABILIDADE
Obrigatória para motores de popa fabricados para venda, vendidos ou oferecidos para venda nos Estados
Unidos.
• A Agência de Proteção Ambiental (Environmental Protection Agency, EPA) exige que a mangueira
principal que conecta o tanque de combustível ao motor de popa nos motores de popa fabricados
após 1º de janeiro de 2009 seja de baixa permeabilidade.
• A mangueira de baixa permeabilidade é do tipo USCG Tipo B1-15 ou A1-15, que não exceda
15/gm²/24 h com combustível CE 10 a 23 °C conforme especificado na SAE J 1527 – mangueira de
combustível para uso marítimo.

REQUISITOS DO TANQUE DE COMBUSTÍVEL PORTÁTIL PRESSURIZADO


EPA
A Agência de Proteção Ambiental (EPA) exige que os sistemas portáteis de combustível produzidos após 1
de janeiro de 2011 para uso com motores de popa permaneçam totalmente vedados (pressurizados) até
34,4 kPa (5.0 psi). Esses tanques podem conter o seguinte:
• Uma entrada de ar que se abre para permitir que o ar entre conforme o combustível é retirado do
tanque.
• Uma saída de ar se abre (ventila) para a atmosfera se a pressão ultrapassar 34,4 kPa (5.0 psi).

REQUISITOS DA VÁLVULA DE DEMANDA DE COMBUSTÍVEL (FDV)


Sempre que for usado um tanque de combustível, é necessária a instalação de uma válvula de demanda de
combustível na mangueira do combustível entre o tanque e o motor. A válvula de demanda de combustível
impede que o combustível pressurizado entre no motor e cause transbordo ou possível derramamento de
combustível.

86 por
INSTALAÇÃO DO MOTOR DE POPA
A válvula de demanda de combustível tem uma liberação manual. A liberação manual pode ser usada
(pressionada) para abrir (desviar) a válvula em caso de bloqueio de combustível.

b a- Válvula de demanda de combustível - instalada na man‐


gueira de combustível entre o tanque de combustível e
a o motor
b- Liberação manual
c- Furos de drenagem de água/respiro
c 46273

TANQUES DE COMBUSTÍVEL
Tanque de Combustível Portátil
Selecione um local adequado no barco dentro das limitações de comprimento da linha de combustível do
motor e instale o tanque no lugar.

Tanque de Combustível Permanente


Os tanques de combustível permanentes são instalados de acordo com os padrões de segurança federais e
da indústria, que incluem recomendações sobre o aterramento, proteção antisifão, ventilação, etc.

PROCEDIMENTO DE ESCORVA DO MÓDULO DE SUPRIMENTO DE


COMBUSTÍVEL
O módulo de suprimento de combustível (FSM) não é ventilado para o ar ambiente. O ar aprisionado no
FSM, linhas de combustível e trilho de combustível será levemente comprimido durante a ligação inicial da
ignição com um sistema de combustível seco ou drenado. Eventos adicionais de ligação sob essas
condições não comprimirão mais o ar para encerrar a escorva do FSM. Um número excessivo de ligações
pode acabar por danificar as bombas de combustível. O volume de ar aprisionado no FSM deve ser purgado
para se escorvar o sistema de combustível. Isso pode ser obtido conectando-se uma ferramenta à conexão
da válvula Schrader do trilho de combustível para purgar rapidamente o sistema em um recipiente aprovado
ou girando-se o motor.

Escorva do FSM com um manômetro de combustível


O uso de uma ferramenta de purga para escorvar o FSM é o método preferível, mas nem sempre é prático.
O objetivo é purgar o ar aprisionado no sistema de combustível através de uma ferramenta de purga
conectada ao pórtico de teste da válvula Schrader do trilho de combustível. Durante a ligação, a abertura da
válvula de descarga permitirá que o ar seja purgado do FSM e do trilho de combustível. Esse método deve
ser usado em barcos em que o sistema de entrada de combustível para o motor de popa é restritivo, tenha
uma válvula antissifão ou tenha um volume relativamente grande de combustível devido a uma linha longa
de suprimento de combustível ou um filtro de combustível de separação de água. Se for instalada uma
bomba injetora, ela pode ser usada durante o evento de escorva para diminuir o tempo necessário para se
ligar o motor.
1. Verifique se o motor está em uma posição vertical e nivelada.
2. Verifique se a linha de suprimento de combustível do barco está acoplada na conexão de entrada do
sistema de combustível do motor de popa.
3. Conecte um manômetro de combustível na válvula Schrader do trilho de combustível.

por 87
INSTALAÇÃO DO MOTOR DE POPA
Kit do Manômetro do Combustível 91-881833A03

Testa a pressão da bomba de combustível.


Pode ser usado para aliviar a pressão do
combustível.

2807
4. Fixe a mangueira de purga do manômetro do combustível em um recipiente de combustível adequado
para coletar o excesso.

58370

a- Válvula de purga do manômetro de combustível


b- Válvula Schrader
c- Purgue a mangueira em um recipiente adequado

5. Abra a válvula de purga do manômetro de combustível e ligue a chave de ignição. A bomba de


combustível funcionará por aproximadamente três a cinco segundos.
6. Desligue e ligue a chave de ignição. A bomba de combustível funcionará por aproximadamente três a
cinco segundos. Continue esse ciclo da chave de ignição até que o combustível purgado esteja
relativamente livre de bolhas de ar.
NOTA: Se o sistema de combustível do motor de popa não for escorvado em 15 eventos de ligação da
chave, verifique se há vazamentos na linha de suprimento de combustível para o motor de popa. Repare
conforme necessário. Se não houver nenhum vazamento o sistema de suprimento de combustível para o
motor de popa pode estar muito restritivo. Corrija o problema e tente novamente.
7. Remova o manômetro do combustível.
8. Ligue a chave de ignição. Quando as bombas de combustível pararem de funcionar, ligue o motor. O
motor pode não partir na primeira tentativa. O motor funcionará irregularmente em marcha lenta por
até dois minutos enquanto o ar residual é purgado do sistema de combustível.

88 por
INSTALAÇÃO DO MOTOR DE POPA
Escorva do FSM (condição sem combustível)
O uso de uma ferramenta de purga para escorvar o FSM é o método preferível, mas nem sempre é prático.
Quando o sistema de combustível do barco ficar sem volume de combustível, ele pode ser escorvado sem o
uso de uma ferramenta de purga. O objetivo é purgar o ar aprisionado no sistema de combustível através
dos injetores de combustível durante a partida do motor para permitir que o combustível entre no módulo de
combustível. Esse método pode ser usado em barcos em que o sistema de entrada de combustível para o
motor de partida é menos restritivo e tem um volume relativamente pequeno de combustível, uma linha de
suprimento de combustível curta, sem filtro de combustível de separação de água ou quando o filtro de
combustível de separação de água já está escorvado. Se for instalada uma bomba injetora, ela pode ser
usada durante o evento de escorva para diminuir o tempo necessário para se ligar o motor.
1. Verifique se o motor está em uma posição vertical e nivelada.
2. Verifique se a linha de suprimento de combustível do barco está acoplada na conexão de entrada do
sistema de combustível do motor de popa.
3. Ligue a chave de ignição. A bomba de combustível funcionará por aproximadamente três a cinco
segundos.
4. Gire a chave de ignição para a posição "START" (partida) e solte a chave. O ECM controla a ativação
do motor de arranque. O motor de arranque pode continuar a girar por até oito segundos.
NOTA: Ao escorvar um sistema de combustível drenado, o combustível residual pode fazer com que o
motor produza uma chama e morra, o que encurta o evento de partida do motor.
5. Continue com a chave de ignição ligada e a sequência de partida até que o motor continue a
funcionar.
IMPORTANTE: Deixe que o motor de arranque resfrie por 20 a 30 segundos entre eventos de partida
integrais de oito segundos. Limite o número de eventos para um máximo de 10 eventos integrais de partida
de oito segundos.
6. Quando o motor partir ele poderá funcionar irregularmente em marcha lenta por até dois minutos
enquanto o ar residual é purgado do sistema de combustível.
7. Se o sistema de combustível não for escorvado em 10 eventos integrais de partida de oito segundos,
use o procedimento anterior Escorva do FSM com um manômetro de combustível para escorvar o
sistema de combustível.

Especificações de Instalação
a
a b

18552

a- Abertura mínima do gio


b- Linha de centro do motor para dois motores - 66,0 cm (26 in)

por 89
INSTALAÇÃO DO MOTOR DE POPA
Abertura mínima do gio
Um motor 84,2 cm (33 in)
Dois motores 149,9 cm (59 in)

Como Levantar o Motor de Popa


1. Retire a proteção superior.
2. Instale a base de elevação ao volante usando três parafusos. Aperte bem os parafusos.
3. Enrosque o olhal de elevação dentro da base de elevação.
4. Conecte um guindaste que tenha uma capacidade mínima de elevação de 450 kg (1.000 lb) ao olhal
de elevação.
5. Eleve o motor de popa e coloque-o no gio.

b a- Base de elevação
a b- Olhal de elevação

47706

Extrator do volante/Anel de elevação 91-895343T02

Remova o volante do motor. Usado para elevar


a cabeça do motor/motor.
14869

Remoção do Suporte de Transporte


1. Remova os dois parafusos superiores e solte os dois parafusos inferiores.
2. Deslize o suporte de transporte retirando-o dos parafusos inferiores.

90 por
INSTALAÇÃO DO MOTOR DE POPA
3. Aperte os parafusos inferiores de acordo com o torque especificado.

47720
c
c

a- Suporte de transporte
b- Parafusos superiores
c- Parafusos inferiores

Descrição Nm lb-in lb-pé


Parafusos inferiores 7,9 70

Cabo de direção – Cabo instalado no lado de estibordo


1. Lubrifique o vedador tipo anel em O e a extremidade inteira do cabo.

95

3724

Nº de ref.
Descrição Onde é Usado Nº de peça
do tubo
Vedador tipo anel em O e a extremidade
95 2-4-C com Teflon 92-802859Q 1
inteira do cabo.
2. Introduza o cabo de direção no tubo de inclinação.

por 91
INSTALAÇÃO DO MOTOR DE POPA
3. Aperte a porca de acordo com o torque especificado.

47708

Descrição Nm lb-in lb-ft


Porca 47.5 35

Fixadores das Hastes de Articulação da Direção (se equipado)


IMPORTANTE: A haste de articulação da direção que liga o cabo da direção ao motor deve ser fixada com
parafusos especiais de cabeça com arruela ("a" - Número de Peça 10-856680) e contraporcas de
autotravamento de náilon ("c" e "d" - Número de Peça 11-826709113). Essas contraporcas jamais deverão
ser substituídas por porcas comuns (não travantes) já que se soltarão e vibrarão, permitindo,
consequentemente, o desengatamento da haste de ligação.

! ADVERTÊNCIA
Peças incorretas de fixação ou procedimentos incorretos de instalação podem resultar no afrouxamento
ou desengate do tirante de ligação da direção. Isso pode causar uma perda inesperada e repentina do
controle do barco, resultando em ferimentos graves ou morte pois os ocupantes podem ser jogados para
fora do barco. Use sempre os componentes exigidos e siga as instruções e procedimentos de torque.

a a- Parafuso especial de cabeça


b com arruela (10-856680)
b- Arruelas chatas
c- Contraporca de náilon
c (11-826709113)
d- Contraporca de náilon
(11-826709113)

d 47709

Descrição Nm lb-in lb-ft


Parafuso especial de cabeça com arruela 27 20
Contraporca de náilon "d" 27 20
Aperte a contraporca até o limite máximo, depois
Contraporca de náilon "c"
desaperte-a 1/4 de volta

92 por
INSTALAÇÃO DO MOTOR DE POPA
Monte o tirante de ligação da direção no cabo da direção com duas arruelas chatas e a contraporca de
náilon. Aperte a contraporca até não poder mais e depois desaperte-a 1/4 de volta.
Monte o tirante de ligação da direção no motor com o parafuso especial de cabeça de arruela e contraporca.
Primeiro, aperte o parafuso especial de cabeça com arruela; em seguida, aperte a contraporca, ambos de
acordo com as especificações.

Como Determinar a Altura Máxima de Montagem Recomendada do


Motor de Popa
63.5 cm
(25 in.)

60.9 cm
(24 in.)
e c b
58.4 cm
(23 in.)

56.0 cm
(22 in.)
a
53.3 cm
(21 in.)

50.8 cm
(20 in.)
d
e 48.2 cm
(19 in.)

10 20 30 40 50 60 70 80

f 47710

a- A linha sólida é recomendada para determinar a altura de montagem do motor de popa.


b- As linhas pontilhadas representam os extremos das dimensões de altura de montagem de motores
de popa conhecidas.
c- Esta linha pode ser preferível para determinar a dimensão da altura de montagem do motor de po‐
pa quando a velocidade máxima for o único objetivo.
d- Esta linha pode ser preferível para determinar a dimensão da altura de montagem do motor de po‐
pa a fim de fazer a instalação de dois motores de popa.
e- Altura de montagem do motor de popa (altura dos suportes de montagem do motor de popa a partir
da parte inferior do gio do barco). Para alturas acima de 56,0 cm (22 in), normalmente deve-se dar
preferência para uma hélice de operação de superfície.
f- Indica a velocidade máxima do barco (em milhas por hora (MPH)) antecipada.

por 93
INSTALAÇÃO DO MOTOR DE POPA
AVISO
1. O motor de popa deve ser montado alto o suficiente no gio para que o orifício de alívio do
escapamento fique, pelo menos, 25,4 mm (1 in) acima da linha da água quando o motor está
funcionando em velocidade de marcha lenta. Manter o orifício de alívio do escapamento acima da
linha da água prevenirá obstruções do escapamento. Obstruções do escapamento resultarão em um
desempenho inadequado durante a marcha lenta.
2. Adicione 12,7 cm (5 in) para modelos XL para as alturas de montagem do motor de popa indicadas.
3. A altura de montagem do motor de popa não pode exceder 63,5 cm (25 in) para os modelos L,
76 cm (30 in) para os modelos XL. Montar o motor de popa mais alto pode causar danos nos
componentes da caixa de engrenagens.

Aumentar a altura de montagem normalmente:


• Reduz o torque de direção
• Aumenta a velocidade máxima
• Aumenta a estabilidade do barco
• Faz com que a hélice se solte durante a planagem

Como Fazer os Furos de Montagem do Motor de Popa


IMPORTANTE: Antes de fazer qualquer furo, leia com atenção Como Determinar a Altura Máxima de
Montagem Recomendada do Motor de Popa e instale o motor de popa o mais próximo possível da altura de
montagem recomendada.
1. Faça quatro furos de montagem no gio usando o gabarito de perfuração do gio.

a- Faça os furos-guia
b b- Gabarito de perfuração do gio
c- Linha de centro do gio

c 2757

94 por
INSTALAÇÃO DO MOTOR DE POPA
Gabarito de perfuração do gio 91-98234A2

Auxilia na instalação do motor agindo como um


molde para os furos de montagem do motor.

5489

2. Faça quatro furos13,5 mm (17/32 in.) furos de montagem

3973

Fixação do motor de popa ao gio


PARAFUSOS DE MONTAGEM
Peças de montagem do gio do motor de popa - fornecidas com o motor de popa
Número de peça Nome da peça Descrição
Parafuso de montagem do motor de ½-20 x 5,00 pol. de comprimento (rosca de
8M0033366
popa 3,25 pol.)
826711-17 Contraporca de náilon ½-20
28421 Arruela plana diâmetro de 1,50 pol.
54012 Arruela plana diâmetro de 0,875 pol.

Parafusos de montagem do motor de popa disponíveis


Número de peça Descrição
67755005 ½-20 x 2,50 pol. de comprimento (rosca de 1,25 pol.)
67755006 ½-20 x 3,50 pol. de comprimento (rosca de 1,25 pol.)
814259 ½-20 x 4,00 pol. de comprimento (rosca de 2,25 pol.)
67755-1 ½-20 x 4,50 pol. de comprimento (rosca de 2,25 pol.)
8M0033366 ½-20 x 5,00 pol. de comprimento (rosca de 3,25 pol.)
67755-003 ½-20 x 5,50 pol. de comprimento (rosca de 3,25 pol.)
67755-2 ½-20 x 6,50 pol. de comprimento (rosca de 2,75 pol.)

por 95
INSTALAÇÃO DO MOTOR DE POPA
Parafusos de montagem do motor de popa disponíveis
Número de peça Descrição
8M0028080 ½-20 x 7,50 pol. de comprimento (rosca de 2,75 pol.)
8M0032860 ½-20 x 8,00 pol. de comprimento (rosca de 2,75 pol.)

VERIFICAÇÃO DA CONSTRUÇÃO DO GIO DO BARCO


IMPORTANTE: Determine a resistência do gio do barco. As contraporcas e parafusos de montagem do
motor de popa devem ser capazes de manter 75 Nm (55 lb-ft) de torque sem que o gio do barco ceda nem
quebre. Se o gio do barco vergar ou quebrar sob o torque, a construção do gio talvez não seja a adequada.
Reforce o gio do barco ou aumente a área de apoio da carga.

b 18961

a- Gio cedendo devido ao torque do parafuso


b- Gio quebrando devido ao torque do parafuso

Para determinar a resistência do gio, use uma chave de torque com mostrador. Se o parafuso ou porca
continuar a girar sem que a leitura de torque no visor aumente, isso é uma indicação de que o gio está
cedendo. A área da carga pode ser aumentada usando uma arruela maior ou uma placa de reforço do gio.

33962

a- Arruela maior do gio


b- Placa de reforço do gio

96 por
INSTALAÇÃO DO MOTOR DE POPA
FIXAÇÃO DO MOTOR DE POPA AO GIO
IMPORTANTE: A superfície de montagem do gio deve ser plana em 3,17 mm (0,125 pol.). Não é permitido
nenhum degrau na superfície de montagem do gio. A superfície interna da arruela do parafuso de montagem
do gio deve ser plana em 3,17 mm (0,125 pol.).

51817

a- Degrau (não permitido)


b- Folga entre a braçadeira do gio e o gio do barco (não permitida)

IMPORTANTE: Deve ser mantida uma folga entre o gio do barco e a área do raio de alívio do suporte do gio
do motor de popa. Deixar de manter a folga pode danificar o suporte do gio e fazer com que o suporte do gio
falhe. Pode ser necessário fazer ajustes na posição do dispositivo de furação do gio Mercury Marine para
garantir a folga adequada da área do raio de alívio do suporte do gio.

51867

por 97
INSTALAÇÃO DO MOTOR DE POPA
Instalação
1. Aplique um selante marítimo nas hastes dos parafusos, não nas roscas.
2. Fixe o motor de popa com as peças de montagem corretas. Aperte as contraporcas de acordo com o
torque especificado.
IMPORTANTE: Certifique-se de que pelo menos dois filetes de rosca dos parafusos de montagem
apareçam além da contraporca depois do aperto. A contraporca deve ser apertada enquanto ainda estiver
nos filetes de rosca do parafuso e sem fazer contato com a haste do parafuso.
NOTA: Para obter um torque mais preciso, aperte as contraporcas de montagem em vez de girar os
parafusos de montagem do motor de popa.

d
c
a

e
b
c

d a

40952

a- Parafuso de montagem do motor de popa com 1,27 cm de diâmetro (4)


b- Arruela plana de 2,22 cm (4)
c- Contraporca de náilon (4)
d- Arruela plana de 3,81 cm (4)
e- Selante marítimo – aplique nas hastes dos parafusos, não nas roscas.

Descrição Nm lb.-pol. lb.-pé


Contraporcas e parafusos de montagem do motor
75 – 55
de popa – folha padrão para barcos
Contraporcas e parafusos de montagem do motor
de popa – placas de metal de elevação e suportes 122 – 90
de recuo

98 por
INSTALAÇÃO DO MOTOR DE POPA
Um adesivo no suporte do gio lembra o proprietário de verificar os prendedores que fixam o motor de popa
no gio antes de cada uso.

51985

Adesivo no suporte do gio

Cabos elétricos, mangueira de combustível e de controle


PASSA-FIOS DO CORDAME
Instalação
IMPORTANTE: Deve existir uma folga suficiente nos cabos de ligação elétrica, nos cabos da bateria e nas
mangueiras passados entre o passa-fios do cordame e os pontos de conexão do motor, para aliviar tensões
e evitar que as mangueiras sejam dobradas ou esmagadas.

por 99
INSTALAÇÃO DO MOTOR DE POPA
1. Passe as mangueiras, os fios elétricos e os cabos pelo adaptador do cordame e pela abertura correta
do passa-fios do cordame conforme mostrado.

d e
f

k j
b
a i g
h 47374

a- Parafuso (2)
b- Adaptador do cordame
c- Passa-fios do cordame
d- Abertura do tubo do velocímetro
e- Abertura do cabo de ligação remoto de 14 pinos do barco
f- Abertura do cabo da bateria
g- Abertura do cabo de ligação de acessórios
h- Abertura do cabo de mudança de marchas
i- Abertura da mangueira de combustível
j- Abertura do cabo de ligação elétrica do SmartCraft ou do cabo de ligação elétrica adicional
k- Abertura do cabo de aceleração

2. Prenda o passa-fios do cordame e o adaptador do cordame com dois parafusos. Aperte os parafusos
de acordo com o torque especificado.
3. Fixe os fios elétricos, as mangueiras e os cabos com uma amarra de cabos.

100 por
INSTALAÇÃO DO MOTOR DE POPA
AVISO
Inspecione a posição da braçadeira de mangueira localizada na mangueira de combustível para garantir
que ela não se desgaste ou corte nos cabos de ligação elétrica adjacentes.

a- Amarras de cabos

47753

Descrição Nm lb-in lb-ft


Parafusos para fixação do adaptador do cordame 6 53

CHICOTE DE FIAÇÃO DO CONTROLE REMOTO


Instale o cabo remoto de 14 pinos do barco através do passa-fios do cordame. Conecte o cabo de ligação
elétrica remoto ao conector de 14 pinos no cabo de ligação elétrica do motor. Prenda o cabo de ligações
elétricas com o retentor.

b c a- Cabo de ligação remoto de 14 pinos


do barco
b- Retentor
a c- Conector de 14 pinos

47717

por 101
INSTALAÇÃO DO MOTOR DE POPA
CONEXÃO DO CABO DE LIGAÇÃO ELÉTRICA DO SMARTCRAFT E DO
CABO DE LIGAÇÃO ELÉTRICA DO BARCO
Se o barco for equipado com um chicote SmartCraft e/ou do barco (acessório), passe o chicote através do
passa-fios do cordame e acople-o ao conector do motor.

a- Conector de ligação elétrica do bar‐


co (acessório)
a b- Conector de ligação elétrica Smart‐
Craft

47723

CONEXÕES DO CABO DA BATERIA


Esse motor de popa é equipado em fábrica com cabos de bateria de 3,6 m (12 pés) bitola nº4.
Se forem necessários cabos de bateria mais longos do que os fornecidos pela fábrica, a bitola dos cabos
também deve ser maior. Consulte a tabela a seguir para informar-se sobre a bitola correta de acordo com o
comprimento.
IMPORTANTE: Devem ser usados apenas cabos de bateria de cobre. Não use cabos de alimentação de
alumínio em nenhuma instalação marítima.

b
2758

a- Bitola do fio
b- Comprimento do cabo

IMPORTANTE: O comprimento do cabo da bateria especificado na tabela a seguir é a soma dos cabos
positivo e negativo.

Comprimento máximo
Bitola de fios americana (American Wire Gauge, AWG)
Metro (Pés)
2 12,2 m (40 pés)
1 15,2 m (50 pés)
1/0 19,6 m (64 pés)
2/0 24,4 m (80 pés)

102 por
INSTALAÇÃO DO MOTOR DE POPA
Um Motor de Popa

a a- Camisa vermelha – positivo (+)


b- Camisa preta – negativo (–)
c- Bateria de partida
(+)

b c

(-) 15496

Dois Motores de Popa


Conecte um cabo de aterramento comum (fio do mesmo tamanho que os cabos da bateria do motor) entre
os terminais negativos (–) das baterias de arranque.

b
a (-)
d

b
c (-)
d

15497

a- Camisa vermelha – positivo (+)


b- Camisa preta – negativo (–)
c- Cabo de aterramento
d- Bateria de partida

por 103
INSTALAÇÃO DO MOTOR DE POPA
CONEXÃO DA MANGUEIRA DE COMBUSTÍVEL
Prenda a mangueira de combustível remota ao encaixe com uma braçadeira de mangueira. Posicione a
braçadeira da mangueira de modo que ela não desgaste ou corte o cabo de ligação elétrica adjacente.

AVISO
Inspecione a posição da braçadeira da mangueira para garantir que ela não se desgaste ou corte nos
cabos de ligação elétrica adjacentes.

Tamanho da Mangueira de Combustível


O diâmetro interno mínimo da mangueira de combustível (D. I.) é 9,5 mm (3/8 in) , com mangueira de
combustível/coletor de tanque de combustível separados para cada motor.

a- Braçadeira da mangueira
b- Mangueira de combustível remota

47751

INSTALAÇÃO DO CABO DE MUDANÇA DE MARCHAS


Instale os cabos no controle remoto de acordo com as instruções fornecidas com o controle remoto.
NOTA: Instale primeiro o cabo de mudança de marchas no motor. O cabo de mudança de marchas é o
primeiro cabo a se mover quando a alavanca de controle remoto for movida para fora da posição de ponto
morto.
1. Coloque o controle remoto e o motor de popa em ponto morto.

104 por
INSTALAÇÃO DO MOTOR DE POPA
2. Centralize o pino de fixação do cabo de mudança com a marca de alinhamento do ressalto do ponto
morto.

a a- Pino de fixação do cabo


de mudança
b- Marca de alinhamento do
ressalto do ponto morto

b 47736

3. Localize o ponto central da folga ou perda de movimento que existe no cabo de mudança de marchas
da seguinte maneira:
a. Mova a alavanca do controle remoto da posição de ponto morto para movimento para a frente e
mova-a até a posição de velocidade máxima. Volte lentamente a alavanca para a posição de
ponto morto. Faça uma marca "a" no cabo contra a guia da extremidade do cabo.
b. Mova a alavanca do controle remoto da posição de ponto morto para marcha à ré e mova a
alavanca para a posição de velocidade máxima. Volte lentamente a alavanca para a posição de
ponto morto. Faça uma marca "b" no cabo contra a guia da extremidade do cabo.
c. Faça uma marca central "c", no meio, entre as marcas "a" e "b". Alinhe a guia da extremidade do
cabo contra essa marca central ao instalar o cabo no motor.

6098

por 105
INSTALAÇÃO DO MOTOR DE POPA
4. Encaixe o cabo de mudança de marcha através do passa-fios do cordame.

47738

5. Coloque o controle remoto em neutro.


6. Coloque o copo do tambor na cavidade do tambor.
7. Alinhe a guia da extremidade do cabo de mudança de marcha com a marca central feita na etapa 3.
Coloque o cabo de mudança no pino de fixação. Ajuste o tambor do cabo de modo que deslize
livremente para dentro do copo do tambor.
8. Prenda o cabo de mudança de marcha ao pino de fixação com um grampo de retenção.

c d
a b

47743

a- Guia da extremidade do cabo de mudança


b- Grampo de retenção
c- Marca central
d- Tambor do cabo
e- Copo do tambor

106 por
INSTALAÇÃO DO MOTOR DE POPA
9. Prenda o tambor no lugar com a trava do cabo.

a a- Trava do cabo

47744
10. Verifique o funcionamento do cabo de mudança de marcha da seguinte maneira:
a. Coloque o controle remoto na posição para a frente. Enquanto uma marcha estiver engatada, o
eixo da hélice deve estar travado. Caso contrário, aproxime o tambor da extremidade do cabo.
b. Coloque o controle remoto na posição de ponto morto. O eixo da hélice deverá girar livremente,
sem resistência. Caso contrário, afaste o tambor da extremidade do cabo. Repita os passos "a" e
"b".
c. Passe o controle remoto para marcha à ré enquanto a hélice estiver girando. Enquanto uma
marcha estiver engatada, o eixo da hélice deve estar travado. Caso contrário, afaste o tambor da
extremidade do cabo. Repita os passos "a" até "c".
d. Coloque o controle remoto novamente na posição de ponto morto. O eixo da hélice deverá girar
livremente, sem resistência. Caso contrário, aproxime o tambor da extremidade do cabo. Repita
os passos "a" até "d".

INSTALAÇÃO DO CABO DE ACELERAÇÃO


Instale os cabos no controle remoto de acordo com as instruções fornecidas com o controle remoto.
1. Coloque o controle remoto na posição de ponto morto (N).

58237

por 107
INSTALAÇÃO DO MOTOR DE POPA
2. Passe o cabo do acelerador por dentro do passa-fios do cordame.

47739

3. Instale o cabo do acelerador no braço do acelerador com o grampo de retenção.


4. Ajuste o tambor do cabo para que o cabo de aceleração instalado segure o braço do acelerador
contra o batente de marcha lenta.
5. Coloque o copo do tambor no tambor. Coloque o tambor do cabo dentro do porta tambor.

c
b

a d

47747

a- Retentor
b- Guia da extremidade do cabo de aceleração
c- Tambor do cabo
d- Copo do tambor

108 por
INSTALAÇÃO DO MOTOR DE POPA
6. Prenda o cabo no lugar com a trava do cabo.

a a- Trava do cabo

47748

por 109
REGISTRO DE MANUTENÇÃO
Registre aqui toda manutenção realizada no motor de popa. Tenha o cuidado de guardar todas as ordens de
serviço e os recibos.

Data Manutenção Realizada Horas do Motor

110 por