Você está na página 1de 41

Proteção de Motores Elétricos

de Indução contra Sobrecargas


e Curtos-circuitos em
Instalações Industriais

Mário César Giacco Ramos


Proteção de Motores Elétricos de Indução
contra Sobrecargas e Curtos-circuitos em
Instalações Industriais

Mário César Giacco Ramos


MEIO AMBIENTE
MÁQUINA ACIONADA

TEMPERATURA

REDE ELÉTRICA
MÁQUINA ACIONADA

MOTOR ELÉTRICO
CARGAS COM CONJUGADO CONSTANTE

Cc  k
Pc  k .n
CARGAS COM CONJUGADO LINEAR

Cc  C0  k .n
Pc  C0 .n  k .n 2
CARGAS COM CONJUGADO PARABÓLICO

Cc  C0  k .n 2
Pc  C0 .n  k .n 3
CARGAS COM CONJUGADO HIPERBÓLICO
k
Cc 
n
Pc  k
CONJUGADO ACELERADOR
TEMPO DE ACELERAÇÃO
Desequilíbrio de tensão

PROCEL
Desequilíbrio de corrente
Temperatura;
Poeira;
Altitude.
Temperatura de regime
CLASSES DE ISOLAMENTO

Temperatura de regime
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGAS
EM FUNÇÃO DA EM FUNÇÃO DA
CORRENTE TEMPERATURA

RELÉ TÉRMICO TERMISTOR


BIMETÁLICO PTC
DISPARADOR
TERMOSTATO
TEMPORIZADO DE
DISJUNTOR DE CONTATO

FUSÍVEIS TERMOSTATOS /
PROTETORES
ELEMENTOS TÉRMICOS
TEMPORIZADOS
DE
CONVERSORES
DE FREQUÊNCIA
OU DE PARTIDA
CORRENTE DE PARTIDA DE UM MOTOR DE INDUÇÃO COM
ROTOR EM GAIOLA
PROTEÇÃO CONTRA CORRENTES DE SOBRECARGAS
COORDENAÇÃO ENTRE AS PROTEÇÕES DE SOBRECARGA E
DE CURTO CIRCUITO
NBR 17094-1 SOBRECARGA OCASIONAL DE 1,5 In, NO
MÍNIMO POR 2 min
Valores limites VDE 0660
CLASSES DE DISPARO SEGUNDO A IEC 60947/2007
FUSÍVEIS NÃO PROTEGEM MOTORES ELÉTRICOS CONTRA
SOBRECARGAS

Condições de atuação de fusíveis (IEC 60269) em função da sobrecarga


OCORRENDO UM CURTO CIRCUITO NA CAIXA DE LIGAÇÃO, OU
NAS BOBINAS DO MOTOR, OS FUSÍVEIS, OU O DISPARADOR
INSTANTÂNEO DO DISJUNTOR DEVEM ATUAR PROTEGENDO
CONTRA DANIFICAÇÃO, OS CONDUTORES DO CIRCUITO
TERMINAL, OS CONTATOS DO CONTATOR, O RELÉ TÉRMICO
OU, OS DISPOSITIVOS ELETRÔNICOS DE PARTIDA OU DE
CONTROLE DO MOTOR
DISPOSITIVOS DE PROTEÇÃO EM FUNÇÃO DA
TEMPERATURA

TERMISTORES DO TIPO PTC


DISPOSITIVOS DE PROTEÇÃO EM FUNÇÃO DA
TEMPERATURA

TERMOSTATOS / PROTETORES TÉRMICOS


BANCADA PARA TESTES DE AQUECIMENTO DO MOTOR
ELÉTRICO
ATUAÇÃO DOS DISPOSITIVOS DE PROTEÇÃO
Dispositivo de proteção em função da Dispositivo de proteção em função da
Ocorrências corrente temperatura
(instalados externamente ao motor) (instalados nas bobinas do motor)

Fusíveis Relé térmico Termistores Termostatos


bimetálico PTC

Sobrecarga de 20% N S S S

Rotor travado N S S S
15 manobras/h N S(1) S S
Desbalanceamento N S S S
de rede: GDT=4%

Obstrução da N N S S
ventilação

Tensão 10% abaixo N S S S


da nominal

N – NÃO S - SIM
(1) – atuou antes de atingir o valor limite de temperatura
COMO EVITAR SOBRECARGAS

DESMONTAGEM E MONTAGEM DO MOTOR ELÉTRICO


COMO EVITAR SOBRECARGAS

RETIRADA DE ROLAMENTOS - EXTRATOR


COMO EVITAR SOBRECARGAS

RETIRADA DE ROLAMENTOS – X SACA POLIA


COMO EVITAR SOBRECARGAS

CORREIAS: TENSÃO E ALINHAMENTO DO MOTOR ACOPLAMENTO DIRETO: ALINHAMENTO /


FOLGA

ACOPLAMENTO MOTOR-MÁQUINA
COMO EVITAR SOBRECARGAS

CORRENTES: TENSÃO

ACOPLAMENTO MOTOR-MÁQUINA
COMO EVITAR SOBRECARGAS

LUBRIFICAÇÃO ADEQUADA
COMO EVITAR SOBRECARGAS

MEDIÇÃO E ANÁLISE DE VIBRAÇÕES


Mário César Giacco Ramos

Professor do Curso de Eng. Elétrica


da Universidade de Mogi das Cruzes

4798 7250/marior@umc.br

Você também pode gostar