Você está na página 1de 13

Ensino de Matemática:

do concreto ao abstrato.
Prof. Ms. Ricardo Normando
contato@simplexonline.com.br
(85)9.8652.4679
Introdução

A abordagem cognitivista, sob o ponto de vista piagetiano:
enfatiza a necessidade da interação com o meio;
aborda a capacidade do aluno para integrar informações e processá-las;

Piaget reconheceu fontes internas e externas de conhecimento:
Desequilibração (quando as estruturas cognitivas ficam desorganizadas)

Equilibração (quando as estruturas cognitivas se organizam a partir da desequilibração)

Criação de esquemas lógicos novos e mais abrangentes


2
O desenvolvimento da autonomia

A palavra – chave é
INTERAÇÃO!

3
Construção da Autonomia


Evitar rotinas;

M I A
O professor e a escola precisam:

O

Fixar respostas;

N

Oferecer soluções prontas;

O
Por outro lado, as crianças precisam de atividades que deverão consistir em

T

Observar;
Relacionar;

U

Comparar;

A


Levantar hipóteses;

Argumentar.

4
A importância da investigação

O educador J. Dewey, filósofo e pedagogo norte americano, valoriza



o ato de perguntar para levar à compreensão;

o aprender fazendo a partir: A
U
a) da pesquisa do meio T
b) do trabalho cooperativo O
N
c) da relação entre teoria e prática O
M
d) do método de iniciar o trabalho educativo I
pela fala dos alunos. A

5
A construção de modelos matemáticos
O cérebro do homem, através de
algoritmos e modelos,

propõe a representação do real e da
multiplicidade de fenômenos propostos
pela realidade;

Desenvolvem o conhecimento humano;

Gera transformações de ordem
qualitativa;

Cria níveis mais complexos de realidade.
6
Atividade envolvendo modelagem matemática.
“O professor deve começar apresentando o tema aos
alunos e, a partir dele, reconstruir o modelo matemático
que quer trabalhar. Como método de ensino, o professor
pode usar a modelagem da seguinte maneira: expor o
assunto, delimitar o problema, desenvolver o conteúdo,
apresentar exemplos, resolver e interpretar o problema.
Dessa forma, ele pode usar um outro modelo matemático
para outro conteúdo, ou o mesmo modelo para outro
conteúdo.”
Fonte: MARIA SALETE BIEMBENGUT - resenha da
palestra matemática- história da modelagem matemática
no ensino brasileiro- na Bienal 14/03/2008.
7
Questões importantes

Evolução vagarosa;

Grande evolução tecnológica e um
acentuado desenvolvimento social;

Estimula o raciocínio;

Ajuda o aluno a tirar suas próprias
conclusões;

Desenvolvem o poder de
argumentação;

Proporciona uma aprendizagem
reflexiva.
8
Técnicas do Processo de Modelagem

Fonte:
BIEMBENGUT, Maria Salett; HEIN Nelson. Modelagem matemática no
ensino. São Paulo: Contexto, 2000, 127p.

9
Temas...

Coleta seletiva de lixo;

Produção de lixo diário;

Horas de sono diário;

Tempo em que utilizam o
celular;

...
10
Para os maiores...

Software Modellus

Modelagem Matemática

Multidisciplinar

Programação Matemática

Interação por parte do
aluno
11
12
Prof. Ms. Ricardo Normando F. de Paula

contato@simplexonline.com.br

(85) 9.8652.4679

@onlinesimplex

@OnlineSimplex

@onlinesimplex