Você está na página 1de 3

Coesão e Coerência

Uma das propriedades que distingue um texto de um amontoado de palavras ou frases é o relacionamento existente
entre si. De que trata, então, a coesão textual? Da ligação, da relação, da conexão entre as palavras de um texto,
através de elementos formais, que assinalam o vínculo entre os seus componentes.

Uma das modalidades de coesão é a remissão.  E a coesão pode desempenhar a função de (re)ativação do referente.
A reativação do referente no texto é realizada por meio da referenciação anafórica ou catafórica, formando-se cadeias
coesivas mais ou menos longas.

A remissão anafórica (para trás) realiza-se por meio de pronomes pessoais de 3ª pessoa (retos e oblíquos) e os
demais pronomes; também por numerais, advérbios e artigos.

Exemplo: André e Pedro são fanáticos torcedores de futebol. Apesar disso,  são diferentes.Este  não  briga com quem
torce para outro time; aquele o faz.

Explicação: O termo isso retoma o predicado são fanáticos torcedores de futebol; este recupera a palavra Pedro;


aquele , o termo André; o faz, o predicado briga com quem torce para o outro time - são anafóricos.

A remissão catafórica (para a frente) realiza-se preferencialmente através de pronomes demonstrativos ou


indefinidos neutros, ou de nomes genéricos, mas também por meio das demais espécies de pronomes, de advérbios e
de numerais. Exemplos:

Exemplo: Qualquer que tivesse sido  seu  trabalho anterior, ele  o abandonara, mudara de profissão e passara
pesadamente a ensinar no curso primário: era tudo o que sabíamos dele,  o professor, gordo e silencioso, de ombros
contraídos.

Explicação: O pronome possessivo seu e o pronome pessoal reto ele antecipam a expressão o professor - são


catafóricos.

De que trata a coerência textual ? Da relação que se estabelece entre as diversas partes do texto, criando uma
unidade de sentido. Está, portanto, ligada ao entendimento, à possibilidade de interpretação daquilo que se ouve ou lê.

Modelo de questão: coesão e coerência (AFRF-2003)

As questões de números 01 e 02 têm o texto abaixo como base.

Falar em direitos humanos pressupõe localizar a realidade que os faz emergir no contexto sócio-político e histórico-


estrutural do processo contraditório de criação das sociedades.Implica, em suma, desvendar, a cada momento deste
processo, o que venha a resultar como direitos novos até então escondidos sob a lógica perversa de regimes políticos,
sociais e econômicos, injustos e comprometedores da liberdade humana.

Este ponto de vista referencial determina a dimensão do problema dos direitos humanos na América Latina.

Neste contexto, a fiel abordagem acerca das condições presentes e dos caminhos futuros dos direitos humanos
passa, necessariamente, pela reflexão em torno das relações econômicas internacionais entre países periféricos e
países centrais.

As desarticulações que desta situação resultam não chegam a modificar a base estrutural destas relações: a
extrema dependência a que estão submetidos os países periféricos, tanto no que concerne ao agravamento das
condições de trabalho e de vida (degradação dos salários e dos benefícios sociais), quanto na dependência
tecnológica, cultural e ideológica.

(Núcleo de estudos para a Paz e Direitos Humanos, UnB in: Introdução Crítica ao Direito,com adaptações)
01. Assinale a opção que não estabelece uma continuidade coerente e gramaticalmente correta para o texto

a) Nesta parte do mundo, imensas parcelas da população não têm minimamente garantida sua sobrevivência material.
Como, pois, reivindicar direitos fundamentais se a estrutura da sociedade não permite o desenvolvimento da
consciência em sua razão plena?

b) Por conseguinte, a questão dos Direitos tem significado político, enquanto realização histórica de uma sociedade de
plena superação das desigualdades, como organização social da liberdade.

c) Assim, pois, a opressão substitui a liberdade. A percepção da complexidade da realidade latino-americana


remete diretamente a uma compreensão da questão do homem ao substituí-lo pela questão da tecnologia.

d) Na América Latina, por isso, a luta pelos direitos humanos engloba e unifica em um mesmo momento histórico,
atual, a reivindicação dos direitos pessoais.

e) Não nos esqueçamos que a construção do autoritarismo, que marcou profundamente nossas estruturas sociais,
configurou o sistema político imprescindível para a manutenção e reprodução dessa dependência.

DICAS: esse tipo de questão exige a capacidade de seleção das informações básicas do texto e de percepção dos
elementos de coesão constitutivos do último período e sua interligação com o parágrafo subsequente; nesse caso, a
opção que será marcada.

O texto trata dos direitos humanos - a realidade no contexto sócio- político e histórico estrutural - processo de criação
das sociedades; "as relações econômicas internacionais entre países periféricos( a sua dependência) e países
centrais".

O gabarito assinala a altern. C.

Justificativa: o comando da questão pede "a opção que não estabelece uma continuidade..." , a alternativa C inicia,
estabelecendo relação de conclusão ( "Assim, pois,a opressão...") utilizando-se  de elementos que não são citados no
texto: opressão - liberdade - tecnologia,  caracterizando incoerência textual.Nas demais alternativas há expressões que
fazem menção às ideias do texto. Serão grifadas as palavras ou expressões relacionadas ao texto:

*na altern.a)"... nessa parte do mundo..." (países periféricos),

* na altern.b)"... a questão dos Direitos tem significado político..." (parte inicial do texto),

*na altern. d) "Na América Latina, por isso, a luta pelos direitos humano..."

* na altern.e)"... o sistema político imprescindível para a manutenção e reprodução dessa dependência." (tanto a letra


d) quanto a e) fazem referência às informações básicas do texto.

02. Assinale a opção em que, no texto, a expressão que antecede a barra não retoma a ideia da segunda
expressão que sucede a barra.

a) "realidade" (l.2) / " contexto sócio-político e histórico-estrutural do processo" (l.2 e 3)

b) "deste processo" (l.6) / " Processo contraditório de criação das sociedades" (l.3 e 4)

c) "Este ponto de vista referencial" (l.11) / "ideias expressas no primeiro parágrafo.

d) "Neste contexto" (l.14) / discussão sobre os direitos humanos na América Latina.

e) "desta situação" (l.20) / relações econômicas internacionais entre países periféricos e países centrais.

GABARITO:A
DICAS: essa questão é típica de coesão textual que trata dos elementos anafóricos-aqueles que retomam um
elemento referencial(anterior). O objetivo do comando é "a expressão que antecede a barra não retoma a ideia da
segunda expressão. Se se observar com atenção, a palavra "realidade" da altern. a) vem citada antes, no texto, que a
expressão "contexto sócio-político e histórico-estrutural do processo", portanto corresponde ao que se pede. Daí, o
gabarito apontar a altern a) como a indicada.