Você está na página 1de 5

FACULDADE FATIN

ADRIANO DE CASTRO SEBBEN

Completo e por extenso

DESENVOLVIMENTO DE UM CURRÍCULO PARA O


DISCIPULADO DE NOVOS CONVERTIDOS
Todo em maiúsculas

PROJETO DE PESQUISA

CRICIÚMA SC

2016
Adriano de Castro Sebben

Completo e por extenso

DESENVOLVIMENTO DE UM CURRÍCULO PARA O


DISCIPULADO DE NOVOS CONVERTIDOS

Projeto de Pesquisa apresentado como requisito


parcial para elaboração do TCC do Curso de
Convalidação em teologia da Faculdade Fatin.

CRICIÚMA SC

2016
1 TEMA (ÊNFASE):

Educação Cristã

1.1 Título:

1.1.1 Desenvolvimento de um Currículo para o Discipulado de novos convertidos.

1.2 Problema:

1.2.1 A inexistência de um currículo em linguagem acessível e numa abordagem prática e


aplicável aos novos convertidos e o departamento de discipulado em nível de campo com
seus professores de discipulado precisam de um padrão, pois não temos hoje um material
uniforme e específico.

1.3 Contextualização do Problema:

1.3.1 A igreja Assembleia de Deus em Criciúma já utilizou vários currículos de múltiplas


revistas de discipulado, porém nenhum deles atendeu de maneira específica as suas
necessidades internas numa linguagem mais básica e personalizada a esse iniciante na fé, e
com uma proposta menos teológica e mais prática, visando proporcionar uma visão geral da
igreja com sua identidade e principalmente convergindo para um relacionamento espiritual
do novo convertido com o Espírito Santo.
A falta de padrão na orientação desses neoconversos que posteriormente vão se
batizar nas águas e se filiar à membresia tem gerado um grave problema para a igreja.
Entendemos, então, que a maiúscula evasão dos que aceitam a Cristo, e a fraca
consistência nas diversas dimensões dos relacionamentos dos cristãos dentro e fora do
contexto da fé tem sido principalmente por causa desse fraco desempenho da igreja em
integrá-los e a falta de uma linguagem uniforme de sua liderança tem de igual modo
ocasionado deficiência no exercício da profissão da fé e no servir as atividades do ministério.
Outro víeis é o investimento feito nestes materiais, pois se produzirmos um currículo
próprio teremos condições de obter um preço de custo razoavelmente muito abaixo do que
pagamos hoje para os fornecedores e editoras. Assim, teremos condições de contratar
diretamente um serviço gráfico que nos ofereça a melhor qualidade, prazo e preço unindo o
útil ao agradável.

1.4 Hipóteses de Pesquisa / Questões Norteadoras:

1.4.1 É possível por meio de uma literatura (lição de discipulado) imprimir uma visão de
discípulo de Cristo em um iniciante na fé?
1.4.2 Será sustentável e saudável um currículo que venha a possuir um equilíbrio entre
matérias de fé e prática?
1.4.3 O pastor sozinho consegue atender e mentoriar todas as ovelhas?
3

2 OBJETIVOS

2.1 OBJETIVO GERAL:

2.1.1 Desenvolver um Currículo para o Discipulado de novos convertidos na Assembleia de


Deus em Criciúma.

2.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

2.2.1 Identificar as principais necessidades dos novos convertidos e associar com os


parâmetros bíblicos de integração e discipulado.
2.2.2 Identificar a visão da liderança da Igreja e as principais deficiências a serem sanadas
em relação aos novos convertidos que são batizados.
2.2.3 Desenvolver um currículo de uma grade para suprir as necessidades e demandas da
visão da Assembleia de Deus para os novos convertidos.
2.2.4 Escolher escritores com perfil adequado para a produção da Lição de Discipulado
conforme o programa estabelecido.

3 JUSTIFICATIVA

Meu projeto se justifica pelo fato de que as estatísticas em nível de Brasil revelam
que só batizamos 10% dos que ganhamos para Cristo, logo só temos 10% do retorno de
todos os nossos esforços empreendidos no evangelismo e dos investimentos na
evangelização seja ela por que vias ocorreram em Criciúma. Penso que com minha
experiência na área do ensino, como discipulador em classes de discipulado e também no
modelo um a um nas residências dos neoconversos e como pastor de igreja acompanhando
na prática e através dos relatórios os resultados práticos de nosso sistema atual, espero
propor imprimir à Igreja e sua liderança uma dinâmica diferenciada por meio de uma
ferramenta adequada as reais e atuais necessidades da Igreja Assembleia de Deus em
Criciúma.
Nossa meta de quantidade ao batismo na Assembleia de Deus em Criciúma são 700
(setecentos) candidatos ao ano, porém desde que a meta foi estabelecida há 8 (oito) anos,
ainda não a conseguimos alcançar. Por certo com um trabalho focado em integração e
discipulado obteremos resultados significativos e um crescente aumento nos candidatos ao
batismo, gerando assim por sua vez o atendimento à meta para a glória de Deus e
crescimento do seu Reino na terra.
Além do mais, o discipulado para novos convertidos vai acelerar o processo de
maturidade e firmeza da Fé. Se esperarmos que o novo convertido aprenda sobre a vida
cristã apenas vindo aos cultos, provavelmente, ele levará muito tempo para amadurecer e
muitos nunca conseguirão. É por isso que o discipulado é eficaz na formação e na
integração do novo convertido levando a ter relacionamentos saudáveis no ambiente da
igreja e também na casa com os irmãos. Também serve de vacina para livrar o recém-
convertido das heresias que procuram desviar de sua fé genuína em Cristo.
Pretendo trabalhar em sintonia com o departamento de Discipulado em nível de
campo e assim conduzir este projeto para que possa alavancar o processo de integração
dos iniciantes na fé. Nesse sentido, será possível, então, apresentarmos candidatos mais
conscientes de sua nova fé para se filiarem oficialmente à Igreja do Senhor e acima de tudo
4

que possamos imprimir uma formação bíblica e espiritual que produza verdadeiros discípulos
de Cristo para esta sociedade decadente em que vivemos.
Assim, vamos oferecer um programa de relacionamento sério e consistente por meio
do desenvolvimento do currículo adequado no qual pretendemos propor ao novo convertido
que ele mantenha seu vínculo com seu discipulador por toda a vida. É necessário que esse
aspecto de mentoria vitalícia no discipulado um a um venha de encontro a sanar as muitas
deficiências que possuímos hoje no seio da igreja. Haja vista que na maioria das vezes o
pastor ou dirigente da congregação não consegue alcançar individualmente todas as suas
ovelhas e mesmo porque biblicamente não é esse o modelo que se espera, mas sim de que
como diz a Bíblia venhamos a exercer o sacerdócio de uns para com os outros (1 Pe 2.5,9).
Cabe sim ao pastor amar, alimentar, resgatar, cuidar, consolar, guiar, guardar, proteger,
vigiar e treinar as ovelhas, porém ele é um só e muitas vezes como humano que é não
conseguirá em tempo hábil atender de maneira personalizada ao rebanho, cabendo à
estrutura do discipulado lhe dar o devido suporte.

4 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

Literaturas evangélicas em geral

5 METODOLOGIA

Pesquisa bibliográfica.

6 CRONOGRAMA

Ano XXXX
ATIVIDADES Mar Abr Mai Jun Jul Ago Se Out
t
Definição do Tema X
Seleção inicial de obras e fontes de pesquisa X
Redação inicial do Projeto X
Redação definitiva do Projeto X

7 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS