Você está na página 1de 5

O que é Democracia?

Sabemos que a palavra “democracia” nasceu na Grécia, sendo


composta pelos radicais “demos” e “kratos”, que significam, respectivamente,
“povo” e “governo”. Em linhas gerais, a democracia pode ser definida como
“governo popular”.

A democracia como conhecemos hoje, em ordenamentos jurídicos e


instituições políticas solidas (que representam os três poderes: executivo,
judiciário e legislativo) só se tornou possível durante a transição do século XVIII
para o século XIX.

Fonte: FERNANDES, Cláudio. "O que é democracia?"; Brasil Escola.


Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/historia/o-que-e-
democracia.htm > (Acesso em 28 de abril de 2019).

O que é manifestação?

É um ato coletivo em que os cidadãos se reúnem publicamente para


expressar uma opinião pública. Seu objetivo está concentrado em tópicos de
natureza política, econômica e social.

Fonte: WIKIPEDIA. “Manifestação” <http://pt.wikipedia.org/wiki/Manifestação>


Acesso em 28/04/2019).

Durante o processo de formação do Estado brasileiro do século XVI ao XXI, as


manifestações populares vem atingindo avanços significativos no que tange
sua maior popularização e democratização.

Fonte: RIBEIRO, Paulo Silvino. "As últimas manifestações políticas no Brasil:


vamos conseguir?"; Brasil Escola. Disponível em
<https://brasilescola.uol.com.br/sociologia/as-ultimas-manifestacoes-politicas-
no-brasil-vamos-conseguir.htm>. Acesso em 29 de abril de 2019.

Com o objetivo de lutar pelos seus direitos, os quais foram compreendidos


décadas e décadas, a população brasileira tem ido às ruas em busca de
mudanças, essenciais, que garantem uma melhor qualidade de vida.

Fonte: FBIZ - Early Adopters. “As manifestações no Brasil e a alienação no que


fazemos”. Cultura Digital. <https://www.fbiz.com.br/noticias/manifestacoes-no-
brasil> Acesso em 28 de abril de 2019.

Impeachment de Fernando Collor (1992)

Em 29 de setembro de 1992 foi instaurado um processo de impeachment


contra o presidente Fernando Collor, que renunciou horas antes do julgamento
( 29 de dezembro). Julgado culpado de crime de responsabilidade, por permitir
violação de lei federal, Collor foi condenado a oito anos de afastamento das
funções públicas.

Fonte: LAROUSSE CULTURAL. “Impeachment”, pg 3094. (1998)

Os caras-pintadas foi o nome pelo qual ficou conhecido o movimento


estudantil brasileiro realizado no decorrer do ano de 1992 que teve, como
objetivo principal, o impeachment do presidente do Brasil na época, Fernando
Collor de Mello.

Fonte: WIKIPEDIA. “Caras-Pintadas”. https://pt.wikipedia.org/wiki/Caras-


pintadas Acesso em 29 de abril de 2019.

Movimento Passe Livre (2013)

As multidões que saíram às ruas, reivindicando limites para as tarifa transporte


público, foram claras demonstrações do descontentamento popular pela
insensibilidade com que os poderes públicos decidem questões fundamentais
para o bem-estar da sociedade.

Naquele momento, os brasileiros, embalados pela espontaneidade do


movimento, aderiram ao forte sentimento cívico e conscientes de que a união
popular poderia mesmo representar um fator de mudanças há muito desejadas.

No entanto partidos políticos e grupos anônimos se infiltraram nas


manifestações tiraram dela todo o propósito e naturalidade.

Enquanto defendiam os membros da categoria, eles estavam


amparados pelo regime democrático. Quando se transformaram em vândalos e
depredadores, tornaram-se sujeitos à imposição das leis.

Fonte: CORREIO POPULAR. “Manifestações democráticas e a força das leis”.


Campinas, 2014.

Impeachment de Dilma Rousseff (2015)

As manifestações de 2015 que ocorreram em diversas regiões do Brasil tinham


como principais objetivos protestar contra o governo Dilma Rousseff e defender
a Operação Lava Jato.

O movimento reuniu milhões de pessoas nos dias 15 de março, 12 de


abril, 16 de agosto e 13 de dezembro de 2015, e, segundo algumas
estimativas, foram as maiores mobilizações populares no país desde o início
da Nova República.

As manifestações populares voltaram a ocorrer em todas as regiões


do Brasil no dia 13 de março de 2016. Foi o maior ato político na história do
Brasil, superando as Diretas Já.
Fonte: WIKIPEDIA, “Protestos contra o governo Dilma
https://pt.wikipedia.org/wiki/Protestos_contra_o_governo_Dilma_Rousseff
Acesso em 01 de maio de 2019.

Greve dos Caminhoneiros (2018)

A greve dos caminhoneiros no Brasil em 2018, também chamada de Crise do


Diesel, foi uma paralisação de caminhoneiros autônomos com extensão
nacional iniciada no dia 21 de maio, e terminou oficialmente no dia 30 de maio,
com a intervenção de forças do Exército Brasileiro e Polícia Rodoviária Federal
para desbloquear as rodovias.

A paralisação e os bloqueios em 24 estados e no Distrito


Federal causaram a indisponibilidade de alimentos e remédios ao redor do
país, escassez e alta de preços da gasolina, com longas filas para abastecer.

Além disso, várias aulas e provas foram suspensas,[a frota de ônibus foi
reduzida, vôos foram cancelados em várias cidades, enormes quantidades de
alimentos foram desperdiçados e cerca de 1 bilhão de aves e 20 milhões de
suínos morram por falta de ração.

Fonte: WIKIPEDIA. “Greve dos caminhoneiros no Brasil em 2018“.


https://pt.wikipedia.org/wiki/Greve_dos_caminhoneiros_no_Brasil_em_2018
Acesso em 01 de maio de 2019.

Em resumo, podemos dizer que as manifestações democráticas são


instrumentos essenciais para evidenciar a problemática enfrentada por uma
nação.

Contudo, devido a conduta lastimável de determinados grupos de


“manifestantes”, essas manifestações populares são apenas movimentos
radicais e anarquistas. Para que isso não ocorra, deve-se melhorar a logística
dessas atividades, por meio de parcerias com as polícias militar, civil e
municipal, garantindo a toda a população o direito de “lutar” nas ruas com
dignidade como previsto na Constituição da República Federativa do Brasil
(1988).

“O homem é aquilo que a educação faz dele” .(Immanuel Kant)

“O homem é naturalmente um ser social e político” (Aristóteles)

“Ideologia é um conjunto de ideias falsas.” (Karl Marx)

“O importante não é viver, mas viver bem.” (Platão)


Gol da Vitória (Edu Krieger)

Vou narrar um tremendo gol de placa


Que marcou a virada da partida
Já cansada de ser tão iludida
Nossa equipe reage e contra-ataca
Decidiu que não sabe ser panaca
E depois de viver decepções
A coragem brotou nos corações
Que não têm mais pudor em ser feliz
Foi o gol da vitória de um país
Com duzentos milhões de campeões

Há quem diga que não vai dar em nada


Pois o jogo é de fato bem difícil
Mas à beira de um grande precipício
Quem é forte começa uma virada
Feito ponta de lança em arrancada
Pelas ruas vieram multidões
Entre gritos de guerra e palavrões
De quem sabe o que faz e o que diz
Foi o gol da vitória de um país
Com duzentos milhões de campeões

Tem bandido que finge ser do time


Faz gol contra e caminha pro abismo
Pois quem joga fazendo vandalismo
É tão vândalo quanto quem reprime
Mas a paz é a tática sublime
Dando fim a conflitos e explosões
Coroando centenas de milhões
Que já estavam vivendo por um triz
Foi o gol da vitória de um país
Com duzentos milhões de campeões

Finalmente depois desse golaço


O gigante acordou mostrando força
Nas esquinas escuras há quem torça
Pra que não se prossiga nesse passo
Mas a gente não deixa que o cansaço
Tome conta das boas intenções
Quero ver despertar nas eleições
Um Brasil bem maior que mil Brasis
Foi o gol da vitória de um país
Com duzentos milhões de campeões.
O cantor e compositor carioca Edu Krieger lança neste sábado, 22 de junho de 2013,
música inédita, Gol da vitória, com versos escritos dentro dos padrões do
decassílabo, poesia típica dos cantadores nordestinos que descrevem episódios
fantasiosos ou reais. No caso, o tema abordado por Krieger é real. Gol da
vitória versa sobre os protestos e manifestações que mobilizam o Brasil desde o início
da semana.

Fonte: http://www.blognotasmusicais.com.br/2013/06/edu-krieger-lanca-musica-inedita-
sobre.html - Acesso em 01/05/2019.