Você está na página 1de 2

ENGENHARIA QUÍMICA – 5EX – 5EY – 5EZ - QUÍMICA ANALÍTICA INTRUMENTAL - 2020

LISTA 4 - ESPECTROMETRIA ATÔMICA

1. Relacionado ao tema Espectrometria Atômica, definir os termos:


a) Evaporação
b) Aerossol
c) Volatilização
d) Atomização
e) Excitação térmica
f) Ionização
g) Plasma
h) Lâmpada de cátodo oco

2. Qual a função do nebulizador? Descrever dois tipos de nebulizadores.

3. Quais são os componentes de um fotômetro de chama e suas funções?

4. Descrever as diferenças básicas entre a espectroscopia de absorção atômica e a espectroscopia de emissão


atômica.

5. Quais os principais elementos medidos em fotometria de chama? Explicar sua resposta.

6. Comentar entre as principais diferenças entre uma chama e o plasma.

7. Como a temperatura da chama pode ser selecionada? Dar dois exemplos.

8. Comentar sobre a eficiência da chama e do plasma em excitar os átomos em fase gasosa. Comentar sobre a
ionização em uma chama e em um plasma.

9. Comentar sobre os processos de atomização utilizados na EAA por chama e forno de grafite. Compare-os
entre si em termos do estado físico da amostra, da quantidade necessária de amostra, da velocidade da
análise e da eficiência do processo.

10. Fazer um esquema dos fenômenos que ocorrem durante a atomização de um sal MX usando a chama.
Nomear as etapas do processo, e o que ocorre em cada uma delas?

11. Esboçar um diagrama de blocos contendo os componentes básicos de um espectrofotômetro de Absorção


Atômica por chama. Nomear seus componentes e a função de cada um deles.

12. Fazer um diagrama de uma lâmpada de cátodo oco e descrever seu funcionamento.

13. Comparar as interferências observadas em EEA por chama e por plasma?

14. Por que ânions não são dosados em Espectrometria de Absorção Atômica?

15. O que são lâmpadas de descarga sem eletrodos? Como são formadas estas lâmpadas?

16. O que é uma lâmpada de cátodo oco multielementar? Citar duas desvantagens destas lâmpadas em relação
às monoelementares.

17. Em relação à interferências nas medidas, explicar o que são e indicar possíveis formas de evitar:
a) Interferências de ionização.
b) Interferências químicas?
c) Interferências de matriz?

18. Quais os processos que ocorrem com a amostra a partir do momento em que é aspirada pelo nebulizador
durante uma análise de Fotometria de Chama?

19. Um soro contendo Na+ fornece um sinal de 4,27 mV em uma análise de emissão atômica. Então, 5,00 mL de
uma solução de NaCl 2,08 mol/L foram adicionados a 95,0 mL do soro. Esse soro nesta amostra fornece um
sinal de 7,98 eV. Qual a concentração original de Na+ no soro? R.: 0,113 mol/L
ENGENHARIA QUÍMICA – 5EX – 5EY – 5EZ - QUÍMICA ANALÍTICA INTRUMENTAL - 2020
+2
20. Uma amostra desconhecida de Cu apresentou uma absorbância de 0,262 em uma análise de absorção
+2
atômica. Então 1,00 mL de uma solução contendo 100,0 ppm (=g/mL) de Cu foi misturada com 95,0 mL
da amostra desconhecida, e a mistura foi diluída a 100,0 mL em balão volumétrico. A absorbância da nova
+2
solução foi de 0,500. Determinar a [Cu ] na amostra desconhecida. R.: 1,044 ppm.

21. O método de adição padrão de ponto único foi empregado na determinação de fosfato pelo método do azul
de molibdênio. Um volume de 2,00 mL de amostra de urina foi tratado com os reagentes para produzir o azul
de molibdênio, gerando uma espécie que absorve em 820 nm, após o que a amostra foi diluídaa 100 mL.
Uma alíquota de 25,00 mL dessa solução forneceu uma absorbância de 0,428 (solução 1). A adição de 1,00
mL de uma solução contendo 0,0500 mg de fosfato a uma segunda alíquota de 25,0 mL forneceu uma
absorbância de 0,517 (solução 2). Determinar a concentração de fosfato em miligramas por mililitro da
espécie. R.: 0,391 mg/mL

22. Cromo foi determinado em uma solução aquosa pipetando-se 10 mL de uma solução desconhecida em cada
um dos 5 frascos volumétricos de 50,0 mL. Vários volumes de padrão contendo 12,2 ppm de Cr foram
adicionados aos frascos, após o que nas soluções foram diluídas para o volume final.

Amostra (mL) Padrão (mL) Absorbância


10,0 0,0 0,201
10,0 10,0 0,292
10,0 20,0 0,378
10,0 30,0 0,467
10,0 40,0 0,554

a) Determinar a concentração molar das soluções empregadas.


b) Determinar por regressão linear, método dos mínimos quadrados, empregando a calculadora: coeficiente
linear, coeficiente angular e coeficiente de correlação e escrever a equação completa da reta de trabalho.
c) Qual a concentração de Cr na amostra original? R.: 28,0 ppm de Cr.

23. Lítio foi determinado em uma amostra por emissão atômica, por adição padrão. A partir dos dados da tabela
abaixo, construir um gráfico e determinar a concentração de lítio na amostra. O padrão de lítio continha 1,62
g/mL. (Volume final = 100 mL).
Amostra (mL) Padrão (mL) Intensidade de Emissão
10,00 0,00 309
10,00 5,00 452
10,00 10,00 600
10,00 15,00 765
10,00 20,00 906
a) Construir um gráfico para determinar a concentração de lítio na amostra desconhecida.
b) Determinar a equação completa da reta, incluindo o coeficiente de correlação, empregando método
dos mínimos quadrado, por regressão linear empregando calculadora.
c) Calcular a concentração (em g de X/mL) do padrão adicionado a cada solução. R.: 1,64 g/mL.

24. Uma amostra desconhecida contendo o elemento X foi misturada com alíquotas de uma solução padrão do
elemento. A mistura resultante foi analisada por espectroscopia de absorção atômica. A solução padrão
continha 1000 g de X por mililitro. Volume total = 100 mL

Amostra (mL) Padrão (mL) Absorbância


10,00 0,00 0,163
10,00 1,00 0,240
10,00 2,00 0,319
10,00 3,00 0,402
10,00 4,00 0,478

a) Construir um gráfico para determinar a concentração de X na amostra desconhecida.


b) Determinar a equação completa da reta, incluindo o coeficiente de correlação, empregando o
método dos mínimos quadrados, por regressão linear empregando calculadora.
c) Calcular a concentração (em g de X/mL) do padrão adicionado a cada solução. R.: 204 g/mL.

Você também pode gostar