Você está na página 1de 2

 

Instituto de Estudos e Pesquisas do Vale do Acaraú 
Maria Bianca Sousa Costa 
Educação e Redes Sociais 
Fárida Loureiro 
 
 
 
 
 
 

Educação Não­Formal na pedagogia social 
da autora: Maria da Glória Gohn 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Itapajé ­ CE 
2016 
 
RESUMO 
 

O  documento  mostra   a  diferença  entre  os  campos  da  educação  e  como  se  dá  a 
atuação  deles.  A  respeito  da  educação  formal,  é  sabido  que  esta  é  associada 
diretamente  a  escola.  Já  a  não  formal  é  voltada  para  a  educação  por  meio  da 
experiência,  o  que  significa  que  aprendemos  sem  perceber  que  e  esse  conhecimento 
se mostra quando é necessário. Aprendemos a viver para o mundo. 
A educação  informal,  muitas vezes  confundida com a não formal, ocorre geralmente no 
círculo  social, pela convivência. Esses modelos de educação têm uma responsabilidade 
de formar indivíduos sociais, apto a viver em sociedade. 
Existem os objetivos de cada campo: 
● EDUCAÇÃO FORMAL: Transmitir conteúdos sistêmicos, pré estabelecidos pelos 
órgãos superiores. 
● INFORMAL:  É atribuído a esta o repasse dos costumes da sociedade em que se 
está inserido. 
● NÃO  FORMAL: Remete ao processo ensino­aprendizagem  para  composição de 
um cidadão. 
As  expectativas  quanto  a  educação  formal  é  que  os  conteúdos  passados  sejam 
absorvidos, não  há  expectativa  quanto  a  educação  não formal, mas ela complementa a 
educação  formal,  ela abrange  todos  os  tipos  de conhecimento relacionados, de alguma 
forma, com o homem. 
A  educação  informal  tem  sua  metodologia  principal  no  modo  de  reprodução  do 
conhecimento.  Segundo  Maria  da  Glória  Gohn  "  O  método  nasce  a  partir  de 
problematização  da  vida cotidiana." Ou  seja  um individuo ao se deparar com problema, 
com esforço aprende a resolvê­lo e isso é educação informal. 
O  papel  dos  facilitadores  na  construção  do  saber  é  significativo,  pois  eles  serão  o 
marco  inicial  para  a  reprodução  do  conhecimento  no  processo  educativo  onde  se 
compartilha o saber para formular planos sociais.  
A  educação  não  formal  se  agrega  a  educação  formal  para  ampliar  as  habilidades 
humanas e evoluir o homem  para  um  estado  de  consciência das próprias  capacidades 
e exercer sua cidadania . 
Na  segunda  parte  do  texto  é  citado  a  participação  da  comunidade  escolar  nas 
educações  formal  e  informal,  expondo  como  de  fato  acontece  essa  participação  no 
processo  de  interação/educação.  O  que  se  sucede  é  a  monopolização  por  parte  da 
hierarquia  mais  alta dentro  da escola, sem consulta  de terceiros influentes,  e estes não 
têm uma interação efetiva, estão para compor um conselho com alguns integrantes sem 
voz,  não  tendo  coragem  de  realizar o que aprenderam educados não formalmente para 
serem cidadão atuantes. 
Em  suma  o  texto visa  definir o conceito  e a importância da educação não formal para a 
consolidação  dos  saberes  coletivos,  além  de  esclarecer  os  objetivos  de  cada  tipo  de 
educação  dando  ênfase  na  educação  não formal, mostra também  o  importância  delas 
para  a emancipação  humana de forma completa e  assim  a  inclusão social por meio da 
educação. 

Você também pode gostar