Você está na página 1de 2

Ficha 1 · Síntese Domínio Escrita

1. Lê a notícia seguinte.

O português no mundo

Mapa da distribuição geográfica do português no mundo

Falado por 244 milhões de pessoas em todo o mundo, o português é a sexta língua mais
falada do globo, mas é a quinta mais usada na Internet e a terceira nas redes sociais Facebook
e Twitter.
As estatísticas são do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua e foram transmitidas
5 à Lusa pela presidente, Ana Paula Laborinho […].
Também o site do Observatório da Língua Portuguesa, que reúne diversas fontes para
construir as suas estatísticas, aponta para 244,392 milhões de falantes de português em todo o
mundo, mas coloca o português como a quarta língua mais falada do mundo, atrás do man-
darim, do espanhol e do inglês.
10 Com efeito, a posição do português nas listas das línguas com maior número de falantes
varia conforme os critérios das organizações que as elaboram.
[…]
Por outro lado, é preciso contabilizar também as diásporas 1, que, todas juntas, ascendem a
quase dez milhões de falantes de português, incluindo os 4,8 milhões de emigrantes portu-
gueses e três milhões de brasileiros, segundo dados de 2010. A língua portuguesa é ainda fa-
15 lada em locais por onde os portugueses passaram ao longo da História como Macau, Goa
(Índia) e Malaca (Malásia).
Segundo o Observatório da Língua Portuguesa, o português é a língua mais falada no
hemisfério sul, com 217 milhões de falantes em Angola, Brasil, Moçambique, São Tomé e

OEXP10 © Porto Editora 1


Príncipe e Timor-Leste. Entre as línguas europeias, o português surge como a terceira mais
20 falada e um estudo da Bloomberg2 considera-o a sexta língua do mundo mais utilizada nos
negócios.
Na Internet, a importância do português tem vindo a crescer, sendo hoje o quinto idioma
mais utilizado, por 82,5 milhões de cibernautas, segundo o site Internet World Stats. O nú-
mero de utilizadores da Internet em português aumentou 990% entre 2000 e 2011, mas nesse
25 ano ainda só representava 3,9% do total de cibernautas e 32,5% do total de falantes de portu-
guês no mundo, o que permite antever que ainda tenha muito por onde aumentar.
[…]
Todos estes números tenderão, no entanto, a mudar, à medida que muda o mapa do portu-
guês no mundo. Segundo estimativas do Governo português, tendo em conta a evolução de-
mográfica, até 2050 o número de pessoas no mundo a falar a língua de Camões deverá au-
30 mentar para 335 milhões.
[372 palavras]
“Há 244 milhões de falantes de português em todo o mundo”. In Público.pt. http://www.publico.pt/culturaipsilon/noticia/
ha-244-milhoes-de-falantes-de-portugues-em-todo-o-mundo-1610559 [Consult. 2015-01-22]

1. dispersão de um povo; 2. jornal eletrónico do mercado financeiro e empresarial.

1.1. Identifica as ideias-chave do texto.


1.2. Transcreve três dos conectores que fazem o encadeamento da informação, referindo o seu
valor no contexto em que ocorrem.
1.3. Faz a síntese do texto, seguindo as orientações de trabalho abaixo apresentadas.

▪ Lê o texto-fonte de modo a apreenderes o seu sentido global e também a identificares os


diferentes momentos da sua organização interna.

▪ Seleciona e sistematiza (em tópicos, num esquema ou num quadro) a informação pertinente.
▪ Define os tópicos a integrar na síntese e organiza-os, atendendo às diferentes relações que
estabelecem entre si (e que determinarão os conectores que deves utilizar para as
expressar).

▪ Redige a síntese seguindo o plano que definiste previamente e recorrendo a mecanismos de


coesão textual que garantam a produção de um texto estruturado (marcação correta de
parágrafos e utilização adequada de conectores).

▪ Durante a redação, mobiliza adequadamente os recursos da língua, usando o registo


linguístico adequado, recorrendo a vocabulário relativo ao tema e assegurando a correção
linguística na acentuação, na ortografia, na sintaxe e na pontuação.

▪ Depois da textualização, relê o teu texto com atenção. Faz a sua revisão e dedica-te ao seu
aperfeiçoamento, tendo em vista a qualidade do produto final.

▪ Verifica o número de palavras da síntese, assegurando que corresponde a aproximadamente


¼ do texto-base (oitenta e cinco a cento e cinco palavras).

OEXP10 © Porto Editora 2