Você está na página 1de 4

PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA


BLOG TUDO SALA DE AULA ANO
ALUNO (A): N°:
ESCOLA: DATA: /___/___
TURNO: TURMA: PROFESSOR:

APÓS A RESOLUÇÃO DE SUA PROVA, PASSE SUAS RESPOSTAS COM ATENÇÃO PARA O CARTÃO RESPOSTA
ABAIXO DE CANETA AZUL OU PRETA. MARQUE A LETRA DA OPÇÃO ESCOLHIDA DE CADA QUESTÃO!
CARTÃO RESPOSTA DO I SIMULADO BIMESTRAL DE LÍNGUA PORTUGUESA DO 6° ANO
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
(A) (A) (A) (A) (A) (A) (A) (A) (A) (A) (A) (A) (A) (A) (A) (A) (A) (A) (A) (A)
(B) (B) (B) (B) (B) (B) (B) (B) (B) (B) (B) (B) (B) (B) (B) (B) (B) (B) (B) (B)
(C) (C) (C) (C) (C) (C) (C) (C) (C) (C) (C) (C) (C) (C) (C) (C) (C) (C) (C) (C)
(D) (D) (D) (D) (D) (D) (D) (D) (D) (D) (D) (D) (D) (D) (D) (D) (D) (D) (D) (D)
Assinatura do responsável pela correção: NOTA FINAL:

Leia o texto e responda as questões 1 e 2. 2ª) (D1-SPAECE) De acordo com a leitura do


São Gonçalo lança Projeto Diálogos de Paz e texto, o projeto Diálogo de Paz foi lançado
abre discussão sobre violência contra a mulher a) na sede do poder judiciário de São Gonçalo.
No mês de comemorações ao Dia b) na escola Porfírio de Araújo.
Internacional da Mulher o Governo Municipal, por c) na Secretaria de Educação.
meio de cooperação mútua com o Poder Judiciário d) na Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento
abre ciclo de diálogos sobre o combate à violência Social.
nas relações domésticas e familiares, combate à
violência de gênero. É o Projeto Diálogos de Paz. 3ª) (D10-SPAECE) A finalidade do texto “São
Idealizado pela Juíza de Direito da 2ª Vara Gonçalo lança Projetos Diálogos de Paz e
da Comarca de São Gonçalo do Amarante, Ana abre discussão sobre violência contra a
Cláudia Gomes de Melo, o projeto tem como mulher” é
objetivo trazer a mulher vítima de violência, à a) narrar um acontecimento.
condição de sujeito social e pessoal, como também b) entreter o leitor.
atuar junto ao agressor, fazendo-o refletir sobre c) transmitir uma informação.
sua responsabilidade pela perpetuação da d) descrever um ponto de vista.
violência, oferecendo a chance de assumir o erro e Leia os dois textos para responder a questão 4 e 5.
refletir sobre a responsabilidade da violência no
ambiente familiar, compartilhando histórias, além TEXTO 01
de receber orientação psicológica. Milhares de banhistas enfrentaram
O Projeto Diálogos de Paz terá lançamento congestionamento nas rodovias que dão
no dia 14 de março (quinta-feira), a partir das 15h, acesso ao litoral para aproveitar os últimos
na escola Porfírio de Araújo, no distrito do Croatá. dias do ano na praia
O ciclo de debates acontece Mesmo com o tempo encoberto os turistas
posteriormente, na sede do município, dia 04/04, chegaram cedo à praia neste domingo, 29. Por
dia 25/04, no Pecém e dia 09 de maio no distrito do volta das 9 horas da manhã, a praia de
Siupé. Pitangueiras, no Guarujá, no litoral sul, já tinha um
O projeto é uma iniciativa entre o Poder “mar” de guarda-sóis. Às 11 horas não havia mais
Judiciário e o Governo Municipal, através da espaço para andar na areia. [...]
Coordenadoria da Mulher e das secretarias de Nas cidades, as filas eram grandes nas
Educação e Trabalho e Desenvolvimento Social padarias para comprar pão e o trânsito local
(STDS). começou a ficar lento a partir das 11 horas. Na
A assinatura do convênio foi firmada praia, para garantir um lugar, muitos turistas
durante o 1º Fórum de Direitos da Mulher chegavam sozinhos para guardar o lugar da
Gonçalense, realizado em 2018. família. Foi o caso do promotor de justiça Luiz
http: saogoncalodoamarante.ce.gov.br Gustavo Joia de Melo, de 47 anos, que saiu do
condomínio onde alugou o apartamento para a
1ª) (D9-SPAECE) Esse texto é
temporada de ano-novo, no Guarujá, para reservar
A) um diário. B) um relato de viagem.
um lugar na areia. “O resto da família ainda está no
C) uma carta pessoal. D) uma notícia.
apartamento terminando de arrumar as coisas
ainda”, afirmou.

BLOG TUDO SALA DE AULA – 6° ANO – PÁGINA: 1


Os condomínios na região contratam Leia e depois responda:
funcionários durante todo o ano para carregar as O CAVALO E O BURRO
cadeiras dos donos dos apartamentos. Antonio Monteiro Lobato
Borges, de 50 anos, trabalha há 20 anos na O cavalo e o burro seguiam juntos para a
função. “A gente arruma as cadeiras, costura e cidade. O cavalo contente da vida, folgando com
conserta. No condomínio onde eu trabalho cerca uma carga de quatro arrobas apenas, e o burro —
de 130 apartamentos têm quatro cadeiras cada, coitado! gemendo sob o peso de oito. Em certo
fora os guarda-sóis”, explica. ponto, o burro parou e disse:
Debaixo do guarda-sol e das tendas, o — Não posso mais! Esta carga excede às
turista se escondia do sol e do mormaço. [...] minhas forças e o remédio é repartirmos o peso
irmãmente, seis arrobas para cada um.
TEXTO 02 O cavalo deu um pinote e relichou uma
gargalhada.
— Ingênuo! Quer então que eu arque com
seis arrobas quando posso tão bem continuar com
as quatro? Tenho cara de tolo?
O burro gemeu:
— Egoísta, Lembre-se que se eu morrer
você terá que seguir com a carga de quatro
arrobas e mais a minha.
O cavalo pilheriou de novo e a coisa ficou
por isso. Logo adiante, porém, o burro tropica,
vem ao chão e rebenta.
4ª) (D13-SPAECE) Esses dois textos têm em Chegam os tropeiros, maldizem a sorte e
comum o fato de mostrarem sem demora arrumam com as oito arrobas do
A) a ansiedade das crianças em ver o mar. burro sobre as quatro do cavalo egoísta. E como o
B) a variedade de tipos de guarda-sóis nas praias. cavalo refuga, dão-lhe de chicote em cima, sem dó
C) o congestionamento de guarda-sóis nas praias. nem piedade.
D) o trânsito lento nas cidades do litoral. — Bem feito! exclamou o papagaio. Quem
mandou ser mais burro que o pobre burro e não
5ª) (D5-SPAECE) De acordo com a leitura o compreender que o verdadeiro egoísmo era aliviá-
assunto abordado no texto é lo da carga em excesso? Tome! Gema dobrado
A) A fila nas padarias das cidades do litoral. agora…
B) A importância do uso de guarda-sol na praia.
C) O movimento de turistas na praia de Guarujá. 7ª) (D20-SPAECE) No trecho desse texto “O burro
D) O tempo nublado na praia de Pitangueiras. gemeu:...”, os dois-pontos foram utilizados para
A) anunciar a fala do burro.
Leia o texto e depois responda: B) inserir um comentário do narrador.
C) ironizar o sofrimento do burro.
D) oferecer uma explicação.

8ª) (D3-SPAECE) Nesse texto, no trecho “... o


remédio é repartirmos...”, a palavra destacada
significa
A) antídoto.
B) medicamento.
C) solução.
D) tarefa.

Leia o texto e responda as questões 9, 10 e 11.

A NUVEM
Era uma vez um menino que se sentia
6ª) (D2-SPAECE) Nesse texto, ao falar do relógio, muito só e triste. Muitas vezes olhava para o céu e
o eu lírico punha-se a chorar. Uma nuvem que passou, ao ver
A) suaviza a sensação da passagem do tempo. a criança, teve pena e perguntou ao sol:
B) critica o uso de relógios de pulso. – O que é que aconteceu a este menino?
C) compara o relógio a uma gaiola. O sol respondeu:
D) apresenta ideias contrárias sobre o tempo.
– Não sei. Também o vejo chorar muitas 12ª) (D22-SPAECE) O que torna esse texto
vezes, mas não sei o motivo. engraçado é o fato de
Então a nuvem começou a pensar o que A) o boné do sorveteiro ter saído de sua cabeça.
poderia fazer para alegrar esse menino e teve uma B) o homem ter chamado o sorveteiro para
ideia. Atirou-lhe umas gotas de água em cima do perguntar as horas.
nariz, só para distraí-lo. Depois, ajudada pelo C) os olhos do sorveteiro terem ficado arregalados.
vento, formou uma espécie de cão. Depois tomou D) os sorvetes que estavam no carrinho terem
a forma de um barco e de muitas outras coisas. caído pelo caminho.
Ao ver esse espetáculo da nuvem, o
menino começou a sorrir. Mostrava-lhe objetos e a 13ª) (D4-SPAECE) No último quadrinho, a
nuvem depois tomava a forma desses objetos. expressão do sorveteiro demonstra que ele está
A nuvem, no final, tomou a forma de A) machucado.
coração. Era um grande coração branco na B) irritado.
imensidão do céu azul. O menino compreendeu C) cansado.
que havia no céu alguém que o amava muito. D) assustado
www.historiasinfantis.com
Leia o responda as questões 14, 15 e 16.
9ª) (D1-SPAECE) Essa história termina quando
A) a nuvem joga gotas de água em cima do O pequeno Moacir Mateus [...] surpreendeu
nariz do menino. médicos, enfermeiros e até os pais quando veio ao
B) a nuvem pergunta ao sol o que havia mundo. O menino nasceu no último dia 3, em
acontecido ao menino. Floresta, interior de Pernambuco, com 7,650 kg e
C) o menino vê a nuvem em forma de coração 58 cm. Moacir Mateus é o segundo filho da
e sente-se amado. agricultora Hosana da Silva [...] e do técnico de
D) o menino vê as transformações da nuvem e enfermagem Marcionílio Calaça [...]. A família de
começa a sorrir. Carnaubeira da Penha gastou quase R$ 2.000 na
compra de roupas, fraldas e móveis para criança.
10ª) (D23-SPAECE) O trecho “Atirou-lhe umas Porém, de acordo com o pai da criança, “quase
gotas de água...” apresenta a linguagem nada foi aproveitado”. Segundo Calaça, eles só
A) coloquial. souberam que Moacir iria ter um tamanho fora do
B) formal. padrão um dia antes do parto, que durou cerca de
C) regional. uma hora e meia.
D) técnica.
14ª) (D7-SPAECE) O trecho que apresenta a
11ª) (D11-SAEB) De acordo com esse texto, o informação principal do texto é:
menino chorava porque A) “O pequeno Moacir Mateus [...]
A) olhava para o céu. surpreendeu médicos, enfermeiros e até os
B) sentia-se sozinho. pais quando [...] nasceu [...] com 7,650 kg e 58
C) sentia-se amado pela nuvem. cm.”.
D) viu o espetáculo da nuvem. B) “Moacir Mateus é o segundo filho da
agricultora Hosana da Silva [...] e do técnico de
Leia e responda as questões 12 e 13. enfermagem Marcionílio Calaça [...].”.
C) “A família de Carnaubeira da Penha gastou
quase R$ 2.000 na compra de roupas, fraldas e
móveis para criança.”.
D) “Segundo Calaça, eles só souberam que Moacir
iria ter um tamanho fora do padrão um dia antes
do parto,...”.

15ª) (D17-SPAECE) Indique o trecho que


expressa a ideia de tempo
A) “... em Floresta, interior de Pernambuco,...”.
B) “A família de Carnaubeira da Penha
gastou quase R$ 2.000...”.
C) “Segundo Calaça, eles só souberam que
Moacir...”.
D) “... um dia antes do parto, que durou cerca de
uma hora e meia.”.
16ª) (D1-SPAECE) De acordo com esse texto,
quase nada do que foi comprado para o bebê foi Leia o texto e responda as questões 18 e 19.
usado porque
A) ele nasceu com um tamanho maior do que
o esperado.
B) ele nasceu no interior de Pernambuco.
C) os pais gastaram quase R$ 2.000 na compra de
móveis.
D) os pais já tinham outro filho.
Leia o texto e responda a questão.

A ONÇA
Toninho e Dico ainda eram crianças, [...]
quando sua mãe pediu aos dois que fossem à
horta pegar umas folhas de couve.
Porém, tinha uns boatos de que havia onça
ali por perto. Mesmo assim, os dois foram fazer o
pedido da mãe...
Chegando lá na horta, os dois se animaram
com a beleza das verduras e legumes e acabaram
se afastando um do outro (questão de 2 a 3
metros), quando Toninho pisou em um espinho e
soltou um grito:
– Ai! ai!
Dico, já assustado gritou:
– A onça?
18ª) (D10-SPAECE) A intencionalidade dessa
– E saiu correndo.
campanha publicitária é
Toninho também gritou:
a) comunicar o dia mundial da água.
– A onça?!
b) conscientizar as pessoas quanto à
Os dois saíram desembestados, correndo
preservação da água.
[...]. Quando já cansados de tanto correr, Toninho
c) mostrar o perigo da falta de água.
parou e perguntou pro Dico:
d) divulgar uma informação.
– Você viu a onça?
– Não. Foi você quem viu!
19ª) (D1-SAPECE) O locutor (orgão
responsável) pela divulgação da campanha é
17ª) (D11-SPAECE) Essa história começa quando
A) o dia 22 de março.
A) a mãe pede aos filhos para irem à horta
B) o governo municipal.
colher couve.
C) o consórcio Conpar
B) Dico sai correndo da horta.
D) o dia mundial da água.
C) os meninos chegam à horta e se afastam um
do outro.
20ª) (D19-SAEB) Para encontar uma palavra no
D) Toninho pisa em um espinho.
dicionário , baseamos – nos na ordem alfabética.
A opção abaixo em que todas as palavras estão
na ordem supracitada (citada acima) é
a) CAMISA / CONSULTA / DETERMINAR / DAMA
B) FACIAL / FADA / FRIGORÍFICO / FALCÃO
C) FADA / FAÍSCA / FALAR / FALÊNCIA
D) TEMPO / CONTUMAZ / FALACIOSO / FAIXA