Você está na página 1de 4

UNIP CONTEÚDOS ACADÊMICOS

CONTEÚDO
Revisar envio do teste: QUESTIONÁRIO UNIDADE I

Usuário
Curso TOPICOS DE ATUACAO PROFISSIONAL - ARQUITETURA E URBANISMO
Teste QUESTIONÁRIO UNIDADE I

Status Completada
Resultado da tentativa 4,5 em 5 pontos
Tempo decorrido
Resultados exibidos Respostas enviadas, Perguntas respondidas incorretamente

Pergunta 1 0,5 em 0,5 pontos

Acerca da Constituição Brasileira de 1988:


I.A política de desenvolvimento urbano é executada pelo Poder Público municipal, conforme
diretrizes gerais fixadas em lei.
II.A política de desenvolvimento urbano tem por objetivo ordenar o pleno desenvolvimento das
funções sociais da cidade e garantir o bem-estar de seus habitantes.
III.Assim como fez em relação ao Meio Ambiente, também dedicou um capítulo (Capítulo II) à
Política Urbana. Neste capítulo estão presentes os artigos 182 e 183.
IV.O principal objetivo do texto é que os espaços urbanos possam cumprir com suas funções
sociais, garantindo o bem-estar de toda a população ali residente.
Aponte a alternativa correta.

Resposta Selecionada: e. As afirmativas I, II, III e IV estão corretas.

Pergunta 2 0,5 em 0,5 pontos

A política urbana, conforme está definida na Lei 10.257/01 (Estatuto da Cidade), tem por objetivo
ordenar o pleno desenvolvimento das funções sociais da cidade e da propriedade urbana
mediante diretrizes gerais, entre elas a ordenação e controle do uso do solo, de forma a evitar:

Resposta e.
Selecionada: A retenção especulativa de imóvel urbano, que resulte na sua subutilização
ou não utilização.

Pergunta 3 0,5 em 0,5 pontos


Um projeto de Operação Urbana numa dada região da cidade pode definir como objetivos:

Resposta Selecionada: e. As alternativas A, B e C estão corretas.

Pergunta 4 0,5 em 0,5 pontos

As constantes mudanças na vida social atingem a cada dia os mais diversos ramos sociais e
profissionais, portanto:
O profissional de Arquitetura e Urbanismo deve estar sempre atento às mudanças de
parâmetros que regem sua vida e seu exercício profissional.
PORQUE
Ao se utilizar de uma constante atualização conceitual, estará trazendo o melhor projeto como
resposta ao problema inicialmente proposto.

Resposta a.
Selecionada: As duas afirmações são verdadeiras e a segunda justifica a primeira.

Pergunta 5 0 em 0,5 pontos

O processo de internacionalização da economia fez a concepção de estado burocrático, voltado


às suas próprias necessidades institucionais, não ser mais viável.
PORQUE
O processo de globalização, sobretudo, dificultou o desenvolvimento e crescimento de
economias internas, com a manutenção da estabilidade de preços e emprego.
b.
Resposta
As duas afirmações são verdadeiras e a segunda não justifica a primeira.
Selecionada:

Tenta a alternativa A

Pergunta 6 0,5 em 0,5 pontos

Nas áreas urbanas é muito comum que um terreno fique sem uso, sem qualquer coisa ser
edificada nele. Uma das razões para que o terreno fique vazio é porque o proprietário está
aguardando que ele fique mais e mais valorizado. O problema é que essa valorização ocorre, na
maior parte das vezes, porque os terrenos vizinhos receberam construções, ou seja, os
proprietários investiram neles. Essa valorização também ocorre quando o poder público investe
na região com dinheiro proveniente de impostos. Isso cria uma situação considerada injusta: o
proprietário que nada fez no seu terreno é beneficiado pelos investimentos de terceiros, como
pessoas físicas ou jurídicas ou até mesmo o Estado.
Para reduzir ou desestimular essa prática muito comum nas nossas cidades, foi criado um
instrumento de penalização, dentro do Estatuto da Cidade, chamado de IPTU Progressivo.
Escolha a alternativa que define esse instrumento.
Resposta c.
Selecionada: Esse instrumento cria um tributo que aumenta com o passar do tempo,
penalizando o proprietário que não destinou seu imóvel a uma função,
induzindo-o a cumprir com as obrigações de parcelar ou edificar em seu terreno.

Pergunta 7 0,5 em 0,5 pontos

Acerca das diretrizes gerais da política urbana, assinale a opção correta em relação ao Estatuto
da Cidade, Lei nº 10.257/2001.

Resposta Selecionada: b. A desapropriação é instrumento de política urbana.

Pergunta 8 0,5 em 0,5 pontos

O planejamento urbano e, sobretudo, o zoneamento, definem padrões de ocupação do solo


baseados nas práticas e lógicas de investimento dos mercados de classe média e de alta renda e
destina o território urbano para estes mercados. Entretanto, embora esses mercados existam,
sua dimensão em relação à totalidade do espaço construído e da demanda por espaço urbano
corresponde à menor parcela dos mercados. Assim, os zoneamentos acabam por definir uma
oferta potencial de espaço construído para os setores de classe média e alta muito superior à
sua dimensão, ao mesmo tempo em que geram uma enorme escassez de localização para os
mercados de baixa renda, já que praticamente ignoram sua existência.
Fonte: BRASIL. Estatuto da Cidade. Guia para Implementação pelos Municípios e Cidadãos.
Brasília, 2001, p. 27.
Acerca da afirmação anterior, assinale a alternativa correta.

Resposta c.
Selecionada: O Estatuto da Cidade, para ser utilizado nos municípios, deve ter suas
possibilidades normatizadas por leis municipais.

Pergunta 9 0,5 em 0,5 pontos

Segundo o Estatuto da Cidade (Lei Federal nº 10.257), o Poder Público municipal tem preferência
para aquisição de imóvel urbano, objeto de alienação onerosa entre particulares através do:

Resposta Selecionada: b. Direito de preempção.

Pergunta 10 0,5 em 0,5 pontos


Dos instrumentos da política urbana, conforme Lei 10.257/01, são utilizados, entre outros
instrumentos:

Planos nacionais, regionais e estaduais de ordenação do território e de


desenvolvimento econômico e social.

Planejamento das regiões metropolitanas, aglomerações urbanas e


microrregiões.

Planejamento municipal.

Institutos tributários e financeiros.

Institutos jurídicos e políticos.

Estudo prévio de impacto ambiental (EIA) e estudo prévio de impacto de


vizinhança (EIV).

Faz parte do planejamento municipal, em especial:

Resposta Selecionada: a. Zoneamento ambiental.