Você está na página 1de 3

PROJECTO – “Mediação entre Alunos”

Com este Projecto, a Mediaçã o propô s-se responder a uma necessidade de promoçã o de

competências pessoais e sociais dos alunos que assumem um papel central na gestã o das
turmas, junto dos seus pares e professores.

O Projecto” Mediaçã o Entre Alunos” irá decorrer durante o corrente ano lectivo e nele
abordaram-se diversos tó picos fundamentais no â mbito da convivialidade e da resoluçã o
de conflitos, nomeadamente:

problemas de convivência na escola, atitudes comunicacionais, atitudes de partilha e

acolhimento de emoçõ es e sentimentos;

 investigaçã o de interesses e necessidades e abordagens e tipos de resoluçã o de


conflitos: como pró prios ou como terceiros.

O programa de Mediaçã o de conflitos centrado nos alunos, pressupõ e que a Escola delegue
nestes uma parte do poder na gestã o de conflitos e os responsabilize pela harmonia social
da escola. Tendo em atençã o a ausência ou o reduzido leque de competências na resoluçã o
dos conflitos manifestada pelos jovens, a Escola procurou formá -los para uma intervençã o
eficaz e positiva no contexto das turmas a que pertencem.

Para tal, foi nomeado um representante/responsá vel por Turma, com idades
compreendidas entre os 7 e os 13 anos.

Na teoria de Piaget, sobre o desenvolvimento cognitivo da criança, podemos verificar que


é nesta faixa etá ria que as crianças sã o capazes de pensar em todas as relaçõ es possíveis
logicamente, procurando soluçõ es a partir de hipó teses e nã o apenas pela observaçã o da
realidade. O pensamento abrange a perspectiva de "outros”, para além de si pró prio.

Desta forma, consideramos ser uma altura ideal para se implementar esta formaçã o,
permitindo aos alunos a aquisiçã o de novos conceitos com o objectivo da sua
interiorizaçã o e posterior utilizaçã o. Encontrando-se ao nível da metacogniçã o, esta
formaçã o é uma forma de auto-reflexã o, que lhes permite o alargamento da imaginaçã o,
experimentaçã o das ideias ao nível mental.

Esta iniciativa de intervençã o educativa , com este grupo específico, tenderá a inserir-se
num projecto de Mediaçã o Escolar que visa conferir à escola meios para se tornar uma
organizaçã o de gestã o e resoluçã o positiva de conflitos e promotora de sã convivência,
implicando a envolvência de todos os actores da comunidade escolar.

A Escola pode encontrar na Mediaçã o uma abordagem para a transformaçã o criativa dos
conflitos, aceitando aproveitá -los como uma oportunidade de crescimento e de mudança,
um potencial educativo e de formaçã o pessoal para a resoluçã o dos problemas da vida,
actuais e futuros.
A Mediaçã o Escolar é um meio de diá logo e de reencontro interpessoal, de resoluçã o dos
conflitos, em que um terceiro, neutro e imparcial, auxilia os indivíduos a comunicar, a
negociar e a alcançar compromissos mutuamente satisfató rios.

Assim, na Escola, enquanto espaço relacional, interessa educar nos princípios, habilidades
e técnicas de Mediaçã o, dando forma à figura do mediador escolar, e apoiando,
concomitantemente, a configuraçã o de equipas de Mediaçã o, nas quais poderã o participar
professores, alunos, pessoal nã o docente e encarregados de educaçã o.

Como estratégia de intervençã o para a mudança do contexto assim como dos seus actores,
a Mediaçã o pode ser, simultaneamente, uma forma de prevençã o primá ria e de prevençã o
secundá ria (intervençã o precoce).

A Mediaçã o assume assim, uma funçã o preventiva primá ria porquanto é uma metodologia
que está ligada ao desenvolvimento do trabalho cooperativo e das competências que lhe
sã o inerentes, designadamente a da resoluçã o de problemas, como por exemplo:
competências de comunicaçã o; educaçã o para os valores; desenvolvimento do auto-
conceito; participaçã o social; clima social positivo; ou espírito de entre-ajuda.

A prevençã o dos problemas de convivência constitui igualmente uma acçã o preventiva da


desmotivaçã o, do insucesso e do abandono escolar, a curto e médio prazo, e de fenó menos
de cará cter social, como a delinquência e a exclusã o, a longo prazo.

Da Mediaçã o resulta também uma prevençã o secundá ria (intervençã o precoce), pois
permite trabalhar acçõ es concretas que aumentam a capacidade de intervençã o precoce
face aos conflitos. A Mediaçã o apresenta-se como uma ferramenta educativa que prepara
os alunos para a imparcialidade, a escuta activa, a empatia, gerir a informaçã o, atender aos
interesses e necessidades, acolher as emoçõ es e os sentimentos, tã o importantes para o
bom funcionamento interpessoal e profissional na Escola.

Com este Projecto tentamos cumprir alguns objectivos educativos, que permitam aos
alunos adquirir algumas competências ao nível do:
Em suma, a Mediaçã o assume um objectivo eminentemente educativo e preventivo, sendo
potenciadora do conhecimento de si e do outro e de há bitos de convivência: como o
respeito, a tolerâ ncia, a justiça e a solidariedade, que devem ser a base da Sociedade, da
Família e da Escola.