Você está na página 1de 3

9 Uece 2016 Atente ao seguinte excerto: A floresta Amazôni- 12 Enem (Libras) 2017 No mês de fevereiro de 2015, foram de-

ca de Terra Firme é um ecossistema que apresenta uma diversidade tectados 42 quilômetros quadrados de desmatamento na Amazônia
florística muito elevada, via de regra, maior que os demais ecossis- Legal. Isso representa um aumento de 282% em relação a fevereiro
temas florestais do mundo. [...] a diversidade é, via de regra, muito de 2014. O desmatamento acumulado no período de agosto de
elevada. Este não é um fato novo, tendo sido ressaltado por vários 2014 a fevereiro de 2015 atingiu 1 702 quilômetros quadrados.
autores. Houve aumento de 215% do desmatamento em relação ao período
LEITÃO FILHO; FREITAS, Hermógenes de. Considerações anterior (agosto de 2013 a fevereiro de 2014).
sobre a florística de florestas tropicais e subtropicais do Brasil. FONSECA, A.; SOUZA JR., C.; VERÍSSIMO, A. Boletim do desmatamento
Ipef, n. 35, p. 41-46, abr.1987. da Amazônia Legal (fev. 2015). Belém: Imazon, 2015.
Dentre os vários fatores integrados que justificam a elevada
diversidade em florestas tropicais, como a Amazônica, está a: O dano ambiental relatado deriva de ações que promovem o(a):
(a) elevação média das temperaturas da Terra. (a) instalação de projetos silvicultores.
(b) redução da precipitação na Amazônia. (b) especialização da indústria regional.
(c) produtividade elevada dos ecossistemas. (c) expansão de atividades exportadoras.
(d) redução da vegetação e aumento do número de animais. (d) fortalecimento da agricultura familiar.
(e) crescimento da integração lavoura-pecuária.
10 Uece 2017 Na linguagem simbólica utilizada nas ciências
biogeográficas sucedem-se termos para designar “ilhas” de vege- 13 Unesp 2014 A extração de madeira, especialmente do pau-
tação aparentemente anômalas, identificadas nos corredores dos -brasil, os ciclos do açúcar e café e o desmatamento para instala-
grandes domínios morfoclimáticos e fitogeográficos. Entre tais ex- ção de indústrias são eventos de nossa história que contribuíram
pressões conceituais, pode-se listar quatro mais comuns: relictos, para a degradação desse bioma.
enclaves, redutos e refúgios. Disponível em: <www.eco.ib.usp.br>.
AB’SABER, A. N. Os domínios da natureza no Brasil: potencialidades
paisagísticas. São Paulo. Ateliê Editorial, 2003. p. 145. O texto refere-se ao bioma:
(a) mata atlântica. (d) Pantanal.
A ocorrência dos enclaves de sistemas ecológicos de porte mé- (b) caatinga. (e) floresta amazônica.
dio, como descrito acima, é explicada: (c) cerrado.
(a) pela dinâmica das mudanças climáticas e paleoecológicas
durante o Quaternário. 14 Unesp 2013 As florestas tropicais, as mais ricas em bio-
(b) por atividades vulcânicas e circulação atmosférica durante diversidade, estão entre os ecossistemas mais importantes do
o Carbonífero. planeta. A mata atlântica, conforme se pode constatar na figura,
(c) pela formação das bacias sedimentares interiores no Cre- sofreu uma redução brutal em termos de área ocupada.
táceo.
(d) pela deriva dos continentes que favoreceu a disseminação
dessas espécies no Fanerozoico.

11 Enem 2011 A floresta amazônica, com toda a sua imensidão,


não vai estar aí para sempre. Foi preciso alcançar toda essa taxa
de desmatamento de quase 20 mil quilômetros quadrados ao ano,
na última década do século XX, para que uma pequena parcela de
brasileiros se desse conta de que o maior patrimônio natural do país
está sendo torrado.
AB’SABER, A. Amazônia: do discurso à práxis. São Paulo: EDUSP, 1996.

Um processo econômico que tem contribuído na atualidade


para acelerar o problema ambiental descrito é:
(a) Expansão do Projeto Grande Carajás, com incentivos à
chegada de novas empresas mineradoras.
(b) Difusão do cultivo da soja com a implantação de monocul-
turas mecanizadas.
(c) Construção da Rodovia Transamazônica, com o objetivo
de interligar a região Norte ao restante do país. SOS Mata Atlântica/INPE.
(d) Criação de áreas extrativistas do látex das seringueiras Atlas dos remanescentes florestais, 2002. (Adapt.).
para os chamados povos da floresta. A degradação da mata atlântica, constatada na figura, foi inten-
(e) Ampliação do polo industrial da Zona Franca de Manaus, sificada em decorrência do ciclo econômico:
visando atrair empresas nacionais e estrangeiras. (a) do fumo. (c) do café. (e) da borracha.
(b) da soja. (d) do algodão.

120 Geografia
(a) 22 Fac. Albert Einstein 2017 Leia:
“O cerrado não revela seus mistérios à gente que não é cativa
desse destinozinho de chão”, escreveu certa vez Guimarães Rosa,
traduzindo desses segredos do cerrado [...] que podem ter valor cien-
tífico, social e econômico, mas não estão mesmo expostos à vista.
ANDRADE, Rodrigo de Oliveira. “Laboratório a céu aberto”.
(b) In: Pesquisa FAPESP, nº 208, junho de 2013. p. 40.

Considerando o texto sobre o cerrado, pode ser dito sobre esse


bioma brasileiro que:
(a) o valor econômico é duvidoso, pois se sua área e formação
vegetal dominante são propícias para a exploração da pe-
(c) cuária, o mesmo não pode ser dito para a agricultura, que
não vingará nesses solos pobres e secos.
(b) os segredos do cerrado são mais força de expressão li-
terária do que reais, pois estamos diante de um bioma
marcado por certa homogeneidade biológica que se repete
monotonamente por vastas extensões.
(d) (c) se trata de uma formação de dominância herbácea, o que
no passado a ligava ao risco da devastação pela pecuária
excessiva, mas que atualmente está razoavelmente pre-
servada pelo seu baixo uso econômico.
(d) essa é uma formação savânica, cuja marca é a presença
dos três estratos vegetais (arbóreo, arbustivo e herbáceo),
(e) sem predomínio de nenhum deles, e também a presença
de uma biodiversidade notável.

23 PUC-RS 2016 Analise o mapa e o texto que seguem.

21 Fuvest

Os biomas do Brasil, cujas condições ambientais estão repre- Nas últimas décadas, o Brasil transformou-se em um dos maiores
sentadas no gráfico pelas regiões demarcadas I, II, III e IV, cor- produtores e fornecedores de alimentos e fibras para o mundo. A
respondem, respectivamente, a: retirada da cobertura vegetal natural está entre os fatores que evi-
(a) cerrado, caatinga, floresta amazônica e floresta atlântica. denciam o aumento da produção e da participação do país no mer-
(b) pampa, cerrado, floresta amazônica e complexo pantaneiro. cado mundial. A cultura da soja, por exemplo, é a principal respon-
(c) cerrado, pampa, floresta atlântica e complexo pantaneiro. sável pela retirada da cobertura vegetal natural para uso agrícola.
(d) caatinga, cerrado, pampa e complexo pantaneiro.
(e) caatinga, cerrado, floresta atlântica e floresta amazônica. Em relação a esse contexto, o bioma identificado pelo número
__________ corresponde __________, área mais afetada pela
retirada de cobertura vegetal natural para a produção de soja.
(a) 1 – à caatinga. (d) 4 – ao cerrado.
(b) 2 – aos campos. (e) 5 – ao pantanal.
(c) 3 – à zona da mata.

122 Geografia
Capítulo 7 Biogeografia

12 Fuvest 2014 O perfil topográfico a seguir apresenta alguns aspectos estruturais da vegetação nativa e do comportamento dos
totais anuais de chuva em um segmento que se estende do litoral até os contrafortes da Serra da Mantiqueira.

Kurt Hueck, As florestas da América do Sul, 1972. (Adapt.).


Com base nessas informações e em seus conhecimentos, atenda ao que se pede.
a) Das seções numeradas de 1 a 18, considere as que correspondem à Serra do Mar, identificando aquela onde, tendo em vista os
fatores naturais, os processos erosivos podem ser mais frequentes e intensos. Justifique.
b) Observe que, na encosta escarpada da Serra da Mantiqueira, a estatura da vegetação aumenta em direção às partes mais baixas.
Identifique duas causas desse fenômeno. Explique.

13 Fuvest

Desenho de Percy Lau. IBGE, 1970.

a) Identifique a formação vegetal representada e sua área de ocorrência original.


b) Considerando ao menos um fator de ordem física, explique por que essa formação tem ocorrências fora de sua área nuclear.
c) Identifique três das principais atividades econômicas que promoveram a substituição de tal formação vegetal.

14 Fac. Albert Einstein 2017 A classificação do território brasileiro em diferentes domínios morfoclimáticos foi elaborada pelo
geógrafo Aziz Ab’Saber (1924-2012). Ele identificou seis grandes domínios: o amazônico, o do cerrado, o dos mares de morros, o
da caatinga, o das araucárias e o das pradarias. Assinale a alternativa que identifica corretamente os domínios a seguir e suas carac-
terísticas.

Domínio I Domínio II
Disponível em: <http://escolaeducacao.com.br/dominios-morfoclimaticos-do-brasil/>.
Acesso em: 5 maio 2017.

Frente 1 129