Você está na página 1de 39

O estado da pesca e

aquicultura no mundo 2014 -


FAO
 Mais pessoas do que nunca dependem
da pesca e da aquicultura para o
alimento e como uma fonte de renda,
mas as práticas prejudiciais e má gestão
ameaçam a sustentabilidade do setor,
diz um novo relatório da FAO.
 A produção aquícola mundial totalizou
158 milhões de toneladas em 2012 -
cerca de 10 milhões de toneladas a mais
que em 2010.
O peixe está entre os produtos alimentares mais
negociadas do mundo

No valor de quase 130 bilhões de dólares em


2012

71% dos estoques de peixes marinhos comercialmente importantes


monitorados pela FAO são pescados dentro de níveis
biologicamente sustentáveis.
Totalment
Sub- e Sobre
explorados explorado explorados
s

A quantidade de peixe que as pessoas


estão comendo contínua a subir

O peixe compõe 17% do


consumo de proteína
animal da população
mundial e fornece
nutrientes essenciais,
vitaminas e ácidos gordos
Modo de vida
10 a 12% da população mundial depende das pescas e da
aquicultura em seus modos de vida.

repartição regional do emprego no sector

Apenas 2% das pessoas são empregadas na pesca em otras partes do mundo

O número total de navios de pesca no


mundo foi estimado em cerca de 4,7
milhões em 2012.pulação mundial
depende das pescas e da aquicultura
em seus modos de vida.
Situação da pesca no mundo
 Produção mundial de pescado  aumento
de 3,2% ao ano, maior que crescimento da
população mundial em 1,6%.
 Consumo mundial de pescado per capita 
aumento de 9,9 kg em 1960 para 19,2 kg em
2012
 Crescimento populacional, aumento de renda
e urbanização – cultivo e canais de
distribuição + eficientes.
 China: maior crescimento da produção,
principalmente pela expansão da aquicultura.
Situação da pesca no mundo
 Aumento no consumo per capita anual de
peixe:
 - países em desenvolvimento (a partir de 5,2
kg em 1961 para 17,8 kg em 2010)
 - países de baixa renda com déficit de
alimentos (4,9-10,9 kg)
 - Regiões mais desenvolvidas: níveis mais
elevados de consumo  diferença está
diminuindo.
http://valoratupescado.es/blog/
Fonte:
Situação da pesca no mundo
 Consumo nos países desenvolvidos 
importações, (demanda constante e declínio
da produção nacional)

 Países em desenvolvimento  consumo


baseia-se em produtos localmente e
sazonalmente disponíveis.

 Países emergentes  diversificação dos


tipos de peixes devido a um aumento das
importações da pesca (aumento da renda e
da riqueza nacional)
Captura em águas
marinhas
Entre 2011 e 2012, 18 países (11 Produção mundial de pescado por
asiáticos) capturaram 76% do total captura: 93,7 milhões de ton em
mundial. 2011
Produção mundial por captura em
águas marinhas: 82,6 milhões de
ton em 2011
Atlântic Queda
o Norte nas
Nordest capturas
e do Noroest
Captur Mediterrâne
Pacífico ee
a o e Mar Centro-
estável Cresciment Negro Oeste
o de longa do
data, Pacífico
interrompid
o apenas Maiores
Variaçõeentre 2007- capturas e
Sudeste 2009
s Oceano em
do
climática Índico cresciment
Pacífico
s o
Captura em
águas interiores
• 11,6 milhões de ton
em 2012
• Não chega a 13%
do total
• Redução da
Aquicultura produção em
• Recorde de 90,4 países
milhões de ton em desenvolvidos
2012 • Maior crescimento
• Só China: 57 (200-2012):
milhões de ton - África (11,7%)
- América Latina e
Caribe (10%)
 90,4 milhões de ton:
 66,6 milhões em peixes e
 23,8 em algas

 Queda na produção aquícola em


países desenvolvidos como EUA
 Concorrência de países com baixos
custos de produção, como China
 Crescimento rápido da África,
América Latina e Caribe, além da
China
PRODUÇÃO EM CATIVEIRO

 15 maiores produtores - 92,7 % da


produção total em 2012
 Grande crescimento de Chile e Egito
 Brasil melhorou seu ranking global
nos últimos anos.
 Tailândia – queda em 2011 e 2012
(inundações e doenças do
camarão)
 Japão - após o tsunami (2011)
ligeiramente recuperação em 2012.
Características
do setor
Pesqueiro
Setor Pesqueiro
 A Pesca é uma das atividades produtivas
mais antigas da Humanidade;
 Os recursos pesqueiros marítimos, costeiros e
continentais constituem importante fonte de
renda, geração de trabalho e alimento e
têm contribuído para a permanência do
homem no seu local de origem;
Importância do consumo
O pescado é um alimento que se
destaca nutricionalmente quanto:
 à quantidade e qualidade das suas
proteínas;
 à presença de vitaminas e minerais;
 por ser fonte de ácidos graxos
essenciais ômega-3 eicosapentaenoico
(EPA) e docosaexaenoico (DHA).
Consumo per capita - Mundo
 A estimativa mundial de consumo per capita
de peixe:
 9,9 kg em 1960;
 11,5 kg em 1970;
 12,5 kg em 1980;
 14,4 kg em 1990;
 16,4 kg em 2005;
 16,7 Kg em 2006;
 19,2 kg em 2012

 Brasil = 7 kg/habitante/ano (FAO, 2009).


 Segundo MPA, está em 14,5 kg por ano,
ultrapassando o recomentado pela FAO, de
12 kg.
Setor Pesqueiro
 Extração x Aquicultura

 Pesca: atividade que envolve a extração


de peixes dos ecossistemas aquáticos.
 Aquicultura: cultivo, em cativeiro, de
organismos aquáticos.
Setor Pesqueiro
 Aquicultura,
vem se desenvolvendo
de forma crescente e sustentável;

 Forma alternativa de maior


viabilidade para o suprimento da
crescente demanda por pescado,
tanto de origem marinha, como de
água doce;
Importância da atividade

 Comparativo do crescimento da aquicultura


com outras fontes de produção de alimentos
no mundo, entre 2000 e 2012:
 aquicultura cresceu 6,7%
 milho cresceu 4,7%;
 avicultura cresceu 3,3%;
 trigo, 1,4%;
 bovinocultura e o cultivo do arroz, 1,2%;
 suinocultura, 1%;
 pesca decresceu 0,2%.
Setor Pesqueiro
 CONTEXTO GEOGRÁFICO
 Extensão Territorial : 8.514.215 Km
 Extensão da Costa : 8.500 Km
 Área : 4.500.000 Km2
 Participação de água doce do Planeta : 13,7%
 Área com água represada : 10 milhões de ha
 População : 195.755.799 de habitantes (2010)

 CONTEXTO ECONÔMICO

 Produto Interno Bruto : US$ 2.200 bilhões (2010)


 PIB do Agronegócio : US$ 491 bilhões (22,34% do total
em 2010)
 PIB do Setor Pesqueiro : 7% do PIB do Agronegócio
Setor Pesqueiro
 Vantagens do Brasil:
 Clima =↑ Riqueza e Diversidade;
 Disponibilidade de recursos hídricos;
 Mão de obra abundante;
 Crescente demanda por pescado no
mercado interno;
 Extremamente favorável para o
crescimento dos organismos
cultivados
Setor Pesqueiro
 Pesca artesanal

 Pesca industrial

 Infraestrutura: entrepostos, portos,


terminais pesqueiros

 Organização: colônias de pesccadores,


cooperativas
Entreposto de pesca de
Santos
Terminal Pesqueiro Público de
Manaus
Terminal Pesqueiro Raimundo
Alcântara Figueira – Manacapuru/AM
Setor Pesqueiro

 Em 2011 a atividade pesqueira


nacional foi responsável por
produzir 1.431.974,4 toneladas de
pescado.
 Do total produzido, 628.704,3
toneladas são oriundas da
atividade aquícola e 803.270,1
toneladas são da atividade de
pesca extrativa.
Setor pesqueiro
 Segundo os dados oficiais do MPA, a
produção brasileira de pescado em 2013
foi de 1.241.807 ton
 destas, 765.287 ton de origem da pesca
(61,6%)
 476.512 ton de origem da aquicultura
(38,4%).