Você está na página 1de 7

www.qconcursos.

com

Segurança e Saúde no Trabalho > Normas Brasileiras e Estrangeiras Aplicáveis à Saúde e Segurança ,
1 Q694940
NBR 9077 - Saídas de emergência em edifícios
Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TCE-PR Prova: CESPE - 2016 - TCE-PR - Analista de Controle - Arquitetura

Com base nas recomendações da NBR 9077:2001 a respeito de prevenção de incêndio e saídas de emergência, assinale a
opção correta.

A compartimentação em células, que pode ser horizontal ou vertical, contribui para evitar que o fogo se alastre
A
rapidamente pelo edifício. No caso da compartimentação horizontal, é fundamental a utilização de lajes corta-fogo.
Abas verticais (parapeitos) ou abas horizontais que se projetem além do plano da fachada devem ser evitadas, pois
B
constituem um obstáculo ao escape das pessoas para outros pavimentos ou para fora do edifício em chamas.
As saídas de emergência devem ser dimensionadas em função da área do piso térreo das edi cações, calculando-se o
C
número mínimo de saídas em função da altura e das características construtivas dos edifícios.

Como são proibidas escadas com menos de três degraus, sempre que a altura a vencer for menor que 0,48 m, será
D
obrigatório o uso de rampas.
Na gura a seguir, que ilustra um trecho de uma escada, se h for igual a 18 cm e a for igual a 1,5 cm, então o valor de b

E
variará entre 28,5 cm e 29,5 cm.

2 Q1106367 Edi cações >


Ano: 2018 Banca: FUNDEP (Gestão de Concursos) Órgão: INB Prova: FUNDEP (Gestão de Concursos) - 2018 - INB - Técnico em

Edi cações

Com relação à norma NBR 9.077 – Saídas de emergência em edifícios, assinale a alternativa INCORRETA.

As rampas não podem terminar em degraus ou soleiras, devendo ser precedidas e sucedidas sempre por patamares
A
planos.
B As rampas devem ser dotadas de guardas e corrimãos.

C As rampas podem preceder um lanço de escada, no sentido descendente de saída, mas não podem sucedê-lo.
D Não é permitida a colocação de portas em rampas; as portas devem estar situadas sempre em patamares planos.

3 Q790168 Não de nido >


Ano: 2017 Banca: UFMT Órgão: UFSBA Prova: UFMT - 2017 - UFSBA - Arquiteto e Urbanista

A NBR 9077 – Saídas de emergência estabelece critérios para uso de escadas enclausuradas à prova de fumaça. É um
desses critérios:

A Ter ingresso apenas por terraços.


B Ter suas caixas enclausuradas por paredes resistentes a 4 h de fogo.
C Ser providas de portas estanques à fumaça e resistentes a 10 min de fogo em sua comunicação com a antecâmara.
Ter a abertura de saída de ar situada, no máximo, a uma distância horizontal de 5,00 m, medida em planta, da porta
D
de entrada da antecâmara.

Arquitetura > Acessibilidade e Desenho Universal , Circulações Verticais e Horizontais , Instalações Prediais
4 Q804638
Segurança Contra Incêndio e Pânico
Ano: 2017 Banca: COSEAC Órgão: UFF Prova: COSEAC - 2017 - UFF - Arquiteto e Urbanista

/
Segundo a NBR 9.077/2001 – Saída de Emergências em Edifícios, o uso de rampas é obrigatório no seguinte caso:

para unir dois pavimentos de diferentes níveis, em acessos às áreas de refúgio, em edi cações com ocupações com
A asilos, orfanatos, abrigos geriátricos, clínicas com internação, ambulatórios, postos de atendimento de urgência,
postos de saúde, puericultura e outros da área da saúde.

B na descarga e acesso de elevadores de carga.


sempre que a altura a vencer for inferior a 0,84 m, já que são vedados lanços de escadas com menos de quatro
C
degraus.

quando a largura a ser vencida não permitir o dimensionamento dos degraus de uma escada enclausurada ligando
D
dois pavimentos.
para unir o nível interno ao nível do saguão do primeiro pavimento das edi cações em que houver usuários de
E
cadeiras de rodas.

5 Q684130 Engenharia Civil > Normas e Legislações , Prevenção e Combate e Incêndio


Ano: 2016 Banca: ESAF Órgão: FUNAI Prova: ESAF - 2016 - FUNAI - Engenheiro Civil

Segundo a NBR 9077 (ABNT, 2001), saídas de emergência em edifícios, as antecâmaras de escadas enclausuradas devem
ter, respectivamente, pé-direito mínimo e comprimento mínimo de:

A 2,6m e 1,8m.
B 2,4m e 1,8m.

C 2,5m e 2,0m.
D 2,5m e 1,8m.

E 2,8m e 2,2m.

6 Q994836 Não de nido >


Ano: 2019 Banca: CESPE Órgão: SLU-DF Prova: CESPE - 2019 - SLU-DF - Analista de Gestão de Resíduos Sólidos - Arquitetura

As guras de I a III a seguir, retiradas e adaptadas da NBR 9077:2001, mostram, respectivamente, a planta de uma escada
enclausurada, o corte com duto de saída de ar e o corte com duto de entrada de ar.

As guras de I a III a seguir, retiradas e adaptadas da NBR 9077:2001, mostram, respectivamente, a planta de uma escada
enclausurada, o corte com duto de saída de ar e o corte com duto de entrada de ar.

Certo
Errado

7 Q790170 Não de nido >


Ano: 2017 Banca: UFMT Órgão: UFSBA Prova: UFMT - 2017 - UFSBA - Arquiteto e Urbanista

A NBR 9077 – Saídas de emergência em edifícios de ne unidade de passagem como largura mínima para a passagem de
uma la de pessoas, xando essa medida em

A 0,90 m
/
B 1,20 m
C 1,50 m

D 0,55 m

8 Q699554 Arquitetura > Instalações Prediais , Segurança Contra Incêndio e Pânico , Projetos Circulação Vertical
Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TCE-PA Prova: CESPE - 2016 - TCE-PA - Auditor de Controle Externo - Área Administrativa -

Arquitetura

Segundo a NBR 9.077:2001, que regulariza as saídas de emergência em edifícios, o dimensionamento de degraus de uma
escada deve

ter altura compreendida entre 20,0 cm e 30,0 cm.

Certo
Errado

9 Q1087749 Arquitetura >


Ano: 2016 Banca: AOCP Órgão: Prefeitura de Juiz de Fora - MG Prova: AOCP - 2016 - Prefeitura de Juiz de Fora - MG - Arquiteto

A NBR 9077/2001 classi ca as edi cações quanto às suas características construtivas, para que sejam especi cadas
as saídas de emergência. Quanto a essa classi cação, é correto a rmar que

A prédios estruturados em madeira são classi cados como edi cações com mediana resistência ao fogo.

B edi cações com paredes-cortinas de vidro são exemplos de edi cações em que a propagação do fogo é fácil.
prédios com estrutura resistente ao fogo e isolamento entre pavimentos são exemplos de edi cações com mediana
C
resistência ao fogo.

prédios com concreto armado calculado para resistir ao fogo, com divisórias incombustíveis, são classi cados como de
D
difícil propagação do fogo.
edi cações com mediana resistência ao fogo, mas fácil propagação de fogo entre os pavimentos são consideradas de
E
fácil propagação do fogo.

10 Q1100770 Arquitetura >


Ano: 2018 Banca: AOCP Órgão: SUSIPE-PA Prova: AOCP - 2018 - SUSIPE-PA - Técnico em Gestão de Infraestrutura - Arquitetura

De acordo com a NBR 9077/2001, as edi cações são classi cadas em grupos de acordo com suas características
construtivas. Assim, conforme essa classi cação, assinale a alternativa correta.

A São exemplos de edi cações em que a propagação do fogo é fácil as construções em madeira e concreto armado.
São exemplos de edi cações com mediana resistência ao fogo as construções com paredes-cortinas de vidro e janelas
B
sem peitoris.

Edi cações com mediana resistência ao fogo são caracterizadas por possuírem estrutura resistente ao fogo, mas
C
entrepisos combustíveis.
São exemplos de edi cações em que a propagação do fogo é difícil as construções de concreto armado calculado para
D
resistir ao fogo e com divisórias leves.

Edi cações em que a propagação do fogo é fácil são caracterizadas por possuírem estrutura resistente ao fogo, mas
E
com fácil propagação entre os pavimentos.

11 Q1081005 Arquitetura >


Ano: 2019 Banca: IBFC Órgão: Prefeitura de Cabo de Santo Agostinho - PE Prova: IBFC - 2019 - Prefeitura de Cabo de Santo

Agostinho - PE - Arquiteto e Urbanista

Conforme NOTA no Escopo da Norma Técnica (NBR) 9050:2015 – Acessibilidade a edi cação, mobiliário, espaços e
equipamentos urbano, “Para serem considerados acessíveis, todos os espaços, edi cações, mobiliários e equipamentos
urbanos que vierem a ser projetados, montados ou implantados, bem como as reformas e ampliações de edi cações e
equipamentos urbanos, atendem ao disposto nesta Norma”. 

/
Nas edi cações que houver necessidade de plano de rota de fuga, conforme Norma Técnica NBR 9077 e, demais
regulamentações locais contra incêndio e pânico, deve-se atender também a Norma Técnica NBR 9050 quanto a
necessidade de abrigar a pessoa em cadeira de rodas. Nesse contexto, assinale a alternativa incorreta.

Quando existir rota de fuga em escadas de emergências ou elevadores de emergências, deve ser previstas áreas de
A resgate com espaço reservado e devidamente demarcado para o posicionamento de pessoas em cadeiras de rodas,
dimensionada de acordo com o Módulo de Referência (M.R.)

O M.R. deve ser previsto nas áreas de resgaste a cada 500 pessoas de lotação por pavimento, sendo no mínimo um
B
por pavimento e um para cada escada e elevador de emergência
C Caso a antecâmara das escadas e a dos elevadores forem comuns, o quantitativo de M.R. poderá ser compartilhado

A área de resgate deve estar localizada dentro do uxo principal de circulação, garantir área mínima de circulação e
D
manobra para rotação de 180°, quando localizado em nichos

12 Q748613 Arquitetura > Instalações Prediais , Segurança Contra Incêndio e Pânico


Ano: 2016 Banca: COPEVE-UFAL Órgão: UFAL Prova: COPEVE-UFAL - 2016 - UFAL - Arquiteto e Urbanista

As fachadas das edi cações têm papel importante como elemento de compartimentação, pois devem impedir que o fogo
seja transferido para os pavimentos superiores na mesma edi cação. De acordo com a NBR 9077/2001, para que um prédio
seja classi cado como edi cação de difícil propagação do fogo é necessário considerar, entre outros critérios, o isolamento
entre os pavimentos, o qual é obtido por afastamentos entre vergas e peitoris de aberturas situadas em pavimentos

consecutivos, conforme a gura. De

acordo a NBR 9077/2001, os valores de x e y para que um prédio seja classi cado como edi cação de difícil propagação do
fogo devem ser tais que

A x ≥ 0,90 m e y ≥ 1,40 m.
B x ≥ 1,00 m e y ≥ 0,50 m.
C x ≥ 1,10 m e y ≥ 0,80 m.

D x ≥ 1,20 m e y ≥ 1,20 m.
E x ≥ 1,60 m e y ≥ 0,90 m.

13 Q699552 Arquitetura > Instalações Prediais , Segurança Contra Incêndio e Pânico , Projetos Circulação Vertical
Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TCE-PA Prova: CESPE - 2016 - TCE-PA - Auditor de Controle Externo - Área Administrativa -

Arquitetura

Segundo a NBR 9.077:2001, que regulariza as saídas de emergênciaem edifícios, o dimensionamento de degraus de uma
escada deve

ter largura dimensionada pela fórmula de Blondel: 63 cm ≤ (2h + b) ≤ 64 cm, em que h = altura do degrau e b = largura do
degrau.

Certo

Errado

/
14 Q1100771 Arquitetura >
Ano: 2018 Banca: AOCP Órgão: SUSIPE-PA Prova: AOCP - 2018 - SUSIPE-PA - Técnico em Gestão de Infraestrutura - Arquitetura

Em uma edi cação hospitalar, o pavimento de maior população possui 40 leitos e uma área ambulatorial de 63 m².
Sabendo disso e com base na tabela de referência da NBR 9077/2011, qual deve ser a largura da escada de emergência?

A 0,90 m.
B 1,20 m.

C 1,50 m.
D 2,20 m.

E 3,00 m.

15 Q912321 Arquitetura > Instalações Prediais , Segurança Contra Incêndio e Pânico


Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: EMAP Prova: CESPE - 2018 - EMAP - Especialista Portuário - Arquitetura

Considerando a NBR 9.077:2001, referente às normas que regem a construção de saídas de emergência em edifícios, julgue
o item a seguir.

Em edi cações térreas, serão consideradas saídas, para efeito da distância máxima a ser percorrida, as aberturas cujos vãos
livres possuam área mínima de 1,10 m2 .

Certo
Errado

16 Q921393 Arquitetura > Instalações Prediais , Segurança Contra Incêndio e Pânico , Projetos Circulação Vertical
Ano: 2018 Banca: UFPR Órgão: UFPR Prova: UFPR - 2018 - UFPR - Arquiteto e Urbanista

As escadas de emergência são elementos essenciais do sistema de proteção contra incêndios em edifícios. Com
relação a esses elementos, considere as seguintes a rmativas:

1. Além da NBR 9077 (Saídas de emergência em edifícios e da regulamentação do corpo de bombeiros local), é
necessário veri car itens da NBR 9050 (Acessibilidade a edi cações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos).

2. As paredes que separam a escada enclausurada do restante da edi cação devem ter tempo requerido de
resistência ao fogo de 60 minutos, no mínimo, respeitando o tempo requerido de resistência ao fogo da estrutura
da edi cação.

3. Conforme a NBR 9077 (Saídas de emergência em edifícios), as antecâmaras das escadas à prova de fumaça devem
ter comprimento mínimo de 1,50 m.
/
4. O tempo requerido de resistência ao fogo dos degraus das escadas enclausuradas não é determinante em
situações de incêndio.

Assinale a alternativa correta.

A Somente a a rmativa 1 é verdadeira.


B Somente as a rmativas 1 e 4 são verdadeiras.

C Somente as a rmativas 2 e 3 são verdadeiras.


D Somente as a rmativas 2, 3 e 4 são verdadeiras.

E As a rmativas 1, 2, 3 e 4 são verdadeiras.

17 Q1118047 Arquitetura >


Ano: 2018 Banca: FUNDEP (Gestão de Concursos) Órgão: Prefeitura de Pará de Minas - MG Prova: FUNDEP (Gestão de Concursos) -

2018 - Prefeitura de Pará de Minas - MG - Arquiteto

Considere a NBR 9.077, de 1993, que trata das saídas de emergência em edifícios e que estabelece características gerais das
escadas. Em qualquer edi cação, os pavimentos sem saída em nível para o espaço livre exterior devem ser dotados de
escadas. Essas escadas devem:

A ser obrigatoriamente enclausuradas e totalmente constituídas com material incombustível.

B oferecer, nos seus elementos estruturais, resistência ao fogo de, no mínimo, 8 horas.
ter corrimãos que possuam arestas vivas, com condições antiderrapantes, e que permaneçam antiderrapantes com o
C
uso.

D ter os pisos dos degraus e patamares revestidos com materiais resistentes à propagação super cial de chama.

18 Q1064654 Engenharia Civil > Normas e Legislações , Prevenção e Combate e Incêndio


Ano: 2019 Banca: FCC Órgão: Câmara de Fortaleza - CE Prova: FCC - 2019 - Câmara de Fortaleza - CE - Engenheiro Civil

Segundo a NBR 9077, em edi cações com estrutura medianamente resistente ao fogo, mas com fácil propagação de fogo
entre pavimentos e que não possuam chuveiros automáticos de proteção contra incêndio, pode ser prevista apenas uma
saída de emergência no pavimento, desde que o percurso máximo seja de

A 25 m

B 50 m
C 15 m

D 20 m
E 10 m

19 Q912323 Arquitetura > Instalações Prediais , Segurança Contra Incêndio e Pânico


Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: EMAP Prova: CESPE - 2018 - EMAP - Especialista Portuário - Arquitetura

Considerando a NBR 9.077:2001, referente às normas que regem a construção de saídas de emergência em edifícios, julgue
o item a seguir.

No projeto de ambientes cuja capacidade não exceda a cinquenta pessoas, é permitido especi car o uso de peças plásticas
em fechaduras, espelhos, maçanetas e dobradiças.

Certo
Errado

20 Q786370 Não de nido >


Ano: 2017 Banca: CONSULPLAN Órgão: TRF - 2ª REGIÃO Prova: CONSULPLAN - 2017 - TRF - 2ª REGIÃO - Analista Judiciário -

Engenharia Civil

A NBR 9.077/2001 (Saídas de Emergência em Edifícios), no item de classi cação das edi cações quanto à altura (H),
estabelece valores de referência, contados da soleira de entrada ao piso do último pavimento, não consideradas
edículas no ático destinadas a casas de máquinas e terraços descobertos. Assinale a alternativa correta.
/
A Edi cações baixas H ≤ 5,0 m.

B Edi cações de média altura 5,0 m ≤ H ≤ 12,0 m.

C Edi cações térreas altura contada entre o terreno circundante e o piso da entrada igual ou inferior a 0,80 m.

Edi cações altas H > 30,0 m ou edi cações dotadas de pavimentos recuados em relação aos pavimentos
D inferiores, de tal forma que as escadas dos bombeiros não possam atingi-las, ou situadas em locais onde é
impossívelo acesso de viaturas de bombeiros, desde que sua altura seja H > 12,00 m.

Respostas

1: D 2: C 3: B 4: A 5: D 6: C 7: D 8: E 9: D 10: B 11: D 12: D 13: C 14: D

15: E 16: B 17: D 18: D 19: C 20: D

www.qconcursos.com