Você está na página 1de 82

Andança - Beth Carvalho (Intro: G7M Eb G#7 Am7 D7 D)

Intro: G7M Eb G#7 Am7 D7 D

G7M Eb7M G#7M Am7 D7 D G7


Vim tanta areia andei, Da lua cheia eu sei, Uma saudade imensa, Vagando em verso eu
vim
Eb7 G#7 Am7 D7 A Gm7
Vestido de cetim Na mão direita rosas vou leva
G G7 G
Olha a lua mansa a se derramar (me leva amor)
G7M A
Ao luar descansa meu caminhar (amor)
D D7
Meu olhar em festa se fez feliz (me leva amor)
C Am7 Cm Am7 Cm D D7 G
Lembrando a seresta que um dia eu fiz (por onde for quero ser seu par)
G G7M G
Já me fiz a guerra por não saber (me leva amor)
G7M A
Que esta terra encerra meu bem-querer (amor)
D D7
E jamais termina meu caminhar (me leva amor)
C Am7 Cm Am7 Cm D D7 G
Só o amor me ensina onde vou chegar (por onde for quero ser seu par)
G7M Eb7M G#7M Am7 D D7 G7M
Rodei de roda andei, Dança da moda eu sei, Cansei de ser sozinha, Verso encantado
usei
Eb7M G#7M Am7 D7 A Gm
Meu namorado é rei Nas lendas do cami.i.i.inho onde andei
G G7M G
No passo da estrada só faço andar (me leva amor)
G7M A
Tenho a minha amada a me acompanhar (amor)
D D7
Vim de longe léguas cantando eu vim (me leva amor)
C Am7 Cm Am7 Cm D D7 G
Vou e faço tréguas sou mesmo assim (por onde for quero ser seu par)
G G7M G
Já me fiz a guerra por não saber (me leva amor)
G7M A
Que esta terra encerra meu bem-querer (amor)
D D7
E jamais termina meu caminhar (me leva amor)
C Am7 Cm Am7 Cm D D7 G
Só o amor me ensina onde vou chegar (por onde for quero ser seu par)

G7M G G7M A
La-laia-lai-a la-laia-lai-a (me leva amor), La-laia-lai-a la-laia-lai-a (amor)
D D7 C Am7
La-laia-lai-a la-laia-lai-a (me leva amor) La-laia-lai-a la-laia-lai-a

Cm Am7 Cm D D7 G
Por onde for quero ser seu par
Sympathy For the Devil - The Rolling Stones

Intro: B A E E (2x)
CHORDS: E D A E E D A E

E D A E
Please allow me to introduce myself I'm a man of wealth and taste
E D A E
I've been around for a long long year stolen many man's soul and faith
E D A E
I was around when Jesus Christ had His moment of doubt and pain
E D A E
Made damn sure that Pilate washed his hands and sealed His fate
B B E
Pleased to meet you hope you guess my name
B A E
But what's puzzling you is the nature of my game

Stuck around St. Petersburg when I saw it was a time for a change
Killed the Czar and his ministers, Anastasia screamed in vain
I rode a tank held a gen'rals rank when the blitzkrieg
raged and the bodies stank
Pleased to meet you hope you guess my name. Oh yeah
Ah what's puzzling you is the nature of my game. Oh yeah

I watched the glee while your kings and queens fought forten decades for the Gods they
made
I shouted out "Who killed the Kennedy's?" when after all it was you and me
Let me please introduce myself I'm a man of wealth and taste
And I lay traps for troubadours who get killed before they reach Bombay
Pleased to meet you hope you guess my name. Oh yeah
But what's puzzling you is the nature of my game. Oh yeah
Pleased to meet you hope you guess my name
But what's puzzling you is the nature of my game

Just as every cop is a criminal and all the sinners, Saints


as heads is tails, just call me Lucifer 'cause I'm in need of some restraint
So if you meet me, have some courtesy have some sympathy and some taste
Use all your well learned politesse or I'll lay your soul to waste
Pleased to meet you hope you guess my name
But what's puzzling you is the nature of my game
Break On Through - The Doors

Intro/Verse:
============

Emajor

e-|--------------------------------------|------------------------------------
B-|-------------------------------------.|------------------------------------
G-|--------------------------------------|------------------------------------
D-|---------------2--0-----2--2-----0---.|----------2--0-----2--2-----0--2----
A-|--------------------(2)-------2-------|---------------(2)-------2----------
E-|----12\---(0)-------------------------|-12\--(0)---------------------------

You know the day destroys the night, night divides the day
{* The two ghost notes above are played at different parts of the song. *}
{* By listening to the album, you can tell when to play them. *}

Bridge:
=======
Dmajor

e-|----2-------2------------2--------2----------------------------------------
B-|----3-------3------------3--------3----------------------------------------
G-|----2-------2------------2--------2----------------------------------------
D-|----0-------0------------0--------0----------------------------------------
A-|---(0)-----(0)----------(0)------(0)---------------------------------------
E-|---------------------------------------------------------------------------

Tried to run, tried to hide

Chorus:
=======

Emajor __________________________________
|3

e-|----------------------------------------|----------------------------------
B-|----------------------------------------|----------------------------------
G-|----------------------0h2p0-------------|---------------------0h2p0--------
D-|---------------0-1h2----------2---0--2--|--------------0-1h2---------2-----
A-|--------0h1-2---------------------------|-------0h1-2----------------------
E-|---0-3----------------------------------|--0-3-----------------------------

Break on through to the other side, break on through to the other side,
Break on through to the other side, yeah.

{* Repeat Intro/Verse and Bridge *}

We chased our pleasures here, dug our treasures there


But can ya still recall the time we cried?

{* Repeat Chorus *}

Break on through to the other side, break on through to the other side.

{* Repeat Intro/Verse during keyboard solo *}

Everybody loves my baby, everybody loves my baby, She get...She get...She get...She
get...high.....
{* Repeat Intro/Verse and Bridge *}
I found an island in your arms, country in your eyes,
Arms that chain, eyes that lie.

Revised Chorus:
===============
Emajor __________________________________
|4
e-|----------------------------------------|----------------------------------
B-|----------------------------------------|----------------------------------
G-|----------------------0h2p0-------------|----------------------------------
D-|---------------0-1h2----------2---0-2---|-----------0h1h2------------0h1h2-
A-|--------0h1-2---------------------------|-----0h1h2------------0h1h2-------
E-|---0-3----------------------------------|-0-3--------------0-3-------------

Break on through to the other side, break on through to the other side,
Break on through, oh...oh yeah...
Second Bridge:
==============
E7#9
e-|-----15--15------15---15---15-----15--15----15---15---15---X---15----------
B-|-----15--15------15---15---15-----15--15----15---15---15---X---15----------
G-|-----13--13------13---13---13-----13--13----13---13---13---X---13----------
D-|---------------------------------------------------------------------------
A-|---------------------------------------------------------------------------
E-|--0-----------------0----0----0-----------0----0----0----------------------
{* Continue, using Second bridge as pattern *}

Made the scene, week to week, day to day, hour to hour


{* Repeat First Bridge *}

Gate is straight, deep and wide


Outro:
======
Emajor
e-|----------------------------------------------------------------------------
B-|----------------------------------------------------------------------------
G-|-------------------0h2p0---------------------------------0h2p0--------------
D-|-------------0-1h2---------2--0-2------------------0-1h2--------2---0-2-----
A-|-------0h1-2---------------------------------0h1-2--------------------------
E-|---0-3-----------------------------------0-3--------------------------------
Break on through to the other side, break on through to the other side,
Emajor
e-|---------------------------------------------------------------------------
B-|---------------------------------------------------------------------------
G-|---------------------------------------------------------------------------
D-|--------------0-2---------------0-2---------------0-2----------------------
A-|-------0h1h2-------------0h1h2-------------0h1h2---------------------------
E-|---0-3---------------0-3---------------0-3---------------------------------

Break on through, break on through, break on through


e-|---------------------0-----0---0-0--0-0--0-0--0-0--0-0--0-0--0-0--0-0--0-0-
B-|-----------2h3h5----b3----b3----b3---b3---b3---b3---b3---b3---b3---b3---b3-
G-|---0h2h3h4-----------------------------------------------------------------
D-|---------------------------------------------------------------------------
A-|---------------------------------------------------------------------------
E-|---------------------------------------------------------------------------
Break on through, yeah, yeah, yeah, yeah, yeah, yeah, yeah, yeah, yeah!

Passe Em Casa - Tribalistas


C E Am
Passam pássaros e aviões e no chão os caminhões
Passa o tempos, as estações, passam andorinhas e verões
G F C
Passe em casa (tô te esperando) (2x)
E Am E Am
Estou esperando visita tão impaciente e aflita
G F C
Se você não passa no morro (eu quase morro) (2x)
Estou implorando socorro (eu quase morro) (2x)
G F C
Vida sem graça se você não passa no morro
G F
Já estou pedindo que
C E Am
Passe um tempo passe lá Passe o mal pelos meus lençóis
Passe agora passe enfim Um momento pra ficarmos sós
G F C
Passe em casa (tô te esperando) (2x)
E Am E Am
Estou esperando visita tão impaciente e aflita
G F C
Se você não passa no morro eu quase morro, eu quase morro
Estou implorando socorro, ou quase morro, ou quase morro
G F C
Vida sem graça se você não passa no morro
G F
Já estou pedindo que

Solo: Am
Repete tudo (1x)

C G Am
Lá, lá,lá,lá,lá,lá,lá,lá,lá,lá... pô, pô, pô, pá, pá. (4x)

G F C (2x)

Bichos Escrotos - Titãs

Intro:
Dm C#7

E||--5--5/-9----|
B||--6--6/-9----|
G||--7--7/-10---| Repete
D||--7--7/-9----|
A||--5--5/-11---|
E||--------9----|

* Esse riff repete até: - Só bicho escroto é que vai ter!

Dm
Bichos, saiam dos lixos / Baratas, me deixem ver suas patas / Ratos, entrem nos sapatos
Do cidadão civilizado
Pulgas, que habitam minhas rugas

Onçinha pintada, Zebrinha listrada, Coelhinho peludo, Vão se foder!


Porque aqui na face da terra Só bicho escroto é que vai ter!

Dm
Bichos escrotos, saiam dos esgotos
Bichos escrotos, venham enfeitar

C
Meu lar, Meu jantar, Meu nobre paladar

Solo:
E||-------------------------------|
B||--6------6b-----6b-----5--5----|
G||------7----7b-----7b----5---5--|
D||----8---------------8b---------|
A||-------------------------------|
E||-------------------------------|

Dm
Bichos, saiam dos lixos / Baratas, me deixem ver suas patas / Ratos, entrem nos sapatos
Do cidadão civilizado
Pulgas, que habitam minhas rugas

Onçinha pintada, Zebrinha listrada, Coelhinho peludo, Vão se foder!


Porque aqui na face da terra Só bicho escroto é que vai ter!

Dm
Bichos escrotos, saiam dos esgotos
Bichos escrotos, venham enfeitar

C
Meu lar, Meu jantar, Meu nobre paladar

Ideologia - Cazuza

Intro 4x: Am7


Am7 Am7(13) (2x)
Primeira Parte:
Am7
Meu partido
Am7(13)
É um coração partido
G/A
E as ilusões
Am7 Am7(13)
Estão todas perdidas
Dm7
Os meus sonhos
Foram todos vendidos
Tão barato
Am7
Que eu nem acredito
Am7(13)
Ah! eu nem acredito

Em7
Que aquele garoto
G5 C7M
Que ia mudar o mundo
Mudar o mundo
Em7 G5
Frequenta agora as festas
D5(9)
Do "Grand Monde"

Am7
Meus heróis
G6 D9(11)
Morreram de overdose
Am7 G6
Meus inimigos
D9(11)
Estão no poder

F5(7M/9)/C
Ideologia!
Dm7 Am7
Eu quero uma pra viver

F5(7M/9)/C
Ideologia!
Dm7 Am7
Eu quero uma pra viver Intro: Am7 Am7(13)

Am7
O meu prazer
Am7(13)
Agora é risco de vida
G/A
Meu sex and drugs
Am7 Am7(13)
Não tem nenhum rock 'n' roll
Dm7
Eu vou pagar
A conta do analista
Pra nunca mais
Am7
Ter que saber quem eu sou
Am7(13)
Ah! saber quem eu sou

Segunda parte com variação na letra:


Em7
Pois aquele garoto
G5 C7M
Que ia mudar o mundo
Mudar o mundo
Em7 G5
Agora assiste a tudo
D5(9)
Em cima do muro
Em cima do muro

Faz Parte do Meu Show - Cazuza

(intro 2x) B7M A7M

B7M A7M
Te pego na escola e encho tua bola com todo meu amor
B7M A7M
Te levo prá festa e testo teu sexo com ar de professor
G7M C7M
Faço promessas malucas tão curtas quanto um sonho bom
G7M C7M
Se eu te escondo a verdade, baby, é prá te proteger da solidão

B7M G7M B7M E7M


Faz parte do meu show, faz parte do meu show, meu amor

B7M A7M
Confundo as tuas coxas com as de outras moças, te mostro toda a dor
B7M A7M
Te faço um filho, te dou outra vida prá te mostrar quem sou
G7M C7M
Vago na lua deserta das pedras do Arpoador
G7M C7M
Digo alô ao inimigo, encontro um abrigo no peito do meu traidor

B7M G7M B7M E7M


Faz parte do meu show, faz parte do meu show, meu amor

B7M D7M C#7(4) G7M A7M


E|--7-6----------------5--------------------|
B|------7------5--7-------7----5--7---------|
G|----------7-----------------------7----6--|
D|------------------------------------------|
A|------------------------------------------|
E|------------------------------------------|

G7M C7M
Invento desculpas, provoco uma briga, digo que não estou

G7M C7M
Vivo num clip sem nexo, um pierrot-retrocesso, meio bossa nova e rock'n roll

B7M G7M B7M G7M B7M G7M


Faz parte do meu show, faz parte do meu show, meu amor, meu amor, meu amor, meu
amor,
B7M (G7M B7M) G7M A7M B7M
meu amor... Meu amor..........meu amor

Bete Balanço - Cazuza - (intro) E7 Am7 E7

(riffs na intro e quase toda a música menos no refrão, mas sempre acompanhado das
notas)
(fazer o acorde de B7 com pestana)

Em
Pode seguir a tua estrela, O teu brinquedo de 'star'
Am
Fantasiando em segredo
Em
O ponto aonde quer chegar O teu futuro é duvidoso Eu vejo grana eu vejo dor
Am
No paraíso perigoso
Em
Que a palma da tua mão mostrou
Bm7
Quem vem com tudo não cansa
C Am Bm7
Bete balanço meu amor
C B7 Em
Me avise quando for a hora

Bm7 F#m7
Não ligue pra essas caras tristes
Bm7 Em
Fingindo que a gente não existe
Bm7 F#m7
Sentadas são tão engraçadas
Bm7 C (Em)
Donas de suas sa...las

Em
Pode seguir a tua estrela, O teu brinquedo de 'star'
Am
Fantasiando em segredo
Em
O ponto aonde quer chegar, O teu futuro é duvidoso, Eu vejo grana eu vejo dor
Am
No paraíso perigoso
Em
Que a palma da tua mão mostrou
Bm7
Quem vem com tudo não cansa
C Am Bm7
Bete balanço meu amor
C B7 Em
Me avise quando for a hora
Bm7
Quem tem um sonho não dança
C Am Bm7
Bete balanço, por favor
C B7 Em
Me avise quando for embora

Todo o Amor Que Houver Nessa Vida - Cazuza

(intro 4x) Gm F Gm F

Gm Eb
Eu quero a sorte de um amor tranqüilo
Cm F7
Com sabor de fruta mordida
Gm Eb Cm
Nós, na batida, no embalo da rede
Eb Ab
Matando a sede na saliva
D4/7
Ser teu pão, ser tua comida
F4/7
Todo amor que houver nesta vida
Am Eb7 Gm F G F
E algum trocado pra dar garantia
Gm Eb
E ser artista no nosso convívio
Cm7 F7
Pelo inferno e céu de todo dia
Gm Eb Cm
Pra poesia que a gente não vive
Eb Ab
Transformar o tédio em melodia
D4/7
Ser teu pão, ser tua comida
F4/7
Todo amor que houver nesta vida
Am Ab7 Gm F Gm F
E algum veneno anti monotonia
Gm Eb
E se eu achar a sua fonte escondida
Cm F7
Te alcanço em cheio o mel e a ferida
Gm Eb Cm
E o corpo inteiro como um furacão

Eb Ab
Boca, nuca, mão e a tua mente, não
D4/7
Ser teu pão, ser tua comida
F4/7
Todo amor que houver nessa vida
Am Ab7 Gm
E algum remédio que me dê alegria
Am Ab7 Gm
E algum remédio que me dê alegria

( Gm F Gm F )

Relicário - Nando Reis

(intro) D D7 D6 D5+
D
É uma índia com colar
A tarde linda que não quer se por
Dançam as ilhas sobre o mar
Sua cartilha tem o "a" de que cor?
Em Em/F# G
O que esta acontecendo?
D
O mundo esta ao contrário e ninguém reparou
Em Em/F# G
O que esta acontecendo?
D
Eu estava em paz quando você chegou

D
E são dois cílios em pleno ar
Atrás do filho vem o pai e o avô
Como um gatilho sem disparar
Você invade mais um lugar
Em
Onde eu não vou
Em/F# G
O que você esta fazendo?
D
Milhões de vasos sem nenhuma flor
Em Em/F# G
O que você está fazendo?
D
Um relicário imenso desse amor

(passagem)

D
Corre a lua porque longe vai?
Sobe o dia tão vertical
O horizonte anuncia com o seu vitral
Que trocaria a eternidade
Em
Por esta noite
Em/F# G
Porque esta amanhecendo?
D
Peço o contrário ver o sol se por
Em Em/F# G
Porque esta amanhecendo?
D
Se não vou beijar seus lábios
Quando você se for

D
Quem nesse mundo faz o que há durar
Pura semente dura o futuro amor
Eu sou a chuva pra você secar
Em
Pelo zunido da suas asas você me falou
Em/F# G
O que você esta dizendo?
D
Milhões de frases sem nenhuma cor
Em Em/F# G
O que você está dizendo?
D
Um relicário imenso desse amor
A7 C
O que você está dizendo?
A7 C
O que você esta fazendo?
D D/C G/B Gm/Bb
Por que que está fazendo assim
D D/C G/B Gm/Bb D
Está fazendo assim

O Segundo Sol - Cássia Eller

Capotraste na 3ª casa Intro: A9

Primeira parte:
E Bm7
Quando o segundo sol chegar
D A
Para realinhar as órbitas dos planetas

E
E|----------------3---------|
B|----------------3---------|
G|----------------4---------|
D|----------------5---------|
A|----------------5---------|
E|---------6p5p3--3---------|
E Bm7
Derrubando com assombro exemplar
D
O que os astrônomos diriam se tratar
A
De um outro cometa

E Bm7
Quando o segundo sol chegar
D A
Para realinhar as órbitas dos planetas
E Bm7
Derrubando com assombro exemplar
D
O que os astrônomos diriam se tratar
A
De um outro cometa
Passagem:
(ou-tro co-meta)

E|----------------------------------|
B|-5---5-----5----------------------|
G|-5---5-----5----------------------|
D|-5h7-5-----5h7---------------/7---|
A|--------7-------------5-h7--------|
E|----------------5-h7--------------|

(riff 1) (Pode tocar nas seis cordas)

E
E|--3-----------------------------3----------------------------|
B|--3-----------------------------3----------------------------|
G|--4---7-9-10-9-10-12-14-12------4---7-9-10-9-10-12-14-14/16--|
D|--5---x-x--x-x--x-x--x--x-------5---x-x--x-x--x--x--x--x--x--| (2x)
A|--5---5-7--8-7--8-10-12-10------5---5-7--8-7--8-10-12-12/14--|
E|--3-----------------------------3----------------------------|

E E7
Não digo que não me surpreendi
E
Antes que eu visse, você disse e eu não pude
E7
acreditar

E|---------------------5--|
B|---------------------6--|
G|--7-9-10-9-14-12--10-5--|
D|--x-x-x--x--x--x--x--3--|
A|--5-7-8--7-12-10--8-----|
E|------------------------|

D A/C# Bm7
Mas você pode ter certeza,
A Em7
De que o seu telefone irá tocar
D A/C#
Em sua nova casa que abriga
Bm7
agora a trilha
A G
Incluída nessa minha conversão
A Em7
Eu só queria te contar
Que eu fui lá
D
fora e vi dois sois num dia
A/C# Bm7 A
E a vida que ardia sem explicação

(repete a primeira parte)


(repete segunda parte)

D
Explicação
A
Não tem explicação
D
Explicação
A
Não tem explicação
D
Explicação
A
Não tem, não tem explicação
D
Explicação
D A/C# Bm7
Não tem expli...ca...ção
A D/F# A
Não tem, não tem

Bem Que Se Quis - Marisa Monte

(intro) Bb7(4/9) Bb7(b9)

Eb7M Bb7(4/9) Eb7M


Bem que se quis depois de tudo ainda ser feliz
Bb7(4/9) Bº Cm7 Bbm7
Mas já não há caminho pra voltar o que é que a vida fez
Eb7(9) Ab7M Gm7 C7(b9) Fm7 E7M
Da nossa vida? O que é que a gente não faz por amor?

Eb7M Bb7(4/9) Eb7M


Mas tanto faz já me esqueci de te esquecer porque
Bb7(4/9) Bº Cm7 Bbm7
O teu desejo é o meu melhor pra----zer e o meu destino é querer
Eb7(9) Ab7M Gm7 C7(b9) Fm7 E7M
É querer sempre mais a minha estrada corre pro teu mar

Eb7M Bbm7(11) Eb7(9) Ab7M Gm7


Agora vem pra perto vem vem depressa vem sem fim dentro de mim
Fm7 E7M* Eb7M Bbm7(11)
Que eu quero sentir o teu corpo pesando sobre o meu vem
Eb7(9) Ab7M Gm7 Fm7 E7M* Eb7M
Meu amor vem pra mim me abraça devagar me beija e me faz esquecer
Ab7M Gm7 Fm7 E7M* Eb7M / / Bb7(4/9)
Vem pra mim me abraça devagar me beija e me faz esquecer

( Eb7M Bb7(4/9) Eb7M Bb7(4/9) Eb7M Bb7(4/9) Bb7(b9) )

Eb7M
Bem que se quis...

A Banda - Chico Buarque

D6/9 A7
Estava à toa na vi__da O meu amor me chamou
F#m7 B7 E7(9) A7
Pra ver a banda passar Cantando coisas de amor
D6/9 A7
A minha gente sofri__da Despediu-se da dor
F#m7 B7 E7(9) A7 D6/9
Pra ver a banda passar Cantando coisas de amor

D7M A7
O homem sério que contava dinhei__ro parou
Am6/C B7 Em7 Em/D
O faroleiro que contava vanta___gem parou
C#m7 F#7(9) F#m7 B7
A namorada que contava as estre____las parou
E7(9) Em7(9) A7
Para ver, ouvir e dar passa______gem
D7M A7
A moça triste que vivia cala__da sorriu
Am6/C B7 Em7 Em/D
A rosa triste que vivia fecha___da se abriu
C#m7 F#7(9)
E a meninada toda se asanhou
F#m7 B7 E7(9) A7
Pra ver a banda passar Cantando coisas de amor

D6/9 A7
Estava à toa na vi__da O meu amor me chamou
F#m7 B7 E7(9) A7
Pra ver a banda passar Cantando coisas de amor
D6/9 A7
A minha gente sofri__da Despediu-se da dor
F#m7 B7 E7(9) A7 D6/9
Pra ver a banda passar Cantando coisas de amor

D7M A7
O velho fraco se esqueceu do cansa__ço e pensou
Am6/C B7 Em7 Em/D
Que ainda era moço pra sair no terra___ço e dançou
C#m7 F#7(9) F#m7
A moça feia debruçou na jane____la
B7 E7(9) Em7(9) A7
Pensando que a ban_____da tocava pra e______la
D7M A7
A marcha alegre se espalhou na aveni__da e insistiu
Am6/C B7 Em7 Em/D
A lua cheia que vivia escondi___da surgiu
C#m7 F#7(9)
Minha cidade toda se enfeitou
F#m7 B7 E7(9) A7
Pra ver a banda passar Cantando coisas de amor

D6/9 A7
Mas para meu desencan__to O que era doce acabou
F#m7 B7 E7(9) A7
Tudo tomou seu lugar Depois que a banda passou
D6/9 A7
E cada qual no seu can__to Em cada canto uma dor
F#m7 B7 E7(9) A7
Depois da banda passar Cantando coisas de amor
D6/9 B7 E7(9) A7
Depois da banda passar Cantando coisas de amor
D6/9 B7 E7(9) A7 D6/9
Depois da banda passar Cantando coisas de amor

ACORDES:

D6/9 - X5445X Am6/C - X3425X


A7 - X02020 Em7 - 022030
F#m7 - 2X2220 Em/D - XX0000
B7 - X24242 C#m7 - X46454
E7(9) - 0X2132 F#7(9) - XX4354
D7M - XX0222 Em7(9) - 02X032
Roda Viva - Chico Buarque

(Intro)

Em7/9 A7 D7+ F#5/D


Laaaaaaaaaa raaaaaaaaaaaaaaaaaa raaaaaaaaaaaaa
G6 Abm4/7 F#4/7
raaaaaaaaaaaaaaaa raaaaaaaa raaaaaaaaa raaaaaaaa
F# Bm
raaaaaa raaaaaaaaa

Bm7 G7M F#4


Tem dias que a gente se sente como quem partiu ou morreu
G/A D7M Abm4/7 F#7
A gente estancou de repente, ou foi o mundo então que cresceu
B7 Em7 A7 D
A gente quer ter voz ativa, no nosso destino mandar
C#° Bm7 G7M F#4/7 F#7
Mas eis que chega a roda viva e carrega o destino prá lá

Bm7 Bm/A G6 A7
Roda mundo, roda gigante, roda moinho, roda peão
Am4/7 Ab7/5- G6 F#4/7 F#7 Bm7
O tempo rodou num instante nas voltas do meu coração

A gente vai contra a corrente até não poder resistir


Na volta do barco é que sente o quanto deixou de cumprir
Faz tempo que a gente cultiva a mais linda roseira que há
Mas eis que chega a roda viva e carrega a roseira prá lá

A roda da saia, a mulata, não quer mais rodar, não senhor


Não posso fazer serenata, a roda de samba acabou
A gente toma a iniciativa, viola na rua a cantar
Mas eis que chega a roda viva e carrega a viola prá lá

O samba, a viola, a roseira, um dia a fogueira queimou


Foi tudo ilusão passageira que a brisa primeira levou
No peito a saudade cativa, faz força pro tempo parar
Mas eis que chega a roda viva e carrega a saudade prá lá

Quem te viu, quem te vê - Chico Buarque

D6 F#m Bb D
Você era a mais boni_____ta das cabrochas dessa a_____la
E7 A A7 D7M Bm
Você era a favori ___ta onde eu era mestre-sala
G#° G°
Hoje a gente nem se fa__la, mas a festa continu___a
F# F° F#7
Suas noites são de ga___la, nosso samba ainda é na ru________a

F#7 B6 F# F#7 Eb
Hoje o samba saiu (lai-alai-a) procurando você
F#m E7M F#7 B
Quem te viu, quem te vê
E6 F#7 Eb7
Quem não a conhe_____ce não pode mais ver pra crer
G#7 E6 F#7 D6
Quem jamais a esque_____ce não pode reco____nhecer

D6 F#m Bb° D
Quando o samba começa_____va você era a mais brilhan_____te
E7 A A7 D7M Bm
E se a gente se cansa_____va, você só seguia adiante
G#° G°
Hoje a gente anda distan__te do calor do seu ginga___do
F#7 F° F#7
Você só dá chá dançan___te onde eu não sou convida_____ do
REFRÃO

D6 F#m Bb° D
O meu samba se marca_____va na cadência dos seus pas_____sos
E7 A A7 D7M Bm
O meu sono se embala_____va no carinho dos seus braços
G#° G°
Hoje de teimoso eu pas__so bem em frente ao seu portão
F#7 F° F#7
Pra lembrar que sobra espa___ço no barraco e no cordão

REFRÃO

D6/F# F#m6/B Bb° D/A


Todo ano eu lhe fazi_____a uma cabrocha de alta clas_____se
E7 A A7 D7M Bm
De dourado lhe vesti_____a pra que o povo admirasse
G#° G°
Eu não sei bem com certe__za por que foi que um belo di___a
F#7 F° F#7
Quem brincava de prince___sa acostumou na fantasi________a

D6 F#m Bb° D
Hoje eu vou sambar na pis_____ta, você vai de galeria
E7 A A7 D7M Bm
Quero que ocê assis_____ta na mais fina companhia
G#° G°
Se você sentir sauda__de, por favor, não dê na vis___ta
F#7 F° F#7
Bate palmas com vonta___de, faz de conta que é turis________ta

REFRÃO
O meu guri - Chico Buarque

Intr.: F#m / F#m(7M) / F#m7 / F#m6 / F#m(b6) / F#m6 /


F#m7 / F#m(7M) / F#7/4(b9) / A#º(b13) /

B7 B/A G#m7(b5) Gm6


Quando, seu moço, nasceu meu rebento não era o momen________to dele rebentar
D6/F# Am6/C B7
Já foi nascendo com cara de fome e eu não tinha nem nome pra lhe dar
Em(7M) Em7 Em6 Em(b6)
Como fui levando, não sei lhe explicar Fui assim levando ele a me levar
E/D A7/C# Am6/C D7/9
E na sua meninice ele um dia me disse que chegava lá
G7M G6 F#7/4 F#7 D7M Gm6 E7/G#
Olha aí Olha aí Olha aí, ai o meu guri, olha aí
Em7 A7 D6 F#7
Olha aí, é o meu guri E ele chega

B7 B/A G#m7(b5) Gm6


Chega suado e veloz do batente e traz sempre um presen________te pra me encabular
D6/F# Am6/C B7
Tanta corrente de ouro, seu moço, que haja pescoço pra enfiar
Em(7M) Em7 Em6 Em(b6)
Me trouxe uma bolsa já com tudo dentro Chave, caderneta, terço e patuá
E/D A7/4 A7
Um lenço e uma penca de documentos pra finalmente eu me identificar, olha aí
D7M Gm6 E7/G#
Olha aí, ai o meu guri, olha aí
Em7 A7 D6 F#7
Olha aí, é o meu guri E ele chega

B7 B/A G#m7(b5) Gm6


Chega no morro com o carregamento Pulseira, cimento, relógio, pneu, gravador
D6/F# Am6/C B7
Rezo até ele chegar cá no alto Essa onda de assaltos tá um horror
Em(7M) Em7 Em6 Em(b6)
Eu consolo ele, ele me consola Boto ele no colo pra ele me ninar
E/D A7/4 A7
De repente acordo, olho pro lado e o danado já foi trabalhar, olha aí
D7M Gm6 E7/G#
Olha aí, ai o meu guri, olha aí
Em7 A7 D6 F#7
Olha aí, é o meu guri E ele chega

B7 B/A G#m7(b5) Gm6


Chega estampado, manchete, retrato com venda nos olhos, legenda e as iniciais
D6/F# Am6/C B7
Eu não entendo essa gente, seu moço, fazendo alvoroço demais
Em(7M) Em7 Em6 Em(b6)
O guri no mato, acho que tá rindo, acho que tá lindo de papo pro ar
E/D A7/C# Am6/C D7/9
Desde o começo, eu não disse seu moço, ele disse que chegava lá... Olha aí... REFRÃO

Cálice - Chico Buarque

Eadd9 G#7 A7
Pai, afasta de mim esse cálice Pai, afasta de mim esse cálice
F#7/A# Eadd9 B B7/4(9) B7(9) Eadd9
Pai, afasta de mim esse cálice De vinho tinto de sangue
G#7 A7
Pai, afasta de mim esse cálice Pai, afasta de mim esse cálice
F#7/A# Eadd9 B B7/4(9) B7(9) Eadd9
Pai, afasta de mim esse cálice De vinho tinto de sangue

C#m C#m(7M) C#m7 C#m6


Como beber dessa bebida amarga Tragar a dor, engolir a labuta
C#m(b6) C#m6 B7(13) Eadd9
Mesmo calada a boca, resta o peito Silêncio na cidade não se escuta
C#m C#m(7M) C#m7 C#m6
De que me vale ser filho da santa Melhor seria ser filho da outra
C#m(b6) C#m6 B7(13)
Outra realidade menos morta Tanta mentira, tanta força bruta

Eadd9 G#7 A7
Pai, afasta de mim esse cálice Pai, afasta de mim esse cálice
F#7/A# Eadd9 B B7/4(9) B7(9) Eadd9
Pai, afasta de mim esse cálice De vinho tinto de sangue

C#madd9 C#madd9 C C#madd9 B A#m7(b5)


Como é difícil acordar calado Se na calada da noite eu me dano
A7M A#m7(b5) B7(13) Eadd9
Quero lançar um grito desumano Que é uma maneira de ser escutado
C#madd9 C#madd9 C C#madd9 B A#m7(b5)
Esse silêncio todo me atordoa Atordoado eu permaneço atento
A7M A#m7(b5) B7(13)
Na arquibancada pra a qualquer momento Ver emergir o monstro da lagoa... PAI

C#madd9 C#madd9 C C#madd9 B A#m7(b5)


De muito gorda a porca já não anda De muito usada a faca já não corta
A7M A#m7(b5) B7(13) Eadd9
Como é difícil, pai, abrir a porta Essa palavra presa na garganta
C#madd9 C#madd9 C C#madd9 B A#m7(b5)
Esse pileque homérico no mundo De que adianta ter boa vontade
A7M A#m7(b5) B7(13)
Mesmo calado o peito, resta a cuca Dos bêbados do centro da cidade... PAI

C#madd9 C#madd9 C C#madd9 B A#m7(b5)


Talvez o mundo não seja pequeno Nem seja a vida um fato consumado
A7M A#m7(b5) B7(13) Eadd9
Quero inventar o meu próprio pecado Quero morrer do meu próprio veneno
C#madd9 C#madd9 C C#madd9 B A#m7(b5)
Quero perder de vez tua cabeça Minha cabeça perder teu juízo
A7M A#m7(b5) B7(13) Eadd9
Quero cheirar fumaça de óleo diesel Me embriagar até que alguém me esqueça...
PAI

Construção - Chico Buarque

(Intro) F#m7(b5/11)

B|9-/F# Em6 Em6/B


Amou daquela vez como se fosse a úl___tima
Em6 Em6/B Em6 Em6/B
Beijou sua mulher como se fosse a úl___tima
Em6 Em6/B
E cada filho seu como se fosse o único
Bb° Am7 Am/G F#m7(b5/11)
E atravessou a rua com seu passo tí___________mido

B|9-/F# Em6 Em6/B


Subiu a construção como se fosse má___quina
Em6 Em6/B Em6 Em6/B
Ergueu no patamar quatro paredes só___lidas
Em6 Em6/B
Tijolo com tijolo num desenho mágico
Bb° Am7 Am/G F#m7(b5/11)
Seus olhos embotados de cimento e lá___________grima

B|9-/F# Am6 Am6/E


Sentou pra descansar como se fosse sá___bado
Am6 Am6/E Am6 Am6/E
Comeu feijão com arroz como se fosse um prín___cipe
Am6 Am6/E F#m6
Bebeu e soluçou como se fosse um náu____frago
F#m7(b5/11)
Dançou e gargalhou como se ouvisse mú___________sica

B|9-/F# Em6 Em6/B


E tropeçou no céu como se fosse um bê___bado
Em6 Em6/B Em6 Em6/B
E flutuou no ar como se fosse um pá___ssaro
Em6 Em6/B
E se acabou no chão feito um pacote flácido
Bb° Am7 Am/G F#m7(b5/11)
Agonizou no meio do passeio pú___________blico

B|9-/F# Em6 Em6/B


Morreu na contramão atrapalhando o trá___fego

( Em6 Em6/B Em6 Em6/B )

Em6 Em6/B Em6 Em6/B


Amou daquela vez como se fosse o úl___timo
Em6 Em6/B Em6 Em6/B
Beijou sua mulher como se fosse a ú___nica
Em6 Em6/B
E cada filho seu como se fosse o pródigo
Bb° Am7 Am/G F#m7(b5/11)
E atravessou a rua com seu passo bê___________bado

B|9-/F# Em6 Em6/B


Subiu a construção como se fosse só___lido
Em6 Em6/B Em6 Em6/B
Ergueu no patamar quatro paredes má___gicas
Em6 Em6/B
Tijolo com tijolo num desenho lógico
Bb° Am7 Am/G F#m7(b5/11)
Seus olhos embotados de cimento e trá___________fego

B|9-/F# Am6 Am6/E


Sentou pra descansar como se fosse um prín___cipe

Am6 Am6/E Am6 Am6/E


Comeu feijão com arroz como se fosse o má___ximo
Am6 Am6/E F#m6
Bebeu e soluçou como se fosse má____quina
F#m7(b5/11)
Dançou e gargalhou como se fosse o pró___________ximo

B|9-/F# Em6 Em6/B


E tropeçou no céu como se ouvisse mú___sica
Em6 Em6/B Em6 Em6/B
E flutuou no ar como se fosse sá___bado
Em6 Em6/B
E se acabou no chão feito um pacote tímido
Bb° Am7 Am/G F#m7(b5/11)
Agonizou no meio do passeio nau___________frago

B|9-/F# Em6 Em6/B


Morreu na contramão atrapalhando o pú___blico

( Em6 Em6/B Em6 Em6/B )

Em6 Em6/B Em
Amou daquela vez como se fosse má__quina
Em(7M) Em7
Beijou sua mulher como se fosse ló___gico
Em6* Em(b6)
Ergueu no patamar quatro paredes flá______cidas
Em* E°
Sentou pra descansar como se fosse um pás__saro
Am7/E Em6/B
E flutuou no ar como se fosse um prín_____cipe
Bb° Am7 Am/G F#m7(b5/11)
E se acabou no chão feito um pacote bê___________bado
B|9-/F# Em6 Em6/B Em6 Em6/B Em6
Morreu na contramão atrapalhando o Sá___bado

Brejo da Cruz - Chico Buarque

C#6 E6 C#m6/E E°
A novidade que tem no Brejo da Cruz
D#7/9 G#7/4(9) G#7/9 C#6
É a criançada se alimentar de luz
A7/E
Alucinados, meninos ficando azuis
D#7/9 G#7/4(9) G#7/9 C#6
E desencarnando lá no Brejo da Cruz
F#6 Gm7(b5) G°(9)
Eletrizados, cruzam os céus do Brasil
B7/4(9) B7/9 E7M G#7/4(9) G#7(9/13)
Na ro_______doviária assumem formas mil

C#6 E6 C#m6/E E°
Uns vendem fumo, tem uns que viram Jesus
D#7/9 G#7/4(9) G#7/9 C#6
Mui_____to sanfoneiro, cego tocando blues
A7/E
Uns têm saudade e dançam maracatus
D#7/9 G#7/4(9) G#7/9 C#6
Uns atiram pedra, outros passeiam nus
C#6(9/#11) F#6 Gm7(b5) G°(9)
Mas há milhões desses seres que se disfarçam tão bem
B7/4(9) B7/9 E7M G#7/4(9) G#7(9/13)
Que nin_______guém pergunta de onde essa gente vem

C#6 E6 C#m6/E E°
São jardineiros, guardas noturnos, casais
D#7/9 G#7/4(9) G#7/9 C#6
São passageiros, bombeiros e babás
A7/E
Já nem se lembram que existe um Brejo da Cruz
D#7/9 G#7/4(9) G#7/9 C#6
Que e_____ram crianças e que comiam luz

C#6(9/#11) / / / / / / /

C#6 E6 C#m6/E E°
São faxineiros, balançam nas construções
D#7/9 G#7/4(9) G#7/9 C#6
São bilheteiras, baleiros e garçons
A7/E
Já nem se lembram que existe um Brejo da Cruz
D#7/9 G#7/4(9) C#6
Que e_____ram crianças e que comiam luz

C#6(9/#11) / / / / / / /

Andar Com Fé - Gilberto Gil

E6 B7 B7/4 B7 E6 B7 B7/4 B7 E6
Andar com fé eu vou,
B7 B7/4 B7
que a fé não cos-tuma "faiá"
E6
Andar com fé eu vou,
B7 B7/4 B7
que a fé não cos-tuma "faiá"
E6
Andar com fé eu vou,
B7 B7/4 B7
que a fé não cos-tuma "faiá"
E6
Que a fé tá na mulher
B7
A fé tá na cobra co-ral
A
Ô-ô
G#m7 F#m7 B7
Num peda-ço de pão
E6
A fé tá na maré
B7
Na lâmina de um pu-nhal
A
Ô-ô
G#m7 F#m7 B7/4 B7
Na luz, na escuridão
E6
Andá com fé eu vou
B7 B7/4 B7
Que a fé não cos-tuma "faiá"
E6
Andá com fé eu vou
B7 B7/4 B7
Que a fé não cos-tuma "faiá"
E6
A fé tá na manhã
B7
A fé tá no anoite-cer
A
Ô-ô
G#m7 F#m7 B7/4 B7
No calor do verão
E6
A fé tá viva e sã
B7
A fé também tá pra mor-rer
A
Ô-ô
G#m7 F#m7 B7/4 B7
Tris-te na solidão
E6
Andá com fé eu vou
B7 B7/4 B7
Que a fé não cos-tuma "faiá"
E6
Andá com fé eu vou
B7 B7/4 B7
Que a fé não cos-tuma "faiá"
E6
Andá com fé eu vou
B7 B7/4 B7
Que a fé não cos-tuma "faiá"
E6
Certo ou errado até
B7
A fé vai on-de quer que eu vá
A
Ô-ô
G#m7 F#m7 B7/4 B7
A pé ou de avião
E6
Mesmo a quem não tem fé
B7
A fé costuma acompa-nhar
A
Ô-ô
G#m7 F#m7 B7/4 B7
Pe-lo sim, pelo não
Tempo Rei - Gilberto Gil

Intr.: Em D C G G4 G G4

E|-------------------------------------8-7-5-----------------
B|---8--5-8--5-7--5-7-5----8--5-8--5---------8-7-5-----------
G|-------7----7----7---7-------7----7------------------------
D|-----------------------------------------------------------
A|-----------------------------------------------------------
E|-----------------------------------------------------------

D7/4(9) G/D % Bm
Não me iludo, tudo permanecerá de um jeito
A7/4
Que tem sido, transcorrendo, transformando
Am D7/4(9)
Tempo e espaço navegando todos os sentidos
G Bm
Pães de Açúcar, Corcovados
A E7/4 E7(9) A D7/4(9) D7(9)
Fustigados pela chuva e pelo eterno vento
G/D Bm
Água mole, pedra dura
A E7/4(9) E7(9) A D7/4(9) D7(9)
Tanto bate que não restará nem pensamento
G D7/4(9) D7(9) G D7/4(9) D7(9) G D7/4(9) D7(9) Em
D7/4(9) D7(9)
Tempo rei, ó tempo rei, ó tempo rei, transfor mai as velhas formas do viver
G D7/4(9) D7(9) G D7/4(9) D7(9) G D 7/4(9) D7 Em
F7M
Ensinai, ó Pai, o que eu ainda não sei, mãe senhora do Perpétuo socor rei

Pensamento, mesmo fundamento singular

Do ser humano, de um momento para o outro

Poderá não mais fundar nem gregos nem baianos

Mães zelosas, pais corujas

Vejam como as águas de repente ficam sujas

Não se iludam, não me iludo

Tudo agora mesmo pode estar por um segundo


Panis et Circences - Gilberto Gil

G C/E G C/E
Eu quis cantar, minha canção iluminada de sol
G C/E
Soltei os panos sobre os mastros no ar
G C/E
Soltei os tigres e os leões nos quintais
G C/E
Mas as pessoas na sala de jantar
D#4 D/F# G
São ocupadas em nascer e morrer

G C/E G C/E
Mandei fazer de puro aço luminoso punhal
G C/E
Para matar o meu amor e matei
G C/E
As 5 horas na Avenida Central
G C/E
Mas as pessoas na sala de jantar
D#4 D/F# G
São ocupadas em nascer e morrer

G C/G G C/G
Mandei plantar, folhas de sonho no jardim de solar
G C/G
As folhas sabem procurar pelo sol
G C/G
E as raizes procurar, procurar
G C/E
Mas as pessoas na sala de jantar
G C/E
Essas pessoas na sala de jantar
G C/E
São as pessoas na sala de jantar
G C/E
Mas as pessoas na sala de jantar
D#4 D/F# G
São ocupadas em nascer e morrer
Parabolicamará - Gilberto Gil

Intro: D C F C D

( D C )
Antes mundo era pequeno porque Terra era grande
Hoje mundo é muito grande porque Terra é pequena
F
Do tamanho da antena parabolicamará
( Bb C ) F (CD)
Ê volta do mundo camará,ê mundo da volta camará
(CD)
Antes longe era distante perto só quando dava
Quando muito ali defronte e o horizonte acabava
F
Hoje lá trás dos montes dendê em casa camará
( Bb C ) (CD)
Ê volta do mundo camará, ê ê mundo da volta camará
F C Bb C F C Bb C
De jangada leva uma eternidade, de saveiro leva uma encarnação
F C Bb C F C Bb C
De jangada leva uma eternidade, de saveiro leva uma encarnação
(CD)
Pela onda luminosa, leva o tempo de um raio
Tempo que levava rosa pra aprumar o balaio
F
Quando sentia que o balaio ia escorregar
( Bb C ) (CD)
Ê volta do mundo, camará, ê ê mundo da volta camará
(CD)
Esse tempo nunca passa não é de ontem nem de hoje
Mora no som da cabeça, nem tá preso nem foge
F
No instante que tange o berimbau, meu camará
( Bb C ) (CD)
Ê volta do mundo, camará, ê ê mundo da volta camará

uma eternidade, de saveiro leva uma encarnação


F C Bb C F C Bb C
De jangada leva uma eternidade, de saveiro leva uma encarnação
Bb C D ( Bb C D )
De avião o tempo de uma saudade
(C D )
Esse tempo não tem rédea vem nas asas do vento
O momento da tragédia, Chico Ferreira e Bento
Só souberam na hora do destino apresentar
Ê volta do mundo camará, ê ê mundo da volta camará ....
F C Bb C F C Bb C
De jangada leva

A Paz

Intro (4x):
Bm Bm/E / A7M F#m7 Bm7 E7

A7M F#m7 Bm7 E7


A paz invadiu o meu coração de repente
A7M F#m7 Bm7
Me encheu de paz como se o vento de um tufão
E7 C7M Am7 Bm7 E7
Arrancasse os meus pés do chão onde eu já não me enterro mais

A7M F#m7 Bm7


A paz fez um mar da revolução
E7 A7M F#m7 Bm7
Invadir o meu destino a paz como aquela grande explosão
E7 C7M Am7 Bm7 G7
De uma bomba sobre o Japão fez nascer o Japão na paz

C7M G/B Am7 Am7/G F#m7 G7


Eu pensei em mim eu pensei em ti eu cho---rei por nós
C7M G/B Am7 Am7/G F#m7 B7 F E7
Que contradição só a guerra faz nosso am---or em paz

A7M F#m7 Bm7 E7


Eu vim vim parar na beira do cais onde a estrada
A7M F#m7 Bm7
Chegou ao fim onde o fim da tarde é lilás
E7 C7M Am7 Bm7 E7
Onde o mar arrebenta em mim o lamento de tantos ais

( Bm7 E7 Bm7 E7 Bm7 E7 )

A7M F#m7 Bm7


A paz invadiu o meu coração...
Expresso 2222 - Gilberto Gil

C Bb F C
Começou a circular o Expres----so 2222
Em7 Dm7 G7 C
Que parte direto de Bonsucesso pra depois
Bb F C
Começou a circular o Expres----so 2222
Da Central do Brasil
Bb
Que parte direto de Bonsucesso
F C
Pra depois do a----no 2000
G7
Dizem que tem muita gen-----te de ago----ra
C
Se adiantan----do, partindo pra lá
G7
Pra 2001 e 2 e tem---po afo---ra
C G/F
Até onde es---sa estra---da do tempo vai dar
Em7 Am7
Do tempo vai dar
Dm7 G7 Dm7 G7 C
Do tempo vai dar, menina, do tempo vai
G7
Segundo quem já andou no Expres---so
C
Lá pelo ano 2000 fica a tal

G7
Estação final do per---curso-vida

C
Na terra-mãe concebi---da
G/F
De vento, de fogo, de água e sal
Em7 Am7
De água e sal
Dm7 G7
De água e sal
Dm7 G7 C
Ô, menina, de água e sal... COMEÇOU A CIRCULAR...
G7
Dizem que parece o bon---de do mor---ro
C
Do Corcova---do da---qui
G7
Só que não se pe---ga e en---tra e sen---ta e an---da
C G/F
O tri----lho é fei---to um bri---lho que não tem fim
Em7 Am7
Oi, que não tem fim
Dm7 G7
Que não tem fim
Dm7 G7 C
Ô, menina, que não tem fim
G7
Nunca se chega no Cris---to concre---to
C
De matéria ou qualquer coi---sa real
G7
Depois de 2001 e 2 e tem---po afo---ra
C G/F
O Cris---to é como quem foi visto subindo ao céu
Em7 Am7
Subindo ao céu
Dm7 G7 C
Num véu de nu-----vem brilhante subindo ao céu

Drão - Gilberto Gil


C7+ Dm7/9
|----------------------------|--------------3-----------|
|-----3--5-------------------|-----3--5--6-----5-4-5----|
|--5--------4--2--4----------|--5-----------------------|
|----------------------------|--------------------------|
|----------------------------|--------------------------|
|----------------------------|--------------------------|
|----------------------------|-------------------=------|

C7M Fm/C
Drão, o amor da gente é como um grão
Am Am7M
Uma semente de ilusão
Am7/9
Tem que morrer pra germinar
Ebo Dm7/9
Plantar n'algum lugar
C7+/9 E7/9b/13
Ressucitar no chão nossa semeadura
Am Gm7 C7/9b
Quem poderá fazer, aquele amor morrer
Fm6
Nossa caminha dura
F7M Fm6 F7M C7M Dm7/9
Dura caminhada, pela estrada escura

C7M Fm/C
Drão não pense na separação
Am Am7M
Não despedace o coração
Am7/9
O verdadeiro amor é vão
Ebo Dm7/9 C7+/9
Entende-se infinito, imenso monolito
E7/9b/13
Nossa arquitetura
Am7 Gm7 C7/9b
Quem poderá fazer, aquele amor morrer
Fm6 F7M Fm6
Nossa caminha dura, cama de tatame
C7M Dm7/9
Pela vida afora

C7+ Dm7/9
|----------------------------|--------------3-----------|
|-----3--5-------------------|-----3--5--6-----5-4-5----|
|--5--------4--2--4----------|--5-----------------------|
|----------------------------|--------------------------|
|----------------------------|--------------------------|
|----------------------------|--------------------------|
|----------------------------|-------------------=------|

C7M Fm/C
Drão os meninos são todos sãos
Am Am7M
Os pecados são todos meus
Am7/9
Deus sabe a minha confissão
Ebo Dm7/9
Não há o que perdoar
C7+/9
Por isso mesmo é que há
E7/9b/13
De haver mais compaixão
Am7 Gm7 C7/9b
Quem poderá fazer, aquele amor morrer
Fm6
Se o amor é como um grão
F7M C7M
Morre nasce trigo
Fm7M C7M Dm7/9
Vive morre pão
C7M
Drão, Drão

Eu Só Quero Um Xodó - Dominguinhos

(intro) G

G Em Bm
Que falta eu sinto de um bem
C D7 G
Que falta me faz um xodó
Em Bm
Mas como eu não tenho ninguém
C D7 G
Eu levo a vida assim tão só
Dm G
Eu só quero um amor
Dm A7
Que acabe o meu sofrer
Em A7
Um xodó pra mim
Em A7
Do meu jeito assim
C D7 G
Que alegre o meu viver

C7 G D7 G 3x

O que é, o que é - Gonzaguinha

Gm A7 Dm Dm/C
Eu fico com a pureza das respostas das crianças
Bb7 A7
É a vida! É bonita e é bonita!

(coro)
D F#7 Bm Bm/A G A7
Viver e não ter a vergonha de ser feliz
Em A7
Cantar, e cantar, e cantar
D
A beleza de ser um eterno aprendiz
A7 D D7
Ah, meu Deus! Eu sei
G
Que a vida devia ser bem melhor e será
Gm D B7
Mas isso não impede que eu repita
Em A7 D A7 (bis)
É bonita, é bonita e é bonita!

Dm D7 Gm
E a vida? E a vida o que é, diga lá , meu irmão?
Em5-/7 A7
Ela é a batida de um coração?
Em5-/7 A7 Dm
Ela é uma doce ilusão?

A7 Dm Dm7+ Dm7 Gm Gm7+ Gm7


Mas e a vida? Ela é maravilha ou é sofrimento?
Em5- A
Ela é alegria ou lamento?
Bb A7 Dm
O que é? O que é, meu irmão?

C7 C7/Bb F
Há quem fale que a vida da gente é um nada no mundo
Em5-/7 A7
É uma gota, é um tempo
Eb D7
Que nem dá um segundo
Gm Dm
Há quem fale que é um divino mistério profundo

Bb Bb7 A7
É o sopro do criador numa atitude repleta de amor
Em5-/7 A7
Você diz que é luta e prazer
Dm
Ele diz que a vida é viver
A7
Ela diz que melhor é morrer
Am5-/7 D7
Pois amada não é, e o verbo é sofrer
Gm
Eu só sei que confio na moça
Dm
E na moça eu ponho a força da fé
Bb7
Somos nós qu e fazemos a vida
A7
Como der, ou puder, ou quiser
Gm A7 Dm C7 F
Sempre desejada por mais que esteja errada
A A7/C# Dm Bb A7
Ninguém quer a morte só saúde e sorte
Em5-/7 A7 Dm C7 F D7/F#
E a pergunta roda, e a cabeça agita
Gm A7 Dm Dm/C
Fico com a pureza das respostas das crianças
Bb7 A7
É a vida! É bonita e é bonita!

(coro)

Lindo Lago de Amor - Gonzaguinha

Intro: Am7 Em7 Dm7 G7 C7M Bm7(b5) E7(b13)


Am7 F#m7(b5) F7/5-

Am7 Em7
E bem que viu o bem-te-vi
Dm7 G7 C7M
A sabiá sabia já
Bm7(b5) E7(b13) Am7
A lua só olhou pro sol
F#m7(b5) F7/5-
A chuva abençoou
Am7 Em7
O vento diz que ele é feliz
Dm7 G7 C7M
A águia quis saber
Bm7(b5) E7(b13) Am7
Porque, pourqué, porquois será
F#m7(b5) F7/5-
O sapo entregou
Am7 Em7
Ele tomou um banho d'água fresca
Dm7 G7 C7M Em7
No lindo lago do amor
Am7 Em7
Maravilhosamente clara água
Dm7 Em7 Bm7 Gm7
No lindo lago do amor

Guerreiro Menino - Gonzaguinha

Intro: Am7 D#º Em7+/9 Em/D C#m5-/7 F#5+/7 B4/7+ B7+

Am7
Um homem também chora
D7/9 D6/9 Em7
Menina morena
D#º
Também deseja colo
F#º Bm5-/7 E5+/7/9-
Palavras amenas
Am7
Precisa de carinho
Precisa de ternura
F#7
Precisa de um abraço
B5+/7/9- B7
Da própria candura
Am7
Guerreiros são pessoas
D#º Em7+/9
São fortes, são frágeis
D#º
Guerreiros são meninos
F#º Bm5-/7 E5+7/9-
No fundo do peito
Am7
Precisam de um descanso
Em7/9
Precisam de um remanso
F#7
Precisam de um sonho
B5+/7/9- B7
Que os tornem refeitos
Am7
É triste ver este homem
C/D G7+
Guerreiro menino
C7+/9 F#m5-/7
Com a barra de seu tempo
B4/7 B7 Bm5-/7 E5+/7/9-
Por sobre seus ombros
C D/C
Eu vejo que ele berra
Bm7
Eu vejo que ele sangra
Em7 F#7
A dor que traz no peito
B5+/7/9- B7
Pois ama e ama
Am7
Um homem se humilha
C/D G7+
Se castram seu sonho
C7+/9 F#m5-/7
Seu sonho é sua vida
B4/7 B7 Bm5-/7/9-
E a vida é trabalho
C D/C
E sem o seu trabalho
Bm7 Em7
Um homem não tem honra
F#7
E sem a sua honra
B5+/7/9- B7
Se morre, se mata
Am7
Não dá pra ser feliz
C/D G5+/7+
Não dá pra ser feliz
C7+ C6
Não dá pra ser feliz
B4/7 B7 Em7
Não dá pra ser feliz

Feliz - Gonzaguinha

Intro: C/D Bb/C Eb/F G/A

D7+ Fm7 Em7 G/A F#7/A#


Para quem bem viveu o amor
Bm7 F#5+/7
Duas vidas que abrem
Bm7 F#m/A
Não acabam com a luz
G#m5-/7 C#7/9- F#m7 A/B B7/9
São pequenas estrelas que correm no céu
D/E E7/9/11+ E7
Trajetórias opostas
Em7 Am7 D7/9
Sem jamais deixar de se olhar
G7+
É um carinho guardado
G/A F#m7 B7/9
Num cofre de um coração que voou
D/E E7/9/11+ E7
É um afeto deixado nas veias
Em7 Am7 D7/9
De um coração que ficou
G7+ G/A
É a certeza da eterna presença
F#m7 A/B B7/9
Da vida que foi, na vida que vai
D/E E7/9/11+ E7 Em7
É saudade da boa, feliz cantar
C#m5-/7 F#7 Bm Bm/A G#m5-/7 G7+
Que foi, foi, foi
Em5-/7 D7+ F#7/A
Foi bom e pra sempre será
Bm Bm/A G#m5-/7 G7+
Mais, mais, mais
Em7 G/A A7/9 D7+
Maravilhosamente a....mar

C#m5-/7 F#7 Bm Bm/A G#m5-/7 G7+


Que foi, foi, foi
Em5-/7 D7+ F#7/A
Foi bom e pra sempre será
Bm Bm/A G#m5-/7 G7+
Mais, mais, mais
Em7 G/A A7/9 D7+ G/A A7/9
Maravilhosamente a....mar

Espere por mim, morena - Gonzaguinha

G/B Am7 D7 G Gm/F Em D7

C G/B
Espere por mim, morena
Am7 D7 G
Espere que eu chego já
Gm/F Em7
O amor por você morena
Dm7 C
Faz a saudade me apressar
Bm5-/7 Am7 D7 G
Espere por mim, morena
Gm/F Em
Espere que eu chego já
D7 C
O amor por você, morena
D7 G
Faz a saudade me apressar
C Bm7 Am7 D7 G
Tira um sono na rede, deixa a porta encostada
Dm7 C Am7 D7
Que o vento da madrugada já me leva pra você
C Bm7 Am7 D7 G
E antes de acontecer, o sol a barra vir quebrar
Gm/F C3b Dm7 C
Estarei nos teus braços para nunca mais voar
Bm5-/7 Am7 G G/B Em7
E nas noites de frio serei o teu cobertor
Dm7 C Am7 D7
'Quentarei o teu corpo com meu calor
C Bm7 Am7 D7 G
Ah, minha santa, te juro, por Deus Nosso Senhor
Gm/F C 3b Dm7 C
Nunca mais minha morena vou fugir do teu amor
Bm5-/7 Am7 D7 G
Espere por mim, morena
Gm/F Em7
Espere que eu chego já
D7 G
O amor por você, morena
Dm7 C
Faz a saudade me apressar

Espere por mim, morena - Gonzaguinha

G/B Am7 D7 G Gm/F Em D7

C G/B
Espere por mim, morena
Am7 D7 G
Espere que eu chego já
Gm/F Em7
O amor por você morena
Dm7 C
Faz a saudade me apressar
Bm5-/7 Am7 D7 G
Espere por mim, morena
Gm/F Em
Espere que eu chego já
D7 C
O amor por você, morena
D7 G
Faz a saudade me apressar
C Bm7 Am7 D7 G
Tira um sono na rede, deixa a porta encostada
Dm7 C Am7 D7
Que o vento da madrugada já me leva pra você
C Bm7 Am7 D7 G
E antes de acontecer, o sol a barra vir quebrar
Gm/F C3b Dm7 C
Estarei nos teus braços para nunca mais voar
Bm5-/7 Am7 G G/B Em7
E nas noites de frio serei o teu cobertor
Dm7 C Am7 D7
'Quentarei o teu corpo com meu calor
C Bm7 Am7 D7 G
Ah, minha santa, te juro, por Deus Nosso Senhor
Gm/F C 3b Dm7 C
Nunca mais minha morena vou fugir do teu amor
Bm5-/7 Am7 D7 G
Espere por mim, morena
Gm/F Em7
Espere que eu chego já
D7 G
O amor por você, morena
Dm7 C
Faz a saudade me apressar

Alagoas - Djavan

C#7(#9) G7(13) C7(9/#11)


Ô Ma----ceió
A/G G#m7 G7 F#7 F7 E7M F#m7 Gº E/G#
É três mulé prum ho----me só
C#7(#9) G7(13) C7(9/#11)
Ô Ma----ceió
A/G G#m7 G7 F#7 B7(4/9) C7M(6)
É três mulé prum ho---------me só

E6(9) F#m7 G#m7 C#7(#9)


Eu fui batizado na capela do farol
F#7 A G#m7 C#7(#9) F#7 B7(9) 2x (B7(4/9) C7M)
Matriz de Santa Ri--ta, Ma-----ceió

E6(9) F#7 B7(9) G#m7


Mas foi beirando estrada abaixo que eu piquei a mula
C#7(#9) F#7 B7(9) Bm7
Disposto a colar um grau na escola da natura
E7(9) A7M D7(9) G#m7
Se alguém me perguntar não tenho nada a dizer
C#7(#9) F#7 B7(9)
Pois eu, pra me realizar, preciso morrer

E6(9) F#7 B7(9) G#m7


Mas foi beirando estrada abaixo que eu piquei a mula
C#7(#9) F#7 B7(9) Bm7
Disposto a colar um grau na escola da natura
E7(9) A7M D7(9) G#m7
Se alguém me perguntar não tenho nada a dizer
C#7(#9) F#7 B7(9)
Pois eu, pra me realizar, preciso morrer

E6(9) C#7(#9) F#7 B7(9) G#m7


Você me deu liberda----de, pra meu destino escolher
C#7(#9) F#7 B7(9) E6(9)
E quan-------do sentir saudades, poder chorar por você

C#7(#9) F#7 B7(9)


Não vê, mi-------nha ter--ra---mãe, que estou a me lamentar
G#m7 C#7(#9) F#7
É que eu fui condenado
D#m7(b5) G#7(b13) C#m7 G7 F#7 B7(9)
A viver do que cantar

E6(9) C#7(#9) F#7


A|------la, a-------la, ala
B7(9) E6(9)
Ala, Alago-----as
C#7(#9) F#7 B7(9) E6(9) C#7(#9) F#7 B7(9) C7M E7(#9)
A7(13) D7(#9) G7(13) B7(9)
A|-------la, ala, ala, Alago-----as

Açaí - Djavan

Intro.: D7M(omit3) / / / F° / / / Em7 / / / Bb(b5)/E / / /

D7M(omit3) F° Em7 Em/D


Solidão de manhã po---eira
Cadd9 A7(4/9) Bm7(11)
Toman---do assen--------to rajada de vento som de assombração
Bm(7M/11) Bm7(11) Bm6(11)
Co---ração
F#m7 B7(b9) E7 A7(4/9)
Sangrando toda pala----vra sã

D7M(omit3) F° Em7
A paixão puro afã místico
Em/D Cadd9 A7(4/9)
Clã de sereia castelo de areia
Bm7(11) Bm(7M/11) Bm7(11) Bm6(11)
Ira de tubarão ilusão
G7M A7(4/9) D7M/9
O sol brilha por si

E7 G(#11) D7M/F# F°(b13)


Açaí, guardiã, zum de besou......ro um imã
Em7 D7M/9
Branca é a tez da manhã
E7 G(#11) D7M/F# F°(b13)
Açaí, guardiã, zum de besou......ro um imã
Em7 D7M(omit3) / / / F° / / / Em7 / / / Bb(b5)/E / / /
Branca é a tez da manhã

D7M(omit3) F° Em7 Bb(b5)/E Em/D Cadd9


3ª||||1| |||||| |||||| |||||| |||||| ||||||
|||||| |||||| ||1||| ||2||| |||||| ||1|||
|2|||3 ||1|2| ||||23 |||34| |||||1 |2||34
|||4|| |||3|4 |||4|| |||||| |||2|| ||||||
|||||| |||||| |||||| |||||| ||||3| ||||||
Oooo Oooo Oooo Oooo Oooo O ooo

A7(4/9) Bm7(11) Bm(7M/11) Bm6(11) F#m7 B7(b9)


|||||| |||||| |||||| |||1|| |||||| ||1|2|
|||||| |1|2|| |1|||| |2|||| 1|234| |3|4||
||||1| ||||4| |||34| ||||4| |||||| ||||||
|||2|| |||||| |||||| |||||| |||||| ||||||
||3||| |||||| |||||| |||||| |||||| ||||||
0oooo O ooo O ooo O ooo O ooo Oooo

E7 D7M/9 G7M G(#11) D7M/F# F°(b13)


|||1|| |||||| |||||| |||||| |||||| 1||2||
|2|||| |||12| |||||| ||||1| 1||34| ||||3|
|||||| |||||| 1|||2| 2||||| |||||| ||||||
|||||| |||||| ||34|| |||3|| |||||| ||||||
|||||| |||||| |||||| ||4||| |||||| ||||||
Oooooo Oooo O ooo O ooo O ooo O ooo

Correnteza - Djavan

Intro: A°(7M) / / / / / / / D6 / Gm6(9)/A / D6 / Gm6(9)/A / D6 / Gm6(9)/A / D6 /


Gm6(9)/A /

D6 Gm6(9)/A D6 Gm6(9)/A Bm(7M)


A correnteza do rio vai levando aquela flor
Bm7 E7(9) A7(4/9) D6 / Gm6(9)/A /
O meu bem já está dormindo zombando do meu amor
D6 Gm6(9)/A D6 G6(9) D/F# Bm7*
Na barranceira do rio o ingá se debruçou e a fruta
E7(9/#11) Gm/A D6 Gm/A D6 /
Que era madura a correnteza levou, a correnteza levou
Gm/A G#m7(11) G7(#11) F#m7 F#m7(11) Gadd9
A correnteza levou, ah... e choveu uma semana
F#m7 F#m7(11) B7 B7(4) B7(9/#11) B7* Em7
E eu não vi o meu amor
Am7 Em7 Em6 Em(#5) A7(4/9) A7(9)
O barro ficou marcado aonde a boia-da passou

D6 Gm6(9)/A D6 Gm6(9)/A Bm(7M) Bm7


Depois da chuva passada céu azul se apresentou lá à beira
E7(9) A7(4/9) D6 Gm/A D6
Da estrada, vem vindo o meu amor vem vindo, vem vindo, vem vindo
Gm/A D6 Gm6(9)/A D6 G6(9) D/F#
Vem vindo A correnteza do rio vai levando aquela flor
Bm7* E7(9/#11) Gm/A D6 A7(4/9)
E eu adormeci sorrindo sonhando com nosso amor, sonhando
D6 A7(4/9) D6 / A7(4/9) / D6 / A7(4/9) /
Com nosso amor, sonhando, oh, dandá

D6 / A7(4/9) / G7M / / D/F# / / E7(9/#11) / / Gm/A / / D6 / Gm6(9)/A /

D6 / Gm6(9)/A / D6 Gm6(9)/A D6 Bm(7M)


A correnteza do rio vai levando aquela flor
Bm7 E7(9) A7(4/9) D6 / Gm6(9)/A /
O meu bem já está dormindo zombando do meu amor
D6 Gm6(9)/A D6 G6(9) D/F# Bm7*
Na barranceira do rio o ingá se debruçou e a fruta
E7(9/#11) Gm/A D6 Gm/A D6 /
Que era madura a correnteza levou, a correnteza levou
Gm/A G#m7(11) G7(#11) F#m7 F#m7(11) Gadd9
A correnteza levou, ah... e choveu uma semana
F#m7 F#m7(11) B7 B7(4) B7(9/#11) B7* Em7
E eu não vi o meu amor
Am7 Em7 Em6 Em(#5) A7(4/9) A7(9)
O barro ficou marcado aonde a boia-da passou

D6 Gm6(9)/A D6 Gm6(9)/A Bm(7M) Bm7


Depois da chuva passada céu azul se apresentou lá à beira
E7(9) A7(4/9) D6 A7(4/9) D6
Da estrada, vem vindo o meu amor vem vindo, o meu amor
A7(4/9) D6 A7(4/9) D6 A7(4/9) / D6 A7(4/9) D6
A7(4/9) G7M / / D6 /
Vem vindo, vem vindo, vem vindo oh, dandá Oh, dandá oh, dandá oh,
dandá oh, dandá

Capim - Djavan

F7M Abº
Capim do Vale Vara de goiabeira
Gm7 C7(9)
Na beira do rio Paro para me benzer
F7M Abº
Mãe d'Água sai um pouquinho desse seu leito ninho
Gm7 C7(9)
Que eu tenho um carinho para lhe fazer

F7M Abº
Capim do Vale Vara de goiabeira
Gm7 C7(9)
Na beira do rio Paro para me benzer
F7M Abº
Mãe d'Água sai um pouquinho desse seu leito ninho
Gm7 C7(9)
Que eu tenho um carinho para lhe fazer

F7M Abº Gm7 C7(9)


Pinhei ros do Pa raná que bom tê los
Eb7(9/#11) D7(4/9) D7(9) G7M
Como a reia no mar mangas do Pará
C7(4/9) C7(9) F7M Gm7 Am7 Dm7 Bm7(11)
Pitombeiras da Borborema a ema gemeu no tronco do Juremá

Bb7(#11) A7(9) / / /
Cacique perdeu mas lutou que eu vi
Cm7 F7(9)
Jari não é Deus mas acham que sim
Bm7(b5) E7/9- A7(9)
Que fim levou o amor?
D7(9) G7M C7(9)
Plantei um pé de fulô deu ca pim

Azul - Djavan

Gm7 C#º Dm7(9) F7(9) Bb7M A7(b13) Dm7(9)


Eu não sei se vem de Deus do céu ficar azul
Ab7(#4) Gm7 C#º Dm7(9) F7(9) Bb7M
Ou vi---rá dos olhos teus essa cor
Em7(b5) Ab7(#4) Gm7 C#º Dm7(9)
Que azuleja o di-----a se aca---so anoi--tecer
F7(9) Bb7M A7(b13) Dm7(9) Ab7(#4) Gm7
Do céu perder o azul entre o mar
C#º Dm7(9) F7(9) Bb7M Bb7M Em7(b5)
E o entar---decer... Alga mari--nha vá na

Ab7(#4) Gm7 C#º Dm7(9) F7(9)


Ma----------re|--si--a Buscar a------li

Bb7M A7(b13) Dm7(9) Ab7(#4) Gm7 C#º Dm7(9)


Um cheiro de azul es---sa cor não sai de mim

F7(9) Bb7M Bb7M A7(b13) Ab7(#4)


Bate e finca pé a sangue de rei até o sol nascer
Gm7 C#º Dm7(9) F7(9) Bb7M
Ama-relinho queimando, mansinho cedinho, cedinho
A7(b13) Dm7(9) Ab7(#4) Gm7 C#º
Cedinho corre e vá dizer pro meu benzinho

Dm7(9) F7(9) Bb7M A7(b13) Dm7(9)


Um dizer assim: O amor é a--zulzinho

Ab7(#4) Gm7 C#º Dm7(9) F7(9)


Até o sol nascer ama-relinho queimando, mansinho cedinho
Bb7M A7(b13) Dm7(9) Ab7(#4) Gm7 C#º
Cedinho, cedinho corre e vá dizer pro meu benzinho
Dm7(9) F7(9) Bb7M A7(b13) Dm7(9) Ab7(#4)
Um dizer assim: O amor é a--zulzinho

Eu te devoro - Djavan

(intro 2x) D7M Bm7(9) G7M Em7 A7

D7M Bm7(9)
Teus sinais me confundem da cabeça aos pés
G7M Em7
mas por dentro eu te devoro
D7+ Bm7(9)
Teu olhar não me diz exato quem tu és
G7M Em7 A7/4 A7
Mesmo assim eu te devoro, te devoraria
D7M Bm7(9)
A qualquer preço porque te ignoro ou te conheço
G7M Em7
quando chove ou quando faz frio
D7M Bm7(9)
Noutro plano te devoraria tal Caetano
G7M C7(9)
a Leonardo di Caprio... É um milagre

Bm7 F#m/A G7M


Tudo que Deus criou pensando em você
Bm7 F#m/A G7M(9)
Fez a Via-Láctea, fez os dinossauros
Bm7 F#/A G7M
Sem pensar em nada fez a minha vida
F#m7 G7M
E te deu

Bm7 F#/A G7M


Sem contar os dias que me faz morrer
Bm7 F#/A G7M(9)
Sem saber de ti jogado à solidão
Bm7 F#/A G7M
Mas se quer saber se eu quero outra vida...
F#m7 G7M(9)
Não, não

(repete tudo)

D7M Bm7(9) G7M Em7 A7(4)


Eu quero mesmo é viver, pra esperar, esperar devorar você... (2x)
D7M Bm7(9) G7M Em7 A7(4)
Viver, viver pra esperar você
D7M Bm7(9) G7M Em7 A7(4)
Meu viver é esperar você
D7M Bm7(9) G7M Em7 A7(4)
É esperar você
D7M Bm7(9) G7M Em7 Gm6

Farinha - Djavan

Dm7 Am7
A farinha é feita de uma planta da família
D7(9) G7(9)
Das euforbiáceas, euforbiáceas
Gm/F Em7(b5)
De nome manihot utilíssima
Gm/F Em7(b5)
Que um tio meu apelidou de macaxeira
C7(9) F7M A7 A7(4) 10 A7
E foi aí que todo mundo achou melhor!...

Dm7 Am7
A farinha tá no sangue do nordestino
D7(9) G7(9)
Eu já sei desde menino o que ela pode dar
C7(9) Gm7
E tem da grossa, tem da fina se não tem da quebradinha
C7(9) F7M
Vou na vizinha pegar

A7 Dm7
Pra fazer pirão ou mingau
A7 Dm7
Farinha com feijão é animal!
F7/C Bb7M
O cabra que não tem eira nem beira
D7 Gm7
Lá no fundo do quintal tem um pé de macaxeira

C7(9) F7M A7 Dm7


A macaxeira é popular é macaxeira pr`ali, macaxeira pra cá
Bb7M A7
E em tudo que é farinhada a macaxeira tá

F7M Gm7
Você não sabe o que é farinha boa
C7(9) F7M
Farinha é a que a mãe me manda lá de Alagoas!

Lambada de Serpente - Djavan

Intro.: ( F#m7(11) F#m7(11)/C# E ) 6x

F#m7(11) F#m7(11)/C# E
Cui--dar do pé de mi---lho

F#m7(11) F#m7(11)/C# E
Que demo----------ra na semen-----------te

F#m7(11) F#m7(11)/C# E
Meu pai dis--se: "Meu fi---lho

F#m7(11) F#m7(11)/C# E
Noite fri-----------a, tempo quen---te"

A(#11) E7M/G#
Lam-bada de serpen---------te
F#m7
A trai-ção me enfeitiçou

E A(#11) E7M/G#
Quem tem a--mor ausen---------te
F#m7 E
Já viveu a minha dor

F#m7(11) F#m7(11)/C# E
Do chão da minha ter----ra

F#m7(11) F#m7(11)/C# E
Um lamen-----------to de corren----------te

F#m7(11) F#m7(11)/C# E
Um grão de pé de guer----ra
F#m7(11) F#m7(11)/C# E
Pra colher den--te por den----te

A(#11) E7M/G#
Lam-bada de serpen---------te
F#m7
A trai-ção me enfeitiçou

E A(#11) E7M/G#
Quem tem a--mor ausen---------te
F#m7 F#m7(11) F#m7(11)/C# E
Já viveu a minha dor

As Rosas não Falam - Cartola

Introdução: Dm Dm/C E7 Gm A7 Dm ( Gm A7 )

Dm
Bate outra vez
Dm/C
....com esperanças
E7
o meu coração
Gm
Pois já vai terminando
A7 Dm ( Gm A7 )
o verão, enfim.
Dm Dm/C
Volto ao jardim
E7
na certeza que devo chorar

pois bem sei


Gm A7
que não queres voltar
Dm D7
para mim.
Gm
Queixo-me às rosas
Gm/F
mas que bobagem
Dm Dm/C
as rosas não falam
E7
simplesmente as rosas exalam
Gm A7
o perfume que roubam de ti ai...
Dm Dm/C
...Devias vir
E7
para ver os meus olhos tristonhos
Gm
e quem sabe sonhar
A7
com meus sonhos
Dm Gm A7 Dm
por fim

Pedras Que Cantam - Fagner

Intro: (G F#m Em D) (E D E D)

D F#m G
Quem é rico mora na praia mas quem trabalha nem tem onde morar
D F#m G
Quem não chora dorme com fome mas quem tem nome joga prata
D D4 D
noar
G D G D
Ô tempo duro no ambiente, ô tempo escuro na memória, o
G E/G# A
tempo é quente e o dragão é voraz...

G D G D
Vamos embora de repente, vamos embora sem demora,
G G# A D D7
vamos pra frente que pra trás não dá mais

G C G C G C
Pra ser feliz num lugar pra sorrir e cantar tanta coisa a
G G# A G F#m G
gente inventa, mas no dia que a poesia se arrebenta
F#m Em D
É que as pedras vão cantar

Solo: (G F#m Em D) (E D E D)

D F#m G
Quem é rico mora na praia mas quem trabalha nem tem onde morar
D F#m G
Quem não chora dorme com fome mas quem tem nome joga prata
D D4 D
noar
G D G D
Ô tempo duro no ambiente, ô tempo escuro na memória, o
G E/G# A
tempo é quente e o dragão é voraz...

G D G D
Vamos embora de repente, vamos embora sem demora,
G G# A D D7
vamos pra frente que pra trás não dá mais

G C G C G C
Pra ser feliz num lugar pra sorrir e cantar tanta coisa a
G G# A G F#m G
gente inventa, mas no dia que a poesia se arrebenta
F#m Em D
É que as pedras vão cantar

Solo: (G F#m Em D) (E D E D)

Borbulhas de Amor - Fagner

(intro) C#m F# C#m F#


B
Tenho um coração
F#
Dividido entre a esperança e a razão
C#m
Tenho um coração
E F# C#m F#
Bem melhor que não tivera
B
Esse coração
F#
Não consegue se conter ao ouvir sua voz
C#m
Pobre coração
E F# C#m F#
Sempre escravo da ternura
B
Quem dera ser um peixe
F#
Para em teu límpido aquário mergulhar
F# C#m
Fazer borbulhas de amor pra te encantar
E F# C#m F#
Passar a noite em claro, dentro de ti
B F#
Um peixe, para enfeitar de corais tua cintura
F# C#m
Fazer silhuetas de amor à luz da lua,
E F# C#m F#
Saciar essa loucura, dentro de ti

B
Canta coração
F#
Que esta alma necessita de ilusão
C#m
Sonha coração
E F# C#m F#
Não te enchas de amargura
B
Esse coração
F#
Não consegue se conter ao ouvir sua voz
C#m
Pobre coração
E F# C#m F#
Sempre escravo da ternura

REFRÃO...

G A7 F#m Bm A G
Uma noite para unir-nos até o fim
A7 F#m Bm A G
Cara a cara, beijo a beijo e viver
A7 B
Para sempre dentro de ti
Todo Azul do Mar - 14 Bis

Intro: E/A A E/A A D/A F#m7


C#m7 D7M A/C# Bm E4 E

E/A A E/A A D/A F#m7


Foi assim, como ver o mar
C#m7 D7M A/C# Bm E4 E
A primeira vez que os meus olhos se viram no seu olhar
E/A A E/A A D/A F#m7
Não tive a intenção de me apaixonar
C#m7 D7M A/C# Bm E4 E
Mera distração e já era momento de se gostar

D7M E/D A* D7M A9


Quando eu dei por mim nem tentei fugir
Bm7 C#/F F#m B4/7 B7 E4 E
Do visgo que me prendeu dentro do seu olhar
D7M E/D A* D7M A9
Quando eu mergulhei no azul do mar
Bm7 C#/F F#m B4/7 B7 E4 E
Sabia que era amor e vinha pra ficar

Intro: E/A A E/A A D/A F#m7


C#m7 D7M A/C# Bm E4 E (tempo igual aos 2 primeiros versos
da música)

E/A A E/A A D/A F#m7


Daria pra pintar todo azul do céu
C#m7 D7M A/C# Bm E4 E
Dava pra encher o universo da vida que eu quis pra mim

D7M E/D A* D7M A9


Tudo que eu fiz foi me confessar
Bm7 C#/F F#m B4/7 B7 E4 E
Escravo do teu amor, livre para amar
D7M E/D A* D7M A9
Quando eu mergulhei fundo nesse olhar
Bm7 C#/F F#m B4/7 B7 E4 E
Fui dono do mar azul, de todo azul do mar

E/A A E/A A D/A F#m7 E4 E


Foi assim, como ver o mar
E/A A E/A A D/A F#m7 E4 E
Foi a primeira vez que eu vi o mar
E/A A E/A A D/A F#m7 E4 E
Onda azul , todo azul do mar
E/A A E/A A D/A F#m7 E4 E
Daria pra beber todo azul do mar
E/A A E/A A D/A F#m7 E4 E
Foi quando eu mergulhei no azul do mar

Lágrimas de Diamantes - Paulinho Moska

Intr.: ( E(#11) //// C#m7(6)/G# // F#7(11) //)

B
Não se preocupe mais
E E9 E E(#11)
Com minha imperfeição
B
Não se pergunte mais
E E9 E E(#11)
Porque me disse... não
B
Se eu não procuro agora
E E9 E E(#11)
O que encontramos antes
B
Só porque a noite chora
E E9 E E(#11)
Lágrimas de diamantes

E(#11)
Hum... lágrimas de diamantes
À noite lágrimas de dia amantes
C#m7(6)/G#
De dia lágrimas, de noite amantes
F#7(11)
Lágrimas de diamantes

SOLO: ( E(#11) // C#m7(6)/G# / F#7(11) /)

B
Não se preocupe mais
E E9 E E(#11)
Com minha imperfeição
B
Não se pergunte mais
E E9 E E(#11)
Porque me disse não (não, não)
B
Se eu não procuro agora
E E9 E E(#11)
O que encontramos antes
B
Só porque a noite chora
E E9 E E(#11)
Lágrimas de diamantes

E(#11)
Hum... lágrimas de diamantes
À noite lágrimas de dia amantes
C#m7(6)/G# F#7(11)
De dia lágrimas, de noite amantes Lágrimas de diamantes

A Seta E O Alvo - Paulinho Moska

Intro: E

E E7+ E7
Eu falo de amor à vida, você de medo da morte
E6 E5+/A E
Eu falo da força do acaso e você, de azar ou sorte
E E7+ E7
Eu ando num labirinto e você, numa estrada em linha reta
E6 E5+/A E
Te chamo pra festa mas você só quer atingir sua meta

F#7(11) A7+ F#m7(11)


Sua meta é a seta no alvo
D9/F# A9 B11 E
Mas o alvo, na certa não te espera

E E7+ E7
Eu olho pro infinito e você, de óculos escuros
E6 E5+/A E
Eu digo: "Te amo" e você só acredita quando eu juro
E E7+ E7
Eu lanço minha alma no espaço, você pisa os pés na terra.
E6 E5+/A E
Eu experimento o futuro e você só lamenta não ser o que era

F#7(11) A7+ F#m7(11)


E o que era ? Era a seta no alvo
D9/F# A9 B11 E (E E7+ E7 E6 C7M/E E)
Mas o alvo, na certa não te espera

E E7+ E7
Eu grito por liberdade, você deixa a porta se fechar
E6 E5+/A E
Eu quero saber a verdade, e você se perocupa em não se machucar
E E7+ E7
Eu corro todos os riscos, você diz que não tem mais vontade
E6 E5+/A E
Eu me ofereço inteiro, e você se satisfaz com metade

F#7(11) A7+ F#m7(11)


É a meta de uma seta no alvo
D9/F# A9 B11 C#m7
Mas o alvo, na certa não te espera

F#7(11) A9
Então me diz qual é a graça
E/G# G9(13)
De já saber o fim da estrada
F#m7(11) A/B E
Quando se parte rumo ao nada ? (Solo) Sempre a meta...

O Último Dia - Paulinho Moska

(intro) D9 Dm9/F A7(11) A7 Bb Gm7 Dm7 C6 Bm7(b5) Bb7(13) A7(11) A7

D9
Meu amor
Dm9/F A7(11) A7
O que você faria se só te restasse um dia?
D9 Dm9/F
Se o mundo fosse acabar
A7(11) A7
Me diz, o que você faria?

Bb Gm7
Ia manter sua agenda
Dm7 C6
de almoço, hora, apatia?
Bm7(b5) Bb7(13)
Ou esperar os seus amigos
A7(11) A7
Na sua sala vazia?

D9
Meu amor
Dm9/F A7(11) A7
O que você faria se só te restasse esse dia?
D9 Dm9/F
Se o mundo fosse acabar
A7(11) A7
Me diz, o que você faria?

Bb Gm7
Corria prum shopping center
Dm7 C6
Ou para uma academia?
Bm7(b5) Bb7(13)
Pra se esquecer que não dá tempo
A7(11) A7
Pro tempo que já se perdia?

D9
Meu amor
Dm9/F A7(11) A7
O que você faria se só te restasse esse dia?
D9 Dm9/F
Se o mundo fosse acabar
A7(11) A7
Me diz, o que você faria?

(repete intro)

Bb Gm7
Andava pelado na chuva?
Dm7 C6
Corria no meio da rua?
Bm7(b5) Bb7(13)
Entrava de roupa no mar?
A7(11) A7
Trepava sem camisinha?

D9
Meu amor
Dm9/F A7(11)
O que você faria, hein?
A7
O que você faria?
Bb Gm7
Abria a porta do hospício?
Dm7 C6
Trancava a da delegacia?
Bm7(b5) Bb7(13)
Dinamitava o meu carro?
A7(11) A7
Parava o tráfego e ria?

D9
Meu amor
Dm9/F A7(11) A7
O que você faria se só te restasse esse dia?
D9 Dm9/F
Se o mundo fosse acabar
A7(11) A7
Me diz, o que você faria?

D9
Meu amor
Dm9/F A7(11)
O que você faria?
A7
O que você faria?
Bb Gm7
Se o mundo fosse acabar
Dm7 C6
Me diz o que você faria
Bm7(b5) Bb7(13)
Me diz o que você faria
A7(11) A7
Me diz o que você faria... ah ah ah ah...

Linha do Equador - Djavan


Intro: E7M F#m7 E7M F#m7 E7M F#m7 E7M F#m7

Primeira Parte:
E7M F#m7
Luz das estrelas laço do infinito
G#m7 F#m7
Gosto tanto dela assim
E7M F#m7
Rosa amarela voz de todo grito
G#m7 Gm7(13)
Gosto tanto dela assim

F#m7 E7M
Esse imenso, desmedido amor

Vai além de seja o que for
F#m7 E7M
Vai além de onde eu vou, do que sou,

Minha dor, minha linha do equador
F#m7 E7M
Esse imenso, desmedido amor

Vai além de seja o que for
F#m7
Passa mais além do

E7M
Céu de brasília
F#m7
Traço do arquiteto
G#m7 F#m7
Gosto tanto dela assim
E7M F#m7
Gosto de filha música de preto
G#m7 Gm7(13)
Gosto tanto dela assim

F#m7 E7M
Essa desmesura de paixão

É loucura do coração
F#m7 E7M
Minha Foz do Iguaçu Pólo Sul, meu azul

Luz do sentimento nu
F#m7 E7M
Esse imenso, desmedido amor

Vai além de seja o que for

F#m7 E7M
Vai além de onde eu vou, do que sou,
G° G#m7
Minha dor, minha linha do equador
C#m7 A7M
Mas é doce morrer nesse mar
Am6 Am7M(9) Am6 G#m7
De lembrar e nunca esquecer
C#m7 A7M
Se eu tivesse mais alma pra dar
Am6 Am7M(9) Am6
Eu daria, isso pra mim é viver

E7M F#m7 G#m7 F#m7 (2x)

E7M
Céu de brasília
F#m7
Traço do arquiteto
G#m7 F#m7
Gosto tanto dela assim
E7M F#m7
Gosto de filha música de preto
G#m7 Gm7(13)
Gosto tanto dela assim

Segunda Parte com variação na letra:


F#m7 E7M
Essa desmesura de paixão

É loucura do coração
F#m7 E7M
Minha Foz do Iguaçu Pólo Sul, meu azul

Luz do sentimento nu
F#m7 E7M
Esse imenso, desmedido amor

Vai além de seja o que for
F#m7 E7M
Vai além de onde eu vou, do que sou,
G° G#m7
Minha dor, minha linha do equador

C#m7 A7M
Mas é doce morrer nesse mar
Am6 Am7M(9) Am6 G#m7
De lembrar e nunca esquecer
C#m7 A7M
Se eu tivesse mais alma pra dar
Am6 Am7M(9) Am6
Eu daria, isso pra mim é viver................... E7M F#m7 G#m7 F#m7...

Oceano - Djavan

D G7M A7
Assim que o dia amanheceu
A#° Bm Bm7M
Lá no mar alto da paixão
Bm7 Bm6 Am7 D7(9)
Dava pra ver o tempo ruir
Gm7 C7(9) F#m7
Cadê você, que solidão
B7(9-) E7(9) A7(4)
Esquecera de mim

D G7M A7
Enfim, de tudo que há na terra
A#° Bm Bm7M
Não há nada em lugar nenhum
Bm7 Bm6 Am7 D7(9)
Que vá crescer sem você chegar
Gm7 C7(9) F#m7
Longe de ti tudo parou
B7(9-) E7(9) A7(4)
Ninguém sabe o que eu sofri

Dm C7(4/9) F7M Em7(5-) A7(13-)


Amar é um deserto e seus temores
Dm C7(4/9) F7M
Vida que vai na sela dessas dores
Gm7 Am7 Bb7M Em7(9) A7(13-)
Não sabe voltar, me dá teu calor

Dm C7(4/9) F7M Em7(5-) A7(13-)


Vem me fazer feliz porque eu te amo
Dm C7(9) F7M
Você deságua em mim e eu oceano
Gm7 Am7 Bb7M Em7(5-) A7(13-)
Me esqueço que amar é quase uma dor

D F7M G7M C D F7M G7M C D


Só sei vi___ver se for por vo__cê

Samurai - Djavan

Intro 2x: E7M Gº G#m7 C#7(9) E7M Gº G#m7 B7(13) B5(7/9)


E7M Gº G#m7 C#7(9) E7M Gº G#m7 B7(9)

E7M Gº G#m7 C#7(9)


Ai... quanto querer
E7M Gº G#m7 B7(9)
Cabe em meu cora__ção
E7M Gº G#m7 C#7(9)
Ai... me faz sofrer
E7M Gº G#m7 B7(13) B5(7/9)
Faz que me mata e se não mata fere

( E7M Gº G#m7 C#7(9) E7M Gº G#m7 B7(13) B5(7/9) )

E7M Gº G#m7 C#7(9)


Vai... sem me dizer
E7M Gº G#m7 B7(9)
Na casa da paixão
E7M Gº G#m7 C#7(9)
Sai... quando bem quer
E7M Gº G#m7 B7(13) B5(7/9)
Traz uma praga e me afaga a pele

( E7M Gº G#m7 C#7(9) E7M Gº G#m7 C#7(13) B7(13) )

E7M Gº G#m7 C#7(9)


Crescer luar pra iluminar
A7M G7M F#m7 B7(9) (passagem)
As trevas fundas da paixão
E7M Gº G#m7 C#7(9)
Eu quis lutar contra o poder do amor
A7M A#m7(5-)
Caí nos pés do vencedor
D#7(9-) E7M Gº
Para ser um serviçal de um samurai
G#m7 C#7(9)
Mas eu tô tão feliz
E7M Gº G#m7 C#7(13) B7(13)
Dizem que o amor atrai

E7M Gº G#m7 C#7(9) E7M Gº G#m7 B7(13) B5(7/9)


E7M Gº G#m7 C#7(9) E Gº G#5(7/9/11)

Sina - Djavan

A D/A
Pai e mãe, ouro de mina
A G#m7(11) C#7(9-)
Coração, desejo e sina
F#m7 C#m7 D7M
Tudo mais, pura rotina, jazz
D#°
Tocarei seu nome prá poder
A
Falar de amor
D/A A
Minha princesa, art-nouveau
G#m7(11) C#7(9-) F#m7
Da natureza, tudo o mais
C#m7 D7M D#°
Pura beleza, jazz

E4(7/9) D4(7/9) D7(9) C#7(9+) C#7(9-/13-) F#m7


A luz de um grande prazer é irre___medi___ável neon
E4(7/9) D4(7/9) E4(7/9)
Quando o grito do prazer açoitar o ar, reveillon

A D/A
O luar, estrela do mar
A G#m7(11) C#7(9-)
O sol e o dom, quiçá, um dia a fúria
F#m7
Desse front virá lapidar
C#m7 D7M
O sonho até gerar o som
E4(7/9)
Como querer caetanear o que há de bom

Maçã - Djavan

D6/9 C7(9)
Subi ladei--ra nas carrei--ra
D6/9 G7(#11)
Te a--mei des--filadeiro abai-------xo
F#m7 F° Em
Encalacrei no lodo, na lama
A7(4/9) D7M(9) D6(9) G7 / Gm7 / C7(9)
Na areia movedi--ça da carí---cia hu------mana

D6/9 C7(9)
O chão brilha--va a ca--sa ri--a
D6/9 G7(#11)
Clare|--ava o dia e eu nos teus bra--ços
F#m7(11) F° Em
E viajei fui bater na Espanha
A7(4/9) F#m7 F°
Com o cheiro que você tem me embriaguei
Em F#7(b13) G7M
Destruí Casablanca e me revoltei contra a Ni--carágua
A/G F#m7(b5) / F#m7(11) / F#m7 / B7(b9) /
Após me a--tolar lá no I---------rã

G7M A/G F#m7 / F#m7(11) /


Teu beijo é No--va York o que quer dizer maçã

B7(b9) / B7(#9) B7(9) B7(b9) B7 G7M F#7(b13)


Como é bom te querer
Bm7 E7(9)
Acordei ta------va fri--o

G7M C7(9) D7M(9) Ab7(#11)


Dei a vol--ta e voltei pro Ri-------o
G7M C7(9) D6(9) Am7 D7(9)
Dei a vol--ta e voltei pro Ri------o

G7M C7(9) D6(9) Ab7(#11)


Dei meia-volta e voltei pro Ri-----o
G7M C7(9) D6(9)
Dei a vol--ta e voltei pro Ri--------o

Flor de Lis - Djavan

(intro 4x) C7M(9) Fm6

C7M(9) Bm7(5-) E7(13-)


Valei-me, Deus! É o fim do nosso amor
Am7(9) D7(13)
Perdoa, por favor
Gm7 C7(9)
Eu sei que o erro aconteceu
F#m7(5-) B7(9-)
Mas não sei o que fez
Bb7M A7(13-)
Tudo mudar de vez
F#m7(5-) B7(9-)
Onde foi que eu errei?
Em7(9) A7(13-)
Eu só sei que amei, que amei
D7(9) G4(7/9) G7(9-)
Que amei, que amei

C7M(9) Bm7(5-) E7(13-)


Será talvez, que minha ilusão
Am7(9) D7(13)
Foi dar meu coração
Gm7
Com toda força
C7(9) F#m7(5-) B7(9-)
Pra essa moça me fazer feliz

Bb7M A7(13-)
e o destino não quis
F#m7(5-) B7(9-)
Me ver como raiz
Em7(9) A7(13-)
De uma flor de lis
Am6
E foi assim que eu vi
Fm6 C7M(9) E7(9+)
Nosso amor na poeira, poeira
Am7(9) E/G# Gm7
Morto na beleza fria de Maria

C7(9) F7M
e o meu jardim da vida
Bb7(9) Em7(9)
Ressecou, morreu
A7(13-) D7(9)
Do pé que brotou Maria
G4(7/9) G7(9-) Gm7 C6(9) ( C7M(9)
Fm6 ) (2x)
Nem mar________garida nasceu (3X) nasceu

Papel Marché

Intro.: F6(9) / Dm7(9/11) / C7M(#5) /A7(b13) / D7(9/#11) / G7(9/13) /


Db7(#9) /C7M / C7(4/9) C7(b9) / Violão: Afinar a 6ª corda em RÉ

F6(9) / / Dm7(9/11) / / C7M(#5)


Cores do mar festa do sol vida é fazer
A7(9) A7(b13) / Fm7(9/11) / / G7(9/13) /
Todo sonho brilhar ser feliz no teu colo dormir
Db7(#9) / C7M / Em7/B / Am7(9) /
E depois acordar sendo seu colorido
D7(9/#11) / G7(9/13) Db7(#9) C7M / / / C7(4/9) / C7(b9) /
Brinquedo de papel machê

F6(9) / / Dm7(9/11) / / C7M(#5)


Cores do mar festa do sol vida é fazer
A7(9) A7(b13) / Fm7(9/11) / / G7(9/13) /
Todo sonho brilhar ser feliz no teu colo dormir
Db7(#9) / C7M / Em7/B / Am7(9) / D7(9/#11) /
E depois acordar sendo seu colorido brinquedo
G7(9/13) Db7(#9) C7M / / / E7(b9/13) E7(13) E7(b13) E7
De papel machê

Am(7M) F6(9) / / / Dm7(9/11) / / /


Dormir no teu colo é tornar a nascer violeta e azul
Em7 / A7(9-/13) / / / F6(9) / / Dm7(9/11) /
Outro ser luz do querer não vai desbotar lilás
// C7M(#5) /// A7(b13) ///
Cor do mar seda cor de baton arco-íris crepom
D7(9) / D7(9/#11) / G7(9/13) / Db7(#9) / C7M / / /
Nada vai desbotar brinquedo de papel machê

E7(b9/13) E7(13) E7(b13) E7

Am(7M) F6(9) / / / Dm7(9/11) / / /


Dormir no teu colo é tornar a nascer violeta e azul
Em7 / A7(9-/13) / / / F6(9) / / Dm7(9/11) /
Outro ser luz do querer não vai desbotar lilás
// C7M(#5) /// A7(b13) ///
Cor do mar seda cor de baton arco-íris crepom
D7(9) / D7(9/#11) / G7(9/13) / Db7(#9) / C7M / / /
Nada vai desbotar brinquedo de papel machê

C7(4/9) / C7(b9) / F6(9) / / / Dm7(9/11) / / / C7M(#5) / / / A7(b13)


/ / / D7(9/#11) / / / G7(9/13) / Db7(#9) / C7M / / / C7(4/9) / C7(b9) /
F6(9) / / / Dm7(9/11) / / / C7M(#5) / / / A7(b13) / / / D7(9/#11) / / /
G7(9/13) / Db7(#9) / Bb7(9/#11) / A7(9-/13) / D7(9/#11) / Db7(#9) / C7M

Um Dia de Domingo - Tim Maia

E Abm
Eu preciso te falar
F#m B7 E
Te encontrar de qualquer jeito
Abm
Pra sentar e conversar
F#m B7 E
Depois andar de encontro ao vento
C#7 F#m
Eu preciso respirar
B7
O mesmo ar que te rodeia
Abm
E na pele eu quero ter
C#m
O mesmo sol que te bronzeia
F#m
Eu preciso te tocar
B7
E outra vez te ver sorrindo
E ( E7 )
E voltar num sonho lindo
C#7 F#m
Já não dá mais pra viver
B7
Um sentimento sem sentido
E
Eu preciso descobrir
Ab C#m
A emoção de estar contigo
F#m
Ver o sol amanhecer
B7
E ver a vida acontecer
E
Como um dia de domingo
A B Abm
Faz de conta que ainda é cedo
F#m B7 E
Tudo vai ficar por conta da emoção
A B Abm
Faz de conta que ainda é cedo
F#m B7 E
E deixar falar a voz do coração

Morena Tropicana - Alceu Valença

Intro: Bm F#m Em F#7 Bm

Bm F#m
Da manga rosa quero o gosto e o sumo
Em F#7 Bm
Melão maduro, sapoti, juá
F#m
Jaboticaba, teu olhar noturno
Em F#7 Bm
Beijo travoso de umbú cajá
A G D
Pele macia é carne de caju
A G D
Saliva doce, doce mel, mel de uruçú

C#m7(b5) F#7 Bm
Linda morena, fruta de vez temporana
Bm/F# C#m7(b5) F#7 Bm
Caldo de cana caiana, vem me desfrutar

Bm F#m
Morena tropicana, eu quero o teu sabor
Em F#7 Bm
oi, oi, oi, oi

________________________________________________________________________________

Como Dois Animais - Alceu Valença

B7 E B7 E
Uma moça bonita de olhar agateado
B7 E B7 E B7 E B7 E
Deixou em pedaços meu coração
B7 E B7 E
Uma onça pintada e seu tiro certeiro
B7 E B7 E B7 E B7 E
Deixou os meus nervos de aço no chão

B Abm C#m Abm


Foi mistério e segredo e muito mais
B Abm C#m Abm
Foi divino brinquedo e muito mais
A B7 (E B7)
Se amar como dois animais

Saigon - Emilio Santiago

Intro.: D7M / D7M(#5) / D7M(6) / D7M(#5) /


D7M / D7M(#5) / D7M(6) / D7M(#5)

/ D7M / D7M(#5) / D7M(6) / D7M(#5)


Tantas palavras meias palavras
/ F#m7(b5) / B7(b9) / Em(7M/9) / Em7(9) /
Nosso apartamento um pedaço de Saigon
A7(4/9) / A7(9) / D7M / A7(4/9)
Me disse adeus no espelho com batom

/ D7M / D7M(#5) / D7M(6) / D7M(#5) /


Vai minha estrela iluminando
/ F#m7(b5) / B7(b9) / Em(7M/9) / Em7(9) /
Toda esta cidade como o céu de luz neon
A7(4/9) / A/G / F#7(#5) / B7(b9) /
Seu brilho silencía todo som

Gm7 / C7(9) / F7M / Bb7M / A7(4/9) /


As vezes você anda por aí brinca de se entregar
A7(9) / D7M / D7(b9) /
Sonha pra não dormir

Gm7 / C7(9) / F7M / Bb7M / A7(4/9) /


E quase sempre eu penso em te deixar e é só você chegar

/ D7M D7M(#5) D7M(6) D7M Em7 F#m7 G7M / G6 /


Pra eu esquecer de mim A|---noi-te|---ceu

G#m7(b5) / C#7(b9) / C7M / / /


Olho pro céu e vejo como é bom
B7(4) / B7 / Em7 F#m7 G7M F#m7 Em7 / A7(4/9)
Ter as estrelas na escuridão espero você voltar

/ D7M D7M(#5) D7M(6) D7M Em7 F#m7 G7M / G6 /


Pra Saigon A|---noi-te|---ceu

G#m7(b5) / C#7(b9) / C7M / / /


Olho pro céu e vejo como é bom
B7(4) / B7 / Em7 F#m7 G7M F#m7 Em7 / A7(4/9)
Ter as estrelas na escuridão espero você voltar
D7M / D7M(#5) / D7M(6) / D7M(#5)
Pra Saigon

Desde que o Samba é Samba - Caetano Veloso

D6(9) A7(13) D6(9) / D7(9) /


A tristeza é senhora
G7M C7(9) F#7(13) / B7(9) /
Desde que o samba é samba é assim
Em7(9) A7(13) Bm7 / Bm7/A /
A lágrima clara sobre a pele escura
E7(9) A7(9) / A7(13) /
A noite e a chuva que cai lá fora

D6(9) A7(13) D6(9) / D7(9) /


Solidão apa-----vora
G7M C7(9) F#7(13) / B7(b9)
Tudo demorando em ser tão ruim
Em7(9) A7(13) Bm7 E7(9) /
Mas alguma coisa acontece no quando agora em mim
Em7(9) A7(13) D6(9) / A7(9) /
Cantando eu mando a tristeza embora

D6(9) A7(13) D6(9) / D7(9) /


A tristeza é senhora
G7M C7(9) F#7(13) / B7(9) /
Desde que o samba é samba é assim
Em7(9) A7(13) Bm7 / Bm7/A /
A lágrima clara sobre a pele escura
E7(9) A7(9) / A7(13) /
A noite e a chuva que cai lá fora

D6(9) A7(13) D6(9) / D7(9) /


Solidão apa-----vora
G7M C7(9) F#7(13) / B7(b9)
Tudo demorando em ser tão ruim
Em7(9) A7(13) Bm7 E7(9) /
Mas alguma coisa acontece no quando agora em mim
Em7(9) A7(13) D6(9) / /
Cantando eu mando a tristeza embora

Em7(9) F#7(b13) Bm7 C#7(b9)


O samba ainda vai nascer o samba ainda não chegou
F#m7 B7 Bm7 E7(9)
O samba não vai morrer veja o dia ainda não raiou

Em7(9) F#7(b13) Bm7 G#°


O samba é o pai do prazer o samba é o filho da dor
F#m7 B7(b9) E7(13) E7(b13) Em7(9)
O grande poder transforma---dor

A7(9) D6(9)
A tristeza...
Em7(9) A7(9) D6(9) / B7(#9) / D6(9)
Cantando eu mando a tristeza embora

Gatas extraordinárias - Caetano Veloso

E7M(9)
O amor me pegou
Bm7 E7(9)
E eu não descanso enquanto não pegar
A7M
Aquela criatura
Am6
Saio na noite a procura
G7M
O batidão do meu coração
C7M(9)
Na pista escura
C#m7(b5) F#7(b13) F#m7 B7(b9)
Se pego, ui Me entrego e fui

Em7(9)
Será que ela quererá
F#m7(11)
Será que ela quer
B7(b13)
Será que meu sonho influi
Em7(9)
Será que meu plano é bom
F#m7(11)
Será que é no B7(b13)
Será que ele se conclui
Bm7 E7(9)
E as gatas extraordinárias
A7M Am6
Que andam nos meios onde ela flui

G7M Gm6
Será que ela evolui Será que ela evolui
F#m7
E se ela evoluir

B7(b9)
Será que isso me inclui
E7M(9)
Tenho que pegar, tenho que pegar
A7(13)
Tenho que pegar essa criatura
E7M(9)
Tenho que pegar, tenho que pegar
A7(13)
Tenho que pegar

Tarde em Itapuã - Vinícius de Morais

Gm7 C7/9
Um velho calção de banho
Gm7 Gm7/F Em7(b5) A7(b13)
o dia prá vadiar
Dm7 G7(13)
um mar que não tem tamanho
Cm7 Cm/Bb Am7(b5) D7(b9)
um arco-íris no ar.
Gm7 C7/9
Depois da praça Caymmi
Gm7 Gm7/F Em7(b5) A7(b13)
sentir preguiça no corpo
Dm7 G7(13)
e numa esteira de vime
Cm7 Cm/Bb Am7(b5) D7(b9)
beber uma‘gua de coco.

G6 Am7 Bm7 Am7 Bb7M


É bom... passar a tarde em Itapuã ao sol que arde em Itapuã
Eb7/9 Am7 D7/9 G6
Ouvindo o mar de Itapuã falar de amor em Itapuã
Am7 Bm7 Am7 Bb7M
passar a tarde em Itapuã ao sol que arde em Itapuã
Eb7/9 Am7 D7/9
Ouvindo o mar de Itapuã falar de amor em Itapuã
Gm7 C7/9
Enquanto o mar inaugura
Gm7 Gm7/F Em7(b5) A7(b13)
um verde novinho em folha
Dm7 G7(13)
argumentar com doçura
Cm7 Cm/Bb Am7(5b) D7(b9)
com uma cachaça de rolha.
Gm7 C7/9
E com o olhar esquecido
Gm7 Gm/F Em7(b5)
no encontro de céu e mar
A7(b13) Dm G7(13) Cm7 Cm/Bb Am7(5b) D7(b9) G6
Am7
bem devagar e sentindo a terra toda rodar................................. É bom...
passar a tarde em

Gm7 C7/9
Depois sentir o arrepio
Gm7 Gm7/F Em7(b5) A7(b13)
do vento que a noite traz
Dm7 G7(13)
e o diz-que-diz macio

Cm7 Cm/Bb Am7(b5) D7(b9)


que brota dos coqueirais.

Gm7 C7/9
E nos espaços serenos
Gm7 Gm7/F Em7(b5) A7(b13)
sem ontem nem amanhã
Dm7 G7(13) Cm7 Cm/Bb Am7(5b) D7(b9)
dormir nos braços morenos da lua de Itapoã.

G6 Am7 Bm7 Am7 Bb7M


É bom... passar a tarde em Itapuã ao sol que arde em Itapuã
Eb7/9 Am7 D7/9 G6
Ouvindo o mar de Itapuã falar de amor em Itapuã
Am7 Bm7 Am7 Bb7M
passar a tarde em Itapuã ao sol que arde em Itapuã
Eb7/9 Am7 D7/9
Ouvindo o mar de Itapuã falar de amor em Itapuã
Luz do Sol - Caetano Veloso

D6/9 Bm7
luz do sol
D7/9 G7M/9 Gm6
que a folha traga e traduz
F#m7/9 B7/9
em verde de novo
Bb7+ D7+
em folha, em graça , em vida em força, em luz
D6/9 Bm7 D7/9 G7+ Gm7
céu azul que venha até onde os pés
F#m7/9 B7/9 Bb7+ D7+ D7/4(9) D7+
tocam na terra e a terra inspira e exala seus azuis
G7M
reza, reza o rio ,
Gm6 D7+/9
córrego pro rio, rio pro mar
G7M Gm6 D7+/9
reza correnteza , roça a beira a doura areia
C#m7/13 C7/13
marcha um homem sobre o chão
Bm7 Bm6
leva no coração uma ferida acesa
Em7/9 A7(13)
dono do sim e do não
D7+/9
diante da visão da infinita beleza
Abm7(5b) G7(#11) F#m7 B7/9
finda por ferir com a mão essa delicadeza coisa mais querida
E7/9 Em7 A7/9
a gló.....ria da vi da
D6/9 Bm7
luz do sol
D7/9 G7M/9 Gm6
que a folha traga e traduz
F#m7/9 B7/9
em verde de novo
Bb7+ D7+
em folha, em graça , em vida em força, em luz
G7M
reza, reza o rio ,
Gm6 D7+/9
córrego pro rio, rio pro mar
G7M Gm6 D7+/9
reza correnteza , roça a beira a doura areia
C#m7/13 C7/13
marcha um homem sobre o chão

Bm7 Bm6
leva no coração uma ferida acesa
Em7/9 A7(13)
dono do sim e do não
D7+/9
diante da visão da infinita beleza
Abm7(5b) G7(#11) F#m7 B7/9
finda por ferir com a mão essa delicadeza coisa mais querida
E7/9 Em7 A7/9
a gló.....ria da vi da
D6/9 Bm7
luz do sol
D7/9 G7M/9 Gm6
que a folha traga e traduz
F#m7/9 B7/9
em verde de novo
Bb7+ D7+
em folha, em graça , em vida em força, em luz
O Último Dia

(Intro) D9 Dm9/F A7(11) A7 Bb Gm7 Dm7 C6 Bm7(b5) Bb7(13) A7(11) A7

D9
Meu amor
Dm9/F A7(11) A7
O que você faria se só te restasse um dia?
D9 Dm9/F
Se o mundo fosse acabar
A7(11) A7
Me diz, o que você faria?

Bb Gm7
Ia manter sua agenda
Dm7 C6
de almoço, hora, apatia?
Bm7(b5) Bb7(13)
Ou esperar os seus amigos
A7(11) A7
Na sua sala vazia?

D9
Meu amor
Dm9/F A7(11) A7
O que você faria se só te restasse esse dia?
D9 Dm9/F
Se o mundo fosse acabar
A7(11) A7
Me diz, o que você faria?

Bb Gm7
Corria prum shopping center
Dm7 C6
Ou para uma academia?
Bm7(b5) Bb7(13)
Pra se esquecer que não dá tempo
A7(11) A7
Pro tempo que já se perdia?

D9
Meu amor
Dm9/F A7(11) A7
O que você faria se só te restasse esse dia?
D9 Dm9/F
Se o mundo fosse acabar
A7(11) A7
Me diz, o que você faria?

(repete intro)

Bb Gm7
Andava pelado na chuva?
Dm7 C6
Corria no meio da rua?
Bm7(b5) Bb7(13)
Entrava de roupa no mar?
A7(11) A7
Trepava sem camisinha?

D9
Meu amor
Dm9/F A7(11)
O que você faria, hein?
A7
O que você faria?
Bb Gm7
Abria a porta do hospício?
Dm7 C6
Trancava a da delegacia?
Bm7(b5) Bb7(13)
Dinamitava o meu carro?
A7(11) A7
Parava o tráfego e ria?

D9
Meu amor
Dm9/F A7(11) A7
O que você faria se só te restasse esse dia?
D9 Dm9/F
Se o mundo fosse acabar
A7(11) A7
Me diz, o que você faria?

D9
Meu amor
Dm9/F A7(11)
O que você faria?
A7
O que você faria?
Bb Gm7
Se o mundo fosse acabar
Dm7 C6
Me diz o que você faria
Bm7(b5) Bb7(13)
Me diz o que você faria
A7(11) A7
Me diz o que você faria... ah ah ah ah...

Como Uma Onda - Lulu Santos

(intro 4x) A G# G F G

A
Nada do que foi será
C#m A
De novo do jeito que já foi um dia
A/C# Cdim Bm F#7(9)
Tudo passa, tudo sempre passará
Bm7 F#7(b13) Bm7 Bb7(#11) B7(13)
A vida vem em ondas, como o mar
B7(b13) E7(4)(9) F7(4)(9) G7(4)(9)
Num indo e vindo infinito

A
Tudo que se vê não é
C#m A
Igual ao que a gente viu a um segundo
A/C# Cdim D6 F#7(13) F#7(b13)
Tudo muda o tempo todo no mun... do
F/Eb
Não adianta fugir
A7M/E G#7(9) F#7(9) Bm7 C#m7 Dm7
Nem mentir pra si mes... mo agora
C#m7
Há tanta vida lá fora
G#7(9) F#7(9) Bm7
Aqui den... tro sempre

F G A A G# G F
Como uma onda no mar
F G A A G# G F
Como uma onda no mar
F G A A G# G F
Como uma onda no mar
F G A
Como uma onda no...

(repete tudo)
Me chama - Lobão Intro: Bm11 A4(9) A9 (3x) ( G )

D D7M(9) D2(7) G
Chove lá fora e aqui, faz tanto frio.
Bm11 A5(9) G
Me dá vontade de saber
D D7M(9)
Aonde está você.
D2(7) G
Me telefona,
Bm11 A5(9) G
Me chama, me chama, me chama.

Bm11
Nem sempre se vê
A4(9) A9 Bm11 A4(9) A9 Bm11
Lágrima no escuro, lágrima no escuro
A4(9) A9 G
Lágrima.

D D7M(9) D2(7)
Tá tudo cinza sem você,
G
Tá tão vazio.
Bm11 A5(9) G
E a noite fica sem por quê...

D D7M(9)
Aonde está você.
D2(7) G
Me telefona,
Bm11 A5(9) G
Me chama, me chama

Bm11 A4(9) A9 Bm11


Nem sempre se vê, mágica no absurdo,
A4(9) A9 Bm11
Mágica no absurdo
A4(9) A9 G
Mágica.

Solo 2x: D D7M(9) D2(7) G Bm11 A5(9) G


Bm11 A4(9) A9 Bm11
Nem sempre se vê, mágica no absurdo,
A4(9) A9 Bm11
Mágica no absurdo
A4(9) A9 G
Mágica.
Bm11
Nem sempre se vê
A4(9) A9 Bm11 A4(9) A9 Bm11 A4(9) A9 G
Lágrima no escuro, lágrima no escuro Lágrima.

Por tudo que for - Lobão Intro: Fsus2 F7M(9) F7(9) Bb7M(9)
Bbm6 C7

Fsus2 F7M(9) F7(9)


E depois, a luz se apagou
Bb7M(9) Bbm6 C7
E eu não consigo mais ficar sozinho aqui
F7 Bb7M Bbm6 C7 (cromatismo descendente)
Sem você é tão ruim, não tem sentido, prazer, não há nada

Fsus2 F7M(9) F7
Por favor, não me interpreta mal
Bb7M(9) Bbm6 C7
Eu não queria nem devia te magoar
F7 Bb7M
O tempo vem, o tempo vai
Bbm6 C7
Passa por mim meio assim devagar

Cm7 Bb6 Bb7M


Vou dormir sentindo
G7 C7
O que a solidão pode fazer
Cm7 Bb6 Bb7M
Há um ser ferido,
G7 C7 C(#5)
Por saber que o erro era meu (Fsus2 F7M(9) F7(9) Bb7M(9) Bbm6 C7
F7 Bb7M Bbm6 C7)

Cm7 Bb6 Bb7M


Vou dormir sentindo
G7 C7
O que a solidão pode fazer
Cm7 Bb6 Bb7M
Há um ser ferido,
G7 C7 C(#5)
Por saber que o erro era meu

Fsus2 F7M(9) F7(9)


Já passou, Agora já passou
Bb7M(9) Bbm6 C7
Mas foi tão triste que eu não quero nem lembrar
F7 Bb7M
Ver você Ter você
Bbm6 C7 (cromatismo descendente)
O querer mais de nós dois não tem nada de mais

Fsus2 F7M(9) F7
E pensar Você aparecer
Bb7M(9) Bbm6 C7
Pela janela tão bonita de manhã
F7 Bb7M
Vem pra mim e não vai mais
Bbm6 C7 C(#5)
Me abraça, me abraça, me abraça por tudo que for