Você está na página 1de 3

Procedimento Operacional Padrão

Transporte

POP N° Aprovado Anexos Páginas Observações


16 17/01/2016 1a2

ELABORADOR REVISOR (ES) APROVADOR (ES)


Nome:Rutiele Ferroni Cesário Nome: Rutiele Ferroni Cesário Nome:
Cargo: Responsável Técnica Cargo: Responsável Técnica Cargo:
Data: 17/01/2016 Data: 03/08/2017 Data:
Assinatura: Assinatura: Assinatura:
Procedimento Operacional Padrão

Transporte

POP N° Aprovado Anexos Páginas Observações


16 17/01/2016 2a2

1. Objetivo:
Definir as normas a serem aplicadas para o Transporte

2. Responsabilidades:
Gerente Operacional

3. Departamentos Envolvidos:
Transporte

4. Procedimento:

Somente serão transportados produtos farmacêuticos, cosméticos /


insumos legalmente autorizados ou registrados no país;

A carga segue para o transporte junto com Comprovante de


Importação.

O transporte compartilhado entre insumos e produtos sujeitos a


controle sanitário de natureza distinta poderá ser realizado, desde
que não haja comprometimento da segurança, qualidade, eficácia
e estabilidade dos mesmos.

Não poderá ser transportado junto os insumos com outros


materiais e insumos com produtos não sujeitos ao controle
sanitário.

O transporte é realizado de maneira que não haja exposição ao


sol, umidade e a altas temperaturas.

O transporte é realizado de modo que não haverá o


armazenamento de medicamento na transportadora.

Haverá o transporte de medicamentos termolábeis.

A transportadora deve haver relação de todos os veículos e seus


proprietários e uma via de Declaração de Qualificação de

ELABORADOR REVISOR (ES) APROVADOR (ES)


Nome:Rutiele Ferroni Cesário Nome: Rutiele Ferroni Cesário Nome:
Cargo: Responsável Técnica Cargo: Responsável Técnica Cargo:
Data: 17/01/2016 Data: 03/08/2017 Data:
Assinatura: Assinatura: Assinatura:
Procedimento Operacional Padrão

Transporte

POP N° Aprovado Anexos Páginas Observações


16 17/01/2016 2a2

transporte , que deve ser disponibilizados a autoridade sanitária


durante inspeção.

A Declaração de Qualificação de transporte terá validade de um


ano a partir da data da assinatura.

Motorista do veiculo agregado deve estar de posse de Declaração


de Qualificação de Transporte em papel timbrado, para possível
fiscalização durante todo o transporte.

É vedado o transporte de insumos e produtos sob controle especial


sem prévia Autorização especial junto a ANVISA.

5. Definição:
O Procedimento Operacional Padrão (POP) descreve a operação a ser
realizada na transportadora, visando garantir a qualidade e a segurança
das cargas transportadas.

6.Anexos:

7.Observações:

8.Documentos de Referência:

RDC n° 16 de 1° de Abril de 2014

Portaria MS n° 344, de 12 de maio de 1998.

Resolução SES/MG N° 5815, de 18 de Julho de 2017.

ELABORADOR REVISOR (ES) APROVADOR (ES)


Nome:Rutiele Ferroni Cesário Nome: Rutiele Ferroni Cesário Nome:
Cargo: Responsável Técnica Cargo: Responsável Técnica Cargo:
Data: 17/01/2016 Data: 03/08/2017 Data:
Assinatura: Assinatura: Assinatura:

Você também pode gostar