Você está na página 1de 11

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS – UNIFAL

PRODUÇÃO DE TEXTO COLABORATIVO COM O USO DO


GOOGLE DRIVE NO AUXÍLIO DO PROCESSO ENSINO-
APRENDIZAGEM

ALFENAS – MG
PRODUÇÃO DE TEXTO COLABORATIVO COM O USO DO GOOGLE
DRIVE NO AUXÍLIO DO PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM

Pré-projeto apresentado à Comissão


de Seleção do Mestrado em Educação
como requisito para candidatura à
vaga para turma de 2016/1.

ALFENAS – MG

2
SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO ........................................................................................................4
2. RELEVÂNCIA DA PESQUISA ..............................................................................4
3. REVISÃO BIBLIOGRÁFICA ................................................................................4
3.1 Aprendizagem colaborativa .....................................................................................4
3.2 O uso das TICs ..........................................................................................................5
3.3 Ferramentas de colaboração online ........................................................................5
3.3.1 CcGenie ................................................................................................................5
3.3.2 Draft ......................................................................................................................6
3.3.3 Mural.ly ................................................................................................................6
3.3.4 Google Drive ........................................................................................................6
4. OBJETIVOS .............................................................................................................7
4.1 Objetivo geral ............................................................................................................7
4.2 Objetivos específicos .................................................................................................7
5. PROBLEMA DE PESQUISA ..................................................................................7
6. HIPÓTESES ..............................................................................................................7
7. METODOLOGIA .....................................................................................................8
8. CRONOGRAMA SUGESTIVO .............................................................................8

REFERÊNCIAS ............................................................................................................10

3
1. INTRODUÇÃO

Atualmente, a tecnologia está cada vez mais presente em nosso cotidiano. Assim, faz-se
presente, também no processo ensino-aprendizagem. Com a chegada da Internet e a
evolução das TIC´s na contemporaneidade os indivíduos estão cada vez mais
familiarizados com os recursos que esse advento traz. Ferramentas online que podem
ser utilizadas no ensino tanto presencial quanto à distância; pois possibilitam: maior
interação; construção colaborativa (de textos, programas, comunidades virtuais,
ambientes de aprendizagem virtuais, troca de ideias e experiências), disseminação de
informações no decorrer do processo de aprendizagem e pulverização dos
conhecimentos construídos nesse processo.

Muitos recursos tecnológicos são utilizados atualmente, desde livros online até textos e
softwares que são construídos de forma colaborativa sem que seja necessário que os
envolvidos estejam em um mesmo lugar e num mesmo espaço. O que nos leva a
considerar a necessidade de que alunos, professores e demais envolvidos no processo de
ensino e aprendizagem possam interagir na realização de atividades. Desse modo, a
utilização das TIC´s colabora para o alcance da eficácia no processo de ensino-
aprendizagem. Nessa perspectiva, Castells (1991) nos leva a pensar sobre a necessidade
de que a educação lance mão de metodologias e recursos que favoreçam as necessidades
dos alunos em meio a um mundo tão repleto de tecnologias.

Existem muitas ferramentas online que dão suporte ao trabalho colaborativo, destaco
dentre elas, o Google Drive. Através desta, é possível a realização de atividades em
tempo real ou assíncrono, de atividades como a produção de texto colaborativo.

Faz-se necessária uma análise criteriosa do funcionamento do Google Drive com


aplicações práticas.

2. RELEVÂNCIA DA PESQUISA

4
O uso de tecnologias, gradativamente, vem sendo introduzido no processo ensino-
aprendizagem. Várias técnicas são frequentememte utilizadas pelo professor, a fim de
gerar e ampliar a interação entre os alunos e o próprio docente, porém, uitas das vezes,
sem sucesso. Entretanto, há uma ferramenta em crescente utilização que muito vem
contribuindo com a aprendizagem e com a ampliação da interação, o Google Drive.
Com o Google Drive é possível elaborar textos colaborativos, ou seja, de forma online e
em tempo real e/ou assíncrono. A ampliação da interação e a potencialização da
aprendizagem deu origem ao meu interesse pela análise do funcionamento do Google
Drive e de sua aplicação no processo de ensino.

Esta ferramenta (Google Drive) funciona totalmente online atrelada no browser,


apresenta compatibilidade com o Microsoft Office e o OpenOffice.org (SERAFIM;
PIMENTEL; SOUZA DO Ó, 2008). O que faz com que torna desnecessário que o
usuário tenha a versão igual dos programas que são utilizados para editar documentos
(como, Word, Excel, Power Point, White, Impress, entre outros) reduzindo à quase
extinção problemas causados por incompatibilidade. Os documentos que podem ser
criados, salvos, compartilhados e editados no Google Drive são: textos, planilhas,
apresentações de slides, formulários e arquivos de desenhos. Os textos são objeto de
estudo desta pesquisa; eles podem ser formatados, editados e personalizados de forma
colaborativa e em tempo real, ao passo que os usuários, além de incluírem comentários,
também podem realizar discussões também em tempo real em um chat.

3. REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

3.1 Aprendizagem colaborativa

O sentido de colaboração é de trabalhar junto, havendo integração entre os componentes


de um determinado grupo. Assim, é importante que haja participação no processo de
aprendizagem e que os objetivos estejam bem definidos (VASCONCELOS, [data
desconhecida]).

O ponto chave desta pesquisa está no quanto a aquisição de conhecimentos dos sujeitos
pode a partir da interação desse sujeito com o meio e com outros sujeitos pode receber
5
contribuições com o uso de recursos didáticos (o google drive) que apresenta a
possibilidade de proporcionar interação entre s envolvidos no processo de apropriação
do conhecimento. Desse modo, “o meio social é parte integrante do processo de
desenvolvimento cognitivo” (NEWMAN, 1991, p. 76).
Também Vygotsky destaca a importância da significação presente na cultura, na
interação e na mediação para o desenvolvimento cognitivo, nesse sentido as TIC´s
podem ser consideradas instrumentos da cultura digital/virtual na nossa sociedade atual
que apresenta relevância na mudança que ela vem sofrendo. Vygotsky de forma muito
simplificada, a partir de sua perspectiva, nos leva a considerar que a interação entre
sujeitos de diferentes zona de desenvolvimento contribui para a apropriação do
conhecimento, nesse sentido; o uso de uma ferramenta online que promova essa
interação é de extrema relevância para enriquecer o processo de ensino-aprendizagem.
A aprendizagem vendo sendo apoiada pelo uso das TICs. As tecnologias suportam
diversas formas de interação, auxiliando no processo ensino-aprendizagem. Na
aprendizagem colaborativa, há a participação dos alunos, dinamicamente
(VASCONCELOS, [data desconhecida]).

3.2 O uso das TICs

Utilizar as TICs no processo ensino-aprendizagem gera a necessidade de criar uma nova


cultura educacional, resultando de mudanças estruturais nas formas de ensinar e
aprender (VASCONCELOS, [data desconhecida]).

As TICSs têm um papel significativo na criação do ambiente colaborativo. Assim, o uso


das TICs possibilita novas formas de aquisição e propagação de informações, ampliando
a capacidade de reflexão dos alunos e, também, participação (VASCONCELOS, [data
desconhecida]).

3.3 Ferramentas de colaboração online

3.3.1 ccGenie

6
  

“É uma excelente ferramenta para o trabalho colaborativo baseado na organização


automática e inteligente nas trocas de e-mail. ccGenie é uma espécie de assistente
pessoal inteligente” (WEBMASTER, 2013).

3.3.2 Draft

“É um processador de texto online para trabalhar de forma colaborativa. Pode
ser utilizado dentro ou fora da sala de aula. A ferramenta permite que um
aluno escreva, em qualquer momento, possa enviar comentários ou solicitar
especificamente a outro colega ou professor comentários sobre o mesmo”
(WEBMASTER, 2013).

3.3.3 Mural.ly

“É uma ferramenta de trabalho colaborativo que permite a criação de murais virtuais


para troca de informações e trabalho conjunto. O mural realiza backup em intervalos
regulares” (WEBMASTER, 2013).

3.3.4 Google Drive

“Permite que o mesmo documento seja editado por mais de um usuário de


forma síncrona ou assíncrona. A construção e a reconstrução de um texto
ocorre no confronto de ideias, na interação, no diálogo e na partilha, exigindo
a participação de todos os integrantes do grupo. Desta forma supera-se a ideia
dos trabalhos em que os componentes do grupo dividem as tarefas e cada um
realiza a “sua parte” individualmente e depois de reunir tudo entregam ao
professor como se o trabalho fosse realizado por todos - realidade comum nos
contextos universitários” (MORAES, 2014).

7
No Google Drive é possível verificar o texto em construção, obtendo informações sobre
o seu desenvolvimento, assim como todas as alterações realizadas pelos alunos
(MORAES, 2014).

Os arquivos salvos no Google Drive também podem ser compartilhados com os


integrantes do grupo. Havendo a possibilidade de moderar e configurar este
compartilhamento (PISA, 2012).

4. OBJETIVOS

4.1 Objetivo geral

Verificar como a construção de textos colaborativos e o uso das tecnologias no processo


de ensino-aprendizagem contribuem com o processo de ensino-aprendizagem.

4.2 Objetivos específicos

 Verificar quais tecnologias podem ser utilizadas para a interatividade entre os


alunos/alunos; alunos/docentes, docentes/docentes na elaboração dos textos;
 Compreender o uso do Google Drive;
 Analisar se a construção de textos colaborativos com o Google Drive é eficaz no
processo ensino-aprendizagem.

5. PROBLEMA DE PESQUISA

8
Quais tecnologias podem ser utilizadas para promover a interatividade entre os alunos
na elaboração dos textos? O uso do Google Drive, para a construção dos mesmos, é
eficaz?

6. HIPÓTESES

Elencar as várias ferramentas de colaboração online e sua/s contribuição/ões no


processo ensino-aprendizagem.

O Google drive, como ferramenta de colaboração online contribui, satisfatoriamente, no


processo ensino-aprendizagem.

7. METODOLOGIA

Como este projeto objetiva verificar e se possível, analisar o uso da ferramenta


tecnológica, Google Drive, para a construção de textos colaborativos, serão realizadas
pesquisa bibliográfica e de campo, sendo o estudo de natureza qualitativa.

Durante a pesquisa bibliográfica, espera-se coletar dados sobre as experiências


concretizadas em outros estudos, como artigos, monografias, livros, etc acerca da
temática em estudo.

A pesquisa poderá ainda, contar com a participação de discentes e docentes de um curso


superior da Unifal, porém esta etapa só se iniciará após aprovação do Comitê de Ética
em Pesquisa.

Para análise final, pretende-se aplicar questionário, utilizando o Google Docs aos
participantes, a fim de verificar a colaboração da ferramenta no processo de ensino-
aprendizagem.

9
A análise dos dados será realizada considerando que a representação parte de uma
perspectiva do pesquisador, não real, percebe-se a não neutralidade da operação, cujo
resultado é fruto de escolhas, desde a seleção dos dados, até a organização e modo de
representar esses. De toda forma, o fato de não ser real não desqualifica a representação,
mas evidencia uma perspectiva específica de modo gráfico, possibilitando diversas
leituras dessa. (FURTADO, 2007).
8. CRONOGRAMA SUGESTIVO

2016

Agosto
Abril
Março

Maio

Junho

Julho

Novembro
Setembro

Outubro

Dezembro
Elaboração do projeto X X
Pesquisa bibliográfica X X X X X X X X
Submissão ao Comitê de X
Ética
Coleta de dados X
Análise dos dados X X
Ampliação do projeto X X X
Entrega do projeto X

10
REFERÊNCIAS

CASTELLS, M. A Sociedade em Rede (A era da informação: economia, sociedade e


cultura) v.1. 2.ed. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

FURTADO, J. F. Foreword. Varia História. Belo Horizonte, vol.23, n.37, p. 7-9, 2007.

MORAES, D. A. F. Aprendizagem colaborativa na educação superior: desvelando


possibilidades com o uso da ferramenta Google Drive. Presidente Prudente. 2014.
Disponível em: <http://tecnologiasnaeducacao.pro.br/wp-content/uploads/2015/07/Art2-
ano6-vol10-julho2014.pdf>. Acesso em: 5 de Nov. 2015.

NEWMAN, D.; GRIFFIN, P.; COLE, M. La zona de construción del conocimiento.


Madrid: Ediciones Morata, S.A. 1991.

PISA, P. O que é o Google Drive e como usar?. 2012. Disponível em:


<http://www.techtudo.com.br/artigos/noticia/2012/04/o-que-e-google-drive-e-como-
usar.html>. Acesso em: 5 de Nov. 2015.

VASCONCELOS, M. A. M. As TICs e a aprendizagem colaborativa. [data


desconhecida]. Mato Grosso. Disponível em:
<http://eco.imooc.uab.pt/elgg/file/download/20597>. Acesso em: 5 de Nov. 2015.

VYGOTSKY, L. S. A formação social da mente. 6. ed. São Paulo: Martins Fontes,


1998.

WEBMASTER. 5 plataformas de escrita colaborativa online. 2013. Disponível em:


<http://professortic.com/index.php/2013/11/14/plataformas-escrita-colaborativa-
online/>. Acesso em: 5 de Nov. 2015.

11

Você também pode gostar