Você está na página 1de 6

 Eixo temático

 Futsal e Futebol de campo;


 Iniciação motora desportiva;
 Educação física na educação infantil;

 Justificativa
É papel do professor na educação infantil auxiliar e enriquecer movimentos
motores que vem sendo desenvolvido pelas crianças, através da ludicidade, jogos
e brincadeiras, a criança irá conhecer melhor seu corpo ampliando a gama de
movimentos, descobrindo sua dominância lateral.

 Objetivo geral:
Desenvolver a iniciação motora através de jogos adaptados de futsal.

3.1 Objetivo Específico:


Por meio de uma abordagem desenvolvimentista buscar a melhoria do
desempenho motor e específico de técnicas na iniciação esportiva.

METODOLOGIA

Esta pesquisa será realizada na Escola Oceanu's, que fica no bairro Barcelona,
município de Serra, e ocorrerá na primeira quinzena de outubro. Realizaremos um
total de quatro aulas, sendo duas por semana, uma aula na terça feira e outra na
quinta feira dentro dos horários de 13h50min as 14h40min.

A aula será realizada para um total de 15 alunos, sendo estes todos meninos
com a faixa etária entre 4 a 5 anos de idade.

Das quatro aulas que realizaremos, na primeira iremos desenvolver a


coordenação motora através de brincadeiras, na segunda aula aplicaremos
fundamentos básicos do futsal, na terceira utilizaremos brincadeiras que
desenvolva os fundamentos básicos do futsal, e na quarta e última aula será
realizado um jogo adaptado que irá abranger todo o conteúdo desenvolvido ao
longo de todas as aulas.

Será desenvolvida a abordagem desenvolvimentista, que está relacionada com o


desenvolvimento motor do indivíduo, e tem como foco ensinar e aperfeiçoar as
habilidades motoras através de atividades de acordo com a faixa etária em que
eles se encontram especificamente para crianças de 4 a 14 anos. E também
trabalharemos com a abordagem construtivista, tendo em vista que despertaremos
o lúdico na criança para a aprendizagem de habilidades específicas do futsal.

Avaliação

Será avaliado durante as aulas a participação, a freqüência, o interesse e a


interação entre os alunos através de observação, para identificar se houve
assimilação do conteúdo desenvolvido no processo de ensino/aprendizagem.

Esta avaliação será feita com o auxílio de relatórios diários de aula, este relatório
avaliará toda a turma de modo geral, para comparar sua evolução dentro do
conjunto de aulas aplicadas.

Os alunos poderão opinar sobre a metodologia, brincadeiras e atividades


utilizadas nas aulas, tendo vista que o plano de aula é flexível e cabível a
mudanças.

AVALIAÇÃO DAS AULAS

Na escola Oceanu’s situada no bairro Barcelona na cidade de serra, foram


ministradas quatro aulas para educação infantil com a turma de 4 a 5 anos,
conforme o projeto entregue na primeira etapa, onde foi pautado que o projeto de
futsal iria iniciar na primeira quinzena de outubro, sendo mais preciso no dia 10 de
outubro. Conforme a metodologia as aulas seriam ministradas da seguinte
maneira:

1. Primeiro dia: Desenvolvimento Motor;

2. Segundo dia: Fundamentos básicos;

3. Terceiro dia: Brincadeiras que desenvolva os fundamentos básicos;

4. Quarto dia: Jogo adaptado.

Porém o grupo decidiu trocar o segundo e o terceiro dia, devido ao fato que
primeiramente é melhor desenvolver os fundamentos básicos através da
brincadeira/ludicidade, deste modo o aluno estaria aprendendo os fundamentos
citados através da abordagem desenvolvimentista, para depois treinar os
fundamentos aprendidos na aula anterior específica.

· Desenvolvimento Motor: nessa primeira aula de 50min desenvolvida no dia 10 de


outubro, foi utilizado três tipos de atividades: Pega-Pega, Equilíbrio e Saltar para
aumentar a gama motora dos alunos.

Aula 01: A aula contou com 15 alunos, com o objetivo de propiciar um maior
desenvolvimento motor dos alunos, lateralidade, equilíbrio do aluno, logo no inicio
foi notório a dificuldade de cada aluno, diante do fato de alguns alunos que não
estavam conseguindo atingir o objetivo da atividade inicialmente, o professor em
uma atividade específica de equilíbrio acompanhou o aluno até que o mesmo
conseguisse cumprir com os objetivos propostos. Ao final dessa primeira aula,
ficou claro que o objetivo foi alcançado, todos os alunos conseguiram desenvolver
as atividades até mesmo aqueles que inicialmente tiveram dificuldades, por ser
tratar de uma atividade nova os alunos estavam bastante empolgados e
interessados na aula.

· Brincadeiras que desenvolvam os fundamentos básicos: seguindo uma


sequência lógica, essa aula deveria ser ministrada no dia 12 de outubro, porém
ficou prejudicado devido essa data ser feriado, portanto essa aula foi transferida
para o dia 17 de outubro. Nessa aula o objetivo era utilizar a abordagem
desenvolvimentista, ou seja, utilizar brincadeiras para os alunos desenvolverem
fundamentos básicos do futsal, deste modo os alunos estariam aprendendo os
fundamentos através da diversão, aprendendo indiretamente. As atividades
escolhidas foram: boliche com os pés, protegendo a bola. Na primeira atividade, o
objetivo era atingir o fundamento de chute e passe, e na segunda atividade era
condução de bola e passe.

Aula 02: A aula contou com 13 alunos, e como na primeira aula o objetivo foi
alcançado de forma gradativa, na primeira atividade, por exemplo, a criança tinha
um pouco de dificuldade em direcionar a bola para acertar os pinos, e por esse
motivo, estava causando desanimo aos alunos, sendo necessário nesse momento
a interversão do professor, notamos que deixamos os pinos em uma distância não
apropriada, sendo assim foi diminuída a distância dos pinos para o chute e assim
o número de acertos aumentou consideravelmente, e a animação dos alunos foi
nítida e mais uma vez o objetivo da aula foi alcançado através da mudança que
fizemos no decorrer da aula, levando em conta que o plano de aula tem a
característica da flexibilidade para atingir o resultado, se tivéssemos continuado do
jeito que estava o objetivo proposto dificilmente seria alcançado.

· Fundamentos básicos: terceiro dia de aula, ministrada no dia 19 de outubro, com


o objetivo de desenvolver os fundamentos básicos do futsal de maneira específica
diferentemente da aula anterior que foi utilizada brincadeiras para desenvolver as
atividades.

Aula 03: A aula contou com 14 alunos, e foram realizadas três atividades:
condução de bola, passe e chute. Utilizamos de atividade específica e alternando
as pernas, por exemplo, na condução de bola primeiramente ia de um lado da
quadra conduzindo pela perna direita e voltava conduzindo pela esquerda, e
dessa maneira quando se utilizava a perna “fraca” a condução não era realizada
de maneira muito adequada, e como na aula anterior para isso não gerar um
desanimo do aluno, os deixamos conduzirem apenas com a perna forte, e dessa
maneira treinamos passe, chutes. E a brincadeira foi uma diversão, ficou claro que
quanto mais chegávamos próximo da prática esportiva propriamente dita que eles
ficavam mais eufóricos. Nesse dia “os tios da quadra” assim chamados pelos
alunos, conseguiram atingir o objetivo com maior interesse e interação da turma.
Ouvimos até a frase do aluno: “tio estou fazendo mais gol que o Neymar”.

· Jogo adaptado: aula ministrada no dia 24 de outubro, a turma foi dividida em 3


times, o objetivo era passar para os alunos a prática do futsal, sendo que em
todas as aulas ministrada anteriormente era para o aluno adquirir uma base para a
pratica desse jogo.

Aula 04: A aula contou com 15 alunos, foi feito três times de cinco alunos que
jogavam simultaneamente, podendo fazer gol em qualquer trave, os tios da quadra
eram os goleiros, dessa forma teríamos maior interação com os alunos, o objetivo
dessa aula foi verificar se o que foi passado anteriormente foi assimilado pelos
alunos, porem no momento da euforia da diversão, o mais importante era fazer os
gols, assim foi a visão que tivemos, os alunos estavam interessados, animados,
mas não davam importância para alguns fundamentos, o mais utilizado era chute.
Esse projeto está sendo bastante proveitoso para nosso crescimento como
professor, pois temos a oportunidade de aplicarmos na prática e na área que
iremos atuar, o conteúdo que vem sendo assimilado em sala de aula.

Nos dias em que ministramos as aulas contamos com a participação dos alunos
quase por completo, só em alguns dias que tivemos a falta de dois alunos ou
menos. Todos os alunos que participaram de nossas aulas mostraram interesse e
colaboraram para que a mesma progredisse. Os alunos mostraram muita
interação uns com os outros durante as aulas, talvez pelo fato de estarem juntos
desde o início do ano e terem criado assim uma amizade.

DESAFIOS ENCONTRADOS

Podemos apontar aqui muitos desafios encontrados durante a aplicação deste


projeto, um deles foi a falta de prática e experiência em dar aulas, que dificultou
bastante na primeira aula, assim também como o receio dos alunos com os
professores Alex, Breno e Geovane, pois os mesmos chegaram derrepente na
escola para desenvolver as atividades com eles, e o professor Vitor já estava com
esses alunos a um pouco mais de tempo, pois também fez seu estágio
supervisionado nessa mesma escola, mas com a ajuda do professor Vitor
conseguimos quebrar um pouco este gelo com os alunos, que a partir da segunda
aula já tivemos uma maior interação com os alunos, outro desafio encontrado foi
não podermos juntar os quatro professores num mesmo dia para dar aula, pois
assim querendo ou não você vai aprendendo sempre com quem está interagindo
ali no mesmo ambiente.

Uma forma que encontramos para quebrar o gelo com os alunos e perder um
pouco da timidez em dar aula, foi interagir participando das atividades e
brincadeiras junto com eles, dessa forma foram pegando confiança, prestando
mais atenção e mostrando maior interesse nas aulas seguintes. Estávamos em
um processo de conhecimento e aprendizado constante, tanto para os alunos
como para nós futuros docentes, onde passamos e recebemos conhecimentos
que poderemos levar para a vida acadêmica e profissional quando formarmos.

Você também pode gostar