Você está na página 1de 3

Plano de Aulas 2019-2

Ementa:

Aulas em grupo que buscam a sensibilização sonora, através de exercícios de


percepção de ruídos e paisagens sonora. A sensibilização musical, através de
audições comentadas de repertório variado e heterogêneo. E a prática de
elementos musicais, como ritmo e forma. O objetivo é conscientizar os alunos
sobre os elementos que constituem a música, e como, a grosso modo a música, e
os músicos, ‘pensam’. De forma a facilitar a troca entre áreas, criando um espaço
multidisciplinar de comunicação.

Metodologia:

Partindo de alguns elementos que podemos chamar de constitutivo na música


como: tempo, forma, ritmo, melodia, harmonia e textura, é possível discutir,
através de audições de diversos repertórios, de vários períodos e estilos, como
cada periodo, estilo e linguagem interpretam estes elementos, e como a percepção
destes elementos pode influenciar na relação dos alunos com o repertório que
vem trabalhando em suas práticas. Para além de pensar a música através do
repertório, convém observar também as propriedades do som, como forma de
sensibilizar os alunos para sons e ruídos, a princípio não musicais, propondo
formas de absolvição deste material pela música e pela dança, e abrindo campo
para uma interação com as paisagens sonoras que nos cercam. Por fim,uma
abordagem mais imediatamente prática de elementos como ritmo, forma musical,
improvisação com sons, e decodificação da partitura (sobretudo partituras abertas)
buscam uma maior autonomia dos estudantes com os elementos musicais,
propondo materiais que podem ser apropriados por eles em suas práticas, de
acordo com a necessidade de cada linguagem.

Aula 1 Apresentação da disciplina, conhecer os alunos e sua demandas em relação a música.

Aula 2 Introdução a rítmica e ao método “passo”, exercícios básicos de escuta da paisagem sonora como
momento de relaxamento final.

Aula 3 Aula expositiva sobre o conceito de tempo na música, discussão a partir de repertório: Messiaen,
Bach, Kendrick Lamar etc. Introduzindo as ideias sobre forma musical.

Aula 4 Prática rítmica e conceito de compassos.

Aula 5 Aula expositiva sobre Ritmos, discussão sobre a percepção auditiva vrs divisiva: Músicas de
matriz africana, Stravinsky e repertórios variados.
Aula 6 Prática relacionada às percepções auditivas e divisiva do ritmo.

Aula 7 Discussão sobre formas musicais e apresentação sobre notação música e partitura como
ferramenta de descrever eventos musicais.

Aula 8 Compasso Composto.

Aula 9 Aula expositiva Harmonia, e suas expressões ao longo da história

Aula 10 Aula expositiva: A Hegemonia do Tonalismo.

Aula 11 Introdução a percussão corporal

Aula 12 Discussão sobre paisagem sonora, reconhecimento de ruídos

Aula 13 Aula expositiva: Textura na música; Música eletroacústica, música concreta, ruídos.

Aula 14 Exercícios rítmicos​.

Aula 15 Aula expositiva sobre improvisação na música.

Aula 16 Jogos de improvisação com percussão corporal e ruídos diversos.

Aula 17 Discussão sobre Partitura aberta

Aula 18 Encerramento do semestre

Avaliação:
A avaliação consistirá na participação em sala de aula e pequenas atividades
para casa.

Referências:

ALMEIDA. Maurício Zamith. ​A dialética das temporalidades na performance


musical:​ uma interpretação de Canteyodjaya de Olivier Messiaen. Porto Alegre:
Instituto de artes URGS, 2013.

CARDEW, Cornelius. ​Treatise​. Buffalo: The Gallery Upstairs Press, 1967.

SCHAFER, Murray. ​A afinação do mundo.​ São Paulo: Editora Unesp, 1997.

_______. ​A sound education,​ Ontario: Arcana Editions, 1992.

_______. ​O ouvido pensante​. São Paulo: Editora Unesp, 1986.

RUSSOLO, Luigi. ​The art of noise​: futurist manifesto of 1913. Something Else
Press, 1967.

WISNIK, José Miguel. ​O som e o sentido:​ uma outra história da música. São
Paulo: Companhia das Letras, 1989.