Você está na página 1de 3

POLÍCIA MILITAR DA BAHIA

DEPARTAMENTO DE ENSINO
Colégio da Polícia Militar – Vitória da Conquista

PROJETO CONSTRUINDO O CONHECIMENTO

I - INTRODUÇÃO
Os colégios militares são instituições há muito tempo reconhecidas nacionalmente
pela qualidade do ensino ministrado aos seus educandos, observando os princípios de
disciplina, respeito e cidadania, como componentes fundamentais ao sadio desenvolvimento
do ser humano. Nesse sentido, o primeiro Colégio da Polícia Militar da Bahia, criado
oficialmente em 09/04/1957, através do Decreto 16.765, como unidade de ensino da
corporação, deu o primeiro passo na área educacional e ainda hoje figura como referência na
cidade de Salvador. O Governo do Estado decidiu então estender esta oportunidade às
cidades do interior, instalando mais 10 (dez) unidades-escolas em vários municípios sendo a
cidade de Vitória da Conquista contemplada com a instalação do Colégio da Polícia Militar.
Neste diapasão, o CPM/ Vitória da Conquista se destaca galgando por 5 anos
consecutivos o titulo de melhor escola Pública do Estado da Bahia, figurando entre as oito
melhores escolas militares entre os Estados do Brasil, o que denota o esforço conjunto entre
professores, policiais militares, discentes e a sociedade. Com fulcro nestes índices, e nas
parcerias que são essenciais, exsurge uma demanda que necessita ser suprida para a
manutenção do ensino/aprendizagem de forma efetiva: construção de duas salas de aulas,
conforme se demonstra a seguir.

2. JUSTIFICATIVA
O Colégio da Polícia Militar de Vitória da Conquista tem como Diretor Geral o TC PM
Selmo Luiz Sales, estando matriculados e frequentando as aulas um total de 1.181 discentes
distribuídos entre o ensino fundamental e médio, em três turnos diários, do 6º ano do ensino
fundamental ao 3º ano do ensino médio. A estrutura da instituição dispõe de 28 salas de aulas
ocupadas integralmente, contudo, em decorrência da necessidade do cumprimento de metas
do Novo Ensino Médio que perpassa pela formação de 4 turmas - salas (itinerários nas áreas
de humanas, exatas, linguagem e naturais) que deverão ocorrer nos três anos do ensino
médio, ocorrerá a necessidade de uma sala de aula para o atual segundo ano (turma que
iniciou o processo do novo ensino médio), sendo que hodiernamente o atual 3 ano possui
apenas três turmas, pois não foram alcançados pelo requisito do MEC.
Ademais, a disciplina de Educação Física que ocorre no turno oposto, exige carga
horária teórica, sendo necessária uma sala de aula específica para atender a demanda de
toda a escola, vez que as salas de aula permanecem ocupadas com as aulas do currículo
escolar ordinário, carecendo, pois, de uma sala para atender essa demanda específica de todo
o colégio.

3. CONDIÇÕES DE EXECUÇÃO
O advento da problemática demanda adoção de medidas instantâneas e
emergências, dado a relevância do objeto e a escassez temporal para a consecução da obra
( construção de duas salas de aula no Colégio Eraldo Tinoco - CPM), para tanto, devido à
previsão orçamentária anual, das formalidade exigidas e da imprevisibilidade da autorização
do pleito se faz necessário recorrer ás parcerias privadas que serão o sustentáculo para este
empreendimento de caráter essencialmente social.
As parcerias ocorrerão com a participação da sociedade como um todo através de
empresas em geral, bem como das que atuam no ramo da construção civil, que se ocupam e
se preocupam com a responsabilidade e construção de uma sociedade cada vez mais justa e
solidária, bem como de associações sem fins lucrativos.
A realização da parceria ocorrerá com o direcionamento conforme apresentação
deste projeto que consta a necessidade da obra, bem como memorial descritivo e planta baixa
da construção a ser realizada no estabelecimento público em comento, sendo a participação
das empresas registrada e emitido os respectivos termos de doação e de recebimento para os
fins legais a que eventualmente se destinem.
A construção ocorrerá com todos os requisitos legais, desde a autorização do órgão
municipal competente, bem como com engenheiro responsável e órgão fiscalizadores, com o
escopo de prover uma estrutura segura e adequada para o público, os discentes do COM.

4. LOGÍSTICA
A logística será executada conforme anexos que seguem referentes à mão de obra e
materiais, além de eventuais encargos ínsitos de uma construção, sendo que os recursos
serão em essência egressos da iniciativa privada, estando os recursos públicos disponíveis
conforme dotação orçamentária.
5. CRONOGRAMA

ATIVIDADE AGO/19 SET/19 OUT/19 NOV/19 DEZ/20 JAN/20 FEV/20


PROJETO X X
PARCERIAS X X X X X X
AUTORIZAÇÃO X X
CONSTRUÇÃO X X X X
CERIMÔNIA X
CONCLUSÃO X

Você também pode gostar