Você está na página 1de 3

anemias e distúrbios da hemostasia

aspectos gerais das anemias a distinção e anemia ferropriva e


doença crônica e anemia megaloblástica
anemia
investigação inicial anemia ,encontrei tem que classificar anemia
essa classificação é fundamental pra gente saber para que lado
correr a investigação fisiopatológico
hipoproliferativa e a hiperproliferativa
hipoproliferativa
essa proliferação da medula, doença que faz com que a medula
não produz a célula, porque não tem substrato para matéria prima,
não tem ferro ,b12 e ácido fólico ou porque alguém invadiu a
medula, invasão por tumor infecção
hiperproliferativa
problema é que as hemácias são destruídas na periferia, começa a
produzir muitas ela muito rápida prolifera, encontra na periferia
reticulócitos que são os precursores imediatos da hemácia
contagem de reticulócitos fica elevada
VCM volume corpuscular medio
CHCM conc. De hb corpuscular media
RDW tamanho das hemacias
a maioria das causas da anemia gera hemacias de tamanhos
variados na periferia
quanto maior o índice maior é a variação de tamanho das
hemácias, existem algumas doenças que fazem com que as
hemácias sejam todos mesmo tamanho
ambas as anemias são hipocrômicas e microciticas
microesferocitose a hemácia fica curta e perde parte da membrana,
fica bem vermelha, causa anemia hipercromina
talassemia causa hipocromica e microciticas, falta de alguma cadeia
na hemoglibina, na falta da cadeia a hemácia vai ser pequena, na
periferia vai ser hemácia pequena, então o RDW vai ser normal,
certeza na eletroforese de hemoglobina que vai mostrar a
eficiência da cadeia de hemoglobina específica
anemia ferropriva causa hipocromica e microcitica! certeza
na certeza tem que ver o RDW que fica elevado na anemia

poiquilocitos
hemácia em forma de lagrima por invasão na medula, tumores mais
comum que envolvem a medula são os pulmão , mama, próstata
esquizocitos
hemacias de forma esquisitas, vai perdendo pedaços, algumas
vezes por doença nos pequenos vasos na microcirculação,
microangiopatia, destruído no baco.

Leptocito
Hemácia em forma de alvo, alteração na membrana geralmente por
doença na hemoglobina, fica flácida, talassemia, anemia falciforme

Drepanocito
Anemia falciforme vem junto com as hemácia de alvo

Esferocito
Redondo que parece uma esfera, pode ser esferocitose hereditária,
ocorre também na hemolítica autoimune.diagnostico diferencial na
anemia hemolitica

anemia ferropriva e doença crônica


ferropriva
doações de ferritina(doença de Stil, que mais eleva) que o depósito
do ferro tem que ser levado até a hemácia um transportador existe
uma proteína transportadora a principal delas a transferrina
produzida pelo fígado, com sangramento perde o ferro.BAIXA
ferritina, então tem pouco ferro para transportar.(gripe faz a ferrotina
aumentar), saturação de transferrina BAIXA, sinal de
ferropriva.dosa o TIBC(carrinho) que esta ALTO
doença crônica
doença que a pessoa não tem o transporte adequado, normalmente
tem a ferritina normal e o TIBC baixo , saturação ta normal

megaloblástica
causa clássica de anemia macrocitica, deficiência de ácido fólico e
vitamina b12, neutrófilo plurisegmentados, tem uma maturação
inadequada do dna, célula da medula fica com núcleo muito grande
e o neutrófilo também, outros marcadores são pancitopenia e DHL
elevado, deficiência de vitamina b12 se associam quadro
neurológico
Distúrbios da hemostasia
Primaria - Sangra lesão endotelial
Segundario – forma coagulo
Terceira – tira o coagulo, fibrose

Problema
Primaria – vaso e plaquetas – petecas equimoses – dosas as
plaquetas – vasculites – plaquetas anormais-doanca de plaquetaria
Secundaria – fibrina – fator de coagulação- fator 10 comeca- fator 2,
7,9,10

Diferencia fatores de sangramentos - doença que acarreta os 2


doenca de von Willebrand- ajuda no tampão e na coagulacao
Primário secundário
Hemograma coagulograma
Tempo de sangramento
Sangramento imediato tardia

Você também pode gostar