Você está na página 1de 17

Relação de Trabalho - Conceitos

Empregador: A Consolidação das Leis do Trabalho (C.L.T.) em


seu art. 2º, considera empregador a empresa individual ou
coletiva, que assumindo os riscos da atividade econômica,
admite, assalaria e dirige a prestação pessoal de serviços.
Empregado: A C.L.T., em seu art. 3º, considera empregado
toda pessoa física que presta serviços de natureza não-
eventual a empregador, sob a dependência deste e mediante
salário.
Documentação Necessária:
 Carteira de Trabalho e Previdência Social (C.T.P.S.);
 R.G. (cópia);
 Título de Eleitor com comprovante de votação da última eleição do 1º e 2º turnos (cópias);
 Certificado de Reservista (cópia);
 CPF – Cadastro de Pessoa Física (cópia);
 Exame Médico (ASO);
 3 Fotografias 3 x 4 (recente);
 Certidão de Casamento (cópia);
 Comprovante de residência constando número CEP (cópia);
 Folha Criminal;
 Folha Corrida / Atestado de Bons Antecedentes;
 Certidão de nascimento dos filhos menores de 14 anos ou inválidos de qualquer idade,
necessária para o pagamento do salário-família;
 Caderneta de Vacinação dos filhos até 6 (seis) anos de idade (cópia) e comprovação
semestral de frequência à escola de 7 (sete) a 14 (quatorze) anos, para pagamento do
salário família (meses de maio a novembro).
Exame Médico
O empregado deve passar por exames médicos antes de ser admitido. O
médico será indicado pela empresa, que irá emitir um documento chamado
Atestado de Saúde Ocupacional – ASO, de acordo com o Programa de Controle
Médico de Saúde Ocupacional – PCMSO (Art. 168, da CLT). Será obrigatório o
exame médico, por conta do empregador, nas condições estabelecidas neste
artigo.

Os exames médicos devem ser feitos na Admissão, Demissão, Periódico,


Retorno ao Trabalho e Mudança de Função.

A empresa deve renovar o exame médico de seis em seis meses, quando se


tratar de atividades e operações insalubres, anualmente, acima de 45 anos.
Documentos que a Empresa Deverá Preencher:

Registro de Empregado - A empresa, ao admitir um


empregado, deverá registrá-lo, no livro, na ficha ou no
sistema eletrônico.
O prazo para registro na Carteira de Trabalho e
Previdência Social do empregado é de 48 horas, conforme
artigo 29 da C.L.T.
As anotações e atualizações da C.T.P.S. poderão ser
feitas com o uso de etiquetas gomadas, autenticadas pelo
empregador ou seu representante legal, conforme Parágrafo
Único do Artigo 11 e Artigo 12 da Portaria n° 3.626 de
13/11/1991.
Contrato de Trabalho
1) Contrato por Prazo Determinado - é aquele cujo término foi previsto, quando
de sua celebração.
Prazo máximo de duração: não pode ser estipulado por período
superior a 02 (dois) anos.

2) Contrato por Prazo Indeterminado -- é a regra geral de contratação.


Neste caso, não se determina, por ocasião da celebração do contrato,
a condição ou termo para sua cessação.
Contrato de Experiência
O contrato de experiência não poderá exceder 90 dias, conforme artigo 445,
parágrafo único da C. L. T.
O contrato de experiência poder ser prorrogado apenas uma vez e
respeitado o limite máximo de 90 (noventa) dias, conforme artigo 451 da C. L. T.
O que é SEFIP
• O Sistema Empresa de Recolhimento do FGTS e Informações à
Previdência Social (SEFIP) é um aplicativo desenvolvido pela Caixa para o
empregador. Disponível gratuitamente, a ferramenta torna o processo de
recolhimento regular do FGTS mais ágil e seguro.

Menor Aprendiz: quota de 2% sobre a remuneração.


Demais Trabalhadores: quota de 8% sobre a remuneração.
GRRF ou Guia Recolhimento Rescisório FGTS
Salário R$ 1.045,00 (2020)

R$ 83,60
FOLHA DE PAGAMENTO

Conceito: Além de um procedimento de caráter


trabalhista, decorre da obrigatoriedade prevista no
Art. 47 do Regulamento Organizacional do Custeio da
Seguridade Social (ROCSS). É o resumo de tudo que o
empregado tem a receber.
A folha de pagamento divide-se em 02 (duas) partes
distintas:
 Recebimentos; e
 Descontos.
A Parte de Recebimento Engloba:

Salário - é a contraprestação devida e paga diretamente pelo


empregador a todo empregado. Pode ser pago mensal, quinzenal,
semanal e diariamente ou por peça ou tarefa.
Remuneração – Art. 457 da C.L.T. é a soma do salário contratual mais
os adicionais de insalubridade, periculosidade e noturno, horas
extras, etc.
Hora Extra - Artigo 59 da C.L.T. A duração normal do trabalho poderá
ser acrescida de horas suplementares, em número não excedente de 2
(duas) horas, mediante acordo escrito entre empregador e empregado,
acordo coletivo de trabalho ou convenção coletiva de trabalho. A
Constituição Federal/88 no inciso XVI Artigo 7° remuneração do serviço
extraordinário no mínimo 50% a mais do valor do hora normal nos dias
úteis.
Adicional de Insalubridade - Artigo 192 da C.LT. são
consideradas atividades ou operações insalubres aquelas
que, por sua natureza, condições ou métodos de trabalho,
exponham os empregados a agentes nocivos à saúde,
acima dos limites de tolerância fixados em razão da
natureza e da intensidade do agente e do tempo de
exposição aos seus benefícios. E a Norma Regulamentadora
(NR 15) estabelece os procedimentos obrigatórios, nessas
atividades insalubres.
Há 03 (três) graus de insalubridade: Máximo (40%), Médio
(20%) e mínimo (10%) do salário mínimo, não importando o
salário a que recebe (art. 12 da C.L.T.).
Como obter o Cartão do Cidadão?
Para ter acesso ao Cartão Cidadão é necessário que você esteja
cadastrado no PIS/PASEP. Os dados cadastrais e o endereço devem
estar atualizados e válidos perante à CAIXA. O cartão não será emitido
se você já possuir outro cartão referente aos programas de
transferência de renda, como o programa Bolsa Família, pois todos
possuem a mesma função, ou seja, consulta e recebimento dos
benefícios sociais.

Para adquirir o Cartão Cidadão, você pode ir a uma agência da CAIXA


ou solicitar o cartão pela central telefônica, por meio do 0800 726
0207. Porém, para usá-lo, você precisará cadastrar a Senha Cidadão
em uma agência da CAIXA.
Operações que podem ser realizadas com o Cartão Cidadão:

- Consultar saldo e extrato da conta vinculada ao FGTS;


- Efetuar saque da conta vinculada ao trabalhador do FGTS, até o limite de R$1.500,00;
- Receber benefícios referentes aos programas de transferência de renda(bolsa família)
, abono salarial, rendimentos do PIS e Seguro-Desemprego.
Adicional de Periculosidade - Artigo 193, § 1° da C.L.T. são
consideradas atividades ou operações perigosas, aquelas que
por sua natureza ou métodos de trabalho implique o contato
permanente com inflamáveis ou explosivos, produtos químicos,
substâncias radioativas, etc. E a Norma Regulamentadora (NR
16), estabelece os procedimentos obrigatórios nessas
atividades perigosas.
O emprego que trabalha em condições de periculosidade
recebe um adicional de 30% sobre o salário efetivo.
Adicional Noturno - Artigo 73 da C.L.T. o empregado urbano
tem direito ao adicional noturno de 20% pelo menos, sobre a
hora diurna, no período entre 22:00 horas de um dia às 5
horas do dia seguinte. A hora do trabalho noturno é de 52
minutos e 30 segundos.
Salário Família - Lei n° 4.266, de 30 de outubro de 1963 uma
quota de salário família é fixada pela Previdência Social.
Tem direito a esse benefícios os filhos com até 14 anos ou
inválidos.
A partir de 01.01.2018

Não superior a R$ 877,67 45,00


Superior a R$ 877,68 e igual ou inferior a R$ 1.319,18 31,71
Descontos

Contribuição Previdenciária 2016 - a contribuição de


cada empregado filiado ao INSS, inclusive o doméstico e
o avulso é de 8,00%, 9,00% e 11% de acordo com salário.

Salário Contribuição – R$ Alíquota para fins de Recolhimento ao INSS


(%)
Até 1.399,12 8,00%
De 1.399,13 até 2.331,88 9,00%
De 2.331,89 até 4.663,75 11.00%
Imposto de Renda 2020

A tributação do imposto de renda sobre os rendimentos do


trabalho assalariado pago incide sobre: salários, ordenados,
honorários, adicionais, vantagens, extraordinários, abonos,
gorjetas, gratificações, 13° salário, prêmios, comissões e
outros rendimentos admitidos pela Lei da Receita Federal.
Alíquota para fins de Parcela a Deduzir do
Base de Cálculo em R$
Recolhimento INSS (%) Importo em R$
Até 1.903,98 -- --
De 1.903,99 até 2.826,65 7,5% 142,80
De 2.826,66 até 3.751,05 15% 354,80
De 3.751,06 até 4.664,68 22,5% 636,13
Acima de 4.664,68 27,5% 869,36