Você está na página 1de 6

1.

Em todas as alternativas, o termo em negrito exerce a função de sujeito, exceto em:

a) Quem sabe de que será capaz a mulher de seu sobrinho?

b) Raramente se entrevê o céu nesse aglomerado de edifícios.

c) Amanheceu um dia lindo, e por isso todos correram às piscinas.

d) Era somente uma velha, jogada num catre preto de solteiros.

e) É preciso que haja muita compreensão para com os amigos.

2. Em "Eu era enfim, senhores, uma graça de alienado.", os termos da oração grifados são
respectivamente,

do ponto de vista sintático:

a) adjunto adnominal, vocativo, predicativo do sujeito

b) adjunto adverbial, aposto, predicativo do objeto

c) adjunto adverbial, vocativo, predicativo do sujeito

d) adjunto adverbial, vocativo, objeto direto

e) adjunto adnominal, aposto, predicativo do sujeito

3. Das expressões sublinhadas abaixo, com as ideias de tempo ou lugar, a única que tem a
função sintática do adjunto adverbial é:

a) "Já ouvi os poetas de Aracaju"

b) "atravessar os subúrbios escuros e sujos"

c) "passar a noite de inverno debaixo da ponte"

d) "Queria agora caminhar com os ladrões pela noite"

e) "sentindo no coração as pancadas dos pés das mulheres da noite"

4. A classificação dos verbos sublinhados, quanto à predicação, foi feita corretamente em:

a) "Não nos olhou o rosto. A vergonha foi enorme." - transitivo direto e indireto
b) "Procura insistentemente perturbar-me a memória." - transitivo direto

c) "Fiquei, durante as férias, no sítio de meus avós." - de ligação

d) "Para conseguir o prêmio, Mário reconheceu-nos imediatamente." - transitivo indireto

e) "Ela nos encontrará, portanto é só fazer o pedido." - transitivo indireto

5. "Ele observou-a e achou aquele gesto feio, grosseiro, masculinizado." Os termos sublinhados
são:

a) predicativos do objeto

b) predicativos do sujeito

c) adjuntos adnominais

d) objetos diretos

e) adjuntos adverbiais de modo

6. Observe os termos sublinhados na passagem: "O rio vai às margens. Vem com força de
açude arrombado." Os termos sublinhados são, respectivamente:

a) predicativo do sujeito e adjunto adnominal de modo

b) adjunto adverbial de modo e adjunto adnominal

c) adjunto adverbial de lugar e adjunto adverbial de modo

d) adjunto adverbial de modo e objeto indireto

e) adjunto adverbial de lugar e complemento nominal

7. "O corpo, a alma do carpinteiro não podem ser mais brutos do que a madeira." A função
sintática dos termos sublinhados é, pela ordem:

a) objeto direto - predicativo do sujeito

b) sujeito - sujeito

c) predicativo do sujeito - sujeito

d) objeto direto - predicativo do sujeito

e) predicativo do sujeito - predicativo do sujeito

8. Em "E quando o brotinho lhe telefonou, dias depois, comunicando que estudava o
modernismo, e dentro do modernismo sua obra, para que o professor lhe sugerira contato
pessoal com o autor, ficou assanhadíssimo e paternal a um tempo", os verbos assinalados são,
respectivamente:

a) transitivo direto, transitivo indireto, de ligação, transitivo direto e indireto


b) transitivo direto e indireto, transitivo direto, transitivo indireto, de ligação

c) transitivo indireto, transitivo direto e indireto, transitivo direto, de ligação

d) transitivo indireto, transitivo direto, transitivo direto e indireto, de ligação

e) transitivo indireto, transitivo direto e indireto, de ligação, transitivo direto

9. (AFA-2009) Oração do rio São Francisco em tempos de poucos rios

Onde houver a dúvida dos que fraquejam, que eu leve a fé dos que constroem seu tempo. Na
adversidade, meio ao deserto e ao clima árido, a fé dos que colhem uvas e mangas em minhas
margens. Dos que colhem arroz em minhas várzeas, dos que criam peixes com minhas águas
em açudes feitos. A fé dos xocós lá em Poço Redondo. A fé que cria cabras nos Escuriais. Dos
que colhem cajus e criam gado em Barreiras e outros cafundós.

Onde houver o erro dos governantes que eu leve a verdade de Canudos. O bom senso dos
conselheiros de encontro à insanidade dos totalitários. Os canhões abrindo fendas na cidade
sitiada e a verdade expondo cada vez mais a ferida da loucura na caricatura da História. O
confisco da poupança e o rombo na previdência. O fim da inflação e o pão escasso, o emprego
rarefeito, a dignidade estuprada em cada lar de nordestinos.

Onde houver a tristeza dos solitários que eu leve a alegria das festas de São João. Solitário eu
banho muitas terras e em todas, das Gerais, do Pernambuco, das Alagoas e do Sergipe, não há
tristeza ao pé da fogueira, nas núpcias entre a concertina e o repente, entre a catira e o baião.
Das festas do Divino ao Maior São João do Mundo, deixai-me levar, Senhor, o sabor de minhas
águas juninas e seus fogos de artifícios.

(http://adercego.blogsome.com/2006/12/04/oracao-do-rio-sao-francisco-em- tempos-de-
poucos-rios - Acesso em 15/05/08 às 14h)

Sobre o 3º fragmento do texto acima, é correto afirmar que as/o(s)

a) sintagma “nas núpcias entre a concertina e o repente, entre a catira e o baião” (3º
fragmento) exerce uma função adverbial e apresenta uma catacrese como recurso expressivo.

b) termos enumerados (sublinhados no 3º fragmento) referem-se à palavra todas, exercendo a


função de adjunto adnominal desse vocábulo.

c) pronome em destaque no sintagma “deixai-me levar” (3º fragmento) exerce a função


sintática de sujeito da ação verbal “levar”.

d) expressões destacadas em “o sabor de minhas águas, juninas e seus fogos de artifícios”


exercem a mesma função sintática.

10. (AFA-2010) Os termos abaixo destacados representam lugar. Porém, apenas um deles NÃO
pode ser classificado como circunstância adverbial. Assinale-o.

a) “..., para uma viagem de quatro anos e nove meses ao redor do mundo.” (. 5 a 7)

b) “... à exceção de uma mulher, já velha, que se atira contra as rochas.” (. 60 e 61)

c) “Em Viagens de um naturalista ao redor do mundo, (...) em que faz um detalhado registro de
sua longa exploração...” (.29a32)
d) “Com a lua cheia, que nasce cedo no céu, o grupo decide prosseguir viagem para dormir na
Lagoa de Maricá...” (. 52 a 54)

11. (EFOMM-2014) Considerando a predicação das formas verbais sublinhadas que se seguem,
aquela que se DISTINGUE das demais está na opção

a) (...) da Inglaterra até aqui, para que nos aqueça nas noites de inverno, não devia ser largada
no chão (...)

b) Guardo os chinelos, que ficam sempre emborcados.

c) Abro as venezianas na alegria do sol desta manhã (...)

d) (...) tenho trocado confidências com amigas e há várias opiniões a respeito.

e) Vejo eu, olho em roda para saber por onde começar.

12. (EFOMM-2014) Assinale a opção em que a expressão sublinhada NÃO cumpre a função de
sujeito.

a) (...) porque, afinal das contas, o correr dos anos nos dá uma certa filosofia.

b) (...) como prova este “Poesia até agora”, rubro de vergonha de ter sido largado (...)

c) Como é que gente que gosta de ler pode deixar os próprios livros numa bagunça dessas?

d) Umas acham que um dia dá um estalo de Padre Vieira na cabeça desses moleques (...)

e) E onde já se viu misturar na mesma mesa esse nunca assaz manuseado Manuel Bandeira (...)

13. (EFOMM-2013) Assinale a opção em que o pronome oblíquo NÃO exerce a função de
objeto direto.

a) Agora sei por que não vieste, depois de tanto e tanto te esperar.

b) Todas as manhãs te aguardava. Ao meio-dia já (...)

c) Via-te aparecer em sonho e fechava os olhos como quem (...).

d) Cismava que te recebera havia longos anos, mas era menino (...).

e) Todas as manhãs te aguardava.

14. (EFOMM-2013) Assinale a opção em que o termo sublinhado NÃO exerce a função de
sujeito.

a) Era o equívoco mais consolador, afinal não se perderia a mensagem.

b) (...) pessoas se afastavam ou escondiam tão finamente tua posse, que a dúvida ficava
enrodilhada à minha esquerda.

c) O desengano, à direita. E não havia combate entre eles.

d) Restam – se restarem – fragmentos que nada contam ou explicam, senão (...).


e) Eu indagava os rostos, pesquisava neles a furtiva iluminação, o traço de beatitude, que
indicasse conhecimento de teu segredo.

15. (EFOMM-2012) Em uma das opções a palavra “que” NÃO cumpre função sintática.
Assinale-a.

a) (...) e depois a injeção que a enfermeira lhe passa.

b) (...) a criancinha é uma boneca de olhos cerúleos, mas já meio careca, que atende pelo
nome de Rosinha (...).

c) O médico apanha o pincernê, que escorreu de seu nariz (...).

d) ‘- O senhor pode dar injeção que eu faço ela tomar de qualquer jeito (...)’.

e) (...) é um cometa indo tinir no ouvido da cozinheira, um vaso quebrado, uma cortina que se
despenca (...).

16. (EFOMM 2012) Assinale a opção em que se encontra sublinhado um aposto.

a) (...) os bigodes foram pintados por sua irmã, a enfermeira (...).

b) (...) a criancinha é uma boneca de olhos cerúleos, mas já meio careca, que atente pelo nome
de Rosinha (...).

c) (...) eu já disse tanto, meu Deus, para essa garota (...).

d) ‘- Tem de tomar, senão quem acaba no médico é você mesmo, doutor.’

e) Ainda sob o efeito das vitaminas, preso na solidão escura do mal, desatento a qualquer
autoridade materna ou paterna, com o diabo no corpo (...).

17. (ESCOLA NAVAL – 2011) Que afirmativa está correta em relação aos aspectos
morfossintáticos do texto?

a) Nos segmentos "[...] que lhe davam más notícias." e "[...] o Rei ouvia sorrindo tais novas.",
os vocábulos sublinhados têm a mesma classe gramatical.

b) Nos segmentos " [...] surpreso consigo mesmo, [...] . " e "Tão satisfeito ficou com o
mensageiro [...] .", os termos sublinhados exercem funções sintáticas distintas.

c) O vocábulo "que" exerce a mesma função nos seguintes períodos: "O Rei mandava cortar a
cabeça dos mensageiros que lhe davam más notícias." e "Tratava-se, como é fácil de imaginar,
de um homem que dominava espantosamente bem a arte de dar más notícias."

d) Na oração "[...] que o nomeou seu porta-voz oficial.", o termo sublinhado exerce a mesma
função exercida na seguinte frase: O Rei considerou culpado seu porta-voz oficial.

e) O vocábulo "se" tem a mesma classificação gramatical nos seguintes segmentos: "Dessa
forma, um processo de seleção natural se estabeleceu: [...]." e "Tratava-se, como é fácil
imaginar, de um homem¯[...].".

18. (ESCOLA NAVAL – 2012) Que afirmativa está correta em relação aos aspectos
morfossintáticos do texto?

a) Em "Silverstein teve uma filha, Shoshanna." (3°§) e “No meio da transformação, há


desafios.” (11°§), os
termos sublinhados exercem a mesma função sintática.

b) Em “Depois, livros começaram a ser publicados na língua que as pessoas falavam na rua:
italiano, francês, alemão, *...+.” (7°§) e “A primeira vítima da imprensa foi a Igreja, que na
Idade Média tinha o monopólio da informação.” (8°§), os termos sublinhados exercem a
mesma função sintática.

c) Em “As regras se perdem.” (5°§) e “E ela se foi com 11 *...+.” (3°§), os termos sublinhados
tem a mesma classe gramatical.

d) Em “Era a burguesia.” (7°§) e “Se acesso a cinema era difícil nas cidadezinhas *...+.” (9°§), os
termos sublinhados tem a mesma classe gramatical.

e) Em “Tesarac, o neologismo foi criado pelo poeta americano *...+.” (2°§) e “Silverstein teve
uma filha, Shoshanna.” (3°§), os termos sublinhados exercem funções sintáticas distintas.

19. (ESCOLA NAVAL 2014) Em qual opção o pronome relativo exerce a mesma função sintática
que o termo sublinhado em “*...+ desde que todos esses ‘sete’ o tivessem ratificado até
então.” (6°§)?

a) “*...+ nunca chegaremos a uma Língua Portuguesa que seja escrita *...+.” (5°§)

b) “Mas o Acordo Ortográfico que está em curso de aplicação pode ajudar *...+.”(9°§)

c) “Na votação que o parlamento português fez, há escassos meses, *...+.”(9°§)

d) “*...+ ligada às decisões comuns que agora saíram da Cúpula *...+.”(10°§)

e) “A Língua Portuguesa é um bem precioso que une povos *...+.”(11°§)