Você está na página 1de 1

Supremo Tribunal Federal

PETIÇÃO 7.074 DISTRITO FEDERAL

RELATOR : MIN. EDSON FACHIN


REQTE.(S) : REINALDO AZAMBUJA SILVA
ADV.(A/S) : GUSTAVO PASSARELLI DA SILVA
REQDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA

DESPACHO: 1. Por meio da petição de fl. 137, o requerente pleiteia a


disponibilização das notas taquigráficas das sessões de julgamento do
Plenário desta Suprema Corte de 21, 22, 28 e 29 de junho de 2017, em que
o STF, por maioria, nos termos do voto reajustado do Relator, “resolveu
questão de ordem no sentido de reafirmar, nos limites dos § 7º e § 11 do art. 4º da
Lei 12.850/2013, e incs. I e II do art. 21 do RI/STF: i) a atribuição do Relator
para, monocraticamente, homologar acordos de colaboração premiada,
oportunidade na qual se limita ao juízo de regularidade, legalidade e
voluntariedade da avença, vencidos os Ministros Gilmar Mendes e Marco
Aurélio; ii) a competência colegiada do Supremo Tribunal Federal, em decisão
final de mérito, para avaliar o cumprimento dos termos bem como a eficácia do
acordo, vencidos, nos termos de seus votos, os Ministros Ricardo Lewandowski,
Gilmar Mendes e Marco Aurélio”.
2. Nos termos art. 96, § 7º, do RISTF: “O Relator sorteado ou o Relator
para o acórdão poderá autorizar, antes da publicação, a divulgação, em texto ou
áudio, do teor do julgamento.” Ao lado disso, a própria Constituição
Federal, no campo dos atos jurisdicionais, prestigia o interesse público à
informação (art. 93, IX).
3. Com isso, defiro o pedido, nos termos em que formulado. À
Secretaria para as providências.
Publique-se.
Brasília, 14 de agosto de 2017.

Ministro EDSON FACHIN


Relator
Documento assinado digitalmente

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/ sob o número 13370447.

Você também pode gostar