Você está na página 1de 5

REVISÃO DE COMPOSIÇÃO

1. Explique as quatro leis da alimentação?


R. Lei da quantidade – quantidade de alimentos suficiente para cobrir as exigências energéticas do organismo e
manter seu equilíbrio. Lei da qualidade – o regime alimentar deve ser completo em sua composição para oferecer
ao organismo todas as substâncias que o integram. Lei da harmonia – as quantidades dos diversos nutrientes que
integram a alimentação devem guardar uma relação de proporção entre si. Lei da adequação – a finalidade da
alimentação está subordinada à sua adequação ao organismo, à faixa etária, condições de saúde e
socioeconômicas do indivíduo.
2. Defina alimentos funcionais segundo a ANVISA?

R. Alimentos que além de fornecerem energia para o corpo e uma nutrição adequada, produzem outros efeitos
que proporcionam benefícios à saúde, auxiliando na redução e prevenção de diversas doenças devido à presença
de componentes biologicamente ativos.

3. Qual a recomendação de proteínas, carboidratos e lipídeos segundo recomendações da DRIs?

R. Proteínas – 10-35% ou 0,8 – 1g/kg peso; carboidratos – 45-65%; lipídeos – 20-35%.

4. Quantas calorias a cada grama fornecem os carboidratos, lipídeos e proteínas?


R. Carboidratos – 4g; proteínas – 4g; lipídeos – 9g.
5. O que são gorduras? Cite 4 funções desse nutriente:

R. Grupo de compostos insolúveis na água e solúveis em compostos orgânicos. Funções: Fornecem energia,
componentes de membranas celulares, atua na manutenção da temperatura corporal, essencial para absorção,
transporte e armazenamento de vitaminas lipossolúveis, protegem os órgãos vitais contra lesões, torna o
esvaziamento gástrico mais lento.

6. Classifique as fontes alimentares citadas abaixo quanto ao principal tipo de ácido graxo fornecido por estes (ácido
graxo saturado, ácido graxo insaturado ômega 3, ácido graxo insaturado ômega 6 ou ácido graxo insaturado
ômega 9): óleo de coco, óleo de linhaça, gema de ovo e oleaginosas, óleo de girassol e azeite de dendê, azeite de
oliva e oleaginosas, salmão e óleo de canola.
R. Ácido graxo saturado (óleo de coco, azeite de dendê, gema de ovo); Ômega 3 (salmão e óleo de linhaça);
Ômega 6 (óleo de girassol, ); Ômega 9 (azeite de oliva, oleaginosas, óleo de canola).
7. Podemos encontrar ácidos graxos saturados e colesterol em alimentos de origem vegetal?

R. Ácidos graxos saturados sim, colesterol não.

8. Os ácidos graxos essenciais fazem parte da estrutura dos fosfolipídeos que são componentes importantes das
membranas e da matriz estrutural de todas as células. O que são ácidos graxos essenciais? Dê exemplos.

R. O termo ácido graxo essencial refere-se às famílias dos ácidos graxos ω-6 e ω-3. Nosso corpo não sintetiza, são
essenciais à vida e precisam ser ingeridos na alimentação.

9. Porque a HDL é reconhecido como o colesterol bom?

R. Porque remove colesterol do plasma e tecidos para o fígado. Esse processo é importante porque os tecidos
extra-hepáticos não podem degradar o colesterol.

10. Em que consiste o processo de hidrogenação que acontece em alimentos?


R. Processo químico que adiciona H nas ligações duplas de um insaturado na presença de um catalisador
(normalmente o níquel) e de altas temperaturas.

11. O que são carboidratos? Cite 4 funções desse mineral?

R. Substancias que possuem a fórmula C 6H12O6. Podem conter N, P e S. Podem ser chamados de glicídios ou
hidratos de carbono. Funções: Papel fundamental de fornecer energia para o corpo; poupadores de proteínas e
lipídeos; fazem parte da estrutura das células.

12. Defina os principais tipos de carboidratos:

R. Simples – monossacarídeos (são os CHO mais simples e não podem ser hidrolisados a compostos menores.
Podem ter de 3 a 7 carbonos) e dissacarídeos (possuem duas unidades de monossacarídeos). Complexos –
Oligossacarídeos (possuem de 3 a 9 monossacarídeos) e polissacarídeos (possuem no mínimo 10
monossacarídeos).

13. Cite os principais monossacarídeos e dissacarídeos, e a função de cada um dos citados:

R. Monossacarídeos – Glicose (chamada de açúcar do sangue; principal fonte de energia para o homem).
Galactose (presente na estrutura da lactose, não é encontrada livre na natureza). Frutose (única cetose
encontrada na natureza e é o açúcar mais doce utilizado pelo homem). Dissacarídeos – Sacarose (é o açúcar mais
comum e acessível da dieta habitual). Lactose (é o açúcar do leite). Maltose (não é encontrada livre na natureza,
pode ser obtido pela hidrolise do amido e através da fermentação de cereais em germinação).

14. Cite os principais oligossacarídeos e polissacarídeos:

R. Oligossacarídeos (maltodextrina, rafinose, estaquiose, frutooligossacarídeos (FOS)) e polissacarídeos (amido,


glicogênio e celulose).

15. O que são fibras?

R. São partes de alimentos de origem vegetal que são resistentes à digestão e a absorção no ID humano.

16. Porque as fibras apesar de serem formadas de glicose não fornecem energia para o organismo?

R. Porque atinge o colón intacta/hidrolisada e são fermentadas por bactérias do colón.

17. Cite as funções das fibras solúveis e insolúveis no organismo. Cite 4 exemplos de alimentos fontes das diferentes
fibras:

R. Solúveis (retardam o esvaziamento gástrico, retardam o trânsito do conteúdo intestinal, reduzem a


concentração de colesterol e glicose sanguínea. Fontes: frutas, verduras, aveia, cevada e leguminosas). Insolúveis
(aceleram o transito do conteúdo fecal; aumentam a capacidade de retenção de água e, portanto, não formam
géis; sua fermentação é limitada. Fontes: verduras, farelo de trigo e cereais integrais).

18. Dado os seguintes alimentos: pectina, mucilagem, celulose, lignina, gomas, inulina e hemicelulose. Diga para cada
um qual tipo de fibra representam.

R. Pectina (solúvel), mucilagem (solúvel), celulose (insolúvel), lignina (insolúvel), gomas (solúveis), inulina (solúvel)
e hemicelulose (solúvel e insolúvel).

19. O que é índice glicêmico?

R. Mede a velocidade com que os alimentos aumentam os níveis de açúcar no sangue.

20. Como os diferentes tipos de carboidratos podem interferir no índice glicêmico de um alimento?
R. Os CHO simples são digeridos e absorvidos rapidamente produzindo um aumento súbito da taxa de glicose no
sangue, já os CHO complexos devido ao maior tamanho da sua molécula, são digeridos e absorvidos mais
lentamente, ocasionando pequeno e gradual aumento na taxa de glicemia.

21. O que são proteínas? Fale sobre a estrutura das proteínas e cite 4 funções desse nutriente.

R. Polímeros complexos formados pela ligação de 20 aminoácidos diferentes. 17% do peso corporal é composto
por proteínas que estão distribuídas nos tecidos, apresentando diferentes estruturas. Estrutura primária é a
própria sequencia de AA ligados linearmente por ligações peptídicas. Estrutura secundária é resultante das
ligações de hidrogênio entre átomos de H da amida e O carboxílicos. Em geral, essas ligações forçam a proteína a
assumir a forma helicoidal ou de folha de papel dobrada. Estrutura terciária é a soma das estruturas secundárias.
Quando as estruturas primárias das proteínas dobram-se sobre si mesmas. A cadeia polipeptídica completamente
enovelada e compactada. Estrutura quartenária é a união de várias estruturas terciárias que assumem formas
espaciais bem definidas. Funções: energética, estrutural (colágeno), contrátil (actina e miosina), transporte
(hemoglobina), armazenamento (ferritina), hormônio (insulina) e enzimáticas.

22.Todos os aminoácidos tem a mesma estrutura básica?

R. Sim. Um grupo amino, um grupo carboxílico, os quais estão ligados a um C central, o C α (carbono alfa). O
grupo R define os diferentes tipos de AAs.

23. O que são proteínas de alto valor biológico? Dê exemplos de proteínas de alto e baixo valor biológico:

R. São aquelas proteínas que contém todos os AA essenciais. Ex: Alto valor proteínas de origem animal. Baixo
valor proteínas de origem vegetal.

24. Qual a diferença entre proteína completa e proteína incompleta? Cite exemplos de cada uma dessas:

R. Proteína completa seria aquela que contem todos os 20 AA. Ex: Leite, carne, ovos, peixes, aves, iogurte, queijos,
etc. Proteína incompleta é aquela que tem a deficiência de um ou mais AA. Ex. Feijão (metionina) e arroz (lisina).

25. Diferencie aminoácido essencial, não essencial, condicionalmente essencial e limitante.

R. Essencial - Não podem ser sintetizados pelo organismo humano a partir de outros compostos, devendo ser
ingeridos na alimentação. Não essencial – Podem ser sintetizados pelo organismo humano. Condicionalmente
essencial – são sintetizados a partir de outros AA e / ou sua síntese é limitada sobre condições fisiopatológicas
especiais. Limitante – aquele que não está presente na fonte proteica, ou seja, AA não suprido.

26. O que são vitaminas?

R. Elementos nutritivos essenciais para a vida que na sua maioria possuem na sua estrutura compostos
nitrogenados (aminas). Substancias que o corpo não consegue sintetizar em quantidades suficientes, por isso tem
que ser obtido através da dieta. Essenciais para o crescimento e o funcionamento metabólico normal de um
organismo. Funcionam como aditivos – são indispensáveis para o mecanismo de produção de energia e outros,
mas em pequenas quantidades. Não apresentam valor energético inerente.
27.Qual a diferença entre as vitaminas hidrossolúveis e lipossolúveis? Cite quem são:

R. Lipossolúveis são solúveis em lipídeos e absorvidas juntamente com as gorduras da alimentação. (A, D, E, K).
Hidrossolúveis são solúveis em água, excretadas em pequenas quantidades pela urina, não sendo armazenadas
no organismo em quantidades apreciáveis. (C, Complexo B).

28. Com relação as vitaminas A, C, D, E e K:

Principais funções Deficiência Fontes


Perda de apetite, perda de peso,
Importante no processo visual;
diminuição da resistência a Fígado, óleo de peixe, leite, ovos,
integridade dos tecidos epiteliais;
infecções, interfere no epitélio vegetais de folhas amarelas e
A espermatogênese; desenvolvimento
respiratório, alterações epiteliais, verdes escuras, azeite de dendê e
fetal; resposta imunológica;
cegueira noturna, mancha de Bitot, óleo de buriti.
crescimento e apetite.
xeroftalmia e queratomálacia.
Petéquias (manchas hemorrágicas);
Indispensável na integridade do púrpura ou equimoses (hematomas
tecido conjuntivo; conversão do e sangramentos subcutâneos); Frutas cítricas, goiaba, morango,
colesterol em ácidos biliares; hiperqueratose folicular; acerola, abacaxi, kiwi, tomate
C antioxidante (protege as células dos sangramento ocular; escorbuto; batata, brócolis, etc. Alimentos de
radicais livres); absorção e anemia (por deficiência de folato e origem animal contém pouca
metabolismo do ferro; mantém o por deficiência de ferro); síntese quantidade e os grãos não tem.
ferro em sua forma reduzida (Fe2+). defeituosa de colágeno tecidual e
baixa densidade óssea.
Controle da homeostase de cálcio e
potássio; regula o sistema imune; Raquitismo, osteomalacia, diabetes,
Sol, salmão, atum, sardinha, gema
previne o câncer; associada a pressão alta, doenças
D de ovo, margarina fortificada, na
síndrome metabólica; importante cardiovasculares, esquizofrenia,
gordura do leite.
para a formação e manutenção de osteoporose.
ossos e dentes.
Antioxidante; ajuda a prevenir a
oxidação de ácidos graxos não
saturados e de vitamina A no
sistema intestinal e nos tecidos do
Óleos vegetais, vegetais verdes
corpo; protege os eritrócitos da Neuropatia periférica, ataxia
escuros, gérmen de trigo,
E hemólise; participa na reprodução espino-cerebelar, miopatia
amendoim, manga, molho de
(em animais); participação na esquelética.
tomate.
manutenção do tecido epitelial e na
síntese de prostaglandina; combate
o câncer e previne doenças
cardiovasculares.
Fígado, óleo de soja, outros óleos
Petéquias, púrpura ou equimoses.
vegetais, vegetais de folhas verdes,
Podem ser causadas por uso de
Fundamental para coagulação farelo de trigo, sintetizado pelas
K medicamentos; NPT por longos
sanguínea; formação óssea. bactérias do sistema intestinal,
períodos; síndrome de má absorção;
banana, pêssego, abacate, leite,
megadoses da vitamina A e E.
suco de laranja.

29. Quais vitaminas estão envolvidas na anemia megaloblástica? Cite 3 alimentos fontes dessas vitaminas:

R. B9 e B12. Frutos secos, cereais, leguminosas, frutas, vegetais verdes escuros e produtos de origem animal.

30. Qual vitamina e mineral está envolvida na anemia ferropriva? Por que a anemia ocorre? Cite 3 alimentos fontes
dessas vitaminas:

R. Vitamina C e o ferro. O ferro é necessário para a formação da hemoglobina e a vitamina C auxilia na absorção e
metabolismo do ferro. O ferro é encontrado nas carnes, vísceras, na gema do ovo, frutos do mar, feijão e
hortaliças e a vit C é encontrada nas frutas cítricas.
31. Quais as consequências da deficiência de zinco?

R. Anorexia, alterações no paladar, dificuldades na reparação de tecidos, retardo no crescimento e maturação


sexual e esquelética, disfunção imune, alopecia (queda de cabelos), alterações cognitivas.

32. Qual a importância do ácido fólico na gestação? O que pode acontecer na sua deficiência?

R. Para evitar o risco de defeitos no fechamento do tubo neural do concepto. Problemas na gestação, anemia
megaloblástica, hiperhomocisteinemia, risco aumentado para DCV, AVC, demência, certos tipos de câncer e
osteoporose.

33. Quais sãos os grupos de risco para deficiência de vitamina B12?

R. Vegetarianos estritos e idosos.

34. Que orientações alimentares você daria para um indivíduo com anemia ferropriva?

R. Aumento na ingestão de carnes vermelhas (pelo menos três vezes na semana), fígado, feijões e vegetais verdes
escuros associados ao uso de vitamina C para melhor absorção.

35. Considerando os grupos alimentares da pirâmide cite 5 exemplos de alimentos fontes de cada grupo alimentar.

R. Cereais, tubérculos e raízes: arroz, milho, centeio, trigo, aveia, quinoa. Frutas, legumes e verduras: cenoura,
abóbora, beterraba, couve, alface, manjericão, espinafre, acelga, rúcula, manga, acerola, laranja, morango. Leite,
queijo e iogurte: leite, queijo e iogurte. Leguminosas e oleaginosas: feijão, lentilha, ervilha, amendoim, grão de
bico, soja, nozes, amêndoas, avelãs, gergelim, castanhas, macadâmia e linhaça. Ovos e carnes: ovos, peixes,
frango, frutos do mar, carne bovina.

36. Cite quais os cereais que contêm glúten:

R. Trigo, centeio, cevada e aveia.

37. Porque a combinação de arroz com feijão é considerada tão importante?

R. Porque eles se complementam. O feijão não tem o AA metionina e o arroz não tem o AA lisina, ao fazer a união
dos dois alimentos estamos formando uma proteína de alto valor biológico e essa é a mistura mais importante no
prato principal do brasileiro.

38. Que tipos de carboidratos e gorduras estão associados ao aumento do risco de doenças cardiovasculares?

R. Carboidratos simples e gorduras saturadas.