Você está na página 1de 4

Tomás João Xavier

Licenciatura em Ensino de Matemática

Universidade Licungo- Delegação da Beira


2020
Tomás João Xavier

Trabalho de Logica e Teoria de Conjunto

Licenciatura em Ensino de Matemática

Docente:

Msc. Lewane Marcos

Universidade Licungo- Delegação da Beira


2020
GRUPO I

1a.i) O objeto e a motivação da logica no sentido filosófico: A Lógica é a ciência do raciocínio


ou que está preocupada com o estudo do raciocínio. Ainda que atualmente esta ideia possa ser
considerada insuficiente ou mesmo ultrapassada devido à enorme dimensão e diversidade que
tem alcançado este ramo comum da Filosofia e da Matemática, ela pode servir como uma
primeira aproximação para o conteúdo da Lógica.

ii) A Lógica Matemática, não se deve apenas ao fato de seus princípios fundamentais
constituírem a base da Matemática. Sua relevância é evidenciada principalmente por ter seus
padrões de análise e crítica aplicáveis a qualquer área de estudo em que a inferência e o
argumento sejam necessários, ou seja, a qualquer campo em que as conclusões devam basear-se
em provas.

Exemplo

1. Os mocambicanos são africanos.

2. Os estudantes da Unilicungo são universitarios.

3. Todos os alunos de Matemática são malucos e alguns alunos de Matemática não são
malucos.

Não é necessário muito esforço, nem uma teoria especial para afirmarmos que a alternativa 1 é
verdadeira, a 2 pode ser verdadeira ou não, e 3 é falsa porque há uma contradição.

Porém, antes de respondermos se uma afirmação é verdadeira ou falsa, devemos verificar se a


frase está gramaticalmente correta e se faz sentido.
Grupo II

Os calculos de proposições

A Lógica Matemática se ocupa da análise e relações entre certas sentenças, quase

sempre de conteúdo matemático, chamadas proposições.

Os termos verdade e falsidade são chamados valores lógicos de uma proposição.

Para efeito de classificar as proposições em verdadeiras ou falsas, e desenvolver

a teoria de modo consistente, a Lógica Matemática adota como regras fundamentais os dois

seguintes princípios:

I) Princípio da Não Contradição - Uma proposição não pode ser verdadeira e falsa ao

mesmo tempo.

Exemplo:

Maputo é capital de Mocambique. V

Maputo é um país.F

II) Princípio do Terceiro Excluído - Toda proposição ou é verdadeira ou é falsa (isto é,

verifica-se sempre um desses casos e nunca um terceiro).

Pelos dois princípios anteriores temos que: Toda proposição tem um e somente um

dos valores lógicos, verdade ou falsidade. Por este motivo, chamamos a Lógica

Matemática de bivalente.

Exemplo:

i) 2 + 3 < 5

ii)) x + 2 = 1