Você está na página 1de 49

Universidade Lúrio

Faculdade de Engenharia
Departamento de Engenharia Mecânica

LICENCIATURA EM ENGENHARIA MECÂNICA - 4º ANO

DISCIPLINA : PROJECTO DE REDES DE FLUIDOS

II. SISTEMAS DE TUBAGENS


# (Redes de Distribuição) - Reservatórios

Docente: Engº Nelson Inoque Envelope

15/05/2020
1
SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Alternativas de Fornecimento de Água para a Rede

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 2


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Vazões de Dimensionamento das partes principais de um sistema de
abastecimento de agua

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 3


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Vazões de Dimensionamento das partes principais de um sistema de
abastecimento de agua

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 4


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Reservatórios de Distribuição de Água
Vantagens:
• Aumento no rendimento
dos conjuntos elevatórios
• Bombeamento de água
fora do horário de pico
elétrico

Desvantagens:
• Custo elevado de
implantação
• Localização e impacto

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 5


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Classificação dos Reservatórios

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 6


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Classificação dos Reservatórios de Distribuição

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 7


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Classificação dos Reservatórios de Distribuição

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 8


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Classificação dos Reservatórios de Distribuição

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 9


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Classificação dos Reservatórios de Distribuição

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 10


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Classificação dos Reservatórios de Distribuição

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 11


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Alternativas de Fornecimento de Água para a Rede

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 12


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Alternativas de Fornecimento de Água para a Rede

LOCALIZAÇÃO NO SISTEMA
A localização deve permitir abastecer as redes
de distribuição
com os seguintes limites de pressão:
➢ Pressão estática máxima: 50 mca
➢ Pressão dinâmica mínima: 10 mca

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 13


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 14


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Alternativas de Fornecimento de Água para a Rede

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 15


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Alternativas de Fornecimento de Água para a Rede

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 16


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Localização dos Reservatórios em Relação ao Terreno

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 17


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Localização dos Reservatórios em Relação ao Terreno
RESERVATÓRIOS APOIADOS

RESERVATÓRIOS SEMI-ENTERRADOS

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 18


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Localização dos Reservatórios em Relação ao Terreno

RESERVATÓRIOS ELEVADOS

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 19


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Dimensionamento do Reservatório

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 20


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Dimensionamento do Reservatório

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 21


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Dimensionamento do Reservatório

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 22


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Nível de Água Mínimo no Reservatório

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 23


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Nível de Água Máximo no Reservatório

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 24


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Nível de Agua Mínimo e Máximo no Reservatório

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 25


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Geometria do Reservatório

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 26


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Exercício - 1

Dimensionar os reservatórios enterrado e elevado pertencentes a um centro de


reservação, sendo conhecido os seguintes dados:
• Zona baixa a ser atendida pelo reservatório enterrado, com uma população de
30.000 habitantes e a zona alta a ser atendida pelo reservatório elevado (torre)
com 12.000 habitantes;
• São conhecidos:
• Consumo per capita de água: 250 l/hab.dia;
• Coeficiente do dia de maior consumo: K1 = 1,2;
• Coeficiente da hora de maior consumo: K2 = 1,5

O terreno do centro de reservação é plano, na cota 100,0 m;


• Estudadas as necessidade de pressão nas redes da zona alta e baixa, conclui-
se que o reservatório enterrado deverá ter o NA max na cota 101,00 m e NAmin
na cota 97,00 m e a torre o NA max na cota 119,0 m e o NAmin na cota 115,50
m;

O volume de reservação a ser adotado deve ter 1/3 do volume consumido no dia
de maior consumo.

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 27


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Exercício - 1

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 28


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Tanque Hidropneumático

O sistema hidropneumático é composto basicamente por bombas centrífugas, um


injector de ar, um tanque de pressão e um controlador de pressão. A bomba leva a
água do reservatório inferior para um tanque de pressão. Entre a bomba e o tanque
de pressão, encontra-se um injetor de ar que, hidraulicamente, puxa o ar durante o
funcionamento da bomba e o leva para o interior do tanque.

Fonte: Soares (2013)


Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 29
SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Tanque Hidropneumático

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 30


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Tanque Hidropneumático

Dentro do tanque de pressão, o ar é comprimido na parte superior do


tanque até atingir a pressão máxima de funcionamento. Quando a pressão é
máxima, a bomba é desligada automaticamente pelo controlador de pressão.
Desta forma, toda a rede fica pressurizada através deste ar comprimido no
tanque que empurra o fluído para os pontos de consumo.

Fonte: Soares (2013)


Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 31
SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Tanque Hidropneumático

O tanque de pressão tem papel importe nesta função, quando a bomba desliga (devido a
rede ter atingido a pressão máxima), o ar comprimido dentro dele tenta expandir e ficar
com sua característica natural, empurrando a água para fora do tanque, porém, como ainda
não há consumo, toda a tubulação fica pressurizada com esta força. Quando o ponto de
consumo é aberto, este ar começa a se expandir e a pressão da rede cai, devido ao alívio
gerado pela a abertura do aparelho sanitário (uma pia de cozinha por exemplo).

Fonte: Soares (2013)


Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 32
SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Tanque Hidropneumático

Quando a pressão interna chegar em um valor mínimo, a bomba é ativada


novamente, e o ciclo de pressurização da rede se repete.

Fonte: Soares (2013)


Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 33
SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Abastecimento em sectores

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 34


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Abastecimento em sectores

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 35


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Abastecimento em sectores

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 36


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Distribuição Escalonada

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 37


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Análise Hidráulica das Redes

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 38


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Limites de Pressão na rede

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 39


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Zonas de Pressão( Favorável e Desfavorável)

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 40


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Limites de Pressão na rede -Tanque Hidropneumático

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 41


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Tipos de Consumo

• Doméstico

• Comercial

• Industrial

• Público

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 42


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Consumo Doméstico

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 43


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Consumo Comercial de Água

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 44


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Consumo Industrial de Agua

Categorias de uso
• Água como matéria-prima;
• Água consumida em processo industrial;
• Água utilizada para resfriamento;
• Água necessária para as instalações sanitárias, refeitórios...

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 45


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Consumo Público de Água

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 46


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS
Tabela de Consumo Predial

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 47


Estimativa do Consumo diário

Eng. Nelson Inoque


SISTEMAS DE TUBAGENS : REDES DE CONDUTOS

FIM e BONS ESTUDOS

Engenharia Mecânica- PRF- 𝟒𝟎 Ano Eng. Nelson Inoque 49