Você está na página 1de 96

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

Curso de Bacharelado em Serviço Social


UNIASSELVI/ NEAD
Centro Universitário Leonardo da Vinci
                              
Reitor:
Prof. Hermínio Kloch

Pró-reitora de ensino de graduação Ead:


Prof.ª Francieli Stano Torres

Coordenadora do Curso de Bacharelado em Serviço Social:


Profª. Vera Lúcia Hoffmann Pieritz

Elaboração:
Profª. Vera Lúcia Hoffmann Pieritz (Org.)
Profª. Denise da Silva Vieira
Profª. Juliana Maria Lazzarini
Profª. Marinês Selau Lopes
Profª. Silvana Braz Wegrzynovski

Diagramação:
Cléo Schirmann

Revisão Acadêmica:
Vera Lúcia Hoffmann Pieritz

Revisão Textual:
Jóice Gadotti
GUIA - TCC 3
Olá! Caro(a) aluno(a)!

Seja muito bem-vindo(a) à UNIASSELVI e ao curso de SERVIÇO SOCIAL. É


um imenso prazer tê-lo(a) conosco como aluno(a) nas disciplinas de Projeto de TCC
& Trabalho de Conclusão de Curso - TCC. A partir deste momento você se tornou
parte de uma experiência educacional inovadora que o levará a trilhar um caminho
diferente pautado não apenas no saber, mas também no saber fazer.

O curso de SERVIÇO SOCIAL tem por objetivo formá-lo(a) ASSISTENTE SO-


CIAL com competências para coordenar, elaborar, implementar, executar, gerenciar,
assessorar, prestar consultoria, supervisionar, planejar, monitorar e avaliar políticas,
planos, programas e projetos sociais nos setores governamental, não governamental
e empresarial, voltados para a defesa da cidadania, para equidade e justiça social,
para o fortalecimento de indivíduos e grupos sociais e para o desenvolvimento social.

É importante que você saiba que a realização do Projeto de TCC & do Trabalho
de Conclusão de Curso - TCC são componentes curriculares obrigatórios, e estão
previsto na Matriz Curricular e no Projeto Pedagógico do Curso.

O curso de Bacharelado em Serviço Social foi desenvolvido com a intenção de


formar um profissional, cuja formação fizessem parte não só os aspectos técnicos do
seu trabalho, mas também a formação cultural, artística e histórica que influenciam
o serviço social. E, neste sentido, o Projeto de TCC & Trabalho de Conclusão de
Curso - TCC são momentos muito importantes e ricos para a formação profissional
do assistente social, pois estão vinculado diretamente à prática dos estágios e sua
experiência acadêmica. Além de serem norteados por princípios e valores fundamen-
tais do Código de Ética do Assistente Social.

Assim, a concepção do Curso de Bacharelado em Serviço Social do Centro


Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI está assentada no princípio de que a
formação de recursos humanos com estas especialidades, somente se faz possível
com o modelo pedagógico em que a pluralidade seja a base do ensino, precisamente
por que o ecletismo é um sustentáculo ao conhecimento e ao desenvolvimento de
um profissional apto e capaz a desempenhar atividades na área de Gestão Social.

Destaca-se ainda que a concepção do curso de Bacharelado em Serviço Social,


em perfeita relação de correspondência com o Projeto Institucional da UNIASSELVI,
constitui-se em condição determinante para formar um profissional de Serviço Social
com sólida formação acadêmica, teórico-metodológica e ético-político, habilidades
interpessoais e técnico-operativas bem desenvolvidas e conscientes da situação
socioeconômica da realidade na qual está inserido.

O Curso de Bacharelado em Serviço Social da UNIASSELVI visa desenvolver


o perfil do assistente social que se adapte às exigências da sociedade, tendo em
vista que há uma demanda crescente por profissionais qualificados com conhecimento,
visão e titulação para atuação competente junto à área social e às expressões da
questão social, formulando e implementando estratégias e propostas de intervenção
4 GUIA - TCC
para seu enfrentamento, com capacidade e habilidade de promover o exercício pleno
da cidadania e a inserção criativa e propositiva dos usuários do Serviço Social no
conjunto das relações sociais e no mercado de trabalho.

Prontos para começar a compreender o significado da práxis profissional do


assistente social?

Espero que as disciplinas e o Projeto de TCC & Trabalho de Conclusão de


Curso - TCC e demais atividades pertinentes ao Curso de Serviço Social sejam muito
úteis na sua vida profissional e que você possa realizar uma reflexão acerca do espaço
ocupacional do assistente social.

Lembre-se: você pode e deve trabalhar todos estes conceitos no seu dia a dia,
permitindo-lhe assim que o mesmo interaja nas dimensões ético-morais e políticas
da sua vida social e profissional.

Portanto, confie em você! Confie na sua prática profissional! Bons estudos e


sucesso na sua profissão!

Convidamos agora prezado(a) aluno(a) a conhecer um pouco mais sobre o


Projeto de TCC & Trabalho de Conclusão de Curso - TCC.

Seja muito bem vindo!!!

Prof. Msc Vera Lúcia Hoffmann Pieritz


Coordenadora do Curso de Serviço Social
GUIA - TCC 5
GUIA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC
CURSO DE BACHARELADO EM SERVIÇO SOCIAL

UNIDADE 1

GUIA BÁSICO PARA O DESENVOLVIMENTO DO TRABALHO


DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO – TCC

1 APRESENTAÇÃO

Os Referenciais de Qualidade para Educação Superior a Distância, preconiza-


dos pelo Ministério da Educação em agosto de 2007, ressaltam que a superação da
visão fragmentada do conhecimento e dos processos naturais e sociais enseja uma
estruturação curricular por meio da interdisciplinaridade e contextualização.

O Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI compreende que seus


cursos de graduação na modalidade à distância devem proporcionar aos seus alunos
a possibilidade de conhecer os conteúdos de cada disciplina, também reconhecer a
interação entre as disciplinas ou áreas do saber.

Diante disso, o Trabalho de Conclusão de Curso - TCC é considerado como


uma das atividades pedagógicas obrigatórias, inserida na grade curricular do curso
de Bacharel em Serviço Social, relacionando a teoria e prática. Estabelecendo um
movimento entre o saber e o fazer.

Neste contexto, o Trabalho de Conclusão de Curso - TCC é um elemento obri-


gatório na formação do acadêmico bacharel em Serviço Social, mediante as Diretrizes
Curriculares da área. Diante disso, visa garantir aos bacharelandos o experimento do
exercício da profissão, em diversos segmentos da sociedade.

O presente Guia de Orientação do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC tem


por objetivo apresentar uma síntese referente às normas e estrutura da elaboração e
desenvolvimento da monografia e defesa pública em Banca Avaliadora.

Um dos princípios da Uniasselvi é a relação entre o saber e o fazer, que acontece


dialeticamente entre a teoria e a prática. Sendo assim, o TCC torna-se importante
instrumento na contribuição para a formação do futuro profissional.

O TCC do Curso de Serviço Social da Uniasselvi está fundamentado de acordo


com o que preconiza as legislações e as regulamentações do Ensino Superior Brasilei-
ro e as Regras Procedimentais da Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT.

2 OBJETIVO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO – TCC EM SERVIÇO


SOCIAL
6 GUIA - TCC

FIGURA 1 – TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO – TCC

FONTE: As autoras

O Trabalho de Conclusão de Curso - TCC do Curso de Bacharel em Serviço


Social da UNIASSELVI tem como objetivo geral dinamizar a prática interventiva social
a partir da instrumentalização do educando na elaboração, implementação e avaliação
da monografia – TCC, que é resultado direto de sua intervenção no campo de estágio.

Por conseguinte, o Estágio Curricular Supervisionado e o Trabalho de Conclusão


de Curso - TCC são dois componentes curriculares complementares.

Por isso, podem, e devem ser tratados como processos acadêmicos que se
articulam, ou seja, o estágio é a base do TCC. Estão intrinsicamente ligados.

IMPORTANTE:

Caro(a) Aluno(a)!!!
O TCC é o resultado concreto do seu processo interventivo no campo de estágio.

Esta é a posição assumida pelo Centro Universitário Leonardo da Vinci –


UNIASSELVI, ou seja, a de fazer do Estágio Curricular Supervisionado um momento
inicial que se completa no Trabalho de Graduação, integrando os conhecimentos
adquiridos durante o curso e proporcionando o contato com a pesquisa, atividade
vista como princípio educativo que possibilita ao acadêmico desenvolver uma ação
questionadora e reflexiva.

3 FUNDAMENTAÇÃO LEGAL

O Curso de Bacharelado em Serviço Social, através da Resolução CNE/CP


nº 15, de 13 de março de 2002, que institui as Diretrizes Curriculares para o Curso
GUIA - TCC 7
de Serviço Social, faculta à Instituição de Ensino Superior a inclusão do Trabalho
de Conclusão de Curso - TCC como componente curricular. Assim, o TCC, como
componente curricular, no Projeto Pedagógico deste curso, é obrigatório e o NEAD/
UNIASSELVI é responsável pela elaboração do respectivo regulamento, que torna o
TCC obrigatório para obtenção do título de Bacharel em Serviço Social.

O Trabalho de Conclusão de Curso – TCC implantado no curso de Bacharelado


em Serviço Social busca considerar de maneira excelente, em uma análise sistêmica e
global, os aspectos: carga horária, formas de apresentação, orientação e coordenação.

O TCC é uma oportunidade para o aluno integrar e aplicar conhecimentos ad-


quiridos ao longo do curso. Neste sentido, pressupõe-se que o trabalho desenvolvido
tenha cunho prático ou aplicado. Ao realizar o TCC, os alunos já se familiarizaram
com os princípios dos métodos de pesquisa científica e com os formatos usuais das
pesquisas de cunho acadêmico. As disciplinas de Projeto de TCC e TCC tomam como
aceitavelmente conhecidas as regras e normas usuais na pesquisa científica visando
a publicação e se concentra nos trabalhos de interesse prático.

O Trabalho de Conclusão de Curso – TCC tem um papel fundamental na forma-


ção do aluno. Através dele o aluno demonstrará seu conhecimento, sua versatilidade,
sua capacidade de síntese, de análise, sua articulação de conceitos e argumentos,
seu desenvolvimento da criatividade e na desenvoltura da redação.

4 O QUE PRECISAMOS COMPREENDER REFERENTE AO TCC?

QUADRO 1 – INFORMAÇÕES SOBRE O TCC

• É UMA DISCIPLINA COMUM, como as demais da matriz curricular do


curso.

• Tem relação direta com o Estágio, pois é resultado do mesmo.

• Acontece no SÉTIMO E OITAVO MÓDULOS do curso.

• É desenvolvido um PROJETO DE TCC e uma MONOGRAFIA sob


aspecto correlacionado com o estágio.
FONTE: As autoras
• Tem banca pública de defesa do TCC.

• A carga horária de cada disciplina é de 60 horas, totalizando 120horas.

• O TUTOR EXTERNO é o orientador pedagógico Local do TCC.

• O DOCENTE da disciplina de TCC é o orientador pedagógico


Institucional do TCC.
FONTE: autora
• O TCC inicia pela definição do TEMA (Áreas de Concentração).

FONTE: As autoras
8 GUIA - TCC
5 ÁREAS DE REALIZAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

O objeto do Trabalho de Conclusão de Curso – TCC deverá ser enquadrado


nas áreas de atuação do Campo de Estágio.

Exemplos: Políticas Sociais – assistência social, saúde, educação, habitação


etc.; Terceiro Setor, Setor Privado ou Setor Jurídico. Estes estão intrínsecos nas Áreas
de Concentração do Curso de Bacharelado em Serviço Social, que são:

a) Políticas Sociais e Cidadania

Trabalha com assuntos pertinentes às questões sociais, históricas e culturais


nas sociedades urbanas e rurais. As políticas sociais abrangem ações que visam
suprir as necessidades sociais básicas dos indivíduos não contempladas pelo modo
capitalista de produção. Todavia sua gestão está vinculada ao Estado, cujo objetivo é
propiciar uma vida digna a toda sociedade. Visto que, o acesso às políticas públicas
sociais está relacionado diretamente ao exercício da cidadania, sendo esta, uma
condição de participação dos indivíduos na vida política, econômica e cultural de
uma sociedade, implicando no acesso aos direitos sociais e na luta pelos mesmos.
Podemos citar que as políticas sociais se manifestam através dos órgãos públicos de
saúde, previdência, assistência social, família, criança e adolescente, idoso, pessoa
com deficiência, educação, trabalho, habitação, entre outros.

b) Processo de Trabalho e Classes Sociais

Podemos apontar que esta área de concentração acima citada, estuda e inter-
vêm em todas as relações sociais advindas do mundo do trabalho em seus diferentes
setores da economia. Desta relação surgem as classes sociais, da qual definem-se
como grupos de pessoas que apresentam as mesmas condições econômicas e de
afinidades, tanto políticas, quanto ideológicas. A sociedade brasileira é composta por
segmentos que através do poder econômico, impõe seus interesses às classes menos
favorecidas economicamente. Este processo de trabalho proporciona uma estrutura
social adequada à exploração, evidenciando as desigualdades sociais. Diante do ex-
posto o “Processo de Trabalho e Classes Sociais” encontra-se inserido nas empresas
públicas (gestão do trabalho), privadas (recursos humanos) e sindicatos de classes.

c) Cultura e Movimentos Sociais

Trabalha-se a questão das identidades coletivas e a análise das diferentes di-


mensões culturais e suas correlações com o Estado e o mercado. (A cultura, política,
as relações de poder, de gênero, de democracia, entre outras). Os movimentos sociais
são ações de determinados grupos organizados, com o objetivo de mudanças sociais,
através da luta em defesa de seus direitos e interesses. Estas ações encontram-se
pautadas em prol de políticas públicas e sociais, movimentos comunitários, forças
políticas, protestos sociais entre outros. Neste sentido, referimo-nos que a cultura
são tradições sociais inerentes aos movimentos sociais, pois suas características e
costumes são construídas através da subjetividade, sendo possível a incorporação
de novas respostas dadas pelas novas gerações.
GUIA - TCC 9
d) Terceiro Setor, Responsabilidade Social e Desenvolvimento Sustentável

As diversas ligações do Serviço Social com o terceiro setor e legitimação das


causas dos movimentos sociais. As diferentes dimensões do Desenvolvimento Susten-
tável (ambiental, econômica, social, política, tecnológica, entre outras). Entendemos
o Terceiro Setor como associações e entidades sem fins lucrativos, sendo mantidas
com iniciativas privadas, cuja finalidade é atender a população, em locais onde o
Estado não consegue atender a demanda. O Terceiro Setor também é composto
por mão de obra voluntária (sem remuneração). Todavia seu objetivo é melhorar a
qualidade de vida das pessoas menos favorecidas, crianças, adultos, idosos, meio
ambiente entre outros. Como exemplo podemos citar, as Organizações Não Governa-
mentais – ONGS, Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público – OSCIPS e
as Associações. A Responsabilidade Social nas organizações visa promover ações
de forma ética, possibilitando relações socialmente responsáveis e sustentáveis que
englobam e asseguram ações sociais, ambientais, culturais, políticas, econômicas,
civis, dentre outras.

e) O Serviço Social nas Organizações e Instituições

A Intervenção do Serviço Social na gestão e planejamento de serviços, pro-


gramas e projetos sociais visa a autonomia dos indivíduos, o fortalecimento de suas
potencialidades na busca de sua emancipação. Nesta perspectiva, o profissional de
Serviço Social intervêm nas diferentes configurações dos processos organizacionais
e gestão, assessoria e consultoria social. Compreende também neste contexto, que
a direção das ações tem o mesmo segmento tanto no poder público, privado, ONG’s
e cooperativas.

IMPORTANTE:

O TCC está articulado diretamente ao Campo de Estágio, na área de concentração


específica em que o acadêmico o desenvolveu.

Nesse sentido, o TCC pode ser compreendido como uma PESQUISA COMPLE-
MENTAR ao Estágio Curricular, que contribua cientificamente à Instituição Campo
de Estágio.

6 CARGA HORÁRIA

Considerando a exigência do TCC como parte integrante do currículo pleno do


curso, consoante estatuído pelas Diretrizes Curriculares Nacionais - DCN (Resolu-
ção CNE/CP nº 15, de 13 de março de 2002), o aluno deverá elaborar um trabalho/
monografia sob orientação docente, de acordo com as normas para elaboração deste
trabalho definidas neste regulamento específico. Para tanto, deverá cursar as discipli-
10 GUIA - TCC
nas de Projeto de TCC e TCC, totalizando 120 horas na estrutura curricular do curso.

7 COORDENAÇÃO, SUPERVISÃO E ORIENTAÇÃO

A Coordenação, Supervisão e a Orientação do Trabalho de Conclusão de Curso


serão feitas conforme consta no respectivo Guia. Conforme o quadro abaixo:

QUADRO 2 – COMPETÊNCIAS

COORDENAÇÃO
A coordenação do Trabalho de Conclusão de Curso será
exercida pelo Coordenador do Curso.

Qual são suas COMPETÊNCIAS?

I- elaborar o cronograma de atividades do TCC e divulgá-lo


em tempo hábil;
II- baixar normas e instruções pertinentes complementares
FONTE: <http://www. a este Guia;
fundacaofritzmuller.com.br/blog/
index.php/um-gestor-precisa-ser-
III- orientar e acompanhar as atividades do Orientador Local
muito-mais-do-que-um-funcionario- e Institucional quanto às normas e programação do TCC.
comum/>.

DOCENTE O Docente (na UNIASSELVI/NEAD),


É o ORIENTADOR PEDAGÓGICO INSTITUCIONAL.

O docente das disciplinas de TCC interage com os


alunos, docentes, tutores internos e externos, articuladores,
coordenação do curso e Pró-Reitoria de Ensino de
Graduação a Distância, a qual compete:

a) Orientação aos tutores internos e externos sobre o


FONTE: <http://clickexatas.
wordpress.com/page/2/>
encaminhamento da disciplina.
b) Acompanhamento do cumprimento do programa da
disciplina.
c) Realização orientações pedagógicas coletivas e
individuais, conforme cada etapa do TCC, por meio de:
a. Fórum.
b. Chat.
c. 0800.
d. E-mail.
e. Web Conferência.
f. Trilha de Aprendizagem.
GUIA - TCC 11

ARTICULADOR A supervisão do TCC será feita pelo Articulador.


Ao ARTICULADOR compete:
I- Orientar e esclarecer dúvidas dos acadêmicos e dos
Tutores Externos/orientador local quanto à elaboração do
TCC.
II- Supervisionar as atividades dos Tutores Externos/
orientador local no que diz respeito:
• ao desenvolvimento do TCC e da Prática;
• à aplicação, correção e lançamento no sistema, das
notas das avaliações da aprendizagem do TCC;
• ao lançamento, no campo próprio do sistema, da
Monografia do TCC realizados pelos alunos;
FONTE: <http://psicologiaapl
• ao desenvolvimento dos encontros presenciais, com
icadaets.blogspot.com. especial atenção para o cumprimento do horário e
br/2012/11/definindo-e-classifi
cando-grupos.html>.
realização das atividades programadas, segundo as
orientações da UNIASSELVI;
• à Defesa Pública/socialização do TCC;
• a receber os diários de classe, ata de entrega do TCC,
conferir e enviá-lo a Gerência Acadêmica da UNIASSELVI;
• a verificar a postagem do TCC no ambiente de
aprendizagem (AVA).

TUTOR EXTERNO O Tutor Externo (no Polo de Apoio Presencial)


É o ORIENTADOR PEDAGÓGICO LOCAL.

Ao TUTOR compete:
I- Dar a conhecer o presente Guia aos acadêmicos,
esclarecendo-lhes eventuais dúvidas.
II- Divulgar entre os acadêmicos os planos e cronogramas
necessários à execução do TCC;
III- Orientar a elaboração da Monografia;
IV- Acompanhar o acadêmico na execução de suas tarefas,
orientando-o nas suas necessidades e dificuldades.
V- Avaliar o desempenho do acadêmico.
VI- Avaliar a Monografia.
VII- Lançar todas as notas referentes ao TCC no site da
UNIASSELVI.
VIII- Fazer todos os registros no Diário de Classe e Ata
de entrega do TCC de todos os acadêmicos da turma e
depois entregar ao articulador.
IX- Organizar a Defesa Pública/Seminário Socialização.
X- POSTAR NO SITE da UNIASSELVI as Monografias de
todos os acadêmicos.
XI- Exercer outras funções atribuídas pelo colegiado do
curso e não previstas neste Guia.
12 GUIA - TCC
TUTOR INTERNO O Tutor Interno (na UNIASSELVI/NEAD), sob
orientação direta do Docente da disciplina (Orientador
Pedagógico Institucional) e do Coordenador do Curso:

• revisar e atualizar, quando necessário, o Guia do TCC;


• orientar o Tutor Externo/orientador local, articuladores
de EAD e os acadêmicos através do telefone 0800,
e-mail e AVA, sobre os procedimentos de TCC, tais como:
FONTE: <http://www.inovacon
tactcenter.com.br/web/>.
aplicação do guia, escrita da monografia e outros;
• orientar quanto à fundamentação teórica para a
realização da Pesquisa;
• alimentar e acompanhar o ambiente virtual – AVA;
• orientar o planejamento e organização da Defesa
Pública/seminário de socialização do TCC;
• responder dúvidas dos Polos e organismos públicos e
privados;
• orientar o Tutor Externo/orientador local sobre a
sistemática de avaliação e lançamento das notas.

ALUNO São atribuições do ALUNO:

• estar devidamente matriculado na disciplina de TCC.


• Cumprir as tarefas programadas.
• Comparecer aos encontros presenciais destinados à
orientação do TCC.
• Elaborar a Monografia.
• Entregar uma cópia digital do TCC ao Tutor Externo/
FONTE: <www.florestanet.com.
br/geral/id-31207/apacitação_ orientador local.
social_realiza_capacitacao_para_ • Fazer a apresentação do TCC presencialmente no polo
funcionarios>.
de apoio.
• Cumprir outras tarefas solicitadas pela Coordenação
ou pelo Docente da disciplina (Orientador Pedagógico
Institucional).
FONTE: As autoras.

8 FORMAS DE APRESENTAÇÃO DO TCC

Quanto às FORMAS DE APRESENTAÇÃO, o objetivo do TCC é oportunizar aos


alunos a experiência com a iniciação científica em Serviço Social das mais variadas
formas, portanto o aluno poderá realizar uma revisão de literatura, relato de caso ou
um trabalho de pesquisa experimental.

O TCC do Curso de Bacharelado em Serviço Social na modalidade EAD está


dividido em três fases:
GUIA - TCC 13
Primeira fase: o Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso, em que o
aluno irá desenvolver a elaboração do projeto de pesquisa do TCC, para assim com-
preender todas as etapas do projeto da monografia, além de possibilitar a discussão
teórico-metodológica relativa ao tema pertinente a área do Serviço Social, promover
o trabalho Ético na Pesquisa e desenvolver o projeto da monografia.

Segunda fase: o Trabalho de Conclusão de Curso em si, no qual o aluno irá


elaborar a Monografia. Em que realizará uma discussão e aprofundamento da temá-
tica estudada pelo aluno no projeto de TCC e nas suas fases do estágio curricular,
além de realizar a análise do resultado do processo investigativo. Para que assim o
aluno possa compreender, analisar e intervir nas manifestações da questão social,
além de elaborar a monografia e/ou Revisão Literária, articulando ensino, pesquisa
e extensão e desenvolver o senso crítico, o pensamento reflexivo, o compromisso e
a ética profissional.

Terceira fase: a Defesa Pública do TCC, em que a monografia desenvolvida


pelo aluno será apresentada perante banca examinadora, e que a mesma é pública
e registrada em ata. A Banca Examinadora será composta por um presidente (o
Tutor-Orientador pedagógico) e por mais dois membros convidados. O acadêmico
terá até 20 minutos para apresentar o seu trabalho. Durante esse tempo não poderá
haver interrupções. Após a apresentação do acadêmico, cada membro da banca
examinadora terá 5 minutos para tecer comentários e/ou fazer questionamentos sobre
o trabalho, totalizando 15 minutos.

Atenção!!!!

Cuidado com as CÓPIAS literais ou parciais, na construção do Projeto e do TCC


PLÁGIO
Lei nº 9.610/98 – Direitos Autorais
14 GUIA - TCC
GUIA - TCC 15
UNIDADE 2

PROJETO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

TÓPICO 1

PRIMEIRA FASE: PROJETO DO TCC

FIGURA 2 – SERIVÇO SOCIAL

FONTE: Disponível em: <http://servicosocialhoje.blogspot.com.br/>. Acesso em:

1 INTRODUÇÃO

No Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso se dá a elaboração do projeto de


pesquisa do trabalho de conclusão de curso, em que o aluno irá investigar, pesquisar
e analisar a realidade institucional do espaço de atuação profissional, objeto resultante
de sua experiência de intervenção no seu campo de estágio.

Em que será necessário desenvolver o seguinte documento pedagógico:

• Projeto de Pesquisa do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC

2 CARACTERÍSTICAS GERAIS DA DISCIPLINA

FIGURA 3 – PROJETO TCC

FONTE: As autoras.
16 GUIA - TCC
EMENTA

Ética na Pesquisa. Etapas do trabalho monográfico. Elaboração do projeto de


TCC.

CARGA HORÁRIA: 60 horas

OBJETIVOS GERAIS DA DISCIPLINA

• Elaborar o projeto de pesquisa do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
• Compreender todas as etapas do projeto da monografia.
• Possibilitar a discussão teórico-metodológico relativa ao tema pertinente a área do
Serviço Social.
• Promover o trabalho Ético na Pesquisa.
• Desenvolver o projeto da monografia.

BIBLIOGRAFIAS
1 LIMA, Manolita Correa; OLIVIO, Silvio. Estágio supervisionado e trabalho de
conclusão de curso. São Paulo: Cengage Learning, 2012. 
B2 LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos de metodologia
científica. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2010. 
B3 GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas,
2010. 
C1 ARRUDA, Glacy Clóris Duarte. Metodologia cientifica: projetos de pesquisa. Curitiba:
Camões, 2008.
C2 GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas,
2010. 
C3 SETUBAL, Aglair Alencar. Pesquisa em serviço social: utopia e realidade. 5.ed. São
Paulo: Cortez, 2011.
C4 MINAYO, Maria Cecília de Souza. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 30.
ed. Petrópolis: Vozes, 2011. 
C5 RICHARDSON, Roberto Jarry. Pesquisa social: métodos e técnicas. 3. ed. São
Paulo: Atlas, 2011. 

3 DAS ORIENTAÇÕES GERAIS DO PROJETO DE TCC

As orientações gerais do projeto de Trabalho de Conclusão de Curso – TCC


são as seguintes:

● conforme o cronograma de cada turma, serão programados encontros presenciais


com todos os acadêmicos;
GUIA - TCC 17
● o cronograma de atividades contém as datas de entrega das etapas do projeto de
pesquisa do Trabalho de Conclusão de Curso – TCC, bem como, da realização de
outras atividades pertinentes;

● o projeto de Trabalho de Conclusão de Curso – TCC do curso de Bacharelado em


Serviço Social consiste em Projeto de Pesquisa, desenvolvida de acordo com
as diretrizes da Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviço Social –
ABEPSS e as Regras Procedimentais da Associação Brasileira de Normas Técnicas
- ABNT;

● a avaliação do Projeto de TCC é realizada por meio da avaliação do mesmo;

4 ETAPAS DO PROJETO DE PESQUISA DO TCC

FIGURA 4 – ETAPAS DO PROJETO

FONTE: As autoras

As etapas do projeto de pesquisa do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC


são as seguintes:

4.1 APRESENTAÇÃO DO TEMA

• O acadêmico deverá apresentar de forma sucinta o tema de sua pesquisa.


• Preferencialmente, o tema deve ser o mesmo do Campo de Estágio, ou seja, do
Projeto de Intervenção.

4.2 PROBLEMATIZAÇÃO DO TEMA E A RELAÇÃO COM A QUESTÃO SOCIAL

• Apresentar de forma clara e objetiva o motivo pelo qual o acadêmico decidiu realizar
a pesquisa.
• Como levantou a demanda.
• Aqui o aluno deverá apresentar um referencial teórico sobre o tema e a problema-
tização da questão social.

4.3 JUSTIFICATIVA:

• Esclarecer por que seria importante a realização dessa pesquisa para a instituição
18 GUIA - TCC
e qual sua relevância para a formação acadêmica.

4.4 OBJETIVOS DA PESQUISA

• Apresentar o objetivo geral e objetivos específicos.


• 01 objetivo Geral
• 03 objetivos específicos

4.5 METODOLOGIA DE PESQUISA

• Descrever de que forma se realizará a pesquisa, apresentando os instrumentais que


serão utilizados para a obtenção dos dados.

5 PLANO DE AULA DO PROJETO DO TCC

QUADRO 3 – PLANO DE AULA


ATIVIDADES ACADÊMICAS E PEDAGÓGICAS
ENCONTRO
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
PRESENCIAL
- Discussão referente à ÉTICA NA PESQUISA e os cuidados com as CÓPIAS
literais ou parciais, na construção do Projeto e do TCC (PLÁGIO - Lei nº
PRIMEIRO
9.610/98 – Direitos Autorais).
ENCONTRO
- Leitura e discussão do Guia de TCC – parte geral e do Projeto de TCC.
PRESENCIAL
- Orientação referente ao desenvolvimento da DISCUSSÃO DO TEMA,
PROBLEMATIZAÇÃO E CONTEXTUALIZAÇÃO.
- Orientação referente às Normas da ABNT e formatação do Trabalho
Monográfico.
S E G U N D O - Explicação acerca de como definir e redigir o OBJETIVO GERAL E
E N C O N T R O ESPECÍFICOS, além da METODOLOGIA DA PESQUISA.
PRESENCIAL - Entrega ao Tutor/Orientador pedagógico local a primeira parte do projeto de
pesquisa do TCC – discussão do tema, problematização e contextualização
(item 1, 2 e 3) para avaliação. (1ª Nota)
- Explicação acerca de como realizar a apresentação da Socialização do
projeto de Pesquisa do TCC.
TERCEIRO
- Entrega ao Tutor/Orientador pedagógico local a segunda parte projeto de
ENCONTRO
pesquisa do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC – o objetivo geral e
PRESENCIAL
específicos, além da metodologia da pesquisa (item 4 e 5) para avaliação.
(2ª Nota)
- Entrega ao Tutor/Orientador pedagógico local o projeto de pesquisa do
Q U A R T O Trabalho de Conclusão de Curso. - TCC – PROJETO COMPLETO, contendo
E N C O N T R O todos os itens para avaliação. (3ª Nota)
PRESENCIAL - SOCIALIZAÇÃO do projeto de pesquisa do Trabalho de Conclusão de
Curso - TCC. (4ª Nota)
FONTE: As autoras.
GUIA - TCC 19

6 AVALIAÇÃO DO PROJETO DE PESQUISA DO TCC

A avaliação do projeto de pesquisa do Trabalho de Conclusão de Curso – TCC


deve considerar três aspectos:

I- Se o acadêmico consegue desenvolver o trabalho escrito de forma clara,


apresentando uma discussão teórica pertinente à análise dos dados obtidos.

II- Se a apresentação do projeto de pesquisa do Trabalho de Conclusão de


Curso – TCC tem coerência entre a teoria, a análise dos dados e a desenvoltura
durante a explanação.

III- Se o projeto de pesquisa do Trabalho de Conclusão de Curso – TCC está


condizente com a metodologia científica da Associação Brasileira de Normas Téc-
nicas – ABNT.

6.1 DESCRIÇÃO DAS AVALIAÇÕES DO PROJETO DE PESQUISA DO TCC

• A avaliação do projeto do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC compreende:

QUADRO 4 – AVALIAÇÃO DO PROJETO


Primeira parte do projeto de pesquisa do TCC:
DISCUSSÃO DO TEMA, PROBLEMATIZAÇÃO E
CONTEXTUALIZAÇÃO
(item 1, 2 e 3)
Segunda parte do projeto de pesquisa do TCC:
OBJETIVO GERAL e ESPECÍFICOS, além da
METODOLOGIA DA PESQUISA
(item 4 e 5)
Avaliação final do projeto de pesquisa do TCC:
PROJETO COMPLETO
Contendo todos os itens

SOCIALIZAÇÃO do projeto de pesquisa do TCC

FONTE: As autoras

IMPORTANTE:

Será considerado aprovado o acadêmico que obtiver média final 7 (sete).


20 GUIA - TCC
7 MODELO DO PROJETO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC

Centro Universitário Leonardo da Vinci


Curso Bacharelado em Serviço Social

NOME DO (A) ACADÊMICO(A)

(TURMA)

PROJETO DETRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO:

(COLOCAR O TEMA DO PROJETO DE TCC)

MUNICÍPIO
ANO
GUIA - TCC 21

NOME DO ACADÊMICO

TEMA DO PROJETO DE TCC

O Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso apresentado


à disciplina de Projeto de TCC – do Curso de Serviço
Social – do Centro Universitário Leonardo da Vinci –
UNIASSELVI, como exigência parcial para a obtenção do
título de Bacharel em Serviço Social.

Nome do Tutor - Orientador


22 GUIA - TCC

LISTAS DE ILUSTRAÇÕES

TABELA 1 – BRASIL: DADOS ECONÔMICO-FINANCEIROS DE PROJETOS EMPRESARIAIS


DE SOJA NOS PRINCIPAIS ESTADOS PRODUTORES EM 2003………………………….....

QUADRO 1 – EXEMPLO DO USO DE FONTE, CORPO E CARACTERES………………….....


QUADRO 2 – MODELO DE NUMERAÇÃO PROGRESSIVA DAS SEÇÕES…………...……....
GUIA - TCC 23

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO .........................................................................................................................
2 APRESENTAÇÃO DO TEMA .....................................................................................................
DISCUSSÃO DO TEMA
O capítulo pode ter subtítulos conforme a necessidade.
3 PROBLEMATIZAÇÃO DO TEMA E A RELAÇÃO COM A QUESTÃO SOCIAL ......................
PROBLEMATIZAÇÃO DO TEMA E RELAÇÃO COM A QUESTÃO SOCIAL
O capítulo pode ter subtítulos conforme a necessidade.
4 JUSTIFICATIVA ..........................................................................................................................
CONTEXTUALIZAÇÃO DO TEMA NO CAMPO DE ESTÁGIO
O capítulo pode ter subtítulos conforme a necessidade.
5 OBJETIVOS DA PESQUISA.......................................................................................................
APRESENTAÇÃO DO OBJETIVO GERAL E DOS OBJETIVOS ESPECÍFICOS.
O capítulo só pode ter dois subtítulos, ou seja:
5.1 OBJETIVO GERAL ..............................................................................................................
5.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS................................................................................................
6 METODOLOGIA DE PESQUISA:
APRESENTAÇÃO DA METODOLOGIA DE PESQUISA
O capítulo pode ter subtítulos conforme a necessidade.
REFERÊNCIA............................................................................................................................
APÊNDICES...............................................................................................................................
ANEXOS....................................................................................................................................
24 GUIA - TCC

1 INTRODUÇÃO (o que vai ser apresentado)

De forma geral, a introdução consiste na apresentação do Projeto de Trabalho


de Conclusão de Curso.
Primeiramente, deverá ser apresentada uma breve discussão sobre o tema
escolhido, buscando discutir o que motivou a estudar sobre o assunto.
A partir disso, o acadêmico deverá apresentar sobre o Objetivo Geral e os
Objetivos específicos.
Posteriormente, deverá ser descrito sobre a metodologia de pesquisa a ser
utilizado, bem como o que o motivou na construção do Projeto de pesquisa do Tra-
balho de Conclusão de Curso.
GUIA - TCC 25

2 APRESENTAÇÃO DO TEMA

Este capítulo vai descrever e contextualizar sobre o TEMA escolhido, ex.: dro-
gadição (descrever sobre o conceito de drogas, sua história, dentre outros); criança
e adolescente (descrever sobre o conceito de criança e adolescência, sua história,
dentre outros); idosos; pessoas com deficiência; mulheres etc.
Falar aqui de que assunto trata (contextualizar o tema). Deve caracterizar,
resumidamente, o local, as pessoas envolvidas e as circunstâncias gerais que cer-
cam o desenvolvimento do trabalho. Deve, também, conter claramente expresso,
em termos gerais, o resultado que se almeja alcançar.
O acadêmico deverá fazer a discussão baseado em fundamentação teórica.
O capítulo pode ter subtítulos, conforme a necessidade de ampliação ao pro-
cesso de reflexão. Tanto o nome do capítulo, quanto dos subtítulos, são a critérios
da acadêmico.
26 GUIA - TCC

3 PROBLEMATIZAÇÃO DO TEMA E A RELAÇÃO COM A QUESTÃO SOCIAL

Neste capítulo o acadêmico apresentará sobre a temática contextualizando


com a questão social e referenciando a atuação do Estado no enfrentamento desta
demanda (ex: Criança e Adolescente, descrever as políticas de atendimento, a
legislação vigente de amparo ao público escolhido e a partir de quando se torna
uma questão social).
Definir o problema é colocar uma ou mais questões que nortearão tanto a busca
de dados da literatura e de campo quanto a própria análise dos dados.
Procure dar ponto de direcionamento ao seu trabalho.
Um problema pode ser definido tanto a partir da observação como da teoria,
ou ainda de um método que se queira testar.
No contexto de um projeto de prática profissional, um problema é uma situação
não resolvida, mas também pode ser a identificação de oportunidades até então não
percebidas pela organização (ROESCH, 1999).
É neste momento também que o acadêmico busca uma fundamentação te-
órica para sustentação da discussão. Sugere-se que sejam utilizados no mínimo
dois autores para referencial teórico, bem como, não deverá ser utilizado mais que
quatro autores para não haver divergências de linhas de pensamento1.

1 Buscar referenciais teóricos das ciências humanas.


GUIA - TCC 27

4 JUSTIFICATIVA

Neste capítulo o acadêmico descreverá a questão social apresentada como


a demanda trabalhada no campo de estágio, contextualizando sobre o local de
intervenção, os trabalhos realizados/disponíveis e o público beneficiado/atendido.
Neste capítulo o acadêmico poderá utilizar-se de partes do seu Projeto de
Intervenção.
28 GUIA - TCC
5 OBJETIVOS DA PESQUISA

Introduza o subcapítulo, como, por exemplo:


A seguir enunciam-se os objetivos geral e específicos de pesquisa.

5.1 OBJETIVO GERAL

O objetivo é definido como “alvo ou desígnio que se pretende atingir” (NOVO


DICIONÁRIO AURÉLIO, 1986).
Se o problema é uma questão a investigar, objetivo é um resultado a alcançar.
O objetivo geral ou final, se alcançado, dá resposta ao problema.
O OBJETIVO GERAL define o propósito do trabalho.
Ao formular objetivos, o autor do projeto está fixando padrões de sucesso
pelos quais seu trabalho será avaliado, bem como leva a percepção das etapas
contidas em seu trabalho, isto é, os objetivos orientam a revisão da literatura e a
metodologia do projeto (ROESCH, 1999).
O objetivo geral dá a direção final do seu trabalho, procure expressá-lo em
apenas uma frase, sempre iniciando com um verbo no infinito.
Exemplo: Desenvolver um projeto de interação social, política e econômica
dos moradores “de” e “na” rua do município de .........

5.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Os objetivos específicos são um detalhamento do objetivo geral. Por isso


mesmo eles recebem essa denominação, ou seja, especificam melhor as ações a
serem desenvolvidas. Também aqui se deve utilizar o verbo no infinitivo.
Atenção! Certifique-se de que os objetivos sejam operacionalizáveis (KES-
TRING, 2004).
Pode ter apenas uma ação em cada objetivo.

Exemplo:
a) o que se espera com o produto final:
Exemplos:
• Pesquisar uma determinada realidade social.
GUIA - TCC 29

ou
• Descrever uma determinada realidade social.
ou
• Identificar uma determinada realidade social.

b) os resultados que se pretende alcançar:


Exemplos:
• Diagnosticar uma determinada realidade social.
ou
• Analisar uma determinada realidade social.
ou
• Interpretar uma determinada realidade social.

c) as soluções que se pretende dar ao tema escolhido:


Exemplos:
• Propor melhorias a uma determinada realidade social.
ou
• Indicar propostas de intervenção a uma determinada reali-
dade social.
30 GUIA - TCC

6 METODOLOGIA DE PESQUISA

Para facilitar a coleta dos dados é imprescindível a utilização dos instrumentais


de pesquisa:
• questionário;
• entrevistas;
• levantamento bibliográfico;
• dentre outros.

Outro instrumental que também poderá ser utilizado é o levantamento do-


cumental, o qual se assemelha muito a pesquisa bibliográfica, mas segundo Gil
(1999, p. 66), “a pesquisa documental vale-se de materiais que não receberam ainda
um tratamento analítico, ou que ainda podem ser relembrados de acordo com os
objetivos da pesquisa”.
GUIA - TCC 31

REFERÊNCIAS

Lista-se aqui apenas os autores utilizados no seu trabalho, lembrando-se de


colocar em ordem alfabética e de acordo com a norma específica da ABNT.

Exemplo:

KESTRING, Silvestre. Teoria e prática da metodologia científica: exemplos na


área de administração de empresas. Blumenau: Nova Letra, 2004.

ROESCH, Sylvia Maria Azevedo. Projetos de estágio e de pesquisa em adminis-


tração. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1999.
32 GUIA - TCC

APÊNDICES

Apêndice é um material de suporte elaborado pelo autor do trabalho, como


questionário e roteiro de entrevista (KESTRING, 2004).
GUIA - TCC 33

ANEXOS

Anexo é uma cópia ou transcrição de um documento de outra autoria (KES-


TRING, 2004).
34 GUIA - TCC
GUIA - TCC 35
UNIDADE 3

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO – TCC

TÓPICO 1

SEGUNDA FASE: TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO – TCC

FIGURA 5 – TCC

FONTE: As autoras

1 INTRODUÇÃO

No Trabalho de Conclusão de Curso – TCC se dá a elaboração da MONO-


GRAFIA em si, em que o aluno irá APLICAR o projeto de pesquisa do TCC, no
qual irá investigar, pesquisar e analisar a realidade institucional do espaço de atuação
profissional, e por fim propor mecanismos de intervenção para aquela determinada
realidade investigada.

Em que será necessário desenvolver as seguintes etapas e documentos pe-


dagógicos:

• Aplicar o Projeto de Pesquisa do TCC.


• Elaboração de monografia e/ou Revisão Literária (apresentar um referencial teórico
sobre o tema e a problematização da questão social investigada).
• Tabulação e análise dos dados coletados no Projeto de Pesquisa do TCC (apresentar
a análise dos dados obtidos na pesquisa qualitativa/quantitativa.).
• Apresentação dos resultados e conclusões da Pesquisa.
• Defesa Pública da Banca Examinadora.
36 GUIA - TCC
2 CARACTERÍSTICAS GERAIS DA DISCIPLINA

FIGURA 6 – TCC

FONTE: As autoras

EMENTA

Elaboração da Monografia. Discussão e aprofundamento da temática estudada


pelo aluno no projeto. Análise do resultado do processo investigativo.

CARGA HORÁRIA: 60 horas


OBJETIVOS GERAIS DA DISCIPLINA

A disciplina de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), aprovada para a nova


matriz curricular do curso de Bacharelado em Serviço Social, pelos órgãos cole-
giados, encontra-se em fase de elaboração de material conforme data prevista no
cronograma do curso.

A mesma possui por objetivo Geral:


• Dinamizar a prática interventiva social a partir da instrumentalização do educando
na elaboração, implementação e avaliação da monografia - TCC.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

• Compreender, analisar e intervir nas manifestações da questão social.


• Elaboração de monografia e/ou Revisão Literária.
• Articular ensino, pesquisa e extensão.
• Desenvolver o senso crítico, o pensamento reflexivo, o compromisso e a ética
profissional.
GUIA - TCC 37
BIBLIOGRAFIAS

B1 LIMA, Manolita Correa; OLIVIO, Silvio. Estágio supervisionado e trabalho


de conclusão de curso. São Paulo: Cengage Learning, 2012. 
B2 LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos de
metodologia científica. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2010. 
B3 GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São
Paulo: Atlas, 2010. 
C1 ARRUDA, Glacy Clóris Duarte. Metodologia cientifica: projetos de
pesquisa. Curitiba: Camões, 2008.
C2 GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São
Paulo: Atlas, 2010. 
C3 SETUBAL, Aglair Alencar. Pesquisa em serviço social: utopia e realidade.
5. ed. São Paulo: Cortez, 2011.
C4 MINAYO, Maria Cecília de Souza. Pesquisa social: teoria, método e
criatividade. 30.ed. Petrópolis: Vozes, 2011. 
C5 RICHARDSON, Roberto Jarry. Pesquisa social: métodos e técnicas. 3. ed.
São Paulo: Atlas, 2011. 

3 DAS ORIENTAÇÕES GERAIS DO TCC

As orientações gerais do TCC são as seguintes:

● conforme o cronograma de cada turma, serão programados encontros presenciais


com todos os acadêmicos para orientações pedagógicas;

● o cronograma de atividades contém as datas de entrega das etapas do TCC (da


Monografia), e de sua versão final, da realização da defesa pública do TCC, bem
como, da realização de outras atividades pertinentes;

● o TCC do curso de Bacharelado em Serviço Social consiste em uma Monografia,


desenvolvida de acordo com as diretrizes da Associação Brasileira de Ensino e
Pesquisa em Serviço Social – ABEPSSE AS Regras Procedimentais da Associação
Brasileira de Normas Técnicas - ABNT;

● a avaliação do TCC é realizada por meio da monografia e de sua defesa pública


em banca avaliadora.

4 DA ENTREGA FINAL DO TCC

Para a entrega final do TCC, é preciso observar os seguintes pontos:


38 GUIA - TCC
● Serão entregues para a Banca Examinadora do TCC, pelo menos 10 (dez) dias
antes do dia da defesa pública, três vias do TCC encadernadas em espiral.

● Todos os TCCs, após banca examinadora e com as devidas correções, deverão


ser postados no AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem).

IMPORTANTE:

NÃO é necessária encaminhar CD’s com as monografias ou as monografias impressas


para a UNIASSELVI/NEAD. Mas, os mesmos deverão ser postados na biblioteca do
polo de apoio presencial.

5 ETAPAS DO TCC

FIGURA 7 – ETAPAS DO TCC

FONTE: As autoras

Após a APLICAÇÃO do Projeto de pesquisa do TCC, você caro aluno deverá


realizar a Elaboração de monografia, contendo os seguintes etapas:

5.1 ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS

l Capa
l Folha de rosto
l Termo de aprovação
l Dedicatória, Agradecimento e Epígrafe
l Resumo na língua vernácula
l Lista de ilustrações, tabelas
GUIA - TCC 39
l Lista de abreviaturas, siglas, símbolos
l Sumário

5.2 INTRODUÇÃO

O aluno deverá realizar uma apresentação da sua monografia, ou seja, o que


vai ser apresentado.

5.3 APRESENTAÇÃO DO TEMA

• O acadêmico deverá apresentar de forma sucinta o tema de sua pesquisa.


• Preferencialmente, o tema deve ser o mesmo do Campo de Estágio, ou seja, do
Projeto de Intervenção, e consequentemente o projeto de pesquisa do TCC.

Obs. IGUAL do Projeto de Pesquisa do TCC. – Só com adaptações e melhorias


necessárias

5.4 PROBLEMATIZAÇÃO DO TEMA E A RELAÇÃO COM A QUESTÃO SOCIAL

• Apresentar de forma clara e objetiva o motivo pelo qual o acadêmico decidiu realizar
a pesquisa.
• Como levantou a demanda.
• Aqui o aluno deverá apresentar um referencial teórico sobre o tema e a problema-
tização da questão social.

Obs. IGUAL do Projeto de Pesquisa do TCC. – Só com adaptações e melhorias


necessárias (maior aprofundamento teórico – FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA)

5.5 JUSTIFICATIVA

• Esclarecer por que seria importante a realização dessa pesquisa para a instituição
e qual sua relevância para a formação acadêmica.
• É a contextualização do tema no campo de estágio.

Obs. IGUAL do Projeto de Pesquisa do TCC. – Só com adaptações e melhorias


necessárias.
40 GUIA - TCC
5.6 OBJETIVOS DA MONOGRAFIA

• Apresentar o objetivo geral e objetivos específicos.


• 01 objetivo Geral
• 03 objetivos específicos

Obs. IGUAL do Projeto de Pesquisa do TCC. – Só com adaptações e melhorias


necessárias

5.7 METODOLOGIA DE PESQUISA

• Descrever de que forma FOI realizado a pesquisa, apresentando os instrumentais


que FORAM utilizados para a obtenção dos dados.

Obs. IGUAL do Projeto de Pesquisa do TCC. – Só com adaptações e melhorias


necessárias – colocar o verbo no passado, pois a pesquisa já foi realizada.

5.8 ANÁLISE DOS DADOS DA PESQUISA

Aqui o aluno deverá apresentar a análise dos dados obtidos na pesquisa qua-
litativa/quantitativa. Respondendo cada objetivo proposto.

5.8.1 Apresentação dos dados

Aqui o aluno deverá responder o OBJETIVO ERSPECÍFICO “A”, em que apre-


sentará simplesmente os dados de sua PESQUISA, DESCRIÇÃO ou IDENTIFICA-
ÇÃO da realidade social investigada.

Não tem a necessidade de explicar os dados pesquisados, só apresentá-los


puro e simples (Tabulação dos resultados).

5.8.2 Análise dos dados

Aqui o aluno deverá responder o OBJETIVO ERSPECÍFICO “B”, no qual de-


verá realizar a análise dos dados coletados e apresentados na “apresentação dos
dados – item anterior”, apresentando de forma clara e objetiva o seu DIAGNÓSTICO,
ANÁLISE ou INTERPRETAÇÃO dos dados da realidade social investigada.
GUIA - TCC 41
5.8.3 Resultados

Aqui o aluno deverá responder o OBJETIVO ERSPECÍFICO “C”, no qual


deverá apresentar os resultados obtidos, fruto da pesquisa e análise dos dados da
realidade social investigada, no qual deverá apresentar as possíveis soluções que se
pretende dar ao tema escolhido, propondo MELHORIAS ou indicar PROPOSTAS
DE INTERVENÇÃO.

5.8.4 Discussão dos resultados

Aqui o aluno deverá responder o OBJETIVO GERAL, no qual deverá apresentar


os resultados gerais, ou seja, o objeto central da pesquisa.

5.9 CONCLUSÕES

Aqui o aluno deverá apresentar as conclusões relativas a cada etapa/objetivos


específico e Geral, ou seja, Concluir cada objetivo proposto.

Deste modo, primeiramente deve-se apresentar os resultados/conclusões de


como se procedeu à PESQUISA e APRESENTAÇÃO DOS DADOS relativos ao
OBJETIVO ERSPECÍFICO “A”, que apresentou os dados da pesquisa, descrição
ou identificação da realidade social investigada.

Posteriormente, devem-se apresentar os resultados/conclusões de como se


procedeu à ANÁLISE DOS DADOS, respondendo assim, o OBJETIVO ERSPECÍFICO
“B”, que apresentou a análise dos dados coletados da realidade social investigada.

Após, o aluno deverá apresentar os resultados/conclusões de todos os RESUL-


TADOS obtidos, tanto relativos aos OBJETIVO ERSPECÍFICO “C” como do OBJETIVO
GERAL da monografia.

5.10 ELEMENTOS PÓS-TEXTUAIS:

• Referência
• Apêndices
• Anexos

6 PLANO DE AULA DO TCC


42 GUIA - TCC

QUADRO 5 – PLANO DE AULA


ATIVIDADES ACADÊMICAS E PEDAGÓGICAS

ENCONTRO
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
PRESENCIAL
- Discussão e orientação referente à APLICAÇÃO DO PROJETO DE PESQUISA DO TCC.
- Discussão referente aos cuidados com as CÓPIAS literais ou parciais, na construção do
Projeto e do TCC (PLÁGIO - Lei nº 9.610/98 – Direitos Autorais) E a ética na pesquisa.
- Leitura e discussão do Guia de TCC – parte geral e do TCC.
PRIMEIRO
- Discussão e orientação referente À elaboração de monografia e/ou Revisão Literária, ou
ENCONTRO
seja, da apresentação do referencial teórico sobre o tema e a problematização da questão
PRESENCIAL
social investigada.
- Orientação referente as melhorias e adaptações necessárias o desenvolvimento da
DISCUSSÃO DO TEMA, PROBLEMATIZAÇÃO, CONTEXTUALIZAÇÃO, OBJETIVO
GERAL E ESPECÍFICOS, além da METODOLOGIA DA PESQUISA.
- Orientação referente às Normas da ABNT e formatação do Trabalho Monográfico.
- Discussão e orientação referente à Tabulação e análise dos dados coletados no Projeto
de Pesquisa do TCC.
SEGUNDO
- Explicação acerca de como definir e redigir a ANÁLISE DOS DADOS DA PESQUISA
ENCONTRO
PRESENCIAL (APRESENTAÇÃO, ANÁLISE E RESULTADOS DOS DADOS) E CONCLUSÕES.
- Entrega ao Tutor/Orientador pedagógico local a primeira parte do TCC – DISCUSSÃO
DO TEMA, PROBLEMATIZAÇÃO, CONTEXTUALIZAÇÃO, OBJETIVO GERAL E
ESPECÍFICOS, além da METODOLOGIA DA PESQUISA para avaliação. (1ª Nota)
- Explicação acerca de como realizar a apresentação do TCC na Defesa Pública da Banca
T E R C E I R O Examinadora.
ENCONTRO - Entrega ao Tutor/Orientador pedagógico local a segunda parte TCC – ANÁLISE DOS
PRESENCIAL DADOS DA PESQUISA (APRESENTAÇÃO, ANÁLISE E RESULTADOS DOS DADOS)
E CONCLUSÕES para avaliação. (2ª Nota)
- Entrega ao Tutor/Orientador pedagógico local o TCC – COMPLETO, contendo todos os
Q U A R TO
itens para avaliação; (3ª Nota), que deverá ser entregues para a Banca Examinadora do
ENCONTRO
TCC, pelo menos 10 (dez) dias antes do dia da defesa pública.
PRESENCIAL
- SOCIALIZAÇÃO do TCC: DEFESA PÚBLICA DA BANCA EXAMINADORA. (4ª Nota)
FONTE: As autoras

7 AVALIAÇÃO DO TCC

A avaliação do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC deve considerar três


aspectos:

I- Se o acadêmico consegue desenvolver o trabalho escrito de forma clara, apresen-


tando uma discussão teórica pertinente à análise dos dados obtidos.

II- Se a apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC tem coerência entre


a teoria, a análise dos dados e a desenvoltura durante a explanação.

III- Se o Trabalho de Conclusão de Curso - TCC está condizente com a metodologia


científica da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT.
GUIA - TCC 43
7.1 DESCRIÇÃO DAS AVALIAÇÕES DO TCC

• A avaliação do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC compreende:

QUADRO 6 – AVALIAÇÃO
Primeira parte da MONOGRAFIA:
INTRODUÇÃO, DISCUSSÃO DO TEMA,
PROBLEMATIZAÇÃO, CONTEXTUALIZAÇÃO,
OBJETIVOS E METODOLOGIA

Segunda parte da MONOGRAFIA:


ANÁLISE DOS DADOS DA PESQUISA
(APRESENTAÇÃO, ANÁLISE E RESULTADOS DOS DADOS)
E CONCLUSÕES.
Avaliação final da MONOGRAFIA:
TCC COMPLETO
Contendo todos os itens

SOCIALIZAÇÃO da Monografia:

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO NA
DEFESA PÚBLICA DA
BANCA EXAMINADORA

FONTE: As autoras

IMPORTANTE:

Será considerado aprovado o acadêmico que obtiver média final 7 (sete).

8 PONTOS A SER LEVADOS EM CONSIDERAÇÃO AO ESCREVER UM TCC

8.1 ASPECTOS GERAIS

Seguir RIGOROSAMENTE as normas de metodologia científica estabelecidas


pela Instituição de ensino.

A revisão ortográfica e gramatical é de responsabilidade do acadêmico. Sugere-


-se o acompanhamento ou a contratação de serviços especializados para execução
44 GUIA - TCC
do mesmo (os sistemas informatizados não conseguem fazer uma revisão 100%).

A cópia de material pela internet ou plágio literário leva à reprovação ime-


diata do acadêmico.

8.2 DICAS METODOLÓGICAS

• Toda citação deverá seguir as normas de metodologia científica, ou seja, deve constar
o sobrenome do autor, o ano da publicação da obra e página que está inserida a
citação.

Ex.: Fagundes (2014, p. 111)

• As citações deverão estar claras dentro do texto, ou seja, deverão estar destacadas
segundo as normas de metodologia científica.

• Não pode utilizar a mesma fonte bibliográfica mais de duas vezes consecutivas,
ou seja, deve-se utilizar mais fontes ao longo da descrição do texto. Isso não quer
dizer que não se pode citar uma obra mais vezes durante o trabalho.

• Cuidar/revisar a fonte e a formatação/tabulação/espaçamento do trabalho.

• Toda obra citada no contexto do trabalho deverá estar citada na seção referências.

• Cuidar com a metodologia para tabelas, figuras e quadro, verifique na metodologia


o que significa cada um.

• Todo quadro, figura ou tabela precisa ser chamado em uma frase em texto próximo,
além de se tecer explicações ou comentários sobre o mesmo.

8.3 ASPECTOS DA ESCRITA/ DESENVOLVIMENTO DO TRABALHO

• Todo início de capítulo e subcapítulo se escreve, pelo menos, um PARÁGRAFO


INTRODUTÓRIO.

Ex.: Neste capítulo será desenvolvido a análise dos dados da pesquisa.......

• NUNCA se inicia ou se termina capítulos e subcapítulos com CITAÇÃO (direta ou


indireta). Sempre se faz um comentário antes ou depois da citação.

• Toda citação deverá ser comentada antes ou depois, ou seja, não se coloca citação
por apenas colocá-la.
GUIA - TCC 45
Exemplo:

DICAS EXEMPLO
Apresentar a ideia da Na plantação do senhor José encontra-se diversas frutas e
citação. hortaliças, mas Maria gosta somente do abacaxi.

Colocar a citação. Pois, conforme Santos (2014, p. 33) “o abacaxi é uma fruta com
muitas propriedades medicinais.”

Explicar a citação. Assim, Maria degusta o abacaxi com o intuito de se empodeirar


das propriedades medicinais do abacaxi, para ter assim melhor
qualidade de vida.

Obs.: Imagina se fosse escrito assim:

Conforme Santos (2014, p. 33) “o ABACAXI é uma fruta com muitas propriedades medicinais.”
Mas, Sousa (2011, p. 123) expõe que “o MORANGO faz parte da cadeia de vitaminas para
o ser humano.”
Complementando, Castro (2012, p. 333) coloca-nos que “a UVA é roxa e gostosa.”
Brasil (2009, p. 56) complementa expondo que “o MELÃO é a fruta mais gostosa do Brasil.”
Já, Assis (2011, p.345) apresenta que “o PÊSSEGO é uma fruta que poucas pessoas gostam.”

Assim, prezado aluno, seria uma SALADA DE FRUTAS só!

Pois se falou de vários assuntos (frutas), e um não tem nada a ver com o outro.
Além de não ter ligações entre as citações e comentários do autor.

• PORTANTO! Deve-se ligar (comentando/ligando/correlacionando) uma citação e


outra ou entre um parágrafo e outro, ou seja, deve haver ligação entre parágrafos
e citações.

• Todo conceito teórico deverá ter uma fundamentação teórica.

• Escrita técnica (ACADÊMICA) e nunca casual.

• O trabalho deverá ser escrito no impessoal (SEMPRE EM TERCEIRA PESSOA).

• Quando se coloca um quadro/figura/tabela, o mesmo deve ser apresentado antes


de inseri-lo no contexto do texto.
46 GUIA - TCC
Exemplo:

DICAS EXEMPLO
Apresentar a ideia do Na plantação do senhor José encontra-se diversas frutas e
quadro/figura/tabela. hortaliças, como por exemplo, do abacaxi a seguir:

Colocar o quadro/figura/ FIGURA: ABACAXI


tabela.

FONTE: SILVA (2014, p. 22)


Explicar o quadro/figura/ Assim, este abacaxi poderá ir para a mesa de muitas famílias
tabela. brasileira, pois esta fruta possui muitas propriedades medicinais
e assim poderia melhorar a qualidade de vida destas famílias.

8.4 ASPECTOS DA FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

• Deve-se INTRODUZIR através de um breve parágrafo as categorias teóricas que


o autor trabalhará para fundamentar suas pesquisas.

• No último parágrafo de cada capítulo ou subcapítulo, o autor deve se POSICIONAR


E CONCLUIR.

• Nas citações, não se devem colocar o nome completo dos autores e sim e somente
seu sobrenome (vide metodologia).

8.5 ASPECTOS DA APRESENTAÇÃO E ANÁLISE DOS DADOS

• APRESENTAÇÃO DOS DADOS: primeiramente apresentar os DADOS obtidos.

• ANÁLISE DOS DADOS: na sequência, realizar a ANÁLISE sobre os dados apre-


sentados.

• RESULTADOS: depois, quando tratar dos RESULTADOS, o autor deve se basear


sobre a análise dos dados já elaborada para formular os resultados da pesquisa.

• DISCUSSÃO DOS RESULTADOS: e, para finalizar, deve-se discutir a TEORIA


GUIA - TCC 47

sobre os resultados apontados.

8.6 ASPECTOS DA CONCLUSÃO

O capítulo da conclusão deverá conter os seguintes elementos:

• Retorno ao tema de pesquisa.


• Voltar a todos os objetivos específicos, justificando-os.
• Voltar ao objetivo geral, justificando-os.
• Ratificar ou rejeitar a hipótese.
• Sugestões.
• Conclusões.

8.7 ASPECTOS DO GLOSSÁRIO

• Só se usa o glossário se for necessário explicar certas terminologias utilizadas no


trabalho.

8.8 ASPECTOS DAS REFERÊNCIAS

• Seguir rigorosamente a metodologia.


• Toda obra citada no referencial deverá constar no contexto do trabalho e vice-versa.

8.9 ASPECTOS DOS ANEXOS

• São os trabalhos citados no desenvolvimento do trabalho e que devem estar junto


ao mesmo (de preferência que não sejam de domínio público).

• LEMBREM-SE: que estes trabalhos não são de sua autoria, são documentos pré-
-existentes, de outros autores.

8.10 ASPECTOS DOS APÊNDICES:

• São os trabalhos feitos pelo autor, que não constam no texto.

• LEMBREM-SE: que estes trabalhos são de sua autoria, você confeccionou e não
são documentos pré-existentes, de outros autores.

9 FORMATAÇÃO DO TRABALHO ACADÊMICO

Ao elaborar o TCC, os acadêmicos deverão observar os seguintes quesitos:

● LIMITAÇÃO DE PÁGINAS:
TCC’s e Monografias: 40 mínimo - 130 máximo.

● PALAVRAS-CHAVE: mínimo 3 e máximo 5.


48 GUIA - TCC
● FORMATAÇÃO:
 Papel A-4 (21,0 cm x 29,7 cm).
 Impressão na cor PRETA (com exceção das ilustrações).
 Em uma só face.
 Editor de Texto: Word for Windows 7.0 ou posterior.
 Fonte indicada: Ariel (NBR 14724/2005 não define a fonte).
 Tamanho da Letra:
o Tamanho 12: no decorrer de todo trabalho.
o Tamanho 10: em citações diretas longas, notas de rodapé e legendas, fontes
de ilustrações (após o título da ilustração) e tabelas, paginação (número
de página - algarismo arábico).
 Formato Justificado: no decorrer de todo o texto (menos Referências, que são
alinhadas à esquerda).
 Margens:
o Esquerda e superior - 3,0 cm
o Direita e inferior - 2,0 cm.
 Paginação:
o Todas as folhas do trabalho, a partir da folha de rosto, devem ser contadas
sequencialmente, mas não numeradas. A numeração é colocada a partir da
primeira folha da parte textual, em algarismos arábicos, no canto superior
direito da folha, a 2 cm da borda superior.
o Numerar as páginas pós-textuais inclusive.
o Usar fonte 10 para os algarismos.
 Marcadores:
o Utilizar sempre letra alfabética progressiva minúscula. Ex. a); b); c); d); e).
 Espacejamento:
o Espaço 1,5 – para o texto e para separar as referências entre si.
o Espaço simples – citações longas, notas de rodapé, referências, legendas
das ilustrações e tabelas, ficha catalográfica, a natureza do trabalho (o ob-
jetivo, o nome da instituição a que é submetida e a área de concentração).
o Dois Espaços 1,5 – para separar os títulos das subseções do texto que
os precede e que os sucede.
 Ilustrações:
o Todas as ilustrações podem ser referidas por figura ou sua denominação
específica, como: quadro, gráfico, mapa, organograma, foto etc.
o Sua identificação aparece na parte inferior, precedida da palavra designativa,
seguida de seu número de ordem de ocorrência no texto, em algarismos,
do respectivo título da legenda explicativa e da fonte, se necessário.
GUIA - TCC 49
Modelo de ilustração:

FIGURA 1 – COMPETÊNCIAS PESSOAIS

FONTE: PIERITZ, V.L.H. PIERITZ NETTO, A. Treinamento empresarial: competências pessoais.


Blumenau: Tech Plan, 2005.

 Quadros:
o “[...] quadros são ilustrações com informações qualitativas, normalmente
textuais, dispostas em linhas ou colunas e, diferentemente das tabelas,
caracterizam-se, graficamente, por terem os quatro lados fechados” (SIL-
VEIRA, 2004, p. 183).

Modelo de quadro

QUADRO 1 – EXEMPLO DO USO DE FONTE, CORPO E CARACTERES


Fonte: A critério do autor Corpo Caracteres
Para registrar o nome da Instituição, o título do trabalho, nome 12 Maiúsculo e negrito
do autor, na capa, folha de rosto e folha de aprovação.
Para registrar as seguintes expressões: agradecimentos, 12 Maiúsculo e negrito
resumo, abstract, sumário, listas, glossário, referências,
apêndices e anexos.
Para os títulos das seções primárias e/ou títulos dos capítulos. 12 Maiúsculo e negrito
Para subcapítulos e/ou subseções (seção secundária). 12 Maiúsculo
Para títulos de seção terciária, quaternária, quinária. 12 Minúsculo
Para o texto. 12 Minúsculo
Para citações longas, notas de rodapé e legendas. 10 Minúsculo
Fontes de ilustrações (após o título da ilustração) e tabelas. 10 Minúsculo
Para número de página. 10 Algarismo arábico
Para a identificação da ilustração. 12 Minúsculo e negrito
Para registrar o local na capa, folha de rosto. 12 Maiúsculo negrito
Para registrar o local e o mês na folha de aprovação. 12 Minúsculo
Para registrar a data na capa e na folha de rosto. 12 Algarismos arábicos
negrito
FONTE: MOSER, E. M.; ACCETTA, I. R.; LEMOS, M. G. Normalização de Monografias: TCC/
Dissertação/Tese. Blumenau: FURB, 2006.
50 GUIA - TCC

 Tabelas:
o Tabela é uma “forma não discursiva de apresentar informações, das quais
o dado numérico se destaca como informação central” (INSTITUTO BRA-
SILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA, 1993, p. 9).
o “São conjuntos de dados estatísticos, associados a um fenômeno, dispostos
numa determinada ordem de classificação” (SILVEIRA, 2004, p. 184.).

Modelo de tabela

TABELA 1 – O PERFIL DA ECONOMIA SOLIDÁRIA NO BRASIL

FONTE: Atlas da Economia Solidária no Brasil (2005, p. 15). Brasília: MTE, SENAES, 2006.
GUIA - TCC 51
 Numeração Progressiva

QUADRO 2 – MODELO DE NUMERAÇÃO PROGRESSIVA DAS SEÇÕES

FONTE: MOSER, E. M.; ACCETTA, I. R.; LEMOS, M. G. Normalização de Monografias:


TCC/Dissertação/Tese. Blumenau: FURB, 2006.

 Citações:

a) Citações diretas, literais ou textuais:

Curtas (até 3 linhas): fonte 12, espaço 1,5 com aspas, autor, ano, página em
que está citada.

Exemplo:

De acordo com Cordioli (2001, p. 1) “participar significa tomar parte no processo,


emitir opinião, concordar/discordar”.
OU
...............“participar significa tomar parte no processo, emitir opinião, concordar/
discordar” (CORDIOLI, 2001, p. 1).

o Longas (mais de 3 linhas): Sem aspas, recuo de 4 cm da margem es-


querda, fonte 10, espaço simples.

Exemplo:
Segundo Haesbaert (2004, p. 37-38):

Um “território” no sentido etológico é entendido como o ambiente


de um grupo [...] que não pode por si mesmo ser objetivamente
52 GUIA - TCC
localizado, mas que é constituído por padrões de interação
através dos quais o grupo ou bando assegura uma certa esta-
bilidade e localização. Exatamente do mesmo modo o ambiente
de uma única pessoa (seu ambiente social, seu espaço pessoal
de vida ou seus hábitos) pode ser visto como um “território”, no
sentido psicológico, no qual a pessoa age ou ao qual recorre.

Ou,
Um “território” no sentido etológico é entendido como o ambiente
de um grupo [...] que não pode por si mesmo ser objetivamente
localizado, mas que é constituído por padrões de interação
através dos quais o grupo ou bando assegura uma certa esta-
bilidade e localização. Exatamente do mesmo modo o ambiente
de uma única pessoa (seu ambiente social, seu espaço pessoal
de vida ou seus hábitos) pode ser visto como um “território”, no
sentido psicológico, no qual a pessoa age ou ao qual recorre.
(HAESBAERT, 2004, p. 37-38)

b) Citação indireta ou “paráfrase”

o Quando o autor escreve com suas palavras a ideia de outro autor (inde-
pendente do número de linhas): fonte 12, espaço 1,5 sem aspas, autor,
ano, sem páginas.

Exemplo:

De acordo com Esteva (2000), o termo desenvolvimento denota que não conse-
guimos desvencilhar da origem da palavra na qual foi criado: crescimento, evolução,
maturação.

c) Citação de citação:

o Curta, longa ou parafraseada (utilizar as recomendações citadas). Nesse


caso, usa-se a expressão Citado por ou apud.

Exemplo:

As Nações Unidas (apud ESTEVA, 2000, p. 68) cita que o “desenvolvimento é


crescimento com mudanças [...] as mudanças, por sua vez, são sociais e culturais,
econômicas e qualitativas como quantitativas [...] o conceito-chave é melhorar a
qualidade de vida das pessoas”.
GUIA - TCC 53
Exemplos de citações:
o Um autor:
 No final da citação: (DRUCKER, 1999, p. 15).
 Dentro do texto: segundo Drucker (1999, p. 15).....
o Dois autores
 No final da citação: (SILVA; SOUZA, 2000, p. 12).
 Dentro do texto: de acordo com Silva e Souza (2000, p. 12).....
o Três autores
 No final da citação: (SANTOS; SILVA; SOUZA, 2000, p. 18).
 Dentro do texto: segundo Santos, Silva e Souza (2000, p. 18)........
o Mais de 3 autores: citar apenas o primeiro autor seguido da expressão et al.
(do latim et alii, que significa e outros).
 No final da citação: (SANTOS et al., 1999, p. 15).
 Dentro do texto: Santos et al. (1999, p. 15) afirmam que.....

o Vários documentos de um mesmo autor publicados em um mesmo ano:


colocar a, b, c, d, etc. após o ano da publicação.
 No final da citação:
• (ALVES, 1979a, p. 28)
• (ALVES, 1979b, p. 58)
 Dentro do texto:
• De acordo com Alves (1979a, p. 28).....
• Segundo Alves (1979b, p. 58).....
o Instituição
 No final da citação: (INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTA-
TÍSTICA, 2000, v. 2, p. 10).
 Dentro do texto: de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Esta-
tística (2000, v.2, p. 10) ........

o Só Título (não tem autor):


 No final da citação: (ADMINISTRAÇÃO..., 1998, p. 20).
 Dentro do texto: na obra Administração.. (1998, p. 20).......

o Citação de citação
 No final da citação: (BORGES, 2000, p.45 apud PEREIRA et al., 2003, p. 5).
 Dentro do texto: as Nações Unidas (apud ESTEVA, 2000, p. 68).

o Da internet e site
 No final da citação: (AUTOR, ano, página)
 Dentro do texto: segundo Autor (ano, página)

• Indicação de tradução da citação pelo autor

“A era da informação tem trazido à tona muitas preocupações quanto à demo-


cratização da informação [...]” (SENGE, 2000, p. 35, tradução nossa).
54 GUIA - TCC
• Supressões, interpolações:

o SUPRESSÕES [...]

“A religião de determinado indivíduo serve [...] de base para afirmação de seu


valor.” (GOMES, 2002, p. 45).

o INTERPOLACÕES, COMENTÁRIOS e ACRÉSCIMOS [ ]

“Estamos mais livres [intelectual e espiritualmente] porque aceitamos nossa


posição de interdependência.” (GOMES, 2002, p. 61).

• Destaques ou ênfases:

o Negrito, itálico ou sublinhado


“O que se encontra mais culturalmente habilitado é escolhido.” (RIBEIRO, 2002,
p. 15, grifo nosso).

“Toda a constituição visa organizar a soberania.” (SILVA, 2003, p. 40, grifo do


autor).

Se você quiser dar um feedback a alguém, pergunte se ela deseja ouvi-lo.

• Alíneas e Subalíneas:
o Ordenadas alfabeticamente em letras minúsculas, seguidas de parênteses.
o A disposição gráfica das alíneas obedece às seguintes regras e apresentação:
a) o trecho final da seção correspondente, anterior às alíneas, termina em dois
pontos;
b) as letras indicativas das alíneas são reentradas em relação à margem es-
querda;
c) o texto da alínea começa por letra minúscula e termina em ponto e vírgula,
exceto a última que termina com ponto;
d) a segunda e as seguintes linhas do texto da alínea começam sob a primeira
letra do texto da própria alínea.
- nos casos em que se seguem subalíneas, essas terminam em vírgula.
GUIA - TCC 55
REFERÊNCIAS

• Devem ser colocada em ordem alfabética dentro das normas técnicas da ABNT.
• A primeira linha da referência é indicada na margem esquerda.
• Não é necessário alinhar a referência à margem direita.
• Entre as linhas de uma mesma referência, adota-se o espaçamento simples.
• Entre duas ou mais referências, deixa-se dois espaços simples.

• Normas Técnicas:
• Geral:
o SOBRENOME DO AUTOR, Nome do autor. Título do trabalho ou livro.
Edição. Cidade (local): Editora, ano da publicação. Número de páginas.

• Um Autor:
o ALVES, Magda. Como escrever teses e monografias. Rio de Janeiro: El-
sevier, 2003. 110p.
o GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo:
Atlas, 2002. 175p.
o GRION, Laurinda. Como redigir relatórios e monografias com sucesso.
São Paulo: Érica, 2002. 108p.
o KESTRING, Silvestre. Teoria e prática da metodologia científica: exemplos
na área de administração de empresas. Blumenau: Nova Letra, 2004.
o ROESCH, Sylvia Maria Azevedo. Projetos de estágio e de pesquisa em
administração. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1999.
o SÁ, Elisabeth Schneider (Coord.). Manual de normalização de trabalhos
técnicos, científicos e culturais. 4. ed. Petrópolis: Vozes, 1998. 189p.
o VIEIRA, Sonia. Como escrever uma tese. 5. ed. São Paulo: Pioneira Thomson
Learning, 2004. 102p.

• Dois autores:
o SERRA NEGRA, Carlos Alberto; SERRA NEGRA, Elizabete Marinho. Manual
de trabalhos monográficos de graduação, especialização, mestrado e
doutorado. São Paulo: Atlas, 2003. 223p.

• Três autores:
o MOSER, E. M.; ACCETTA, I. R.; LEMOS, M. G. Normalização de monogra-
fias: tcc/dissertação/tese. Blumenau: FURB, 2006.

• Mais de três autores:


o SILVEIRA, Amélia et al. Roteiro básico para apresentação de teses, dis-
sertações e monografias. Blumenau: Edifurb, 2002. 74p.
o SILVEIRA, Amélia et al. Roteiro básico para apresentação de teses, dis-
sertações e monografias. 2. ed. rev. e ampl. Blumenau: Edifurb, 2004. 217p.
56 GUIA - TCC
• Entrada pelo título:
o DICIONÁRIO ESCOLAR PORTUGUÊS INGLÊS. Blumenau: Todolivro, 1999.

• Entrada Coletiva:
o ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023: informação
e documentação: referências, elaboração. Rio de Janeiro, 2002. 24p.
o _____. NBR 6024: numeração progressiva das seções de um documento.
Rio de Janeiro, 2003. 3p.
o _____. NBR 6027: sumário. Rio de Janeiro, 2003. 2p.
o _____. NBR 6028: resumos. Rio de Janeiro, 2003. 2p.
o _____. NBR 10520: informação e documentação, citação em documentos,
apresentação. Rio de Janeiro, 2002. 7p.
o _____. NBR 14724: informação e documentação, trabalhos acadêmicos,
apresentação. Rio de Janeiro, 2005. 9p.
o INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Normas para
apresentação tabular. 3. ed. Rio de Janeiro, 1993. 61p.

• Trabalho de congressos, encontros, reuniões etc.


o SANTOS, F.D. O poder da mente, Blumenau: Casaca, 2007. Trabalho apre-
sentado na Reunião do SAPO, 13. Blumenau, 05-07 ago. 2007.

• Trabalho de congressos, encontros, reuniões etc. (publicados em ANAIS)


o ABACAXI, Pedro. Como elaborar uma monografia. In: CONGRESSO
ANUAL DE METODOLOGIA, 9. Blumenau, 10 a 20 de janeiro de 2006. Anais
Pedro Paulo, p. 26-50.
o CONGRESSO ANUAL DE METODOLOGIA, 9. Blumenau, 2006. Anais Pedro
Paulo. Blumenau: Carpete, 2006. v.2.

• Internet e site:
o ABACAXI, Pedro. Como elaborar uma monografia. São Paulo, ano 3, n.
17, ago. 2004. Disponível em: <www.site.com.br>. Acesso em: 15 set. 2007.
GUIA - TCC 57

MODELO DO
TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO – TCC

Centro Universitário Leonardo da Vinci


Curso Bacharelado em Serviço Social

NOME DO (A) ACADÊMICO(A)

(TURMA)

PROJETO DETRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO:

(COLOCAR O TEMA DO PROJETO DE TCC)

MUNICÍPIO
ANO
58 GUIA - TCC

NOME DO ACADÊMICO

TEMA DO TCC

Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à disciplina


de TCC – do Curso de Serviço Social – do Centro
Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI, como
exigência parcial para a obtenção do título de Bacharel
em Serviço Social.

Nome do Tutor – Orientador Local

MUNICÍPIO
ANO
GUIA - TCC 59

TEMA DO TCC

POR

NOME DO ACADÊMICO

Trabalho de Conclusão de Curso aprovado do grau de


Bacharel em Serviço Social, sendo-lhe atribuída à nota
“______” (____________________________), pela banca
examinadora formada por:

___________________________________________
Presidente: Prof. XXXXXXXXXXXXXXX – Orientador Local

____________________________________________
Membro: XXXXXXXXXXXXX - Supervisor de Campo

____________________________________________
Membro: XXXXXXXXXXXXX - Profissional da área

MUNICÍPIO
Data da Realização da Banca
60 GUIA - TCC

DEDICATÓRIA

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
GUIA - TCC 61

AGRADECIMENTOS

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
62 GUIA - TCC

EPÍGRAFE
GUIA - TCC 63

RESUMO

Falar em linhas gerais de que assunto trata (contextualização); por que é importante tratar
esse assunto (justificativa); como tratou o assunto (o método, em linhas gerais); qual é o
objetivo (resultado).

PALAVRAS-CHAVE: Xxxxxxxxx. Xxxxxxxxxx. Xxxxxxxx.


64 GUIA - TCC

LISTAS DE ILUSTRAÇÕES

TABELA 1 – BRASIL: DADOS ECONÔMICO-FINANCEIRO DE PROJETOS EMPRESARIAIS


DE SOJA NOS PRINCIPAIS ESTADOS PRODUTORES EM 2003………………………….....

QUADRO 1 – EXEMPLO DO USO DE FONTE, CORPO E CARACTERES………………….....


QUADRO 2 – MODELO DE NUMERAÇÃO PROGRESSIVA DAS SEÇÕES…………...……....
GUIA - TCC 65

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO ...........................................................................................................................
2 APRESENTAÇÃO DO TEMA .....................................................................................................
DISCUSSÃO DO TEMA
O capítulo pode ter subtítulos conforme a necessidade.
3 PROBLEMATIZAÇÃO DO TEMA E A RELAÇÃO COM A QUESTÃO SOCIAL ......................
PROBLEMATIZAÇÃO DO TEMA E RELAÇÃO COM A QUESTÃO SOCIAL
O capítulo pode ter subtítulos conforme a necessidade.
4 JUSTIFICATIVA ..........................................................................................................................
CONTEXTUALIZAÇÃO DO TEMA NO CAMPO DE ESTÁGIO
O capítulo pode ter subtítulos conforme a necessidade.
5 OBJETIVOS DA PESQUISA.......................................................................................................
APRESENTAÇÃO DO OBJETIVO GERAL E DOS OBJETIVOS ESPECÍFICOS.
O capítulo só pode ter dois subtítulos, ou seja:
5.1 OBJETIVO GERAL ..................................................................................................................
OBJETIVOS ESPECÍFICOS.....................................................................................................
6 METODOLOGIA DE PESQUISA:
APRESENTAÇÃO DA METODOLOGIA DE PESQUISA
O capítulo pode ter subtítulos conforme a necessidade.
7 ANÁLISE DOS DADOS DA PESQUISA.....................................................................................
7.1 APRESENTAÇÃO DOS DADOS..............................................................................................
7.2 ANÁLISE DOS DADOS.............................................................................................................
7.3 RESULTADOS..........................................................................................................................
7.4 DISCUSSÃO DOS RESULTADOS...........................................................................................
8 CONCLUSÕES............................................................................................................................
REFERÊNCIA...............................................................................................................................
APÊNDICES..................................................................................................................................
ANEXOS........................................................................................................................................
66 GUIA - TCC

1 INTRODUÇÃO (o que vai ser apresentado)

De forma geral, a introdução consiste na apresentação do Projeto de Trabalho de


Conclusão de Curso.
Primeiramente, deverá ser apresentada uma breve discussão sobre o tema escolhido,
buscando discutir o que motivou a estudar sobre o assunto.
A partir disso, o acadêmico deverá apresentar sobre o Objetivo Geral e os Objetivos
específicos.
Posteriormente, deverá ser descrito sobre a metodologia de pesquisa a ser utilizado,
bem como o que o motivou na construção do Projeto de pesquisa do Trabalho de Conclusão
de Curso.
GUIA - TCC 67

2 APRESENTAÇÃO DO TEMA

Este capítulo vai descrever e contextualizar sobre o TEMA escolhido, ex:


drogadição (descrever sobre o conceito de drogas, sua história, dentre outros);
criança e adolescente (descrever sobre o conceito de criança e adolescência, sua
história, dentre outros); idosos; pessoas com deficiência; mulheres; etc.
Falar aqui de que assunto trata (contextualizar o tema). Deve caracterizar,
resumidamente, o local, as pessoas envolvidas e as circunstâncias gerais que cer-
cam o desenvolvimento do trabalho. Deve, também, conter claramente expresso,
em termos gerais, o resultado que se almeja alcançar.
O acadêmico deverá fazer a discussão baseado em fundamentação teórica.

O capítulo pode ter subtítulos, conforme a necessidade de ampliação ao pro-


cesso de reflexão. Tanto o nome do capítulo, quanto dos subtítulos, são a critérios
da acadêmico.

Obs. IGUAL do Projeto de Pesquisa do TCC. – Só com adaptações e melhorias


necessárias
68 GUIA - TCC

3 PROBLEMATIZAÇÃO DO TEMA E A RELAÇÃO COM A QUESTÃO SOCIAL.

Neste capítulo o acadêmico apresentará sobre a temática contextualizando com a


questão social e referenciando a atuação do Estado no enfrentamento desta demanda (ex:
Criança e Adolescente, descrever as políticas de atendimento, a legislação vigente de amparo
ao público escolhido e a partir de quando se torna uma questão social).
Definir o problema é colocar uma ou mais questões que nortearão tanto a busca de
dados da literatura e de campo quanto a própria análise dos dados.
Procure dar ponto de direcionamento ao seu trabalho.
Um problema pode ser definido tanto a partir da observação como da teoria, ou ainda
de um método que se queira testar.
No contexto de um projeto de prática profissional, um problema é uma situação não
resolvida, mas também pode ser a identificação de oportunidades até então não percebidas
pela organização. (ROESCH, 1999).
É neste momento também que o acadêmico busca uma FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
para sustentação da discussão. Sugere-se que sejam utilizados no mínimo dois autores para
referencial teórico, bem como, não deverá ser utilizado mais que quatro autores para não
haver divergências de linhas de pensamento1.
A REVISÃO DA LITERATURA é uma das seções mais longas e trabalhosas do TCC.
Na prática, implica seleção, leitura e análise de textos relevantes ao tema do TCC, seguida
de um relato por escrito. (ROESCH, 1999).
Neste momento deverão ser inseridas todas a teorias de base para o seu trabalho
final, que represente claramente a linha de pensamento dos diversos autores sobre o tema.
Busque o maior número possível de informações e lembre-se que este é o momento
de pesquisar com profundidade o assunto de seu interesse.
Crie uma linha de pesquisa que compreenda as principais teorias disponíveis sobre o
seu tema e não esteja preocupado com a quantidade de páginas do seu trabalho, mas sim
com a contribuição para o seu resultado final.
Faça uma análise bastante criteriosa de todos os temas que você encontrou, seu tra-
balho de fundamentação não se resume a copiar o que outros autores escreveram, construa
seu texto com o auxilio dos autores e faça suas análises e comparações a cada momento
que julgar necessárias. Use o bom senso.
Lembre-se de utilizar a Metodologia do Trabalho Acadêmico para o desenvolvimento
do mesmo, utilizando as Normas específicas da Associação Brasileira das Normas Técnicas
(disponível na Biblioteca), para citações e referências.
1 Buscar referenciais teóricos das ciências humanas.
GUIA - TCC 69

Tome cuidado especial com a ortografia e concordância verbais, construa frases curtas
e bem elaboradas e que expressem com clareza sua intenção e objetivo.

Obs. IGUAL do Projeto de Pesquisa do TCC. – Só com adaptações e melhorias necessárias


(maior aprofundamento teórico – FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA)
70 GUIA - TCC

4 JUSTIFICATIVA

Neste capítulo o acadêmico descreverá a questão social apresentada como a demanda


trabalhada no campo de estágio, contextualizando sobre o local de intervenção, os trabalhos
realizados/disponíveis e o público beneficiado/atendido.

Neste capítulo o acadêmico poderá utilizar-se de partes do seu Projeto de Intervenção.

Obs. IGUAL do Projeto de Pesquisa do TCC. – Só com adaptações e melhorias necessárias.


GUIA - TCC 71

5 OBJETIVOS

Introduza o subcapítulo, como, por exemplo:


A seguir enunciam-se os objetivos geral e específicos de pesquisa.

5.1 OBJETIVO GERAL


O objetivo é definido como “alvo ou desígnio que se pretende atingir” (NOVO DICIO-
NÁRIO AURÉLIO, 1986).
Se o problema é uma questão a investigar, objetivo é um resultado a alcançar.
O objetivo geral ou final, se alcançado, dá resposta ao problema.
O OBJETIVO GERAL define o propósito do trabalho.
Ao formular objetivos, o autor do projeto está fixando padrões de sucesso pelos quais seu
trabalho será avaliado, bem como leva a percepção das etapas contidas em seu trabalho, isto
é, os objetivos orientam a revisão da literatura e a metodologia do projeto. (ROESCH, 1999).
O objetivo geral dá a direção final do seu trabalho, procure expressá-lo em apenas uma
frase, sempre iniciando com um verbo no infinito.
Exemplo: Desenvolver um projeto de interação social, política e econômica dos mora-
dores “de” e “na” rua do município de .........

5.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS


Os objetivos específicos são um detalhamento do objetivo geral. Por isso mesmo eles
recebem essa denominação, ou seja, especificam melhor as ações a serem desenvolvidas.
Também aqui se deve utilizar o verbo no infinitivo.
Atenção! Certifique-se de que os objetivos sejam operacionalizáveis. (KESTRING, 2004).
Pode ter apenas uma ação em cada objetivo.

Exemplo:
d) o que se espera com o produto final;
• Exemplos:
• Pesquisar uma determinada realidade social
ou
• Descrever uma determinada realidade social
ou
• Identificar uma determinada realidade social
72 GUIA - TCC

e) os resultados que se pretende alcançar;


• Exemplos:
• Diagnosticar uma determinada realidade social
ou
• Analisar uma determinada realidade social
ou
• Interpretar uma determinada realidade social

f) as soluções que se pretende dar ao tema escolhido.


• Exemplos:
• Propor melhorias a uma determinada realidade social
ou
• Indicar propostas de intervenção a uma determinada realidade social

Obs. IGUAL do Projeto de Pesquisa do TCC. – Só com adaptações e melhorias necessárias


GUIA - TCC 73

6 METODOLOGIA DE PESQUISA

Para facilitar a coleta dos dados, é imprescindível, a utilização dos instrumentais de


pesquisa:
• questionário;
• entrevistas;
• levantamento bibliográfico;
• dentre outros.

Outro instrumental que também poderá ser utilizado, é o levantamento documental, o


qual se assemelha muito a pesquisa bibliográfica, mas, segundo Gil (1999, p. 66), “a pesquisa
documental vale-se de materiais que não receberam ainda um tratamento analítico, ou que
ainda podem ser relembrados de acordo com os objetivos da pesquisa”.

Obs. IGUAL do Projeto de Pesquisa do TCC. – Só com adaptações e melhorias necessárias


– colocar o VERBO NO PASSADO, pois a pesquisa já foi realizada.
74 GUIA - TCC

7 ANÁLISE DOS DADOS DA PESQUISA

Aqui o aluno deverá apresentar a análise dos dados obtidos na pesquisa qualitativa/
quantitativa. Respondendo cada objetivo proposto.

Neste capítulo, apresenta-se uma análise dos dados da pesquisa realizada, refletindo
o impacto da demanda com o público alvo. Deverá descrever os resultados da sua pesquisa
e para tanto, precisará utilizar-se de gráficos, tabelas e estatísticas. (ROESCH, 1996)

IMPORTANTE: A análise deverá ser feita a partir de cada objetivo específico, poderão
ser utilizadas falas de entrevistas, desde que sejam autorizadas previamente e reforçadas por
embasamento teórico. O trabalho se torna enriquecedor quando apresenta em sua estrutura
dados quantiqualitativos,

7.1 APRESENTAÇÃO DOS DADOS

Aqui o(a) aluno(a) deverá apresentar os DADOS obtidos.


Aqui o aluno deverá responder o OBJETIVO ERSPECÍFICO “A”, em que apresentará
simplesmente os dados de sua PESQUISA, DESCRIÇÃO ou IDENTIFICAÇÃO da realidade
social investigada.
Não tem a necessidade de explicar os dados pesquisados, só apresenta-los puro e
simples.

7.2 ANÁLISE DOS DADOS

Aqui o(a) aluno(a) deverá realizar a ANÁLISE sobre os dados apresentados.


Aqui o aluno deverá responder o OBJETIVO ERSPECÍFICO “B”, no qual deverá realizar
a análise dos dados coletados e apresentados na “apresentação dos dados – item anterior”,
apresentando de forma clara e objetiva o seu DIAGNÓSTICO, ANÁLISE ou INTERPRETAÇÃO
dos dados da realidade social investigada.

7.3 RESULTADOS

Depois quando tratar dos RESULTADOS, o(a) aluno(a) deverá basear-se sobre a análise
dos dados já elaborada para formular os resultados da pesquisa.
GUIA - TCC 75

Aqui o aluno deverá responder o OBJETIVO ERSPECÍFICO “C”, no qual deverá


apresentar os resultados obtidos, fruto da pesquisa e análise dos dados da realidade social
investigada, no qual deverá apresentar as possíveis soluções que se pretende dar ao tema
escolhido, propondo MELHORIAS ou indicar PROPOSTAS DE INTERVENÇÃO.

7.4 DISCUSSÃO DOS RESULTADOS

E para finalizar, o(a) aluno(a) deverá discutir a TEORIA sobre os resultados apontados.
Aqui o aluno deverá responder o OBJETIVO GERAL, no qual deverá apresentar os
resultados gerais, ou seja, o objeto central da pesquisa.
76 GUIA - TCC

8 CONCLUSÕES

Apresentar qual a relevância que o trabalho trouxe para o acadêmico e a importância


deste para a formação técnica e também para a instituição.
A partir disso, sugerir alternativas para que o campo de estágio discuta sobre a de-
manda, sendo também objeto de trabalho para o Assistente Social.
É importante que o acadêmico faça a relação entre a análise dos dados e a necessidade
de intervenção dos Estado, no acesso aos direitos sociais.
Aqui o aluno deverá apresentar as conclusões relativas a cada etapa/objetivos
específico e Geral, ou seja, Concluir cada objetivo proposto.
Deste modo, primeiramente deve-se apresentar os resultados/conclusões de como
se procedeu à PESQUISA e APRESENTAÇÃO DOS DADOS relativos ao OBJETIVO
ERSPECÍFICO “A”, que apresentou os dados da pesquisa, descrição ou identificação
da realidade social investigada.
Posteriormente, devem-se apresentar os resultados/conclusões de como se procedeu
à ANÁLISE DOS DADOS, respondendo assim, o OBJETIVO ERSPECÍFICO “B”, que apre-
sentou a análise dos dados coletados da realidade social investigada.
Após, o aluno deverá apresentar os resultados/conclusões de todos os RESULTADOS
obtidos, tanto relativos aos OBJETIVO ERSPECÍFICO “C” como do OBJETIVO GERAL da
monografia.
GUIA - TCC 77

REFERÊNCIAS

Lista-se aqui apenas os autores utilizados no seu trabalho, lembrando-se de colocar


em ordem alfabética e de acordo com a norma específica da ABNT.

Exemplo:

KESTRING, Silvestre. Teoria e prática da metodologia científica: exemplos na área de


administração de empresas. Blumenau: Nova Letra, 2004.
ROESCH, Sylvia Maria Azevedo. Projetos de estágio e de pesquisa em administração.
2. ed. São Paulo: Atlas, 1999.
78 GUIA - TCC

APÊNDICES

Apêndice é um material de suporte elaborado pelo autor do trabalho, como questionário


e roteiro de entrevista. (KESTRING, 2004).
GUIA - TCC 79

ANEXOS

Anexo é uma cópia ou transcrição de um documento de outra autoria (KESTRING, 2004).


80 GUIA - TCC
GUIA - TCC 81
UNIDADE 4

DEFESA PÚBLICA DO TCC

TÓPICO 1

TERCEIRA FASE: DEFESA PÚBLICA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE


CURSO – TCC

FIGURA 8 – TCC

FONTE: As autoras

1 INTRODUÇÃO

Este é um momento muito especial para você caro aluno, pois, é a hora de
apresentar e defender o que você vem construindo desde o seu primeiro momento
no Curso de Serviço Social.

É a sua coroação!!!

É o último ato acadêmico do curso de Bacharelado em Serviço Social. Sendo,


que o mesmo está enraiado de fortes emoções, no qual você defenderá o seu TCC
perante uma Banca avaliadora pública.

2 CARACTERÍSTICAS GERAIS

Para a realização da defesa pública do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC,


deverão ser observados os seguintes itens:

2.1 DA COMPOSIÇÃO DA BANCA EXAMINADORA:

A Banca examinadora do TCC deverá ser composta pelos seguintes membros:


82 GUIA - TCC
• Tutores Externos.
• Supervisor de Campo ou profissionais com formação em Serviço Social.
• Profissionais da área com formação superior.

2.2 DA AGENDA PÚBLICA:

A agenda pública deve ser impressa e colocada nos murais do Polo de Apoio
Presencial, uma semana antes do dia da Banca.

Modelo:

NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA – NEAD


CENTRO UNIVERSITÁRIO LEONARDO DA VINCI –
UNIASSELVI

Curso Bacharelado em Serviço Social

BANCAS DE DEFESA DE TG
DATA: LOCAL: Sala: XX ÁREA DE
XXXXX HORÁRIO: Início as 10:00 Horas CONCENTRAÇÃO:
Políticas Sociais e
Cidadania
ACADÊMICO/A: XXXXX
TEMA: “XX”
BANCA • Orientador:
AVALIADORA: • Supervisor de campo:
• Convidado:
GUIA - TCC 83
Obs. Replicar para a quantidade de alunos que irão defender o TCC em Banca
Pública.

2.3 DO CONVITE PARA A BANCA EXAMINADORA (ANEXO XIX):

O Convite deverá ser encaminhado aos membros da Banca Examinador, com


as cópias impressas e encadernadas do TG, com 10 dias de antecedência da apre-
sentação.

Modelo:

NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA – NEAD


CENTRO UNIVERSITÁRIO LEONARDO DA VINCI –
UNIASSELVI

Curso Bacharelado em Serviço Social

CURSO DE BACHARELADO EM SERVIÇO SOCIAL


COORDENAÇAO DOS TRABALHOS DE GRADUAÇÃO - TG

________________, ______ de _______________ de 2014

Ilustríssimo/a Senhor/a:

Pelo presente solicitamos a valiosa colaboração de V. Sa. No sentido de integrar a Comis-


são Examinadora do Trabalho de Graduação do/a acadêmico/a: XXXXXXXXXXXXX, em anexo.
Esclarecemos que a Comissão Examinadora será assim constituída:

Presidente:
Examinador/a:
Examinador/a:

No intuito de orientar o processo avaliativo, anexo sugestões, observando o Guia


do TCC do Curso De Bacharelado em Serviço Social em vigor, tanto para a avaliação
escrita quanto oral, e esclarecemos que o conceito final será o resultado da média dos
conceitos dados pelos três examinadores/as.
Informamos, ainda, a V. Sa., que a arguição do trabalho do/a referido/a aluno/a será de
acordo com a seguinte programação:

DATA:
HORÁRIO:
LOCAL:

Agradecemos antecipadamente a Vossa presença e apresentamos nossos protestos de


elevada estima e consideração.

Atenciosamente,

Profª. xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Articulador EAD / Coordenador do Polo / Responsável Polo
Curso de Bacharelado em Serviço Social
84 GUIA - TCC

AVALIAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

A avaliação do TCC será efetuada com base no trabalho escrito e na exposição oral. Para
a avaliação do trabalho escrito, cada membro da Banca Examinadora receberá uma cópia, com
antecedência mínima de dez (10) a vinte (20) dias.
A defesa oral será presidida pelo/a Tutor/a orientador/a do trabalho, vinculado ao Curso
de Bacharelado em Serviço Social.
O aluno terá até 20 (vinte) minutos para dissertar sobre o seu trabalho. A seguir, cada
membro da Banca Examinadora terá 05 (cinco) minutos para os comentários a respeito do trabalho
e argüição do acadêmico/a, tendo o mesmo igual tempo para responder às questões postas.
Após a arguição, cada membro da Banca Examinadora atribuirá uma nota individual ao
aluno/a que, posteriormente, será considerada de forma conjunta constituindo a média final do/a
aluno/a. A nota final (média) para aprovação do TCC é 07,0 (sete vírgulas zero).
Da sessão de defesa será lavrada uma ata, em documento próprio, que será lida e assi-
nada pelos/as examinadores/as e pelo/a aluno/a examinado.

ITENS DE AVALIAÇÃO

I- Apresentação do conhecimento teórico (domínio do conteúdo, relação teoria-prática).


• Expressa coerência entre Introdução, Desenvolvimento e Conclusão.
• A bibliografia é atualizada e relevante.
• Conhecimento da instituição demonstrado pelo apresentador.
• Fundamentação teórica coerente com a proposta.
• Segurança nas respostas à arguições.

II- Relevância das conclusões apresentadas.


• Contribuição à organização cedente do estágio:
• O Conteúdo apresentado é relevante para a organização/situação.
• As conclusões e recomendações são aplicáveis na organização/situação

III- Clareza na comunicação, postura, objetividade.

IV- Didática da apresentação (forma, instrumentos, recursos utilizados na apresentação).

V- Coerência entre a fala na socialização e a produção da pesquisa.

NOTA FINAL (atribuir nota de 0 a 10 a cada item. A nota final é o resultado da soma das notas
obtidas nos cinco aspectos considerados, dividido por cinco).

__________________________________________ Muito Obrigado!


GUIA - TCC 85
2.4 DA ATA DA BANCA:

A Ata deverá ser preenchida em duas vias (uma fica com o acadêmico e a outra,
anexar ao diário e encaminhar para a UNIASSELVI).

Modelo:

NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA – NEAD


CENTRO UNIVERSITÁRIO LEONARDO DA VINCI –
UNIASSELVI

Curso Bacharelado em Serviço Social

Curso de Bacharelado em Serviço Social


Ata da Apresentação e Termo de Avaliação Emitido pela Banca Examinadora.

Município, de de 2014. Horário Início: : Término: :

O acadêmico.........................................................................................................apresentou na
disciplina de TCC, perante a Banca Examinadora o tema: .........................................................
.................................................................................., ................................................................
............................................................................
estando de acordo com o regulamento do Estágio Supervisionado de Administração.
Recomendações da Banca Examinadora em Relação ao Trabalho

Fatores Nota
I- Apresentação do conhecimento teórico (domínio do conteúdo, relação teoria-
prática).
II - Relevância das conclusões apresentadas.
III - Clareza na comunicação, postura, objetividade.
IV - Didática da apresentação (forma, instrumentos, recursos utilizados na
apresentação).
V - Coerência entre a fala na socialização e a produção da pesquisa.
Média Final
NOTA FINAL (atribuir nota de 0 a 10 a cada item. A nota final é o resultado da soma
das notas obtidas nos cinco aspectos considerados, dividido por cinco).
86 GUIA - TCC

Apurada a média final, de acordo com as notas atribuídas pela banca examinadora, o
acadêmico alcançou a média,..................... (.......................................................................).
Sendo considerado: Aprovado:□ Reprovado:□

Membros da Banca: Nome Assinatura

Professor Orientador: ____________________________________________________

Professor Examinador: ___________________________________________________

Professor Examinador: ___________________________________________________

Observação: A nota deste Termo de Avaliação tem caráter provisório. Sua validação
esta vinculada à entrega dos trabalhos devidamente corrigidos no prazo máximo de
15 dias corridos a partir dessa data.

Assinatura Acadêmico:

IMPORTANTE:

Deverá ser encaminhada a ata original da banca para a UNIASSELVI/NEAD, pois


não será aceito cópia da mesma.

3 E COMO APRESENTAR O TCC?

3.1 DA SESSÃO DE DEFESA PÚBLICA DO TG

A Defesa Pública deverá obedecer às seguintes regras:

• a Banca Examinadora será composta por um presidente (o Tutor-Orientador Local)


e por mais dois membros convidados;
• o acadêmico terá até 20 minutos para apresentar o seu trabalho. Durante esse
tempo não poderá haver interrupções;
• após a apresentação do acadêmico, cada membro da banca examinadora terá
5 minutos para tecer comentários e/ou fazer questionamentos sobre o trabalho,
totalizando 15 minutos.

3.2 CONTEÚDOS A SER APRESENTADO


• Estrutura da Apresentação:
• Título / Autor
• Introdução
• Histórico da Empresa (em tópicos)
GUIA - TCC 87
• Definição do problema
• Objetivos (Geral e Específicos)
• Método de pesquisa (tipo, definição da área, coleta de dados, plano de análise de
dados)
• Desenvolvimento (Itens de maior relevância)
• Fundamentação Teórica – principais teorias e autores (só tópicos)
• Resultados (Itens de maior relevância)
• Conclusões e recomendações (Principais)
• Agradecimento

4 DICAS PARA A FORMULAÇÃO DOS SLIDES

• Escolha do fundo (evitar cores/fundos muito carregados);


• Use cores com contraste adequado entre fundo e texto;
• Se necessário, use negrito para aumentar o contraste;
• Insira ilustrações se necessário (use sua criatividade)
• Procure não usar fonte menor 20 (este slide está com fonte 44 no título e 32 no
corpo)
• Respeite as margens;
• Quantidade de slides (faça a quantidade necessária para apresentar o conteúdo
no tempo que você terá disponível);
• Evite fotos e imagens muito pesadas.

5 DICAS PARA A APRESENTAÇÃO

5.1 CONTEÚDO

• Apresente o conteúdo de forma lógica;


• Busque coerência entre objetivos, desenvolvimento, conclusões e recomendações;
• Dê destaque aos principais resultados alcançados.

FIGURA 9 – DÚVIDA
O que não sei sobre o assunto ?
O que preciso estudar ?

• Questões específicas que eu sei que não sei.

• Práticas existentes e literaturas complementares sobre o assunto.

• Sobre o contexto geral, onde está inserido o tema.

FONTE: Clipart.
88 GUIA - TCC
Apresentando com convicção

• Olhe para as pessoas.


• Respire fundo…
• Acredite, seu assunto é muito interessante.
• Tranquilize-se: você se preparou…
• Lembre-se você é capaz!
• Respeite a velocidade do ensaio.
• Se descobrir erros nos slides, desculpe-se e continue.
• Finalize. Por exemplo, “muito obrigado”.

5.2 APRESENTAÇÃO

POSTURA:
• Atitude, energia, estilo, dinamismo;
• Vocabulário;
• Tom de voz;
• Posicionamento, gestos, vestimenta;
• Percepção e contato visual.

CUIDADOS:
• Tempo (evite a morte súbita);
• Vícios de linguagem;
• Procure não ler;
• Tenha sempre um backup.

5.3 PREPARAÇÃO

CUIDADOS:
• Ensaie a apresentação;
• Regule a velocidade da apresentação;
• Prepare o material de apoio;

5.4 O DIA DA APRESENTAÇÃO

• Chegue cedo, verifique o equipamento/apresentação.


• Apresente com convicção.
• Enfrente a banca e a plateia com serenidade, afinal você se preparou.
GUIA - TCC 89
5.4.1 Enfrentando a sessão de perguntas

FIGURA 10 – SESSÃO DE PERGUNTAS

FONTE: Disponível em: <http://images2.layoutsparks.


com/1/100291/sponge-yellow-cartoon-comic-1.jpg>.

Como reagir aos comentários e perguntas

• Aberto as sugestões/críticas.
• Admitindo que não sabe a resposta, quando for o caso, se a pergunta for relevante,
aproveite para elogiá-la.
• Respondendo o máximo de perguntas com segurança.
• Agradecendo sugestões/críticas.

Porque as pessoas perguntam/comentam?

• Porque querem uma informação adicional.


• Porque não compreenderam bem.
• Porque querem ajudar.
• Porque estão avaliando sua postura e domínio.
90 GUIA - TCC
ANEXO – REGULAMENTAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO -
TCC

REGULAMENTAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC

CAPÍTULO I
DA CONCEPÇÃO, DURAÇÃO OBRIGATORIEDADE DO TRABALHO DE GRADU-
AÇÃO

Art. 1º. O Trabalho de Conclusão de Curso - TCC do Curso de Bacharelado


em Serviço Social são concebidos como um dos momentos que privilegia o domínio
teórico-metodológico de temas desenvolvidos ao longo do curso.

Art. 2º. O Trabalho de Conclusão de Curso - TCC terá a duração em horas, esti-
pulada na matriz curricular em consonância com as Diretrizes Curriculares Nacionais.

ART. 3°. O Trabalho de Conclusão de Curso – TCC está dividido em duas fases:
Projeto de TCC e TCC, totalizando 120 horas na estrutura curricular do curso.

Art. 4º. Nenhum acadêmico poderá colar grau sem ter cumprido as exigências
do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC.

CAPÍTULO II
DA ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

Art. 5º. O Trabalho de Conclusão de Curso - TCC de Bacharelado em Serviço


Social compreendem as etapas a seguir nomeadas e descritas.

I – ETAPA DO PLANEJAMENTO

a) Escolha da área de concentração para execução das etapas posteriores.

Parágrafo único - Do Cronograma de Atividades constará as atividades a serem


realizadas e o respectivo período de realização.

II – ETAPA DO DESENVOLVIMENTO

Esta etapa compreende:

a) realização das atividades programadas;


b) realização de encontros de orientações gerais com todos os acadêmicos;
c) reuniões de acompanhamento entre o Orientador Pedagógico Local e o acadêmico
nos quatro encontros presenciais;
d) orientações pedagógicas coletivas e individuais, realizadas pelo docente das dis-
GUIA - TCC 91
ciplinas de TCC, denominado de Orientador Pedagógico Institucional, conforme
cada etapa do estágio, por meio de: Fórum; Chat; 0800; E-mail; Web Conferência;
e Trilha de Aprendizagem.
e) a elaboração e aplicação do projeto de pesquisa do TCC;
f) a elaboração da monografia.

§ 1º - No desenvolvimento desta etapa, as reuniões de acompanhamento entre o


Professor Orientador e o acadêmico serão programadas de acordo com cronograma.

III – ETAPA DA CONCLUSÃO

Nesta etapa é realizada a entrega, defesa pública/socialização da Monografia,


com data prevista no Cronograma do Curso.

Parágrafo Único - Para a Defesa Pública/Socialização da Monografia deverá


ser composta de uma Banca de avaliação.

CAPÍTULO III
DAS ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO

Art. 6º. O Trabalho de Conclusão de Curso - TCC deverá ser realizado nas
seguintes áreas de concentração, conforme descrição a seguir:
a) Políticas Sociais e Cidadania
Trabalha com assuntos pertinentes às questões sociais, históricas e culturais nas
sociedades urbanas e rurais. As Políticas Sociais abrangem ações que visam suprir
as necessidades sociais básicas dos indivíduos não contempladas pelo modo ca-
pitalista de produção. Todavia sua gestão está vinculada ao Estado, cujo objetivo é
propiciar uma vida digna a toda sociedade. Visto que, o acesso às políticas públicas
sociais está relacionado diretamente ao exercício da cidadania, sendo esta, uma
condição de participação dos indivíduos na vida política, econômica e cultural de
uma sociedade, implicando no acesso aos direitos sociais e na luta pelos mesmos.
Podemos citar que as políticas sociais se manifestam através dos órgãos públicos
de saúde, previdência, assistência social, família, criança e adolescente, idoso,
pessoa com deficiência, educação, trabalho, habitação, entre outros.
b) Processo de Trabalho e Classes Sociais
Podemos apontar que esta área de concentração acima citada, estuda e intervêm
em todas as relações sociais advindas do mundo do trabalho em seus diferentes
setores da economia. Desta relação surgem as classes sociais, da qual definem-se
como grupos de pessoas que apresentam as mesmas condições econômicas e de
afinidades, tanto políticas, quanto ideológicas. A sociedade brasileira é composta
por segmentos que através do poder econômico, impõe seus interesses às classes
menos favorecidas economicamente. Este processo de trabalho proporciona uma
estrutura social adequada à exploração, evidenciando as desigualdades sociais.
Diante do exposto o “Processo de Trabalho e Classes Sociais” encontram-se in-
seridos nas empresas públicas (gestão do trabalho), privadas (recursos humanos)
e sindicatos de classes.
92 GUIA - TCC
c) Cultura e Movimentos Sociais
Trabalha-se a questão das identidades coletivas e a análise das diferentes dimen-
sões culturais e suas correlações com o Estado e o mercado. (A cultura, política,
as relações de poder, de gênero, de democracia, entre outras). Os movimentos
sociais são ações de determinados grupos organizados, com o objetivo de mu-
danças sociais, através da luta em defesa de seus direitos e interesses. Estas
ações encontram-se pautadas em prol de políticas públicas e sociais, movimen-
tos comunitários, forças políticas, protestos sociais entre outros. Neste sentido,
referimo-nos que a cultura são tradições sociais inerentes aos movimentos sociais,
pois suas características e costumes são construídas através da subjetividade,
sendo possível a incorporação de novas respostas dadas pelas novas gerações.

d) Terceiro Setor, Responsabilidade Social e Desenvolvimento Sustentável


As diversas ligações do Serviço Social com o terceiro setor e legitimação das causas
dos movimentos sociais. As diferentes dimensões do Desenvolvimento Sustentável
(ambiental, econômica, social, política, tecnológica, entre outras). Entendemos o
Terceiro Setor como associações e entidades sem fins lucrativos, sendo mantidas
com iniciativas privadas, cuja finalidade é atender a população, em locais onde o
Estado não consegue atender a demanda. O Terceiro Setor também é composto
por mão de obra voluntária (sem remuneração). Todavia seu objetivo é melhorar
a qualidade de vida das pessoas menos favorecidas, crianças, adultos, idosos,
meio ambiente entre outros. Como exemplo podemos citar, as Organizações Não
Governamentais - ONGS, Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público
– OSCIPS e as Associações. A Responsabilidade Social nas organizações visam
promover ações de forma ética, possibilitando relações socialmente responsáveis e
sustentáveis que engloba e assegura ações sociais, ambientais, culturais, políticas,
econômicas, civis, dentre outras.

e) O Serviço Social nas Organizações e Instituições


A Intervenção do Serviço Social na gestão e planejamento de serviços, programas
e projetos sociais visa a autonomia dos indivíduos, o fortalecimento de suas po-
tencialidades na busca de sua emancipação. Nesta perspectiva, o profissional de
Serviço Social intervêm nas diferentes configurações dos processos organizacionais
e gestão, assessoria e consultoria social. Compreende também neste contexto,
que a direção das ações tem o mesmo segmento tanto no poder público, privado,
ONG’s e Cooperativas.

CAPÍTULO IV
DAS ATRIBUIÇÕES DA COORDENAÇÃO, SUPERVISÃO E ORIENTAÇÃO

Art. 7º. A coordenação do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC será exercida


pelo Coordenador do Curso.

Art. 8º. São atribuições do Coordenador de Trabalho de Conclusão de Curso


- TCC:
GUIA - TCC 93
I. elaborar o cronograma de atividades do projeto de TCC e Trabalho de Conclusão
de Curso - TCC e divulgá-lo em tempo hábil;
II. baixar normas e instruções pertinentes complementares a este Regulamento;
III. orientar e acompanhar as atividades do Orientador Pedagógicos Locais e Institu-
cionais quanto às normas e programação do projeto de TCC e Trabalho de Conclusão
de Curso - TCC.

Art. 9º. A supervisão do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC será feita pelo
Articulador;

Art. 10º São atribuições do Articulador

I- Orientar e esclarecer dúvidas dos acadêmicos e dos Tutores Externos/Orientador


Pedagógico Local quanto à elaboração do projeto de TCC e do Trabalho de Conclu-
são de Curso - TCC;

II- Supervisionar as atividades dos Tutores Externos/Orientador Pedagógico Local


no que diz respeito:

a) ao desenvolvimento do projeto de TCC e Trabalho de Conclusão de Curso - TCC


e da Prática;
b) à aplicação, correção e lançamento no sistema, das notas das avaliações da
aprendizagem do projeto de TCC e Trabalho de Conclusão de Curso - TCC;
c) ao lançamento, no campo próprio do sistema, do projeto de TCC e da Monografia
do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC realizados pelos acadêmicos;
d) ao desenvolvimento dos encontros presenciais, com especial atenção para o
cumprimento do horário e realização das atividades programadas, segundo as
orientações da UNIASSELVI;
e) à Defesa Pública/socialização do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC;
f) receber os diários de classe, ata de entrega do projeto de TCC e Trabalho de Con-
clusão de Curso - TCC, conferir e enviá-lo a Gerência Acadêmica da UNIASSELVI;
g) verificar a postagem do projeto de TCC e do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
no ambiente de aprendizagem.

Art. 11° - A orientação do projeto de TCC e Trabalho de Conclusão de Curso -


TCC é feita pelos Orientadores Pedagógicos Locais e Institucionais.

Art. 12° - São atribuições do Docente das disciplinas de Projeto de TCC e TCC,
que é o Orientador Pedagógico Institucional, a quem compete:
a) Interagir com os alunos, tutores internos e externos, articuladores, coordenação
do curso e Pró-Reitoria de Ensino de Graduação a Distância;
b) Orientação aos tutores internos e externos sobre o encaminhamento da disciplina.
c) Acompanhamento do cumprimento do programa da disciplina.
d) Realizar orientações pedagógicas coletivas e individuais, conforme cada etapa do
Projeto de TCC e TCC, por meio de: Fórum; Chat; 0800; E-mail; Web Conferência;
e Trilha de Aprendizagem.
94 GUIA - TCC
Art. 13° - São atribuições do Tutor Interno

a) revisar e atualizar, quando necessário, o Guia do Trabalho de Conclusão de Curso


- TCC;
b) orientar o Tutor Externo/Orientador Pedagógico Local, articuladores de EAD e os
acadêmicos através do telefone 0800, e-mail e AVA, sobre os procedimentos de
projeto de TCC e Trabalho de Conclusão de Curso - TCC, tais como: aplicação
do Guia, escrita da monografia e outros;
c) orientar quanto à fundamentação teórica para a realização da pesquisa;
d) alimentar e acompanhar o ambiente virtual – AVA;
e) orientar o planejamento e organização da Defesa Pública/seminário de socialização
do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC;
f) responder dúvidas dos Polos e organismos públicos e privados;
g) orientar o Tutor Externo/Orientador Pedagógico Local sobre a sistemática de ava-
liação, lançamento das notas e postagem.

Art. 14° - São atribuições do Tutor Externo/Orientador Pedagógico Local:

I - Dar a conhecer o presente Regulamento aos acadêmicos, esclarecendo-lhes


eventuais dúvidas.
II - divulgar entre os acadêmicos os planos e cronogramas necessários à execução
do projeto de TCC e Trabalho de Conclusão de Curso - TCC.
III - Orientar a elaboração do projeto de TCC e da Monografia.
IV - Acompanhar o acadêmico na execução de suas tarefas, orientando-o nas suas
necessidades e dificuldades.
V - Avaliar o desempenho do acadêmico.
VII - Avaliar o projeto de TCC e a Monografia.
VIII - Lançar todas as notas referentes ao projeto de TCC e Trabalho de Conclusão
de Curso - TCC no site da UNIASSELVI.
IX - Fazer todos os registros o Diário de Classe e Ata de entrega do projeto de TCC
e Trabalho de Conclusão de Curso - TCC de todos os acadêmicos da turma e depois
entregar ao articulador.
X - Organizar a Defesa Pública/Seminário Socialização.
XI - Postar no site da UNIASSELVI as Monografias de todos os acadêmicos e indicar
os três melhores trabalhos.
XII - Exercer outras funções atribuídas pelo colegiado do curso e não previstas neste
Regulamento.

CAPÍTULO V
DO ACADÊMICO


Art. 15° São atribuições do acadêmico:

I - Estar devidamente matriculado nas disciplinas de projeto de TCC e Trabalho de


Conclusão de Curso - TCC
GUIA - TCC 95
II - Cumprir as tarefas programadas.
III - Comparecer aos encontros presenciais destinados a orientação do projeto de
TCC e Trabalho de Conclusão de Curso - TCC.
IV - Elaborar o projeto de TCC e a Monografia.
IV- Entregar uma cópia digital do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC ao professor
orientador.
IV - Cumprir, outras tarefas solicitadas pela Coordenação ou pelos Orientadores
pedagógicos locais e institucionais.

CAPÍTULO VI
DA AVALIAÇÃO DO PROJETO E TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

Art. 16°. A avaliação do Projeto do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC


compreende:

I. Avaliação da Primeira parte do projeto de pesquisa do TCC: discussão do tema,


problematização e contextualização;
II. Avaliação da Segunda parte do projeto de pesquisa do TCC: objetivo geral e es-
pecíficos, além da metodologia da pesquisa;
III. Avaliação final do projeto de pesquisa do TCC: projeto completo (Contendo todos
os itens);
IV. Socialização do projeto de pesquisa do TCC .

§ 1º. Será considerado aprovado o acadêmico que obtiver média aritmética final
igual ou superior a 7 (sete).

§ 2º. O acadêmico que não obtiver nota final igual ou superior a sete (7) será
considerado reprovado na disciplina e, consequentemente, terá que repeti-la.

Art. 17°. A avaliação do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC compreende:

I. Avaliação da primeira parte da Monografia – introdução, discussão do tema, pro-


blematização, contextualização, objetivos e metodologia.
II. Avaliação da Segunda parte da Monografia – análise dos dados da pesquisa (apre-
sentação, análise e resultados dos dados) e conclusões.
III. Avaliação final da Monografia - em formato impresso (3 cópias encadernadas) e
em arquivo eletrônico (CD).
IV. Avaliação do desempenho na Defesa Pública da Banca Examinadora.

§ 1º. Será considerado aprovado o acadêmico que obtiver média aritmética final
igual ou superior a 7 (sete).

§ 2º. O acadêmico que não obtiver nota final igual ou superior a sete (7) será
considerado reprovado na disciplina e, consequentemente, terá que repeti-la.
96 GUIA - TCC
CAPÍTULO VII
DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 18°. O Trabalho de Conclusão de Curso - TCC poderá ser realizado mediante
participação em programas de extensão ou de Iniciação Científica institucionais, após
manifestação favorável do Núcleo Docente Estruturante (NDE).

Art. 19°. Os casos omissos neste Regulamento serão resolvidos pelo Núcleo
Docente Estruturante (NDE), cabendo os recursos regimentais.

Indaial, 20 de agosto de 2013