Você está na página 1de 16

PUB Terça-feira • 09 de junho de 2020 • •1

1066
09 junho 2020
Ano 20
terça-feira
 0.75 iva incluído
Diretor: Luís Baptista-Martins
semanário

Gestor hospitalar de Coimbra


deverá presidir à administração
da ULS da Guarda Nélia Faria, atual enfermeira-diretora, deverá ser reconduzida no novo
Conselho de Administração, cuja nomeação por parte da ministra da
Saúde está por dias Pág.5

Governo chamado a alterar lei


«injusta» dos exames nacionais
Ana Cariano foi à Comissão Parlamentar da Educação, Ciência, Juventude e Desporto defender a moção para a alteração de normativos legais do Júri Nacional de
Exames: «Sou a prova de que todos podemos chegar à Assembleia da República e ser ouvidos», afirma Pág.4

Supressão de Intercidades
Covilhã Guarda
Apresentado Câmara prolonga
projeto de apoios do
revitalização do
comércio local
Iniciativa da responsabilidade da
para Lisboa contestada programa
“SalvaGuarda”
Medidas vigoram até ao final do
autarquia inclui a criação de uma mês de junho e têm um impacto
plataforma de comunicação digital superior a um milhão de euros
e conta com «inovadoras soluções nas contas da Câmara, que jus-
comerciais para munícipes e com- tifica novo prazo com a «impre-
erciantes do concelho» ________ 6 visibilidade» quanto ao fim da
pandemia ____________________ 6

Manteigas
PSD
Hotel Vila Galé
abre esta Carlos Condesso é
terça-feira candidato único à
Unidade de 4 estrelas fica no sopé Distrital da Guarda
do Vale Glaciar do Zêzere resulta Rui Ventura, Carlos Ascensão, Car-
de um investimento que ronda os los Peixoto e João Prata integram
dez milhões de euros e vai criar 40 «lista de consenso» liderada pelo
postos de trabalho _____________ 5 chefe de gabinete do presidente da
Câmara da Guarda que concorre às
eleições de 11 de julho ________ 16

Vila Nova de Foz Côa


Câmara reivindica
nova ligação viária Futebol
para Espanha por Sp. Covilhã já
Barca d’Alva garantiu quatro
Aproveitamento de estradão ribei- reforços
rinho do Douro que liga Almendra
a Barca d’Alva, já no concelho de
Empresa justifica decisão com a «falta de procura» João Cardoso, Jaiminho e Léo são
as mais recentes contratações
Figueira de Castelo Rodrigo, foi
sugerido por Gustavo Duarte à se-
devido à pandemia e garante que é temporária, dos “leões da serra” e juntam-se
a David Santos (ex-Canelas) na
cretária de Estado da Valorização mas a contestação já se fez ouvir Pág.7 semana em que o clube celebrou
do Interior, Isabel Ferreira_____ 9 97 anos______________________ 13
2• • Terça-feira • 09 de junho de 2020

Cara
Entrevista
no  fio  da  navalha

a P e r f i l
cara

«Se não fosse a


Bruno J. Navarro
Isabel Ferreira Presidente da Fundação Côa Parque

Idade: 42 anos

pandemia, este
Muitos foram os governantes que ao longo
dos últimos 20 anos defenderam a requalifi- Naturalidade: Coimbra
cação da Linha do Douro e a recuperação da
Profissão: Historiador/ Professor do ensino
ligação do Pocinho a Barca d’Alva. Mas poucos
superior

ano teríamos um
se comprometeram com a reabertura de um
troço que foi dasativado e abandonado como a Currículo: Doutorado em História, Filosofia
secretária de Estado da Valorização do Interior. e Património da Ciência e da Tecnologia pela
Isabel Ferreira assumiu a importância da Linha Faculdade de Ciências e Tecnologia da Univer-
do Douro como ligação da região a Salamanca sidade Nova de Lisboa; mestre em História

“boom” muito
e defendeu que ainda é possível conquistar Contemporânea pela Faculdade de Letras da
financiamento para ligar de comboio a região a Universidade de Lisboa, licenciado em História,
Espanha. A governante assumiu que a ligação pela Faculdade de Letras da Universidade de
ferroviária pode ser do maior interesse turístico, Lisboa; autor de vários estudos publicados

significativo de
em monografias, dicionários e revistas espe-
social e económico, para o Alto Douro e uma
cializadas; professor no Instituto Superior de
porta relevante para o país.
Ciências Educativas (ISCE), integrando ainda
o corpo docente de cursos pós-graduados da
Faculdade de Ciências e Tecnologia da Univer-

visitantes»
sidade Nova de Lisboa.

Hobbies: Cinema, literatura

Carlos Condesso P – O Museu do Côa vai fazer 10 anos. mos muito na divulgação do património e do
Em que consiste o programa comemorativo? território e no investimento em novas linhas
O líder da concelhia do PSD de Figueira de R – Vamos começar a cumprir o nosso pro- próprias de merchandising que justificam
Castelo Rodrigo aproveitou da melhor maneira grama de exposições temporárias e que este claramente a subida nas receitas próprias.
a pandemia para, discretamente, envolver os ano são muito interessantes porque reforçam Temos conseguido concretizar também uma
principais dirigentes laranjas do distrito na a imagem do Côa e da Fundação Côa Parque em política de mecenato cultural, captando o apoio
sua candidatura. Com o “consenso” como contacto permanente com as instituições cul- financeiro de alguns dos mais emblemáticos
argumento, Carlos Condesso conseguiu o que turais de referência do país para trazer a Vila produtores vitivinícolas da região do Douro,
há muito não se via no PSD distrital: uma lista Nova de Foz Côa o que de melhor se faz na arte mas também com empresas de referência nas
única a concorrer às próximas eleições. Com Rui contemporânea. No sábado inaugurámos uma respetivas áreas, tanto no plano regional, como
Ventura como número dois e o ainda presidente exposição de António Faria com o Museu Nacio- nacional, nomeadamente a Finiclasse, a Lusitâ-
da distrital, Carlos Peixoto, como candidato à nal de Arte Contemporânea, que é comissariada nia Seguros e a Altice. Por fim, temos sido bem
Mesa, o ato será um mero formalismo para a pela sua diretora, e outra de Sobral Centeno sucedidos nos concursos competitivos a fundos
elição de Carlos Condesso. em parceria com a Fundação do Museu do estruturais (Programa Valorizar do Turismo de
Douro. É uma forma de cimentarmos Portugal, Programa Interreg VA España-Portugal
uma ligação institucional que se vem (POCTEP), Fundo EEA Grants, Norte2020 e
criando nos últimos anos. No que diz Sistema de Apoio à Transformação Digital da
respeito à restante programação, Administração Pública - SAMA2020).
vamos ter outras exposições e uma
parceria com a Direção Regional P – E qual o impacto do novo núcleo
de Cultura do Alentejo para uma descoberto no Vale
Thierry Aubry retrospetiva de José Cutileiro, um
dos últimos grandes escultores
do Côa?
R – As novas
O responsável técnico-cientifico da Funda- portugueses. Acolheremos também descobertas arque-
ção Côa Parque coordena a equipa de arque- a Bienal de Gravura do Douro. ológicas vêm de-
ólogos que recentemente descobriu a maior monstrar que a
gravura rupestre ao ar livre, cujas escavações P – É a aposta para o pós- atividade cientí-
foram agora retomadas e que já podem ser pandemia no Museu do Côa? fica nesta insti-
visitadas. O núcleo do “Fariseu” vai, aliás, ser R – Exatamente. Tínhamos um tuição está bem
incluído nas visitas da rota que o Clube Escape conjunto de eventos musicais diri- viva. A nossa
Livre vai incluir nas suas visitas a partir do rio gidos a um público mais massificado equipa, liderada
mas que decidimos cancelar porque por Thierry Aubry, o
Côa. Para Thierry Aubry foi apenas uma pequena
não é possível fazer eventos dessa responsável técnico-científico da
descoberta que é preciso estudar e analisar,
dimensão, mas também porque per- Fundação, tem mantido um plano de
para o mundo foi a revelação de mais um ponto cebemos que, atendendo ao período trabalhos regulares muito intenso,
obrigatório no conhecimento da humanidade e problemático que os agentes culturais nomeadamente no âmbito de pro-
no estudo arqueológico e cientifico. estão a passar, devíamos fazer uma P – No total, quantos visitantes recebeu jetos aprovados e financiados pela
readaptação dessa estratégia e portanto o que o Museu do Côa em 2019? Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT)
vamos fazer é contratar um conjunto de per- R – No ano passado o Museu do Côa e o ou pelo POCTEP (em cooperação com a Junta
formances teatrais e musicais com o objetivo Parque Arqueológico do Vale do Côa recebe- de Castilla y León). Em breve terão início sete
de surpreender os visitantes do Museu do Côa. ram 52.936 visitantes. Se contabilizarmos as novos projetos de investigação financiados
Serão artistas que vamos contratar exclusiva- exposições, eventos e atividades educativas pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia
mente no Norte e Centro do país, até porque é organizadas no resto do país e noutros países (FCT), no âmbito do Vale do Côa Internatio-
uma forma de promover o seu trabalho neste (Coreia do Sul, França, Rússia, Azerbaijão e nal Research Awards, que trarão equipas de
momento tão delicado da sua atividade. Croácia), podemos dizer que estiveram em investigação de várias instituições científicas
contacto com o património cultural do Vale do nacionais e contarão ainda com a colaboração
P – Em janeiro e fevereiro, o Museu do Côa um total de 156.037 visitantes. de instituições científicas internacionais. No
CP Côa duplicou o número de visitantes em total, serão dois milhões de euros aplicados à
relação ao período homólogo do ano an- P – Como está financeiramente a fun- investigação interdisciplinar e multidisciplinar
O desinvestimento na Linha da Beira Alta terior. Ou seja, se não houvesse pandemia dação? que, nos próximos quatro anos, reforçarão a
devia merecer as maiores criticas de todos. E este teria sido um grande ano para o Museu. R – A Fundação tem uma situação fi- presença do Vale do Côa nas redes de produção
o encerramento de três ligações ferroviárias R – Absolutamente. Todos os indicadores nanceira equilibrada, apesar de termos feito de conhecimento científico e isso terá, indu-
entre Lisboa e a Guarda é inaceitável e merece apontavam para que houvesse um “boom” investimentos muito significativos nos últimos bitavelmente, consequências muito positivas
as mais veementes criticas. A CP anulou três muito significativo este ano em termos de vi- anos, nomeadamente no âmbito de projetos para o território. Referindo-me concretamente
comboios que eram da maior importância para sitantes. Temos mais um núcleo importante de candidatados a fundos estruturais. Fechámos às novas gravuras descobertas no núcleo do
o interior e garantia de traporte para quem não gravuras no Fariseu e no próximo ano teremos o ano sem qualquer dívida e conseguimos Fariseu – sobretudo o grande auroque –, ela
tem outra forma de deslocação para Coimbra outro decorrente da abertura dos Passadiços obter 359.868,21 euros de receitas, resultado permitiu-nos ajustar em moldes bem mais vanta-
ou Lisboa. Com a desculpa da suspensão por do Côa. Vamos também dinamizar de forma que pode ser comparado com os 192.477,35 josos um dos programas de visita ao território em
causa do novo coronavírus, a CP aproveita muito significativa as visitas ao sítio da Faia de 2016, o ano anterior à nossa entrada em que apostámos muito recentemente: as visitas
para reduzir custos, mas é precisamente para a partir de Cidadelhe, no concelho de Pinhel. funções. em caiaque no rio Côa. Um modelo de visitação
servir as populações que a CP existe e recebe Em parceria com a Câmara de Pinhel, estamos que permite uma experiência imersiva na Natu-
a tratar da reabilitação do espaço interpreta- P – Quais os novos projetos que irão reza, seja pela fruição daquele canal fluvial, seja
milhões do orçamento de Estado. O que sim é
tivo da arte rupestre existente no centro da permitir a sustentabilidade do Museu e da pela valorização de novas gravuras e de toda a
preciso é implementar as obras necessárias
aldeia. Isso será anunciado ainda este ano. O fundação? paisagem e biodiversidade que ali coexiste, seja,
para recuperar a Linha e permitir ligações nosso objetivo é a diversificação da oferta e o por fim, pela oportunidade de dar a conhecer o
R – Nos últimos anos temos feito um es-
mais rápidas e com menos acidentes nas vias. aumento da procura, até porque, dos grandes forço muito significativo para diversificarmos que de melhor se produz nesta região, a partir
operadores de cruzeiros no Douro, temos as fontes de receita. Além da participação das das nossas propostas de menus de degustação,
contratado mais dois. Mas, como as operações entidades financiadoras (DGPC, Turismo de à beira-rio. As visitas de caiaque serão, assim, a
estão paradas, isto não vai acontecer este ano, Portugal, Agência Portuguesa do Ambiente única forma que os visitantes terão de conhecer
a esperança é que venha a acontecer no futuro. e Câmara de Vila Nova de Foz Côa), apostá- o núcleo de arte rupestre do Fariseu.
Terça-feira • 09 de junho de 2020 • •3
repetição

editorial Luís Baptista-Martins


baptista-martins@ointerior.pt

A Praça dos Sabores


A forma como o Centro Histórico da Guarda foi votado ao abandono
e o estado moribundo da Praça Velha (Praça Luís de Camões) é um
compêndio de como não se deve gerir uma cidade.
Raramente encontramos um centro histórico tão abandonado como
o da Guarda, uma cidadela ímpar, com imensos argumentos para ter vida
própria e ser uma referência turística. S. Vicente e a Praça Velha foram o
coração da Guarda – em 2000, Maria do Carmo Borges e José Sócrates,
então ministro do Ambiente, no contexto das comemorações do 801º
aniversário da Guarda, sugeriram mesmo a candidatura de S. Vicente a
Património Mundial da Unesco (ideia a que voltaria José Igreja em 2013,
quando também sugeriu a candidatura da Guarda a Capital Europeia da
Cultura, que mais tarde viria a ser adotada pelo atual executivo). Por
isso, a compra das casas adjacentes aos antigos Paços de Concelho (e
que atualmente alberga a CIMBSE), que nos últimos anos tem enver-
gonhado os guardenses pelo seu estado de abandono e onde a Câmara
colocou umas lonas para esconder as casas em ruínas - a autarquia vai
iniciar por estes dias, finalmente, as obras de consolidação das paredes
e posteriormente deverão ser iniciadas obras de requalificação.


Em junho de 2013 sugeri aqui a aquisição pela Câmara das casas
do quarteirão (entre a Praça e a Rua Sacadura Cabral; entre a Rua do
Comércio e a da Torre, não
necessariamente todo o quar-
teirão, mas algumas casas que
permitissem a continuidade de
um conjunto edificado a requa-
lificar) e o desenvolvimento de
um espaço comum de animação
cultural e social, comercial e de
Raramente lazer. Escrevi então, mais uma
encontramos um vez, que «é urgente encontrar
opções que minimizem o im-
centro histórico tão pacto negativo que a pedonali-
abandonado como zação da Praça teve na vida dos
lojistas da zona velha. Deixo
o da Guarda, uma uma sugestão, pouco relevante
cidadela ímpar, com (e que alvitrei sem sucesso à
imensos argumentos APGUR e à ACG): impulsionar
“a PRAÇA na PRAÇA” – isto é,

opinião
A mais importante para ter vida própria levar de novo para a Praça Ve-
e ser uma referência lha o mercado das frutas e dos
António Ferreira
antonio.ferreira.adv@netvisao.pt
das eleições turística.
legumes, do artesanato e das
coisas da terra, das pessoas da
aldeia a venderem às pessoas
As eleições presidenciais americanas do próximo ser possível com a maioria de direita no Supremo da cidade, como ocorreu até ao final do séc. XIX» (https://ointerior.pt/
mês de novembro são tão importantes que todos Tribunal, a direita libertária, favorável ao aborto e à arquivo/a-praca-na-praca/). Nas edições seguintes, e porque vivíamos
deveríamos poder votar nelas. Disse-se isto muitas liberalização dos costumes, gosta da desregulação e em época pré-eleitoral, lançámos o repto aos candidatos à autarquia
vezes, mas nunca com tanta pertinência como agora. do aliviar do peso do Estado, a direita tradicional gosta https://ointerior.pt/arquivo/procura-se-nova-vida-para-a-praca-velha/.
O mal que Donald Trump fez ao país dele e ao mundo da diminuição dos impostos e a direita iletrada aprecia Sugerimos a aquisição de casas para fazer um quarteirão de mercado –
pode tornar-se irremediável com a sua manutenção Trump como todos aqueles que olham babados para pensando no Mercado da Ribeira, no de Campo de Ourique, no Bolhão
no cargo. Em quatro anos denunciou o Acordo de os “socialites” da televisão. Mesmo assim não chega, e em tantos outros espaços de revitalização de praças tradicionais, com
Paris sobre redução de gases com efeito de estufa, o claro, até porque quem se informa junto de fontes animação cultural, esplanadas, restaurantes, bares… Ficou o desafio,
acordo com o Irão sobre armamento nuclear, a troco fiáveis sabe desmontar-lhe as mentiras, os erros de desconsiderado, de como se poderia combinar a recuperação de patri-
de nada, aproximou-se da Rússia, em pagamento de governação e as falhas éticas. Acontece que muita mónio histórico com revitalização da Praça e de como se poderia inserir
favores, e da Coreia do Norte, a troco de vagas pro- gente apenas se informa através da Fox News, um naquelas casas um mercado com vida e moderno.
messas. Afastou-se dos aliados europeus, destruiu a canal de informação sem grandes preconceitos éticos “A Praça na Praça” não ganhou asas porque a falta de ambição
possibilidade de um acordo de paz para a Palestina, e claramente comprometido com a direita mais con- e visão dos nossos políticos tem sido quase sempre castradora das
reagiu tarde à pandemia, saiu da Organização Mundial servadora, ou então nas redes sociais, onde campeia a utopias e vontades dos guardenses. Apesar de em 2013 a candidatura
de Saúde no auge da mais grave crise sanitária de que mesma contra-informação que levou Trump ao poder. de Álvaro Amaro ter ostracizado a nossa sugestão, agrada-nos ver que
há memória. No seu país tem tentado destruir a todo Parece que está tudo perdido, que vamos ter de com a aquisição e lançamento do projeto de requalificação das casas
o custo o legado de Obama, sobretudo no que toca à enfrentar uma segunda vaga da pandemia ainda mais na Praça Velha está em andamento. Mais, que a sugestão que há sete
assistência generalizada na doença e nos programas mortífera do que a primeira e que não poderemos contar anos apresentámos, e foi ridicularizada por alguns, estava muito próxi-
de apoio social aos mais pobres. Nestes quatro anos com os Estados Unidos, ou que o aquecimento global, ma daquilo que a Câmara da Guarda quer implementar e que designou
conseguiu ser o presidente mais corrupto, incompe- depois do breve alívio trazido pela quarentena, irá agravar- de “Solar dos Sabores” – não sei onde está o “solar”, mas imagino os
tente e impreparado da história dos Estados Unidos. se a um ritmo cada vez maior até ser tarde demais. sabores… - uma “praça”, no interior do edificado, com espaços lúdicos,
Poderia pensar-se que não tem qualquer hipótese Mas há esperança, e curiosamente vinda da direita. sociais e comerciais. E um centro de interpretação da cultura judaica. Pena
de sucesso nas próximas eleições, mas isso não é Há muitas organizações cristãs que acham que tudo que tenham tardado tantos anos. E que ainda esteja tão atrasado. Mas esta
verdade. É que a direita norteamericana é uma amál- tem limites e que não vão apoiar mais Trump, assim é a primeira grande opção para a revitalização da Praça Velha. A outra é a
gama de muitas direitas e todas elas veem em Trump como muitos republicanos da velha escola, com sóli- requalificação do Centro Histórico da Guarda com a recuperação de casas
aquilo de que precisam. A direita evangélica vê nele dos princípios éticos, que acham que a democracia e a e a promoção de residências artísticas e de estudantes. As boas ideias
uma proteção contra os males dos liberais e a pos- salvaguarda dos valores da decência e da honestidade brotam e ficam, mesmo quando são desdenhadas e parecem esquecidas…
sibilidade de reverter as leis do aborto, o que poderá valem mais do que uma eleição. Oxalá assim seja.

PUB
4• • Terça-feira • 09 de junho de 2020

«Sou a prova Saúde

Cuidadores informais do

de que todos Fundão, Sabugal e Seia já


podem requerer estatuto
podemos chegar
DR

à Assembleia da
República e ser
ouvidos» Os cuidadores informais do
Fundão, Sabugal e Seia já podem
da qualidade de vida da pessoa
cuidada».
Ana Cariano foi à Comissão Parlamentar da Educação, Ciência, requerer o estatuto junto dos ser- Nos períodos de descanso
Juventude e Desporto defender a moção para a alteração de viços da Segurança Social, bem do cuidador, «a pessoa cuidada
como o subsídio correspondente, pode ser integrada em unidades
normativos legais do Júri Nacional de Exames cujo valor de referência é 438,81 de longa duração da Rede Na-
DR euros e será variável em função cional de Cuidados Continuados
dos rendimentos. Integrados, nas respostas sociais
Estes são três dos 30 con- Estrutura Residencial para Pes-
celhos de implementação do soas Idosas e Lar Residencial ou
projeto-piloto do cuidador infor- beneficiar de Serviço de Apoio
mal, aos quais serão atribuídos Domiciliário», acrescenta o do-
profissionais de referência, da cumento. Com a duração de 12
área da Saúde e da Segurança meses, os projetos-piloto serão
Social, que farão «um plano monitorizados e avaliados por
de intervenção que irá incluir uma Comissão com dois repre-
medidas de acompanhamento, sentantes das associações de cui-
aconselhamento, capacitação dadores, da Saúde, da Segurança
e formação para o cuidador», Social, da Associação Nacional de
refere a portaria publicada em Municípios Portugueses, do setor
“Diário da República”. Entre estas social e solidário, e duas persona-
medidas está a «identificação dos lidades de reconhecido mérito e
cuidados a prestar pelo cuidador experiência de trabalho nesta
informal, bem como a informação área. O pagamento do subsídio
de suporte a esses cuidados», de apoio ao cuidador informal
e a «avaliação da qualidade de principal tem efeitos a 1 de abril
vida e sobrecarga do cuidador para os requerimentos entregues
informal ou acesso a medidas de até 31 de julho, para os casos em
saúde e apoio social promotoras que a situação de elegibilidade se
da autonomia, da participação e verificasse a 1 de abril.

Economia
Ana Cariano espera agora que o Governo altere uma lei «injusta»
«O meu sentir é que fui ouvida muito tempo e é emocionalmente radas situações anteriores para
Criada Câmara do Comércio
e compreendida e que é possível
exercer cidadania na casa da de-
extenuante, mas acima de tudo,
exige que acreditemos no que de-
saber quantas pessoas já terão sido
penalizadas por estes normativos
da Região das Beiras
mocracia», confessa Ana Cariano, fendemos, em nós e no Estado de e ponderar as diligências a tomar. Está constituída a CCRB - Câ- 2, no Fundão, e a eleição dos cor-
que na quinta-feira participou Direito em que vivemos», sublinha Na reunião participaram ainda mara do Comércio da Região das pos sociais acontecerá nos próxi-
numa audiência peticionária na Ana Cariano, que está disposta a Graça Reis (PS), António Cunha Beiras, cujo objetivo é promover mos meses, sendo que a comissão
VIII Comissão Parlamentar da Edu- «voltar à carga se ainda não for (PSD) e, via Skype, Carlos Peixoto os produtos e serviços da região, instaladora vai agora contactar
cação, Ciência, Juventude e Despor- desta que esta lei injusta muda». (PSD), eleito pelo círculo da Guar- no país e no estrangeiro. com empresas e associações para
to, na Assembleia da República. No Parlamento, a mãe do Mi- da, e Ana Mesquita (PCP). Ana Ca- São sócios fundadores Ana alargar o projeto. A Câmara de
Conforme O INTERIOR noti- guel teve dez minutos para dizer riano destaca a presença de Carlos Correia, Correia de Almeida e Comércio da Região das Beiras
ciou na última edição, o objetivo ao que vinha e ouviu elogios dos Peixoto, dizendo que «fez questão João Morgado, que constituem a pretende ser abrangente, à Beira
desta encarregada de educação deputados, que não colocaram de estar presente e acompanhar comissão instaladora, bem como Interior e à Beira Litoral. A nossa
da Guarda era defender a moção questões «perante a pertinência e uma cidadã do seu distrito». Para o Nelson Silva (Mutualista Covilha- missão é dar apoio às empresas
que apresentou para a alteração clareza» da moção. «Foram unâni- social-democrata, cabe à comissão nense), Henrique Gigante (Asso- da região para valorizarem os
de normativos legais do Júri Na- mes em considerar que a questão e aos deputados fazer chegar este ciação Comercial e Industrial da seus produtos e serviços, para
cional de Exames. Tudo porque, é sensível e relevante e que terão assunto ao Governo de forma «a Covilhã, Belmonte e Penamacor), ganharem novos mercados. Será
em 2019, o filho Miguel tinha em boa conta o que apresentei na reparar uma rigidez normativa que João Ferreira (Associação Comer- uma parceira privilegiada para a
sido penalizado na sua avaliação moção. No entanto, referiram que penaliza os filhos de todos, com cus- cial e Industrial do Fundão) e Luis internacionalização da economia
escolar devido a uma cirurgia re- a matéria em apreço é da com- tos individuais e familiares». Carlos de Sá Pereira, empresário (Casas do território e promotora da li-
alizada de urgência. Mesmo com petência exclusiva do Governo, Peixoto disponibilizou-se ainda para de Alpedrinha). gação entre as PME e as grandes
justificação médica, o júri nacional que tem competência legislativa, se empenhar nesta causa, alegando A escritura da novel organi- empresas», declarou a empresá-
de exames não permitiu que o e que, atendendo à significativa que «a Lei, sendo geral e abstrata, zação foi assinada no passado dia ria Ana Correia.
estudante da secundária Afonso relevância da questão, deverá dar não tem que criar estes custos.
de Albuquerque tentasse subir a uma resposta em conformidade», Tem que ser alterada no sentido de
nota durante a época especial, re- conta Ana Cariano, que não escon- minimizar ou eliminar os mesmos».
servada a desportistas, grávidas e de que o momento foi «emotivo». «Todos deveríamos ter assaltos de
militares. Ana Cariano não se con- Sem autoridade para deliberar, a soberania», disse ainda Carlos Pei-
formou com a «injustiça» e insistiu comissão presidida pela deputada xoto. Por sua vez, a encarregada de
para mudar a lei. «Todos podemos social-democrata Carla Madureira educação concluiu a sua intervenção
chegar à Assembleia da República comprometeu-se a refletir sobre sublinhando que «futuros casos não
e ser ouvidos. Eu sou a prova disso «os valores conflituantes apre- deverão ser tratados como o do meu
mesmo», adianta a O INTERIOR sentados, os quais têm que ser filho, mas devem ser tratados com Contacte-nos!
a peticionária, que assume que a salvaguardados da parte de todos equidade, proporcionalidade e com Tel: 271212153
Tlm: 964246491
tarefa dá trabalho e muito. «Exige e para todos». Serão também apu- a justiça que merecem».
Terça-feira • 09 de junho de 2020 • •5

Manteigas

Hotel Vila Galé abre Gestor hospitalar


esta terça-feira DR

de Coimbra
deverá presidir à
administração da
ULS da Guarda
Nélia Faria, atual enfermeira-diretora, deverá ser reconduzida no novo
Conselho de Administração, cuja nomeação por parte da ministra da
Saúde está por dias
DR

O hotel Vila Galé Serra da negócios». «Não tenho dúvidas


Estrela, em Manteigas, abre nenhumas que a abertura do
portas esta terça-feira. A data Vila Galé vai contribuir para
tinha sido revelada pelo admi- aumentar os fluxos turísticos e
nistrador do grupo hoteleiro, fará crescer economicamente o
Gonçalo Rebelo de Almeida, concelho», afirma o edil.
na sequência do adiamento O regresso à atividade será
provocado pela pandemia da feito com rigorosas regras de
Covid-19. Inicialmente, a uni- segurança e higiene, que pas-
dade deveria ter começado a sam pela disponibilização de
funcionar a 27 de março. equipamentos de proteção
O hotel de 4 estrelas fica no individual, pelo reforço das
sopé do Vale Glaciar do Zêzere regras de limpeza e pelo dis-
e conta com 91 quartos, piscina tanciamento social nos hotéis.
exterior para adultos e outra Além de máscaras, viseiras e
para crianças, restaurante, luvas, o Vila Galé vai introduzir
lobby bar, spa Satsanga com «mais frequência de limpeza»
piscina interior, jacuzzi exterior, nas áreas de contacto sensíveis
salão de eventos e estaciona- como «elevadores, terminais
mento. O tema do hotel é “Mitos, de pagamento, restaurantes e
lendas, costumes e tradições da bares». Nos quartos será im-
região serrana”, adiantou o gru- plementada uma «quarentena
po empresarial. O investimento de 24 horas entre um cliente
ronda os dez milhões de euros e e outro para permitir melhor CA presidido por Isabel Coelho iniciou funções em abril de 2017 e cessou a comissão de serviço no final de 2019
vai criar 40 postos de trabalho. limpeza e arejamento» e nos A nomeação do novo Conselho elemento da próxima administração que vai aguardar pelas respostas
Para Esmeraldo Carvalhinho, bares e restaurantes haverá de Administração (CA) da Unidade da ULS presencialmente «dois a três da administração da ULS e da co-
presidente do município de Man- «mais espaço entre mesas e ca- Local de Saúde (ULS) da Guarda dias por semana» no Hospital Nª missão demissionária, mas não
teigas, «os grandes grupos não in- deiras», assim como «refeições está por dias. Ao que O INTERIOR Sra. da Assunção. «É uma unidade esconde que «uma notícia destas
vestem por acaso em Manteigas, organizadas por horários para apurou, é intenção da ministra com muitos problemas e que não cria sempre alguma instabilidade
fazem-no porque perspetivam garantir que não há fluxos em Marta Temido indicar um gestor da pode voltar a passar aquilo por que junto da população», tendo apelado
uma boa rentabilidade dos seus simultâneo». carreira da administração hospitalar passou nos últimos anos com este novamente aos utentes – como já
para suceder a Isabel Coelho, cuja Conselho de Administração», disse tinha feito há semana e meia quando
comissão de serviço terminou no Eduardo Brito, líder da concelhia visitou o Sousa Martins – que podem
Gastronomia passado 31 de dezembro de 2019. senense. Empossado em 2017, o «continuar a ir ao hospital, que está
Concurso Beira Interior Gourmet Trata-se de um profissional que
virá de fora da Guarda, mais propria-
CA presidido por Isabel Coelho é
constituído por Fátima Lima (dire-
preparado para os receber com total
segurança». Também o
começa a 10 de julho mente de Coimbra e será da con-
fiança de Marta Temido, que, do CA
tora clínica de cuidados primários),
Fátima Cabral (diretora clínica de
Sindicato dos Enfermeiros
Portugueses (SEP) já veio exigir a
O 1º Concurso Beira Inte- fica] Terras da Beira, e os seus cessante, apenas deverá reconduzir cuidados hospitalares), Sandra Gil «clarificação» desta demissão. «Esta
rior Gourmet já tem nova data produtores, promovendo a exce- a enfermeira-diretora, Nélia Faria, (administradora executiva) e Nélia situação gera alguma instabilidade
e vai decorrer de 10 de julho a lência na restauração da região». militante empenhada do PS na Guar- Faria (enfermeira diretora). Pos- no seio dos profissionais e dos uten-
10 de agosto em mais de três Participam 33 restaurantes da da. Já Carlos Filipe Camelo nunca foi teriormente, juntou-se-lhes José tes da ULS e sem razões substantivas
dezenas de restaurantes da Beira Interior, que serão avalia- hipótese, primeiro porque o autarca Monteiro, ex-autarca de Celorico para tal. O SEP exige, pelo interesse
região, anunciou a Comissão dos por um júri presidido pelo de Seia não se mostrou interessado da Beira, como vogal indicado pela de todos, que seja feita uma clarifi-
Vitivinícola Regional da Beira jornalista e crítico gastronómico no lugar e depois porque o Ministé- Comunidade Intermunicipal das cação junto dos trabalhadores e da
Interior (CVRBI). e de vinhos, Fernando Melo. rio da Saúde vai dar preferência «à Beiras e Serra da Estrela (CIMBSE), população», sustentou Honorato
A iniciativa esteve prevista A concurso estarão as ca- competência e ao profissionalismo» cujo mandato também estava a ter- Robalo.
decorrer de 14 de março a 16 tegorias de “Cozinha regional/ dos elementos da próxima adminis- minar. A ULS da Guarda integra dois O dirigente nacional do SEP
de abril, mas foi adiada devido à tradicional”, “Cozinha criativa/ tração da ULS da Guarda. Também o hospitais (Hospital Sousa Martins, no distrito da Guarda alerta que a
pandemia da Covid-19. O objetivo evolutiva” e “Cozinha Europeia e médico pneumologista Luís Ferreira, na Guarda, e Nª Sra. da Assunção, pandemia da Covid-19 «ainda não
é promover o “casamento” dos do mundo”, sendo que os menus cuja demissão ditou a “queda” da de Seia) e 13 centros de saúde e terminou» e sendo o hospital da
vinhos com a gastronomia local. estarão disponíveis ao público Comissão Covid-19 no Hospital Sou- presta assistência a cerca de 150 Guarda «um dos hospitais de refe-
«Superada esta difícil fase de em geral. O Beira Interior Gour- sa Martins, já confirmou não estar mil habitantes. rência Covid-19» esta demissão em
confinamento, particularmente met pretende «valorizar e dar a disponível para assumir um lugar Entretanto, a demissão da Co- bloco da comissão pode dificultar
dolorosa para os empresários conhecer a qualidade e criativi- no novo CA. Atualmente, a tutela já missão Covid-19 deixou «muitíssi- a «organização formal entre os
de restauração da região, ga- dade dos restaurantes e vinhos terá a equipa praticamente fechada, mo preocupada» a Secção Regional diversos responsáveis, quer do CA
nhou um duplo sentido o nosso da Beira Interior», bem como mas o segredo em torno dos nomes do Centro da Ordem dos Médicos, quer da Comissão, que deveriam
concurso», adianta a CVRBI em «ajudar a reavivar a grande di- escolhidos tem sido essencial nesta que já pediu explicações «formais» estar unidos numa exigência clara
comunicado. Com este concurso, nâmica gerada com uma retoma fase de transição. sobre o assunto. Segundo Carlos do investimento do Orçamento do
os promotores querem «valo- económica, turística e anímica, O INTERIOR sabe que a estru- Cortes, presidente daquela entidade, Estado e de medidas concretas para
rizar (sobretudo) os vinhos DO no pós-Covid-19». Participam tura local do PS também tem sido «foi-me garantido que as divergên- debelar necessidades estruturais
[Denominação de Origem] Beira restaurantes de vinte municípios mantida à distância, mas Seia já fez cias não eram de ordem técnica da ULS da Guarda, nomeadamente
Interior e IG [Indicação Geográ- da Beira Interior. saber junto da tutela que quer um ou clínica. O dirigente anunciou recursos humanos e equipamentos».
6• • Terça-feira • 09 de junho de 2020

Câmara da Guarda
S prolonga apoios
Sociedade
do programa
PS
Monteirinho
candidato à Câmara
“SalvaGuarda”
Medidas vigoram até ao final do mês de junho e têm um impacto superior a um milhão
da Guarda
de euros nas contas da Câmara
AR
A Câmara da Guarda decidiu
rever e prolongar até final de ju-
nho alguns dos apoios extraordi-
nários do programa “SalvaGuar-
da”, que se destina a ajudar as
famílias, o comércio, as empresas
e as IPSS do concelho devido aos
efeitos da crise provocada pela
Covid-19.
«Temos a convicção que o
que foi feito era aquilo que tinha
que ser feito, mas o desafio de
uma situação tão extraordinária
António Monteirinho, líder
e tão inusitada como a atual
da concelhia do PS da Guar-
impõe uma preocupação cons-
da, assumiu a intenção de ser
tante. Prorrogámos algumas das
candidato à Câmara da capital
medidas, outras já não fazia sen-
do distrito. A disponibilidade
tido mantê-las e acrescentámos
foi manifestada numa reunião
novas iniciativas que decorrem
realizada na semana passada
daquilo que tem sido o estudo
na sede do PS em Lisboa. Nesta
destes dois meses e do conheci-
reunião, António Monteirinho,
mento que fomos adquirindo do
acompanhado por Alexandre
estado evolutivo da situação que
Lote e Carlos Filipe Camelo,
temos vivido», disse Carlos Cha-
mostrou a sua disponibilidade
ves Monteiro. O autarca adianta
para liderar a lista socialista e
que a aplicação das medidas do
a convicção de que sairá ven- Decisão é justificada pela «imprevisibilidade» quanto ao fim da pandemia, justifica a autarquia
“SalvaGuarda” tem um impacto
cedor nas próximas eleições
superior a um milhão de euros A autarquia prolongou tam- do pagamento de parquímetros A Câmara da Guarda com-
autárquicas.
nas contas da Câmara. Entre bém a isenção integral do paga- na cidade. O município mantém promete-se também a dinamizar
as 22 medidas em vigor desde mento de rendas, concessões, até ao final do ano letivo o em- o lançamento de empreitadas
o dia 3 de junho, e com efeitos taxas ou outros rendimentos préstimo de computadores aos programadas no Plano Estraté-
Covilhã retroativos está a redução de 30 devidos ao município, por espa- alunos com comprovada carên- gico de Desenvolvimento Urbano
Lions Clube por cento sobre tarifas de água, ços comerciais/ serviços, que se cia económica para que possam (PEDU), com redução do prazo
saneamento e RSU, no mês de encontrem encerrados, instala- acompanhar as aulas à distância médio de pagamentos a fornece-
distingue Marta junho, a isenção ou redução de dos em espaços municipais ou no e disponibiliza um serviço de dores e empreiteiros, bem como
Alçada 50 por cento de rendas habita- domínio público municipal. Os a c e s s o a m e d i c a m e n to s e a a reagendar os espetáculos e
DR
cionais em imóveis municipais e feirantes e comerciantes estão bens alimentares, denominado atividades culturais canceladas
a isenção do pagamento de taxas igualmente isentos das taxas “Ações Falam Mais que Pala- pela pandemia. Mantém-se ainda
de publicidade dos estabeleci- relativas à venda itinerante/ ca- vras”. Continuará igualmente em vigor o Regime Excecional de
mentos comerciais que estiveram rácter não sedentário de produ- a fornecer kits alimentares aos Ocupação da Via Publica com Es-
encerrados durante o estado de tos alimentares. Até ao final do alunos dos escalões A e B, a fre- planadas, como medida de apoio
emergência. mês mantêm-se ainda a isenção quentar o 1º Ciclo. a empresas e comerciantes locais.

Covilhã
Projeto de revitalização do comércio local apresentado aos empresários
DR
A Câmara da Covilhã reuniu das com a implementação de uma
com comerciantes e empresários forte estratégia de comunicação
locais para discutir a revitaliza- continuada.
ção e dinamização do comércio Para Vítor Pereira, presiden-
local no pós-Covid19. te do município, a iniciativa foi
Marta Alçada Bom Jesus foi
No encontro, realizado no «uma excelente oportunidade
distinguida com o Prémio Lions
pavilhão da ANIL, os participan- para apresentar o nosso projeto
Clube da Covilhã - Stella Gil
tes puderam ouvir a equipa que e ouvir os anseios e indispensá-
Barreiros, criado em 2019 para
está a desenvolver um projeto veis contributos dos empresários
homenagear uma personalida-
que inclui a criação de uma pla- locais». O autarca acredita que
de que represente «a excelência
taforma de comunicação digital o projeto em causa permitirá
da solidariedade e serviço dos
e vai propor «inovadoras solu- posicionar «o município na van-
ideais do Lionismo».
ções comerciais para munícipes guarda das novas soluções de
Para o Lions Clube da Covi-
e comerciantes do concelho». A revitalização do comércio local,
lhã, a vencedora é um «exemplo
nova plataforma digital terá como onde comerciantes e munícipes
de cidadania, de solidariedade
principal enfoque a fidelização serão os principais beneficia-
e de serviço à comunidade»,
dos munícipes ao comércio lo- dos». Vítor Pereira aproveitou a
representando também «a vi-
cal, favorecendo e fomentando ocasião para anunciar a continui-
vência dos ideais de Lionismo
o comércio dentro do municí- dade da isenção de pagamento
que tantas vezes tivemos o
pio, bem como a criação de um no estacionamento à superfície e
privilégio de testemunhar na
“Marketplace” comunitário com silo até 6 de janeiro de 2021 para
pessoa da nossa saudosa amiga
benefícios diretos para toda a co- «apoiar e dinamizar o comércio
Stella Gil Barreiros».
munidade, ferramentas sustenta- tradicional» da Covilhã.
Terça-feira • 09 de junho de 2020 • •7

CP suprime PCP
Supressão de comboios
«isola-nos como interior

três comboios desertificado»


O PCP «não aceita» a supres-
são de três horários do comboio
do, os comunistas consideram
«crucial não reduzir a oferta

Intercidades
Intercidades entre a Guarda e de transporte ferroviário como
Lisboa, ou de «qualquer outro resposta às necessidades das
serviço» na Linha da Beira Alta, populações que utilizam a Linha
tendo em conta «os défices es- da Beira Alta, seja para des-
truturais da inexistência de uma locações a Coimbra à procura
rede de transportes públicos na de respostas públicas em saú-

entre a Guarda
malha inter concelhia». de, nomeadamente no IPO de
Para a Direção da Organiza- Coimbra, seja nas deslocações
ção Regional da Guarda, «é funda- mais longas para evitar custos
mental o reforço dos horários de acrescidos com a implementa-
comboios quer ao nível regional, ção das portagens». Para o PCP,

e Lisboa
inter-regional e Intercidades esta medida diminui a «qualida-
para que no século XXI haja o de de vida» dos habitantes do
reforço público de um transporte distrito da Guarda, «isola-nos
fundamental na sustentabilidade como interior desertificado» e
ambiental e sobretudo ao serviço põe em causa «uma efetiva coe-
das populações». Em comunica- são económica e social».
Empresa justifica decisão com a «falta de procura» devido à
pandemia e garante que é temporária, mas a contestação já se fez Comboios
ouvir, sobretudo no distrito de Viseu
AR
Espanha fecha fronteira
ferroviária de Vilar Formoso
durante um mês
Durante o mês de agosto, a comprometido. A Renfe já havia
principal fronteira ferroviária anunciado que não conta reativar,
portuguesa, Vilar Formoso, que «pelo menos no curto prazo», o
dá ligação a Madrid e à fronteira Lusitânia Expresso, o comboio-
francesa de Hendaya, vai estar hotel que ligava diariamente
fechada à circulação de compo- Lisboa a Madrid, cuja circulação
sições. foi interrompida devido à pan-
Tal como tinha sida prometi- demia. Em declarações ao diário
do na cimeira ibérica da Figueira “Público” na semana passada, o
da Foz, em 2003, Espanha irá ele- presidente da CP, Nuno Freitas,
trificar a linha entre Salamanca e assumiu que não deverá haver
Vilar Formoso. As obras já estão serviço internacional pelo menos
em execução, sendo que a gestora até setembro, mas que foi criado
de infraestruturas ferroviárias um grupo de trabalho entre a em-
espanhola (Adif ) sustenta que presa portuguesa e a Renfe para
precisa de encerrar aquele troço estudarem novos modelos de ne-
para poder trabalhar 24 horas gócio nas relações internacionais
por dia sem comboios a passar. entre Portugal e Espanha, tendo
O serviço internacional para em conta os elevados prejuízos
Espanha e França fica assim destas ligações.

PUB

Bloco de Esquerda da Guarda receia que horários suprimidos possam não ser repostos
A CP suprimiu, no início de questionam se «a supressão das tros serviços públicos, que depois
junho, três ligações Intercidades referidas ligações é uma situação de fechados nunca mais reabriram
na Linha da Beira Alta, duas no transitória, em resposta à emer- ou quando reabriram foi sem as
sentido Lisboa-Guarda e uma no gência sanitária que atravessamos, mesmas valências», alertam os
sentido Guarda-Lisboa, uma deci- e se a justificação para esta decisão bloquistas da Guarda.
são até agora só contestada pela é técnica, de saúde pública, ou ou- Numa resposta enviada à
Comunidade Intermunicipal (CIM) tra, e em qualquer dos casos, qual agência Lusa, a CP disse que «no
Viseu Dão Lafões e pelo Bloco de é essa justificação». cenário de retoma gradual da ati-
Esquerda da Guarda. Também o Bloco de Esquerda vidade económica do país», a em-
A CIM Viseu Dão Lafões mani- (BE) da Guarda contestou a su- presa não repôs a oferta habitual
festou o seu «repúdio» pela redu- pressão de comboios e fez chegar «a cem por cento» nesta ligação:
ção dos Intercidades, que conside- o descontentamento ao grupo «Assim, desde o passado dia 31
ra «mais um ataque ao interior», e parlamentar na Assembleia da de maio, as ligações Lisboa-Guarda
exige a «reposição imediata» dos República. «É mais um ataque às passaram a ser asseguradas por
horários suprimidos. O Conselho regiões do interior e respetivas dois comboios Intercidades, por
Intermunicipal refere, em comu- populações, demonstrando que sentido. A CP vai manter diaria-
nicado, que a CP suprimiu as três continuam a ser o alvo fácil e cada mente a monitorização da procura
ligações «a coberto» da situação vez mais longe de uma coesão destes serviços para introduzir
gerada pela pandemia da Covid-19 territorial», criticou a Comissão eventuais alterações ou reforços de
e «sem qualquer tipo de diálogo» Coordenadora Distrital e o grupo capacidade, sempre que a evolução
com a CIM ou com os municípios. municipal, dirigidos por Bruno da procura o justifique». A ministra
«Não pode uma empresa, que até Andrade e Marco Loureiro, res- da Coesão Territorial, Ana Abru-
é paga com os impostos de todos petivamente. O BE lembra que o nhosa, também falou do assunto, na
os portugueses, tomar decisões Intercidades da Linha da Beira quarta-feira: «Falei com o Ministério
que contribuem para o isolamento Alta passa por quatro concelhos das Infraestruturas e Habitação e o
das populações e que colocam em do distrito (Fornos de Algodres, que nos foi garantido é que estamos
causa a coesão social dos terri- Celorico da Beira, Trancoso e a falar de uma interrupção temporá-
tórios», critica aquela entidade. Guarda) e é «um importante meio ria e que terá sido feita no período
Quem também já reagiu foram os de deslocação» das populações. da pandemia por falta de procura.
deputados do CDS-PP João Pinho «Mesmo depois de ter sido dito Não é mais nada do que isso e será
de Almeida e João Gonçalves Perei- pelos responsáveis que a decisão retomada. Nós todos acompanhare- media
veritas
ra, que, numa pergunta ao ministro seria temporária, infelizmente já mos isso», afirmou a governante aos
das Infraestruturas e Habitação, tivemos situações idênticas nou- jornalistas, em Viseu.
8• • Terça-feira • 09 de junho de 2020

Vale do Côa Agricultura

Retomadas escavações Ministério prepara


em torno da maior gravura
rupestre do mundo apoios para
produtores afetados
LM

pelo temporal de
31 de maio DR

Já foram retomadas as escavações no sítio porque esta rocha não esta sozinha», garante o
do Fariseu, no Vale do Côa, onde foi recente- arqueólogo. Estima-se que a figura descoberta
mente encontrada a maior gravura rupestre ao terá cerca de 23 mil anos. Na rocha parcial-
ar livre, um auroque de 3,5 metros. mente enterrada os arqueólogos identificaram
Os trabalhos tinham sido suspensos em ainda outros animais gravados por picotagem
março devido à pandemia da Covid-19 e agora e abrasão: uma fêmea de veado, uma cabra e
os arqueólogos vão limpar e consolidar os uma fêmea de auroque, seguida pelo seu vitelo.
cortes já feitos. «Vamos tapar uma parte rocha Há ainda outro conjunto de gravuras
para a recolha de sedimentos e continuar com com várias representações de auroques,
a reconstituição do auroque. É preciso estudar veados e cavalos, «todos sobrepostos, que se
e analisar cada pedaço para reconstituir a sua encontram ainda parcialmente sob sedimen-
parte superior, que foi fragmentada com o tos. As figuras parecem fazer parte da fase O Ministério da Agricultura está a No último domingo, a ministra prome-
passar do tempo», adiantou Thierry Aubry (na mais antiga da arte do Côa, datada de há mais avaliar no terreno os efeitos provocados teu estudar medidas para fazer face aos
foto), responsável técnico-científico da Funda- de 23 mil anos», considera Thierry Aubry. pelo temporal do passadio 31 de maio, que prejuízos causados pelo granizo. «Apresen-
ção Côa Parque. «O que foi descoberto é apenas O sítio do Fariseu situa-se a poucos metros afetaram sobretudo as zonas do Douro Sul támos um conjunto de medidas que se divide
uma pequena parte deste sítio arqueológico. do rio Côa e, dentro em, breve, poderá ser e a Cova da Beira, identificar os prejuízos e em duas partes. A primeira consiste em
No futuro teremos de fazer mais sondagens visitado a pé ou de canoa. as culturas afetadas. ações imediatas para fazer face ao prejuízo
Segundo o gabinete de Maria do Céu e estamos a estudar a possibilidade de criar
PUB Albuquerque, «simultaneamente, estão a ser uma linha de crédito de apoio à tesouraria
estudadas medidas para minimizar os preju- ao fundo de maneio», revelou a governante
ízos que vierem a ser quantificados e traçar durante uma visita ao concelho de Moimenta
soluções, como a criação de uma linha de da Beira. Uma das medidas a avançar de ime-
crédito bonificado para apoiar os produtores diato é a realização de «protocolos com as
que sofreram uma forte quebra na produção autarquias» para o Governo «poder financiar
provocada pelas condições meteorológicas a 50 por cento os tratamentos fitossanitários
adversas». Uma delas pode ser o recurso à que têm de ser feitos já, imediatamente,
medida 6.2.1 do PDR2020, de Prevenção após a queda do granizo que danificou as
de Calamidades e Catástrofes Naturais, que plantas», disse Maria do Céu Albuquerque.
permite apoiar investimentos destinados a Segundo a ministra da Agricultura, os
reduzir ou prevenir o impacto de catástrofes prejuízos nestas duas regiões situam-se en-
naturais, fenómenos climáticos adversos ou tre os 17 e os 20 milhões de euros e, perante
acontecimentos catastróficos. «Esta medida estes números que as direções regionais
poderá permitir aos produtores das regiões, do Norte e Centro «ainda estão a afinar», o
que são afetadas sistematicamente, instalar Governo vai decidir os montantes a apoiar.
equipamentos de prevenção, nomeadamen- «Sabemos que essa linha de crédito não vai
te redes antigranizo para evitar ou minimi- corresponder a 100 por cento aos prejuí-
zar situações futuras», refere o ministério zos, mas é, no fundo, um incentivo para dar
da Agricultura num comunicado enviado a continuidade ao trabalho que é necessário
O INTERIOR. fazer», referiu a governante.

SE CANTAS A SOLO OU EM DUO, Belmonte


INSCREVE-TE DE:

10 A 19 DE JUNHO! * Declarado estado de calamidade municipal


PRÉ-SELEÇÃO
devido ao temporal do final de maio
22 E 23 DE JUNHO A Câmara de Belmonte declarou o esta- agropecuárias e florestais, bem como em
do de calamidade municipal na sequência da instalações ligadas a outras atividades
ACTUAÇÕES GRANDE FINAL tempestade de chuva e granizo que assolou económicas, infraestruturas, equipamentos
4 DE JULHO E 18 DE JULHO 25 DE JULHO o concelho no passado dia 31 de maio e públicos e associativos, habitações e outros
TRANSMISSÃO ONLINE TRANSMISSÃO ONLINE provocou danos «em todas as freguesias». bens, sendo que «o sector agrícola foi o que
Datado de 2 de junho, o despacho de An- teve maior prejuízo».
tónio Dias Rocha, presidente da autarquia, A declaração de estado de calamidade
justifica que, «num quadro de excecionali- municipal foi decretada após audição da
dade conferido pela natureza da ocorrência comissão municipal de proteção civil. Entre-
e extensão dos danos, afetando fortemente tanto, a Câmara de Belmonte anunciou que
todo o concelho, constitui preocupação do vai desencadear junto da Direção Regional
município criar condições que permitam de Agricultura do Centro os «procedimentos
levar a cabo, de forma adequada e equitativa, necessários à minimização dos prejuízos
COMO ME POSSO INSCREVER? a minimização dos prejuízos e recuperação provocados pelas condições climatéricas ex-
ATRAVÉS DO EMAIL: MOSTRAOQUEVALESGUARDA@LAVIESHOPPING.PT do setor agrícola, recorrendo para o efeito cecionais». Nesse sentido, a autarquia pede
*NÃO DISPENSA A CONSULTA DO REGULAMENTO DISPONÍVEL NO SITE E FACEBOOK DO LA VIE GUARDA. aos instrumentos legais que estejam dispo- aos agricultores afetados que enviem um
A SUA SEGURANÇA É A NOSSA PRIORIDADE! TRABALHAMOS DE ACORDO COM AS RECOMENDAÇÕES DA DGS.
níveis». Segundo o município, os prejuízos relatório dos prejuízos para o email geral@
registaram-se em explorações agrícolas, cm-belmonte.pt.
Terça-feira • 09 de junho de 2020 • •9

Foz Côa
Tradição

Guarda domina candidaturas às


“7 Maravilhas da Cultura Popular”
reivindica nova DR

ligação viária
a Espanha por
Barca d’Alva
Município defende aproveitamento de estradão ribeirinho
do Douro que liga Almendra a Barca d’Alva, já no
concelho de Figueira de Castelo Rodrigo
LM

A cestaria fina de Gonçalo (Guarda), o e Costumes”, “Procissões e Romarias” e “Arte-


cobertor de papa de Maçaínhas (Guarda), a factos” – e o objetivo é avaliar o valor de «cada
Festa da Amendoeira em Flor e dos Patrimó- manifestação cultural, enquanto afirmação
nios Mundiais (Vila Nova de Foz Côa), a Festa distintiva do seu território», adianta a organi-
da Transumância e dos Pastores (Seia), o Jul- zação. As 140 tradições candidatas vão agora
gamento e Morte do Galo (Guarda), a Festa de participar nas eliminatórias regionais que
Nª Srª de Assedasse (Gouveia) e as tesouras servirão para apurar as 20 finalistas, uma por
de tosquia de Mateus Filipe Miragaia (Jarmelo, distrito mais ilhas.
Guarda) são os sete candidatos do distrito da A gala final, onde serão eleitas as “7 Mara-
Guarda às “7 Maravilhas da Cultura Popular”. vilhas da Cultura Popular”, irá acontecer no dia
A escolha do painel de especialistas foi 5 de setembro. A nona edição deste concurso
conhecida no domingo, dia em que também quer promover o Património Cultural Imate-
foram divulgados os finalistas do distrito de rial de Portugal e quer elevar a cultura popular
Castelo Branco, entre eles o Criptojudaismo «a um patamar de causa pública e de atração
de Belmonte, a Feira de São Tiago (Covilhã), turística». Foram recebidas 504 candidaturas,
os Chocalhos – Festival dos Caminhos da tendo o Conselho Científico, composto por sete
Transumância (Fundão). Há sete categorias elementos de cada distritos e dois das regiões
a concurso – “Artesanato”, “Lendas e Mitos”, autónomas, nomeado as 471 de onde saíram
“Festas e Feiras”, “Músicas e Danças”, “Rituais as 140 que vão às eliminatórias regionais.

PUB

Sugestão foi apresentada por Gustavo Duarte à secretária de Estado da Valorização do Interior,
Isabel Ferreira, na quinta-feira
O presidente da Câmara de Vila Nova de vés do regimento de Engenharia», recordou.
Foz Côa, Gustavo Duarte, reivindica a melho- Na sua opinião, «neste momento o
ria da ligação entre Almendra e Barca d’Alva percurso pode ser feito com recurso a veí-
(Figueira de Castelo Rodrigo) pelo «estra- culos todo o terreno» e se fosse melhorado
dão» junto ao Douro, com a consequente poderia ser feito por muitos «visitantes». No
ligação a Espanha através da província de repto apresentado pelo autarca ao Governo
Salamanca. o objetivo seria fazer uma ligação desde o nó
«Trata-se de um estradão em terra da EN 222, em Almendra, até à fronteira com
batida, com cerca de seis quilómetros de Espanha, já em Barca d’Alva. Para o autarca
extensão, na margem do rio, que faz a liga- fozcoense, trata-se de um investimento de
ção entre as duas localidades e tem grande «pouca monta», que pode imprimir gran-
beleza turística», refere o autarca, para quem des mudanças na região e, por isso, é «um
«esta estrada também encurtaria, em muito, imperativo regional» para este território
a distância entre Foz Côa e Salamanca». O transfronteiriço do Alto Douro.
presidente do município apresentou esta Confrontada com esta reivindicação,
reivindicação na passada quinta-feira à a secretária de Estado da Valorização do
secretária de Estado da Valorização do In- Interior considerou as ligações rodoviárias
terior, Isabel Ferreira, durante uma visita ao e ferroviárias «muito importantes para o
Museu do Côa. «Todo o tráfego proveniente território, para garantir a acessibilidade
de Espanha para a região do Alto Douro seria ao interior». Para Isabel Ferreira, «as boas
mais fácil e a viagem mais curta», justifica acessibilidades têm impacto e fazem a dife-
Gustavo Duarte, asseverando que o inves- rença», tendo acrescentado que as boas vias
timento seria «reduzido» pois a estrada já de comunicação «mudam o panorama» dos
existe em terra batida e bastaria melhorá-la territórios. A governante mostrou-se agra-
e «asfaltá-la». «O estradão ribeirinho já tem dada com a sugestão e garantiu a Gustavo
alguns anos e foi aberto pelo Exército, atra- Duarte que irá levar esta pretensão à tutela.

Pinhel
Câmara aprova plano de contingência para feiras
A Câmara de Pinhel aprovou um plano sejam retomadas, o município de Pinhel
de contingência para as feiras que se reali- definiu este plano que tem por base o cum-
zam no concelho e garantir o cumprimento primento das diretrizes emanadas pelas
das diretrizes das autoridades de saúde. autoridades de saúde para a realização
O documento foi aprovado na última de mercados e feiras», refere a autarquia
reunião do executivo, realizada presencial- em comunicado. O plano de contingência
mente na passada quinta-feira, e vai vigo- foi definido em parceria com as respetivas
rar nas feiras mensais/ anuais agendadas Juntas de Freguesia. Este mês realiza-se
para a sede o concelho e nas freguesias de a feira anual de 13 de junho, em Alverca
Alverca da Beira, Freixedas, Manigoto e da Beira, e a feira mensal de Pínzio, no
Pínzio. «De modo a permitir que as feiras terceiro sábado de cada mês.
10 • • Terça-feira • 09 de junho de 2020 Publicidade

Dra Assunção Vaz Patto Prof. Doutor


L. Taborda Barata
Neurologista
Consultas de Neurologia
Imunoalergologista
Medicina Desportiva Exames: Electromiografia Asma e Doenças Alérgicas
Drª. Rita Lourenço e Potenciais Evocados
Rua Comendador Campos Melo, nº 29 – 1º Esq, Covilhã;
- Exame Médico-Desportivo CLIFIG - Rua Pedro Álvares Cabral -
(Atestado
Descontos: para
GNR, prática desportiva)
PSP, ADSE, SAMS… Tel: 275334876
Edifício Gulbenkian, s/n Cliniform, Rua Mouzinho da Silveira nº 15 R/C, Guarda;
-Acompanhamento Clínico do Atleta
Guarda 6300-745 Guarda Tel: 271211905

Prof. Celso Pereira ADVOGADOS


Imuno-Alergologia Vitor Nascimento
(Doenças Alérgicas)
Ass Graduado HU Coimbra /
Bárbara Brigas
Fac Medicina UC Telefone: 271 086 518
e_mails:
Oftalmologia
Covilhã: Clínica Médica Serra da Estrela
Galerias de S. Silvestre - Piso 3 Telf: 960023455 vitor.nascimento-5874c@adv.oa.pt Drª Emília Cardoso
Guarda: Clínica de Fisioterapia da Guarda
barbarabrigas-4041c@adv.oa.pt Consultas
Descontos: aos
GNR, PSP, sábados
ADSE, SAMS…
Av. Rainha D. Amélia, nº 6 - 271238581/96
Coimbra: 239802700; 968574777 e 918731560 Rua do Encontro, nº 9 - 3º • 6300-704 Guarda Guarda

ADVOGADOS Médico
António Ferreira, Paula Camilo Diogo Cabrita
& Associados Cirurgião geral
Sociedade de Advogados, RL
tratamento de varizes e suas
Eletromiografia membros Telefone: 271 213 346 • Fax: 271 082 765
e_mails:
complicações, pequenas cirurgias,
antonio.ferreira.adv@gmail.com • paula.m.camilo@gmail.com hérnias, hidrocelos, vesícula Litiásica.
Drª Vera Montes Marcações : (Clínica Cembi)
- neurologista - Rua Alves Roçadas, nº 27 A, 1º CM2
Telef.: 271213445
Descontos: GNR, PSP, ADSE, SAMS… (ao lado da loja MANGO)
Exame para estudo do funcionamento
6300-663 Guarda Protocolo com a Médis
dos nervos e músculos Guarda

PUB

António Gil Advogado


Tel. / Fax 271 238 344
R. Dr. Lopo de Carvalho, 30-2º • 6300-700 Guarda

antonio.gil-5388C@adv.oa.pt
Terça-feira • 09 de junho de 2020 • • 11

Exposição
Arte contemporânea
nos 10 anos do Vale do Côa é o
próximo destino do
Museu do Côa
O Museu do Côa escolheu
a arte contemporânea de An-
tónio Faria e Sobral Centeno

Clube Escape Livre


para iniciar as comemorações
dos dez anos da sua abertura
ao público. As duas exposições
de desenho e pintura foram
inauguradas no sábado.
“O Desenho, força que
nasce do silêncio”, de António
Faria, tem curadoria de Emília Passeios “Nos Caminhos das Gravuras Rupestres” vão decorrer em julho e agosto
Ferreira, diretora do Museu para divulgar a região e o património
Nacional de Arte Contemporâ-
LM
nea, e resulta de uma parceria Em julho e agosto, o Clube
da Fundação Côa Parque com Escape Livre vai organizar pas-
aquela instituição. Estão pa- seios às gravuras rupestres e ao
tentes obras recentes sobre Museu do Côa, em Vila Nova de
papel de grandes dimensões Foz Côa, numa iniciativa limitada
e muita cor. Já “O Douro à tua a 18 pessoas por passeio.
frente”, de Sobral Centeno, O programa de “Nos Cami-
está no Museu do Côa no âm- nhos das Gravuras Rupestres”
bito de uma parceria com a parte do Longroiva Hotel & Ter-
Fundação Museu do Douro, e mal SPA, no concelho da Mêda,
é «um hino, uma homenagem onde ficarão alojados os parti-
às gentes durienses, aos seus cipantes, e contempla dois dias
lugares de memória» e aos de todo-o-terreno turístico e de
tempos da infância do artista. lazer com visita à Adega e Quinta
As duas mostras estão paten- Vale d’Aldeia, também no conce-
tes até 31 de julho. As come- lho da Mêda, e chegada à Canada
morações da primeira década do Inferno. Aí está prevista uma
do Museu do Côa, inaugurado descida do rio Côa em caiaque
a 30 de julho de 2010, vão até ao núcleo de arte rupestre
prosseguir até ao final do ano do Fariseu, local onde, em abril,
e contarão com inúmeras ati- foi descoberta a mais recente
vidades musicais e artísticas. gravura do Parque Arqueológico
Entre elas está uma retrospeti- do Vale do Côa e que se estima
va do escultor português João ser a maior do mundo ao ar li-
Cutileiro, numa pareceria com vre. Segue-se uma vista o Museu
a Direção Regional de Cultura do Côa e à Quinta da Ervamoira
do Alentejo (DRCA). completam a jornada. O evento
Outra das iniciativas pre- foi divulgado na passada quinta-
vistas é uma homenagem a feira durante uma conferência de
António Guterres, atual secre- imprensa no Museu do Côa, que Promotores e secretária de Estado da Valorização do Interior, Isabel Ferreira, foram conhecer a nova gravura rupestre
tário-geral da ONU, marcada contou com a presença da secre- do sítio do Fariseu
para 30 de julho. Na ocasião o tária de Estado da Valorização vai divulgar «os nossos recursos destes meses de confinamento, Turismo de Portugal. Os passeios
grande auditório do Museu do do Interior. endógenos» e que «está condena- as pessoas merecem voltar a “Nos Caminhos das Gravuras
Côa será batizado com o nome Para Isabel Ferreira, a valori- do ao sucesso, porque junta duas sentir a sensação de liberdade Rupestres” decorrem nos dias
do antigo primeiro-ministro, zação do interior começa «com os instituições, a Fundação Côa Par- e anseiam desfrutar de algumas 20/21, 22/23 e 24/25 de julho,
que foi decisivo na preserva- atores locais e com os autarcas, que com uma dimensão nacional alegrias e prazeres da vida. Na e nos dias 8/9, 10/11 e 12/13 de
ção das gravuras rupestres. que têm um papel muito impor- e internacional, e o Escape Livre, ótica da economia, é urgente agosto. Os municípios da Mêda
Bruno Navarro adianta ser tante nestes territórios e depois com um histórico de colaboração voltar a apostar na divulgação e de Vila Nova de Foz Côa, bem
«muito provável» que o home- com todas as dinâmicas que se e presença no território verda- da região, a dinamizar o turismo como a Finiclasse, concessioná-
nageado venha a Vila Nova de instalam». Bruno Navarro, pre- deiramente notável». Por sua vez, e reativar o mercado». rio Mercedes-Benz na Guarda e
Foz Côa nesse dia. «Esperemos sidente da Fundação Côa Parque, Luis Celínio, presidente do Esca- A organização recebeu re- Viseu, são outros parceiros desta
que não haja imprevistos rela- disse tratar-se de um projeto que pe Livre, considerou que «depois centemente o “Clean & Safe” do atividade.
cionados com a sua agenda»,
ressalvou o presidente da Côa PUB
Parque. Entretanto, o museu
é um forte candidato aos pré-
mios anuais da Associação
Portuguesa de Museologia,
concorrendo a cinco catego-
rias, entre as quais a de melhor
museu de 2019, devido à atu-
alização e modernização dos
seus conteúdos.

Cinema
CineEco mantém-se
em outubro
A realização da 26ª edição
do CineEco – Festival Interna-
cional de Cinema Ambiental
da Serra da Estrela mantém-se
para outubro.
Segundo a organização,
a cargo do município local,
o evento terá lugar de 10 a
17 de outubro, tendo o pra-
zo de inscrições de filmes e
documentários terminado no
final de maio. Os promotores
tencionam fazer um ponto
da situação durante o Verão
e confirmar oficialmente se
o festival se mantém ou não.
12 • • Terça-feira • 09 de junho de 2020 Publicidade
PUB Figueira de Castelo Rodrigo
Visitas guiadas regressam à aldeia
histórica de Castelo Rodrigo
As visitas guiadas a Castelo Rodrigo regressaram no sába-
Assembleia Geral do, numa iniciativa do município de Figueira de Castelo Rodrigo
2.ª Convocatória
e da Cooperativa Artística da Raia Beirã.
Secção de Viticultura e Olivicultura Os “Encontros com a História” destinam-se a captar vi-
Ex.mo(a) Sr.(a) Associado (a)
Devido à pandemia (COVID-19) que assolou o nosso País a assembleia geral agendada sitantes para a aldeia histórica e a primeira visita encenada
para março de 2020, foi cancelada, agora como estão reunidas as condições necessárias foi guiada pelo «mestre de campo António Ferreira Ferrão»,
tenho a honra de convocar V.ª Ex.ª conforme os termos do disposto no n.º 2 do Art.º 23º dos que apresentou a história e a cultura de Castelo Rodrigo. Nos
Estatutos da Cooperativa de Viticultores e Olivicultores de Freixo de Numão, CRL, para uma
reunião ordinária da Assembleia-Geral, a realizar no dia 28 de junho de 2020, pelas 13 horas, próximos outras figuras históricas irão conduzir os visitantes
na sede social desta cooperativa, com a seguinte ordem de trabalhos: por Castelo Rodrigo, considerada «umas das mais belas Aldeias
I Históricas de Portugal e uma das “7 Maravilhas de Portugal - Al-
Apreciação, discussão e votação do balanço, relatório de contas e parecer do Conselho deia Autêntica”», recorda a autarquia. Entretanto, já reabriram ao

VIDENTE
Fiscal, referente ao exercício do ano 2019.
público os postos de turismo com o selo “Clean & Safe”, atribuído
II
Autorizar a Direção a contrair um empréstimo bancário até ao montante de € 420.000,00 pelo Turismo de Portugal. A partir desta quarta-feira, o posto de
(quatrocentos e vinte mil euros), junto da instituição de crédito que oferecer as condições turismo de Castelo Rodrigo abrirá aos feriados e fins de semana.
mais favoráveis aos interesses da Cooperativa, bem como para constituir hipoteca sobre um
Com longos anos de experiência qualquer imóvel propriedade da Cooperativa em garantia deste empréstimo.

Trata inveja, mau olhado, espiritual, estudos, negócios, III


Outros assuntos de interesse
Fundão
empresas, amor, problemas familiares, saúde, etc. Freixo de Numão, 01 de junho de 2020 Requalificação do Cine Teatro
Sempre pronto a dar resposta aos seus problemas. O Presidente da Mesa da Assembleia Geral
(António Jorge Branco Antunes)
Gardunha adjudicada
Saiba tudo sobre o seu futuro e o porquê que tudo DR

Nota: Os documentos contabilísticos encontram-se à disposição de qualquer associado


corre mal em sua vida? que os queira consultar no escritório, dentro do prazo legal estabelecido nos estatutos
Não hesite, fale com quem sabe. Tenha FÉ: da Cooperativa.

271238451 ou 969012923 TODOS OS ASSOCIADOS QUE ESTIVEREM NA ASSEMBLEIA GERAL DEVEM UTILIZAR
MÁSCARA QUE VAI SER OFERECIDA PELA COOPERATIVA ANTES DO INÍCIO DA
ASSEMBLEIA GERAL
NB – Se à hora marcada não estiverem presentes a maioria dos cooperantes a reunião
terá lugar no mesmo local e dia, uma hora mais tarde com qualquer número de
Associados, conforme Art.º 26, Alínea 2.
O Interior, nº 1066 de 10/06/2020

CONVOCATÓRIA
IRMANDADE DA SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE FORNOS DE ALGODRES
NIPC: 506 583 058
SEDE SOCIAL: Rua Dr. Fernando Menano, Fornos de Algodres
A empresa JMRB, de Cortes do Meio (Covilhã), venceu o
concurso público para a requalificação do Cine Teatro Gardu-
Por motivo de cancelamento da Assembleia Geral anteriormente convocada face ao estado nha, no Fundão, orçada em mais de 3,9 milhões de euros, mais
de emergência decretado em Portugal e à pandemia gerada pelo vírus Covid-19 e no
uso dos poderes que me são conferidos pelo disposto no nº 2 alínea c) do ArtQ 22Q do IVA. O prazo de execução é de 18 meses. O processo segue agora
COMPROMISSO DA IRMANDADE DA SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE FORNOS DE para visto do Tribunal de Contas.
ALGODRES, convoco uma Assembleia Geral Ordinária para o dia 26 de junho de 2020 às A empreitada está integrada no âmbito do Programa
19:00 horas no, Centro Cultural Dr. António Menano, com a seguinte Ordem de Trabalhos:
Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) do Fundão e
1. PERÍODO ANTES DA ORDEM DO DIA inserida no programa Portugal 2020, e contará com um finan-
2. APRECIAÇÃO, DISCUSSÃO E APROVAÇÃO DO RELATÓRIO E CONTAS DE 2019, ciamento de 85 por cento de fundos comunitários. O objetivo é
ASSIM COMO PARECER DO ORGÃO DE FISCALIZAÇÃO.
3. RATIFICAÇÃO DA DELIBERAÇÃO DA MESA ADMINISTRATIVA RELATIVAMENTE reabilitar um dos edifícios mais emblemáticos da cidade, que
AO ACESSO A LINHA DE CRÉDITO AO ABRIGO DA PANDEMIA GERADA PELO VIRUS está fechado há vários anos. Ao longo do tempo, chegaram a
COVID-19.
4. OUTROS ASSUNTOS DE INTERESSE E INFORMAÇÕES GERAIS PARA A IRMANDADE
ser definidos outros projetos de recuperação, que nunca se
DA SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE FORNOS DE ALGODRES. concretizaram devido a um diferendo com os proprietários do
edifício. O conflito arrastou-se em tribunal e só ficou concluído em
Se à hora agendada não se encontrar reunido o quórum imposto pelo nºl do Art.º 24º do
Compromisso da Santa Casa da Misericórdia de Fornos de Algodres, correspondente à
2014, quando a autarquia ficou com a posse definitiva do imóvel. O
maioria dos Irmãos Inscritos a Assembleia reunir-se-á, no mesmo local, 30 (Trinta) minutos projeto prevê uma sala de espetáculos com capacidade para 510
após a hora da primeira convocação, com qualquer número de presenças, nº 2 do Art. 24º lugares sentados e 1.200 em pé, bem como uma sala adaptável
do citado Compromisso.
Os documentos em análise estarão disponíveis para todos os irmãos, nos Serviços para diferentes tipos de espetáculos e a criação de uma praça
Administrativos da Irmandade da Santa Casa da Misericórdia de Fornos de Algodres a partir interior em galeria, além de outros espaços e serviços culturais.
do dia do 23 de Junho de 2020, podendo para o efeito serem solicitados.

Fornos de Algodres, 04 de Junho, 2020


O Presidente da Assembleia Geral
Diretor e Editor: Luís Baptista-Martins • Rua da Corredoura, 80 - R/C Dto - C • 6300-
825 Guarda •
(António Manuel Pina Fonseca) Redação: Luis Martins (Chefe de Redacção) e Sofia Craveiro. • Conselho Editorial: António Ferreira, Nuno
O Interior, nº 1066 de 10/06/2020 Amaral Jerónimo, Cláudia Quelhas, João Canavilhas, José Carlos Alexandre, Diogo Cabrita e Maurício Vieira.
Colunistas e Colaboradores: Acácio Pereira, Albino Bárbara, Ângela Guerra, António Costa, António Ferreira,
Filipe Pinto António Godinho, Cláudia Quelhas, David Santiago, Diogo Cabrita, Eduardo Lourenço, Fernando Pereira,
Fidélia Pissarra, Frederico Lucas, Hélder Sequeira, Honorato Robalo, João Canavilhas, Joana C. Pereira, Joana
Fotojornalista Dente, João Mendes Rosa, João Morgado, João Santiago Correia, Joaquim Igreja, Jorge Noutel, José Carlos
Alexandre, José Carlos Breia Lopes, José Pires Manso, Júlio Sarmento, Melanie Alves, Miguel Castelo Branco,
Miguel Moreira, Miguel Sousa Tavares, Norberto Gonçalves, Nuno Jerónimo, Telma Madaleno e Víctor Afonso.
Desporto: António Silva, Arlindo Marques, Cristina Sofia, Daniel Soares, José Luís Costa, Miguel Machado e
Rui Geraldes. • Cartoon: Maurício Vieira. • Paginação: Jorge Coragem • Projeto Gráfico: Maurício Vieira.
• Departamento Comercial: Natalina Martins • Impressão: FIG-Indústrias Gráficas, S.A. • Rua Adriano
Escadas do Quebra Costas, Nº 2 • 6200-170 COVILHÃ Lucas – 3020-430 Coimbra • Telefone 239 499 922 • Fax 239 499 981 • e-mail: fig@fig.pt • Sede, Redação e
Telef. 275 336 805 • Telem. 919 487 978 • Telem. 964 196 950 Publicidade: Rua da Corredoura, 80 - R/C Dto - C • 6300-825 Guarda N.I.P.C. – P-504847422. • Nº de registo
E-mail: filipepintofoto@sapo.pt • fotoacademica@hotmail.com na ERC: 123436 • Depósito Legal:146398/00 • Tiragem desta edição: 5.200 exemplares • Periodicidade:
Semanário • Edição Internet: O Interior • Propriedade: JORINTERIOR - Jornal • O Interior, Ldª. Detentores
com 5% ou mais do capital da empresa: José Luís Carrilho Agostinho de Almeida e Luís Baptista-Martins.
Arrenda-se apartamento na Guarda Estatuto Editorial: https://www.ointerior.pt/ficha-tecnica/ •
Guarda - Redacção/Publicidade: 271212153 • www.ointerior.pt •
Mobilado | Bom preço. Contacto: 968362728 publicidade@ointerior.pt

Cupão de Anúncios Classificados


Envie o seu anúncio classificado para Jornal O Interior, Rua da Corredoura, 80 R/C Dto C • 6300-825 Guarda
Condições gerais dos classificados
Localização Identificação
do anúncio
1. Preencha o cupão com texto em maiúsculas,
deixando um espaço entre cada palavra. Nome: __________________________________________________________________
Grátis

2. O preço é acrescido de IVA à taxa legal em vigor. Imobiliário


*

3. É obrigatório o envio do número de contribuinte (NIF).


4. A identificação é um campo de preenchimento
Vende-se Aluga-se Morada: ________________________________________________________________
obrigatório. A falta de elementos pode implicar a não Trespassa-se Diversos
publicação do anúncio.
5. A “O Interior” reserva-se o direito de rejeitar a
Emprego Código Postal: ________ - _____ Localidade: ___________________________
Euros
2,50

publicidade que não esteja de acordo com a sua Oferece-se Precisa-se


orientação editorial.
6. A recepção de anúncios para cada edição Veículos Contribuinte nº: _________________ Contacto: ______________________
termina 72 horas antes da data da publicação. Vende-se Procura-se
7. Não se aceitam cópias, faxes ou emails deste cupão. Assinatura ________________________________ Data ___/___/______
Euros
4,00

Diversos
* Grátis até à 2ª publicação, a partir
da qual acresce um custo de 2 euros. Para esclarecimentos pode contactar-nos através do telefone 271212153 ou para ointerior@ointerior.pt

Modo de Pagamento: O recibo ser-lhe-á enviado posteriormente


Transferência Bancária (forma mais rápida e vantajosa) Transferência Avulsa Transfira o valor em questão para o NIB indicado e junte
Autorização de pagamento: Exmos Senhores, por crédito na conta abaixo indicada, queiram proceder,
até nova comunicação aos pagamentos das subscrições que vos forem apresentadas pelo Jornal O Interior. IBAN: PT50 001000002256785000177 a este cupão o talão comprovativo da transferência.

Banco _____________ Balcão _____________ NIB _________________________ Data ___/___/______ Assinatura ________________________________________
Nome do Titular _______________________________________________________ Cheque / Vale Postal nº _____________________ Banco _________________
Data ___/___/______ Assinatura ________________________________________ Numerário
Terça-feira • 09 de junho de 2020 • • 13

Sp. Covilhã reforça-se nos


campeonatos de sub-23 e
de Portugal
Clube comemorou 97 anos a 2 de junho e o presidente José Mendes pediu «corrente positiva» em torno dos projetos
da Academia e da última fase da melhoria do Santos Pinto
DR DR DR

João Cardoso, Jaiminho e Léo são as mais recentes contratações dos “leões da serra”
O plantel do Sp. Covilhã para a Covilhã, alinhou na época transata quirá para a próxima temporada já da equipa ao longo da temporada do de Ricardo Soares, contratado
próxima época começa a definir-se e nos sub-23 da formação de Vila do não está Bonani, uma peça influente interrompida em abril. Daffé e Filipe em dezembro pelo Moreirense, da
na última semana o clube anunciou Conde onde marcou três golos em na equipa e líder a classificação das Cardoso são outros jogadores dados Iª Liga. Numa mensagem divulgada
mais três reforços e confirmou duas 15 jogos. Do mesmo escalão vem o assistências na IIª Liga, que não como certos para o próximo campe- na página na Internet dos serranos,
saídas. médio João Cardoso, de 23 anos, que renovou. «Tenho um grande gosto onato da IIª Liga, sendo que o clube José Mendes falou na construção
Os avançados Leonardo Cá, Jai- jogou no Estoril-Praia e apontou três pelo clube, a experiência foi muito está a negociar a continuidade de da Academia e da última fase da re-
minho e o médio João Cardoso são as golos em 31 partidas. Já Leonardo boa, mas já estou na terceira época Brendon, Mica Silva, Tiago Moreira, qualificação do Estádio José Santos
aquisições mais recentes, enquanto Cá, mais conhecido por Léo, vem do e gostaria de ter a oportunidade Daniel Martins, Rodrigo Martins e o Pinto, cujas obras serão a executadas
Bonani e Jean Baptista deixam a Lusitânia de Lourosa, que disputou a de conhecer outros clubes», disse do guarda-redes Carlos Henriques. «consoante as realidades do clube».
Covilhã, tal como Zarabi. Nesta fase liderança da Série C do Campeonato o avançado. De saída está também No passado dia 2 o clube come- «Quero pedir o apoio de todos os
o emblema serrano foi ao mercado de Portugal onde marcou dez golos outro brasileiro, o médio Jean Bap- morou 97 anos e o seu presidente sócios, empresários e instituições
dos campeonatos de sub-23 e de em 25 jogos. O avançado tem 25 tista, que não chegou a acordo com pediu que se crie «uma corrente da cidade, que se unam em torno do
Portugal, tendo contratado Jaime anos e o quarto reforço do Covilhã, os “leões da serra”. Quem vai conti- positiva» para concretizar os obje- clube para que, com ajuda de todos,
Pinto, mais conhecido por Jaiminho, juntando-se a David Santos (ex- nuar no Sp. Covilhã é Gilberto, Joel tivos do Covilhã, que terminou a IIª se concretizem estes sonhos, que
ao Rio Ave. Com 22 anos, o filho Canelas). Vital, Igor Araújo, Jaime e Kukula, Liga no 11º lugar após um início de são o futuro» do Sporting da Covilhã,
de Jaime Graça, antigo jogador do Nos planos do técnico Daúto Fa- quatro dos atletas mais regulares temporada muito forte sob o coman- escreveu o dirigente na nota.

Ler Jornais é saber Mais


PUB

Assine O INTERIOR
Renove a sua Assinatura
Identificação: Nacional_ ____ Semestral.....(16€) Anual.. (30e)
Nome: _________________________________________________________________________________________________________
Estrangeiro_ Semestral.....(18€) Anual.. (35e)

Morada: ________________________________________________________________________________ Código Postal: _________ - ______ Localidade: _____________________________________________

NIF: ________________________ Telefone/Telemóvel: __________________________________________________ Email: ________________________________________________________________

Modo de Pagamento:
Enviar para: Rua da Corredoura 80, R/C Dto C • 6300-825 Guarda
Transferência Avulsa
IBAN: PT50 001000002256785000177
Data ___/___/______ Assinatura ________________________________________ Assinatura __________________________________________________ Data _____/_____/________
Transfira o valor da Assinatura para o NIB indicado e junte a este cupão o talão comprovativo da transferência.
O Jornal O Interior compromete-se a adoptar as medidas de segurança necessárias para garantir a salvaguarda dos dados
Cheque / Vale Postal nº _____________________ Banco _________________ pessoais / empresas dos assinantes contra a sua eventual utilização abusiva ou contra o acesso não autorizado.
O contrato de assinatura renovar-se-á por iguais e sucessivos períodos de tempo (seis/12 meses), até que qualquer das partes
Numerário denuncie a desistência por meio de comunicação escrita com antecedência mínima de 30 (trinta) dias.
14 • • Terça-feira • 09 de junho de 2020

opinião
João Mendes Rosa *
Jorge Noutel
crónicaPOLÍTICA
A mundividência e os A notícia, o equívoco, a demissão e a
microcosmos humilhação
Ser apenas apostila de “todos os sonhos do mundo”, no difundi-
Em 1981, Gabriel García Márquez publicou a “Crónica administração da instituição é a mais incompetente e
do verso do heterónimo pessoano, encantadoramente indefinido entre
de uma Morte Anunciada”. O livro relata, na forma de uma fraquinha que por ali passou, sabendo nós que houve
as brumas do Decadentismo e a vertigem futurista, mas sobretudo
reconstrução jornalística, o último dia de vida de Santiago muitas que foram péssimas. A sua morte há muito que
ter a consciência de não ser nada, de não querer “nunca ser nada”,
Nasar, num quebra-cabeças envolvente cujas peças se vão estava anunciada. Só não caiu antes por falta de substitutos
eis o mote para se estar sempre de janela voltada ao mundo e fazer
encaixando pouco a pouco, através da sobreposição das que propiciassem a sorte que há muito merece. De facto,
de todas as “Tabacarias” (proclamadas quer sob o vão austero e
versões de testemunhas que foram próximas do protago- a tudo isto Garcia Márquez chamaria a “Crónica de uma
recolecto do granito ou no promontório límpido sobre o infinito) – o
nista. É a história do assassinato de Santiago Nasar pelos Morte Eternamente Anunciada”.
evangelho contemplativo que propicia a própria vida.
dois irmãos Vicario, sem chance de defesa. No romance, Quando instada a pronunciar-se sobre o caso da de-
Entremeando a égide das ninfas mondeguinas e a das tágides,
quase todos os habitantes do lugarejo onde vive Santiago missão da dita comissão por uma jornalista da RTP, que
que o mesmo é dizer, entre a tal “deusa grega” e a “marquesa do
ficam a saber do homicídio premeditado algumas horas confundiu “comissão” com “direção” e por isso falou em
século dezoito” de Álvaro de Campos, o velho cronista – sim velho,
antes. Daí o título. Mas nenhum faz nada de concreto demissão da “direção do hospital da Guarda”, a ministra
porque nisto de escrevinhar, a vetustez mede-se pelo tempo dedicado
para proteger a vítima ou para impedir os algozes. Uma da Saúde, acreditando na veracidade da informação pres-
ao estilo, à composição frásica e até ao cultivo da própria caligrafia
das intenções de García Márquez é a de demonstrar a tada pela jornalista e julgando que a administração havia
– forjado nas mais remotas práticas da lealdade ao canhenho, à
consternação face à incrível quantidade de coincidências realmente apresentado a sua demissão, afirmou que a dita
anotação rasurada e reescrita, sente o mesmíssimo ímpeto interior.
funestas acumuladas que deixam no ar a inquietante re- cuja já havia cessado o seu mandato em 2019 e que iria
Porque o mundo existe e morre, dilata-se ou minora dentro de nós.
flexão de que «a fatalidade nos torna invisíveis». O autor ser substituída em breve.
A sua dimensão depende do modo como nos relacionamos com ele.
descreve o dia da morte de Santiago como um dia em Nunca, em décadas de problemas no hospital da Guar-
A contemplação acrítica do entorno, conjugada com uma práxis
que fazia um tempo fúnebre e durante o qual, no preciso da, uma administração foi demitida em direto e por engano,
existencial esteada no apego constante aos aspectos mais enfadonhos
instante da desgraça, caía uma chuva miúda como a que de forma tão acintosa! Claro que um ministro nunca se
e superficiais do quotidiano – para não dizer mesquinhos – remete
Santiago Nasar vira no bosque, no sonho, chuva que era, engana. Por isso, à ministra da Saúde só restou seguir
necessariamente para uma visão limitadora da vida e assistimos,
na realidade, excremento de pássaro. em frente e, por essa razão, já se iniciaram os contactos
hoje, com lamentável e crescente constância, à pequenização dos
Outro sinal de presença do incrível é a forma que para a constituição da nova administração. Sei quem é o
horizontes, das mentalidades, dos lugares. Carvalho Rodrigues – meu
García Márquez dá ao remorso, como punição para o crime cabeça de cartaz, quem foi convidado para pelo menos três
preclaro amigo de muitas latitudes – é, hoje, com o hábito de Malta,
e a negligência. A morte de Santiago foi anunciada por dos lugares no novo elenco, e confesso que só conheço
sob o Otagon em Casal de Cinza, tão cosmopolita como quando veleja
toda a vila de Riohacha, mas apenas ele permaneceu na assim-assim uma das pessoas em causa. Se a equipa se
nas suas épicas regatas do Atlântico Sul e que tornam a Ribeira das
ignorância do que se ia passar, até ao momento em que foi vier mesmo a constituir, desejo ao homem de Coimbra e
Cabras maior que o Tejo (apud Caeiro). Esta capacidade de reinventar
esfaqueado à porta de casa. Desde o talhante à empregada à sua equipa as maiores felicidades e sucessos, uma vez
a vida, a serena decisão de quem serão os seus protagonistas e quais
do café, do padre ao delegado da polícia, todos sabiam que que os problemas que a ainda atual administração deixou
não o são; a distinção entre as paisagens e os lugares habitados, o
Santiago tinha Pedro e Pablo à sua espera, com as facas por resolver ou ajudou a agravar são enormes. Espero que
redimensionar as escalas da geografia.
afiadas para matar porcos. No entanto, por medo, receio, não cometa os mesmos erros que aquela que está de saída.
A mitologia grega não nos fornece, desafortunadamente, a
cobardia, comodismo, ou mero sadismo, ninguém avisou E que perceba que gerir com indecisão e espírito de birra e
divindade oposta à do Rei Midas. Mas ela, ingratamente omitida na
Santiago, preferindo antes observá-lo, inocente e ingénuo, de amuo, e muito menos contra os elementos mais válidos
Teogonia, existirá algures, porém, esquecida num templete cínzeo
caminhando impávido e sereno para a morte. e competentes da instituição, só pode conduzir à desgraça.
do jardim olimpiano: imagino-a precocemente anciã, corcovada,
Esta obra de García Márquez traz-me à memória o A Isabel Coelho resta a honra de ter conseguido transformar
vulto desgrenhado, de lábios abusivamente ruborizados a falsear o
triste acontecimento da demissão da Comissão Covid-19 os seus antecessores, incluindo um que foi criminalmente
sorriso, transformando todo o ouro que toca em pedras desvaliosas.
na Unidade Local de Saúde da Guarda e de tudo o que acusado e dois que foram condenados, em verdadeiros es-
Conversora da luz em treva, do alvor luminoso em carvoíço nocturno,
aconteceu a seguir. Já toda a gente sabia que a atual tadistas. É caso para se dizer, mais vale tarde do que nunca!
a magnificência em pequenez, ela impera sobre um mundo de desen-
canto e sem lugar para os sonhos; um mundo traçado a compasso
e esquadro, sem dissonâncias nem ousadias onde tudo é previsível
em repetitivo mecanicismo.
Recordo o imenso universo contemplado naquele lavrador que
domina o ciclo lunar e a orientação dos ventos, que dialoga com o
Cosmos para bonançar as sementeiras, se rege por uma colectânea
imensa de aforismos; o pastor que sabe o nome das estrelas, das
constelações astronómicas, conhece as propriedades da flora me-
dicinal, que distingue da aromática; reconhece os cantos das aves e agoradigoEU
domina um cancioneiro valiosíssimo... Lembro-me deste jornal que
acontece há precisamente duas décadas na cidade altaneira mas que opinião
poderia existir em qualquer outro meridiano periodístico.
Albino Bárbara
Compreende-se, assim, que muitas mentes esclarecidas
tenham instalado a sua Corte na Aldeia – se se me permite a
paráfrase de Rodrigues Lobo – como foi o caso do sábio que
referimos atrás (a palavra caiu em desuso mais por escassea-
Fait divers egitanienses
mento dos próprios sábios do que por debilidade terminológica). Quando a peça, constituída por vários atos, extraída Lorca pelas cinco de la tarde (cuidado que a essa hora ainda
Parecem rarear no nosso tempo esses seres edificadores de de um conto imaginário que identifica personagens que não estão contados todos os votinhos), o Arlequim cospe
mundividências (ou cosmovisões; no original alemão ‘Weltans- contribuem para estruturar o nosso mundo e o seu caráter nas mãos, vendo a oportunidade de continuar sentado na
chauung’), cultivadores da filosofia natural, da teoria do “todo” articulado produz informação diferente, curiosa, caricata e cadeira maior e o Polichinelo vai debitando uma quantidade
– oh! as aportações maravilhosas da Gestalt… – do conjunto de algo cómica, isso é (perdoem-me a referência publicitária) de lugares-comuns nas ondas hertzianas no programa do
estruturações ontológicas do indivíduo emancipado, escorado “impulse”. tal canal que está sempre do lado do poder. Pudera.
na consciência co-existencial e nos valores éticos, emocionais e As “fake” aqui não entram e as pequenas vaidades Estas personagens romanescas multifacetadas, que
culturais à escala do orbe, facultando uma percepção dinâmica e e ambições dão lugar a um chorrilho de meias verdades desde o sítio do pica-pau laranja são protagonistas de
pluridimensionada da vida comum. e meias mentiras que, afinal, trazem à mistura qualquer todas as aventuras dignas de Burantino, vão dando aso a
Por outro lado, proliferam os habitantes dos microcosmos, que coisa de verdade, tendo em conta pareceres e artigos de situações de vida real, de romance, ficção, drama, aventura
se esquecem de viver, distraídos do mundo que nunca conseguirão uns tantos (pseudo) conceituados legalistas. Os episódios e terror, sendo fonte de divertimento que, felizmente, nos
compreender, porque estão encurralados na sua própria avareza e sucedem-se e, algo estupefactos, vamos percebendo que vão distraindo em tempo de confinação codiviano.
pequenez. No afã de tudo quererem ter, mas sem que nada os haja Orwell esqueceu-se de referir o gabinete do ódio, que tão E se deste lado a coisa vai assim, do outro a aposta é
conquistado, morrerão sem nunca terem vivido e fruído o universo bem encaixaria no extinto ministério do Amor. Afinal, não no totoloto do tacho deixado pela rainha Isabel, cujo reina-
maravilhoso que se oculta ante o olhar desatento ou até néscio. Ja- são todos escolhas de um transfuga que lhes deu a mão? do não foi tão longo quanto o da sua congénere britânica
mais entenderão que viver é equilibrar determinismo e livre-arbítrio E falam uns dos outros, mencionam o diabo como pai da e, já agora, com um diminutivo, com juízo e ponderação
e não ser servos do primeiro desses conceitos… mentira, mentem uns aos outros e, nós, atónitos, vamos poderão fazer um resultadão.
Não querer “ser nada” é ter apenas fome e sede de infinito, e questionando se o que eles dizem é verdade ou é mentira. Olhando para os dois pratos da balança (o da di-
saciar-nos em Florbela. É ter a companhia de Hécuba, que não é Esses pinóquios sem projeto, sem ideias para a urbe reita alaranjado a assemelhar-se ao travo amargo do
esposa de Príamo, nem sequer troiana e nunca poderá ler Eurípe- e com uns abanos descritos por Régio vão dizendo que limão) e o da esquerda rosado com notória prevalência
des: é apenas uma rafeirinha felina que recolhi da rua para a minha tudo está bem, a situação normalizada, enquanto a fada- da rosa-dos-ventos (viram para o lado que mais lhes
cosmovisão e cujo ventre acaricio enquanto lhe leio Sophia da janela madrinha aprende a recitar o poema de Alberto Pimenta dá jeito), estes figurões, filhos do sistema, dão inteira
de casa contemplando o mar… neste pantanal laranja (refúgios de uns tantos travecas), razão a Eça na sua comparação entre políticos e fraldas,
onde o caranguejo-vermelho se safa, o diretor-come-fogo teoria tão bem comprovada por Ortigão nas “Farpas”.
* Escritor prolonga a data para o fim do mês, fugindo descaradamente 150 anos depois os ensinamentos sabem que nem ginjas,
às suas responsabilidades. O raposo vê finalmente a ténue assentam que nem luva, neste nosso mundo. No nosso
** O autor escreve de acordo com a ortografia anterior ao AO 1990 luzinha ao fim do túnel recitando no dia 27 o poema de mundinho…
Terça-feira • 09 de junho de 2020 • • 15

opinião
opinião
Rosália Rodrigues *
Nuno Amaral Jerónimo
extremo.acidental@gmail.com
Observatório de Ornitorrincos
Aprender com os media em Admirável mundo noivo
Por razões que não interessam ao leitor – pesquisar vado, enquanto os pares lúbricos do Pornhub são muitas
tempo de confinamento para uma disciplina que ensino – vi-me forçado a conhe-
cer o mundo das redes sociais e das influenciadoras de
vezes casados, mas de preferência não entre si.
Antes de visitar este ecossistema pós-moderno do
Em tempo de isolamento social, tudo aquilo que não podemos dizer gosto. No fundo, e ao contrário do que aconteceu com a Instagram, a minha dúvida era: quem é que os influencia-
é que estamos ou estivemos sozinhos. Talvez nunca nos tivéssemos pornografia, o meu primeiro contacto com redes sociais dores influenciam? Agora entendo, depois de várias horas
sentido tão próximos uns dos outros, ou que partilhássemos senti- não foi por gosto, mas apenas por necessidade. a olhar para fotografias de biquínis em praias desertas,
mentos tão semelhantes. “Não estamos sós nisto”, são palavras que Para iniciar esse processo (o das redes sociais), de poses lânguidas em paredes beges (no Instagram, não
ecoaram em tempos de confinamento, ditas por jornalistas, políticos, decidi criar uma conta no Instagram. Obviamente, usei no Pornhub): os influenciadores influenciam-se com as
governantes, médicos, etc., e chegaram até nós pela voz e imagem uma identidade falsa – felizmente, ninguém repara que influências dos influenciadores.
dos media. haja mais um Corto Maltese na Internet. Para os influenciadores, o importante é estar na moda.
Talvez o sentimento e a consciência da condição humana nunca Depois de adicionar umas oito dezenas de perfis Ser cool e trend. Se soubessem o que foi a Renascença,
estivessem tão presentes, como hoje e agora. E talvez os pensamentos sugeridos por alunos, tentei perceber o que é ser influen- em vez de cool, diriam sprezzatura. E trend não é só uma
que nos ocorrem todos os dias sejam vividos por todos, em qualquer ciador – à primeira vista é terem todos o mesmo corpo, o palavra inglesa, é abreviatura de “trem de aterragem”. São
parte do mundo, de forma muito semelhante. mesmo cabelo, os mesmos lugares de repouso, as mes- as rodinhas que usam para pousar em terra firme.
Reinventamos a forma de trabalhar, de estudar e de nos relacio- mas roupas, as mesmas casas, as mesmas hashtags, as Este ano, o SARS-CoV-2 mostrou ser muito mais con-
narmos, recorrendo às tecnologias. Em casa, passamos mais tempo mesmas opiniões, e muitas vezes, até os mesmos noivos. tagioso do que a influenza, mas com toda a certeza nunca
com a família, mas também com os media. Segundo consegui apurar de uma comparação conseguirá a mesma taxa de contágio de um influencer.
É através deles que temos conhecimento do que se passa no mun- superficial das redes sociais e da pornografia, os pares
do inteiro e é através deles que comunicamos com os que nos estão românticos do Instagram estão todos em regime de noi- * O autor escreve de acordo com a antiga ortografia
próximos, geograficamente ou afetivamente, e com todos os outros.
Digamos que são, também, os media, presentes na nossa ciber-
cultura, que estão a fazer com que nos adaptemos a uma realidade Opinião
diferente sem que tenhamos de parar por completo. E que ao “es- Ovo de Colombo
condermo-nos” desse vírus possamos continuar a surgir ao mundo e
para o mundo, nas mais variadas tarefas que habitualmente fazíamos.
Hoje, estamos também conscientes do papel que os media têm
nas nossas vidas e que dependemos deles para tudo, até para a nossa
José Mário Branco DR

sobrevivência e sustentabilidade. Joana Rebelo Sérgio Godinho, Carlos


Os media há muito que estão entranhados nas nossas vidas e os do Carmo, entre outros,
novos media, como a Internet, têm vindo a ocupar um lugar central no José Mário Branco estendendo também o seu
dia-a-dia das pessoas, sobretudo dos jovens e cada vez mais jovens, foi uma das figuras mais talento ao teatro, ao fado
as crianças. importantes na luta pela e ao jazz.
E, se antes, os mais pequenos ainda eram “poupados” à exposição liberdade em Portugal. Uma das suas can-
aos novos media, no presente é praticamente impossível que isso Mais conhecido pela sua ções mais conhecidas
aconteça. Não falo só da telescola, que utiliza um medium tradicional música de intervenção, “FMI” mantém nos dias de
– meio – a televisão, mas o ensino à distância através de plataformas o seu primeiro álbum hoje a mesma pertinência
da web, facilitando o contacto dos professores com os alunos (vice- “Mudam-se os Tempos, que em 1982, quando nos
versa), sendo que o grande desafio, no presente, para as instituições Mudam-se as Vontades”, foi presenteada. É uma
é o de permitir que todos tenham acesso à Internet para a transmissão de 1971, foi desenvolvido canção, poema, manifesto
de conhecimentos e a aprendizagem. quando ainda estaria exi- imortal, que traduz a an-
A “obrigação” de pais, alunos, professores terem de utilizar estes lado em França, tornando- gústia que sentia naquele
recursos para o ensino torna-se numa ótima oportunidade para que se um importante símbolo momento a viver em Por-
todos, em conjunto, aprendam a utilizar os media, compreendê-los de oposição política. tugal no pós-25 de Abril.
e tirar o melhor partido de cada meio de comunicação e informação. Regressa a Portugal A música servia-lhe
Todos os meios têm as suas vantagens/ desvantagens. Só temos em 1974 e continua fiel como arma e forma de
de saber utilizá-los convenientemente. É isso que os pais, agora que ao seu papel de ativista e demonstrar as suas con-
passam mais tempo com os filhos, podem fazer: educar os seus revolucionário. Funda o Grupo de Acção Cultural - Vozes vicções e promover mudanças relativamente ao Estado
filhos para a compreensão/ utilização dos media. Como? Cada meio na Luta (GAC) juntamente com outros músicos e levam Novo, desigualdades sociais e dificuldades da sua
tem a sua forma de comunicar. Uns são mais “envolventes” do as suas canções pelo país. Torna-se um dos principais geração. Apesar de já não estar presente, José Mário
que outros. Uns convidam-nos a pensar mais e outros quase que nomes da música portuguesa, produzindo junto de Branco deixa uma extensa herança musical que devemos
pensam por nós. Por exemplo, a televisão utiliza o som e imagem grandes músicos de intervenção como Zeca Afonso, sempre recordar.
para a transmissão de mensagens, o livro utiliza o texto escrito/
imagem visual, sendo estática, somo nós que criamos as imagens
através do pensamento; a rádio serve-se do som para comunicar e
também dá mais liberdade à nossa imaginação; e a Internet é uma
junção de todos eles. A Internet é um novo medium e o processo de
comunicação é diferente de todos os outros porque qualquer um de
nós pode inserir conteúdos na web e estes deixam de ser fidedignos,
por vezes.
Mas, olhando para as vantagens de cada um deles, os pais e
professores podem incentivar as crianças/ jovens a fazer pesquisas
orientadas em cada meio de comunicação. Assim aprendem, de forma
natural, e pela própria experiência, como comunica cada um deles e
quais as vantagens que poderemos retirar da utilização que fazemos.
Por exemplo, numa matéria da escola, os alunos poderão come-
çar por fazer a pesquisa num livro e terminar com a visualização de
um documentário, ou pesquisar informações em websites. Também
podemos explicar aos mais jovens que o valor da informação que
vem num manual, num livro, ou jornal é diferente da que se encontra
num website.
Já a utilização dos media, como forma de entretenimento, torna-se
vantajosa quando os utilizamos de forma lúdica. Os videojogos geram
sempre mais controvérsia, sendo que jogar é, também, uma forma
de estimular o raciocínio, desde que o tempo de exposição não seja
prolongado. Existem imensos jogos em que o conteúdo coincide com
as matérias escolares.
Os media são uma invenção humana que facilita a nossa comu-
nicação, são “extensões” da nossa voz, da nossa imagem, do nosso
pensamento. Não poderemos deixar que sejam eles a ditar como de-
vemos pensar, ou agir, mas torná-los nas nossas ferramentas, aliadas, Participe no espaço do leitor.
para vivermos a nossa experiência mundana.
Diga de sua justiça.
* Investigadora MILOBS (Observatório sobre Media, Informação e Rua da Corredoura, 80 - R/C Dto • 6300-825 Guarda
Literacia) da Universidade do Minho ointerior@ointerior.pt
16 • • Terça-feira • 09 de junho de 2020

rua da corredoura, 80 - R/C Dto - C 6300-825 Guarda


Redacção/Publicidade: 271212153 • www.ointerior.pt • publicidade@ointerior.pt • ointerior@ointerior.pt

Carlos Condesso
DR

é candidato único
à Distrital do PSD
da Guarda
Rui Ventura, Carlos Ascensão, Carlos Peixoto e João Prata alinham
com o chefe de gabinete do presidente da Câmara da Guarda, que
não integra a lista
Carlos Condesso é candidato de Figueira de Castelo Rodrigo foi justo e merecido» do partido no
único à liderança da Distrital do apresentada na segunda-feira. Car- distrito da Guarda. Carlos Con-
PSD da Guarda, cujas eleições terão los Condesse diz-se «preparado» desso não terá adversários, uma
lugar a 11 de julho. para «esta importante missão» e vez que Luís Aragão, que inicial-
O vereador da Câmara de invoca os seus 20 anos de militân- mente se mostrou disponível para
Figueira de Castelo Rodrigo e cia, mas também a «experiência», o ser alternativa, não conseguiu os
chefe de gabinete do presidente conhecimento do distrito da Guara, apoios necessários. «É uma lista de
da autarquia da Guarda lidera e «forte relação» com os militantes consenso, mas sem senso porque
uma «lista de consenso» e tem Rui e a «proximidade» às 14 concelhias quem tem maior relevância apare-
Ventura, edil de Pinhel, como vice- para avançar. ce nos lugares de menor destaque,
presidente. Carlos Ascensão, autar- «Esta candidatura é e será caso dos presidentes de Câmara»,
ca de Celorico da Beira, será outro. sempre construtiva, abrangente e, ironiza o antigo presidente da
Carlos Peixoto, deputado e líder acima de tudo, mobilizadora, onde concelhia da Guarda.
cessante, que não se recandidata, a união e a convergência entre to- Cáustico, Luís Aragão conside-
concorre à presidência da mesa da dos imperem, por forma a vencer- ra mesmo que esta lista é «um “Ca-
Assembleia Distrital e João Prata, mos juntos os desafios do futuro», valo de Troia”» ao incluir nomes de
presidente da Junta de Freguesia disse o candidato, que assumiu o antigos candidatos à Distrital que
da Guarda, é o candidato a secretá- compromisso de conquistar para o foram derrotados. «Rui Ventura
rio distrital. A candidatura do atual PSD «o maior número» de Câmaras aceitar ser número dois de Carlos
vice-presidente da comissão políti- Municipais e de Juntas de Fregue- Condesso quer dizer alguma coi-
ca distrital e presidente da secção sia, «reforçando o peso político, sa», desconfia o militante.

PUB