Você está na página 1de 4

Exercícios sobre estrutura e teoria atômica

1) Um átomo de níquel metálico (Ni) possui 32 nêutrons no núcleo e uma massa atômica
igual a aproximadamente 59,930788 u.m.a. (unidades de massa atômica). Determinar a
massa, em gramas, de 1 (um) átomo de níquel com tal composição atômica.

2) Um átomo de ferro metálico (Fe) possui 30 nêutrons no núcleo, sendo que a massa de tal
átomo é aproximadamente igual a 9,3 x 10-23 gramas. Com base nas informações da
composição atômica, determinar o número de prótons ou número atômico (Z) contido no
núcleo do átomo descrito.

3) O elemento semi-metal boro (B) possui 2 isótopos naturais, um com abundância de


19,91% e o outro com abundância de 80,09%, sendo suas massas atômicas iguais a
10,0129 u.m.a. e 11,0093 u.m.a., respectivamente. Determinar o peso atômico e a massa
molar do elemento boro (B).

4) O elemento não-metal cloro (Cl) possui peso atômico igual a 35,45 u.m.a., sendo que
existem 2 isótopos naturais para o mesmo, um com abundância de 75,77% e peso atômico
igual a 34,96885 u.m.a. e o outro com abundância natural de 24,23%. Determinar o peso
atômico do outro isótopo do cloro.

5) A freqüência da radiação eletromagnética utilizada nos fornos microondas vendidos nos


Estados Unidos é de cerca de 2,45 GHz (gigahertz = 109 hertz ou s-1). Determinar o
comprimento de onda (λ) e a energia (E), em J, da radiação utilizada nos fornos microondas.

6) A luz verde possui um comprimento de onda igual a 5,0 x 102 nm (nm = 10-9 m).
Determinar a energia, em joules (J), de 1 (um) fóton e de um mol de fótons da luz verde.

7) Analisar a validade da seguinte afirmação: “Radiação eletromagnética na forma de luz


com energia igual a 200 kJ mol-1 é capaz de retirar um elétron de um átomo de césio (Cs)
em uma superfície metálica, possuindo a radiação um comprimento de onda aproximado
de no máximo 600 nm, o mais longo possível.”

8) Descrever quais as principais contribuições e descobertas proporcionadas pelo modelo


atômico de Rutherford e pelo modelo atômico de Niels Bohr.
Átomos excitados de hidrogênio (H), no estado gasoso, emitem radiação eletromagnética,
formando um espectro visível de linhas atômicas, conforme mostrado esquematicamente na
figura anterior. Com relação ao espectro de emissão dos átomos gasosos excitados de
hidrogênio (H), responder às questões de número 9), 10), 11) e 12) a seguir:

9) Com base no modelo atômico de Niels Bohr para o átomo de hidrogênio, calcular as
energias (J ou kJ) dos estados fundamental (n = 1) e dos estados excitados, n = 2, n = 3 e
n = 6, para 1 (um) átomo de hidrogênio e para 1 mol de átomos de hidrogênio.

10) As linhas espectrais visíveis formadas no espectro de emissão do hidrogênio gasoso


são as seguintes: vermelha, verde, azul e violeta (cor azul próxima da cor violeta), cada
uma delas relacionada a uma movimentação eletrônica de um nível energético maior que 2
(n > 2) para o segundo nível energético (n = 2) do átomo. Utilizando informações sobre o
modelo atômico de Niels Bohr para o átomo de hidrogênio e a relação quântica de Max
Planck, determinar os comprimentos de onda λ (em nm) das linhas de emissão vermelha
e violeta, os dois extremos observados no espectro visível formado, conforme mostrado
esquematicamente na figura a seguir:

11) Determinar em quais regiões do espectro de emissão de átomos de hidrogênio gasosos


(ultravioleta, UV ou infravermelho, IV) estarão situadas as linhas espectrais invisíveis
formadas pelos saltos eletrônicos de n = 4 para n = 3 e de n = 4 para n = 1. Observe o
espectro eletromagnético abaixo e lembre-se de que λvioleta ≈ 400 nm e λvermelho ≈ 700 nm.
12) Átomos de hidrogênio absorvem determinada quantidade de energia e excitam seus
elétrons a n > 3. Ao retornarem às camadas de energia inferior, tais elétrons passam por n =
3, formando uma linha espectral invisível na região do infravermelho com frequência igual a
1,599 x 1014 Hz. Determine qual é o comprimento de onda λ (em nm) da linha espectral
formada e qual o estado excitado n > 3 atingido pelos átomos de H.

13) Se uma quantidade suficiente de energia for absorvida por um átomo, este pode perder
um elétron (e-), formando um íon positivo (cátion). A quantidade de energia necessária é
chamada de energia de ionização. No átomo de H, a energia de ionização é a necessária
para mudar o elétron no nível n = 1 (estado fundamental) para n = infinito. Calcule a energia
de ionização para o íon de hélio, He +. A energia de ionização do He + é maior ou menor do
que a do átomo de H? A teoria de Bohr pode ser aplicada ao íon He + pois, assim como o H,
apresenta um único elétron. A quantização da energia do elétron no átomo de hélio, porém,
é dada pela seguinte relação, onde Z corresponde ao número atômico do elemento (Z = 2):

 Z 2 Rhc
E=
n2

14) Um elemento qualquer possui um átomo multieletrônico com quatro (4) níveis ou
camadas eletrônicas quânticas. Determinar quantas subcamadas ou tipos de orbitais (s, p,
d ou f) estão presentes no átomo, e seus respectivos números quânticos secundários (ℓ).
Depois, determinar quantos orbitais eletrônicos possui o átomo ao todo, cada orbital com a
sua respectiva orientação espacial, descrevendo concomitantemente os seus respectivos
números quânticos magnéticos (mℓ).

15) De acordo com a teoria atômica quântica, determinar qual ou quais dos seguintes
orbitais atômicos jamais poderão existir em um átomo de um elemento químico qualquer,
explicando a sua resposta: 2s, 2d, 3p, 3f, 4f e 5s.

16) O alumínio metálico (Al) possui átomos com 13 prótons no núcleo (número atômico Z =
13). Escrever a configuração ou distribuição eletrônica do átomo de alumínio utilizando as
notações spdf e de orbitais em caixas, verificando quantos elétrons de valência possui o
elemento. Para todos os elétrons de valência dos átomos do metal, determinar os valores
dos quatro números quânticos (principal n, secundário ℓ, magnético mℓ e de spin ms).

17) Uma ligação química iônica ocorre em compostos em que átomos de um elemento
metálico doam elétrons de suas camadas eletrônicas mais externas (elétrons de valência) a
átomos de um elemento não metálico, que irão acomodar os elétrons recebidos em suas
camadas eletrônicas de valência. O resultado serão íons de carga oposta que se organizam
na forma de retículos cristalinos. Em geral, os átomos ligados buscarão possuir oito (8)
elétrons em suas camadas de valência, obtendo uma configuração eletrônica de um gás
nobre. Escrever as configurações eletrônicas spdf dos átomos constituintes dos seguintes
compostos iônicos abaixo, antes e depois da ligação química:

a) NaCl (cloreto de sódio) (ZNa = 11 e ZCl = 17)


b) CaO (óxido de cálcio) (ZCa = 20 e ZO = 8)
c) KF (fluoreto de potássio) (ZK = 19 e ZF = 9)

RELAÇÃO DE CONSTANTES PARA A RESOLUÇÃO DOS PROBLEMAS:

c (velocidade da luz) = 2,998 x 108 m s-1


h (constante de Planck) = 6,626 x 10-34 J s
R (constante de Rydberg para o espectro de linhas atômicas do H) = 1,097 x 107 m-1
Número de Avogadro = 6,022 x 1023

Você também pode gostar