Você está na página 1de 3

Ocupação humana e econômica do Brasil

O processo de ocupação e conquista do território pelos colonizadores


portugueses deixou marcas na estrutura da nossa sociedade. Esse processo
foi marcado pela expulsão, exploração dos recursos naturais extermínio por
doenças trazidas pelos europeus e também a conquista do território dos
nativos já existente.

Formação do território brasileiro

 O processo da formação colonial está ligado aos ciclos econômicos


realizada pelo país.
 Marcado pelo pacto colonial: Os portugueses não tinham intensão de
ficar, ou seja, só explorar as riquezas do territorial
 No início da formação do território brasileiro a mão de obra utilizadas
eram africanas e indígenas.
 Após a independência, 1822, os europeus (portugueses, italianos)
vieram em busca de trabalhos nas lavouras de café e de terras para
viver principalmente no sul do país. Eles iam para essas regiões pois ali
encontravam condições climáticas semelhantes ao do país de origem.

Exploração econômica e ocupação colonial

 A ocupação do território brasileiro aconteceu paralelamente à formação


econômica do país.
 Marcada pelas retiradas dos recursos naturais em uma época histórica
definida pelo mercantilismo europeu.
Século XVI Século XVIII

o Exploração do pau-Brasil e o Chamada era do ouro


plantações de cana-de-açúcar. o A atividade econômica
o O tratado vigente era o Tratado de predominante era a mineração.
Tordesilhas o Crise da cana-de-açúcar (Brasil X
o A economia estava no litoral Holanda)
o Quem exploravam as terras eram o O processo de interiorização foi
os Estanco Régio, ou seja, intensificado
pessoas de confianças da o Possuem via de transporte
metrópole que tinham direitos de terrestres bem concentradas
explorar as terras e dividir o lucro o Instituiu o processo de UTI
com o REI. POSSIDETIS
o O trabalho era realizado pelo o O aumento de entradas de
escambo indígenas e trabalho imigrantes
escravo

Século XIX
Século XVII
o Início da exploração econômica do
o Economia era baseada na cana- café e cultura
de-açúcar, pecuária, mineração e o Os imigrantes europeus começam
drogas do sertão a trabalhar nas lavouras.
o Começou o processo de o A extração e a comercialização do
interiorização do Brasil pelo látex para produção de borracha
processo dos bandeirantes foram importantes para economia
o Quem exploravam as terras eram brasileira nos anos de 1897 a
os Estanco Régio, ou seja, 1912.
pessoas de confianças da o Na República Velha de 1889 a
metrópole que tinham direitos de 1930 o café teve uma grade
explorar as terras e dividir o lucro importância para o
com o REI. desenvolvimento econômico
o Deixa de existir o tratado de nacional, sendo assim, o principal
Tordesilhas e passa a vigora o produtor mundial.
tratado de Madrid o Com a crise de 1929 as
o A mão de obra era de trabalho exportações de café diminuíram.
escravo de indígenas, africanos: e Nesse momento inicia-se o
homens livres branco processo de industrialização em
São Paulo
Características das colonizações

Exploração (não possuíam interesse o Pacto colonial


de ficar no território)
Povoamento:
o Latifúndio: grandes
o Pequena propriedade
propriedades
o Policultura
o Monocultura: produtos
o Manufatura
tropicais-plantação-de-cana-
o Mercado interno: a produção
de-açúcar
e o comercio dentro da
o Escravidão:
própria colônia
o 1º escravidão indígenas; 2º
o Liberdade econômica: não
escravidão africana.
existia, mas pacto colonial.
o Mercado externo: produção
voltada para o mercado
exterior.

Povos brasileiros tradicionais: direito legais de territorialidade

O Brasil possui grande diversidade cultural composta por povos


tradicionais com aspectos culturais específicos como costumes festas típicas
culinárias musica religiosidade.

Entre os povos e as comunidades tradicionais do Brasil estão os povos


indígenas, quilombolas e povos das florestas

Você também pode gostar