Você está na página 1de 2

Nome: Pedro Simone Chivambo

Curso: Administração Pública Data: 05/03/2020 Disciplina: Globalização e Desenvolvimento.

GIDDENS, Anthony. Sociologia.

O mundo tem estado a mudar de forma brusca e a uma velocidade nunca antes vista, embora
exista instituições tradicionais sólidas que datam de muitos anos atrás, tendem também a
mudança mesmo que seja de forma lenta e há elementos bases que propiciam essa mesma
mudança e são: o meio físico, a organização política e os factores culturais.

O meio físico

O autor defende a ideia de que a influência do meio físico sobre a mudança social não é assim
tão grande. As pessoas geralmente são capazes de gerar uma riqueza produtiva considerável em
zonas inóspitas.

A organização política

O autor defende a ideia de que a existência de organismos políticos definidos afecta fortemente o
curso de desenvolvimento que a sociedade leva.

Os factores culturais

Incluem os efeitos da religião, dos sistemas de comunicação e da liderança, e neste caso a


religião pode ser uma força tanto inovadora tanto como conservadora constituindo deste modo
um freio para a mudança social, porem, as convicções religiosas desempenham um papel
importante para pressionar a mudança social. Os sistemas de comunicação podem acelerar a
mudança social medida em que fornece elementos que servem como lentes para contemplar o
passado, presente e futuro extraindo uma lições aplicáveis no agora. A liderança quando se tem
um líder capaz de alterar uma ordem preestabelecida.

Mudança no período moderno

A era moderna exige uma expansão da produção e constante acumulação de riqueza, e a presença
da tecnologia e da ciência na vida moderna tornou-se mais aguda o que propicia uma mudança
acelerada e este modo de vida criou mudanças no campo cultural e político, entretanto nota-se
também mudanças económicas que influenciaram as mudanças políticas e vice-versa.

Todas as mudanças hoje presentes tornaram as sociedades mais interdependentes como nunca
antes foram, o que pode acontecer em uma região pode afectar uma outra bem distante devido à
novas formas de vida e acabamos vivendo mais em quintais dos outros do que as gerações
passadas.

Os sociólogos usam o ermo globalização para aqueles processos que estão intensificando suas
relações sociais e globais entre o local e o global. Onde as pessoas percebem que a sua
responsabilidade social não para dentro das fronteiras nacionais mas vão além delas e buscam
novas identidades.

Você também pode gostar