Você está na página 1de 3

ESCOLA SUPERIOR POLITÉCNICA DE MALANJE

Departamento de Ciências da Educação

Projecto de Investigação
Identificação
Nome: Alfredo Bondo Júlio Curso: Matemática
Morada: Carreira-Malange Variante: Matemática para ensino
E-mail: alfredobondojulio2018@gmail.com Período: Laboral
Telemóvel: 949 153 538 Ano acadêmico: 2019/2020
Dados da Monografia/ Trabalho de Fim de Curso
Linha de investigação da ESPM Educação em Matemática
em que se enquadra
Tema: Aplicação de derivadas de funções na resolução de problemas de
cinemática: Um Estudo Realizado aos alunos da 12ª classe do curso
Ciências Físicas e Biológicas da Escola do 2º Ciclo do Ensino Secundário
4 de Abril em Malanje.
Questão de Investigação: Como desenvolver a habilidade de aplicação de derivadas de funções na
resolução de problemas de cinemática aos estudantes da 12ª classe do
curso ciências Físicas e Biológicas da Escola do 2º Ciclo do Ensino
Secundário 4 de Abril em Malanje?
Hipóteses ( caso haja):
Objectivo Geral: Elaborar um conjunto de exercício para o desenvolvimento da habilidade
de aplicação de derivadas de funções na resolução de problemas de
cinemática.
Objectivos Específicos:  Fundamentar teórica e metodologicamente a aplicação de derivadas de
funções na resolução de problemas de cinemática.
 Identificar os principais fatores que condicionam a fraca aplicação de
derivadas de funções na resolução de problemas de cinemática.
 Propor um conjunto de exercícios que possam ajudar no
desenvolvimento da habilidade de aplicação de derivadas de funções na
resolução de problemas de cinemática.
Teoria de Base: (Cassol Armindo, 1997 Mestrado em Educação Matemática), conceitua
Derivada como sendo a taxa de variação.
Metodologia: O presente trabalho se enquadra no tipo de pesquisa descritiva, na
abordagem mista. Segundo Martins & Santos (2008), afirmam que na
pesquisa descritiva “o pesquisador tem a preocupação de observar,
registar, analisar e correlacionar factos ou fenómenos, sem nenhuma
interferência da realidade, procura descobrir com precisão possível a
frequência com que um fenómeno ocorre, trabalha com dados ou factos
colhidos na própria realidade (MARTINS & SANTOS; 2008, pp. 8-9).

Deste modo, esta investigação usufruiu dos seguintes métodos científicos:


teóricos e empíricos:
 Os métodos teóricos apresentam uma relação do pesquisador com
o campo de estudo, para esta pesquisa utilizou-se: análise e
síntese, matemático, indução-dedução.
 O método empírico do conhecimento tem que ver com a forma de
obtenção de informação sobre o fenômeno em pesquisa. Assim, a
aquisição da informação do fenômeno em estudo deve-se ao uso
do questionário.
Técnicas de Recolha de Dados: Atendendo à natureza deste estudo, na procura de compreender as actividades
dos alunos na resolução de problemas em contexto de sala de aula. Com esta
finalidade, os dados foram recolhidos através de um questionário, e das
produções dos alunos às tarefas propostas o questionário, respondido pelos
alunos no final deste estudo, é composto por questões sobre como eles fazem
aplicação de Derivadas para resolução de problemas de cinemática e o trabalho
de grupo.
População e  Estudantes da 12ª Classe,Curso de Ciências Fisicas e Biologicas da Escola
Amostra/Participantes: 4 de Abril.
 Professores de Matemática da Escola 4 de Abril.
Bibliografia Base (Até 5 obras): Lara, I. C. M. (2004). Ensino inadequado de Matemática. Ciências e
Letras, 35, 137-152. Lauten, A., Graham, K., & Ferrini-Mundy, J. (1994).
Student understanding of basic calculus concepts: Interaction with the
graphic calculator. The Journal of Mathematical Behavior, 13(2), 225-
237. Ministério da Educação (2002). Matemática A – Programa do 10.º
ano. Lisboa: Editorial do Ministério da Educação.
NCTM (1994). Normas profissionais para o ensino da Matemática.
Lisboa: APM e IIE. NCTM (2008). Princípios e Normas para a
Matemática Escolar. Lisboa: APM. Orton, A. (1983). Students’
understanding of differentiation. Educational Studies in Mathematics, 14,
235-250. Parra, C., & Saiz, I. (2001). Didática da matemática: reflexões
psicopedagógicas. Porto Alegre: Artmed. ALTENHOFEN, Marcele Elisa.
Atividades contextualizadas nas aulas de matemática para a formação de
um cidadão crítico. 2008. 108 f. Dissertação (Mestrado em Ciências e
Matemática) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto
Alegre, 2008.
Polya, G. (1977). A arte de resolver problemas: um novo aspeto do
método matemático. Rio de Janeiro: Interciência, 1977. Polya, G. (1985).
O ensino por meio de problemas. Revista do Professor de Matemática, 7,
1116
COLEÇÃO FUNDAMENTOS DE MATEMÁTICA ELEMENTAR. São
Paulo: Atual, 2004. LIMA, E. L. et al. A matemática do ensino médio.
Rio de Janeiro: SBM, 2001. v. 1, 2, 3. (Coleção do Professor de
Matemática). LIMA, E. L. et al. Temas e problemas. Rio de Janeiro:
SBM, 2005. (Coleção do Professor de Matemática). LIMA, E. L. et al.
Temas e problemas elementares. Rio de Janeiro: SBM, 2005. (Coleção do
Professor de Matemática). LIMA, E. L. Matemática e ensino. Rio de
Janeiro: SBM, 2001. (Coleção do Professor de Matemática). REVISTA
DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA. Rio de Janeiro: SBM. REVISTA
EUREKA! Rio de Janeiro: OBM/SBM.
Livro de física da 12ª classe.(2013)
Orientador: Msc. Gilson Contreiras Diogo
Data Limite de Entrega do
Projecto:
Declaração de Compromisso
Declaro ter conhecimento da necessidade de cumprir as contidas no Regulamento de Trabalho de Fim de Curso da
Escola Superior Politécnica de Malanje, bem como as regras éticas contra cópia ou plágio relativas aos trabalhos
académicos e o regulamento da instituição onde possa desenvolver o trabalho de campo.
No caso da pesquisa webgráfica, comprometo-me em cumprir com as normas de citação e referências webgráficas,
indicando o Site(disponível em: < http://www.abih.com.br/UtilPub_Classificação.php>. e a data de acesso
( Acesso em: 23/03/ 2018).
O Estudante
______________________________________________________________

O Chefe do Departamento

___________________________________________________
Honório Santana, Lic.

Você também pode gostar