Você está na página 1de 2

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE

CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA


DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA
DISCIPLINA: CIRCUITOS ELÉTRICOS I Data: _______________
Aluno(a):_______________________________________ Matrícula:__________________

Avaliação Final

1) Considerando o circuito abaixo faça o que se pede


A
a) Considerando que o elemento (F) é
Ib consumidor, os elementos (D) e (C) são
fornecedores e as expressões de potência dos
elementos (G), (B) e (A) são dadas,
B C N1 respectivamente por –VgIg, VbIb e VaIa,
indique o sentido das correntes e polaridades de
tensão em cada elemento do circuito, segundo a
D
convenção passiva, considerando que os valores
Ie E
de tensão e correntes são positivos; (1,5)

F G b) Considere que todos os elementos do circuito


são fontes de corrente independentes. Sabendo
+ - que as fontes E e B são respectivamente de 2A e
Vg
3A, com os sentidos indicados na figura e que a
corrente que chega ao nó N1 se divide
igualmente entre o ramo da fonte C e da fonte G,
determine o valor e sentido das outras fontes de
corrente para que o circuito seja permissível.
(1,5)

2 - Para o circuito da figura 2, considerando que a chave S1 comuta da posição A para a


posição B, após um longo período na posição A, determine:
a) Os valores de i(0-) e i(0+) após a comutação de S1, em função de L1, L2; (1.0)
b) As expressões de i(t) e VL1(t), após a comutação da chave; (1.0)
c) Mostre que VL1(t), tende a um impulso, quando R->0 (mostre que VL1(t) satisfaz as
condições de uma função impulso). (1,5)
B
R
A R

1
1
Vs
L1
L2

2
2
Figura 2
3– Para o circuito da figura 3 responda o que se pede.
a) Determine a expressão de vo(t) como resposta natural do circuito sabendo que a tensão
inicial do capacitor é 1V e a corrente inicial do indutor é 2A; (1,0)
b) Determine a função de transferência V o(s)/I(s) e a resposta ao impulso unitário do
circuito; (1,5)
c) Determine a expressão de vo(t) quando is(t)=4u(t)-2u(t-3)+u(t-5)-3u(t-7), a partir da
convolução: h(t)*is(t); (1,0)

+
V c
C R

-
Is

V o
2

-
1 R=2Ω, C=0,5F e L=1H
Figura 3