Você está na página 1de 33

CA D E R N O

DE
CH O R O
1
- Violão 7 Cordas -
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577

Jacob do Bandolim, Ernesto


Nazareth, Waldir Azevedo,
Pixinguinha e outros ...
QUEM SOMOS:

Somos uma produtora de conteúdo musical que atua


nos segmentos fonográfico, publicitário e
educacional.

Em 2018 lançamos o segmento digital de nossa


produtora, com a geração de conteúdo exclusivo para
a internet: A IDEIAS MUSICADAS DIGITAL

Acesse nossas redes e saiba mais sobre nosso


Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577

trabalho: @ideiasmusicadas
SOBRE O AUTOR:

         Rodrigo Fontoura é músico, produtor e educador


musical com mais de 10 anos de
experiência no mercado.

Licenciando em Música,
o porto-alegrense tem na
música brasileira sua maior
paixão, buscando estudar e
 compreender as diferentes
vertentes da nossa música.

Integrou a Oficina de Choro do Santanter Cultural e


teve aulas com grandes nomes da linguagem do choro
e do samba como: Luis Machado, Mathias Pinto,
Alemão Charles e Rogério Caetano.

Como acompanhador, teve a oportunidade de tocar


com nomes importantíssimos no cenário nacional
como Monarco, Moyseis Marques, Tantinho da
Mangueira, entre outros. Atualmente integra 4
trabalhos de forte reconhecimento e importância na
cena cultural de Porto Alegre: Instituto Brasilidades,
Turucutá Batucada Coletiva, Trio/4 e o Projeto
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577

Timoneiros: O samba da Viola de Paulinho.


ÍNDICE:

Sobre o Caderno   ..................................   5


    
Chiquinha Gonzaga ...............................   6 
          - Gaúcho( Corta-Jaca)  ...................  7 

Ernesto Nazareth  ..................................   9


         - Ameno Resedá .............................. 10 
         - Odeon   .........................................  12
         - Tenebroso ....................................  14

Jacob do Bandolim .................................   16


          - Noites Cariocas ............................  17

Paulinho da Viola  ..................................   19


          - Um Sarau para Raphael ...............  20

Pixinguinha   ..........................................   22


          - Cochichando ................................  23
          - Naquele Tempo  ...........................  25

Toquinho ................................................   26


Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577

          - Chorando para Pixinguinha .........


 

Waldir Azevedo  .....................................            


            -  Brasileirinho ...............................  

Considerações Finais  ...............................   


SOBRE O CADERNO:

O Caderno de Choro Nº1 de Ideias Musicadas Digital é uma


compilação de arranjos para violão de 7 cordas de choros
clássicos e contemporâneos de mestres da nossa música.

Arranjado e transcrito por Rodrigo Fontoura, músico,


produtor e educador musical com mais de 10 anos de
experiência, esse e-book busca além de desenvolver o
repertório clássico do gênero, que o músico possa analisar
harmonicamente cada música, ampliando assim seu
repertório de baixarias, passagens e caminhos.

O e-book é divido por compositor com uma pequena


biografia da sua obra.

BOM ESTUDO !
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577

go Fontoura
Rodri
CHIQUINHA
GONZAGA

Chiquinha foi uma mulher a frente do seu tempo. Essa frase, apesar de
ser um grande clichê, segue sendo a melhor forma de definir
essa grande personalidade da música popular  no século XIX.  
Chiquinha foi a primeira pianista de choro, compôs a primeira marcha
carnavalesca com letra ( a famosa “Ô Abre Alas”) e também foi a
primeira mulher a reger uma orquestra no Brasil. Além do seu
pioneirismo, Chiquinha tem um histórico de luta pela valorização da
Música Popular Brasileira.

A grande sacada desse arranjo é a introdução e a


primeira parte do choro. Nesse trecho é usada
uma figura rítmica muito comum e bem
característica dos choros, a colcheia pontuada
seguida de semi colcheia
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577
ERNESTO
NAZARETH

O pianista Ernesto Nazareth transitava livremente entre o erudito e o


popular. Pianista por formação, foi nas inúmeras polcas, maxixes e
tangos de sua autoria que Nazareth fez história.
É apontado até hoje como um dos nomes mais importantes do Choro.
Dentre as suas obras destacam-se: Apanhei-te Cavaquinho, Brejeiro e
Odeon.

Destacamos nesse caderno 3 obras de Ernesto


Nazareth: Ameno Resedá, Odeon e Tenebroso.

Ameno Resedá é uma polca clássica, onde temos


um baixo relativamente simples na questão
rítmica, porém que conduz a harmonia de
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577

maneira bem interessante.

Já na famosa "Odeon", assim como em


"Tenebroso" a atenção recai sobre a parte A dos
respectivos choros, onde a melodia principal fica
por conta do violão 7 cordas.
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577
JACOB DO
BANDOLIM

Músico, compositor, instrumentista e pesquisador, a contribuição de


Jacob do Bandolim para o choro é imensurável. O exímio bandolinista,
além de mais de 60 discos gravados e inúmeras composições, foi
responsável pela construção de um acervo de mais de 1400 LP's e mais
5000 partituras promovendo o resgate e preservação da obra de
compositores como Ernesto Nazareth e João Pernambuco.
Jacob também foi fundador do antológico Conjunto Época de Ouro na
década de 60, tendo em seus violões César Faria, Carlos Leite e Dino 7
cordas. 

"Noites Cariocas" talvez seja um dos choros mais


conhecidos do mundo. Nesse arranjo, o violão de 7
cordas realiza um contraponto bastante
"movimentado", exigindo do violonista bastante
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577

atenção, principalmente durante as tercinas.      


Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577
PAULINHO DA
VIOLA

Filho de Cesar Faria, violonista do Conjunto Época de Ouro, Paulinho da


Viola vivenciou desde cedo o universo do choro e do samba. Frequentava
os famosos saraus na casa de Jacob e também as grandes festas e
encontros promovidos próprio pai na sua casa, onde teve a oportunidade
de conhecer Pixinguinha, grande amigo de seu pai. Toda essa influência
não poderia passar despercebida na obra do compositor que tem em sua
obra diversas composições do gênero gravadas, incluindo um LP
destinado exclusivamente aos seus choros.  

A maioria dos choros de Paulinho tem como característica uma


harmonia com caminhos pouco usuais e melodia rebuscada. E
"Um Sarau para Raphael" não é diferente. Composta em
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577

homenagem ao seu cunhado, o grande violonista Raphael


Rabello, nesse arranjo percebemos a importância das inversões
 de acordes na linguagem do 7 cordas. 
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577
PIXINGUINHA

O Gênio! Saxofonista, flautista, arranjador, compositor e maestro,


Alfredo da Rocha Viana Filho é incontestavelmente o maior músico
brasileiro do século retrasado. Sua atuação moldou os gêneros
populares como conhecemos hoje. Frequentou a casa da Tia Ciata,
berço do samba no RJ. Fez parte do conjunto Os Oito Batutas
juntamente com Donga. Integrou o Regional de Benedito Lacerda e
introduziu uma nova linguagem de contraponto com seu saxofone. É
compositor de clássicos como Carinhoso, Rosa, Lamentos e 1 x 0.
Deixou um acervo de cerca de 500 composições 

Cochichando e Naquele Tempo são duas obras primas do choro e


tem presença certa em rodas de choro por todo o mundo. 
Nos arranjos a seguir tempos um contraponto bem característico
dos choros de Pixinguinha. Com atenção especial para as
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577

inversões em Naquele Tempo que conferem um movimento


especial no acompanhamento.
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577
TOQUINHO

O cantor, compositor e violonista Toquinho ficou mundialmente


conhecido pela sua parceria com o poetinha Vinicius de Moraes, que
rendeu canções memoráveis e inesquecíveis nos anos 70.  No
entanto, sua veia violonística sempre esteve presente na sua
carreira. Foi aluno de Paulinho Nogueira, conviveu com Baden
Powell e Pixinguinha o que obviamente desenvolveu ainda mais sua
vertente chorona.
Em 1999 gravou um disco juntamente com Paulinho Nogueira com
alguns choros de Pixinguinha e de sua composição entre outras
peças para violão solo.

"Chorando para Pixinguinha" é um choro de Toquinho já com


uma estrutura mais moderna, não seguindo o tradicional choro
de 3 partes em rondó. 
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577

O arranjo a seguir foi baseado na versão de Waldir Azevedo,


gravado originalmente no disco Minhas Mãos, Meu Cavaquinho
em 1976 
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577
WALDIR
AZEVEDO

Waldir Azevedo elevou o cavaquinho para outro patamar. Antes


relegado a um mero instrumento de centro (acompanhamento),
Waldir mostrou as inúmeras possibilidades do instrumento,
colocando-o em destaque  como instrumento solista, apesar da
 desconfiança dos chorões da época (Inclusive de seu principal "rival"
Jacob do Bandolim). O virtuoso instrumentista é compositor de
clássicos do gênero como Carioquinha, Pedacinho do Céu e
Brasileirinho.
Waldir ainda sofreu um acidente que o fez perder o dedo anular o que
o afastou do instrumento por cerca de um ano e meio. Após
fisioterapia e adaptações no instrumento ( como cordas de nylon por
um tempo), Waldir conseguiu recuperar a sua performance.     

"Brasileirinho" é um choro sambado de Waldir em que os solistas,


normalmente, costumam tocar em um andamento bastante alto.
O arranjo aqui apresentado busca proporcionar um conforto para
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577

o violonista poder acompanhar, em qualquer andamento sem


prejudicar a função e as baixarias do 7 cordas.
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577
Obrigado !

@ideiasmusicadas
Licensed to Celso Neves - celsop92@gmail.com - HP18115917468577