Você está na página 1de 3

CURSO: Licenciatura em Filosofia

POLO DE APOIO PRESENCIAL: Higienópolis (São Paulo)

SEMESTRE: 2º semestre (1º semestre de 2020)

COMPONENTE CURRICULAR / TEMA: Cidadania: Identidade, Alteridade e Educação

NOME COMPLETO DO ALUNO: Ivan Mendonça

TIA: 19502583

NOME DO PROFESSOR: Isabel Orestes Silveira

ATENÇÃO: Toda atividade deverá ser feita com fonte Arial, tamanho 11, espaço de 1,5 entre as linhas e
alinhamento justificado entre as margens.
Entrevista com o professor Everton Lima (professor de Arte)

Como é a estrutura da escola? Há acessibilidade para esses tipos de alunos em todas as


dependências da escola?
R: Não, não há acessibilidade para esses tipos de alunos. A inclusão é só dar nota azul a tais alunos,
pois são tratados como incapazes. Não existem materiais didáticos específicos para fazer um trabalho
equivalente.

Há um programa de ação inclusiva nesse estabelecimento?


R: Na maioria das vezes não.

Como acontece o processo de ensino/ aprendizagem desses alunos? O currículo da escola é


adaptado às necessidades deles?
R: Currículo não é adotado, cada professor deve “se virar” com o aluno especial.

Como é feita a avaliação desses alunos?


R: Para a avaliação somos orientados a deixá-los dentro da média (nota 5).

Os professores são capacitados para trabalhar com a educação especial inclusiva em sala de aula?
R: Não temos capacitações. E no ano de 2019 o governador vigente retirou os cuidadores da sala
(que cuidavam dos alunos cadeirantes).

Relatório de pesquisa

Nome da escola: E. E. Fernando Pessoa


Nome do profissional: Everton Lima

Como explicitado pelas respostas do professor Everton às perguntas feitas, infelizmente


percebo que a escola em questão não está adequadamente preparada para a educação inclusiva. A
estrutura da escola não atende às necessidades especiais dos alunos, não há acessibilidade, são raros os
programas de ação inclusiva. Além disso, vemos que o processo de ensino/aprendizagem, que deveria ser
pensado e planejado tendo em vista atender às necessidades específicas dos alunos, é feito sem
organização e real intencionalidade visando o ensino adequado dos alunos, pois não há integração, um
currículo que seja adaptado e atenda àquilo que cada aluno precisa. Infelizmente, pelo que foi informado
pelo professor, os professores são deixados ao léu para lidarem com os alunos especiais. Como fruto do

ATENÇÃO: Toda atividade deverá ser feita com fonte Arial, tamanho 11, espaço de 1,5 entre as linhas e
alinhamento justificado entre as margens.
processo de ensino/aprendizagem ser realizado dessa forma, vemos que a avaliação também não
corresponde a uma avaliação real do aprendizado dos alunos, mas visa apenas a aprovação automática dos
alunos especiais. Fica patente que os professores não recebem a assistência necessária e não são
capacitados para atender às necessidades com as quais lidam em seu trabalho.

ATENÇÃO: Toda atividade deverá ser feita com fonte Arial, tamanho 11, espaço de 1,5 entre as linhas e
alinhamento justificado entre as margens.