Você está na página 1de 1

A IMPORTÂNCIA DA GESTÃO AMBIENTAL NA CONSTRUÇÃO CIVIL: A Necessidade da Adoção de

Práticas Sustentáveis na Construção de Edifícios na Cidade de João Pessoa-PB


Rafael Santos Cruz¹, Ubaldo Rogério Alves dos Santos Monteiro², Cayo Iaslley Nunes de Lima³, Henrique Elias Pessoa Gutierres⁴.
¹ Centro Universitário de João Pessoa (UNIPÊ), João Pessoa, e-mail: rafaelcruzengenharia@hotmail.com; ² Centro Universitário de João Pessoa (UNIPÊ),
João Pessoa; ³ Centro Universitário de João Pessoa (UNIPÊ), João Pessoa; ⁴ Centro Universitário de João Pessoa (UNIPÊ), João Pessoa

INTRODUÇÃO Através das pesquisas realizadas, constata- relataram que a construtora percebeu a
se que 35% das empresas possui alguma necessidade de se obter uma certificação
A adoção de práticas ambientais na certificação, a exemplo do Programa através da conscientização ambiental e a
construção civil é de suma importância, já Brasileiro da Qualidade e Produtividade do diminuição dos desperdícios no uso de
que o setor é um dos grandes responsáveis Habitat (PBQP-H), Alta Qualidade Ambiental matérias-primas.
pela maior parte dos resíduos produzidos (AQUA) e algumas das empresas em estudo
nos países desenvolvidos e em estão em busca da certificação LEED através Reutilização do entulho gerado
desenvolvimento. A partir da seleção de de um dos seus empreendimentos. Observou-se que 64,29% das empresas em
vinte empresas que atuam na construção de Também foi realizado um levantamento dos questão não reutilizam seus resíduos
edifícios de médio e alto padrão na cidade autos de infração aplicados pela SEMAM e gerados, logo de acordo com a pesquisa
de João Pessoa, o presente trabalho tem o pela SUDEMA das empresas selecionadas realizada (através das entrevistas), 78,57%
objetivo de analisar a inserção das práticas (Gráfico 1). das construtoras utilizam empresas
sustentáveis nas empresas de construção terceirizadas para o destino final dos seus
Gráfico 1: Autos de infração aplicados às
civil do município de João Pessoa. Alguns resíduos e 21,43% das construtoras
construtoras do universo amostral.
temas serão de suma importância para a destinam seus resíduos para aterros
compreensão desta temática, a exemplo da sanitários, assim essas empresas
legislação ambiental aplicada ao setor da terceirizadas fazem a tiragem desses
construção civil, certificação ambiental, resíduos de acordo com as Resoluções
gestão ambiental no canteiro de obras e o CONAMA n°307 e n° 308. Dentre os
uso de materiais/equipamentos/práticas resíduos reutilizados estão: madeira,
sustentáveis na entrega dos metralha, aço, papelão, papel, plástico,
empreendimentos. A partir dos dados latas de tintas.
levantados, constata-se que nas
construtoras da cidade de João Pessoa a Práticas sustentáveis
gestão ambiental ainda necessita de Fonte: SEMAM e SUDEMA. Observamos que 14,29% das empresas
avanços que proporcionem um entrevistadas adotam práticas sustentáveis
O levantamento realizado permitiu
aprimoramento desse tipo de prática. tanto no escritório como no canteiro de
constatar que a maioria das empresas em
estudo já foi autuada pela SEMAM e pela obra, dentre as práticas utilizadas estão:
METODOLOGIA reutilização de água, gestão de resíduos,
SUDEMA. Analisando o gráfico 1, nota-se
que nos últimos cincos anos economia de energia por painéis solares,
É necessário realizar levantamento e análise
(compreendendo o período de agosto/2011 educação ambiental, otimização de
bibliográfica (livros, artigos de revistas
a agosto/2016) o maior número de autos de alvenarias, automação de sistemas, reuso
científicas, dissertações e legislação
infração cometido pelas empresas em de madeiras.
ambiental) e levantamento de dados junto a
SUDEMA e a SEMAM no tocante aos autos questão foi no ano de 2014. Vale destacar
CONSIDERAÇÕES FINAIS
de infração aplicados as vinte empresas que 25% das empresas possuem mais de
selecionadas para a pesquisa. Assim como um auto no período analisado. Logo, é preciso que seja feito mais pelo
também, realizar um trabalho de campo meio ambiente, é notório que houve uma
desenvolvido por método de aplicação de Licenciamento ambiental grande aceitação do “ecologicamente
questionário com representantes das correto”, porém é preciso que a
A legislação ambiental fornece os
construtoras atuantes na indústria da sustentabilidade seja um critério decisivo na
parâmetros que regem o empreendimento,
construção civil de João Pessoa, a respeito da compra de um imóvel para o consumidor,
assim como permite a identificação das
gestão ambiental na construção de seus pois com isso as empresas terão que, cada
ações de manejo que deverão ser realizadas
empreendimentos. E pesquisar nos sites das vez mais, inserir práticas sustentáveis no
pelo empreendedor e pessoas envolvidas,
empresas selecionadas a existência de canais canteiro de obra, no escritório, na entrega
para estar em conformidade com a
de comunicação e práticas que remetam a dos edifícios, para se destacar
legislação. Analisando os dados colhidos,
preocupação com a gestão ambiental. Após a ambientalmente e consequentemente
36% das construtoras analisadas foram
sistematização dos dados, estes serão ganhar mercado, suprindo os consumidores.
atuadas por algum órgão de fiscalização
apresentados por meio de tabelas e gráficos,
ambiental, como também notou-se que REFERÊNCIAS
que serão expostos sem a identificação das
todas as construtoras possuem um órgão
construtoras, enumeradas de 1 a 20.
responsável pelo licenciamento ambiental, e BRASIL. Resolução CONAMA nº 237, de 19
RESULTADOS que a maioria possui seus edifícios de dezembro de 1997. Disponível em:
licenciados pela SEMAM ou SUDEMA. <http://www.mma.gov.br/port/conama/res
Para realizar esta pesquisa contamos com um /res97/res23797.html>. Acesso em:
conjunto de 20 construtoras da cidade de 17/10/2016.
Certificação ambiental
João Pessoa-PB, que constroem edifícios
residências verticais e horizontais e De acordo com os dados obtidos, foi GBC Brasil. Certificação LEED. Disponível
empreendimentos comerciais, empregando observado que apenas 14% construtoras em: <http://www.gbcbrasil.org.br/faq.php>.
de 20 a 400 funcionários, aproximadamente, possuem certificação: construtora 19 Acesso em: 20/10/2016.
(certificação ambiental), construtora 15,

Você também pode gostar