Você está na página 1de 5

Modelo 21-520A

Esta peça do equipamento de teste Micronta foi projetada para uso com transceptores
HF de 0 a 30mhz. Será muito útil para determinar se o seu transmissor e sistema de
antena estão funcionando corretamente.

Especificações
Potência de RF: 0 a 10, 0 a 100, 0 a 1000 Watts
SWR: Calibrado de 1: 1 a 3: 1
Impedância: Somente para sistemas 50/52 ohm
Alcance de frequência: 3 a 30 MHz (utilizável em 144 MHz)
Conectores: SO-239 coaxial (aceita PL-259)
3 3/8 "X 8 1/4" X 4 1/2 "(HWD)
Dimensões:
(8,5 x 21,0 x 11,5 cm) (HWD)
Peso: 29,3 onças (830g)

Função liga-desliga -

Existem três faixas de potência: de 0 a 10 watts (para PX) e 0-100 e 0-1000 para
transceptores HFe comerciais. O interruptor de 3 posições entre os medidores seleciona
a faixa de potência.
NOTA: As leituras do medidor de energia serão precisas apenas em sistemas de antena
de 50/52 ohm (ou cargas simuladas de 50/52 ohm).

Função SWR -

As medições da relação de ondas estacionárias (SWR) são muito importantes para


qualquer sistema de antena transmissora. SWR é uma medida de incompatibilidade
entre o transceptor e o sistema de antena. Para máxima eficiência, o SWR deve ser o
mais baixo possível - isso significa que toda a energia do transmissor está sendo
irradiada pela antena. Um SWR alto significa que há uma incompatibilidade e que parte
(ou mesmo a maioria) da energia do transmissor não está sendo irradiada pela antena,
mas está sendo "devolvida" ao transmissor.

Você pode ler o SWR diretamente no medidor de SWR. Ele é calibrado de 1 a 3, com
uma linha vermelha acima de 3. Quando o medidor lê 1, o sistema de antena é
perfeitamente compatível com o transmissor e você tem um SWR de "1" - ou, para ser
mais preciso, de 1 a 1 ( SWR é uma proporção). Se sua leitura for superior a 3, você
deve corrigir a incompatibilidade entre o transmissor e o sistema de antena.

Você notará um segundo conjunto de números diretamente abaixo do valor da SWR -


esses são os valores de "porcentagem da energia refletida". Como o SWR é o resultado
direto da incompatibilidade, que produz "ondas refletidas" (nem toda a energia é
irradiada pela Antena - parte dela é refletida de volta ao transmissor), isso lhe dará
uma idéia da eficiência real do seu sistema.

Por exemplo, um SWR de 1,5 (com mais precisão, devemos dizer "SWR de 1,5 a 1")
significa que 4% da energia está retornando e apenas 96% da energia disponível é
absorvida pela antena. Um SWR de 2 a 1 significa que 11% é refletido; e 3 para 1 é
25% de reflexão.

Não há marcações de "porcentagem de energia refletida" no medidor.

NOTA: Se você estiver interessado em aprender mais sobre os cabos coaxial,


recomendamos que você gaste algum tempo na sua biblioteca pública local na seção
técnica (o ARRL HANDBOOK é particularmente útil).

Conexão
As conexões são muito simples.

1. Desconecte o cabo da antena da parte traseira do transceptor.


2. Conecte o cabo da antena ao conector ANT em uma extremidade da caixa de
coleta.
3. Use um pequeno pedaço de cabo coaxial e conecte-o entre o conector TRANS
na outra extremidade da caixa de coleta e a parte traseira do seu transceptor.

NOTA: Um cabo coaxial de "jumper", como mencionado acima, pode ser obtido na loja
Radio Shack local.
NOTA IMPORTANTE: As leituras de ENERGIA e SWR serão precisas somente
quando usadas com antena e linhas de transmissão com impedância de 50/52 ohms.

Medidas
Quando as conexões são feitas conforme indicado acima, você está pronto para usar o
seu Testador. Verifique se cada conector está bem apertado e se os cabos estão bons.

PODER:

Para o PX, basta deixar o interruptor de 3 posições definido para 10 e ler a saída de
watts (do transceptor) dividindo a leitura do medidor por 10 para obter a leitura de 0 a
10. Se você possui um equipamento HF ou está trabalhando com um transceptor
comercial (ou outra unidade de potência superior), coloque o interruptor de 3 posições
em 100 e leia diretamente no medidor, ou em 1000 e multiplique a leitura do medidor
por 10.

SWR:

Para medir as taxas de ondas estacionárias, ajuste a chave CAL / SWR na posição CAL.
Pressione o botão PTT no seu microfone. Ajuste o controle CAL para uma leitura para a
marca SET no multímetro. Coloque o interruptor CAL / SWR na posição SWR e leia
seu SWR no multímetro.
Se você tem uma leitura de 1,5 ou menos, possui um sistema de antena muito eficiente.
Se a leitura estiver entre 1,5 e 3, tente abaixá-la (embora na maioria dos casos, um SWR
de 3 ou menos seja aceitável). Se você tiver uma leitura acima de 3, verifique seu
sistema de antena e faça os ajustes necessários para obter uma leitura mais baixa.

Os ajustes para reduzir a SWR dependerão inteiramente do seu sistema de antena. Só


podemos dar algumas dicas gerais. Certifique-se de estar usando um sistema e um cabo
de antena de 50/52 ohm. Verifique se todos os conectores estão seguros. Verifique se os
cabos estão bons (sem curtos ou deterioração do cabo). Se a sua antena puder ser
ajustada (consulte as instruções que acompanham a antena), ajuste-a em pequenos
incrementos. Se for uma instalação móvel, verifique se todas as conexões mecânicas
foram feitas corretamente. Verifique se a antena está na vertical; afaste-o de corpos
metálicos (se possível). Para instalações móveis, às vezes apenas uma pequena alteração
no posicionamento ou localização da antena pode melhorar bastante o SWR.