Você está na página 1de 6

DISCIPLINA: Direito Administrativo

PROFESSOR: Júlio Marqueti


MATÉRIA: Licitação e Contratos

Indicações de bibliográficas:
 Constituição Federal

Leis e artigos importantes:

 Art. 22, CF
 Art. 37, XXI CF
 Art.79, CF
 Art.87,3°CF
 Art.175,CF
 Art.3°, Lei 8.666/93
 Art.17, Lei 8.666/93
 Art.19, Lei 8.666/93
 Art.22, Lei 8.666/93
 Art.23, Lei 8.666/93
 Art.24, Lei 8.666/93
 Art.25, Lei 8.666/93
 Art.79, Lei 8.666/93
 Lei 10.520/02

Palavras-chave:
 Licitação, competência legislativa, normas, gerais, específicas, regime jurídico,
prerrogativa, limitações, princípios, adjudicação, menor preço, melhorar técnica, maior
lance, oferta, concorrência, tomada de preço, convite, leilão, concurso, pregão, tabela de
valores, contrato, compra, venda, bens, móveis, imóveis, contratação direta, dispensada,
dispensável, inexigibilidade.

TEMA: LICITAÇÃO E CONTRATOS

PROFESSOR: JÚLIO MARQUETI

 Modalidades de Licitação (Procedimentos)

Matéria: Direito Administrativo – Professor:Júlio Marqueti


 Modalidades comuns (para qualquer tipo de contrato)

1) Concorrências

2) Tomada de preço

3) Convite

OBS: As comuns podem ser utilizadas para diversos tipos de contrato,se diferencia pelo valor.

 Modalidades Específicas

4) Leilão: vender com critério de melhor lance ou oferta

5) Concurso: contrato de natureza intelectual. EX: Logotipo para comemoração do aniversário


RJ.

6) Pregão: Adquirir bens e serviços comuns com critério de menor preço

OBS: se destinam á contratos específicos

 Tipos de Licitação (Critérios de julgamentos)

1. Menor Preço

2. Melhorar Técnica

3. Técnica / Preço

4. Maior Lance / Oferta

 Artigos importantes para leitura.

Art. 22 Lei 8666/93

Art.23 Lei 8666/93

 Tabela de Valores

Matéria: Direito Administrativo – Professor:Júlio Marqueti


TIPO DE CONCORRÊNCIA TOMADA DE CONVITE
CONTRATO PREÇO

Obras e Serviços O valor for mais de O valor for até R$ O valor for até R$
de Engenharia R$ 1.500.000,00 1.500.000,00 150.000,00

Compras e Outros O valor mais de R$ O valor for até R$ O valor for até R$
Serviços. 650.000,00 650.000,00 80.000,00

 Objetivos (para que?):

 Dar a oportunidade a todos (princípio da impessoalidade)


 Obter a melhor proposta (Principio da eficiência)
 Promover desenvolvimento nacional sustentável

 Regime Jurídico Administrativo (Público)

1. Prerrogativas (poderes e privilégios)


2. Limitações (princípios aplicáveis à licitação e concurso)

Art. 3º lei 8666/93 - A licitação destina-se a garantir a observância do princípio constitucional da


isonomia, a seleção da proposta mais vantajosa para a administração e a promoção do
desenvolvimento nacional sustentável e será processada e julgada em estrita conformidade com
os princípios básicos da legalidade, da impessoalidade, da moralidade, da igualdade, da
publicidade, da probidade administrativa, da vinculação ao instrumento convocatório, do
julgamento objetivo e dos que lhes são correlatos.

 Qual é o principio que justifica a existência das limitações dentre as quais a


licitação?

Principio da Indisponibilidade do interesse público.

 Por que ela existe?

Porque o interesse público é dotado de supremacia e indisponibilidade.

 Pra que ela existe?

Para dar a oportunidade a todos.

 Princípios aplicáveis a licitação:

 Legalidade

 Impessoalidade

Matéria: Direito Administrativo – Professor:Júlio Marqueti


 Moralidade

 Publicidade

 Probidade

 Igualdade

 Princípios específicos á licitação

 Vinculação ao instrumento de convocação: é o ato que inaugura a fase externa do


procedimento licitatório, EX: edital e a carta convite.

OBS1: Edital descreve as regras. Quando for realizado o julgamento é necessário cumprir as
regras do edital. Na fase de finalização é realizada a adjudicação, ou seja, é declarado o
vencedor. Na fase do contrato vincula-se tudo ao edital.

OBS2: o contrato eventualmente realizado, apesar de ocorrer depois de encerrada a licitação


também deve retratar o edital ou a carta convite.

 Julgamento objetivo:
Administração ao julgar as propostas deverá fazer de forma objetiva, com base estabelecida no
edital para realizar a classificação.

 Adjudicação Compulsória: (princípio implícito)

Adjudicação: é o ato realizado pela administração onde declara o vencedor e entrega o objeto da
licitação, gerando a expectativa de contratar que gera alguns direitos: deverá ser obedecido a
ordem classificatória, o contrato só não será realizado com o vencedor caso ele abra mão do
contrato.

OBS1: Adjudicação não gera o direito ao contrato nem a obrigação de contratar, apenas gera
uma expectativa de direito.

OBS2: Nova licitação só pode ser realizada quando passar o prazo da anterior.

 Bens Imóveis

Modalidade será obrigatoriamente a concorrência independentemente do valor.

 Bens moveis

1. Mais de R$650.000,00 – Modalidade de concorrência


2. Até R$ 650.000,00 – Modalidade de tomada de preço
3. Até R$ 80.000,00 – Modalidade de convite

Bens e serviços comuns ou padronizados:

Matéria: Direito Administrativo – Professor:Júlio Marqueti


Realiza-se a modalidade do pregão independentemente do valor.
OBS: Quando for possível o pregão será adotado obrigatoriamente.
 Contrato de Venda (alienação)

 Bens móveis

Em regra a modalidade a ser adotada é o leilão.

Exceção: Quando o bem móvel for orçado no valor de mais de R$ 650.000,00 será modalidade de
concorrência.

 Bens imóveis

Em regra a modalidade a ser adotada é a concorrência independentemente do valor.

Exceção: Admite-se adotar a modalidade leilão ou concorrência desde que seja por dação em
pagamento, ou em razão de procedimento judicial.

Art. 19 Lei 8666/93 - Os bens imóveis da Administração Pública, cuja aquisição haja derivado de
procedimentos judiciais ou de dação em pagamento, poderão ser alienados por ato da autoridade
competente, observadas as seguintes regras:
III - adoção do procedimento licitatório, sob a modalidade de concorrência ou leilão.

 Hipóteses Contratação direta

Dispensa:

 Dispensada (Art.17 Lei 8666/93)

 Dispensável (Art. 24 Lei 8666/93)

Características

1. Possui um rol taxativo;


2. Licitação possível/viável;
3. Discricionariedade.

OBS: situação de guerra, é possível fazer licitação se o campo de concentração não for aqui!

 Inexigibilidade (Art. 25 Lei 8666/93)

Características

1. Rol exemplificativo;
2. Licitação inviável/impossível

Matéria: Direito Administrativo – Professor:Júlio Marqueti


EX:calamidade pública

Art.79-Lei 8.666/93

Art. 25 Lei 8666/93 - É inexigível a licitação quando houver inviabilidade de competição, em


especial:
I - para aquisição de materiais, equipamentos, ou gêneros que só possam ser fornecidos por
produtor, empresa ou representante comercial exclusivo, vedada a preferência de marca,
devendo a comprovação de exclusividade ser feita através de atestado fornecido pelo órgão de
registro do comércio do local em que se realizaria a licitação ou a obra ou o serviço, pelo
Sindicato, Federação ou Confederação Patronal, ou, ainda, pelas entidades equivalentes;
II - para a contratação de serviços técnicos enumerados no art. 13 desta Lei, de natureza singular,
com profissionais ou empresas de notória especialização, vedada a inexigibilidade para serviços
de publicidade e divulgação;
III - para contratação de profissional de qualquer setor artístico, diretamente ou através de
empresário exclusivo, desde que consagrado pela crítica especializada ou pela opinião pública.

OBS: O art. 175 CF traz a vedação da dispensa com o “sempre”.

 Rescisão do contrato:
1. Unilateral- Administração pública, descumprimento do contrato ou por conveniência
2. Amigável
3. Judicial- nos termos da lei

OBS: não pode o contratado rescindir o contrato quando a administração não estiver cumprindo
com o contrato, por iniciativa dele sem que haja convenção só resta a rescisão judicial.

LEITURA obrigatória:
Sanções Administrativa Art.87,3° CF

Matéria: Direito Administrativo – Professor:Júlio Marqueti