Você está na página 1de 6

MANUAL TÉCNICO DE LOCOMOTIVAS

INSTRUÇÃO
APAGANDO MD POR BAIXA PRESSÃO DE ÓLEO
Procedimento destinado aos maquinistas 100.06
Frotas: GM e GE Revisão 11/2008
Elaborador: Engenharia Revisor: René / Marcelo

Este procedimento é destinado aos maquinistas e tem como finalidade


facilitar e melhorar o diagnóstico de “motor diesel apagando por baixa pressão de
óleo”. Dessa forma a comunicação dos maquinistas com o CCO terá melhor
resultado.
Caso a locomotiva venha desligar o motor diesel em conseqüência da baixa pressão
de óleo seguir procedimento abaixo.

1. Com o motor diesel desligado verifique:

1.1 Vazamentos de óleo.


Verificar quanto a sinais de vazamentos e/ou danos, as tubulações, conexões,
torneiras e demais componentes do sistema de lubrificação conforme fotos
abaixo.

Componentes GM

Filtro Michiana
Bomba de óleo

Figura 1 – Sistema de lubrificação GM

Instrução 100.06 Página 1 de 6


MANUAL TÉCNICO DE LOCOMOTIVAS

Componentes GE

Resfriador de óleo

Filtro Michiana

Figura 2 – Sistema de lubrificação GE

Instrução 100.06 Página 2 de 6


MANUAL TÉCNICO DE LOCOMOTIVAS

1.2 Nível de óleo do cárter


Retirar a vareta de óleo do cárter e verificar se nível está muito abaixo do
mínimo.

Figura 3 – Verificação do nível de óleo do cárter GM

Figura 4 - Verificação do nível de óleo do cárter GE

1.3 Óleo do governador.


Verificar a carcaça do governador e o dreno quanto a sinais de vazamentos.
Verificar a existência de óleo.

Figura 5 – Governador GE Figura 6 - Governador GM

Instrução 100.06 Página 3 de 6


MANUAL TÉCNICO DE LOCOMOTIVAS

Nota 1: Após checados os itens acima (motor desligado),e alguma anomalia


for encontrada, comunicar CCO.

Nota 2: Caso nenhuma anomalia for encontrada, funcionar motor diesel e


seguir para passos abaixo.

2. Com o motor diesel em marcha lenta verifique:

2.1 Baixo nível de óleo lubrificante


Verificar o nível de óleo do cárter do motor diesel. O nível deve estar entre as
marcas “full” (máximo) e “low” (baixo). Caso esteja abaixo e sem apresentar
vazamentos, solicitar a um posto de abastecimento auxílio no envio de óleo
lubrificante para que seja completado o nível (SOS).

Figura 7 - Vareta de óleo do cárter

2.2 Verificar motor diesel quanto a ruídos anormais.

Nota 3: Ruídos anormais podem representar graves problemas nos mancais


e/ou engrenagens do motor devido falta de lubrificação. Caso isso ocorra,
desligue imediatamente a locomotiva e comunique o CCO.

2.3 Pressão de óleo lubrificante.


Verificar no manômetro ou no IHM da locomotiva.

Pressão Mínima
Permitida:
G12 -------- 6Psi
G22 -------- 8Psi
G26 -------- 8Psi
SD40 ------ 8 Psi
GT -------- 12Psi
GE --------22 Psi

Instrução 100.06 Página 4 de 6


MANUAL TÉCNICO DE LOCOMOTIVAS

2.4 Baixo nível de óleo do governador.


Verificar a carcaça do governador e o dreno quanto a sinais de vazamentos.
Estando abaixo do mínimo, entrar em contato com o CCO, e aguardar instruções.
2.5 Excesso de óleo do governador.
Verificar o nível do óleo.
Caso esteja acima do máximo e com coloração normal, drenar até que atinja o
nível correto.
Caso esteja acima do máximo e com coloração escura, é indício de
contaminação por óleo do cárter do motor diesel. Neste caso, entrar em contato
com o CCO e aguardar instruções.

- G12, G22 e G26, GT´s e SD40,


o nível deve estar em 1/4

A plena carga, o óleo


desaparece do visor (o que, no
caso das GT’s, é normal!).

- U-20C / C1 e C30, o nível deve


estar em 3/4.

Figura 8 - Nível de óleo do governador

2.6 (somente GE) Registro de dreno do alojamento dos filtros michiana


Verificar o registro de dreno dos filtros michiana. Este deve estar fechado e
lacrado. Caso não esteja reposicione para a posição fechada.

Figura 9 - Registro de dreno dos filtros michiana

Instrução 100.06 Página 5 de 6


MANUAL TÉCNICO DE LOCOMOTIVAS

Nota 4: Após checados os itens acima (motor ligado) e alguma anomalia for
encontrada e não puder ser sanada, desligar imediatamente a locomotiva e
comunicar CCO.

Nota 5: Caso nenhuma anomalia for encontrada, acelerar motor até ponto
8 em vazio, acompanhando evolução das temperaturas e pressões. Após
estabilizadas e não persistindo a falha por BPO, comunicar CCO e
aguardar instruções .

Nota 6: Se após liberada para tração a locomotiva voltar apresentar BPO,


comunicar CCO e aguardar reboque.

Em caso da baixa pressão de óleo lubrificante do MD


persistir é preferível destinar a locomotiva desligada e
rebocada para ser examinada e tratada em um PML ou
Oficina pois a falta de lubrificação nos mancais e peças
móveis do MD podem agravar os danos a estes
componentes.

Instrução 100.06 Página 6 de 6