Você está na página 1de 27

CULTURA URBANA &

EVANGELIZAÇÃO
capítulo 2 - DGAE
Dom Leomar Antônio Brustolin
OLHAR DE DISCÍPULOS
MISSIONÁRIOS
✔ Um mundo que se transforma
✔ Um cidade onde Deus habita
✔ A vida na grande cidade
✔ O Senhor está no meio de nós.

Números 41 a 72 DGAE.
Ideias-chave do capítulo
► Tempo de profundas transformações
► Um mundo cada vez mais urbano
► Individualidade e pluralidade
► Consumo e consumismo
► Enfraquecimento de instituições e tradições
► Alta mobilidade
► Pobreza e Desafio ambiental
► Juventudes
► DEUS HABITA ESTA CIDADE
MISSÃO DA IGREJA
ue J es us
alv a çã o q
R T A R a s
PO a m e n te a
c e c o ntin u
ris to ofere
C de.
h um a n id a
toda a
RAR
UPE
S
algumas representações do senso
comum que compreende a “cultura
urbana”, em termos da oposição
simplista campo/cidade.
DA RURALIDADE À CIVILIDADE
PARA A VIRTUALIDADE

► Estamos diante do final de uma grande virada da história


humana:
► o fim da cultura rural!
► O urbano e o rural se modernizaram com a informação digital.
Nada vive isolado e imóvel. Mesmo no campo é possível uma
imobilidade móvel e na cidade é possível uma mobilidade
imóvel.
54%
população mundial vive hoje em áreas
urbanas e pode chegar
a 66 % em 2050.
VOCÊ ESTÁ PREPARADO?
10 MEGATENDÊNCIAS
1. Evolução tecnológica e conectividade
permanente (internet das coisas, inteligência
artificial, impressão 3D, implantáveis, vestíveis.
2. Globalização e poder da sociedade: o
grupo tem mais força, influencia e transforma o
mundo. Exemplo: a avaliação de um hotel no
tripadvisor tem mais credibilidade do que o site do
hotel. Igualmente a avaliação do UBER
► Envelhecimento, explosão demográfica,
intrageracionalidade: a expectativa de vida
cresce cerca de 3 meses a cada ano. Na próxima
década poderá chegar a mais de 120 anos. O
planeta poderá ter 8 bilhões de habitantes até
2030. Como produzir recursos para “acomodar”
toda essa geração no planeta?
► 4. Ambiente, clima e recursos naturais :
preocupação com as mudanças climáticas sem
precedentes. A sustentabilidade é uma questão
determinante para o futuro: não há opção.
5. Novas superpotências e economias emergentes:
Europa e EUA cederam lugar ao BRICS ( Brasil, Rússia,
Índia, China e África do Sul), mas hoje emergem
México, Indonésia, Nigéria e Turquia. Além da Síria,
Índia, e as Coréias. Mudanças de mindset : maior
adaptação e flexibilidade.
6. Evolução genética e Humanos 2.0: avanços na
medicina, alimentação e reprodução. Esta
chegando a geração algorítmica ou singular. Todos
serão um mix de humano e máquina. Já começamos:
celular, internet, watts, e-mail... Chips de conexão
poderão ser implantados no corpo.
7. Busca pelo novo e desconhecido; Novos
caminhos para o mercado. Colonização do
espaço, pesquisas, investigação...
8. Vida abundante e solidariedade: qualidade
generalizada da vida está melhorando. Tenderá
melhorar ainda mais – compare com os avós.
Será preciso lidar com a solidão e fortalecer a
solidariedade.
9 Redução de desigualdades e maior transparência: a 4ª
Revolução industrial visibiliza mais as desigualdades e força
governos, mercados, pessoas para a redução desse
desiquilíbrio humano e social. A pressão social vem pelas
redes. E igualmente se exigirá maior transparência em todas
as relações econômicas, pessoais...
10 Medo incerteza e dúvida: MEDO,(estamos mais ansiosos e
pensativos em relação ao futuro) INCERTEZA ( não sabemos
se saberemos lidar com tantas mudanças – ex . Suicídio) E
DÚVIDA ( estamos caminhando para tempos melhores ou
piores?
O futuro será

▪ COMPETITIVO OU COLABORATIVO
▪ TECNOLÓGICO OU HUMANO
▪ DE INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL OU
EMOCIONAL
▪ VIRTUAL OU PRESENCIAL
▪ TRABALHO OU VIDA
tentação de quem
vive sofre com as
se evite a postura de
contradições na urbe.
rejeição da vida
É claro que o caos
urbana, como se ela
inquieta, mas essa
fosse um sinal de
decadência da realidade pode ser
humanidade. um novo começo
para o Cristianismo.
DEUS HABITA ESTA CIDADE
Cidade Santa, a nova Jerusalém,
tenda de Deus armada entre os homens.
Ele acampará com eles;
eles serão seu povo
e Deus mesmo estará com eles. (Ap 21,2-4).
TBC • 2020
“A Igreja está a serviço da realização desta Cidade
Santa, através
da proclamação e da vivência da Palavra,
da celebração da Liturgia,
da comunhão fraterna e do serviço,
especialmente aos mais pobres e
, dessa forma, através de Cristo como fermento do
Reino vai transformando a cidade atual”.
Aparecida, 509.
TBC • 2020
QUERIGMÁTICA
DIACONAL
chaves para a
4 funções-

Igreja

KOINÔNICA EXORCISTA
QUERIGMÁTICA • O anúncio não pode ser
INICIAÇÃO pressuposto
• cada geração precisa receber o
CRISTÃ
querigma
• superar um cristianismo de
adeptos, e se configurar o
discipulado.
• encontrar novos sinais e
símbolos, para a transmissão da
• Servir ao ser humano 
DIACONAL marcado por feridas
sociais, males físicos,
CARIDADE pobreza moral e crise
espiritual.
• Ir às periferias e aos
centros abandonados das
cidades.
• Acolher os novos cidadãos
que chegam em busca de
pão, casa, trabalho ou
estudo.
• Frente à solidão, anonimato,
individualismo e o
KOINÔNICA isolamento,
ACOLHIDA • A vida comunitária reúne e
integra numa família a partir
de Cristo.
• Igreja que acontece ao
redor da casa, da
vizinhança
• aproximando-se das
pessoas com acolhimento,
pertença e vínculo.
• Ação da Igreja que
EXORCISTA liberta o ser humano, em
nome de Cristo, de todas
CURATIVA as escravidões, e de
toda a influência
maligna que fere e mata
os filhos de Deus
• Trata-se de uma função
terapêutica que livre dos
males e perigos o sujeito
urbano, muitas vezes
preso aos
PASTORAL

MEDITATION IN BUSINESS SERIES


URBANA E
PAPA
FRANCISCO 27 /11/ 2014
audiência do Papa com 20 bispos de grandes cidades do mundo
REALIZAR UMA MUDANÇA EM NOSSA
01 MENTALIDADE PASTORAL.

outros mapas, outros paradigmas


Viemos de uma pastoral onde a Igreja era a
única referência da cultura
O DIÁLOGO COM A
02 MULTICULTURALIDADE.

diálogo pastoral sem relativismo,


sem negociar a própria identidade cristã,
mas que queira alcançar o coração do outro e ali
semear o Evangelho.
03 RELIGIOSIDADE DO POVO

descobrir o autêntico substrato religioso popular que, muitas


vezes, é cristão e católico.
Não podemos desconhecer e desprezar tal experiência de
Deus, que pede para ser descoberta e não construída.
Ali estão as semina Verbi,
04 A FORÇA RELIGIOSA DOS POBRES

peregrinos da vida em busca de “salvação”


encontram força para seguir em frente e lutar graças a um
sentido último que recebem de uma experiência simples e
profunda de fé em Deus.