Você está na página 1de 11

UNIVERSIDADE METROPOLITANA DE SANTOS

ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

ATIVIDADE I – até 40 horas

Assista ao filme
Vista Minha Pele, disponível em
https://www.youtube.com/watch?v=LWBodKwuHCM
IDENTIFICAR FICHA TÉCNICA
IDENTIFICAR FICHA TÉCNICA
Diretor: Joel Zito Araujo
Roteiristas:  Joel Zito Araujo & Dandara
Produtores: Lilian Santiago e Daniel Santiago
Elenco:
Maria – Bruna Borneo
Luana – Thuany Costa
Suely – Samira Carvalho
Zulu- Abayoni Oliveira
Professora Janine – Maria
Professor de Matemática- Brukassa Katengueli
Pai da Luana – Airton Graça
Mãe da Maria – Annete Moreira
Claudinha – Ana Paula Mendonça
Pai da Maria – Marcio Julião
Diretora da Escola – Neusa Santos.
Gênero:  ficcional educativo
Duração: 26h45min
Ano: 2008
Classificação:  livre
ASSINALE COM “X” AO PÚBLICO QUE MAIS SE DESTINA NO ENSINO
MÉDIO:

1º ANO X 2º ANO 3º ANO

1
UNIVERSIDADE METROPOLITANA DE SANTOS
ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

AGORA A PARTIR DO FILME VISTA MINHA PELE ELABORE UMA AÇÃO PEDAGÓGICA
CONSIDERANDO A BASE NACIONAL CURRICULAR COMUM:

Tema do Projeto: Combater o racismo

Utilizar a contagem oral e


relacionar número-quantidade.
Justificativa do Projeto
Acredita-se que a maneira como o
professor aborda a matéria é o
ingrediente vital para o
desenvolvimento de um
aprendizado sadio e significativo,
através desta aula os alunos
podem atribuir conhecimentos,
resgatando brincadeiras e
conhecendo a cultura brasileira.

Desenvolver um trabalho
interdisciplinar de maneira
prazerosa, regatando
Objetivo Geral
culturalmente alguns brinquedos e
brincadeiras esquecidas,
enriquecendo a aprendizagem.

 Conhecer a diversidade
existente em sala e na
comunidade, valorizá-las e
respeitá-las;
Objetivos específicos
 Recusar a discriminação
baseada nas diferenças
físicas e de cor, raça,
religião;
 Descrever a própria
imagem, percebendo
características físicas como
a cor do cabelo, da pele,
altura, peso;
 Melhorar a auto-estima

2
UNIVERSIDADE METROPOLITANA DE SANTOS
ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

através do apreço por suas


qualidades.

3
UNIVERSIDADE METROPOLITANA DE SANTOS
ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

Com base na BNCC a Linguagens x


Licenciatura que está Matemática x
cursando pertence a qual Ciências da Natureza
área do conhecimento? Ciências Humanas x
Ensino Religioso
Marque com “X”:

DE ACORDO COM A BNCC Responder: Até 10 HORAS

IDENTIFIQUE 2
1º ano ensino Médio
COMPETÊNCIAS
ESPECÍFICAS ADEQUADAS A aula será realizada
PARA A AÇÃO através de linguagem
escrita, oral e cantada
PEDAGÓGICA QUE VOCÊ
com produção de
ELABORA SOBRE O FILME.
desenhos, interpretação
(ENSINO MÉDIO), ESCOLHA de desenhos e texto e
UM ANO. musica com violão.
Necessitamos buscar
conviver com essas
diferenças nos
respeitando e respeitando
aos outros. Imagine se
fossemos todos iguais.

A BNCC DISPONIBILIZA AS Responder: Até 10 HORAS


PRINCIPAIS HABILIDADES.
(EF09HI36) Identificar e
PARA O SEU PROJETO discutir as diversidades
QUAIS SÃO AS identitários e seus
HABILIDADES significados históricos no
SOLICITADAS? início do século XXI
combatendo qualquer
forma de preconceito e
violência.

DIANTE DO SEU Resposta: Até 10 HORAS

COMPONENTE Leitura e interpretação de


CURRICULAR, QUAIS textos; Música com violão
SERÃO OS OBJETOS DO
CONHECIMENTO
EXPLORADOS?

4
UNIVERSIDADE METROPOLITANA DE SANTOS
ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

QUANTO TEMPO LEVARÁ Responder: Até 10 HORAS

ESSE PROJETO? 2 aulas 50 minutos cada


(DURAÇÃO)

Referência:

BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR – ENSINO MÉDIO

Disponível:
http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/historico/BNCC_EnsinoMedio_e
mbaixa_site_110518.pdf. Acesso: 04 mai 2020.

.ATIVIDADE II – até 10 horas.

Elabore uma breve dissertação sobre a proposição a seguir: Valerá até 10


horas.
Como se organiza a educação nacional e de que forma a LDB determina
critérios ao PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO e quais são suas metas?
Dito isso a ESCOLA deve elaborar alguns documentos mínimos necessários
para sua atuação. Quais são esses documentos?

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) é a principal


legislação educacional brasileira, considerada a Carta Magna da Educação.
Ela organiza e regulamenta a estrutura e o funcionamento do sistema
educacional – público e privado – em todo o país com base nos princípios e
direitos presentes na Constituição Federal. Sua legislação é de competência
exclusiva da União (Art. 22 da Constituição Federal), ou seja, Estados, Distrito
Federal e Municípios não têm direito a legislar sobre o assunto.
A primeira LDB foi criada em 1961, tendo sido reformulada em 1971 e
1996. Apesar da versão de 1996 ainda estar em vigor (lei n° 9.394/1996), esta
já sofreu diversas alterações ao longo dos anos, sendo que sua última
modificação data de 2017.

5
UNIVERSIDADE METROPOLITANA DE SANTOS
ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

Assim como a Constituição, a LDB também define os princípios, fins,


direitos e deveres referentes à educação nacional. Porém, além disso, ela
estabelece e aprofunda outros pontos relacionados ao sistema educacional,
como:

 Organização da Educação Nacional: determina quais são as


responsabilidades e obrigações de cada esfera administrativa (União,
Estado, Distrito Federal e Município), das instituições de ensino e dos
professores e a composição dos diferentes sistemas de ensino (federal,
estadual – inclui o Distrito Federal – e municipal);
 Níveis e modalidades de educação e ensino: delibera sobre as
finalidades e o modo de organização dos níveis e modalidades da
educação. Os níveis são divididos em educação básica (composta por
educação infantil, ensino fundamental e ensino médio – que pode ser
profissionalizante ou não) e ensino superior. Já as modalidades incluem
educação de jovens e adultos – conhecido popularmente como supletivo –,
educação especial, educação profissional e tecnológica, educação a
distância e educação indígena;
 Profissionais da educação: indica os títulos e experiências
necessárias aos profissionais da educação e estabelece as obrigações dos
órgãos administrativos em vista da valorização deles.
O Plano Nacional de Educação para o decênio 2014/2024, instituído
pela Lei nº 13.005/2014 definiu 10 diretrizes que devem guiar a educação
brasileira neste período e estabeleceu 20 metas a serem cumpridas na
vigência.  Essa mesma lei reitera o princípio de cooperação federativa da
política educacional, já presente na Constituição Federal e na Lei de Diretrizes
e Bases da Educação Nacional, ao estabelecer que “a União, os Estados, o
Distrito Federal e os Municípios atuarão em regime de colaboração, visando ao
alcance das metas e à implementação das estratégias objeto deste Plano” e
que “caberá aos gestores federais, estaduais, municipais e do Distrito Federal.
Suas metas são:
1. Ampliar, até 2020, a oferta de educação infantil de forma a
atender 50% da população de até 3 anos.

6
UNIVERSIDADE METROPOLITANA DE SANTOS
ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

2. Universalizar o ensino fundamental de nove anos para toda


população de 6 a 14 anos.
3. Universalizar, até 2016, o atendimento escolar para toda a
população de 15 a 17 anos
4. Universalizar, para a população de 4 a 17 anos, o atendimento
escolar aos estudantes com deficiência, transtornos globais do
desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação na rede
regular de ensino.
5. Alfabetizar todas as crianças.
6. Oferecer educação em tempo integral em 50% das escolas
públicas de educação básica.
7. Atingir as seguintes médias nacionais para o IDEB (Índice de
Desenvolvimento da Educação Básica).
8. Elevar a escolaridade média da população de 18 a 24 anos de
modo a alcançar mínimo de 12 anos de estudo para as opulações
do campo, da região de menor escolaridade no país e dos 25%
mais pobres.
9. Elevar a taxa de alfabetização até 2020, o analfabetismo absoluto
e reduzir em 50% a taxa de analfabetismo funcional.
10. Oferecer, no mínimo, 25% das matrículas de educação de jovens
e adultos na forma integrada à educação profissional nos anos
finais do ensino fundamental e no ensino médio.
11. Duplicar as matrículas da educação profissional técnica de nível
médio, assegurando a qualidade da oferta.
12. Elevar a taxa bruta de matrícula na educação superior para 50% e
a taxa líquida para 33% da população de 18 a 24 anos,
assegurando a qualidade da oferta.
13. Elevar a qualidade da educação superior pela ampliação da
atuação de mestres e doutores nas instituições de educação
superior.
14. Elevar gradualmente o número de matrículas na pós-graduação.
15. Garantir, em regime de colaboração entre a União, os Estados, o
Distrito Federal e os Municípios, que todos os professores da
educação básica possuas formação específica de nível superior.
16. Formar 50% dos professores da educação básica em nível de
pós-graduação lato e stricto sensu.
17. Valorizar o magistério público da educação básica a fim de
aproximar o rendimento médio do profissional do magistério com
mais de onze anos de escolaridade do rendimento médio dos
demais profissionais com escolaridade equivalente.
18. Assegurar, no prazo de dois anos, a existência de planos de
carreira para os profissionais do magistério em todos os sistemas
de ensino.
19. Garantir, mediante lei específica aprovada no âmbito dos
Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, a nomeação
comissionada de diretores de escola vinculada a critérios técnicos
de mérito e desempenho e à participação da comunidade escolar.

7
UNIVERSIDADE METROPOLITANA DE SANTOS
ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

20. Ampliar progressivamente o investimento público em educação


até atingir, no mínimo, o patamar de 7% do produto interno bruto
do país.
A documentação escolar abrange todos os documentos que dão valor
legal à escola, aos (às) funcionários (as) e, principalmente, aos (as) alunos
(as). A Proposta Curricular, o Projeto Político Pedagógico, o Regimento Escolar
e o Relatório Final são alguns dos documentos de grande importância e que
dão “vida” ao estabelecimento de ensino e que, ao longo do percurso escolar
dão visibilidade do efetivo trabalho pedagógico em exercício por todos os
sujeitos que fazem parte do cenário escolar, que representados por seus
pedagogos (as), professores (as), diretores (as), Conselho Escolar.

.ATIVIDADE III – até 50 horas.

Freire deixou um grande legado para a humanidade. Ele é o brasileiro com


mais títulos de Doutor Honoris Causa de diversas universidades. Ao todo são
41 instituições, entre elas, Harvard, Cambridge e Oxford.
Dentre os livros mais conhecidos estão a Educação como Prática da Liberdade
e a Pedagogia do Oprimido, de Paulo Freire que morreu em 2 de maio de
1997, em São Paulo, vítima de um infarto agudo do miocárdio.
Elabore um breve relato sobre qual é a importância da obra de Paulo Freire e o
que o tornou o terceiro autor mais citados em trabalhos acadêmicos no mundo?
Essa atividade vale 50 horas

Disponível: https://www.paulofreire.org/. Acesso: 04 mai. 2020.

Paulo Freire defendia que a desigualdade entre as classes sociais


acarretava na opressão das classes mais abastadas sobre as classes
populares. Nascido em uma das regiões mais pobres do país, ele
experimentara essa realidade.
Em sua trajetória, defendeu o ensino como forma de despertar a
criticidade do aluno, fazendo com que o mesmo buscasse a ampliação de sua
consciência social e conseguisse atingir à autonomia
Ainda hoje, Paulo Freire é um ícone da educação brasileira, sendo um
dos nomes mais respeitáveis para o embasamento teórico de pesquisas

8
UNIVERSIDADE METROPOLITANA DE SANTOS
ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

relacionadas à alfabetização. Seja ele amado, incompreendido ou rejeitado,


isso não muda o fato de que as obras de Freire falam por si e se tornaram um
legado importante para o desenvolvimento da visão educacional moderna.
A constatação de sua influência em pesquisas internacionais vem em
um momento em que o Brasil, país de origem do pedagogo, vive um extenso
debate sobre o que deve ser ensinado às crianças do país e como, com o
processo de  construção da Base Nacional Comum - um currículo unificado
prevendo os conhecimentos essenciais que todos os estudantes, da creche ao
ensino médio, devem ter acesso.
Esse pedagogo brasileiro, consagrado em todo o mundo, contribuiu
praticando e teorizando a educação popular. Se em práticas educacionais
envolvendo alfabetização em níveis de escolaridades. Adequados,
metodologias tradicionais de ensino não despertam interesse do educando, no
EJA estas ações são um convite a evasão escolar.
Para realização de seu trabalho, o educador deveria saber ouvir o
educando em suas experiências e através delas elaborar seu roteiro de ação,
apresentando materiais que apresentassem sentido para a vida dos
alfabetizando, proporcionando a eles ricos momentos de reflexão, durante os
círculos de cultura nomenclatura utilizados por Freire para apresentar essa fase
do método.

.ATIVIDADE IV – até 50 horas.

Os capítulos Educação e democracia e A cartilha neoliberal do livro:


Organização da Legislação da Educação apresentam elementos importantes
que nos levam para a reflexão e compreensão da educação brasileira na
atualidade.
Elabore uma análise crítica, a partir dos capítulos mencionados.
Essa atividade valerá 50 horas

HEIN, Ana Catarina Angeloni (org.). Organização da Legislação da


Educação. 2ª ed. São Paulo, PEARSON, 2019.
(Biblioteca PEARSON disponível em nosso sistema)

A democracia nasce na política ateniense, que concebia a polis como


uma unidade social e política organizada (território que abrangia áreas urbanas

9
UNIVERSIDADE METROPOLITANA DE SANTOS
ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

e rurais), em que a população se dividia em três classes distintas: escravos


(base da pirâmide representativa das classes sociais e maior parcela
populacional), os estrangeiros residentes (metecos) e cidadãos.
A democracia é realizada pelo próprio povo (FREIRE, 1989). Uma ação
e conquista coletiva e conjunta, fruto do respeito, do diálogo, do poder de
tomada de decisão por todos que compartilham da jornada da humanização do
ser humano (biológico), como resultado da sua vocação para ser homem (ser
social).
Por intermédio da democratização do conjunto das relações e práticas
sociais podemos contribuir para a construção da democracia social, ou seja, de
uma democracia que ultrapasse a esfera do Estado e se instale no coração da
vida social cotidiana.
A democratização das práticas sociais envolve, necessariamente,
transformações no campo da ação pedagógica. A revalorização das relações
interpessoais de solidariedade e de cooperação, o reconhecimento do caráter
coletivo dos processos de construção dos conhecimentos, da identidade e do
desenvolvimento da autonomia intelectual e social.
Ação democratizante no interior da escola ocorre pela transformação
das práticas sociais reais que se desenvolvem no seu interior, tendo em vista a
necessidade de se ampliar os espaços de participação, os debates
respeitando-se as diferenças e criando condições para uma participação
autônoma.
A nova economia global trouxe mudanças de largo alcance para a
educação. Diferenças no sistema de educação pública, entre o antigo
capitalismo e o neoliberalismo, são identificadas. No antigo capitalismo, o
sistema educacional focalizava a formação de sujeitos disciplinados, com força
de trabalho qualificado e de confiança. Hoje, na nova ordem econômica
neoliberal, o sistema educacional focaliza trabalhadores com capacidade de
resposta, com rápida capacidade de aprendizagem, que saibam trabalhar em
equipe, que sejam competitivos, criativos e, pela abundância de mão de obra,
os indivíduos ficam sem condições de reivindicar melhores remunerações e
condições de trabalho

10
UNIVERSIDADE METROPOLITANA DE SANTOS
ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

As instituições escolares que adotam esses sistemas passam valores


cultivados pela lógica neoliberal, como a meritocracia (crença de que o sucesso
é resultado único e exclusivo do esforço pessoal) e a importância do
empreendedorismo para as crianças na escola.
Como efeito, o governo, em resposta às influencias neoliberais, equipa-
se para avaliar o desempenho da educação com instrumentos de avaliação dos
produtos, como se fosse possível pensar a educação sob essa equação
mercadológica.

11