Você está na página 1de 6

Questões de provas da ABIN

Quanto à salvaguarda de dados, informações, documentos e materiais sigilosos de interesse


da segurança da sociedade e do Estado, no âmbito da administração pública federal, julgue os
próximos itens.

1) Os dados ou informações sigilosos serão classificados em ultra-secretos, secretos,


confidenciais e reservados, em razão de critérios de conveniência e oportunidade fixados pelas
autoridades competentes.
( ) Certo ( ) Errado

2) Podem atribuir grau de sigilo aos dados ou informações sigilosas, na classificação de


secreto, as autoridades que exerçam funções de direção, comando, chefia ou assessoramento,
de acordo com regulamentação específica de cada órgão ou entidade da administração pública
federal.
( ) Certo ( ) Errado

3) Dados ou informações classificados no grau de sigilo ultrasecreto poderão ser


reclassificados ou desclassificados a qualquer tempo, por decisão de qualquer autoridade da
ABIN.
( ) Certo ( ) Errado

4) A execução da Política Nacional de Inteligência é fixada pela ABIN, sob a supervisão da


Câmara de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Conselho de Governo.
( ) Certo ( ) Errado

5) Os atos da ABIN cuja publicidade possa comprometer o êxito de suas atividades sigilosas
devem ser publicados em extrato.
( ) Certo ( ) Errado

6) O controle e a fiscalização externos da atividade de inteligência são exercidos pelo


presidente da República.
( ) Certo ( ) Errado

7) As atividades de inteligência devem ser desenvolvidas, no que se refere aos limites de sua
extensão e ao uso de técnicas e meios sigilosos, independentemente da observância dos
direitos e das garantias individuais e para fins de assessoramento ao presidente da República.
( ) Certo ( ) Errado

8) Considera-se inteligência a atividade de obtenção e análise de dados e informações e de


produção e difusão de conhecimentos, dentro e fora do território nacional, relativos a fatos e
situações de imediata ou potencial influência sobre o processo decisório, a ação
governamental, a salvaguarda e a segurança da sociedade e do Estado.
( ) Certo ( ) Errado

9) O Sistema Brasileiro de Inteligência funciona mediante articulação coordenada dos órgãos


que o constituem, os quais não são dotados de autonomia funcional.
( ) Certo ( ) Errado

10) Ao Departamento de Inteligência Estratégica compete obter informações e exercer ações


de salvaguarda de assuntos sensíveis e de interesse do Estado e da sociedade, bem como das
áreas e dos meios que os retenham ou em que transitem.
( ) Certo ( ) Errado

Com base na legislação acerca da situação jurídica do estrangeiro no Brasil, julgue os itens
que seguem.

11) A concessão do visto, a sua prorrogação ou transformação dependem do cumprimento dos


requisitos previstos em lei, independentemente dos interesses nacionais.
( ) Certo ( ) Errado

12) O visto é individual e a sua concessão poderá estender-se aos dependentes legais do
estrangeiro requerente.
( ) Certo ( ) Errado
Questões de provas da ABIN

13) O visto de trânsito poderá ser concedido ao estrangeiro que, para atingir o país de destino,
tenha de entrar em território nacional, mas não será exigido ao estrangeiro em viagem contínua
que só se interrompa para as escalas obrigatórias do meio de transporte utilizado.
( ) Certo ( ) Errado

14) Ao estrangeiro que tenha entrado no Brasil na condição de turista, temporário ou asilado, e
aos titulares de visto de cortesia, oficial ou diplomático, poderá ser concedida a prorrogação do
prazo de estada no Brasil.
( ) Certo ( ) Errado

Com base na medida provisória que regulamenta o acesso ao patrimônio genético, julgue os
próximos itens.

15) Considera-se bioprospecção a atividade exploratória por meio da qual se visa identificar
componente do patrimônio genético e informação sobre conhecimento tradicional associado,
com potencial de uso comercial.
( ) Certo ( ) Errado
ATENÇÃO: Esta questão foi anulada pela banca que organizou o concurso.

16) Em caso de relevante interesse público, assim caracterizado pelo Conselho de Gestão, o
ingresso em área pública ou privada, para acesso a amostra de componente do patrimônio
genético, depende da anuência prévia dos seus titulares.
( ) Certo ( ) Errado
ATENÇÃO: Esta questão foi anulada pela banca que organizou o concurso.

Acerca da política nacional de arquivos públicos e privados, julgue os itens a seguir.

17) Os conjuntos de documentos de valor histórico, probatório e informativo, que são


considerados permanentes, devem ser preservados pelo prazo de cinqüenta anos, após o qual
podem ser alienados, por meio de leilão público.
( ) Certo ( ) Errado

18) O direito de acesso pleno aos documentos públicos é assegurado em lei.


( ) Certo ( ) Errado

19) O vice-presidente da República não tem competência para classificar documentos no grau
de sigilo ultra-secreto.
( ) Certo ( ) Errado

20) Dados ou informações classificados no grau de sigilo ultra-secreto somente poderão ser
reclassificados ou desclassificados mediante decisão da autoridade responsável pela sua
classificação.
( ) Certo ( ) Errado

21) A fim de se salvaguardarem a soberania e a integridade territorial nacionais, não são


publicados os atos classificados como sigilosos nem seus números, datas de expedição e
ementas.
( ) Certo ( ) Errado

22) Compete à ABIN, por intermédio do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento para a


Segurança das Comunicações, apoiar a Secretaria-Executiva do Conselho de Defesa Nacional
no tocante a atividades de caráter científico e tecnológico relacionadas à segurança da
informação.
( ) Certo ( ) Errado

23) O SBI, em suas ações, deve cumprir e preservar os direitos e garantias individuais e
demais dispositivos da CF e das leis ordinárias, mas não os derivados de tratados,
convenções, acordos e ajustes internacionais, tendo em vista que o SBI tem como fundamento
a preservação da soberania nacional.
( ) Certo ( ) Errado
Questões de provas da ABIN
24) As unidades da Federação podem compor o SBI, mediante ajustes específicos e
convênios, ouvido o competente órgão de controle externo da atividade de inteligência.
( ) Certo ( ) Errado

25) À ABIN compete planejar e executar ações, inclusive sigilosas, relativas à obtenção e
análise de dados para a produção de conhecimentos destinados a assessorar o presidente da
República e, em face da natureza sigilosa das ações, a ABIN pode decretar a interceptação
das comunicações telefônicas de suspeitos.
( ) Certo ( ) Errado

26) Consideram-se conhecimentos sensíveis, cujo planejamento e execução compete à ABIN,


aqueles relacionados a dados ilícitos e sigilosos, para fins de assessoramento ao presidente da
República.
( ) Certo ( ) Errado

27) O DISBI terá por atribuição coordenar a articulação do fluxo de dados e informações
oportunas e de interesse da atividade de inteligência do Estado, com a finalidade de subsidiar o
presidente da República em seu processo decisório.
( ) Certo ( ) Errado
ATENÇÃO: Esta questão foi anulada pela banca que organizou o concurso.

28) Entende-se por contra-inteligência a atividade do DISBI destinada a inutilizar informações


sigilosas que foram obtidas com a finalidade de subsidiar o presidente da República em seu
processo decisório e que não são mais necessárias.
( ) Certo ( ) Errado
ATENÇÃO: Esta questão foi anulada pela banca que organizou o concurso.

Acerca da política nacional de arquivos públicos e privados, julgue os itens a seguir.

29) Poderá o Poder Judiciário, em qualquer instância, determinar a exibição reservada de


qualquer documento sigiloso, sempre que indispensável à defesa de direito próprio ou ao
esclarecimento de situação pessoal da parte.
( ) Certo ( ) Errado

30) O acesso aos documentos públicos classificados no mais alto grau de sigilo poderá ser
restringido pelo prazo e prorrogação determinados em lei. Vencido esse prazo e intimados os
interessados, tais documentos serão destruídos.
( ) Certo ( ) Errado

31) A ABIN não tem competência para apoiar as atividades da Secretaria-Executiva do


Conselho de Defesa Nacional.
( ) Certo ( ) Errado

SIMULADO LEI Nº 8.159/91 - Dispõe sobre a política nacional de arquivos públicos


e privados e dá outras providências

Gabarito no Domingo a noite

1. São considerados arquivos os conjuntos de documentos produzidos e recebidos


por órgãos públicos, instituições de caráter público e entidades privadas, em
decorrência do exercício de atividades específicas, bem como por pessoa física,
qualquer que seja o suporte da informação ou a natureza dos documentos

2. Considera-se gestão de documentos o conjunto de procedimentos e operações


técnicas à sua produção, tramitação, uso, avaliação e arquivamento em apenas em
fase corrente

3. São considerados arquivos públicos apenas os conjuntos de documentos


produzidos, no exercício de suas atividades, por órgãos públicos de âmbito federal,
estadual, do Distrito Federal e municipal em decorrência de suas funções
administrativas, legislativas e judiciárias ou por instituições de caráter público.
Questões de provas da ABIN

4. São considerados arquivos públicos, os conjuntos de documentos produzidos e


recebidos, por entidades privadas encarregadas da gestão de serviços públicos no
exercício de suas atividades.

5. Os documentos públicos são identificados como correntes, habituais e


permanentes.

6. A eliminação de documentos produzidos por instituições públicas e de caráter


público será realizada somente mediante autorização do órgão ou entidade que
produziu os documentos.

7. Os documentos de valor permanente são inalienáveis e imprescritíveis.

8. Arquivos privados são os conjuntos de documentos recebidos por pessoas físicas


ou jurídicas, em decorrência de suas atividades.

9. Os arquivos privados podem ser identificados pelo Poder Público como de


interesse público e social, desde que sejam considerados como conjuntos de fontes
relevantes para a história e desenvolvimento científico nacional

10. Os arquivos privados identificados como de interesse público e social, ao


contrário dos arquivos públicos poderão ser alienados com dispersão ou perda da
unidade documental.

11. Os arquivos privados identificados como de interesse público e social podem ser
transferidos para o exterior apenas em caso de falta de local apropriado para o
armazenamento dos arquivos

12. Os registros civis de arquivos de entidades religiosas produzidos apenas


anteriormente à vigência do Código Civil ficam identificados como de interesse
público e social.

13. O Poder Público exercerá preferência na aquisição arquivos privados


identificados como de interesse público e social

14. A administração da documentação pública ou de caráter público compete às


instituições arquivísticas federais, estaduais, do Distrito Federal e municipais.

15. Os arquivos do Ministério da Marinha, do Ministério das Relações Exteriores, do


Ministério do Exército e do Ministério da Aeronáutica, fazem parte Arquivo Nacional
do Poder Executivo

16. Compete ao Arquivo Nacional a gestão e o recolhimento dos documentos


produzidos e recebidos pelo Poder Executivo Federal, Estadual, do DF e dos
Municípios, bem como preservar e facultar o acesso aos documentos sob sua
guarda, e acompanhar e implementar a política nacional de arquivos

17. Embora seja competência do Arquivo Nacional a gestão e o recolhimento dos


documentos produzidos e recebidos pelo Poder Executivo Federal, Estadual, do DF e
dos Municípios é vedada ao arquivo nacional a criação de unidades regionais

18. Os documentos cuja divulgação ponha em risco a segurança da sociedade e do


Estado, bem como aqueles necessários ao resguardo da inviolabilidade da
intimidade, da vida privada, da honra e da imagem das pessoas são
originariamente sigilosos

19. O acesso aos documentos sigilosos referente à honra e à imagem das pessoas
será restrito por um prazo máximo de 100 anos, a contar da sua data de produção.
Questões de provas da ABIN

20. Apenas o STF é competente para determinar a exibição reservada de qualquer


documento sigiloso, sempre que indispensável à defesa de direito próprio ou
esclarecimento de situação pessoal da parte.

21. O funcionário público que agindo com dolo ou culpa, desfigurar ou destruir,
documentos de valor permanente ou considerado como de interesse público e social
responderá apenas administrativamente e penalmente.

1. CERTO

2. ERRADO - Considera-se gestão de documentos o conjunto de procedimentos e operações


técnicas à sua produção, tramitação, uso, avaliação e arquivamento em fase corrente e
intermediária, visando a sua eliminação ou recolhimento para guarda permanente.

3. ERRADO - arquivos públicos são os conjuntos de documentos produzidos e recebidos

4. CERTO

5. ERRADO - Art. 8º Os documentos públicos são identificados como correntes, intermediários


e permanentes.

6. ERRADO – A eliminação de documentos produzidos por instituições públicas e de caráter


público será realizada mediante autorização da instituição arquivística pública, na sua
específica esfera de competência.

7. CERTO

8. CERTO / ERRADO ( Esqueci de colocar um "apenas" na questão por isso ela ficou
incompleta - O correto seria: São Arquivos privados os conjuntos de documentos produzidos ou
recebidos por pessoas físicas ou jurídicas, em decorrência de suas atividades )

9. CERTO

10. ERRADO – Os arquivos privados identificados como de interesse público e social não
poderão ser alienados com dispersão ou perda da unidade documental, nem transferidos para
o exterior

11. ERRADO – Os arquivos privados identificados como de interesse público e social não
poderão ser alienados com dispersão ou perda da unidade documental, nem transferidos para
o exterior

12. CERTO

13. CERTO

14. CERTO

15. CERTO

16. ERRADO - Compete ao Arquivo Nacional a gestão e o recolhimento dos documentos


produzidos e recebidos pelo Poder Executivo Federal, bem como preservar e facultar o acesso
aos documentos sob sua guarda, e acompanhar e implementar a política nacional de arquivos

17. ERRADO - O Arquivo Nacional poderá criar unidades regionais

18. CERTO

19. CERTO
Questões de provas da ABIN
20. ERRADO - Poderá o Poder Judiciário, em qualquer instância, determinar a exibição
reservada de qualquer documento sigiloso, sempre que indispensável à defesa de direito
próprio ou esclarecimento de situação pessoal da parte.

21. ERRADO - Ficará sujeito à responsabilidade penal, civil e administrativa, na forma da


legislação em vigor, aquele que desfigurar ou destruir documentos de valor permanente ou
considerado como de interesse público e social