Você está na página 1de 2

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Centro de Tecnologia e Ciências


Faculdade de Engenharia
Programa de Pós-Graduação em Engenharia Eletrônica

Arquiteturas de Alto Desempenho


Profa. Luiza de Macedo Mourelle

Exercício

Dedução da Equação para o Novo Tempo de


Execução

Aluno: Ricardo Bruno Félix nunes


E-mail: ricardobfn@gmail.com

05/2019
Dedução da Equação para o Novo Tempo de Execução (Lei de
Amdahl)

O ganho de desempenho pode ser obtido com a melhoria de alguma parte de um


computador e isso poderá ser calculado usando a lei de Amdahl.
Essa lei estabelece que a melhoria de desempenho a ser conseguida com o uso de algum
modo de execução mais rápido é limitada pela fração de tempo que o modo mais rápido pode ser
usado. Ela define o ganho de velocidade, que pode ser obtido usando-se um recurso. Para isso, é
preciso fazer uma melhoria em um computador que aumentará seu desempenho quando ele for
usado.

Ganho de velocidade = Desempenho para a tarefa inteira usando a melhoria quando possível
Desempenho para a tarefa inteira sem usar a melhoria

O ganho de velocidade nos diz quão mais rápido uma tarefa rodará usando o computador
com a melhoria em vez do computador original.
A lei de Amdahl dá um modo rápido de obter o ganho de velocidade a partir de alguma
melhoria, o que depende de dois fatores:

1. A fração do tempo de computação no computador original que pode ser convertida para
tirar proveito da melhoria. Esse valor, recebe o nome de (Fração melhorada), será sempre
menor ou igual a 1.
Exemplo: 20 segundos do tempo de execução de um programa que leva 60 segundos no total
usando uma melhoria, a fração será 20/60.

2. A melhoria obtida pelo modo de execução melhorado, ou seja, quão mais rápido a tarefa
seria executada se o modo melhorado fosse usado para o programa inteiro. Esse valor é o tempo
do modo original sobre o tempo do modo melhorado. Este valor rebe o nome de (Ganho de
velocidade melhorada).
Exemplo: Se o modo melhorado levar 2 segundos para uma parte do programa, enquanto
é de 5 segundos no modo original, a melhoria será de 5/2.

O tempo de execução usando o computador original com o modo melhorado será o tempo
gasto usando a parte não melhorada do computador mais o tempo gasto usando
a melhoria:

Tempodeexecução NOVO =Tempodeexecução ANTIGO X[(1- fração MELHORADO ) +( FraçãoMELHORADO )]


GanhodeVelocidade MELHORADO

BIBLIOGRAFIA:

PATTERSON, David A.; HENNESSY, John L. Computer Organization and Design – The
hardware/software interface. 5nd ed. San Francisco: Morgan Kaufmann, 2014.