Você está na página 1de 42

SUTRA DA ILUMINAÇÃO

DE MIROKU

Ouçam atenta e lucidamente!


Nos tempos que hão de vir, um homem
de inigualável virtude, que alcançou a
gloriosa e suprema meditação, certamen­
te surgirá na face da Terra.
Quando ele esclarecer o maravilhoso en­
sinamento, todos se sentirão saciados
como se, sedentos, tivessem bebido do
mais delicioso néctar da longa vida. Ra­
pidamente, alcançarão o caminho da li­
bertação.

-1-
SUTRA

DO SÁBIO E DO NÉSCIO

Décimo-segundo Pergaminho

Capítulo L: HABARI

Nessa época o rei de Harana chamava­


se Haramadatsu. Do ministro que lhe
servia nasceu um filho, maravilho sa
criança, com a pele ouro-purpúrea, do­
tado de todas as trinta e duas marcas
além de outras boas qualidades. Quan­
to mais o ministro olhava seu filho, tan­
to mais se encantava. Assim, convocou
um vidente para que o examinasse. Ao
vê-lo atentamente, o vidente exclamou:
"Que raridade! Suas feições estão reple­
tas de ótimos sinais. Ele é dotado de ex­
trema virtude. Será cheio de sabedoria,
um magistral orador e sobressair-se-á
dentre seus semelhantes". Ao ouvir, o
ministro encantou-se mais ainda e dese­
jou atribuir-lhe o nome mais adequado.
Perguntou-lhe o vidente: "Aconteceu al­
go diferente a partir do momento em que

-2-
essa criança nasceu?" O ministro res­
pondeu: "Venho questionando constan- ·
temente sobre fatos estranhos. Sua mãe
não era, por natureza, mulher benevolen­
te; no entanto, desde que este bebê foi
concebido, tornou-se compassiva com os
que sofrem e passou a cuidar de todas
as pessoas do mesmo modo, com since­
ra bondade."
O vidente alegrou-se com o que ouvira
e acrescentou: "Este fato deve ser con­
sequência do excelente sentimento da
criança; portanto, deve dar-lhe um nome
que traduza isso."
E, assim, o menino recebeu o nome de
Miroku. Seus pais sentiram ilimitada ale­
gria e a fama da criança espalhou-se por
todo o país.
O rei, ao ouvir sobre o fato, sentiu-se
apreensivo. Havia um tio desse menino
que se chamava Habári e vivia no reino
de Harifuttara, onde era conselheiro do
rei. Era homem de conhecimento, de in­
teligência, de talento e sabedoria; qui­
nhentos discípulos seguiam-no constan­
temente, perguntando e aprendendo com

-3-
ele. Como o ministro nutria imenso amor
e compaixão por esse menino, temeu
que algum mal viesse a lhe ocorrer. En­
tão, secretamente, providenciou para que
o menino fosse levado sobre o dorso de
um elefante a seu tio Habári. Quando o
tio viu Miroku, olhou-o fixamente e per­
cebeu seu excelente aspecto. Educou-o
com muito zelo, amor e afeto, ocultando
o grande respeito por ele.
Quando Miroku cresceu, ficou tão pers­
picaz que, em um dia, era capaz de as­
similar o que os outros levariam um ano
inteiro, além de superá-los em conheci­
mento.
Em menos de um ano de estudo, tornou­
se versado em todos os escritos sagra­
dos.
Um dia, ao ouvir louvores sobre as virtu­
des de Buda, Habári pensou: "O Buda
deve, com certeza, estar presente na
Terra. De acordo com as anotações nos
escritos sagrados os quais possuo,
quando nasce um homem sábio, o brilho
vermelho de estrelas cadentes risca o fir­
mamento, e céus e terras estremecem

-4-
intensamente. Estes fenômenos estão se
verificando agora, tais qual escrito." Por­
tanto, Habári instruiu seus dezesseis dis­
cípulos, incluindo Miroku para que fos­
sem visitar Gautama Buda.
Assim, Miroku e os demais discípulos,
sentindo profundo respeito pelo Buda,
empreenderam viagem e, quando chega­
ram ao local onde vivia o Buda, inclina­
ram-se aos seus pés, recuaram respei­
tosamente e sentaram-se num dos lados.
Buda pôs-se, então, a explicar-lhes o en­
sinamento. Com isso, alcançaram a pu­
ra visão do ensinamento.
Cada um se levantou e desejou que Bu­
da o aceitasse como monge. Buda dis­
se: "Sejam bem-vindos!" Nesse exato
momento, os seus cabelos e barbas caí­
ram, e seus corpos imediatamente foram
cobertos por uma batina, tornando-se,
assim, discípulos. Buda, reiterando o uso
de suas habilidades, continuou a expli­
car-lhes o ensinamento e quinze deles
tornaram-se dignos de oferenda e culto.
Assim que Bud a renu ncio u à vida
. comum ' sua mãe adotiva Makahajahadai

-5-
fiou e teceu, com as próprias mãos, uma
túnica dourada, com zelo e de todo co..
ração, esperando ansiosamente pelo fi-­
lho. Quando finalmente ela o encontrou
,
a alegria aflorou do fundo de seu cora ..
ção e, respeitosamente, ofertou-lhe a tú­
nica. Buda disse: "Pegue a túnica e ofe­
reça-a à comunidade dos monges." Ela
compreendeu o que ele quis dizer e, di­
rigindo-se aos monges, um a um, ofere­
ceu a túnica. No entanto, nenhum deles
quis aceitá-la. Dirigindo-se a Miroku, ofe­
receu-lhe e fê-lo aceitá-la.
_ Posteriormente, o Universalmente Hon­
rado viajou com a comunidade dos mon­
ges para Harana, a fim de conduzir e
orientar o povo. Nessa hora, Miroku ves­
tia a túnica dourada. Seu modo sereno
e sua figura ouro-purpúrea estavam em
perfeita harmonia. Com refinada dignida­
de ele entrou na cidade de Harana pa­
ra pedir esmolas-.
Chegando à via principal, permaneceu
de pé, com a tigela nas mãos. A multi-
dão aglomerava-se ao seu redor, olhan­
do-o incasavelmente.

-6-
SU TRA

DE COMO DESPERTOU O SENTIMENTO

NO HONORÁVEL MIROKU

PARA ALCANÇAR A ILUMINAÇÃO

Em certa ocasião, o Bosatsu Yugue,


Grande Ser, perguntou ao Universalmen­
te Honrado: "Ó Universalmente Honra­
do, por que Bosatsu Miroku, Grande Ser,
é chamado de Miroku? De onde ele ob­
teve este nome?" O Universalmente
Honrado respondeu ao Bosatsu Yugue,
Grande Ser: "Há incalculáveis, incontá­
veis e impensáveis ciclos cósmicos, ha­
via um Buda. Chamava-se Nyorai Pálio
Adornado de Joias, Digno de Oferenda
e Culto, Completamente Iluminado, Per­
feito em Conhecimento e Ação, Plena­
mente Liberto, Conhecedor do Mundo,
Insuperável, Condutor dos Homens, Ins­
trutor dos Seres Celestiais e dos Ho­
mens, Buda e Universalmente Honrado.
Quando nasceu Nyorai Pálio Adornado
de Joias, todos os seres celestiais do

-7-
Céu Dyogo postaram-se no espaço, s e ..
gurando um pálio feito de sete tesouros
o qual iluminou intensamente os três-ve ..
zes-mil-grandes-mil-mundos. Nessa ho..
ra, esses seres celestiais, prestando lou ..
vares, disseram: "Esta pessoa, certa­
mente, será Nyorai Pálio Adornado de
Joias."
Assim, foi-lhe atribuído o nome de Nyo­
rai Pálio Adornado de Joias.
Nessa época, um homem chamado Ken-
ni (Firme Intento), filho de um mercador
abastado, que seguira os ensinamentos
do Nyorai Pálio Adornado de Joias, tor­
nou-se monge. O monge Kenni passou
a peregrinar e a pedir esmolas como
parte de suas devoções. Havia, no mun­
do de então, oitenta e quatro mil aldeias,
oitenta e quatro mil cidades, oitenta e
quatro mil povoados, oitenta e quatro mil
províncias e oitenta e quatro mil merca­
dos. Todos adotaram os ensinamentos
do Nyorai Pálio Adornado de Joias.
Aquele monge, Kenni, peregrinou por to-
das essas aldeias, cidades, povoados,
JJ,rov{n.oias e mercados para pedir esmo-

-8-
las. Depois, pensou: "Quero inspirar
os
seres viventes a seguirem firmeme
nte os
cinco preceitos. Não ac eitarei alim
entos
enquanto não completar cem pess
oas."
Fazendo tal voto, peregrinou, pediu
es­molas por aldeias, cidades, povoados,
províncias e mercados, inspirou as pes­
soas a seguirem firmemente os cinco
preceitos e, não aceitou alimentos en­
quanto não completou as cem pessoas. O
monge Kenni, às vezes, para inspirar as
cem pessoas, levava apenas um dia;
outras vezes levava dois, três, quatro,
cinco, seis ou sete dias para inspirar cem
pes soa s a seg·uirem firmemente os cin­
co preceitos. Nessas ocasiões, ele nunca
as rejeitava, prosseguia em jéjum duran­te
dois, três, quatro, cinco, seis ou sete dias, e
não perdia jamais a paciência, devido a
suà afetuosa compaixão pelas pessoas ,
vindo a comer somente no oi­tavo dia. ó
filho de boa intenção, o mon­
ge Kenni peregrinou, dessa forma, pa­
cientemente, pelas aldeias, cidades, po-
voados, províncias e mercados durante
oitenta e quatro mil anos, inspirando as

-9-
pessoas a seguirem firmemente os cin­
co preceitos. Durante esses oitenta e
quatro mil anos, cem vezes mil trilhões
de homens, mulheres e crianças segui­
-7-
ram firmemente os cinco preceitos. ó fi­
lho de boa intenção, o monge Kenni en­
tão pensou: "Já que inspirei estas pes­
soas a seguirem firmemente os cinco
preceitos, devo conduzi-lãs ao estado de
perfeita iluminação."
Este monge dirigiu-se ao povo e, duran­
te quarenta e dois mil anos, glorificou o
Buda, o Ensinamento, a Comunidade de
monges e o Grande Veículo. Nos oiten­
ta e quatro mil anos seguintes, dentre
aqueles que constantemente seguiram
os cinco preceitos, três bilhões de pes­
soas espiritualmente preparadas, que no
passado tinham realizado por incontáveis
vezes boas ações sob a orientação de
diversos budas, despertaram para o en­
sinamento de obter a perfeita iluminaçã o.
·As�oas de aspirações humildes des­
pertarasm para o sentimento de alcançar
a iluminação, por meio dos veículos se­
creto e secundário. '{) filho de boa inten-

-10-
ção, o monge Kenni então pensou: "Ins­
pirei essas pessoas a aceitarem docil­
mente os três diferentes veículos. Para
que não se tornem negligentes e indo­
lentes, devo ensinar-lhes como entrar na
meditação."
Assim, ó filho de boa intenção, o monge
Kenni passou outros vinte e um mil anos
explicando os detalhes da meditação a
cem vezes mil trilhões de pessoas. ó fi­
lho de boa intenção, este monge Kenni,
perante cem vezes mil trilhões de pes­
soas, passou a ensinar-lhes como atin­
gir o estado meditativo de amável bon�
dade.
ó filho de boa intenção, assim, o monge
Kenni, entregue ao estado meditativo da
amávél bondade, visitou aldeias, cidades,
- povoados, províncias e mercados para
pedir esmolas.
Quando o monge Kenni adentrava o.por­
tão, todas as pessoas que já haviam re­
cebido o ensinamento entravam no es­
tado meditativo da amável bondade.
Nessas horas, vendo o poder transcen­
dente da meditação da amável bondade

-11-
do monge Kenni, todos os deuse s da
terra o elogiaram, dizendo: "Este Basa ..
tsu, Grande Ser, é em si a amável bon ..
dade, pois, assim que ele se dirige às al-­
deias, cidades, povoados, províncias e
mercados, imediatamente as pe ssoas
entram no estado meditativo da amável
bondade." Ouvindo as vozes dos deuses
da terra, seres celestiais do espaço tam­
bém o elogiaram. Os quatro Reis Ceies-
- tiais, assim como todos os seres celes­
tiais, desde o Céu dos Trinta e Três, o
Céu Tossôtsu, o Céu Keráku, o Céu Ta­
kedizai, o Céu Dyogo, ouvindo essas vo­
zes, uma após outra, começaram a exal­
tá-lo, dizendo: "Este Bosatsu, Grande
Ser, é em si a amável bondade, porque,
quando ele se dirige às aldeias, cidades,
povoados, províncias e mercados, as
pessoas entram na meditação da amá­
vel bondade." O Nyorai Pálio Adornado
de Joias encantou-se com o nome "A­
mável Bondade" e fez predições: "Du­
rante cada ciclo de nascimento e morte,
o Bosatsu Kenni será constantemente
chamado Bosatsu Miroku, Grande Ser.

-12-
Quando ele alcançar a suprema, perfei­
ta e insuperável iluminação, será tam­
bém denominado Nyorai, Digno de Ofe­
renda e Culto, Completamente Ilumina-
. d o e Nyorai Miroku, na prese nça das
inumeráveis comunidades praticantes do
ensinamento de Buda e aos que gozam
de todos os confortos na terra de Buda,
a terra adornada com magníficas pedras
preciosas." Miroku significa Amável Bon­
dade, portanto, ó filho de boa intenção,
o monge Kenni desse tempo não era ou­
tro senão Miroku.
Desde aqueles tempos, de cada renas­
cimento, ele tem sido sempre chamado
Miroku. Quando alcançar a iluminação,
será também denominado Nyorai Miro­
ku, Digno de Oferenda e Culto, Completa­
mente Iluminado. Assim, ó filho de boa
inte nção, por causa disso e desse rela­
cionamento, Bosatsu Miroku, Grande
Ser, passou a ser chamado Miroku.
Nessa hora, quando o Universalmente
Honrado terminou de explicar os antigos
ralatos do Bosatsu Miroku, Grande Ser,
imediatamente os três-vezes-mil-gran-

-13-
des-mil-mundos estremeceram de alegria
nas seis direções; além disso, lá do es­
paço, por meio de instrumentos musicais
do céu, choveram flores celestiais, em
profusão.

-14-
SUTRA

PARA MEDITAÇÃO SOBRE O

NASCIMENTO DE BOSATSU

MIROKU NO CÉU TOSSÔTSU

Disse Buda a Uhari: "Ouça atentamente,


ouça atentamente e reflita sobre o que vou
diz er. Eu, Nyorai, Digno de Oferen­
da e Culto, Completamente Iluminado,
contarei a esta multidão como Bosatsu
Miroku, Grande Ser, alcançará a supre­
ma, perfeita e insuperável iluminação. Es­
ta pessoa, dentro de doze anos, a contar
deste momento, encerrará um ciclo de vi­
da e certamente nascerá acima do Céu
Tossôtsu.
Nessa hora, acima do Céu Tossôtsu, es­
tarão quinhentos trilhões de filhos celes­
tiais, cada um buscando a perfeição da
profunda caridade.
"Pelo poder das suas virtudes, eles cons­
truirão _ palácios para cultuar o Bosatsu
que se tornará Buda em sua próxima vi­
da. Após remover de seus corpos os

-15-
adornos de sândalo e coroas encrusta­
das de pedras preciosas, cada um se
ajoelhará, unindo as mãos e fará o se­
guinte juramento: "Apresentamos estas
gemas de incalculável valor e estas co­
roas encrustadas de joias para cultuar 0
homem de elevado sentimento. Este ho­
mem alcançará a suprema, perfeita e in­
superável ilumin�ção em sua vida futu­
ra, não muito distante, e todos nós ador­
naremos o mundo deste Buda. Para os
que obtiveram predições, confeccionare­
mos ornamentos com essas coroas de
joias, os quais servirão como instrumen­
to de oferenda."
"Dessa forma, todos os filhos celestiais
se ajoelharão e farão o juramento. Ao
término do juramento, imediatamente
suas coroas de joias se converterão em
quinhentos trilhões de palácios ornados
de tesouro. Cada palácio ornado de te­
souro será circundado por sete muralhas;
cada muralha, feita de sete tesouros, e
cada tesouro brilhará com cinquenta bi­
lhões de raios de luz. Cada raio de luz
conterá cinquenta bilhões de flores de ló-

-16-
tus; cada flor de lótus se transformará
em cinquenta bilhões de alamedas de
sete tesouros e cada folha terá cinquen­
ta bilhões de preciosas cores.
"De cada preciosa cor, reluzirão cinquen­
ta bilhões de raios de inigualável ouro e
deles surgirão cinquenta bilhões de pre­
cios as donzelas celestiais. Cada donze­
la, de posse de inumeráveis ornamentos
._com dez bilhões de pedras preciosas,
permanecerão em pé sob uma árvore e,
ao executar linda música, promoverão a
prática do girar da roda irreversível do
ensinamento. Os frutos dessa árvore se­
rão tão claros como o cristal, e todas as
cores penetrarão de forma encantadora
as cores do cristal. Quando estes raios
girarem de forma encantadora para a di­
reita, deles fluirão melodias, cujos acor­
des exporão os ensinamentos de gran­
de compaixão e benevolência.
"Cada muralha terá a altura de sessen­
ta e dois dias de caminhada, e a espes­
sura de quatorze dias de caminha�a.
Cinquenta bilhões de Reis-Dragões cir­
cundarão as muralhas e cada um deles

-17-
fará chover cinquenta bilhões de alame­
das de sete tesouros para adornar o to­
po das muralhas. O vento soprará natu­
ralmente, balançará as árvores e o seu
farfalhar fará revelações sobre o sofri­
mento, o vazio, a mutabilidade constan­
te, a inexistência do Eu e as várias rea­
lizações perfeitas.
"Nessa época, no palácio haverá um
grande deus de nome Rotobadai.
"Ele se porá de pé, reverenciará todos
os budas das dez direções e fará um
profundo juramento, dizendo: "Se meus
méritos e virtudes forem suficientes pa­
ra construir um salão do maravilhoso en­
sinamento em honra a Bosatsu Miroku,
façam aparecer naturalmente pedras pre­
ciosas em minha testa!"
Assim que isso for dito, cinquenta bilhões
de pedras preciosas aparecerão em sua
testa.
"Essas serão da cor do cristal, da esme­
ralda e de todas as tonalidades, sem ex­
ceção. As joias serão transparentes co­
mo gemas azul-purpúreas e dela irradia­
rão luzes circulantes no espaço, transfor-

-18-
mando-se em palácio de quarenta e no­
ve andares de delicados tesouros.
''Cada corrimão será constituído pela jun­
ção de trilhões de gemas puras e entre
elas aparecerão novecentos milhões de
filhos celestiais e cinquenta bilhões de fi­
lhas celestiais. Surgirão nas mãos de ca­
da filho incontáveis trilhões de flores de
lótus de sete tesouros e sobre cada flor
de lótus brilharão incontáveis milhões de
raios de luz. Dentro des�es raios, have­
rá instrumentos musicais de todos os ti­
pos, os quais, mesmo sem serem toca­
dos, produzirão naturalmente sua melo­
dia, ao som da qual todas as filhas ce­
lestiais tomarão espontaneamente os ins­
trumentos, cantarão e bailarão com en­
tusiasmo.
"O som da música executada expressa-
rá as dez boa s açõ es e os quatro gran­
des votos. Em tod os os seres celestiais
que o ou virão, de spertará o pensamen­
to do ma is ele vad o caminho para a ilu­
minação. Haverá também um trono de
sete tesouros. Terá a altura de quatro
dias de caminhada e estará adornado de

-19-
inigualável ouro com incalculáveis joias.
Em cada um dos topos dos quatro can­
tos do trono nascerá uma flor de lótus '
cada qual formada por cem tesouros e
cada um destes irradiará o brilho de dez
bilhões de raios de luz delicados e ma­
ravilhosos. Estes raios se transformarão
em um pálio decorado com cinquenta bi­
lhões de pedras preciosas e flores de vá­
rias espécies.
"Nessa hora, centenas de milhares de
reis brâmanes voltar-se-ão nas dez dire­
ções.
"Cada uma das divindades brâmanes fa­
rá de cada precioso tesouro um sino a
ser colocado sobre o pálio. Então, com
as várias pedras preciosas existentes no
céu brâmane, o menos nobre dos reis
celestiais brâmanes confeccionará uma
diáfana rede e com ela cobrirá o pálio.
"Nessa hora, haverá quatro colunas de
tesouro nos quatro cantos do palácio.
Em cada coluna de tesouro, centenas de
milhares de torres, todas elas adornadas
com fios entrelaçados de gemas puras.
Entre essas torres, encontrar-se-ão cen-

-20-
tanas de milhares de filhas celestiais de
incomparável beleza, cada qual seguran­
do um instrumento musical. A música re­
velará o sofrimento, o vazio, a mutabili­
dad e constante, a inexistência do Eu e
as várias realizações perfeitas.
"Dessa forma, no palácio do Céu Tossôtsu
haverá cores de incontáveis centenas de
trilhões de joias, sendo as filhas celes­
tiais as próprias cores dessas joias. Nes­
sa hora, todos os inumeráveis seres ce­
lestiais das dez direções ansiarão por re­
nascer neste palácio após sua morte."
Disse ainda Buda a Uhari: "Este é o cha­
mado Céu Tossôtsu, local de perfeita e
inefável felicidade como recompensa às
dez boas ações. Se os rnonges e os lei­
gos desejarem nascer neste Céu sem se
apegarem ao nascimento e a morte, se
tiverem sentimento elevado em busca da
iluminação, e os que estiverem dispos­
tos a se tornarem discípulos de Miroku
d ev erão fazer esta meditação. Aqueles
que fizerem esta meditação deverão se­
guir os cinco preceitos ou os oito princí­
p i o s de abstinência, ou seguir todo o

-21-
conjunto de preceitos, dedica ndo-se a
eles física e mentalmente . Além disso
não deverão renunciar aos desejos mun-
danos, mas praticar o ensina me nt o das
dez boas ações e meditar sobre os su­
premos prazeres do Céu Tossôtsu. Tal
meditação é chamada meditação corre­
ta; as demais são consideradas incorre­
tas."
Continuou Buda a Uhari: "Miroku estará,
daqui a doze anos, no décimo-quinto dia
de fevereiro, na casa de Habári, grande
brâmane, onde nasceu, na aldeia de
Koohári no reino de Harana, sentado de
pernas cruzadas, como se entrasse em
estado de extinção. Seu corpo de cor ou­
ro-purpúrea estará brilhando, fulgurantes
raios de luz elevar-se-ão como cem mil
sóis, e alcançará, então, o Céu Tossôtsu.
Sua figura material ficará imóvel e inaba­
lável como uma estátua de ouro fundido.
Nos raios luminosos que circundam seu
corpo, ver-se-ão claramente os significa­
dos das letras da meditação da Heroica
Bravura e da realização da perfeita sa­
bedoria. Então os seres celestiais e os

-22-
humanos construirão torres maravilho­
sas, uma após outra, adornadas, com vá­
nas j oias, como oferendas para sua figu­
ra material remanescente.
"Nessa hora, Miroku aparecerá subita­
mente sobre o trono do palácio de Buda,
no interior da torre dos sete tesouros no
Céu Tossôtsu. Ele sentará de pernas cru­
zadas sobre uma flor de lótus, seu cor­
po será como se fosse inigualável ouro,
e seu comprimento, de dezesseis dias
de caminhada. Terá todas as trinta e
duas marcas de um Buda e apresenta­
rá as oitenta esplêndidas características.
No alto de sua cabeça evidenciar-se-á
uma saliência. Seu cabelo será de úm
profundo azul-marinho, sua esplêndida
coroa celestial estará ornamentada com
joias magníficas; com cem vezes mil tri­
lhões de pedras preciosas vermelhas.
"Nessa coroa celestial, ver-se-ão cem tri­
lhões de cores e, dentro de cada uma
delas,· uma infinidade de centenas de mi­
lhares de imagens de Buda, com as ima­
gens de Bosatsu a serviço deles.

-23-
"Ver-se-á, também, uma multid ão de
grandes bosatsus de outras terras, com
dezoito poderes transcendent es, que ,
obedecendo aos seus sentimentos resi­
dirão livres na coroa celestial. Uma luz
irradiar-se-á do tufo branco entre asso­
brancelhas de Miroku e dela emanarão
vários raios contendo as cores de uma
centena de pedras preciosas. As cores
de cinquenta bilhões de tesouros estarão
contidas em cada uma das suas trinta e
duas esplêndidas marcas e, em cada
uma das esplêndidas características,
também estarão contidas as cores de
cinquenta bilhões de tesouros. Oitenta e
quatro mil nuvens brilhantes surgirão de
cada uma das suas esplêndidas carac­
terísticas.
Seis vezes durante o dia e a noite, en-
quanto cada filho celestial estiver senta­
do no trono de flor de lótus, Miroku trans­
mitirá incessantemente a prática do girar
da roda irreversível do ensinamento, ex­
plicando como não se desviar e não se
afastar da suprema, perfeita e insuperá-
vel iluminação.

-24-
''Em pou co te m po , conduzirá, com su­
ce sso, cin quenta bilhões de filhos celes­
tiais à irreversibilidade da suprema, per­
feita e insuperável iluminação. Desse mo­
do, Miroku exporá o ensinamento todas
as manhãs e noites no Céu Tossôtsu ,
se mpre salvando os filhos celestiais. Ele
renascerá neste mundo, daqui a cinquen­
ta e seis bilhões de anos."
Disse Buda a Uhari: "Essa é a maneira
como Miroku se extinguirá deste mundo e
nascerá no Céu Tossôtsu.
"Depois que Eu, o Buda, entrar em es­
tado de completa extinção, aqueles, den­
tre todos os meus discípulos, que se de­
dicarem a desenvolver muitas virtudes,
forem perfeitos no comportamento, cui­
darem das torres, decorarem o chão, fi­
zerem oferendas e culto com excelente
incenso e belas flores, praticarem várias
formas de meditação e alcançarem o
real estado dessa meditação, mesmo
que não tenham ainda abandonado os
desejos mundanos, sentir-se-ão como se
tivessem alcançado os seis poderes
transcendentes. Vocês deverão meditar,

-25-
com devoção, sobre a imagem de Buda
e entoar o nome de Miroku.
"Essas pessoas que guardarem, mesmo
por curto espaço de tempo, os oito pre­
ceitos de abstinência, desenvolverem a
prática de boas ações e fizerem o gran­
de voto renascerão no Céu Tossôtsu, on­
de poderão sentar-se de pernas cruza­
das sobre flores de lótus. Seu renasci­
mento no Céu Tossôtsu realizar-se-á de
forma incrivelmente rápida, dentro do
mesmo espaço de tempo que um ho­
mem vigoroso levaria para dobrar seu
braço e estendê-lo novamente.
Centenas de milhares de filhos celestiais
tocarão divina música, farão chover flo­
res celestiais, Mandara e Makamandara,
sobre as pessoas, louvando-as assim:
"Esplêndido, ó filho de boa intenção, es­
plêndido!
'Naquele mundo terrestre, a vocês que
acumularam extensos feitos positivos foi
dado renascer aqui. Este é o Céu Tos­
sôtsu. O senhor deste Céu chama-se Mi­
roku a quem vocês devem dedicar-se.'
Eles inclinarão ao som dessas vozes e,

-26-
depois, ao fixarem seu olhar nos raios de
luzes brilhantes que emanam do tufo
branco entre as sobrancelhas de Miroku
transcenderão os erros cometidos duran-
te nove bilhões de ciclos cósmicos de
nascimento-e-morte. Nessa hora, Bosatsu
Miroku fará p�egações sobre o maravi­
lhoso ensinamento do Buda, de acordo
com os relacionamentos do passado e
inspira-los-á a se tornarem firmes no
mais elevado e irreversível caminho pa­
ra a iluminação. Se tais pessoas se pu­
rificarem de seus carmas e se dedicarem
as seis espécies de práticas, serão ca­
pazes de nascer no Céu Tossôtsu e en­
contrar-se com Miroku.
"Eles também seguirão Miroku em sua
descida a este mundo e serão capazes
de ouvir seu en$inamento antes que
qualquer pessoa o faça. Em suas vidas
futuras, serão dignos de encontrar todos
os Budas que surgirem não só durante
os ciclos cósmicos em curso, mas tam­
bém durante os ciclos cósmicos futuros,
e em frente a todos os Budas receberão
a predição da iluminação."

-27-
Buda disse a Uhari: "Depois que Eu, 0
Buda, entrar em estado de co mpleta ex­
tinção, formar-se-á uma grande assem­
bleia de seres viventes, monges e mon­
jas, leigos e leigas, seres celestiais, dra­
gões, yasha, kendatsubá, ashura, karu­
rá, kinnara e magoraga. Se todos eles
conseguirem ouvir o nome do Bosatsu
Miroku, Grande Ser e, após ouvirem, se
inclinarem perante ele com respeito, es­
tes renascerão em um.estalar de dedos,
exatamente da forma como já narrei. Só
o fato de simplesmente poderem ouvir o
nome de Miroku, ao término de suas vi­
das, fará com que não caiam em lugares
imersos na escuridão, ou em lugares in­
determinados; tampouco estarão entre
pessoas que tenham maus propósitos ou
que pratiquem más ações. Nascerão en­
tre as pessoas de bons propósitos, que
jamais criticarão as três joias."
Disse ainda Buda a Uhari: " Mesmo que
haja filhos e filhas de boa intenção que
cometerem más ações e acumularam
muitas contaminações, se ouvirem falar
no nome compassivo de Bosatsu Miro-

-28-
ku e se prostrarem em atitude de since­
ro arrependimento, corrigirem suas con­
dutas com- determinação, serão, então,
imediatamente purificados de todas es­
tas contaminações.
"No mundo futuro, para um grande nú­
mero de pessoas que ouvirem falar o no­
me deste compassivo Bosatsu, construí­
rem uma efígie, fizerem uma sincera ofe­
renda de incenso, flores, vestimenta, pá­
lios e estandartes, ao término de suas vi­
das, Bosatsu Miroku emitirá um raio de
luz do tufo branco entre suas sobrance­
lhas, como a marca de um grande ho­
mem. Miroku, com os filhos dos seres
celestiais, fará chover flores mandarava
e sairá ao encontro dessas pessoas que
logo nascerão no Céu Tossôtsu e encon­
trarão Miroku. Elas se curvarão até suas
testas tocarem os pés de Miroku e, mes­
mo antes que ergam suas cabeças, se­
rão capazes de ouvir o ensinamento e
irreversíveis quanto ao mais elevado ca­
minho. Ainda mais, em_ suas futuras vi­
das, serão dignas de conhecer tantos

-29-
Budas e Nyorais quantos forem os grãos
de areia existentes no rio Ganges."
Quando Buda pro feriu estas palavras,
cem mil Bo satsus que vieram de outras
terras conseguiram realizar a meditação
da Heroica Bravura. Oito trilhões de se­
res celestiais desejaram alcançar a ilu­
minação e aco mpanhar Miro ku no seu
nascimento neste mundo. Quando Buda
proferiu estas palavras, quatro categorias
de discípulos e oito classes de seres ce­
lestiais e dragões encheram-se de ale­
gria ao o uvirem o s ensinamento s dele,
inclinaram-se e, em seguida, retiraram­
se de sua presença.

-30-
SUTRA

DO NASCIMENTO DE MIROKU

NESTE MUNDO

Então, disse Buda a Sharihotsu: "Eu lhe


contarei mais agora. Ouça com atenção,
Sharihotsu!
"A água de Quatro Grandes Oceanos di­
minuirão gradualmente e seu tamanho
se reduzirá a três mil dias de caminha­
da. Nesse tempo, a extensão da terra
deste continente será de dez mil dias de
caminhada e sua largura, de oito mil dias
de caminhada. Sua superfície será tão
plana e lisa quanto a de um espelho, co­
berta de flores maravilhosas e de gra­
mas extremamente macias. Flores e fru­
tos de variadas árvores crescerão em
abundância, e todas as árvores terão no­
ve mil passos de altura.
"Cidades e vilas estarão tão próximas
uma s das outras que o vôo dos pássa-
. ros de uma delas será alcançado na ou­
tra. A longevidade das pessoas atingirá
oitenta e quatro mil anos e elas possui-

-31-
rão sabedoria, dignidade, virtu de, bel a
aparência, grande força, e gozarão de vi­
da plena de paz e tranquilidade.
"Aí haverá uma grandiosa cidadela, cha­
mada Kitômatsu, com o comprimento de
doze dias de caminhada e sete de largu­
ra. Será majestosa, soberba, adornada
e impoluta, repleta por homens de méri­
to e de virtude. E, por ser de homens de
mérito e de virtude, também a cidadela
gozará de paz, conforto e tranquilidade
em abundância. Essa cidadela será fei­
ta de sete tesouros e haverá torres em
seu cume.
"As grades das portas e de todas as ja­
nelas serão de tesouros e estarão cober­
tas por véus de pérolas. As ruas da cida­
dela terão três mil e seiscentos passos
de largura, todas elas varridas, lavadas
e limpas.
"Agora, Sharihotsu, vou-lhe falar mor­
mente sobre aquela terra e a cidadela,
suas riquezas e os prazeres. Existirão
dentro das florestas e jardins pequenos
lagos e fontes naturais com a água das
oito virtudes. Flores de lótus nas cores

-32-
azul, escarlate, vermelho, branco e em
todas as outras cores cobrirão a água
dos lagos. Em cada um dos quatro lados
do lago, haverá caminho de escadas de­
coradas de tesouros.
"Muitas espécies de aves ali se reunirão
para viver em harmonia. Gansos, patos,
patos-mandarim, pavões, alciones, pa­
pagaios, garças, kunaras e guibaguibas
que emitem lindos sons. Assim como
outras tantas espécies incalculáveis de
pássaros canoros permanecerão nesse
local.
"Árvores frutíferas e de suave fragrância
serão abundantes nessa terra, de tal for­
ma que o ar deste mundo ficará completa­
mente impregnado de perfume. Na ver­
dade, mais se assemelhará a uma mon­
tanha de incenso. Correrão águas cris­
talinas de dócil paladar, com a proprie­
dade de curar os males.
As chuvas cairão regularmente em épo­
cas certas, as safras serão copiosas e
as ervas daninhas não germinarão. Bas­
tará plantar as sementes uma vez, para
que produzam sete colheitas. Apenas um

-33-
pouco de trabalho será necessário para
dele resultarem abundantes colheitas. Os
grãos de cereal com fragrância delicio­
sa proporcionarão muitas energia s a
quem as consumir.
"Nessa época, haverá nesse continente
um nobre Imperador, o do Girar-da-Ro­
da, chamado Sooko.
"Ele contará com quatro exércitos e re­
gerá os Quatro Estados sem usar a
ameaça das armas. Esse nobre Impera­
dor terá mil filhos, criados com saúde e
força, capazes de derrotar seus inimi­
gos. Ele possuirá sete tesouros: rodas
de ouro, elefantes, cavalos, pedras pre­
ciosas, donzelas e ministros de finanças
e generais.
"Ainda existirá, nesse continente, uma
torre feita de sete tesouros, medindo dez
mil palmos de altura e seiscentos de lar­
gura, com mil cumeeiras e mil rodas.
"Na cidadela de Kitômatsu inúmeros
véus de tesouro cobrirão em toda parte,
os sinos adornados com preciosidade, os
quais balançarão ao sabor da brisa e
seus carrilhões soarão de forma gracio-

-34-
5a e reconfortante, tal como o som resul­
tante das badaladas de alegres sinos de
pedras musicais. Dentro dessa cidade­
la, haverá um grande Senhor brâmane,
chamado Myôbon. O nome da esposa
do brâmane, Bonmahadai. Miroku confia­
rá o seu renascer neste mundo a eles,
os quais se tornarão seus pais.
"O tom da sua pele será ouro-purpúra e
ele terá consigo as trinta e duas marcas
que caracterizam um Buda. Os seres vi­
ventes jamais se cansarão de vê-lo. Seu
corpo terá força ilimitada que transcen­
de a imaginação e emanará raios de luz
que nada poderá obstruir. Nem o sol,
nem a luz, nem quaisquer estrelas apa­
recerão. Sua altura será de dez mil pal­
mos, a largura de seu peito, trezentos
palmos quadrados e o comprimento de
sua face, cento e vinte e quatro palmos.
Seu corpo, perfeito e dotado de incom­
parável beleza. Todas as marcas e ca­
racterísticas estarão em seu corpo, o
qual parece uma estátua de ouro fundi­
do. Seus olhos terrenos, puros e capa­
f"J.::lllls de enxergar a uma distância de dez

-35-
dias de caminhada, perma nentern e
nt e
irradiarão luz. Nas quatro direções e
. no
espaço de cem dias de caminhada a sua
frente, nem o sol, nem a lua, nem quais­
quer outras estrelas aparecerão.
"Haverá tão somente a luminosidade su­
til e gloriosa do Buda. Bosat su Miroku
observará o mundo e pensará que os
desejos dos cinco sentidos, causadores
de grande sofrimento aos seres viventes,
que os arrastam para as profundezas do
ciclo nascimento e morte, é algo muito
lastimável.
"Vendo isto de maneira correta, ele
observará e pensará que jamais se aco­
modará no conforto do lar.
Então, o Imperador Sooko com todos os
seus ministros oferecerão a torre do te­
souro a Miroku. Depois de aceitá-la, Mi­
roku entregará aos brâmanes que a que­
brarão imediatamente depois de recebê­
la, repartindo os pedaços entre si.
"Bosatsu Miroku, ao ver quebra- se a
maravilhosa torre de tesouro em um áti­
mo, modificada a sua forma original,
compreenderá a inconstância das coisas

-36-
e que todas as coisas que existem tam­
bém deixarão de existir. Pensando sobre
a impermanência das coisas, ele renun­
ciará à vida comum, praticará o caminho
para a iluminação e sentar-se-á sob a ár­
vore da iluminação de Flor-Dragão. Ha­
verá nesta árvore, tronco, galhos e folhas;
sua altura, de quinze mil passos. Então,
Miroku alcançará a suprema, perfeita e
insuperável iluminação no dia em que re­
nunciar à vida comum. Então, todos os
seres celestiais e os reis-dragões, sem
manifestação física, farão chover flores e
incenso e deles farão oferenda e culto ao
Buda Miroku. Os três-vezes-mil-grandes­
mil-mundos estremecerão fortemente,
raios de luz emanado do corpo de Bu­
da Miroku, refulgirão sobre incontáveis
terras, e aqueles que serão salvos pelo
Buda Miroku conseguirão vê-lo.
"Nessa hora, cada pessoa refletirá: "Mes­
mo que pudéssemos gozar dos prazeres
dos desejos dos cinco sentidos por mil
trilhões de anos, não poderíamos esca­
par ao sofrimento dos três estados con­
turbados do ser, nem mesmo nossas es-

-37-
posas, nossos filhos e nossas proprieda­
des co,iseguiriam salvar-nos.
Este nosso mundo é de constante muta­
ção e, por isso, não conseguiremos usu­
fruir de longa vida.
"Portanto, agora devemos praticar o ca­
minho puro da disciplina e integridade
dentro db ensinamento do Buda Miroku."
"Pensando nisto, eles renunciarão à vi­
da comum e praticarão o caminho para
· a iluminação.
"Então, o Imperador e seus oitenta e
quatro mil ministros que respeitosamen­
te o circundam renunciarão a vida co­
•mum e praticarão o caminho para a ilu­
minação. Do mesmo modo, todos os
oitenta e quatro mil brâmanes, sábios e
eruditos, renunciarão a vida comum den­
tro do ensinamento do Buda Miroku.
"Incontáveis bilhões de pessoas, obser­
vando os sofrimentos deste mundo, re­
nunciarão à vida comum dentro do ensi­
namento do Buda Miroku. Assim, ele irá,
liderar, aliviar e confortar os incontáveis
seres viventes, causando-lhes alegrias e
depois irá expor o ensinamento.

-38-
"Dentr o de tal assembleia, as pessoas
felizes e virtuosas que respeitam, acei­
tam e anseiam avidamente pelo Grande
ser cres cerão muito . Cada um deles,
com o desejo de ouvir o ensinamento,
pe nsará: "O desejo dos cinco sentidos é
impuro e causador de muito sofrimento."
Após remover e libertar-se das preocu­
pações, das angústias, das tristezas e
das agonias, finalmente perceberão que
tanto os sofrimentos quanto os prazeres
são impermanentes.
"Vendo que os corações dos membros
de sua assembleia tornam-se puros, se­
renos e receptivos. Buda Miroku passa­
rá a explicar-lhes as quatro verdades.
Aqueles que o escutarem, imediatamen­
te entrarão no caminho que conduz ao
Nirvana.
"Nessa época, Buda Miroku estará no
jardim das árvores da Flor-Dragão.
Esse jardim medirá cem dias de cami­
nhada em comprimento e largura e fica­
r á comple tamente ocupado por multi ­
dõe s. Na primeira assembleia, através
d as explicações sobre os ensinamentos,

-39-
--
nove bilhões e seiscentos milhões tornar­
se-ão dignos de oferenda e culto. Na se­
gunda assembleia, pelas explicações so­
bre os ensinamentos, nove bilhões e
quatrocentos milhões de pessoas tornar­
se-ão dignos de oferenda e culto. Na ter­
ceira, esse número será de nove bilhões
e duzentos milhões.
"Buda Miroku permanecerá neste mun­
do durante sessenta mil anos, cuidando
de todos os seres viventes _com compai­
xão, capacitando-os a adquirir a pureza
da visão para compreender o ensina­
mento. Após ter deixado este mundo,
seus ensinamentos permanecerão duran­
te sessenta mil anos.
"Vocês, fieis discípulos, esforcem-se pa­
ra desenvolver a pureza do coração e
criem toda espécie de carmas positivos.
Verão, sem dúvida, a figura de Buda Mi­
roku, a sagrada tocha deste mundo."

-40-
SUTRA

DO APARECIMENTO DE MIROKU

Sharihotsu perguntou ao Universalmen­


te Honrado: "Que tipo de pessoa não
consegue encontrar o Buda Miroku, ou
quem consegue encontrá-lo." E o Uni­
versalmente Honrado respondeu: "Aque­
le que quebra a harmonia da comunida­
de de discípulos não consegue encontrar
Buda Miroku. Essa pessoa é como um
Daibadatta que viveu no inferno um ciclo
cósmico. Aqueles que caem no mais
agonizante inferno por terem cometido as
cinco ações destrutivas, os que seguem
outras formas de pensamentos, os que
têm maus propósitos e os que difama­
rem os discípulos do Buda não encontra­
rão Buda Miroku.
"Aqueles que praticarem caridade, agi­
rem com integridade, estabelecerem al­
guns dias para a abstinência, praticarem
os ensinamentos, construírem templos,
pontes, plantarem árvores da iluminação,
cultivarem jardins e florestas, abrirem

-41-
estradas, cavarem poços e, com since­
ridade, preservarem, firmemente os pre­
ceitos, certamente encontrarão Buda Mi­
roku.
Aqueles que se inclinarem diante de um
Buda, ou que lhe oferecerem uma singela
flor que seja, uma lamparina, ou um
pouco de alimento ou bebida, esse s '
sim, poderão encontrar Buda Miroku. Os
que estiverem dispostos a plantar as raí­
zes do bem encontrarão Buda Miroku.
Os que tiverem amor e dedicação em re­
lação ao pai e à mãe, e os que respeita­
rem os mais idosos conseguirão encon­
trar Buda Miroku. Esses, ao ouvirem o
ensinamento de Buda Miroku, ver-se-ão
livres do sofrimento e ganharão a liber­
dade."

Que esta virtude seja alcançada univer­


salmente e possamos nós, e todos os se­
res viventes , seguir o caminho de Buda.

-42-