Você está na página 1de 2

Marvada Pinga

Inezita Barroso

Tom: A

Intodução: Oi lá! (Riff 1) 6x


A E
Com a marvada pinga, é que eu me A E
atrapaio Cada vez que eu caio, caio deferente
A A
Eu entro na venda e já dou meu taio Meaço pra trás e caio pra frente
E E
Pego no copo e dali num saio Caio devagá, caio de repente

Ali memo eu bebo, ali memo eu caio Vou de corrupio, vou deretamente
A (E) A
Só pra carregá é que eu dou trabaio Mas sendo de pinga eu caio contente

Oi lá! (Riff 1) 2x Oi lá! (Riff 1) 3x

A E A E
Venho da cidade e já venho cantando Pego o garrafão e já balanceio
A A
Trago um garrafão que venho chupando Que é pra mor de vê se ta memo cheio
E E
Venho pros caminho, venho trupicando Num bebo de vez porquê acho feio

Chifrando os barranco venho No primeiro gorpe chego inté no meio


cambetiando (E) A
E no lugar que eu caio já fico No segundo trago é que eu disvazeio
A
roncando Oi lá! (Riff 1) 3x

Oi lá! (Riff 1) 3x A E
Eu bebo da pinga porque gosto dela
A E A
O marido me disse, ele me falô Eu bebo da branca, bebo da amarela
A E
Largue de bebê, peço por favô Bebo nos copo, bebo na tigela
E
Prosa de homem, nunca dei valô E bebo temperada com cravo e canela
(E)
Bebo com sol quente pra esfriá o Seja quarqué tempo vai pinga na
calô A
(E) A goela
E bebo de noite é pra fazer suadô
Oi lá! (Riff 1) 3x (Ê marvada Tava sem fervê! (Riff 1) 2x
pinga!)
A E
A E Eu bebi demais e fiquei mamada
Eu fui numa festa no rio Tietê A
A Eu cai no chão e fiquei deitada
Eu lá fui chegando no amanhecê E
E Aí eu fui pra casa de braço dado
Já me déro pinga pra mim bebê (E) (A)
(A) Ai de braço dado é com dois sordado
Já me déro pinga pra mim bebê A E A
Ai muito obrigado!