Você está na página 1de 2

André Luiz Lopes Cassoli

RA: F23BHC5
UNIP NORTE – CURSO DIREITO – PERÍODO MATUTINO

Instituições Judiciárias e Ética


Módulo 1
1-No que consiste o “quinto constitucional”? Aponte o artigo da Constituição Federal que
fundamenta sua resposta.

O quinto constitucional consiste em uma das formas de composição dos Tribunais de


Justiça Estaduais, Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Tribunais Regionais Federais, onde
quatro quintos dos seus membros são oriundos da evolução da carreira dos magistrados e um
quinto são oriundos do Ministério Público e da Advocacia, sendo amparado pelo art. 94 CF

2- A Vitaliciedade torna o magistrado definitivamente imune a perda do cargo? Justifique e


aponte o artigo da Constituição Federal que fundamenta sua resposta.

O Juiz de Direito, adquire a vitaliciedade do cargo, após o estágio probatório de dois


anos, porém não está imune a perda do cargo, podendo perde-lo somente por sentença judicia
transitada em julgado, tal justifica encontra-se no Inc I do art. 95 da CF.

3- “A divisão das Comarcas para fins de evolução na carreira dos magistrados, classificando-as
em razão do movimento forense, número de eleitores, receita tributária e bem-estar dos
juízes e auxiliares, denomina-se instância ou grau.” A Afirmação acima é verdadeira ou falsa.
Responda e Justifique.

Falsa. O inc II do art. 93 CF trata da promoção de entrância para entrância,


alternadamente, por antiguidade e merecimento, sendo que estes fatores citados no enunciado
não são levados em conta.

4- “O art. 92 CF relaciona os órgãos do Poder Judiciário e, portanto, todos, sem exceção,


exercem função jurisdicional?” A afirmação acima é verdadeira ou falsa? Responda e
Justifique

Falsa, pois o CNJ – Conselho Nacional de Justiça, é órgão do Poder Judiciário entretanto
não tem função jurisdicional, sua principal função é controlar a atuação administrativa e
financeira do Judiciário.

5- Explique a vedação constitucional da quarentena, prevista no parágrafo único do art. 95 CF.

A quarentena consiste na vedação do magistrado exercer advocacia no juízo ou tribunal


do qual se afastou, antes de decorridos três anos do afastamento do cargo por aposentadoria
ou exoneração. Impedindo assim que ocorra tráfico de influência.
André Luiz Lopes Cassoli
RA: F23BHC5
UNIP NORTE – CURSO DIREITO – PERÍODO MATUTINO

Módulo 2

1- Qual Tribunal brasileiro utiliza o critério do “terço constitucional” na sua composição?


Explique, de forma resumida, o que é “terço”
O Superior Tribunal de Justiça, é composto por 33 ministros, sendo um terço e
partes iguais, dentre advogados e membros do Ministério Público Federal, Estadual, do Distrito
Federal e Territórios conforme Art. 104 § único Inc II da CF

2- Quais são os requisitos para se tornar Ministro do mais alto órgão do Poder Judiciário,
ou seja, o Supremo Tribunal Federal.
Possuir mais de 35 anos e menos de 65 anos de idade, de notável saber jurídico
e reputação ilibada. Sendo nomeado pelo Presidente da República depois de aprovada a escolha
pela maioria absoluta do Senado Federal (Art 101 CF)

3- Por que o escrivão é considerado o mais importante auxiliar da justiça?


Pois o escrivão é o encarregado de dar andamento ao processo, de documentar
os atos que se praticam no seu curso e manter em cartório, sob sua guarda e responsabilidade,
os autos. A função do escrivão recebe o nome de ofício de Justiça.

4- O que significa “fé pública”, de que goza o oficial de justiça?


Significa que no tocante às informações que declarar nas certidões, estas serão
admitidas como verdadeira pelo juiz.

5- É correto afirmar que quando a prova do processo depender de conhecimento técnico


ou cientifico, o juiz será assistido por um “interprete”? Justifique sua resposta.
Não, pois no caso de necessidade de conhecimento técnico ou cientifico, este
será auxiliado por um PERITO, sendo que este irá emitir um laudo ou parecer.